Página 1 dos resultados de 267 itens digitais encontrados em 0.061 segundos

Comércio externo e interno do Brasil e das suas macrorregiões: um teste do teorema de Heckscher-Ohlin. ; Domestic and international trade of brazil and its macror regions: a test of the heckscher-ohlin theorem.

Istake, Márcia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/07/2003 PT
Relevância na Pesquisa
96.34%
O objetivo deste trabalho foi avaliar, com base no padrão de comércio externo e interno brasileiro, se a especialização da produção no Brasil e nas macro-regiões encontra-se de acordo com a dotação relativa de fatores, ou se há outras questões que expliquem a localização da produção. A fundamentação teórica veio do teorema de Heckscher-Ohlin, mais especificamente da abordagem da qualificação da mão-de-obra e do comércio intra-indústria. O teorema de Heckscher-Ohlin foi confirmado para os trinta tipos de comércio externo observados no trabalho, e pôde-se verificar um comportamento semelhante entre os resultados obtidos para o Brasil, como um todo, e aqueles conseguidos para as suas regiões. No comércio observado entre o Brasil e as regiões e a Ásia, os Estados Unidos, a União Européia e o resto do mundo, a dotação de fatores constatada foi de mão-de-obra não qualificada. Considerando apenas o comércio do Brasil e das regiões com o Mercosul, pôde-se verificar que o Brasil e as regiões apresentaram abundância relativa de mão-de-obra qualificada. Com relação aos resultados para o comércio intra-indústria, dos 30 dimensionamentos efetuados para o comércio exterior, apenas em três casos o comércio interindústria não foi observado: no comércio do Brasil...

Treinamento a distância para mão-de-obra na construção civil. ; Long-distance training for civil construction human resources.

Campos Filho, Amadeu Sá de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2004 PT
Relevância na Pesquisa
126.1%
A construção de habitações populares exige processos construtivos de baixo custo, tanto em relação aos materiais quanto à mão-de-obra. Por essa razão, muitas vezes são adotados os sistemas de mutirão ou de autoconstrução onde o futuro morador, normalmente inexperiente, é treinado em alguns serviços necessários ao processo construtivo. A necessidade de rápida qualificação de mão-de-obra, e em grande quantidade, é uma das dificuldades enfrentadas neste processo. O ensino a distância tem características que permitem instruir grande número de pessoas a baixo custo, além de permitir atingir populações distantes dos grandes centros. Este trabalho investigou a efetividade de tal metodologia para este fim, propondo um sistema de treinamento a distância voltado à mão-de-obra para construção civil. Em particular, foi abordada a etapa de montagem do kit hidráulico usado em alguns processos construtivos de moradias de interesse social. Três grandes desafios foram enfrentados neste trabalho: i. o público alvo, normalmente de baixa instrução, freqüentemente analfabeto; ii. o tipo de conteúdo a ser ministrado, de caráter cognitivo, porém ligado às atividades psicomotoras de montagem, isto é, refere-se à compreensão do trabalhador sobre os conteúdos e também sua execução física...

Perfil da mão-de-obra no setor sucroalcooleiro: tendências e perspectivas; Profile of labor in the sugar-alcohol sector: trends and prospects

Liboni, Lara Bartocci
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
116.17%
O setor sucroalcooleiro tem passado por profundas alterações nos anos recentes, com impactos importantes sobre a organização setorial e sobre as estratégias empresariais. Além das alterações na estrutura de mercado, as alterações no processo produtivo trouxeram impactos importantes no mercado de trabalho. A proibição da queima da cana-de-açúcar como método de despalha, com a conseqüente adoção da mecanização do corte e plantio da cana-de-açúcar tem ocasionado a redução da mão-de-obra agrícola e a demanda por novas ocupações no setor. Com a mecanização foi possível a obtenção de ganhos muito significativos na produção, tendo como resultado a exclusão de trabalhadores do processo produtivo e a modificação no perfil dos novos trabalhadores demandados. Além da mecanização, a própria expansão do setor em novas áreas produtivas, já mecanizadas, tem demandado maior número de trabalhadores qualificados, ocasionando maior concorrência por esta mão-de-obra. É preciso conhecer este perfil de trabalhadores inseridos na cadeia de produção da cana, é importante compreender a evolução das ocupações neste setor e analisar as transformações ocorridas, em função do novo padrão tecnológico e em função da nova fase de expansão pela qual o setor está passando. Com esse quadro de referência...

Imigração de gestores de empresas transnacionais no Brasil: expatriação, proteção à mão-de-obra nacional e desenvolvimento

BARBAS, Leandro Moreira Valente
Fonte: Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (DIREITO GV) Publicador: Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (DIREITO GV)
Tipo: Relatório
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.06%
A transnacionalização de empresas vem ocorrendo no Brasil há mais de quarenta anos, sendo que a partir dos anos 90 nota-se um esforço estatal de atração do capital estrangeiro para a economia nacional. Uma das repercussões que a transnacionalização tem para uma empresa é a necessidade de expatriar empregados que cuidem da instalação e, posteriormente, da administração da filial. A partir do mesmo período histórico nota-se o surgimento de normas específicas que disciplinam a concessão de vistos especificamente para estrangeiros que venham ao Brasil exercer cargos de gestão nestas empresas. Ao mesmo tempo, a legislação sobre imigração tem como princípio a proteção da mão-de-obra nacional, permitindo apenas o ingresso de mão-de-obra estrangeira quando esta for qualificada e inexistente (ou escassa) no Brasil. O presente trabalho se presta a investigar como ocorre a conciliação entre estas duas coisas aparentemente opostas, em favor do desenvolvimento nacional.

Cenarios tecnologicos e demanda da capacitação da mão-de-obra do setor agricola sucroalcooleiro paulista; Technological sceneries and demand of labor training by the sugarcane agricultural sector at the state of São Paulo

Terezinha de Fatima
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
126.1%
No Brasil, o setor sucroalcooleiro viveu um momento de grandes investimentos, impulsionado principalmente pelo aumento da frota de automóveis do tipo "flex fuel", e pela expectativa de aumento das exportações, considerando a meta de adição de etanol à gasolina no mundo todo. Governo e organizações privadas estão se conscientizando da necessidade de ações para aumentar a produção e a produtividade. Dentre tais medidas, estão a ampliação das áreas de plantio, a otimização do processo de plantio e colheita da cana-de-açúcar, bem como a otimização da produção de etanol. No entanto, as referidas medidas para elevar a produtividade implicam questões ambientais, econômicas, sociais e tecnológicas, ganhando expressão com o processo de mecanização. Este trabalho tem por objetivo analisar a qualificação de mão-de-obra no processo de implantação da mecanização do setor agrícola sucroalcooleiro. Para tanto, foram considerados quatro cenários de mecanização: Cenário I - Tradicional, Cenário II - Mecanizado, Cenário III - Informatizado e Cenário IV - Auxílio Mecânico, e o grau de qualificação da mão-de-obra requerida em cada um deles. Foram visitadas três usinas sucroalcooleiras, duas que representam o cenário I e uma unidade que representa o cenário II...

Projeções de mão de obra qualificada no Brasil: cenários para a disponibilidade de engenheiros até 2020

Pereira,Rafael Henrique Moraes; Nascimento,Paulo A. Meyer M.; Araújo,Thiago Costa
Fonte: Associação Brasileira de Estudos Populacionais Publicador: Associação Brasileira de Estudos Populacionais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
136.2%
Este estudo apresenta um método de projeção populacional capaz de estimar, para o Brasil, a oferta de mão de obra qualificada com nível superior de escolaridade em áreas específicas do conhecimento. Para tanto, emprega-se uma metodologia que utiliza um conjunto de bases de dados públicos (SIM/Datasus, Censo Demográfico, Censo da Educação Superior e PNADs). Ao combinar a equação compensadora com um modelo simplificado das entradas e saídas no mercado de trabalho, a metodologia proposta permite calcular a projeção ano a ano com resultados desagregados por sexo e grupos quinquenais de idade. O estudo apresenta também os resultados da aplicação dessa metodologia na simulação de cenários sobre a disponibilidade de profissionais com formação em cursos de engenharia, produção e construção, no mercado de trabalho brasileiro até 2020. Os cenários se diferenciam em função dos possíveis ritmos de expansão a serem observados no número de ingressantes e concluintes em cursos de ensino superior nessas áreas. Caso as tendências recentes se concretizarem, o mercado de trabalho brasileiro poderá contar, em 2020, com um estoque entre 1,9 e 2,3 milhões de pessoas formadas em engenharias por instituições brasileiras de ensino superior. Os resultados apontam ainda que serão observadas duas alterações relevantes: a feminização e o rejuvenescimento da força de trabalho com diploma nas áreas de engenharia.

A mão-de-obra como barreira ao desenvolvimento empresarial

Pinheiro, Ana Paula Gonçalves Varca
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
126.34%
As recentes transformações no mundo geraram, para a atualidade, uma exigência peculiar quanto à capacitação dos trabalhadores, estabelecendo padrões inéditos de qualificação, devido à competição mais acirrada por causa da abertura dos mercados, do processo irreversível de globalização, e, sobretudo, a crescente utilização de novas tecnologias que se tomaram cada vez mais corriqueiras na sociedade contemporânea. A preocupação com a necessidade de formar trabalhadores hábeis para enfrentar os desafios que essa nova conjuntura impõe é compartilhada pelos governos de diversas nações que se empenham em reformular as diretrizes básicas para a educação visando, além do emprego, o desenvolvimento humano sustentável. Este estudo investigou um dos obstáculos ao progresso de micro e pequenas empresas e sua influência no desenvolvimento organizacional: a qualificação da mão-de-obra. Tema multifacetado envolvendo diversas instâncias: governos, empresas e, inclusive, o próprio trabalhador com suas dificuldades de formação num mundo em constante transformação. Este trabalho, ainda que se refira a ações governamentais, e, a outros aspectos mais gerais, privilegia a dificuldade própria do gerente...

Impacto do baixo custo da mão de obra qualificada dos países emergentes no mercado do software

Ramada, Oscar Teixeira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
106.06%
Esta Tese intitula-se, "Impacto do Baixo Custo da Mão-de-obra Qualificada dos Países Emergentes no Mercado do Software", associado intimamente com a temática da prestação de serviços de "outsourcing". Circunscreve-se a três países: China, índia e Brasil. Completa-se com uma breve abordagem ao caso de Portugal, caracterizando de forma resumida quatro empresas portuguesas ("NOVABASE", "REDITUS", "PARAREDE" e "CAPGEMINI") e apresentando um caso prático de quantificação, "a priorj", dos efeitos da tomada de decisão (em contexto empresarial) de recorrer ao "outsourcing": se dá lucro ou prejuízo. É apresentada uma abordagem nova inserida no âmbito do "Balanced Scorecard", e e no seio desta que se efectua a referida quantificação, aplicado ao caso da empresa dinamarquesa de prestação de serviços de telecomunicações móveis "Tele Danmark Cornunnications". Fundamentalmente, a metodologia resume-se a apresentação de um conjunto de proveitos e de custos, antes e depois, da decisão de "outsourcing" e respectiva variação. Como principais conclusões, são de salientar o facto de ter sido pelo lado dos proveitos que a decisão de "outsourcing" mais se fez sentir possibilitando um acréscimo de + 594 DKK na rubrica correspondente. Logo seguido de uma rubrica não diferenciada de custos com decréscimo de - 321 DKK. Globalmente...

Projeções de mão de obra qualificada no Brasil: uma proposta inicial com cenários para a disponibilidade de engenheiros até 2020; Texto para Discussão (TD) 1663: Projeções de mão de obra qualificada no Brasil: uma proposta inicial com cenários para a disponibilidade de engenheiros até 2020

Pereira, Rafael Henrique Moraes; Nascimento, Paulo A. Meyer M.; Araújo, Thiago Costa
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
136.29%
O campo de estudos sobre projeções e estimativas populacionais apresenta razoável nível de amadurecimento de suas metodologias e discussões. Entretanto, quando se trata de projetar um grupo populacional muito específico, como as pessoas com uma determinada formação acadêmica/profissional, existe ainda amplo espaço para aprimoramentos metodológicos. A contribuição do presente estudo vem no sentido de refinar os métodos de projeção populacional com vistas a estimar, para o Brasil, a oferta de mão de obra qualificada com nível superior em áreas específicas do conhecimento. Para tanto, apresenta-se uma metodologia que se utiliza de um conjunto de bases de dados públicos (SIM/Datasus, Censo Demográfico, Censo da Educação Superior e PNAD). O estudo apresenta também os resultados da aplicação desta metodologia na simulação de cenários sobre a disponibilidade, até 2020, de profissionais com formação em cursos de engenharia, produção e construção e áreas afins no mercado de trabalho brasileiro.; 51 p. : il.

Distribuição espacial da mão de obra qualificada no território nacional no período recente; Spatial distribution of skilled labor in the country in recent years

Maciente, Aguinaldo Nogueira; Pereira, Rafael Henrique Moraes; Nascimento, Paulo A. Meyer M.
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Brasil em Desenvolvimento (BD) - Artigos
PT-BR
Relevância na Pesquisa
136.2%
Este capítulo tem por objetivo apresentar um panorama da disponibilidade de mão de obra qualificada no território brasileiro e, mais especificamente, a distribuição, nas mesorregiões do país, das pessoas com diploma de nível superior em áreas selecionadas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática (CTEM). A concentração de profissionais de nível superior destas áreas será mensurada a partir dos dados dos censos populacionais de 2000 e 2010, produzidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Busca-se, assim, identificar as mesorregiões brasileiras mais intensivas em pessoal técnico-científico, informação útil a decisões locacionais de investimentos produtivos que demandem este tipo de profissional, bem como mostrar como a sua distribuição foi modificada ao longo da primeira década do século XXI. O texto traz algumas informações acerca da disponibilidade de profissionais das áreas de CTEM distribuídos pelas 137 mesorregiões que compõem o território brasileiro, além de retratar o que mudou no perfil da distribuição desta força de trabalho pelo país entre 2000 e 2010. Ambas as perspectivas – educacional e ocupacional – são úteis em um estudo desta natureza, ainda que o foco da análise recaia adiante sobre a disponibilidade relativa de graduados das áreas de CTEM pelo território nacional. Serão apresentadas e discutidas a distribuição de profissionais diplomados nessas áreas nas mesorregiões brasileiras e os indicadores do nível de ocupação destes profissionais em atividades diretamente relacionadas às suas áreas de formação. A seção 2 detalha as ocupações e os diplomas de nível superior definidos...

Oferta de engenheiros e profissionais afins no Brasil: resultados de projeções iniciais para 2020; Supply of engineers and related professionals in Brazil: results of initial projections for 2020

Pereira, Rafael Henrique Moraes; Araújo, Thiago Costa
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Radar - Artigos
PT-BR
Relevância na Pesquisa
106.05%
O artigo fomenta o debate sobre a oferta de mão de obra qualificada no Brasil na área de engenharia e profissões afins. Uma série de análises empíricas são utilizadas pelos autores que buscam tratar da esfera econômica em sua amplitude, não apenas das reações instantâneas e dos desequilíbrios momentâneos.Projeções iniciais para a década de 2020 também são realizadas e analisadas no presente artigo.; p. 35-41 : il.

Oferta de engenheiros e profissionais afins no Brasil: resultados de projeções iniciais para 2020

Pereira, Rafael Henrique Moraes; Araújo, Thiago Costa
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Radar - Artigos
PT-BR
Relevância na Pesquisa
106.05%
O objetivo deste trabalho é lançar luz sobre o debate da questão da oferta de mão de obra qualificada no Brasil, qualificando-o com análises empíricas assentadas em métodos e dados que, a despeito de suas próprias imprecisões, consigam ir além de reações instantâneas a desequilíbrios momentâneos que uma economia aquecida fatalmente acarreta a mercados específicos. Em particular, este texto apresenta os resultados preliminares de uma proposta metodológica em construção para projeções da disponibilidade de profissionais especializados – com destaque, neste momento, para a população com diploma em cursos de engenharia.; p. 35-41 : il.

Emprego e oferta qualificada de mão de obra no Brasil : impactos do crescimento econômico pós-crise; Comunicados do Ipea 41 : Emprego e oferta qualificada de mão de obra no Brasil : impactos do crescimento econômico pós-crise

Campos, André; Guedes, Erivelton; Carvalho, Sandro Sacchet de; Matijascic, Milko; Dias, Guilherme; Castro, Daniel; Garcia, João Cláudio; Santos, James Richard
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Comunicados do Ipea
PT-BR
Relevância na Pesquisa
106.28%
A expansão econômica do pós-crise deverá impactar direta e indiretamente o comportamento do mercado de trabalho brasileiro. Isso porque o ritmo de abertura das novas vagas e a prática generalizada da rotatividade no trabalho em diferentes setores de atividade econômica e localidades do território nacional afetam fortemente a oferta de mão de obra qualificada disponível no Brasil. Em virtude disso, o presente Comunicado do Ipea procura considerar o possível impacto da demanda global e setorial por trabalhadores decorrente do impulso do crescimento econômico sobre a oferta de mão de obra nacional, regional e por UF – unidades da federação. Ao final, o balanço esperado para o presente ano entre demanda e oferta de mão de obra permite analisar a possibilidade de haver escassez geral ou localizada ou, ainda, excesso de oferta de trabalhadores frente ao ritmo de expansão da economia brasileira. As principais informações adotadas por este Comunicado originam-se do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - PNAD) e do Ministério do Trabalho e Emprego (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados - CAGED -, Relação Anual de Informações Sociais - Rais). A sistematização do conjunto de dados oficiais e sua projeção para o ano de 2010 com base na evolução de 2004 a 2008...

Emprego e oferta qualificada de mão de obra no Brasil : projeções para 2011; Comunicados do Ipea 89 : Emprego e oferta qualificada de mão de obra no Brasil : projeções para 2011

Santos, James Richard; Acioly, Luciana; Monteiro, Aristides; Gambier, André; Calixtre, André; Dias, Guilherme
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Comunicados do Ipea
PT-BR
Relevância na Pesquisa
116.32%
Em 2010, a expansão econômica brasileira de 7,5% foi acompanhada da geração de 2,5 milhões de novos empregos formais. Ademais da redução da taxa de desemprego e da elevação da formalização do mercado de trabalho, assistiu‐se a manifestação de sinais de certa escassez setorial e localizada regionalmente de mão de obra qualificada. Para o ano de 2011, a produção nacional deve aumentar próximo de 5%, o que traz direta e indiretamente impactos positivos para o comportamento do mercado de trabalho brasileiro. A ampliação de novas vagas de trabalho acompanhada simultaneamente pela maior rotatividade da mão de obra em diferentes setores de atividade econômica e localidades do território nacional afeta tanto o perfil da demanda de trabalhadores pelas empresas como o desempenho da qualificação do trabalho. É com base nessas considerações que o presente Comunicado do Ipea busca projetar a demanda das empresas decorrente do impulso do crescimento econômico sobre a oferta de mão de obra nacional, setorial, regional e estadual. Assim, espera‐se antecipar o balanço entre demanda e oferta de mão de obra para o ano de 2011, permitindo considerar a capacidade das políticas públicas atuarem positivamente sobre a possível escassez geral ou localizada ou...

Interdependência espacial das exportações brasileiras : repercussões sobre o mercado de trabalho

Chahad, José Paulo Z.; Comune, Antônio E.; Haddad, Eduardo A.
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Pesquisa e Planejamento Econômico (PPE) - Artigos
PT-BR
Relevância na Pesquisa
106.06%
Este trabalho analisa a interdependência dos estados brasileiros associada à geração de emprego das pautas de exportação de cada estado. Utilizando a matriz interestadual de insumo-produto para o ano de 1996, foram calculados multiplicadores de emprego (por seis níveis de qualificação) das unidades-padrão de exportação de cada unidade da federação e, a partir de técnicas de decomposição, evidenciou-se o grau de geração de emprego intra e inter-regional. A análise dos impactos regionais sobre a geração de emprego das exportações estaduais aponta para uma concentração do nível de mão-de-obra qualificada nos estados do Sul e Sudeste. Os estados mais desenvolvidos beneficiam-se das exportações brasileiras, atendendo, direta e indiretamente, à demanda por trabalhadores mais qualificados ligados ao setor exportador.; p. 93-122 : il.

A distribuição de profissionais técnico-científicos pelo território brasileiro em 2000 e 2010; Texto para Discussão (TD) 1927: A distribuição de profissionais técnico-científicos pelo território brasileiro em 2000 e 2010; The distribution of technical and scientific professionals throughout Brazil in 2000 and 2010

Maciente, Aguinaldo Nogueira; Pereira, Rafael Henrique Moraes; Nascimento, Paulo A. Meyer M.
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
116.14%
Este texto mapeia a disponibilidade, nas mesorregiões brasileiras, de pessoas com ní¬vel superior em áreas selecionadas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática (CTEM). Para tanto, utiliza dados dos censos populacionais de 2000 e de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O objetivo da discussão é incor¬porar a dimensão regional ao debate sobre a disponibilidade de mão de obra qualificada no Brasil, em especial diante da possibilidade de que a atual percepção de escassez deste tipo de mão de obra possa se dar de forma desigual entre as regiões. A distribuição regional de profissionais formados nessas áreas de formação se modificou ao longo da primeira década do século XXI, concentrando-se nas mesorregiões do centro-sul do país, bem como em algumas regiões metropolitanas das regiões Nordeste e Norte. Evidencia-se também que os profissionais de CTEM apresentam uma maior tendência a estarem ocupados com carteira assinada ou como empregadores do que a média das pessoas com diploma de nível superior. Por fim, as atividades de construção, mineração e tecnologia da informação são as que mais empregam profissionais de CTEM, além de serem também aquelas em que estes profissionais mais atuam em ocupações típicas de sua área de formação.; 31 p. : il.

Quais características das cidades determinam a atração de migrantes qualificados?; Texto para Discussão (TD) 1305: Quais características das cidades determinam a atração de migrantes qualificados?

Mata, Daniel da; Oliveira, Carlos Wagner de A.; Pin, Cedric; Resende, Guilherme
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
116.3%
O trabalho tem como objetivo traçar os principais determinantes da migração de uma categoria específica de pessoas: a mão-de-obra qualificada. Entende-se por mão-de-obra qualificada pessoas com nível educacional superior completo e incompleto. O estudo visa averiguar exatamente o porquê de algumas cidades atraírem migrantes com tal perfil. Primeiramente, apresenta-se o ranking das cidades com maior atração de migrantes qualificados. Elaborou-se um indicador específico de migração qualificada, denotado por índice de migração qualificada líquida e construído a partir da comparação entre imigrantes qualificados e emigrantes qualificados do município. Águas de São Pedro (SP) é a localidade com maior índice. Para o grupo dos municípios com população superior a 100 mil habitantes, São Paulo (SP) é a cidade do Brasil com maior índice de migração qualificada líquida. Em seguida, a análise empírica empreendida no estudo busca investigar as principais características das cidades no que concerne à atração de migrantes qualificados. A estimação de modelos de econometria espacial, a fim de corrigir potenciais erros na estratégia empírica, corroborou os resultados da estimação via modelo de Mínimos Quadrados Ordinários (MQO). Dinamismo do mercado de trabalho...

Escassez de força de trabalho : uma revisão da literatura internacional e interpretação dos resultados empíricos referentes ao Brasil; Texto para Discussão (TD) 2086 : Escassez de força de trabalho : uma revisão da literatura internacional e interpretação dos resultados empíricos referentes ao Brasil

Nascimento, Paulo A. Meyer M.
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
96.2%
Este texto busca sistematizar o debate sobre escassez de força de trabalho qualificada e sintetizar as evidências surgidas no Brasil nos últimos anos sobre o tema. É apresentada revisão da literatura internacional a respeito da escassez de trabalho qualificado, é discutida a produção recente que investiga – a partir de métodos e bases de dados variados – sinais de carência ou não de força de trabalho qualificada no Brasil e é proposta uma interpretação das evidências disponíveis. Argui-se que não há indícios concretos para afirmar que tenha havido “escassez generalizada de mão de obra” na primeira década do século XXI no Brasil. Não é afastada, contudo, a possibilidade de ter havido – e ainda persistirem – dificuldades de preenchimento de vagas em algumas situações. Setores que experimentem forte crescimento em curto período de tempo costumam enfrentar problemas para contratar pessoal qualificado, podendo ter sido este o caso da construção civil nos anos recentes ou da indústria naval. Postos de trabalho para funções que exijam competências muito especializadas também podem por vezes ser de difícil preenchimento, bem como os que requerem atributos como experiência ou liderança e os que se proliferem em regiões distantes dos grandes centros...

Por uma política de recursos humanos

Carvalho, Virgilio Nelson da Silva
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 28/11/1991 POR
Relevância na Pesquisa
106.05%
Analysis of the importance and necessity of formal techniques for the training and development Hotels Human Resources. It suggests a deeper awareness about qualified labor, in order to improve quality of the services for the sector of hotels and restaurants.; Análise da importância e necessidade de técnicas formais para treinamento e desenvolvimento de Recursos Humanos para a Hotelaria. Sugere uma maior conscientização sobre a mão-de-obra qualificada, a fim de melhorar a qualidade dos serviços na área de Hotelaria e Alimentação.

DESAFIOS DA QUALIFICAÇÃO NO BRASIL: DEMANDAS DOS SETORES TRADICIONAIS E TECNOLÓGICOS DE CURTO E LONGO PRAZO POR MÃO-DE-OBRA QUALIFICADA

Dias, Joilson; Departamento de Economia Universidade Estadual de Maringá
Fonte: Editora UFPR Publicador: Editora UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 16/06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
106.12%
O objetivo deste trabalho é o de estimar as demandas setoriais, incluindo as dos setores tecnológicos, por mão-de-obra qualificada e menos qualificada, dos estados brasileiros. O modelo dinâmico empírico especificado foi baseado em Sargent (1978) que pressupõe a escolha entre pessoas qualificadas (acima de 11 anos de escolaridade) e menos qualificadas (11 anos ou menos de escolaridade). O fator determinante da escolha é o custo entre esses capitais representado no modelo pelo coeficiente do custo de ajustamento. As estimativas em painel dinâmico para os dados dos estados no período 2002-2009 para o capital humano qualificado resultaram no seguinte: i) as demandas nos setores tradicionais (comércio, indústria e serviços) demonstraram que a principal fonte de crescimento vem do PIB dos setores; ii) O setor de serviços é o único que sofre influência negativa de aumentos salariais; iii) O custo de ajustamento demonstrou ser baixo nesses setores ou insignificantes. As demandas dos setores de alta tecnologia (indústria e serviços) possuem comportamentos diversos: i) na indústria o fator preponderante é a demanda por capital humano menos qualificado. Um aumento de 10% na mesma leva a um aumento na demanda por capital humano qualificado em 4...