Página 1 dos resultados de 175 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

A visão da ecologia no Jornal Nacional; The vision of ecology on Jornal Nacional

Lestinge, Roberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/05/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.56%
Essa dissertação analisa a linguagem jornalística do Jornal Nacional em relação ao temas ambiente e ecologia. O objetivo do trabalho é, sobretudo, desvendar as estratégias de produção de sentido do telejornal e ver como ele soluciona a transversalidade dos temas pesquisados, considerando que existe uma multiplicidade de fatores importantes nem sempre revelados na notícia. A base para a pesquisa foi constituída dentro de um período de três meses consecutivos de exibição do JN, quando as matérias foram selecionadas por palavras-chave que remetem aos temas da dissertação. Durante o período da pesquisa foram surgindo as linhas diretrizes que apontavam para a importância de uma maior atenção na análise de conteúdo dos textos pois é pelo discurso que se formam os sentidos. Quantificamos o tempo dedicado às matérias sobre ecologia e ambiente e estabelecemos uma relação percentual com o tempo total do JN. Ao tabular as matérias por palavras-chave pudemos observar a formação de diretrizes que apontavam para a preponderância de determinados temas como biocombustíveis e aquecimento global. Procedemos então à leitura dos textos que se enquadravam dentro deste grupo, abrindo um diálogo que buscasse ver se a reportagem oferecia integridade na sua apresentação ou se optava por uma linha apenas superficial e simplista.; This dissertation analyses the journalistic language of Jornal Nacional in relation to the environment and ecology themes. The objective of this work is...

Planejamento e representação gráfica no jornalismo impresso: a linguagem jornalística e a experiência nacional; Planejamento e representação gráfica no jornalismo impresso: a linguagem jornalística e a experiência nacional

Pivetti, Michaella
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.8%
Este trabalho propõe um estudo do planejamento gráfico/editorial no jornalismo impresso moderno. A partir de uma pesquisa comparada, entre comunicação visual e jornalismo, percorre-se os caminhos do desenvolvimento da linguagem jornalística para em seguida analisar a questão dos conteúdos e sua representação/interpretação gráfica. Com base na experiência nacional, observam-se alguns casos de jornais e revistas desde a primeira metade do século XX até hoje, com as recentes reformas dos jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo. Sugerindo o tema da encomenda gráfica como possível instrumento de pesquisa, analisa-se os termos de atuação dos projetos gráficos à luz, inclusive, das profundas mudanças ocorridas nas últimas décadas, quando projetos de jornais são encomendados a mega-escritórios especializados em jornalismo gráfico.; Graphic/editorial planning for modern printed journalism is the proposal of this research. Beginning with a comparative study between visual communication and journalism, the development of journalistic language is followed to continue with an analysis of the issue of contents and graphic representation/interpretation. Based upon Brazilian experience some newspapers and magazines from the first half of the 20th Century to date are examined including recent newspaper redesigns of the Folha de S. Paulo and O Estado de S. Paulo. Proposing the subject of graphics on order as a possible research approach...

Quando os provérbios dão a manchete: a oralidade no texto escrito jornalístico - o caso do Jornal da Tarde; When the proverbs give the headline: orality in the written journalistic text - the case of the Jornal da Tarde

Nobrega, Marlene Assunção de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.73%
Este trabalho tem como objetivo pesquisar, demonstrar e analisar de que modo os aspectos da oralidade se manifestam no texto escrito jornalístico, mais precisamente em manchetes e títulos de notícias no Jornal da Tarde. Para tal proposta, buscamos verificar inicialmente o perfil do leitor de jornais e suas preferências de assuntos em uma época de informações rápidas e superficiais. Aliado a essa pesquisa, fizemos um estudo sobre a linguagem jornalística que, de forma recorrente, apresenta linguagem cotidiana vinculada aos fenômenos da língua falada e da língua escrita, que são bem explorados pelo jornal. Concentramos, assim, nosso trabalho em estudos específicos sobre a manchete e títulos de notícias que dão visibilidade às notícias veiculadas pelos jornais e têm o propósito de chamar a atenção do leitor. Selecionamos as manchetes e títulos de notícias que tiveram como base, frases proverbiais. Essas fórmulas fixas, entretanto, sofreram adaptações que chamamos de reenunciação e retextualização (détournement). Essa retextualização provoca efeito de humor, crítica ou ironia ao parodiar o provérbio original que é uma das formas de se empregar a linguagem mais distensa para chamar a atenção do leitor. Todo esse processo de pesquisa e análise baseou-se na Análise do Discurso...

O reflexo do cotidiano nas crônicas de Raul Pompéia: um olhar sobre a crônica jornalística-literária; The reflection of daily life in Raul Pompéia's chronicles: a look at the jornalistic-literary chronicle

Morato, Mirian Cristina Fernandes Bailo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.47%
Este trabalho acadêmico pretende demonstrar que a produção cronística de Raul Pompéia está centrada em uma relação da linguagem jornalística com a literária, com imbricações entre essas duas vertentes. A metáfora é de um serpentear que desliza entre as mesmas. O subjetivismo de Pompéia campeia tanto em uma ética jornalística compromissada com a transformação e aprimoramento da sociedade. O corpus selecionado para demonstrar o objetivo acima são as crônicas jornalísticas desse autor, publicadas no jornal O Estado de São Paulo, no período de 1890 a 1893 e compiladas por Afrânio Coutinho no vol VIII, Crônicas 3, das páginas 39 a 317. Desse corpus foram selecionadas 06 delas. A esse recorte, em alguns momentos, foram acrescidos excertos de outras crônicas, a medida do necessário para fazer a demonstração do que se pretendia. Alguns teóricos básicos foram selecionados para sedimentar cientificamente essas idéias: Teun A. van Dijk, Gonzalo Martin Vivaldi, Vitor Manuel de Aguiar e Silva, Emil Staiger, entre outros. Percebeu-se que Pompéia adiantava alguns conceitos do newsmaking (gatekeeper e agenda setting). Além disso, as marcas de enunciação dessas crônicas evidenciaram uma preocupação do autor com o público leitor em busca de um feedback. |Assim sendo...

Modelo de caracterização de infográficos: uma proposta para análise e aplicação jornalística; Characterization model for infographics: a proposal for analysis and application to journalism.

Silveira, Luciana Hiromi Yamada da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.4%
O infográfico é uma ferramenta jornalística marcada pela quebra da linearidade do texto escrito e pela organização gráfica do conteúdo, com o objetivo de promover interesse e compreensão. Nos últimos anos, diagramas menos ilustrativos e mais analíticos vêm marcando um período de mudanças em sua produção. Esta pesquisa propõe um modelo para caracterização e avaliação de infográficos em contextos acadêmicos e jornalísticos, com a finalidade de orientar sua produção. O modelo foi testado como guia de análise de conteúdo, gerando conjunto de dados sobre o uso do recurso em veículos noticiosos brasileiros.; Infographics are journalistic tools distinguished by the non-linearity of the written text and the graphic organization of its content, aiming to increase the readers interest and understanding. In recent years infographics prioritizing analysis over decoration have been signalizing a transitional period in its production. This research proposes a model for characterization and evaluation of infographics for both academic and journalistic contexts, seeking to aid its production. The model has been tested as codebook for content analysis, generating data regarding their usage in Brazilian newspapers and magazines.

Um cipoal de sentidos: comunicação, experiência e as possibilidades da assinatura coletiva na narrativa jornalística; -

Batista, Cicélia Pincer
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.47%
No momento mesmo em que se vive o potencial alargamento das possibilidades de se dizer sobre o mundo, através das fluidas, abertas e multifacetadas tecnologias digitais da informação e da comunicação, tem-se tornado mais fortes e mais frequentes os discursos que afirmam o jornalismo como condição de degradação da experiência e agente da incomunicação. Neste contexto, é que esta tese se pergunta sobre as possibilidades de a narrativa jornalística se constituir como abertura dos horizontes compreensivos da experiência e da comunicação no mundo hodierno e não apenas como seu encarceramento numa interpretação única e muitas vezes autoritária dos acontecimentos. Assim, seu percurso teórico-metodológico procura se assentar numa transversalidade que inclui o diálogo entre a tematização e compreensão da linguagem e da narrativa como abertura, em Hans Georg Gadamer, Walter Benjamin e Wolfgang Iser, e a ideia da criação de uma assinatura coletiva para o jornalismo, em Cremilda Medina. Procurase construir, neste diálogo, uma 'linguagem de serviço' ancorada pela "mostração mais do que pela demonstração" e que permita pensar e explorar os limites e as possibilidades da narrativa jornalística como o que pode "dizer de novo o mundo...

O blog de Miriam Leitão e a linguagem do jornalismo econômico

Santos, Angelo de Assis Fernandes dos
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 105 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
46.39%
Pós-graduação em Comunicação - FAAC; A prática do jornalismo econômico tem sido criticada ao longo do tempo no Brasil por apresentar uma linguagem difícil, cheia de termos técnicos associados à economia, não raro tratando de temas distantes da realidade do leitor não especializado. Com base na teoria do filósofo italiano Norberto Bobbio, que se estabelece critérios para situar as concepções ideológicas entre direita e esquerda, este trabalho analisa a influência de tais concepções na crítica de teóricos que abordam a produção em jornalismo econômico no Brasil. Com base em textos postados no blog de jornalismo econômico da jornalista Miriam Leitão entre agosto de 2008 e janeiro de 2009, período de agravamento da crise econômica iniciada nos Estados Unidos e que naquele ano tornou-se uma crise internacional, faz-se uma reflexão sobre a linguagem do jornalismo econômico atual com base não só nos teóricos que abordam especificamente o jornalismo econômico, mas também nas concepções do teório russo Mikhail Bakhtin sobre a linguagem. Também com base em Baktin, é feita uma abordagem da linguagem do jornalismo econômico enquanto gênero textual e suas possíveis relações com outros gêneros; The praxis of economic journalism has been under criticism for a long time in Brazil for its language...

Jogos de linguagem e efeitos de sentido da comunicação jornalística

Motta, Luiz Gonzaga
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Publicador: Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.83%
O artigo analisa os jogos de linguagem que se realizam na comunicação jornalística. Discute as oscilações de linguagem entre o nível referencial (objetivo) e o nível poético (subjetivo) que ocorrem entre a intenção de eficiência e economia informativa, por um lado, e a experiência comunicativa integral, por outro. À luz da filosofia da linguagem e das teorias pragmáticas, o artigo discute as dimensões pragmática, cognitiva e simbólica da comunicação jornalística. Argumenta que a análise da comunicação jornalística deve observar os jogos de linguagem entre os interlocutores em contexto (a pragmática), partindo da informação referencial. Mas, deve igualmente descortinar as dimensões cognitivas e simbólicas. ________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This article analyzes language games in journalism. It discusses the language variation between objectivity and subjectivity that happens on one hand to benefit efficiency and information economics and, on the other hand, to benefit the whole communication experience. The text explores dimensions such as pragmatism, cognition and symbolism in journalism communication.

A técnica de produção de vídeos e a linguagem jornalística.

PIRAGIS, G. A.; PICHELLI, K. R.
Fonte: In: EVENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA FLORESTAS, 2., 2003, Colombo. Anais. Colombo: Embrapa Florestas, 2003. 066A. Publicador: In: EVENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA FLORESTAS, 2., 2003, Colombo. Anais. Colombo: Embrapa Florestas, 2003. 066A.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.44%
2003; Organizado por Patricia Póvoa de Mattos, Celso Garcia Auer, Rejane Stumpf Sberze, Katia Regina Pichelli e Paulo César Botosso.

A linguagem em foco: uma analise da linguagem jornalistica em textos de jornais diarios de Goiania

Abrahão, Vera Lucia Escobar Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Goias; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicacao; Jornalismo Publicador: Universidade Federal de Goias; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicacao; Jornalismo
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
66.77%
Analisar se os textos das reportagens produzidas pela mídia impressa goiana que tratam, única e exclusivamente, da realidade local ou regional, são elaborados de forma clara e precisa, foi o principal objetivo deste trabalho. Qualquer que fosse o resultado, os outros dois objetivos propostos pelo estudo eram de dar feedback ao profissionais que já atuam na área e aos jovens acadêmicos do curso de comunicação. O fio condutor para esta análise foi a especificidade da linguagem jornalística e sua interseção com a língua portuguesa. Uma vez que o que foi colocado em jogo foi a produção jornalística local, optou-se por eliminar a influência das agências de notícias e focar a editoria que trata somente de assuntos que dizem respeito ao Estado de Goiás. Assim, a base principal do estudo foram as matérias publicadas no caderno Cidades, no período de 11 a 17 de julho de 2005, pelos dois jornais de maior circulação em Goiás: O Popular e Diário da Manhã. No decorrer do trabalho a hipótese de que o jornalismo impresso produzido em Goiás não consegue elaborar seus textos de forma que a mensagem seja repassada com clareza e precisão ao público foi confirmada. Surgiu, porém, um resultado inesperado, que foi a constatação de que o jornalismo impresso goiano pratica o mais grave dos erros em jornalismo: a falta de rigor na apuração dos fatos.

Intersecções das linguagens jornalística e literária na obra de Rubem Braga

Teixeira, Ana Flávia
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
46.72%
A crônica é um gênero que se encontra em um espaço transitório entre o jornalismo e a literatura por apresentar características que, em alguns momentos se aproximam e em outros se afastam da realidade jornalística. Tantas vezes, ela está mais próxima das estruturas narrativas literárias e outras, ligada diretamente ao jornalismo, seja por meio da linguagem ou pela aproximação com o factual. Rubem Braga viveu dividido entre a literatura e o ofício de ser jornalista. As suas crônicas têm como ponto de partida o que alimenta as páginas de jornal: os fatos. Por ele ter sido um homem que esteve em contato direto com a imprensa, surgiu o questionamento: O que há de jornalismo em suas produções literárias? Neste trabalho, a obra de Braga é analisada na intenção de se delimitar as intersecções das linguagens jornalística e literária neste contexto. Para que isso fosse possível, algumas categorias foram criadas baseadas tanto na literatura quanto nos pilares do Jornalismo Literário, são elas: temporalidade e construção de cena, autoria, Lúdico versus técnica e ponto de vista. Além disso, assuntos como o histórico da crônica, definições, a importância de Braga na literatura nacional, New Journalism e...

A linguagem em foco: uma análise da linguagem jornalística em textos de jornais diários de Goiânia

Abrahão, Vera Lúcia Escobar Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
66.77%
Analisar se os textos das reportagens produzidas pela mídia impressa goiana que tratam, única e exclusivamente, da realidade local ou regional, são elaborados de forma clara e precisa, foi o principal objetivo deste trabalho. Qualquer que fosse o resultado, os outros dois objetivos propostos pelo estudo eram de dar feedback ao profissionais que já atuam na área e aos jovens acadêmicos do curso de comunicação. O fio condutor para esta análise foi a especificidade da linguagem jornalística e sua interseção com a língua portuguesa. Uma vez que o que foi colocado em jogo foi a produção jornalística local, optou-se por eliminar a influência das agências de notícias e focar a editoria que trata somente de assuntos que dizem respeito ao Estado de Goiás. Assim, a base principal do estudo foram as matérias publicadas no caderno Cidades, no período de 11 a 17 de julho de 2005, pelos dois jornais de maior circulação em Goiás: O Popular e Diário da Manhã. No decorrer do trabalho a hipótese de que o jornalismo impresso produzido em Goiás não consegue elaborar seus textos de forma que a mensagem seja repassada com clareza e precisão ao público foi confirmada. Surgiu, porém, um resultado inesperado, que foi a constatação de que o jornalismo impresso goiano pratica o mais grave dos erros em jornalismo: a falta de rigor na apuração dos fatos.

O jornalismo em quadrinhos como inovação do fazer jornalístico

CAVIGNATO, Deise
Fonte: Universidade Municipal de São Caetano do Sul Publicador: Universidade Municipal de São Caetano do Sul
Tipo: Tese ou dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.52%
Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Municipal de São Caetano do Sul; O jornalismo em quadrinhos apropria-se dos elementos literários, por isso, analisamos três histórias que contém tais recursos linguísticos, , além de identificarmos as modificações da linguagem como fator de inovação no texto jornalístico. Por meio dos dois capítulos iniciais, demonstramos os pontos relevantes de ambas linguagens e, por último, realizamos a pesquisa comparativa entre dois formatos. O intuito desta dissertação é mostrar a inovação no fazer jornalístico, uma vez que o relato baseado em fatos reais utiliza os elementos da linguagem em quadrinhos. Ressaltamos que o conceito utilizado neste trabalho dá-se por meio de dois enfoques: a história em quadrinhos jornalística, cujo ilustrador faz uma história em quadrinhos com foco jornalístico e o jornalismo em quadrinhos, o correspondente produz uma HQ para contar uma história verídica, ou seja, uma reportagem. Pose-se afirmar que o resultado dos formatos jornalísticos aqui discutidos diferenciam-se conforme suas formas específicas.

Oralidade e discurso jornalístico; Título em inglês

Oliveira Andrade, Maria Lúcia da Cunha Victório de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/1999 POR
Relevância na Pesquisa
36.57%
Neste trabalho, examinarei a oralidade presente no discurso escrito, recorrendo à linguagem jornalística, muito mais receptiva a transformações e exemplificando com textosdos jornais recolhidos dos jornais Folha de S. Paulo e Jornal da Tarde, bem como das revistas Veja e Isto é dinheiro. Para tanto, primeiramente farei um breve esboço sobre a linguagem jornalística contemporânea, enfocando suas principais tendências, iniciando a discussão apartir do papel dos “manuais de redação” e sua filosofia como vestígios de um purismo gramatical, nem sempre seguido à risca pelos jornalistas. A seguir, farei um paralelo entre as duas modalidades da língua: a oral e a escrita, tendo por base o material coletado e apontandoas principais marcas de oralidade no discurso jornalístico. Buscarei evidenciar como tais marcas favorecem o envolvimento do jornalista com o leitor, num suposto diálogo que lembra, por vezes, a narrativa oral.; The purpose of this papers is to observe how the oralidade is present in the written speech, falling back upon the journalistic language, much more receptive to those transformations and exemplifying with picked up texts of the newspapers Folha de S. Paulo and Jornal da Tarde, as well as of the magazines Veja and Época. For so much...

Desafios à prática jornalística e representações sociais nas mídias; Editorial

Soares, Rosana; Limberto, Andrea
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 27/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.63%
A presente edição de RuMoRes, revista científica online dedicada aos estudos de comunicação, linguagem e mídias, tem a oportunidade editorial de entregar um variado conjunto de textos em torno da prática jornalística, que se espalham desde o Dossiê Desafios teórico-metodológicos para o estudo do jornalismo, reunindo textos apresentados no âmbito do 10º congresso da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo, àqueles do corpo da edição. Olhados em conjunto, esses artigos desafiam a prática jornalística em sua riqueza simbólica ao tentar desenhar seus contornos com outras áreas do conhecimento e com outras práticas de saber, seja na associação ou no confronto com elas.; The present edition of Rumores, scientific online magazine focused on the field communication, language and media, has the editorial opportunity of delivering a wide range of articles on the subject of the journalistic practices included not only in the special Dossier Theoretical and methodological chalenges to journalism studies, gathering the works presented at the 10o. conference of the Brazilian Association of Journalism Researchers, but also troughout the edition. As they are put toghether, the articles present the journalistic practices in their symbolic richness while trying to draw the lines in face of other knowledge practices in association or in opposition.

Jogos de Linguagem e Efeitos de Sentido da Comunicação Jornalística

Motta, Luiz Gonzaga; UnB
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2004 POR
Relevância na Pesquisa
36.88%
This article analyzes language games in journalism. It discusses the language variation between objectivity and subjectivity that happens on one hand to benefit efficiency and information economics and, on the other hand, to benefit the whole communication experience. The text explores dimensions such as pragmatism, cognition and symbolism in journalism communication.; O artigo analisa os jogos de linguagem que se realizam na comunicação jornalística. Discute as oscilações de linguagem entre o nível referencial (objetivo) e o nível poético (subjetivo) que ocorrem entre a intenção de eficiência e economia informativa, por um lado, e a experiência comunicativa integral, por outro. À luz da filosofia da linguagem e das teorias pragmáticas, o artigo discute as dimensões pragmática, cognitiva e simbólica da comunicação jornalística. Argumenta que a análise da comunicação jornalística deve observar os jogos de linguagem entre os interlocutores em contexto (a pragmática), partindo da informação referencial. Mas, deve igualmente descortinar as dimensões cognitivas e simbólicas.

Analysis of the journalistic rhetoric in scientific popularization news; Análisis de la retórica periodísti em noticias de popularización científico; Análise da retórica jornalística em notícias de popularização científica

Lovato, Cristina dos Santos; Universidade Federal de Santa Maria
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Linguística - UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Linguística - UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; avaliado por pares; Formato: application/pdf
Publicado em 18/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
In this work, journalistic rhetoric is analyzed in 30 science news for the general public, published on sites of magazines specialized in scientific journalism - Ciência Hoje, Galileu  and Scientific America Brazil - in order to verify how the senses of objectivity and impartiality are constructed discursively in these texts. We use as theoretical apparatus the Appraisal System proposed by Martin and White (2005), emphasizing the Engagement Subsystem. The results indicate the predominance of the dialogic expansion through modalizations and quotes and reports. However, the exclusivity of the voice of the scientist who conducted the research spread for non-specialized audiences, as the only source for the evaluation of the scientific phenomena reported, overturns the objectivity and the impartiality in these texts. We observed, therefore, a contradiction concerning the role of the science popularization in society. In the news analyzed, the journalist assumes the role of mere informant (MOTTAROTH; LOVATO, 2011), restricting the process of science popularization to a translation and oversimplification of the scientific discoveries (HILGARTNER, 1990).; En este trabajo, analizamos la retórica periodística en 30 noticias de popularización científica...

América latina para focas: guia para comunicadores sobre meios de comunicação de massa latino-americanos

Relva, Cássia; Geraldes, Elen
Fonte: Revista Intercâmbio dos Congressos de Humanidades Publicador: Revista Intercâmbio dos Congressos de Humanidades
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 02/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
46.44%
Este trabalho busca ser um guia didático para estudantes e professores dos cursos de comunicação social sobre a história dos meios de comunicação de massa na América Latina. A ideia é preencher uma lacuna na bibliografia da área e facilitar a identificação de obras em um único compêndio, destacando-se as origens e os percursos distintos como também semelhantes da televisão, rádio, cinema, agências de notícias e os grupos de comunicação presentes em diversos países da região, com intuito de ser utilizado nas salas de aula para fomentar a discussão de como se realiza a comunicação de massa nesse espaço. O produto de comunicação como um guia é uma das modalidades de projeto experimental, visto como exercício de avaliação das habilidades exigidas aos comunicadores e aceito nas faculdades de comunicação como trabalho de conclusão de curso, pois além de requerer conhecimento teórico e prático, são avaliadas sua inovação e criatividade diante do objeto de estudo. Uma possível inovação é a de conteúdo, ou seja, por meio do uso da linguagem jornalística se propõe uma nova apresentação para o tema. A partir de seu uso, busca-se uma reflexão sobre os aspectos que influenciam os percursos dos meios de comunicação latinos como também os desafios postos aos profissionais por uma comunicação que respeite à diversidade da região.

A TERMINOLOGIA TÉCNICO-CIENTÍFICA NA LINGUAGEM JORNALÍSTICA RECIFENSE

Albuquerque, Amanda Ferreira de
Fonte: PROLÍNGUA Publicador: PROLÍNGUA
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 26/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.44%
Este artigo, como o próprio nome define trata da inovação da linguagem jornalística recifense nas áreas que envolvem a produção científica e tecnológica no estado, no país e no mundo, objetivando a análise das neonímias que são termos que nomeiam inovações tecnológicas e descobertas científicas recém-surgidas na sociedade. Sendo assim, o setor de informática por ser o ramo tecnológico que mais tem se desenvolvido é o que mais apresenta termos neonímicos. O alto índice de estrangeirismos reflete a interpenetração das culturas, sendo que, quanto mais poderosa for a nação, maior será a influência de sua língua.

A linguagem jornalística na web: uma análise teórica

Paiva, Loussane Barbosa; Filho, Paulo Negri
Fonte: Temática Publicador: Temática
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 04/11/2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.68%
O presente trabalho faz uma análise comparativa entre autores a respeito da redação jornalística no ambiente online. Neste sentido, este estudo reúne diferentes teorias que abordam as técnicas de redação jornalística mais voltadas para a web, contrapondo pontos de vista de autores da área. Para tanto procurou-se identificar convergências e divergências teóricas, enfocando a técnica da pirâmide invertida, tradicional no jornalismo impresso, os diversificados gêneros jornalísticos e sua adequação ao meio digital. O estudo consiste em uma pesquisa de revisão bibliográfica que busca apontar as características da linguagem jornalística online com o suporte de teóricos da comunicação, pesquisando a influência das tecnologias, da internet, e da convergência de mídias nas técnicas redacionais, levantando argumentos contra e a favor da permanência de aspectos da redação dos meios tradicionais e identificando os novos estilos advindos deste contexto, como os cibergêneros.Palavras-chave: Webjornalismo. Redação jornalística. Pirâmide invertida.