Página 1 dos resultados de 12 itens digitais encontrados em 0.085 segundos

Participação, identidade e variação na EJA : o uso variável da concordância nominal de número como recurso simbólico e estilístico na construção de uma comunidade de prática na sala de aula de língua portuguesa

Mangabeira, Andréa Burgos de Azevedo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.03%
Este trabalho buscou estabelecer relações entre a construção de identidades em uma comunidade de prática (WENGER, 1998) e a variação na Concordância Nominal de Número como uma prática social na fala de seus participantes. Para isto, se apoiou no conceito de comunidades de prática e de participação periférica legitimada (LAVE e WENGER, 1991), com vistas a observar, delimitar e analisar uma comunidade de prática emergente na sala de aula de Língua Portuguesa na EJA, por meio da interpretação das relações sociais estabelecidas por e entre seus membros no processo de construção de suas identidades de participação nesta comunidade. A investigação aconteceu por meio de observação participante em uma T4 (totalidade 4) da escola aqui denominada Centro do Trabalhador, localizada no centro de Porto Alegre, e historicamente constituída como uma escola para Adultos trabalhadores. A análise dos dados mostrou a emergência das categorias sociais de Jovens e Adultos reificadas no discurso dos participantes e na constituição social e histórica da escola. Além disso, foram encontradas categorias emergentes de participação na comunidade de prática analisada, mostrando que a negociação do status de participante pleno...

Variação lexical e sintática na produção escrita formal do português em Moçambique

Saguate, Artinésio Widnesse
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 131 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
15.79%
Pós-graduação em Estudos Linguísticos - IBILCE; Este trabalho tem como objetivo geral trazer uma reflexão sobre a variação do português em Moçambique. O trabalho busca identificar, de forma específica, - através de um conjunto de recursos lexicais e de construções sintáticas -, motivações linguísticas e extralinguísticas da variação do português escrito por estudantes universitários em Moçambique. O corpus considerado para a análise foi coletado pela Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Eduardo Mondlane - Moçambique, entre 2002 e 2003. Esse corpus comporta 60 textos, constituídos por cerca de 31.000 palavras, e foi produzido por 60 estudantes que frequentavam cursos de ciências da linguagem. Vale mencionar que Moçambique é um país caracterizado por uma situação de multilinguismo. Em função da colonização portuguesa, o País instituiu o português de norma padrão europeia como língua oficial. Apesar de o corpus apresentar diferentes marcas divergentes dessa norma, nossa análise se limita a fenômenos de empréstimos e de neologismos (em nível lexical), e a fenômenos de concordância nominal e de concordância verbal (em nível sintático). Da análise feita, constatou-se a transposição de itens lexicais das línguas bantas para o português...

O estilo na interpretação cantada e falada de uma canção de camara brasileira : dados de cinco cantoras liricas brasileiras; Style in singing and spoken performance of a brazilian chamber song : data from five brazilian lyric woman singers

Antonio Carlos Silvano Pessotti
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
15.64%
Música e Lingüística têm diversos pontos de contato na descrição e análise da voz cantada e falada. Neste trabalho, as considerações sobre a interpretação dessas duas produções passam pela abordagem de três possíveis determinantes: a partitura, o texto e a escola. O desenvolvimento da partitura enquanto documento aliado para a interpretação e limitador em certos períodos e práticas musicais, da influência do texto sobre as composições e da influência da escola sobre a interpretação da canção têm sua contribuição histórica nessa linha de pesquisa multidisciplinar. A abordagem sobre a interpretação musical cantada, nos aspectos prosódicos da execução da melodia e do ritmo, com a partitura e o texto como parâmetros, musical e lingüístico respectivamente, delimita a metodologia de pesquisa que usa as técnicas da fonética acústica como ferramenta de análise. A questão do sotaque na voz falada e cantada pode ser relevante de acordo com o modo, o momento e por quê ele é executado, se de forma natural ou estilística no canto ou mesmo como busca por um ideal estereotípico que nem sempre é alcançado na prática. Diversos termos comuns na prática do canto e na teoria lingüística são abordados aqui...

Demographic Histories, Isolation and Social Factors as Determinants of the Genetic Structure of Alpine Linguistic Groups

Coia, Valentina; Capocasa, Marco; Anagnostou, Paolo; Pascali, Vincenzo; Scarnicci, Francesca; Boschi, Ilaria; Battaggia, Cinzia; Crivellaro, Federica; Ferri, Gianmarco; Alù, Milena; Brisighelli, Francesca; Busby, George B. J.; Capelli, Cristian; Maixner,
Fonte: Public Library of Science Publicador: Public Library of Science
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 02/12/2013 EN
Relevância na Pesquisa
35.78%
Great European mountain ranges have acted as barriers to gene flow for resident populations since prehistory and have offered a place for the settlement of small, and sometimes culturally diverse, communities. Therefore, the human groups that have settled in these areas are worth exploring as an important potential source of diversity in the genetic structure of European populations. In this study, we present new high resolution data concerning Y chromosomal variation in three distinct Alpine ethno-linguistic groups, Italian, Ladin and German. Combining unpublished and literature data on Y chromosome and mitochondrial variation, we were able to detect different genetic patterns. In fact, within and among population diversity values observed vary across linguistic groups, with German and Italian speakers at the two extremes, and seem to reflect their different demographic histories. Using simulations we inferred that the joint effect of continued genetic isolation and reduced founding group size may explain the apportionment of genetic diversity observed in all groups. Extending the analysis to other continental populations, we observed that the genetic differentiation of Ladins and German speakers from Europeans is comparable or even greater to that observed for well known outliers like Sardinian and Basques. Finally...

A poética do desenho em terapia de casal

Biagi-Borges, André Luiz de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
25.66%
A terapia de casal influenciada pelo discurso do construcionismo social, em sua multiplicidade teórica, enfatiza o uso da linguagem como construtora de realidades, porém, tipicamente, restringe seu interesse aos recursos da linguagem verbal, dedicando pouca atenção a outras formas linguísticas. Considerando possível contribuir com esse conhecimento, propomos a inclusão do desenho como recurso linguístico das práticas terapêuticas, ampliando o entendimento do uso da linguagem em uma ação conjunta responsiva-relacional de construção de sentidos. Assim, este estudo tem por objetivo compreender os processos relacionais de coconstrução de sentidos mediante a criação do desenho, no contexto de Terapia de Casal, buscando, especificamente, analisar as implicações da utilização do desenho na construção de narrativas de mudança de si e da relação conjugal. A pesquisa foi realizada por meio da vídeo-gravação do atendimento de três casais, em 10 sessões semanais, no contexto de uma clínica social. A análise dos dados, fundamentada na versão construcionista da poética social, incluiu as transcrições de todas as sessões, seguidas de leituras que possibilitaram a identificação de diferentes usos do desenho. A partir da análise dos desenhos produzidos pelos três casais...

Loci and rhetorical functions of diglossic code-switching in spoken Arabic: an analysis of the corpus of homilies of the Egyptian hegumen Mattā al-Miskīn (1919-2006)

HAMAM, MARCO
Fonte: La Sapienza Universidade de Roma Publicador: La Sapienza Universidade de Roma
Tipo: Tese de Doutorado
EN
Relevância na Pesquisa
15.66%
This study falls within a broad field of the sociolinguistics of Arabic, namely the diglossic variation between spoken Standard Arabic (SA) and Native Arabic (NA). I borrow the latter term from Owens (2001) which seems to me more “neutral” than ‘colloquial’ or ‘dialect’: NA is, in fact, the first variety of Arabic people learn since they are children. It deals with one of the main approaches to variation, code-switching (CS), within a specific region, Egypt, and within a specific genre, Christian homilies. I will use EA to generically indicate Egyptian native varieties. Whenever I need to specify that I deal only with Cairene Arabic, I will use the abbreviation CEA (Cairene Egyptian Arabic). The general question this study starts from is: if the combined use of SA and NA at various level of Spoken Arabic is a very common practice among Arab speakers, attestable through simple linguistic observation, what are the rhetorical motivations for which Arabs code-switch from SA to NA and vice-versa? And specifically what does CS add to the argumentative construction of an oral text, specifically a Christian religious discourse? The hypotheses posited that will be tested in the course of this study are: 1) diglossic CS occurs with considerable frequency in Christian religious discourse as well as in other genres; 2) these switches occur only at an intersentential level; 3) switches are always rhetorically functional...

Linguagem e memoria na doença de Alzheimer : contribuições da neurolinguistica para a avaliação de linguagem; Language and memory in Alzheimer's disease : contribution of neurolinguistics for the language evaluation

Hudson Marcel Bracher Beilke
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
25.68%
A doença de Alzheimer é caracterizada pelo deterioro das funções corticais superiores, de padrão progressivo, gradual e persistente. O aumento dos estudos sobre este tema não se deve apenas à incidência estatística e à necessidade de intervir no seu curso, propiciando uma melhor qualidade de vida aos sujeitos, mas também porque a descrição e análise de seus sinais ou sintomas ajudam a compreender o funcionamento do cérebro e das funções superiores, neste trabalho compreendidas como um Sistema Funcional Complexo. Embora as alterações de memória sejam as mais evidentes, alterações de linguagem também estão presentes já nas fases iniciais da DA. Entretanto, por serem mais sutis, normalmente não chamam a atenção dos interlocutores do sujeito e não são detectadas nos testes, pois estes avaliam somente aspectos formais do sistema lingüístico (níveis fonético-fonológico, sintático e semântico), deixando de fora das análises os aspectos pragmáticos e discursivos, justamente onde alterações estariam ocorrendo. Avaliações que considerem esses aspectos contribuiriam significativamente para o diagnóstico diferencial das demências e para a avaliação de sua evolução. A linguagem é entendida, neste estudo...

Significados sociais da variação estilistica em esquetes de radio; Social meaning of stylistic variation on the brazilian radio show "Os manos"

Cassia Michela Alves Nogueira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
35.87%
Nesta pesquisa buscou-se compreender o trabalho de estilização paródica, nos termos de Bakhtin ([1975]1988), empreendido pelo grupo humorístico paulista "Os dedes", no programa de rádio "Os manos". O corpus aqui analisado é constituído de 16 esquetes, produzidos pelos humoristas, com duração média de dois minutos. Trata-se de um conjunto de situações nas quais são tematizadas as vivências de personagens, caracterizados como manos paulistas, moradores de uma favela, a "Boca do Sinatra". Para a realização das análises, propôs-se uma articulação teórica entre "a poética sociológica bakhtiniana" e a "teoria da prática" desenvolvida pelo filósofo e sociólogo Pierre Bourdieu. O objetivo mais geral, norteador dessa pesquisa, é o de descrever e analisar a significação social da variação estilística no interior dos esquetes. Para a concretização desse objetivo buscou-se: (i) descrever e analisar os traços linguísticos mais relevantes selecionados pelos humoristas para a construção da linguagem dos personagens manos nos esquetes; (ii) compreender que tipo de articulação se dá entre traços linguísticos específicos e determinados processos textuais e discursivos, de modo a revelar a direção da vontade estilizante dos humoristas. De modo amplo...

Garn! I'm a good girl, I am

Fortes, Luciane dos Santos
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 121 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
25.59%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução, Florianópolis, 2013.; Esta pesquisa está inserida nos Estudos Descritivos de Tradução e tem como objetivo analisar duas traduções para o português brasileiro da peça Pygmalion de Bernard Shaw. Mais especificamente, analisar como os dois tradutores brasileiros Miroel Silveira (1964) e Millôr Fernandes (2005) traduziram o dialeto cockney da personagem Eliza Doolittle. Esta variação linguística específica tem associações geográficas e culturais. O cockney é a forma de inglês falado na área de East End de Londres pela chamada classe trabalhadora e tem um papel central na narrativa de Pygmalion. O modelo teórico metodológico proposto por Lambert e Van Gorp (1985) foi utilizado para a análise das traduções. A hipótese inicial levantada por este estudo foi a de que os tradutores, apesar de utilizarem abordagens diferentes, não apagariam os traços dialetais, pela importância desse elemento no desenvolvimento da peça, o que vai de encontro às observações de Milton (2002) no que se refere à prática comum de apagamento de dialetos na tradução literária no Brasil. O que se verificou pela análise é que Miroel Silveira ambientou a peça no Rio de Janeiro e traduziu o cockney de Eliza funcionalmente para um pseudodialeto suburbano com marcação da oralidade principalmente pelo uso de gírias...

Em terras de você o natural é misturar pronomes de segunda pessoa do singular - estudos dos pronomes \'tu\' e \'você\' no português popular do Brasil; In the land of you is natural to mix second person singular pronoun: studys of pronouns TU and VOCÊ in the Popular Portuguese of Brazil

Silva, Ivanilde da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
25.76%
A presente pesquisa tem como objetivos estudar e descrever o comportamento variável dos pronomes das séries TU e VOCÊ no Português Brasileiro Popular (PBPOP) falado em três Comunidades de Prática (CsPrát., ECKERT, 2012), localizadas em São José dos Campos (SJC-SP). Para levantar e descrever as variantes em questão, propus como método reunir um, dois, três ou mais falantes para entrevistar, constituindo, desse modo, molduras discursivas distintas (GOFFMAN [1974] 2012). Com base em Moreno Fernández (2012), analisei 37 Entrevistas Sociolinguísticas Semidirigidas (ESSDs) nas quais 66 falantes foram considerados e distribuídos em suas respectivas CsPrát. Essas CsPrát. foram classificadas em níveis de formalidade. Os entrevistados foram distribuídos em três faixas etárias, dois níveis de escolaridade, sexo (masculino e feminino) e procedência, como sugere a literatura laboviana; assim, essa pesquisa baseia-se na perspectiva variacionista, utilizada para descrever variação e mudança linguísticas, com o uso do pacote estatístico Goldvarb X. Além disto, interfaces teórico-metodológicas foram mobilizadas para embasar descrições, percepções, contextos linguísticos e sociais que poderiam ou não condicionar o uso das variantes quanto ao fenômeno mistura pronominal na fala popular de SJC-SP. Os resultados apontam a seguinte rota linguística: o uso dos pronomes das séries você e tu está deixando de ser variável...

THE TRANSLATION OF THE LINGUISTIC VATIATION AND THE FOREIGN LANGUAGE TEACHING: FROM THEORY TO TEACHING PRACTICE; A TRADUÇÃO DA VARIAÇÃO LINGUÍSTICA E O ENSINO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA: DA TEORIA À PRÁTICA DOCENTE

Pontes, Valdecy de Oliveira; UFSC
Fonte: Instituto de Letras da UFF Publicador: Instituto de Letras da UFF
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Artigo avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 25/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
45.7%
In this paper, the sociolinguistics influences of a society on theory and practice of translation will be discussed, taking in consideration the foreign language teaching process. We take the theoretical assumptions of translation studies, linguistic variation and teaching proposed by Labov (1972, 1978 and 2003), Mayoral (1998), Guy Cook (1997) O’Malley and Chamot (1990) and M.Sneell-Hornby (1988, 1995).; Neste artigo, discutiremos as influencias sociolinguísticas de uma sociedade sobre a teoria e a prática da tradução, considerando o ensino de língua estrangeira. Assumimos os pressupostos teóricos dos estudos sobre tradução, variação linguística e ensino propostos por Labov (1972, 1978 e 2003), Mayoral (1998), Guy Cook (1997), O’Malley e Chamot (1990) e M. Sneell-Hornby (1988, 1995).--------------------------------------------------------------------------------LA TRADUCCIÓN DE LA VARIACIÓN LINGÜÍSTICA Y LA ENSEÑANZA DE LENGUA EXTRANJERA: DE LA TEORÍA A LA PRÁCTICA DOCENTEEn este artículo, discutiremos las influencias sociolingüísticas de una sociedad sobre la teoría y la práctica de la traducción, teniendo en cuenta la ensenanza de lengua extranjera. En este trabajo, asumimos los aportes teóricos de los estudios sobre traducción...

Diversidade linguística: considerações para a tradução

Garcez, Pedro M.
Fonte: Trabalhos em Linguística Aplicada Publicador: Trabalhos em Linguística Aplicada
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 12/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
25.77%
This paper discusses the relationship between linguistic diversity as communicative resource in language use and its possible implications for how we think of and practice translation. A brief review is offered about the different ways linguistic diversity surfaces in language use as a cmmunicativeresource. Regional, social and register variation are presented and discussed and a sense of what is understood here by translation is made explicit before atempts are made to address the crucial question regarding how translators may deal with the different aspects of communicatively relevant linguistic diversity in translation. Following the discussion of examples and attitudes regarding issues of regional, social and register variation in translation, the ideological choices regarding linguistic diversity are debated regarding the role of the translator within the procuction format of the translated text.