Página 1 dos resultados de 4549 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Da literatura tradicional à literatura contemporânea : pontes e fronteiras

Pires, Maria da Natividade Carvalho
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
56.24%
A investigação aborda os diferentes percursos que o texto tradicional tem feito ao longo dos anos, através de reelaborações muito diversas, que demonstram as suas variadíssimas potencialidades ideológicas, estéticas e pedagógicas, conforme os contextos em que são explorados. É o que explica o título desta dissertação. A tese é fundamentalmente consagrada ao estudo de ligações intertextuais que prendem à literatura narrativa tradicional portuguesa, considerada no âmbito do subgénero "conto", um "corpus" de textos ficcionais portugueses contemporâneos constituído por O Príncipe com Orelhas de Burro, de José Régio (publicado em 1942),.As Aventuras de João sem Medo, de José Gomes Ferreira (publicado em 1963), a colecção Histórias Tradicionais Portuguesas Contadas de Novo, de António Torrado, (colecção com 16 títulos, publicada entre 1984 e 1987) e a colecção Histórias Tradicionais Portuguesas, de Alice Viera (com 14 títulos, publicados entre 1991 e 1998). Abarcamos, assim, um arco cronológico, no séc.XX, que vai da década de 40 à de 90, cujos textos têm funcionamentos pragmáticos distintos, em função de destinatários também diferentes, assumindo-se as Histórias de Torrado e Vieira, claramente...

O ensino da literatura e a problemática dos géneros literários

Laranjeira, Maria Cristina de Almeida Mello
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
56.22%
O estudo da problemática dos géneros literários e das suas relações com o ensino da literatura constitui o objecto da dissertação. Uma revisão da questão dos géneros na teoria da literatura contemporânea, na tradição clássica e no Romantismo ocupa a primeira parte do trabalho - Géneros literários e estudos literários -, onde se aborda também a leitura literária em contexto escolar. Na segunda parte - Configuração e recepção dos géneros - procura-se, em primeiro lugar, evidenciar o modo como as obras do corpus literário da dissertação (Frei Luís de Sousa, de Almeida Garrett, Os Maias, de Eça de Queirós e Orfeu Rebelde, de Miguel Torga) representam categorias dos géneros literários. Segue-se um estudo de casos baseado na leitura destas obras: São apresentados os resultados de uma análise de testes de avaliação (o corpus didáctico) realizados por um grupo de alunos do Ensino Secundário. Iniciámos a terceira parte - Para uma teoria do ensino da literatura - contextualizando a situação teórica e institucional da didáctica da literatura, seguindo-se uma demonstração dos modos de articulação entre paradigmas literários e didácticos. Tem lugar, ainda, uma análise dos problemas de transferência de saberes teóricos com base na observação de práticas pedagógicas. Recentes subsídios no campo das metodologias de leitura permitem esboçar um quadro conceptual de integração de saberes no ensino da literatura...

O diálogo na literatura portuguesa : Renascimento e Maneirismo

Nascimento, Maria Teresa Duarte de Jesus Gonçalves
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.1%
Aguarda-se o resumo do autor.; Tese de doutoramento em Letras na Área de Línguas e Literaturas Modernas (Literatura Portuguesa) apresentada à Fac. de Letras de Coimbra

O Ensino da Literatura Portuguesa na China: Conceção e Metodologia

Hou, Xiaoying
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.28%
A presente dissertação, partindo de uma visão humanista e da natureza cultural e artística da língua e da literatura, procura analisar o estado atual do ensino da literatura portuguesa em universidades chinesas, apoiando-se em teorias pedagógicas e literárias desenvolvidas no trabalho, após a leitura de vários artigos e obras académicas de estudiosos, sobretudo portugueses, no intuito de definir o objeto, objetivos e métodos do Ensino da Literatura Portuguesa em cursos de Licenciatura em Língua Portuguesa, na China. Assim, temos como objetivo estimular através do ensino da literatura, o desenvolvimento da capacidade de reflexão intelectual, com autonomia. Procuramos também apontar lacunas nas práticas educativas no momento presente, de acordo com os dados recolhido dos questionários e dos diálogos estabelecidos com os docentes portugueses e chineses, bem como propor algumas medidas para melhorar o atual “status quo”, que julgamos deficiente.; Tese de mestrado em Literatura de Língua Portuguesa: Investigação e Ensino na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

Um olhar sobre as serviçais domésticas na literatura portuguesa; A few characters dedicated to domestic services in the Portuguese literature

Brown, Sonia Mara Ruiz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.1%
O propósito do presente trabalho é estudar algumas personagens dedicadas ao trabalho doméstico da literatura portuguesa. Foram selecionadas Juliana e Joana, personagens-criadas do romance O Primo Basílio de Eça de Queirós, a aia do conto homônimo também de Eça, Belarmina do conto "Menina Olímpia e Sua Criada Belarmina" de José Régio e Léah do conto que traz o mesmo nome de José Rodrigues Miguéis. Essas personagens foram analisadas a partir do texto e do contexto em que estavam inseridas, isto é, Idade Média, século XIX e meados do século XX, para, finalmente, confrontá-las entre si e entre as tendências literárias realista e presencista.; The purpose of this work is to study a few characters dedicated to domestic services in the Portuguese literature. There were selected Juliana and Joana, character servants of the romance O Primo Basílio, by Eça de Quiroz, the aia, from the short story A Aia, also by Eça de Quiroz, Belarmina from the short story Menina Olímpia e Sua Criada Belarmina, by José Régio, and Léah from the short story that carries the same name of the character, by José Rodrigues Miguéis. These characters were analyzed from the perspectives of both the text and the context in which they were inserted...

A cisão subjetiva na lírica portuguesa: século XVI e século XX; The scission of the self in portuguese lyric poetry: fifteenth century and twentieth centure

Del Rio, Antonio Henrique Montero
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
56.27%
A cisão do eu é um tema literário. Há mesmo uma literatura do eu cindido. Ele aparece em todas as literaturas do mundo e á parte do tema mais amplo do duplo, que também aparece em toda literatura e em todo gênero literário. Mas o eu cindido, ou a cisão subjetiva do eu, é um assunto peculiar à Lírica, por causa do seu caráter subjetivo, ao contrário do duplo em outros gêneros literários, como o Drama e a Narrativa, que apresentam um caráter objetivo. Este trabalho tem como objetivo o estudo da cisão subjetiva na lírica portuguesa para demonstrar que a cisão do eu poético na lírica portuguesa é um tema presente na literatura portuguesa do século XVI e do século XX. Nosso método de trabalho incluiu uma pesquisa para fixar um corpus poético dos dois séculos, uma comparação entre eles, e a leitura de obras críticas e filosóficas relacionadas a este tema para tentar esboçar uma conclusão. Nosso corpus poético inclui poemas de Jorge Manrique, Francisco de Sá de Miranda, Bernardim Ribeiro, Luís Vaz de Camões (no século XVI); e de Mário de Sá-Carneiro, Fernando Pessoa, Alexandre ONeill, Maria Teresa Horta (no século XX). Nossas obras filosóficas consultadas mais importantes foram Discurso sobre a dignidade do homem...

O amor nas cantigas da literatura portuguesa e da literatura alemã

Rocha, Elisa Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.27%
O objetivo deste trabalho é realizar uma comparação entre as Cantigas trovadorescas da literatura medieval portuguesa e as Cantigas trovadorescas da literatura medieval alemã, evidenciando semelhanças e diferenças. Para tanto, foram selecionados exemplares de ambas as literaturas, a saber, Cantigas de Amigo e de Amor da literatura portuguesa e hohe Minnelieder e niedere Minnelieder da literatura alemã, que serão aproximadas quanto à abordagem do tema amoroso e quanto à forma. Busca-se, com isso, apresentar imagens e estilos que não pertencem à literatura de um determinado país, mas sim, ao imaginário de uma época.; This study intends to make a comparison between the “Cantigas” of the Medieval Portuguese Literature and the “Cantigas” of the Medieval German Literature, putting on evidence similarities and differences. To do so, examples of both literatures were selected, namely, Cantigas de Amigo and Cantigas de Amor, of the Portuguese Literature, hohe Minnelieder and niedere Minnelieder, of the German Literature, which will be compared regarding theme and form. The aim is to present images and styles that don’t belong to the literature of a particular country, but to the imaginary of a time.; Das Ziel dieser Arbeit ist die Vergleich von Liedern aus der Portugiesischen Literatur des Mittelalters und Liedern aus der Deutschen Literatur des Mittelalters...

A história literária no século XX : o positivismo e depois

Cunha, Carlos Manuel F. da
Fonte: Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra Publicador: Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.1%
A história da literatura portuguesa no século XX está marcada pela influência do posiivismo e da filologia, que constituem os seus alicerces fundacionais. Mas na década de 60 assiste-se à ruptura deste modelo, apesar dos diversos esforços de renovação.

A história da literatura portuguesa : paradigmas, impasses e retornos

Cunha, Carlos Manuel F. da
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.14%
A história da literatura portuguesa vive num impasse que data de meados do século XX, em função da ruptura do seu paradigma dominante (romântico-positivista). A partir dos anos 50 e 60, começou a impor-se no campo dos estudos literários um paradigma dominado pela Teoria da Literatura, que concedia a primazia à dimensão estética das obras literárias e à leitura imanente dos textos.

A cultura grega na literatura portuguesa para a infância e a juventude

Ramos, Sandra Maria de Oliveira Gomes
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.23%
O presente trabalho pretende investigar a representação da cultura grega em textos, em língua portuguesa, dedicados à infância e a juventude. Propomo- -nos, neste estudo, analisar o tratamento dado aos elementos clássicos e verificar de que forma são cumpridas as exigências da literatura destinada as respectivas faixas etárias.; This dissertation aims to analyse the representation of Greek Culture in Portuguese literary texts for children and young people. In this study we intend to portray the way classical elements are handled and how the demands of such literature are accomplished.; Mestrado em Estudos Clássicos

Tempo para Entender. História Comparada da Literatura Portuguesa

Alves, Hélio J. S.
Fonte: Caleidoscópio Publicador: Caleidoscópio
Tipo: Livro Formato: 873632 bytes; 1032843 bytes; image/jpeg; image/jpeg
ENG
Relevância na Pesquisa
66.19%
Demasiadas histórias da literatura cederam à tentação daquilo que, seguindo Umberto Eco, se pode designar por "uso". A começar pelo uso político da literatura como modo de existência (e prova de existência) duma nação e duma especificidade nativista. Mas há também um "uso estético" da literatura, quando a estética constitui, acima de tudo, um refúgio, uma forma de estagnar e insularizar um espaço perante o mundo e a sociedade, e, preferencialmente, contra o mundo e a sociedade. Este livro propõe uma alternativa a tais (ab)usos: uma história comparada da literatura portuguesa, Uma história onde autores como Gil Vicente, Luís de Camões, Camilo Castelo Branco, e António Nobre surgem estudados a par do Petrarca novilatino e vernáculo, de Tasso, Shakespeare, Voltaire e Gógol. Onde obras míticas do ensino e da cultura em Portugal, como o Auto da Índia, a Menina e Moça e o Só, aparecem com rosto diferente e com motivos renovados de interesse. Onde autores quase esquecidos, como Cataldo Sículo e o grande Vasco Mouzinho, reemergem para assinalar novas épocas. E onde a periodização literária encontra nas velhas ciências da arte verbal (Dialéctica, Retórica, Poética) as razões para a sua reconstrução no quadro português e europeu...

La recepción de la literatura portuguesa en España a principios del siglo XX. Un (poli)sistema de vasos comunicantes?

Sáez Delgado, Antonio
Fonte: Punctum & GELCC Publicador: Punctum & GELCC
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
66.14%
Estudio sobre la recepción de la literatura portuguesa en España a principios del siglo XX.

Sucessos na literatura: regras, receitas e surpresas na literatura portuguesa contemporânea

Cunha, Mónica Lisa M. de Morais Guerra da
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2004 POR
Relevância na Pesquisa
66.17%
Tese de mestrado, Teoria da literatura, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2004; Na Literatura portuguesa dos nossos dias, muitos são os sucessos que inundam o mercado livreiro. Mas há sucessos e sucessos. A presente tese visa lançar um pouco de luz num fenómeno que tem criado alguma celeuma nos meios de comunicação social: o aparecimento de um grande número de bestsellers nacionais, que, um pouco à imagem do contexto anglo-saxónico, apresenta um formato bastante previsível como denominador comum; versus o visível reconhecimento da crítica e do público em geral de vários romances que se destacam pela sua qualidade, originalidade e imprevisibilidade. Pretendeu-se destacar quais os aspectos que tornaram as narrativas singulares e que, consequentemente, levaram o público e a crítica considerá-las alvos preferenciais. A focalização, a voz, o discurso narrativo e a construção da personagem foram os elementos que revelaram ter maior importância na criação de uma narrativa interessante e irreproduzível. Conclui-se que, apesar do record de vendas extraordinário de Margarida Rebelo Pinto, apontada como a produtora de romances light em série, os leitores portugueses continuam a comprar outros livros, cujo conteúdo não se enquadra dentro da receita de sucesso. No presente trabalho...

Nacionalismo, colonialismo e imigra????o na literatura portuguesa

Fornos, Jos?? Lu??s Giovanoni
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.24%
O presente ensaio aborda as quest??es do nacionalismo, do colonialismo e da imigra????o em diferentes textos da literatura portuguesa a partir das reflex??es te??ricas de Boaventura de Sousa Santos, Edward Said, entre outros. Tem??tica recorrente na fic????o portuguesa, nacionalismo, imigra????o e colonialismo s??o categorias que exigem um cuidado quando examinadas ?? luz de Portugal, uma vez que a representa????o e o papel exercido pelo Estado nacional em rela????o ao sistema mundial est??o permeados de contradi????es e ambig??idades, refletindo-se nas posi????es das personagens.; El presente ensayo plantea cuestiones de nacionalismo, colonialismo e inmigraci??n en distintos textos de la literatura portuguesa, a partir de las reflexiones te??ricas del soci??logo Boaventura de Sousa Santos, Edward Said, entre otros. Tem??tica recurrente en la ficci??n portuguesa, nacionalismo, colonialismo e inmigraci??n son categor??as que exigen un cuidado cuando examinadas a la luz de Portugal, una vez que la representaci??n y el papel ejercido por el Estado nacional en relaci??n al sistema mundial est??n permeados de contradicciones y ambig??edades, reflej??ndose en las posiciones de los personajes.

A Hora e o Nevoeiro: discurso épico, vontade de potência e mal-estar da modernidade no poema Mensagem de Fernando Pessoa

Silva, Francisco Welson Lima da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.3%
Considering articles written for Fernando Pessoa in 1912 about The new Portuguese poetry , where he already proclaimed the appearance of the Super-Camões, poet that would be able to revolutionize Portuguese literature e, concomitantly, to make resurging from rubble the Portuguese nation; we understand that, decades before the writing of Message, the poet was already armed with a Will of Power , expression of Friedrich Nietzsche that incorporate the idea of resurgence to the man like creator of news values. Fernando Pessoa believed to make his poetical word, the epic, restoring word of the ideas of Messianism and Fifth Empire as the pushing force of the new Portuguese largeness. However, we look for to investigate the conditions of Malaise that surround the universe of the poem and that restrict its capacity of action on the reality in its return, a time that the space destined in modernity to the poet and to his poetry hindered him of a devoted and positive action, We select therefore theorist like Sigmund Freud e Walter Benjamin; Considerando os artigos escritos por Fernando Pessoa em 1912 sobre A nova poesia portuguesa , em que ele já proclamava o aparecimento do Super-Camões, poeta que seria capaz de revolucionar a literatura portuguesa e...

Ruptura ou tradição? A crítica e a literatura portuguesa em \'O Estado de São Paulo\' no pré-modernismo brasileiro: 1900-1911; Rupture or tradition? The criticism and the Portuguese literature in the Brazilian Pre-Modernism in the paper \'O Estado de São Paulo\': 1900- 1911

Müller, Fernanda Suely
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.28%
A dissertação \"Ruptura ou tradição\" A crítica e literatura portuguesa em O Estado de São Paulo no Pré-Modernismo brasileiro : 1900- 1911- investiga/analisa a presença da crítica e literatura portuguesa junto à sociedade brasileira e especialmente paulistana através da análise dos textos recolhidos dos arquivos do citado jornal nesse período de transição. A partir das 241 matérias que catalogamos, provenientes dos arquivos do jornal entre 1900 e 1911, realizamos um estudo analítico-interpretativo no intuito de descortinar as relações culturais luso-brasileiras neste momento de formação de identidade da cultura/literatura nacional. Neste trabalho destacamos ainda os mecanismos de manutenção do status quo desses valores lusitanos nas matérias do jornal, apoiando-nos sobretudo nas considerações feitas pela Estética da Recepção e nos estudos sobre os veículos de Comunicação de Massa. Para a maior parte dos críticos, o pré-modernismo brasileiro foi um momento de continuidade das poéticas européias, em que se destaca a literatura portuguesa da segunda metade do século XIX. Nesse sentido, procuramos também responder algumas questões concernentes às relações sócioculturais entre ambos países neste momento tão representativo para a cultura nacional.; This Master\'s research entitled \"Rupture or tradition? The criticism and the Portuguese literature in the Brazilian Pre-Modernism in the paper O Estado de São Paulo: 1900- 1911\" intended to investigate the Portuguese literature and culture on the Brazilian society through textual analysis collected from OESP\' archives. As from 241 articles that we catalogued about the criticism and Portuguese literature between 1900 and 1911...

Literatura e religião : tres momentos de aproveitamento do Novo Testamento na literatura portuguesa

Maria Tereza Carvalho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/1995 PT
Relevância na Pesquisa
66.2%
Religião e Literatura procuram documentar, através de três ensaios, a paródia do Novo Testamento em três momentos da literatura portuguesa dos últimos cem anos. A Apresentação traz algumas considerações gerais sobre a freqüência do aproveitamento da Bíblia na literatura das sociedades cristãs, e, conseqüentemente, a importância da Escritura na interpretação desta literatura. A Introdução trata da crise religiosa do século XIX, colocando-a como ponto de partida para as três paródias que analisamos. O primeiro capítulo é análise de A Relíquia (primeira edição em 1863), de Eça de Queiroz. Procura demonstrar como o autor, em parte influenciado por Ernest Renan, demitifica o Cristo, colocando-o como encarnação de ideais mutáveis. O segundo trata de São Paulo (primeira edição em 1934), de Teixeira de Pascoaes, criador do Saudosismo, movimento particular a Portugal. Documentamos aqui a criação, por Pascoaes, de um misticismo que ao mesmo tempo pode se opor ao positivismo e, surpreendentemente, sobreviver a ele. Finalmente, o terceiro capítulo analisa O Evangelho segundo Jesus Cristo (primeira edição em 1991), de José Saramago, escritor contemporâneo herdeiro do Neo-realismo, que procura se contrapor ao Deus da ortodoxia através de uma ética propositalmente ingênua; RELIGION AND LITERATURE searches to document...

O OUTRO COMO UTOPIA NA LITERATURA PORTUGUESA CONTEMPORÂNEA

Arenas, Fernando
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2005 POR
Relevância na Pesquisa
66.1%
ESTE ESTUDO APONTA PARA UMA RECONFIGURAÇÃO DO PENSAMENTO UTÓ- PICO EM ALGUMAS EXPRESSÕES DA LITERATURA PORTUGUESA, DESTACANDO A RECENTE OBRA DE JOSÉ SARAMAGO. HISTORICAMENTE, SARAMAGO TEM-SE COMPROMETIDO COM VARIADOS ASPECTOS DO IDEÁRIO DA ESQUERDA INTERNACIONAL. PORÉM, DADA UMA SÉRIE DE MUDANÇAS RADICAIS A NÍVEL MUNDIAL DO PONTO DE VISTA HISTÓRICO, POLÍTICO E CULTURAL NAS ÚLTIMAS DÉCADAS, A SUA OBRA APRESENTA MODALIDADES ÉTICO-POLÍTICAS ALTERNATIVAS QUE FOGEM À PRAXE TRADICIONAL DO SOCIALISMO DE ESTADO DURANTE O PERÍODO DA GUERRA FRIA.

Um feixe luminoso: uma leitura da coleção de literatura eletrônica portuguesa

Seiça (Universitetet i Bergen), Álvaro; Universidade de Bergen, Noruega
Fonte: Núcleo de Pesquisa em Informática, Literatura e Linguística (NuPILL) Publicador: Núcleo de Pesquisa em Informática, Literatura e Linguística (NuPILL)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
56.27%
http://dx.doi.org/10.5007/1807-9288.2015v11n1p387A Coleção de Literatura Eletrónica Portuguesa (CLEP), na base de dados ELMCIP, pretende abordar e recolher as obras criativas e teóricas mais relevantes produzidas por autores portugueses no campo da literatura eletrónica, durante os últimos quarenta e cinco anos. A coleção agrega também autores, eventos, organizações, editoras, periódicos, publicações, conferências, performances, instalações e exposições que estejam relacionadas com o contexto português.O presente ensaio analisa criticamente a CLEP, em torno de elementos literários, políticos, históricos, estéticos e tecnológicos, através de um fio condutor representado por um “feixe luminoso”, que pretende dar conta da transição e continuidade temática e medial, mas também da transgressão e ruptura, produzidas pela vanguarda do movimento de Poesia Experimental dos anos 1960 até aos ambientes computacionais de criação literária do século 21. Ao longo desta leitura, analisa-se igualmente várias obras de Pedro Barbosa, E. M. de Melo e Castro, Silvestre Pestana, Manuel Portela e Rui Torres.

Poesia em rede: poesia portuguesa em blogues e sítios

Portela, Manuel; Universidade de Coimbra (Centro de Literatura Portuguesa), Portugal; Grácio, Rita; Universidade de Coimbra (Centro de Literatura Portuguesa), Portugal
Fonte: Núcleo de Pesquisa em Informática, Literatura e Linguística (NuPILL) Publicador: Núcleo de Pesquisa em Informática, Literatura e Linguística (NuPILL)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.23%
http://dx.doi.org/10.5007/1807-9288.2012v8n2p302 Este artigo parte de um levantamento do uso de meios electrónicos em rede para a produção e publicação de poesia em Portugal. Consideramos quer a poesia publicada e distribuída digitalmente, quer a poesia electrónica em sentido estrito, isto é, a poesia que depende de códigos de programação e de aplicações de software específicas. A nossa abordagem combina uma análise específica do meio e das propriedades formais das obras e publicações com uma análise sociológica das relações sociais de produção em diversos grupos e comunidades. Estamos interessados em observar de que modo as práticas de escrita têm vindo a utilizar o meio digital para criar, publicar e distribuir poesia. O espaço de escrita electrónico oferece um canal e um suporte alternativo ao meio mais dispendioso da impressão e distribuição em papel. Além disso, alarga as materialidades da literatura a formas e práticas intermédia que tiram partido das capacidades de convergência dos meios de comunicação promovidas pela digitalidade. Tentamos compreender ainda a dinâmica social deste campo literário particular e das suas redes de interacção, na medida em que reflectem, contestam ou transformam o campo literário mais amplo.