Página 1 dos resultados de 89 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Os desafios da integralidade em um Centro de Atenção Psicossocial e a produção de projetos terapêuticos; The challenges of comprehensive care in a Psychosocial Care Center and the development of therapeutic projects; Los desafíos de la integralidad en Centro de Atención Psicosocial y la producción de proyectos terapéuticos

MORORÓ, Martha Emanuela Martins Lutti; COLVERO, Luciana de Almeida; MACHADO, Ana Lúcia
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
26.38%
Este estudo tem por objeto a produção dos projetos terapêuticos realizados pela equipe de um Centro de Atenção Psicossocial - CAPS III. Considera o processo de criação e expansão do Sistema Único de Saúde - SUS e da Reforma Psiquiátrica do país. Nesse contexto, os trabalhadores têm o desafio de produzir um cuidado a partir de um projeto terapêutico individual que considere as necessidades das pessoas e seu contexto de vida real. O objetivo do estudo foi analisar e descrever as potencialidades e dificuldades da equipe na construção dos projetos terapêuticos tendo como base o método cartográfico e a técnica do grupo focal, do qual participaram trabalhadores de um CAPS III do município de Diadema - SP. Na análise realizada a partir dos dados provenientes das discussões nos grupos focais, identificamos, sobretudo, a cisão entre a equipe noturna e a diurna e a falta de espaços sistemáticos de conversa para elaboração e discussão dos projetos terapêuticos.; The object of this study is the development of therapeutic projects by the team working in a Psychosocial Care Center (CAPS III). It takes into consideration the creation and expansion process of the Brazilian public health system (SUS) and Psychiatric Reform. In this context...

A prática de saúde bucal em uma equipe de saúde da família; The Oral Health practice in the Family Health Teams

Silveira, Fernando
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
26.27%
Esta pesquisa tem por objetivo investigar as possibilidades e os limites para a construção de práticas de Saúde Bucal na produção de cuidado à Saúde por uma Equipe de Saúde da Família. A interação de saberes e a articulação de ações entre atores de distintas disciplinas da saúde podem levar a uma relação interdisciplinar e conformar um campo de competências e responsabilidades voltado para ações de Saúde Bucal Coletiva. O Ministério da Saúde tem enfatizado, junto às equipes de saúde a adoção de práticas interdisciplinares por meio das políticas de Atenção Básica à Saúde, Estratégia Saúde da Família e das Diretrizes Nacionais de Saúde Bucal. Trata-se de um estudo cartográfico do cotidiano da equipe baseado na perspectiva da Pesquisa-Intervenção e fundamentado no Movimento Institucionalista. Trabalhou-se com dados primários produzidos nas reuniões de equipe administrativas e de discussão de casos de família que foram gravadas em áudio e posteriormente transcritas. Também fizeram parte dos dados o diário de campo das atividades de observação participante e das reuniões do grupo de pesquisa e de estudo. No percurso da pesquisa, foram produzidos analisadores que tiveram o objetivo de mobilizar a equipe para produzir um conhecimento a respeito de seu processo de trabalho e da Saúde Bucal...

Cartografando a construção do conhecimento cartográfico no ensino da geografia

Abreu e Silva, Paulo Roberto Florencio de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.66%
Este trabalho, que denominamos de desafio, é fortalecido por duas epistemologias que lidam com a construção do conhecimento: a complexidade de Edgar Morin que utilizamos como método e a Epistemologia Genética de Jean Piaget, que nos fortaleceu no entendimento da (des) construção do conhecimento Cartográfico no Ensino Escolar. Como objetivo, estudamos a construção do conhecimento da Cartografia na formação do professor de Geografia e as suas implicações no ensino escolar. Procura inicialmente, sustentar algumas inquietações em nossa jornada enquanto professores e pesquisadores. No ambiente escolar existem deficiências na construção do conhecimento cartográfico, ou não? Existe ou não preocupação dos professores de Geografia em desmistificar o paradoxo do analfabetismo cartográfico no ensino escolar? O ir e o vir, da construção da espacialidade da Geografia utilizando a Cartografia como ferramenta, nos impulsionou a sugerir algumas novidades no sentido de mobilizar transformações, como o Cardápio de informações geográficas/cartográficas e a oficina do Parque de diversão, utilizando a espacialidade cartográfica. Através da pesquisa de cunho qualitativo, o movimento foi realizado nas escolas públicas e particulares da região metropolitana do Recife...

Geração de base cartográfica para apoio ao mapeamento geotécnico : estudo de caso do Morro Santana, Porto Alegre/ RS

Bourscheid, Camila Zanette
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.27%
O tema ambiental vem ocupando nesta última década amplo espaço nos veículos de comunicação, devido às inúmeras catástrofes ocorridas em todo o mundo. A Constituição Federal Brasileira de 1988, capítulo VI, art. 225 define que “todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações”. Os graves desastres ambientais que vêm ocorrendo, são reflexos dos problemas gerados pelas atividades humanas. Milhares de vidas foram perdidas, municípios ficaram devastados e uma quantidade inestimável de verba foi gasta sem que houvesse melhoras à sociedade. Uma das ações mais importantes para a mitigação de eventos como os deslizamentos de terra é o mapeamento das áreas de risco, delimitando e identificando possíveis pontos com maior suscetibilidade para ocorrência destes fenômenos. Nesse contexto, para fundamentar os estudos geotécnicos, há necessidade de se construir uma base cartográfica de elevada qualidade, contendo informações geográficas detalhadas e precisas, que retratem com fidelidade a superfície topográfica da região estudada...

O que pode uma escola?: cartografias de uma escola do interior brasileiro

Rotondo, Margareth A. Sacramento
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 158 f. : il., figs., fots.
POR
Relevância na Pesquisa
36.12%
Pós-graduação em Educação Matemática - IGCE; O foco central deste trabalho é fazer um exercício de pensamento acerca de como são potencializados os processos de produção de subjetividade em uma escola que passa por alterações em seu projeto político-pedagógico. Para tanto, aproxima-se do pensamento da Filosofia da Diferença junto a Foucault e Deleuze. A produção de conhecimento que aqui se faz não está pautada na representação e, sim, numa política cognitiva inventiva que exige uma problematização tanto das macro como das micropolíticas do cotidiano da escola de pesquisa. A metodologia adotada, a cartografia, encontra-se em consonância com a Filosofia da Diferença e a política cognitiva assumida. O método da cartografia visa a acompanhar os processos indo pelo meio das coisas, onde elas crescem, no caso desta pesquisa, na intensidade da vida- escola. A política de narratividade assumida inspira-se em Deleuze e Guattari, quando trazem em O que é filosofia?, o abrigo, segundo Lawrence. A escrita, então, é uma caminhada no abrigo da vida-escola, que ora se mostra mais duro, ora mais poroso, na inesgotável relação de forças que são no homem com as forças de fora; The central focus of this work is to carry out an exercise in thinking as regards the way the processes of production of subjectivity are potentialised in a school which is undergoing alterations in its political-pedagogical project. To do this...

Avaliação do sistema cartográfico municipal

Soares, Leandro Dilnei Viana
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 105 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
26.49%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Florianópolis, 2010; A cartografia em escala grande, com boa qualidade espacial é essencial às administrações municipais para verificação de atendimentos de algumas leis, tais como a de Parcelamento de Solo Urbano - Lei 6.766/79, a do Código Florestal - Lei 4.771/65 e a do Estatuto das Cidades - Lei 10.257/01, entre outras, e também para o planejamento municipal, estudos do plano diretor, anteprojetos, estudo de viabilidade econômica e para a arrecadação fiscal, buscando desse modo uma tributação mais justa. A maioria das prefeituras brasileiras têm grandes dificuldades em produzir e gerir seus dados cartográficos devido à inexistência de padrões claros para cada finalidade de carta, gerando com isto um ambiente confuso para aceitação e utilização destes produtos. Este trabalho destaca e avalia a importância da rede de referência cadastral municipal (RRCM) para elaboração, atualização e avaliação de qualquer dado cartográfico na abrangência da mesma, propondo um método de avaliação distinto para cada uma das duas principais cartas que compõem o sistema cartográfico municipal...

O humano do desastre : a invenção da escrita como cuidado de si em contextos de desastres naturais e humanos

Noal, Débora da Silva
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
26.44%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2014.; Esta pesquisa se propõe a contribuir para o fomento de conhecimentos sobre cuidado de si em contexto de desastres, em particular no que se refere aos sentimentos e reações emergentes durante e após eventos abruptos que produzem sofrimento e questionamento aos profissionais que trabalham no campo dos desastres. Por se tratar de um terreno recente de trabalho e pesquisa, dispõe-se ainda a configurar-se enquanto registro histórico de experiências individuais e de reflexão crítica, fomentando aportes teóricos que auxiliem na construção de práticas de cuidado de si dentro deste específico campo de trabalho, servindo de subsídio para o enfrentamento a situações extremas de risco no processo de cuidado de si e do Outro. Como principal objetivo busco compreender os sentidos, percepções e dificuldades construídas a partir do cotidiano do processo de cuidar, vivenciados por mim como psicóloga, voluntária de uma organização humanitária internacional não governamental especializada em intervenções de emergência em desastres naturais e humanos. A partir da perspectiva do desenvolvimento humano e dos processos de subjetivação baseados nas teorias de Michel Foucault...

A espessura do encontro

Aragon,Luis Eduardo Ponciano
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2003 PT
Relevância na Pesquisa
26.38%
Utilizando o método cartográfico, este trabalho propõe uma análise do contemporâneo da Medicina, por meio de seu encontro com a Psicanálise. A escolha do método cartográfico tem o intuito de evitar tanto uma perspectiva de análise dialética, quanto o isolamento do "observador" de seu objeto. A cena médica, tecnológica, abre-se para receber planos de comunicação/contaminação que ultrapassam a habitual relação médico-paciente. Isto para sustentar a complexidade dos encontros, comportando fatores inconscientes e virtuais. Complexidade esta que, levada em consideração, implica uma ética particular. Propõe-se o uso do que foi chamado "quase-conceito" para auxiliar na tarefa cartográfica de determinar planos compostos no encontro. Rejeita-se o voluntarismo que acarreta a produção de "manuais de conduta", para buscar "linhas de força" que atravessam o espaço contemporâneo e os nele imersos, linhas estas consideradas como pré-individuais.

A entrevista na pesquisa cartográfica: a experiência do dizer

Tedesco,Silvia Helena; Sade,Christian; Caliman,Luciana Vieira
Fonte: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia Publicador: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.38%
O artigo visa discutir a aplicação da entrevista, seja individual ou coletiva, em pesquisa, segundo a perspectiva do método cartográfico. Não indica um modelo específico de "entrevista cartográfica", mas um ethos cartográfico como orientação geral dos procedimentos ligados à sua construção. Apoiado nos estudos da pragmática, afirma a importância da montagem da entrevista como experiência compartilhada, entre entrevistador e entrevistado (s), estabelecida no domínio da linguagem. A questão do manejo é examinada, tendo em vista o caráter de intervenção recíproca entre signos e mundo. A partir de alguns exemplos empíricos, procedimentos e propostas são apresentadas na direção da abertura da experiência, ali em jogo, aos processos de criação de si e de mundos.

O trabalho do cartógrafo do ponto de vista da atividade

Barros,Maria Elizabeth Barros de; Silva,Fabio Hebert da
Fonte: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia Publicador: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.12%
Neste artigo são apresentadas diretrizes para pensar o trabalho do pesquisador cartógrafo do ponto de vista da atividade, a partir de contribuições das Clínicas do Trabalho. O desdobramento dessas diretrizes leva à proposição de um gênero pesquisador-cartógrafo. A partir de uma pesquisa com docentes em instituições de ensino superior privada na Grande Vitória, são compartilhadas algumas reflexões sobre a complexidade das relações que constituem esse gênero pesquisador-cartógrafo. Nessa pista do método cartográfico considera-se que a atividade do cartógrafo é a constituição de um gênero sempre em vias de estilização, em meio a processos de aprendizagem e intervenções recíprocas. Esse gênero sempre toma como objeto uma atividade e tem como aposta metodológica a problematização da atividade do pesquisador, que convoca para o diálogo pesquisadores engajados num modo de fazer pesquisa que considera a experiência situada com suas irregularidades e imprevistos.

Projetos sociais esportivos: ensaios sobre uma proliferação na cidade do Rio Grande - RS

Hecktheuer, Luiz Felipe Alcantara
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
26.38%
Esta tese dedica-se a problematizar, através de diferentes modos de pensar e escrever, a proliferação, no presente, dos projetos sociais esportivos (PSE). Para isto, em termos de empreendimento, foi colocado em curso o que se denominou “operação cartográfica”, que consiste em mapear e ensaiar esses projetos, tomando-os como acontecimento, sendo que, para esta tese, utilizou-se, como delimitação, a cidade do Rio Grande-RS, no período entre 2008 e 2011. Tais projetos têm-se multiplicado na sociedade brasileira; em sua maioria, veiculam pretensões “salvacionistas” em relação aos indivíduos considerados em situação ou estado de vulnerabilidade social. Os indivíduos assim posicionados são visados por intervenções que se utilizam do esporte como meio para tingir seus objetivos. A hipótese que percorre os textos que compõem esta tese articula-se em torno da ideia de que tais projetos, mais do que se dirigirem a esses indivíduos – “vulneráveis sociais”, vulnerabilizam determinados indivíduos, “inventando” populações – de vulneráveis, e segmentando o “social” para fins de governo. O esporte pode ser considerado um segundo delimitador para a investigação, uma vez que, não houve dedicação para tratá-lo em suas entranhas e...

Mulher, corpo e credibilidade: um estudo cartográfico sobre as apresentadoras dos principais telejornais do país

Scott, Gabriella Padilha
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.27%
Este trabalho mapeia os atributos corporais que, na visão das empresas de comunicação, conferem credibilidade às jornalistas apresentadoras de telejornais. Para isso, discorre sobre a presença da mulher, do ponto de vista histórico, nas bancadas dos telejornais brasileiros. Descreve atributos corporais das apresentadoras, tais como faixa etária, composição corporal, cor, aparência dos cabelos e rosto. Além disso, procura identificar a existência de um possível padrão de aparência para o papel de apresentadora de telejornal. Aplica como aporte teórico os estudos feministas (SCOTT, 1992; LOURO, 2003; MEYER, 2005), estudos sobre relações de gênero (SCOTT, 1989; NICHOLSON, 2000; VEIGA, 2012a), sobre interseccionalidades (PISCITELLI, 2008) e sobre o corpo (LOURO, 2004; GOELLNER, 2005; NOVAES, 2011; VEIGA, 2012b) . Usando a cartografia como método, traça um mapa cartográfico dos objetos de pesquisa: as apresentadoras dos principais telejornais da grade de televisão aberta brasileira. São elas (em ordem alfabética): Adriana Araújo (Jornal da Record), Karyn Bravo (Jornal do SBT – Noite), Katiuscia Neri (Repórter Brasil - Noite), Maria Cristina Poli (Jornal da Cultura), Patrícia Poeta (Jornal Nacional) e Ticiana Villas-Bôas (Jornal da Band). Ao final...

Os desafios da integralidade em um Centro de Atenção Psicossocial e a produção de projetos terapêuticos; Los desafíos de la integralidad en Centro de Atención Psicosocial y la producción de proyectos terapéuticos; The challenges of comprehensive care in a Psychosocial Care Center and the development of therapeutic projects

Mororó, Martha Emanuela Martins Lutti; Colvero, Luciana de Almeida; Machado, Ana Lúcia
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2011 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
26.38%
The object of this study is the development of therapeutic projects by the team working in a Psychosocial Care Center (CAPS III). It takes into consideration the creation and expansion process of the Brazilian public health system (SUS) and Psychiatric Reform. In this context, workers are challenged to develop care through an individual therapeutic project that considers the true needs and life context of the people involved. The objective of the study was to analyze and describe the strengths and weaknesses of a to develop the therapeutic projects based on the cartographic model and on the focal group technique. Participants were workers from a CAPS III center from Diadema, São Paulo. By analyzing the data collected through focal groups, the authors found, above all, a rupture between the night and day teams, and a lack of systematic space for conversation to develop and discuss on the therapeutic projects.; Estudio que objetiva la generación de proyectos terapéuticos realizados por el equipo de un Centro de Atención Psicosocial-CAPS III. Considera el proceso de creación y expansión del Sistema de Salud-SUS y de la Reforma Psiquiátrica del país. En tal contexto, los trabajadores enfrentan el desafío de brindar una atención a partir de un proyecto terapéutico individual...

A entrevista na pesquisa cartográfica: a experiência do dizer; The interview in the cartography research: the experience of saying

Tedesco, Silvia Helena; Universidade Federal Fluminense; Sade, Christian; Universidade Salgado de Oliveira; Caliman, Luciana Vieira; Universidade Federal do Espirito Santo
Fonte: Eduff Publicador: Eduff
Tipo: ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.38%
O artigo visa discutir a aplicação da entrevista, seja individual ou coletiva, em pesquisa, segundo a perspectiva do método cartográfico. Não indica um modelo específico de “entrevista cartográfica”, mas um ethos cartográfico como orientação geral dos procedimentos ligados a sua construção. Apoiado nos estudos da pragmática, afirma a importância da montagem da entrevista como experiência compartilhada, entre entrevistador e entrevistado (s), estabelecida no domínio da linguagem. A questão do manejo é examinada, tendo em vista o caráter de intervenção recíproca entre signos e mundo. A partir de alguns exemplos empíricos, procedimentos e propostas são apresentadas na direção da abertura da experiência, ali em jogo, aos processos de criação de si e de mundos.; This article aims to discuss the application of the interview, whatever individual or collective, according to the cartographic method. It does not indicate a specific pattern of cartographic, but a cartographic ethos as general guidance of the procedures connected with its construction. Based on the studies of the pragmatic, it states the importance of the structure of the interview as a shared experience between interviewer and interviewee(s) established in the field of the language.   The subject of the handling is analyzed...

O trabalho do cartógrafo do ponto de vista da atividade; The cartographer’s work from the activity’s point of view

Barros, Maria Elizabeth Barros de; Universidade Federal do Espírito Santo; Silva, Fabio Hebert da; Universidade Federal Fluminense, Campos, RJ
Fonte: Eduff Publicador: Eduff
Tipo: ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.12%
Neste artigo são apresentadas diretrizes para pensar o trabalho do pesquisador cartógrafo do ponto de vista da atividade, a partir de contribuições das Clínicas do Trabalho. O desdobramento dessas diretrizes leva à proposição de um gênero pesquisador-cartógrafo. A partir de uma pesquisa com docentes em instituições de ensino superior privada na Grande Vitória, compartilha algumas reflexões sobre a complexidade das relações que constituem esse gênero pesquisador-cartógrafo. Nessa pista do método cartográfico considera-se que a atividade do cartógrafo é constituição de um gênero sempre em  vias de estilização, em meio a processos de aprendizagem e intervenções recíprocas. Esse gênero sempre toma como objeto uma atividade e tem como aposta metodológica a problematização da atividade do pesquisador, que convoca para o diálogo pesquisadores engajados num modo de fazer pesquisa que considera a experiência situada com suas irregularidades e imprevistos.; In this article are guidelines to think the work of the researcher cartographer, from the activity’s point of view, from contributions of Clinics of Labor. The unfold of these guidelines leads to the proposition of a gender researcher cartographer. From a research with teachers in private higher education institutions in Greater Vitória...

Pesquisa-intervenção em um CAPSad – Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas

Ricardo Wagner Machado Silveira; UFU; Diogo Rezende; UFU; Willian Araújo Moura; UFU
Fonte: UFMG / UFU / UFSJ / UFJF Publicador: UFMG / UFU / UFSJ / UFJF
Tipo: Avaliado por Pares; Formato: application/save
Publicado em 05/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.18%
O presente artigo irá traçar um processo de pesquisa-intervenção realizado ao longo de um ano em um Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas (CAPSad). Esta pesquisa se deu a partir de práticas baseadas nos conceitos que envolvem a Análise Institucional, preconizando, assim, um trabalho de análise da complexa rede de relações de saber e poder presentes em tal serviço, bem como da dinâmica institucional que faz circular ali forças produtivas, ou instituintes, além de forças que tendem a perpetuarem-se ao que está instituído. Utilizamos o método de pesquisa-intervenção por ser um método de pesquisa que indissocia o pesquisar do intervir, fazendo com que o percurso desta pesquisa se trace na processualidade e complexidade dos acontecimentos investigados. Nesse processo investigativo-interventivo, problematizou-se a clínica da Redução de Danos por se constituir como uma diretriz das políticas públicas nessa área.

Cartografía del diseño social: aproximaciones conceptuales

Ledesma,María del Valle
Fonte: Anales del Instituto de Arte Americano e Investigaciones Estéticas. Mario J. Buschiazzo Publicador: Anales del Instituto de Arte Americano e Investigaciones Estéticas. Mario J. Buschiazzo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 ES
Relevância na Pesquisa
26.18%
Enmarcado en las producciones del UBACYT Cartografías del Diseño Social , este trabajo presenta la cartografía como método de estudio aplicado al diseño social , un área de escasa precisión conceptual que aparece vinculada con una tenaz oposición al salvajismo del mercado , una cierta vocación militante contra determinadas configuraciones de la sociedad capitalista en el horizonte del siglo XXI, y un intenso voluntarismo dirigido a contrarrestar males que atentan contra una idea de armonía social . De por sí, esta diversidad indica cómo bajo el paraguas de la expresión diseño social o diseño para la sociedad se cobijan muy diferentes líneas, que expresan o se valen de concepciones diferentes del diseño y de la intervención social. Lejos de ensayar definiciones o categorizaciones estancas y excluyentes, la cartografía, como método de estudio social en el campo del diseño, procura dejar expuesta la diversidad, para que ella misma actúe con efecto performativo sobre la propia realidad estudiada. En este artículo se presenta la propuesta de hacer mapa , considerada no como mera representación de algo, sino como acción efectiva sobre lo existente. Para dar materialidad al planteo cartográfico, el proyecto de investigación buscó la unión entre la propuesta filosófica y el medio digital...

Zonificación de procesos de remoción en masa en Puerto Vallarta, Jalisco, mediante combinación de análisis multicriterio y método heurístico

Muñiz-Jauregui,Jesús Arturo; Hernández-Madrigal,Víctor Manuel
Fonte: Instituto de Geología, UNAM Publicador: Instituto de Geología, UNAM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 ES
Relevância na Pesquisa
36.22%
La ciudad de Puerto Vallarta, Jal., es afectada de manera frecuente por procesos de remoción en masa (PRM), principalmente del tipo flujo de detritos desencadenados por lluvias intensas asociadas a eventos meteorológicos extraordinarios. Esto ha provocado numerosos desastres con pérdidas humanas y materiales, que hacen imperiosa la necesidad de que en esta ciudad se identifiquen las zonas de mayor susceptibilidad a la inestabilidad de laderas. En este trabajo presentamos un mapa de susceptibilidad a los PRM para Puerto Vallarta, construido con base en la combinación del análisis multicriterio y el método heurístico. En su elaboración se consideraron diez capas temáticas asociadas a factores condicionantes tales como: inestabilidad antecedente (mapa-inventario), litologia, pendiente, radiación solar, cortes en talud, zonas inestables por caminos, asentamientos humanos, distancia a morfolineamientos, áreas de desmonte y concentración de escurrimientos superficiales. Este mapa constituye el primer documento cartográfico de gran escala que muestra la susceptibilidad del terreno a los PRM en Puerto Vallarta. En él se distinguen seis grados de susceptibilidad, que varían de muy baja a muy alta. Los resultados para la zona estudiada revelan que el 69% de la superficie se encuentra en terrenos de media a muy alta susceptibilidad. No obstante lo anterior y con base en el plan municipal de desarrollo urbano que contempla la ampliación de la ciudad sobre terreno montañoso...

Modelado cartografico de riesgo de incendios en el parque nacional Henri Pittier. Estudio de caso: Vertiente sur, area colindante con la ciudad de Maracay

Abarca,Oscar I; Quiroz G,José G
Fonte: Instituto Nacional de Investigaciones Agrícolas INIA de Venezuela Publicador: Instituto Nacional de Investigaciones Agrícolas INIA de Venezuela
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2005 ES
Relevância na Pesquisa
36.27%
Se utilizó un Sistema de Información Geográfica (SIG), aplicado a la vertiente sur del Parque Nacional Henry Pittier, en especial sus herramientas de análisis multi-criterio, para lo cual se digitalizaron algunas variables como topografía, uso de la tierra, hidrografía, vialidad y vegetación. Cada una de estas variables se procesó para generar los criterios de las dos capas, objetivos principales escogidas en el modelo de evaluación: riesgo de ignición (RI) y riesgo de propagación (RP). La capa objetivo RI está constituida por los criterios pisos altitudinales, uso de la tierra colindante con el parque, accesibilidad y vegetación sensible a la ignición. La capa objetivo RP fue evaluada para los criterios pendiente, vegetación sensible a la propagación, influencia del viento, pisos altitudinales, hidrografía y cortafuegos. Estos criterios se ponderaron utilizando el Método de las Jerarquías Analíticas y posteriormente se introdujeron en la regla de decisión multi-criterio estructurada e incorporada al SIG, generando la cartografía de riesgo para cada capa objetivo. Finalmente se integraron las dos capas objetivos para generar la cartografía definitiva de riesgo de incendios de vegetación. Se determinó que existen aproximadamente unas 139 ha con muy alto riesgo...

A espessura do encontro

Aragon,Luis Eduardo Ponciano
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2003 PT
Relevância na Pesquisa
26.38%
Utilizando o método cartográfico, este trabalho propõe uma análise do contemporâneo da Medicina, por meio de seu encontro com a Psicanálise. A escolha do método cartográfico tem o intuito de evitar tanto uma perspectiva de análise dialética, quanto o isolamento do "observador" de seu objeto. A cena médica, tecnológica, abre-se para receber planos de comunicação/contaminação que ultrapassam a habitual relação médico-paciente. Isto para sustentar a complexidade dos encontros, comportando fatores inconscientes e virtuais. Complexidade esta que, levada em consideração, implica uma ética particular. Propõe-se o uso do que foi chamado "quase-conceito" para auxiliar na tarefa cartográfica de determinar planos compostos no encontro. Rejeita-se o voluntarismo que acarreta a produção de "manuais de conduta", para buscar "linhas de força" que atravessam o espaço contemporâneo e os nele imersos, linhas estas consideradas como pré-individuais.