Página 1 dos resultados de 104 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

A CUT no governo Lula: Da defesa da "liberdade e autonomia" à reforma sindical inconclusa; CUT on the Lula's government: The defense of "freedom and autonomy" to unfinished union reform

Ladosky, Mario Henrique Guedes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.44%
Esta tese trata da relação entre a CUT e a estrutura sindical corporativa no Brasil. O tema já foi amplamente estudado pela sociologia no meio acadêmico, e da mesma forma tem sido elemento de reflexão e debate entre dirigentes e militantes sindicais. Nesse sentido, a originalidade deste trabalho é revisitar o tema e analisa-lo à luz do contexto do governo Lula, eleito em 2002 para seu primeiro mandato como presidente da República com a plataforma de modernização da legislação sindical através de uma reforma sindical negociada por representantes do governo, empresariado e trabalhadores no Fórum Nacional do Trabalho (FNT). Desse ponto de vista, essa tese se apropria de um debate já estabelecido sobre o conceito de corporativismo e faz um resgate histórico da CUT, dos anos 1980 aos dias atuais, enfatizando suas vicissitudes e contradições para a superação do modelo herdado da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), nas décadas de 1930 e 1940. Dentro desse percurso, a instauração do governo Lula, apoiado pela CUT, acarretou possibilidades de avanços e conquistas sociais e em direção à liberdade e autonomia sindical, do mesmo modo que tensionou internamente as relações entre as correntes políticas da CUT ao colocar em pauta questões inéditas em sua trajetória como o ajuste entre a defesa de um governo identificado com bandeiras populares e a manutenção de uma postura autônoma e independente na defesa dos interesses dos trabalhadores. A partir da trajetória da CUT...

O mensalão impresso: o escândalo político-midiático do governo Lula nas páginas de Folha e Veja; The printed mensalão: the midiatic-political scandal of Lula's government on the pages of Folha and Veja

Nunomura, Eduardo Yoshio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.39%
Esta dissertação buscou analisar a cobertura do jornal Folha de S.Paulo e da revista Veja sobre o escândalo político-midiático do mensalão, no primeiro mandato do governo de Luiz Inácio Lula da Silva. Ela abrange a relação entre imprensa e política, a partir da perspectiva da teoria social do escândalo político de J.B. Thompson, que mostra não só a importância dos meios de comunicação de massa, como também a sua influência crescente no processo político. Para a análise quantitativa, foram levantadas informações com base nos critérios de seleção ("valor-notícia"), agendamento ("agenda setting") e enquadramento ("framing") do noticiário. Para a qualitativa, adotou-se o método dos "pacotes interpretativos" de Gamson e Modigliani. Como forma de referenciar as conclusões, este trabalho aplicou o mesmo tipo de metodologia em um escândalo político-midiático do governo de Fernando Henrique Cardoso, o caso dos grampo do BNDES e dossiê Cayman, além de um período anterior e outro posterior aos episódios estudados de cada governo. Procuraram-se extrair elementos que indicassem, de forma objetiva, variações no tratamento da imprensa em relação aos dois governantes. O estudo comparado indicou que a partir do mensalão Veja aumentou consideravelmente o teor de conteúdo crítico sobre o presidente petista Lula...

Change over continuity? An analysis of Brazilian foreign policy during President Lula's years (2003-2010); Mudança sobre continuidade? Uma análise da política externa brasileira durante os anos do Presidente Lula (2003-2010)

Viegas, Otávio Macedo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2013 EN
Relevância na Pesquisa
36.67%
Since the first months of Lula da Silva's presidency, Brazil adopted a more assertive stance in its foreign policy. A number of recent papers and books have emphasized one aspect of change in the country's strategy of external insertion, during President Lula's two terms in office (2003-2010): autonomy played a central role in the framing of Brazilian interests in global affairs. Chapter 1 reviews the literature on Brazilian foreign policy during that period, taking into account the following dimensions: a) the concept of autonomy; b) the return of the autonomist group to Itamaraty and the erosion of the ministry's monopoly in foreign policy-making; c) the links between regional leadership and a more autonomous stance in international politics. The goal of chapter 2 is to make an analysis of Brazilian foreign policy during President Lula's years (2003-2010) and is divided in two parts, besides the introduction and the conclusion. In the first section I initially discuss the concepts of middle-power and autonomy, then proceed to an overview of Brazil's foreign policy in the period. In the second section I analyze the country's quest for autonomy during President Lula's government, emphasizing the aspect of change in diplomatic stances during his second term. I argue that adjustment and program changes took place in this period and also discuss structural challenges affecting Brazil today.; Desde os primeiros meses da presidência de Lula da Silva...

O subimperialismo brasileiro revisitado: a política de integração regional do governo Lula (2003-2007); The Brazilian subimperialism revisited: regional integration policy under Lula’s government (2003-2007)

Luce, Mathias Seibel
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.68%
Esta dissertação resgata a tese de Ruy Mauro Marini sobre o subimperialismo brasileiro – formulada no interior da Teoria Marxista da Dependência – aplicando-a à análise da política de integração regional do governo Luiz Inácio Lula da Silva, no contexto atual das relações interamericanas. Partindo dos nexos categoriais da tese sobre o subimperialismo, busca-se examinar criticamente o papel do Estado nas iniciativas de integração econômica como a ALCSA e a IIRSA, bem como a tendência expansionista das firmas de capital brasileiro na América do Sul, a partir da hipótese de uma reconfiguração territorial e da divisão regional do trabalho que atendem a interesses da burguesia brasileira integrada ao imperialismo dominante, bem como a seus sócios locais. Simultaneamente, discute-se a dinâmica de cooperação e conflito entre Brasil e EUA pelo controle do sistema regional de poder sul-americano, na qual em que pese existirem atritos, prevalece o objetivo comum de preservar, mediante a produção de consensos e o uso da coerção, o status quo capitalista nos países onde se desenvolvem as lutas antiimperialistas mais radicalizadas. Partindo dessa dupla dimensão, e valendo-se da correspondência diplomática coletada no Arquivo Histórico do Itamaraty...

Opiniões e sentenças em capas de Veja sobre o primeiro Governo Lula (Brasil, 2002 a 2006)

Almeida, Tania Silva de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Esta dissertação intitulada “Opiniões e sentenças de Veja, de 2002 a 2006, sobre o primeiro Governo Lula” abrange a discussão sobre a relação entre mídia e política, especificamente, Lula e Veja, no primeiro mandato. Seu objetivo foi identificar e analisar o posicionamento da revista Veja, editada pelo Grupo Abril, sobre os temas Partido dos Trabalhadores (PT), Luiz Inácio Lula da Silva (Lula) e seu governo (Governo Lula). O estudo se deu na perspectiva de autores como Wilson Gomes e Maria Helena Weber, que consideram a participação das mídias no processo de formação de imagens públicas, capturando os sinais emitidos pelas instituições e atores do campo político e transcodificando-os de acordo com seus quadros interpretativos. O referencial metodológico empregado para a análise do corpus de 55 capas foi a Hermenêutica de Profundidade (HP) de J.B. Thompson, que compreende três etapas: a análise sócio-histórica, a análise formal do objeto empírico e, por fim, a análise interpretativa que reúne os elementos das etapas anteriores. Para a análise formal das capas, foram considerados aspectos relativos ao texto escrito e ao texto visual, contemplando as contribuições de autores como Eliseo Verón, Luciano Guimarães e Martine Joly. O estudo identificou que Veja articula estratégias discursivas que fazem de suas capas o locus no qual a revista explicita suas opiniões e sentenças sobre o partido...

A política externa do governo Lula e a estratégia de relações interregionais

Riediger, Bruna Figueiredo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.56%
O governo do presidente Lula (2003-2010) deu um novo rumo à política externa do país. O Brasil passa a adotar a postura de uma potência média, buscando protagonismo regional e formando coalizões internacionais para aumentar seu poder. A realização das Cúpulas ASPA (2005 e 2009) e ASA (2006 e 2009) vão ao encontro da política universalista e de diversificação dos parceiros do país, centralizada na cooperação Sul-Sul. O objetivo deste trabalho é analisar as conseqüências da aproximação do Brasil com a África e com os Países Árabes, especialmente nos fluxos comerciais.; President Lula’s government (2003-2010) gave a new direction to the foreign policy of the country. Brazil adopts the position of a middle power, looking for regional protagonism and making international coalitions to improve its power. The creation of ASPA and ASA Summits is consistent with the universalist policy and the diversification of partners of the country, centralize in the South-South cooperation. This paper aims to analyze the consequences of the diplomatic approach of Brazil with Africa and the Arab countries, especially in the trade flows.

A formulação da política externa brasileira e as novas lideranças políticas regionais

Mariano, Karina L. Pasquariello; Mariano, Marcelo Passini
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.56%
Este artigo demarca a intensificação das pressões sobre as condições tradicionais de formulação e implementação das decisões no campo da política externa. A análise permite compreender melhor o aumento da tensão sobre as condições que garantem uma situação de continuidade e previsibilidade da atuação externa brasileira. Nesse sentido, o governo Lula não é a causa dessa pressão por mudança, mas sua lógica governamental contribui para intensificar e acelerar essas pressões.; This article discusses the rising of demands to change the traditional conditions of making decisions in the Brazilian foreign policy. The analysis allows understanding the increase of the tension on the conditions that guarantee continuity and previsibility of the Brazilian external performance. Finally, it examines that Lula’s government isn’t the reason of this pressure, but how its governmental logical contributes to rise and speed up these tensions.

Brazilian foreign policy: Old and new paths as regards institutional aspects, multilateralism and foreign policy towards the South

VILLA, Rafael Duarte; VIANA, Manuela Trindade
Fonte: PONTIFICIA UNIVERSIDAD CATOLICA CHILE Publicador: PONTIFICIA UNIVERSIDAD CATOLICA CHILE
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
36.42%
This paper emphasizes the important changes in Brazilian foreign policy after Luiz Inacio Lula da Silva took tip the power in 2002. The paper defends the idea that it is not possible to argue that there were deep changes in comparison to Cardoso's administration. However, evidence shows that new things are happening as regards the design of a more active and clear foreign action line which led to institutional changes and to more incisive multilateral paths. This results both from the political profile of the direct operators of foreign policy and the aims of lite presidential diplomacy, The hypothesis dealt with on this paper consists on the fact that Lula's administration has not fully broken with the old administration practices, however the aims of global and regional integration are being plotted more clearly and with a higher degree of activism. This becomes clear in three aspects of the Brazilian foreign policy: the institutional framework, the practice of multilateralism and the foreign policy towards the South, the three topics analyzed in this paper.

Gênese da política de assistência social do governo Lula; Genesis of the social assistance policies of Lula\'s government

Mendosa, Douglas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.46%
O objetivo da tese é o de compreender a reestruturação da política de assistência social durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (2003 - 2010). A hipótese que orientou a pesquisa foi a de que essa reestruturação e seus principais redirecionamentos resultaram diretamente das posições e conquistas alcançadas por agentes políticos específicos, os assistentes sociais. Dentre esse conjunto de profissionais destacou-se a liderança de um grupo de professores e pesquisadores de cursos de Serviço Social de universidades públicas e confessionais, em sua maioria formada por militantes do Partido dos Trabalhadores (PT), que soube aproveitar uma janela de oportunidade aberta no primeiro ano do governo Lula, para gerar as alternativas político-administrativas necessárias a fim de que a política de assistência social fosse implantada segundo os princípios e visões que vinham defendendo desde a década de 1980. Ao longo do governo de Fernando Henrique Cardoso (1995 - 2002), esses agentes formaram uma visão alternativa a respeito da política de assistência social, em que o Estado deveria assumir o protagonismo nas ações socioassistenciais, uma vez que o direito social à assistência é um dos pilares do sistema de seguridade social criado com a Constituição Federal de 1988. A assistência é definida por eles como proteção social...

A politica externa do primeiro governo Lula (2003-2006); Lula's first foreign relations (2003-2006)

Lidia Domingues Peixoto Prado
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
A análise da política externa do primeiro governo Lula (2003-2006) pode ser relacionada a três fatores fundamentais: a ideologia partidária do Partido dos Trabalhadores - PT, o contexto internacional e a tradição diplomática brasileira. Nesse sentido, o estudo das principais ações em âmbito externo realizadas durante o período considera tais questões, com a finalidade não só de constatar a atuação do governo Lula no panorama internacional, como também os reais motivos que levaram a essa atuação. O objetivo da presente dissertação consiste em verificar se as diretrizes propostas pelo governante para a política exterior de seu primeiro mandato foram consolidadas, para, assim, indicar os motivos dos êxitos e revezes da diplomacia petista. As intenções de Lula podem ser associadas às seguintes temáticas: processos de integração regional, instâncias multilaterais e economia internacional, já habituais nas escolhas diplomáticas brasileiras. No entanto, a grande inovação do governo correspondeu à imagem projetada do Brasil no sistema internacional, de país capaz de exercer liderança, sejam nos foros multilaterais ou regionalmente. Tendo em vista que a principal finalidade da política externa de Lula foi a ampliação do espaço brasileiro no cenário internacional...

A Esfinge e o Faraó : a política regional do governo Lula (2003-2010); The Sphinx and the Pharaoh : the regional policy under Lula's Government

Vitarque Lucas Paes Coêlho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.44%
A questão que motivou o presente trabalho foi entender as razões que impedem a implementação efetiva de uma política nacional de desenvolvimento regional no Brasil. A análise empreendida concentra seu foco na Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR) conduzida pelo governo Lula entre 2003 e 2010. Buscou-se entender porque o avanço retórico e normativo da questão regional no governo federal não foi acompanhado por uma evolução dos meios concretos de intervenção nesse domínio. Em que pese o avanço da temática territorial/regional nos documentos de governo, as instituições com mandato especificamente regional, tais como o Ministério da Integração Nacional (MI), não contaram com instrumentos adequados ao enfrentamento das desigualdades regionais brasileiras. A relevância do tema é evidente, pois na ausência de uma efetiva política nacional de desenvolvimento regional, como eixo aglutinador e articulador de ações, vicejam a "Guerra Fiscal" entre os Estados e municípios, as iniciativas localistas e os particularismos na obtenção de recursos federais e na atração de investimentos privados. Partiu-se da premissa teórica de que uma PNDR não pode prescindir de uma política nacional de desenvolvimento econômico e social que oriente o conjunto de políticas públicas. Ademais...

A política externa do governo Lula : identificações e orientações; The Lula's government foreign policy

Augusto Leal Rinaldi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
46.86%
Neste trabalho, buscou-se identificar, a partir de uma perspectiva histórica, em que momento no passado o governo Lula da Silva busca suas orientações diplomáticas. Partimos da hipótese de que a montagem da agenda externa deste governo, se tratando dos temas e objetivos estabelecidos e da correspondente estratégia de inserção internacional assumida, se assemelha àquela efetuada pelos governos de Jânio Quadros e João Goulart, cujas diretrizes diplomáticas se consubstanciaram na chamada Política Externa Independente. A partir de um estudo mais detalhado das políticas externas, chegamos à conclusão de que o reposicionamento de determinados temas e formas de atuação internacional efetuado durante o governo Lula, principalmente se tratado da leitura da realidade internacional, dos interesses estabelecidos e do respectivo papel do Brasil neste contexto, encontra forte correspondência no período da primeira década dos anos sessenta, evidenciando uma conjugação de princípios, interesses e estratégias que perpassam ambos os momentos. Não obstante a diferenciação conjuntural e de capacidades do país de se articular no exterior, os dois momentos encerram tamanhas semelhanças - a despeito das diferenças - que podemos inferir a tese segundo a qual a formulação da PEI fora retomada e atualizada pelo governo Lula...

O futebol na agenda do governo Lula : um salto de modernização (conservadora) rumo a Copa do Mundo FIFA 2014; Football on the agenda of Lula's government : a leap of modernization (conservative) towards 2014 FIFA World Cup

Santos, Mariângela Ribeiro dos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.42%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Educação Física, 2011.; O presente estudo analisa o princípio organizador da agenda governamental para o futebol no período compreendido entre o primeiro e segundo mandatos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010), bem como discute suas implicações para a formulação de políticas públicas voltadas para a modalidade. Para tanto, realizou-se uma investigação estruturada a partir de levantamento bibliográfico e pesquisa documental, por meio de: literatura acadêmica sobre o tema; notícias produzidas pela Assessoria de Comunicação do Ministério do Esporte – divulgadas através de seu portal eletrônico; e, complementarmente, os discursos proferidos pelo referido mandatário relacionados ao futebol, selecionados a partir do portal eletrônico da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República. O tratamento dos dados foi realizado com base no método de análise de conteúdo, o que permitiu a categorização de cinco eixos de ação política: ordenamento legal, gestão dos clubes, segurança nos estádios, financiamento e Copa do Mundo FIFA 2014 – este último com maior destaque, identificado como princípio organizador da agenda. A pesquisa concluiu que as políticas públicas dirigidas para o futebol no governo supracitado foram bastante contraditórias. Mediante a existência de avanços significativos no que se refere ao papel exercido pelo Estado na sua relação com o setor esportivo – com destaque para a questão do planejamento –...

O social no governo Lula: a construção de um novo populismo em tempos de aplicação de uma agenda neoliberal

Marques,Rosa Maria; Mendes,Áquilas
Fonte: Editora 34 Publicador: Editora 34
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.86%
The purpose of this paper is to discuss the main characteristics of new Lula's government support. The paper's hypothesis concentrates in the idea of starting a different political approach, "a new populism". The paper argues that Lula's government to keep in power, beyond of going on with the neoliberal project - unfinished in the last years of FHC government -, needs to build up a solid and trustful political support, which is being done by implementing income transfer programs directed to poor people and the ones with less organization experience. This paper also calls the attention to Lula's government nature, in order to clarify the difficulties which should be dealt and the tasks to be developed in building up a political party that defends workers emancipation and Brazilians exploited.

A difusão cultural brasileira como instrumento de política externa : estratégias contemporâneas

Machado, Gabriel Luiz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.56%
A configuração do cenário internacional, marcada por uma acirrada disputa por mercados e investimentos, exige dos Estados a adoção de medidas criativas, as quais possam vir a ser um diferencial na busca pela consecução de seus objetivos de política externa. Nesse contexto, o fator cultural emerge como uma ferramenta diplomática de extrema valia. Ao gerar um ambiente de identificação, entendimento e respeito mútuo, o fator cultural pode gerar um ambiente favorável à realização dos tópicos de política externa de caráter político, econômico, financeiro e de cooperação técnica. Quando um Estado se vale de seu aparato de difusão cultural com o intuito de abrir uma via facilitadora aos demais objetivos da agenda internacional, dizemos que este Estado se valendo de uma diplomacia cultural. França, Alemanha e Grã-Bretanha são alguns países que se destacaram nessa vertente diplomática. O objetivo do presente estudo é analisar o uso da difusão cultural brasileira como instrumento de política externa, sobretudo no Governo Lula (2003-2010), a fim de verificar se as estratégias adotadas para a difusão da cultura e da imagem do Brasil no exterior estão em consonância com os demais tópicos prioritários de nossa política externa.; The conformation of the international system...

A internacionalização do BNDES no Governo Lula

Valdez, Robson Coelho Cardoch
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Esta dissertação contempla o estudo sobre a internacionalização do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no contexto da política externa brasileira durante o Governo Lula. Dessa forma, o tema dessa pesquisa não poderia deixar de considerar a relevância de aspectos tradicionais da política externa brasileira no desenvolvimento desse trabalho. Assim, a pesquisa busca analisar o processo de internacionalização do BNDES no Governo Lula por meio do estudo de suas variáveis principais: o desenvolvimento nacional como vetor da política externa brasileira; a consolidação da América do Sul como prioridade da política externa no Governo Lula; e as mudanças na legislação de comércio exterior do Brasil que contribuíram para que o BNDES se internacionalizasse. O trabalho aborda o tema da internacionalização do BNDES como conseqüência de ações tomadas por governos anteriores ao recorte temporal desta pesquisa e que foram desenvolvidas no decorrer do Governo Lula.; This masters’s thesis addresses the study of the internationalization of Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) in the context of the Brazilian foreign policy during the administration of President Lula. Thus, the subject of this investigation could not fail to consider the relevance of traditional aspects of Brazilian foreign policy in the development of this work. So...

A política externa brasileira e a cooperação internacional em saúde no começo do governo Lula; The brazilian foreign policy and the health international cooperation at the beginning of Lula's government

Cepik, Marco Aurelio Chaves; Sousa, Romulo Paes de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.68%
O objetivo principal do artigo é discutir as iniciativas de cooperação técnica internacional do Brasil na área de saúde. Tendo como ponto de referência as diretrizes de política externa do governo Lula estabelecidas em 2003, o artigo analisa a consistência entre as diretrizes gerais de política externa e os desafios de implementação de políticas públicas setoriais em períodos de transição. O caso analisado foi o da transição do governo Fernando Henrique Cardoso para o governo Lula (2002-2003). O trabalho evidenciou a grande diversidade e a complexidade das iniciativas na área de saúde, a importância das políticas setoriais para a consecução da agenda internacional do país e, por outro lado, a importância dos relacionamentos internacionais para a implementação das metas plurianuais de desenvolvimento na saúde. Uma conclusão importante do artigo torna evidente que os ajustes entre os diferentes tipos e níveis das políticas públicas dependem de esforços institucionais específicos, não sendo produzidos automática e espontaneamente durante as transições entre mandatos presidenciais em países democráticos.; The main goal of this article is to discuss the Brazilian initiatives in the field of health international technical cooperation. Departing from the general foreign policy guidelines established by Lula’s government in 2003...

Lula’s Era and its Main Economic Question Growth, Domestic Market and Income Distribution; A Era Lula e sua questão econômica principal crescimento, mercado interno e distribuição de renda

Biancarelli, André M.
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Brasileiros Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Brasileiros
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 26/06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.67%
The goal of this paper is to discuss the distinctive aspect of Lula’s Era in economic issues: the positive interactions between social and economic dimensions. The central hypothesis is that the social side of recent development strategy is defensible not only in moral grounds, but also is the best option in the difficult current context. The sections of the text are dedicated to discuss: the historical background; the transformations and the positive numbers during Lula’s mandate (2003-2010); the worse performance and major challenges faced by Dilma’s government (since 2011) and, finally, some ideas and priorities to renew and deepen this “social-developmentalism”.; O presente texto procura jogar luz sobre o que se julga ser a característica distintiva da Era Lula em termos econômicos: uma maior sintonia entre objetivos econômicos e sociais. A hipótese com a qual se trabalha é a de que o conteúdo social do desenvolvimento brasileiro, ensaiado na Era Lula, é não apenas defensável do ponto de vista moral, como também se mostra a melhor alternativa econômica diante das dificuldades e limitações enfrentadas pelo Brasil atualmente. As seções do texto tratam, na sequencia, do contexto histórico a envolver essas questões; dos bons resultados do governo Lula (2003- 2010); das dificuldades e reações no mandato de Dilma (pós-2011) e...

A política de saúde no governo Lula; The health policy in Lula's government

Menicucci, Telma Maria Gonçalves
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.95%
O ensaio faz uma reflexão sobre a política de saúde nos oito anos de governo do Presidente Lula, identificando-se uma mudança de foco na agenda governamental, passando-se da ênfase exclusiva na implementação gradativa do SUS no primeiro mandato para as condições de vida e os determinantes da saúde no segundo, bem como de sua articulação com o desenvolvimento. Considera-se que políticas de saúde de um governo não podem ser avaliadas apenas setorialmente, sendo necessário examinar passos, traços e produtos do governo que têm repercussões na saúde da população e na organização do sistema de serviços. O argumento central é que o governo Lula foi mais inovador na sua atuação sobre os condicionantes da saúde do que no aspecto endógeno da política de saúde; no âmbito setorial, os avanços foram incrementais e qualitativos, no processo contínuo e difícil de implantação dos princípios do SUS em um contexto de despolitização da questão da saúde e de um debate restrito ao financiamento sem que sejam colocados na agenda pública os problemas estruturais do sistema de saúde.; The essay reflects on the health policy implemented in the eight years of President Lula's government, identifying a change of focus in the governmental agenda: from the exclusive emphasis on the gradual implementation of SUS (Brazil's National Health System) in the first term of office to life conditions and health determinants in the second one. It argues that the health policies of a government cannot be evaluated only by a sectorial perspective; it is necessary to examine the government's steps...

Servindo a dois senhores: as políticas sociais no governo Lula; Serving two masters: social policies in the Lula government

Marques, Rosa Maria; PUC - São Paulo - SP; Mendes, Áquilas Nogueira; PUC - São Paulo - SP
Fonte: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc) Publicador: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 28/04/2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.44%
http://dx.doi.org/10.1590/S1414-49802007000100003Este artigo faz um balanço das principais iniciativas do governo Lula em matéria de políticas sociais. É foco de sua atenção a reforma da previdência dos servidores; a postura quanto ao orçamento do Sistema Único de Saúde; a posição com relação aos recursos da Seguridade Social; o significado e a abrangência do programa de transferência de renda Bolsa Família e a evolução da renda de ocupação e do salário mínimo. Sua conclusão é que essas iniciativas estão de acordo com a política econômica, que privilegia o capital financeiro. Destaca-se, contudo, que o Bolsa Família tenha beneficiado parcela antes excluída da atenção de governos, resgatando-a da situação de miséria absoluta, e que o salário mínimo real tenha sofrido aumento substantivo, embora longe do prometido na campanha eleitoral. O artigo, ainda, discute as limitações do Programa Bolsa Família e discute as razões desse não se constituir um direito.; This article reviews the principal social policy initiatives of the Lula government. It focuses on social security reform for government employees; the government position concerning the Single Health Care System budget and Social Security Resources; the significance and scope of the Family Grant income transfer program and changes in labor income and the minimum wage. The article concludes that these initiatives are in keeping with the government's economic policy...