Página 1 dos resultados de 123 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

Biblioteca escolar

Soares, Maria Alice Mendes
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
27.18%
Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa, como parte dos requisitos para a obtenção do grau de Mestre em Ciências da Informação e Documentação.; Centro promotor de saberes, divulgação e disseminação da informação, a Biblioteca Escolar, também denominada de Unidade de Informação, desempenha um papel fundamental no crescimento cognitivo da população escolar. Ao facultar aos seus utilizadores inúmeras possibilidades de descoberta do conhecimento com a oferta de recursos que vão desde o papel impresso ao digital, aos recursos audiovisuais, tecnológicos e humanos, a biblioteca contribui de modo inequívoco para o desenvolvimento e aperfeiçoamento das literacias dos utentes. No entanto, até hoje, pensamos que o seu papel está subaproveitado uma vez que a procura e utilização das suas instalações, do seu acervo e das suas potencialidades é pouco utilizada no processo ensino-aprendizagem. Urge repensar a sua funcionalidade e adoptar estratégias eficazes no sentido de promover e dinamizar as suas práticas, sensibilizados que devem estar todos os elementos da comunidade educativa para a sua importância, mormente os professores-bibliotecários. Pensamos que as técnicas de marketing mix se afiguram válidas na melhoria da qualidade e aumento da procura dos seus produtos e serviços pelos utilizadores. Na relação estabelecida entre a Biblioteca enquanto espaço dinâmico de conhecimento e consolidação da aprendizagens...

Literacia da informação: o potencial educativo do virtual como estratégia pedagógica

Barros, Daniela Melaré Vieira
Fonte: FEBAB Publicador: FEBAB
Tipo: Parte de Livro
Publicado em 01/12/2013 OTHER
Relevância na Pesquisa
27.49%
Competência em informação: de reflexões às lições aprendidas; A emergência das literacias propõem um desafio para a ciência da informação desenvolver com o uso das tecnologias estratégias para facilitar uma dinâmica de aprendizagem do usuário para que saiba encontrar, utilizar e gestionar a informação. Essa emergência advém da sociedade em que vivemos e que nos inunda de forma rápida e contínua com conteúdos em diversos formatos e com diversos objetivos. A literacia da informação, visualizada como um conjunto de competências de aprendizagem necessárias para aceder, avaliar e usar a informação de forma eficiente, pode ser desenvolvida, aprimorada ou até mesmo aprendida como um potencial educativo para a área da ciência da informação. Pensando neste potencial foi desenvolvido dentro do curso de pós-graduação em Ciência da informação da Universidade Aberta em Lisboa a U.C Literacias da Informação. Através da metodologia a distância é realizado um trabalho de aprendizagem da literacia da informação enquanto estratégia de ensino com o uso das tecnologias. Dessa forma o presente artigo tem por objetivo analisar as estratégias didático pedagógicas do curso em questão, estas estratégias facilitam ao profissional da ciência da informação condições de experienciar o ensino da literacia da informação através do uso das tecnologias. Podemos observar isso mediante a proposta dessa unidade curricular que é o espaço de estudos e dos resultados apresentados na sequência deste artigo.

Comunicação e literacia digital na internet: estudo etnográfico e análise exploratória de dados do Programa de Inclusão Digital AcessaSP - PONLINE; Communication and Digital Literacy on Internet: an etnographic and exploratory study of digital divide Brazilian program AcessaSP Ponline.

Capobianco, Ligia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
27.49%
Estudo sobre a utilização das ferramentas que compõem o universo das tecnologias de comunicação e informação (TICs), principalmente a Internet, no contexto de políticas públicas no Brasil, com foco no programa de inclusão digital do governo do estado de São Paulo, AcessaSP. O estudo baseia-se na análise dos resultados da PONLINE pesquisa on-line realizada anualmente com usuários do programa AcessaSP. Em primeiro lugar, delineou-se o panorama histórico que propiciou a evolução crescente das TICs a partir da Segunda-Guerra Mundial. Nesse contexto de inovações, surgiu a Internet e a WWW que formam a rede das redes. A Internet refere-se tanto à estrutura física de transmissão, armazenamento e recepção de informações como ao uso público para a comunicação. Em seguida, foram abordadas as principais teorias sobre os temas: sociedade da informação, sociedade em rede, cibercultura, inclusão digital e literacia digital, para esclarecer a diferença entre os assuntos e delimitar o âmbito de abrangência de cada um. A coleta de dados concentrou-se na análise das pesquisas PONLINE, dos anos de 2003 a 2008 que estão disponíveis no portal do Programa AcessaSP. Os dados das pesquisas PONLINE foram avaliados por meio de técnicas de análise estatística e os resultados foram apresentados em gráficos e tabelas. As técnicas aplicadas em estudos etnográficos possibilitaram a análise e interpretação dos depoimentos dos respondentes das pesquisas. Os dados foram selecionados para revelar características da utilização da Internet para comunicação...

Interatividade e literacias emergentes em contextos de inclusão digital: um estudo netnográfico no programa AcessaSP; Interactivity and emerging literacies in digital inclusion contexts: a netnographic study in the AcessaSP Program

Francisco, Rodrigo Eduardo Botelho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.97%
Este trabalho promoveu um estudo netnográfico para identificar, mapear e caracterizar literacias emergentes na perspectiva da inclusão digital no Brasil, considerando que as competências e habilidades comunicacionais e informacionais dependem de um processo interativo com as Tecnologias de Informação e Comunicação que vão muito além do simples acesso às mesmas. Considerada uma nova abordagem no campo das Ciências da Comunicação, para os estudos sobre as tecnologias contemporâneas, as literacias, em suas mais variadas conceituações, trata das habilidades e competências para seu uso de maneira efetiva e criativa por diferentes atores em rede. Como lócus, o trabalho foi conduzido no âmbito do Programa AcessaSP de inclusão digital. De perspectiva netnográfica, a pesquisa tem cunho qualitativo e está apoiada nas técnicas de entrevistas e análises de conteúdo. Os resultados apresentam a descrição das literacias e interações dos frequentadores do Programa, discutidas a partir de indicadores de interatividade e de Media and Information Literacy, conceito filial desta tese que colabora para o entendimento das literacias em torno dos meios de comunicação e informação e de uma visão crítica e criativa em torno deles. Uma das conclusões é a de que não se trata de uma questão binária...

Literacias digitais no ensino-aprendizagem de professores: uma abordagem netnográfica dos cursistas do programa Redefor-USP; Digital literacies in teaching and learning of teachers: a netnographic approach of the Redefor Program

Junqueira, Antonio Helio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.49%
Este estudo foi desenvolvido junto ao Programa Rede São Paulo de Formação Docente - Redefor, no segmento específico de execução e gestão a cargo da Universidade de São Paulo (Redefor-USP) e visa compreender, a partir de uma abordagem netnográfica, como se desenvolvem e se estabelecem, no contexto educacional virtual e nos seus desdobramentos nos ambientes cotidianos pessoal, familiar e escolar, as autopercepções dos cursistas regularmente matriculados em relação às suas literacias digitais, por nós entendidas como componentes de um conjunto integrado, articulado e holístico de capacidades, habilidades e competências - em contínuo processo de aquisição e de desenvolvimento - que permitem ao indivíduo não apenas navegar e se comunicar na Internet, mas nela adquirir, produzir e distribuir informações, conhecimentos, sentidos, narrativas e representações de si e do mundo que habita. Neste contexto, visamos compreender os modos como as novas formas de ensino e aprendizado mediadas pelas tecnologias de informação e comunicação (TIC) alteram as realidades desses sujeitos e suas relações sociais, e como, a partir da aquisição de maiores níveis de familiaridade e de domínio sobre essas possibilidades tecnológicas...

A construção de literacias/letramentos no ensino superior : um modelo para a análise de eventos de letramento em contexto acadêmico

Fischer, Adriana; Dionísio, Maria de Lourdes da Trindade
Fonte: Universidade Federal de Sta Catarina. Centro de Ciências da Educação (Brasil) Publicador: Universidade Federal de Sta Catarina. Centro de Ciências da Educação (Brasil)
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
27.18%
Neste texto discutem-se práticas discursivas de literacia em aulas de Cursos de Letras, no sentido de problematizar modelos de análise.; Universidade do Minho. Centro de Investigação em Educação (CIED)

Literacia(s) no ensino superior : configurações em práticas de investigação

Dionísio, Maria de Lourdes da Trindade; Fischer, Adriana
Fonte: Universidade do Minho. Centro de Investigação em Educação (CIED) Publicador: Universidade do Minho. Centro de Investigação em Educação (CIED)
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /02/2010 POR
Relevância na Pesquisa
27.81%
Neste texto propomo-nos identificar e caracterizar as formas que a literacia assume, tanto na sua dimensão conceptual como na prática, quando é objecto de investigação no Ensino Superior. Os dados deste estudo meta-analítico foram recolhidos em comunicações apresentadas numa conferência internacional sobre literacias ocorrida em 2009, em Portugal. Os resultados, obtidos pelas análises de 19 comunicações oriundas de vários países, apontam perspectivas diferenciadas de literacia na abordagem e nas análises de práticas de leitura e de escrita no ensino superior. Três modelos de literacia apresentam-se como norteadores, não em exclusividade: o modelo centrado em estruturas linguísticas e habilidades individuais (ou dos skills); o modelo da ‘socialização académica’ e o modelo das ‘literaciaS académicaS’. Num quadro de tensões entre o reconhecimento dos meios para se construírem sujeitos academicamente letrados e a consciência da relevância de introduzir os estudantes nas convenções e regras dos textos especializados deste contexto, a literacia académica emerge como uma prática quase exclusivamente de escrita. Verifica-se também um desfasamento entre os géneros académicos que os alunos têm de ler e os textos que têm de escrever...

Contributo de "O meu dicionário" no aprofundamento de competências linguísticas e novas literacias multimédia

Sousa, Sílvia Clara Fernandes
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
27.18%
Dissertação de mestrado em Estudos da Criança (área de especialização em Tecnologias de Informação e Comunicação); A presente investigação, visa fomentar a utilização das TIC em contexto de sala de aula, propondo-se compreender o contributo de “O Meu Dicionário” no aprofundamento de competências linguísticas e, das novas literacias Multimédia. O estudo consiste num estudo descritivo com aproximação ao estudo de caso levado a cabo numa turma de catorze alunos, do terceiro e quarto anos, com idades compreendidas entre o oito e os dez anos de idade, pertencentes a uma escola de Vila Verde - Braga. O contacto desta turma com “O Meu Dicionário”, para realizar diversas atividades, com particular relevo para o desenvolvimento de competências linguísticas e tecnológicas. Os alunos construíram alguns dicionários onde exploraram o conteúdo curricular sobre o Reino Animal a partir das diferentes classes animais trabalhadas. A escolha deste software deveu-se ao facto de ter sido apresentado e disponibilizado pelo autor, John Bronkhorst numa conferência na UM em 2009. A sua simplicidade e ao mesmo tempo o facto de permitir aos alunos a aquisição de competências nos domínios da Língua e do Multimédia...

Narrativas digitais nas aulas de geografia : um estudo com alunos do 10º ano

Alves, Armando Damião Nunes
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
27.18%
Dissertação de mestrado em Ciências da Educação (área de especialização em Tecnologia Educativa); A Narrativa Digital – Digital Storytelling, na expressão anglo-saxónica – é um tipo de produção multimédia em que se utilizam aplicações informáticas na produção de filmes de curta duração e com características artesanais, combinando texto, imagens e narração, podendo incluir música de fundo e/ou efeitos sonoros, com o intuito de contar uma história seja como expressão autobiográfica, para narrar um acontecimento pessoal, apresentar um tópico ou um problema, para demonstrar factos e princípios. A aplicação desta forma narrativa ao contexto educacional tem atraído uma atenção crescente, dado o potencial que apresenta na criação de ambientes de aprendizagem mais ativos e criativos, que promovem o desenvolvimento de múltiplas literacias e incrementam o desempenho e a motivação dos alunos. Os objetivos do trabalho de investigação centraram-se no estudo da adequação da realização de narrativas digitais pelos alunos, à aprendizagem de conteúdos programáticos da disciplina de Geografia, na análise das competências envolvidas no processo, na descrição dos efeitos ao nível do empenho e do interesse...

Comunicação e sociedade : cidadania e literacias mediáticas [13, 2008]

Universidade do Minho. Instituto de Ciências Sociais. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade
Fonte: CECS - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho Publicador: CECS - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho
Tipo: Outros
Publicado em /06/2008 ENG
Relevância na Pesquisa
27.49%
Cidadania e Literacias Mediáticas e a temática central do presente número da revista Comunicação e Sociedade. As mudanças ocorridas, sobretudo a partir da segunda metade dos anos noventa, no ambiente mediático e, consequentemente, nas práticas sociais dos cidadãos, em particular das novas gerações, no que diz respeito as formas de produção, apropriação e usa dos novos média e ambientes digitais interactivos, conduziram a uma reconceptualização da educação para os media que os editores deste número consideraram importa discutir. Diversas instituições europeias e de outros continentes tem vindo a insistir na crescente importância e necessidade da literacia mediática, ainda que este conceito continue a suscitar debate e controvérsia. Com a abordagem desta temática nesta publicação, pretendeu-se reunir, sistematizar e actualizar conhecimentos pluri- e interdisciplinares que se tem produzido no domínio das literacias mediáticas. Os artigos coligidos apresentam uma diversidade de ângulos de análise da temática em questão.; Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)

A narrativa digital na aula de língua portuguesa

Lourenço, Cristina; Ramos, Altina
Fonte: Universidade do Minho. Educação do Instituto de Educação. Centro de Competência TIC Publicador: Universidade do Minho. Educação do Instituto de Educação. Centro de Competência TIC
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
27.18%
A evolução das tecnologias digitais implica uma mudança de paradigma nos métodos de ensino. O Programa de Português do Ensino Básico salienta o papel das tecnologias considerando que estes novos cenário exigem o domínio de literacias múltiplas. Neste contexto, pretendemos proporcionar, através da criação de narrativas digitais pelos alunos, o acesso a múltiplos ambientes textuais, particularmente digitais e visuais. Desenvolvemos um estudo de caso orientado para as seguintes questões de investigação: qual o contributo de recursos digitais multimodais para o estudo da narrativa? Que implicação tem a criação da narrativa digital no aperfeiçoamento da produção escrita? O uso de recursos digitais terá implicações na motivação dos alunos e na colaboração entre eles? Neste artigo apresentamos: uma breve contextualização teórica relativa às narrativas digitais no contexto da aprendizagem da língua materna; o projeto realizado com jovens de 13 anos; a metodologia de investigação subjacente a este projeto; os resultados obtidos.; The evolution of digital technologies implies a paradigm shift in teaching methods. The national curriculum for Portuguese language teaching at Elementary School level highlights the role of technologies...

Prevenir contra o lobo mar ou despertar a bela adormecida : estudo de caso sobre as práticas e perceções associadas à internet entre os alunos do Agrupamento de Escolas do Vale de Ovil

Santos, Hermínia da Conceição Marques dos
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 10/10/2011 POR
Relevância na Pesquisa
27.18%
Vivemos rodeados de tecnologia. No presente, a Internet é sustentáculo de uma sociedade onde a informação e a comunicação alastram às diversas vertentes da vida humana, transformando-as em pilares da organização política, económica, social e cultural. Num contexto de mudanças vertiginosas, o poder político tem procurado criar medidas e ações, nacionais e comunitárias, de incentivo às tecnologias da informação e da comunicação. Mas não só. A evolução acelerada dos media e o papel relevante assumido pela Internet trazem também repercussões para a educação e formação. A Escola do século XXI foi invadida por um conjunto de novos aprendentes e às suas bibliotecas chega um público heterogéneo que é preciso conhecer. Diversas são as questões que podem ser levantadas quando olhamos para as crianças e jovens que frequentam as nossas escolas. Não será importante sabermos em que medida a infoexclusão afeta os estudantes da Escola onde trabalhamos? Ou então compreendermos os medos que associam à Internet? E que fontes de saber intervêm na aprendizagem através da Internet? Ou ainda percebermos quais são as suas perceções relativamente às vantagens e perigos de utilização da Internet, aos direitos de autor ou ao tipo de mediação parental a que consideram estar sujeitos? Ao estudarmos a Internet e o uso que pode ser dado a este media nas nossas Escolas...

Literacias e competências nos níveis 6, 7 e 8 do QEQ: docência universitária para uma aprendizagem inclusiva

Meireles-Coelho, Carlos; Neves, Maria de Fátima
Fonte: CIIE – Centro de Investigação e Intervenção Educativas Publicador: CIIE – Centro de Investigação e Intervenção Educativas
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
27.18%
O Processo de Bolonha procura associar educação e formação, integrando diretamente no ensino superior a componente de empregabilidade e de preparação para a inclusão na vida ativa. E num mundo em constante e acelerado processo de mudança, a releitura desse mundo e a resolução de novos e mais complexos problemas reforça a necessidade de uma (re)aprendizagem permanente que o ensino superior é chamado a dinamizar e liderar. Assim, agora a função da universidade é continuar a transmitir conhecimentos ou produzir conhecimento de ponta e desenvolver competências especializadas para resolver problemas complexos e imprevisíveis? Que distância existe (ainda) entre formação profissional e ensino universitário? Pretende-se fazer uma reflexão crítica sobre as perspectivas trazidas pelo Processo de Bolonha (1999) e pelo Quadro Europeu de Qualificações (2008), enquadrados na Estratégia de Lisboa (2000) e Estratégia Europa 2020 (2010), bem como sobre o papel do docente universitário perante estes desafios. A Estratégia de Lisboa e a Estratégia Europa 2020 pretende(ra)m aumentar na Europa a empregabilidade, competitividade e coesão social, o desenvolvimento inteligente, sustentável e inclusivo. O Processo de Bolonha lançou as universidades europeias na vanguarda da construção destes desafios nas pessoas e o QEQ hierarquizou as competências a desenvolver em oito níveis de qualificação...

Literacias e competências nos níveis 6, 7 e 8 do QEQ: docência universitária para uma aprendizagem inclusiva

Coelho, Carlos Meireles; Neves, Maria de Fátima
Fonte: CIIE – Centro de Investigação e Intervenção Educativas Publicador: CIIE – Centro de Investigação e Intervenção Educativas
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
27.18%
O Processo de Bolonha procura associar educação e formação, integrando diretamente no ensino superior a componente de empregabilidade e de preparação para a inclusão na vida ativa. E num mundo em constante e acelerado processo de mudança, a releitura desse mundo e a resolução de novos e mais complexos problemas reforça a necessidade de uma (re)aprendizagem permanente que o ensino superior é chamado a dinamizar e liderar. Assim, agora a função da universidade é continuar a transmitir conhecimentos ou produzir conhecimento de ponta e desenvolver competências especializadas para resolver problemas complexos e imprevisíveis? Que distância existe (ainda) entre formação profissional e ensino universitário? Pretende-se fazer uma reflexão crítica sobre as perspectivas trazidas pelo Processo de Bolonha(1999) e pelo Quadro Europeu de Qualificações (2008), enquadrados na Estratégia de Lisboa(2000) e Estratégia Europa 2020 (2010), bem como sobre o papel do docente universitário perante estes desafios. A Estratégia de Lisboa e a Estratégia Europa 2020 pretende(ra)m aumentar na Europa a empregabilidade, competitividade e coesão social, o desenvolvimento inteligente, sustentável e inclusivo. O Processo de Bolonha lançou as universidades europeias na vanguarda da construção destes desafios nas pessoas e o QEQ hierarquizou as competências a desenvolver em oito níveis de qualificação...

Introdução às intermedialidades

Mendes, João Maria
Fonte: Escola Superior de Teatro e Cinema / CIAC Publicador: Escola Superior de Teatro e Cinema / CIAC
Tipo: Livro
Publicado em /11/2011 POR
Relevância na Pesquisa
27.18%
Os três textos que aqui se reúnem — «O conceito de intermedialidade», «Generalidades sobre palcos transitários, elogio do novo ludus mundus» e «Cinema e intermedialidade» — foram escritos visando contribuir para o enquadramento teórico-prático da reflexão no âmbito do projecto de investigação «Intermedialities in Contemporary Theater, Performance and Film — Portuguese Practices and International Context» (Intermedialidades no Teatro, Performance e Cinema Contemporâneos — Práticas Portuguesas e Contexto Internacional), apresentado à Fundação para a Ciência e a Tecnologia em Fevereiro de 2011 e tendo o autor como investigador responsável. E acompanham, igualmente, a preparação do pedido de acreditação prévia da licenciatura em Artes Intermediais, que a Escola Superior de Teatro e Cinema preparou para submeter à Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior em Outubro do mesmo ano. O projecto de investigação (código FCT: PTDC/EAT-AVP/119775/2010) visa produzir um retrato da diversidade das práticas intermediais contemporâneas (no domínio das artes), retrato esse que induza efeitos nas literacias e pedagogias das suas áreas científicas — Estudos Artísticos, Artes visuais e performativas — e que estimule a investigação-baseada-na-prática em instituições de ensino superior artístico em Portugal. A instituição residente do projecto é a ESTC...

Escolarização e Literacias: os Sentidos da Alfabetização e a Diversidade Cultural

Magalhães, Justino
Fonte: Oficina Universitária, Marília e Editora Unesp, São Paulo Publicador: Oficina Universitária, Marília e Editora Unesp, São Paulo
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.49%
No título há menção de dois processos (escolarização e alfabetização) e de dois produtos (literacias e diversidade cultural). Tomo por contexto a Modernidade e por quadro a Cultura Escrita. Na longa duração, de mais de dois séculos, a relação entre Cultura Escrita e Modernidade incluiu dois movimentos sociopedagógicos: a alfabetização, tendente à uniformização leitora, escrevente e pragmática, tendo subjacente a multiculturalidade; a escolarizção, que trouxe a modelação e que sustentou a cerebralização do humano, tendo no horizonte a mundialização de um padrão epistémico e a diversidade cultural. Procurarei documentar esta esta conclusão e desvelar os desafios dela decorrentes.

Olhar a animação, visando serviços educativos para as literacias e competências de informação

Silva, Vera Maria; Biblioteca Municipal do Seixal; Filipe, Susana Ramalho; Biblioteca Municipal do Seixal
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 09/04/2009 POR
Relevância na Pesquisa
27.18%
Esta comunicação reflecte e partilha informação e experiências em torno de actividades educativas e da sua contribuição activa para as leituras e literacias. Fundamenta-se em exemplos práticos de projectos recentes: Direitos por Direito? um projecto para a promoção das leituras e da cidadania e VER e OLHAR: um percurso para uma literacia do olhar. Estes projectos alicerçam-se em lógicas de Serviço Educativo, como infra-estrutura e actividade a consolidar-se nas bibliotecas, afirmando a transição para politicas que, efectivamente permitam resultados superiores na criação e uso de ideias e de informação, visando o crescimento integral pessoal e colectivo.

Leitura, literacias e inclusão social

Nunes, Manuela Barreto
Fonte: Sete-Pés, Projectos Artísticos e Culturais Publicador: Sete-Pés, Projectos Artísticos e Culturais
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
27.18%
A partir da definição de biblioteca pública consagrada pelo Manifesto da UNESCO Sobre Bibliotecas Públicas e documentos conexos, são apresentadas e discutidas questões relacionadas com o papel destas instituições na sociedade actual, nomeadamente na promoção da leitura e das literacias, consideradas como factores de inclusão social. A história recente das bibliotecas públicas em Portugal é brevemente abordada, apontando-se qualidades e disfuncionalidades patentes na Rede Nacional de Bibliotecas Públicas, que acaba de cumprir 30 anos.

Literacias ambientais: sua evolução ao longo do ensino básico.

Leitão, António Artur Pinto
Fonte: Universidade Portucalense Publicador: Universidade Portucalense
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2004 POR
Relevância na Pesquisa
37.9%
Os problemas sócio-ambientais gerados pelo desenvolvimento económico baseado na sobreutilização de recursos e na rápida transformação de ecossistemas mudaram a relação do ser humano com a Natureza, colocando-a numa posição de fragilidade ecológica. A Escola, através da incorporação da Educação Ambiental no curriculum, apresenta-se como um meio educativo favorável para o desenvolvimento de atitudes e comportamentos proambientais. Deste modo, a questão da idenfificação do tipo de literacias ambientais que promove, torna-se pertinente não só no sentido de permitir desenvolver atitudes e comportamentos proambientais mas também de contribuir para um melhor aprofundamento educativo na área do ambiente. Este trabalho de investigação abange preocupações que concorrem para a compreensão de "como o Ensino Básico contribui para o desenvolvimento das literacias ambientais nas crianças e jovens". Trata-se de um estudo efectuado no Agrupamento das Escolas de Arrifana e Escapães a alunos que se encontram no final dos 1º, 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico, a partir de um questionário com perguntas "fechadas" organizado em torno de três dimensões: afectiva, comportamental e de conhecimentos em matéria de ambiente...

An analysis of the social network of tutors community in a state of social vulnerability in the areas of communication and information technology; Un análisis de la red social de tutores de comunidad en estado de vulnerabilidad social, en los aspectos de comunicación y tecnología de la información; Uma análise da rede social de tutores de comunidade em estado de vulnerabilidade social, nos aspectos de comunicação e tecnologia da informação

Medeiros Neto, Benedito; Universidade de Brasília - UnB; Silva, Eliandra Isys Sandes; Universidade de Brasília - UnB; Pantarotto, Marcella; Universidade de Brasília - UnB
Fonte: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação Publicador: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2015 POR
Relevância na Pesquisa
27.68%
Analysis of the social network of university tutors aimed at identifying their attributes and relationships as mediators of pupils participating in a literacy course, through mobile devices in the administrative regions of Itapoã and Paranoá, in the Federal District (Brasilia). The analysis focused on college students, although other participants included network actors. Data collection was individually, assessing the prevailing and irrelevant relations, and the roles and influences. classical methods and heuristic was used to approach the reality of the social network, with a dynamic analysis and multiple types of relationships. At first, the analysis focused on the relationships between tutors and exercised various forms of inclusion and digital literacy in individuals with barriers and cognition, with the support of various technologies. The results show the frequency of communication provided by tutors and each of the other actors, mainly by identifying the diversity of technologies and means of communication used. It was noted that tutors have a strong connection to each other and between the five categories of actors: university tutors, community leaders, teachers, instructors and students. The relationship established between tutors was always strong...