Página 1 dos resultados de 428 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

O discurso pedagógico na modernidade: uma escuta psicanalítica do emprego de slogans e jargões no contexto escolar; The pedagogical discourse of modernity: a psychoanalytic listening of the use of slogans and jargon in the school context

Siqueira, Flávia Zanni
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.38%
Nesta pesquisa, propomos um exame do discurso pedagógico e de seus recursos linguísticos constituintes (sloganse jargões), desde sua formulaçãopela Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, até a atribuição de sentido prático numa unidade da rede estadual, feita por seus agentes educativos (professores, coordenadores, diretores). Nosso intuito é compreender os modos de adesão desses agentes ao discurso oficial, em seus aspectos de conformidade e de resistência. No que diz respeito à autoridade pública,interessam-nos os documentos referentes àproposta curricular de São Paulo(vigentesdesde 2008), entendidos como representantes concretos da política públicaeducacional do Estado. Em sua configuração particular, importa-nos a construção de propostas de ação, apreendidas a partir do discurso dos agentes de uma escola, em reuniões de equipe (Horas de Trabalho Pedagógico Coletivo HTPC).Para tanto, propomos analisar o material divulgado pelo órgão do Estado e os dados da pesquisa de campo à luz dos escritos freudianos acerca dos mecanismos psíquicos de funcionamento de grupos e das contribuições lacanianassobre ateoria dos discursos, procurando evidenciar as características da circulação e da reprodução dos discursos pedagógicos e de seus recursos linguísticos.A partir de sua teoria da libido...

Estudo preliminar da influência do perímetro escrotal sobre a libido em touros jovens da raça Nelore

Pineda, N. R.; Fonseca, V. O.; Albuquerque, Lucia Galvão de
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 69-75
POR
Relevância na Pesquisa
37.79%
O perímetro escrotal (PE) de 202 touros jovens da raça Nelore, sem experiência sexual prévia, classificados pela Associação Brasileira de Criadores de Zebu como superiores ou elite, foi medido aos 7, 12, 18 e 28 meses de idade, aproximadamente. Após a última medição, eles foram submetidos ao teste de libido e procedeu-se à colheita de sêmen por eletroejaculação, seguida de avaliação andrológica. As medidas do PE aos 7, 12, 18 e 28 meses foram de 18,30; 22,29; 27,54 e 33,26cm, respectivamente. Os coeficientes de correlação simples entre estas medidas variaram de 0,35 a 0,53. O coeficiente de correlação entre PE aos 28 meses e peso corporal na mesma idade foi de 0,43. A correlação entre a nota da libido e o perímetro escrotal medido aos l8 meses foi de 0,15 e entre aquela e o perímetro escrotal aos 28 meses foi de 0,13. Observou-se elevado crescimento do perímetro escrotal entre o 7º e 18º meses de idade. Utilizou-se o método de quadrados mínimos para analisar a libido, incluindo ano de nascimento como efeito fixo e como covariáveis os efeitos lineares da idade e peso no momento da avaliação e medidas de perímetro escrotal aos 7, l2, l8 e 28 meses. Cada covariável foi retida de forma seqüencial obtendo-se vários modelos de análises e as somas de quadrados foram decompostas de forma seqüencial e parcial. O ano de nascimento...

Avaliação do comportamento sexual em touros Nelore: comparação entre os testes da libido em curral e do comportamento sexual a campo

Oliveira, Cleber Barbosa de; Guimarães, José Domingos; Costa, Eduardo Paulino da; Siqueira, Jeanne Broch; Torres, Ciro Alexandre Alves; Carvalho, Giovanni Ribeiro de; Guimarães, Simone Eliza Facioni
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 32-42
POR
Relevância na Pesquisa
37.85%
Objetivou-se determinar a eficiência do teste da libido realizado em curral em comparação ao teste realizado a campo e relacioná-los à taxa de gestação em estação de monta de 120 dias. Treze touros aptos à reprodução foram submetidos ao teste da libido em curral por 3 horas. Desses touros, nove foram submetidos à avaliação a campo na proporção touro:vaca de 1:33. A cada 21 dias, foi diagnosticada a gestação por meio de avaliações ultra-sonográficas. No teste em curral, observou-se que, quanto maior o tempo, maiores foram os escores de classificação e que nenhum touro efetuou serviço completo nos 10 minutos iniciais do teste. Com um touro classificado como muito bom obteve-se 84,80% de prenhez, porém touros questionáveis proporcionaram taxas de prenhez de 86,67 e 96,55% ao final da estação. As correlações entre características físicas e morfológicas do sêmen mantiveram-se próximas de zero ou foram nulas. Os principais sinais fisiológicos do comportamento sexual foram o ato de cheirar ou lamber o corpo da fêmea, cheirar ou lamber a vulva, seguidos ou não por reflexo de Flehmen. em animais da raça Nelore, o tempo de 30 minutos de observação mostrou-se mais eficiente para a realização do teste da libido em curral. O teste da libido realizado a campo no período diurno não foi eficaz em predizer a libido de todos os animais estudados...

Short term testosterone replacement therapy improves libido and body composition

Andrade Júnior,Edésio Seara de; Clapauch,Ruth; Buksman,Salo
Fonte: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Publicador: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2009 EN
Relevância na Pesquisa
37.21%
OBJECTIVE: To assess the efficacy and safety of testosterone replacement in males with late-onset hypogonadism compared to hypogonadal men without replacement, and controls, during six months. METHODS: We assessed, through ADAM, AMS, IIEF-5 and SF-36 questionnaires, and through clinical and laboratorial examinations, 62 patients divided into three groups: 17 hypogonadal males (HR) used intramuscular testosterone every three weeks; 14 hypogonadal males (HV) and 31 non-hypogonadal males (CV) used oral vitamins daily. RESULTS: When compared to others, HR group obtained libido improvement assessed by ADAM 1 (p = 0.004), and borderline sexual potency improvement assessed by IIEF-5 (p = 0.053), besides a decrease in waist circumference after eight weeks (p = 0.018). The remaining parameters did not differ between the groups. PSA and hematocrit remained stable in those using testosterone. CONCLUSION: Six months of testosterone replacement improved sexuality and body composition, with prostatic and hematological safety.

Estudo preliminar da influência do perímetro escrotal sobre a libido em touros jovens da raça Nelore

Pineda,N.R.; Fonseca,V.O.; Albuquerque,L.G.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2000 PT
Relevância na Pesquisa
37.64%
O perímetro escrotal (PE) de 202 touros jovens da raça Nelore, sem experiência sexual prévia, classificados pela Associação Brasileira de Criadores de Zebu como superiores ou elite, foi medido aos 7, 12, 18 e 28 meses de idade, aproximadamente. Após a última medição, eles foram submetidos ao teste de libido e procedeu-se à colheita de sêmen por eletroejaculação, seguida de avaliação andrológica. As medidas do PE aos 7, 12, 18 e 28 meses foram de 18,30; 22,29; 27,54 e 33,26cm, respectivamente. Os coeficientes de correlação simples entre estas medidas variaram de 0,35 a 0,53. O coeficiente de correlação entre PE aos 28 meses e peso corporal na mesma idade foi de 0,43. A correlação entre a nota da libido e o perímetro escrotal medido aos l8 meses foi de 0,15 e entre aquela e o perímetro escrotal aos 28 meses foi de 0,13. Observou-se elevado crescimento do perímetro escrotal entre o 7º e 18º meses de idade. Utilizou-se o método de quadrados mínimos para analisar a libido, incluindo ano de nascimento como efeito fixo e como covariáveis os efeitos lineares da idade e peso no momento da avaliação e medidas de perímetro escrotal aos 7, l2, l8 e 28 meses. Cada covariável foi retida de forma seqüencial obtendo-se vários modelos de análises e as somas de quadrados foram decompostas de forma seqüencial e parcial. O ano de nascimento...

Libido de touros Nelore: efeito da proporção touro: vaca sobre a taxa de gestação

Santos,M.D.; Torres,C.A.A.; Guimarães,J.D.; Ruas,J.R.M.; Carvalho,G.R.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2003 PT
Relevância na Pesquisa
27.81%
Estudou-se a influência da libido de touros sobre as taxas de gestação de vacas aos 30, 60 e 90 dias de estação de monta, e avaliaram-se as correlações entre concentração de testosterona, qualidade seminal e libido. Foram selecionados 12 touros (exame andrológico e teste da libido), distribuídos nos tratamentos: T1 e T2, três com libido baixa e três com libido alta, respectivamente, na proporção touro:vaca de 1:75, e T3 e T4, três com libido baixa e três com libido alta, respectivamente, na proporção de 1:100. Não houve diferença entre touros quanto à concentração de testosterona no soro. Touros com alta libido na proporção 1:75 proporcionaram maior taxa de gestação aos 60 e 90 dias (90,6 e 94,6%, respectivamente) da estação de monta em relação aos de libido baixa na mesma proporção (80,0 e 86,2%, respectivamente). A libido dos touros na proporção 1:100 não influenciou a taxa de gestação. Não se observou efeito da proporção touro:vaca sobre a taxa de gestação e não se observou correlação entre libido, qualidade seminal, circunferência escrotal e concentração sérica de testosterona.

Avaliação da libido de touros Nelore adultos em curral e sua associação com características andrológicas e desempenho reprodutivo a campo

Salvador,D.F.; Andrade,V.J.; Vale Filho,V.R.; Silva,A.S.; Costa e Silva,E.V.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2003 PT
Relevância na Pesquisa
27.73%
Trinta e oito touros de cinco a seis anos de idade, andrologicamente testados, foram submetidos ao teste de libido em curral, e classificados em três categorias: alta (28,9% dos animais); média (39,5%) e baixa (31,6%) libido. Quatro touros de baixa e quatro de alta libido, andrologicamente avaliados, foram selecionados para teste de fertilidade e observação do comportamento sexual a campo com alta pressão de fêmeas em cio sincronizado. Não foram registradas associações entre libido e peso, circunferência escrotal e características seminais (P>0,05). Nos testes de campo, o impulso de monta foi o comportamento mais freqüente com 41 ocorrências. Nos rodeios,durante os picos de cios,observaram-se 75% de montas completas no grupo de touros de alta libido e 25% nos de baixa libido (P<0,05). A taxa de gestação ao final do período de monta foi de 42,1% para touros de alta e 25,0% para os de baixa libido (P<0,05). O teste de libido aplicado em curral foi eficiente em selecionar touros com maior número de montas completas a campo e, conseqüentemente, com taxas de gestação mais elevadas.

Potencial reprodutivo de touros da raça Nelore submetidos a diferentes proporções touro: vaca

Santos,M.D.; Torres,C.A.A.; Ruas,J.R.M.; Guimarães,J.D.; Silva Filho,J.M.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
27.58%
Estudou-se o potencial reprodutivo de 20 touros da raça Nelore, submetidos a diferentes proporções touro:vaca, e foram estimadas as correlações entre concentração de testosterona, circunferência escrotal, qualidade seminal e libido. Os touros, selecionados via exame andrológico e teste da libido, foram distribuídos nas seguintes proporções (tratamentos) touro:vaca: 1:25 (T1), 1:50 (T2), 1:75 (T3) e 1:100 (T4), com cinco repetições em cada tratamento. Amostras de sangue foram coletadas para determinação da concentração de testosterona. Aspectos físicos e morfológicos do sêmen, circunferência escrotal e libido dos touros não foram influenciados pelos tratamentos. Não houve efeito da proporção touro:vaca sobre a taxa de gestação das vacas, cujas médias foram de 42,1; 66,5; e 71,0% aos 30, 60 e 90 dias de estação de monta, respectivamente. A concentração de testosterona não diferiu entre os tratamentos, média de 4,04ng/ml de soro, com pico de testosterona às 9 horas. Correlações entre libido, características físicas e morfológicas do sêmen e circunferência escrotal dos touros foram baixas. Touros da raça Nelore com boa qualidade seminal e libido suportaram elevado número de vacas e a proporção de 1:100 não reduziu a taxa de gestação.

Teste da libido e atividade de monta em touros da raça Nelore

Santos,M.D.; Torres,C.A.A.; Ruas,J.R.M.; Silva Filho,J.M.; Costa,E.P.; Pereira,J.C.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.73%
Estudaram-se o efeito do tempo de avaliação da libido sobre a conduta sexual de touros e a atividade de monta em diferentes proporções touro:vaca e verificaram-se as possíveis correlações entre libido, circunferência escrotal e qualidade seminal. Vinte touros foram selecionados por meio de exame andrológico e teste da libido e distribuídos segundo as proporções touro:vaca: T1= 1:25; T2= 1:50; T3= 1:75; e T4= 1:100, com cinco repetições em cada proporção. O aumento no tempo de avaliação do teste da libido de 10 para 15 minutos reduziu o percentual de touros classificados como questionáveis e com libido boa e elevou o percentual de touros com libido muito boa e excelente. O tempo de 10 minutos interferiu negativamente no desempenho sexual dos touros. Das 1250 vacas utilizadas nos quatro tratamentos, 738 (59,0%) foram marcadas, sendo 624 (84,5%), 112 (15,2%) e duas (0,3%) marcadas por um, dois e três touros, respectivamente. As correlações entre libido e qualidade seminal e circunferência escrotal foram baixas.

A teoria da libido em Freud como uma hipótese especulativa

Fulgencio,Leopoldo
Fonte: Programa de Pós-graduação em Teoria Psicanalítica do Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ Publicador: Programa de Pós-graduação em Teoria Psicanalítica do Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.21%
Comenta-se a distinção freudiana entre a sexualidade, como um fato observável, e a libido, como uma hipótese especulativa, mostrando que, para Freud, a suposição de uma energia específica para a pulsão sexual corresponde a um conceito que tem validade apenas instrumental - ou seja, heurística - não sendo uma referência empírica objetiva. Salienta-se que Freud não considera os conceitos desse tipo - especulativos - o fundamento da sua ciência, mas sim o cume substituível do edifício teórico da psicanálise. Esse tipo de interpretação da obra de Freud, que o integra na história da filosofia e da ciência alemãs, permite não só compreender a psicanálise como uma ciência numa perspectiva heurística, como também possibilita uma análise dos desenvolvimentos da psicanálise levando em conta a diferença entre dados empíricos e teóricos (especulativos), e explicando, assim, em que sentido a teoria psicanalítica é considerada por Freud como provisória e sempre aberta a revisões.

Crônica de um fim anunciado: o debate entre Freud e Jung sobre a teoria da libido

Pinto,Kátia Mariás
Fonte: Programa de Pós-graduação em Teoria Psicanalítica do Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ Publicador: Programa de Pós-graduação em Teoria Psicanalítica do Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.21%
Este artigo enfoca o histórico da parceria de Freud e Jung no trabalho com psicóticos, e as divergências anunciadas desde as primeiras correspondências trocadas por eles sobre o papel da sexualidade na vida psíquica do indivíduo. O debate com Fliess sobre a sexualidade se constitui como o pano de fundo para todo o desenvolvimento da parceria com Jung. A hipótese central deste artigo é a de que o conceito de libido foi, certamente, um ponto crucial que definiu os rumos da psicanálise em relação à sua concepção do mecanismo causal das psicoses.

Avaliação do comportamento sexual em touros Nelore: comparação entre os testes da libido em curral e do comportamento sexual a campo

Oliveira,Cleber Barbosa de; Guimarães,José Domingos; Costa,Eduardo Paulino da; Siqueira,Jeanne Broch; Torres,Ciro Alexandre Alves; Carvalho,Giovanni Ribeiro de; Guimarães,Simone Eliza Facioni
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.69%
Objetivou-se determinar a eficiência do teste da libido realizado em curral em comparação ao teste realizado a campo e relacioná-los à taxa de gestação em estação de monta de 120 dias. Treze touros aptos à reprodução foram submetidos ao teste da libido em curral por 3 horas. Desses touros, nove foram submetidos à avaliação a campo na proporção touro:vaca de 1:33. A cada 21 dias, foi diagnosticada a gestação por meio de avaliações ultra-sonográficas. No teste em curral, observou-se que, quanto maior o tempo, maiores foram os escores de classificação e que nenhum touro efetuou serviço completo nos 10 minutos iniciais do teste. Com um touro classificado como muito bom obteve-se 84,80% de prenhez, porém touros questionáveis proporcionaram taxas de prenhez de 86,67 e 96,55% ao final da estação. As correlações entre características físicas e morfológicas do sêmen mantiveram-se próximas de zero ou foram nulas. Os principais sinais fisiológicos do comportamento sexual foram o ato de cheirar ou lamber o corpo da fêmea, cheirar ou lamber a vulva, seguidos ou não por reflexo de Flehmen. Em animais da raça Nelore, o tempo de 30 minutos de observação mostrou-se mais eficiente para a realização do teste da libido em curral. O teste da libido realizado a campo no período diurno não foi eficaz em predizer a libido de todos os animais estudados...

Avaliação andrológica por pontos e comportamento sexual em touros da raça Nelore

Lopes,Flávio Guiselli; Guimarães,José Domingos; Costa,Eduardo Paulino da; Carvalho,Giovanni Ribeiro de; Miranda Neto,Tamires
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
27.69%
Objetivou-se estudar a relação entre dois métodos de avaliação do potencial reprodutivo - Classificação Andrológica por Pontos (CAP) e comportamento sexual de touros da raça Nelore - e verificar a acurácia desses testes em predizer o potencial reprodutivo dos touros, avaliado pela taxa de gestação ao final da estação de monta, com duração média de 90 dias. Foram utilizados 14 touros, todos classificados como aptos à reprodução, após exame andrológico, CAP e observação do comportamento sexual a campo durante 12 horas. Onze touros foram avaliados em manejo individual, com proporção média touro:vaca de 1:46, e os três restantes, em manejo múltiplo, com proporção média touro:vaca de 1:23. A pontuação média obtida pela CAP foi 78,92 ± 8,92 (muito bom) e o escore, 9,85 ± 0,36 (excelente) para libido. Quanto maior o tempo de teste, maiores foram os escores da libido. Na primeira hora de observação, os touros foram classificados como de libido questionável e ao final do teste, como de libido excelente. As correlações da libido com circunferência escrotal (CE), características físicas e morfológicas do sêmen e taxa de gestação foram baixas. A pontuação pela CAP correlacionou-se positivamente com circunferência escrotal e características físicas do sêmen...

O agir humano em Confissões e obras anteriores de Agostinho de Hipona: um estudo das relações entre libido, consuetudo e voluntas

Degani, Patrícia
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
27.79%
Para responder à pergunta de por que o sujeito não age sempre segundo sua razão, Agostinho de Hipona (354- 430 d. C) formula o conceito de vontade cindida em Confissões, VIII. Esse conceito resulta da interrelação dos termos libido, consuetudo e voluntas desenvolvida nas obras anteriores ao ano de aparição de Confissões, compreendidas entre suas primeiras obras até 401 d. C. . Na análise de libido, consuetudo e voluntas nas obras anteriores ao relato autobiográfico do hiponense, com um número significativo de ocorrências, permanece o entendimento de libido como desejo desmedido, consuetudo como hábito e uma evolução no conceito de voluntas, desdobrado entre vontade (voluntas) e livre-arbítrio da vontade (liberum arbitrium voluntatis). A vontade, entendida nesse contexto específico como uma inclinação, pode pender tanto para os bens temporais quanto para os eternos. No entanto, devido à natureza corrompida do homem depois da Queda, a vontade já não mais se inclina naturalmente para os bens eternos. Estando a vontade inclinada para os bens temporais, o desejo desmedido e o hábito de usufruir desses bens impedem o pleno exercício do livrearbítrio da vontade.Ocorre, portanto, uma cisão da vontade entre os bens superiores e os inferiores. O livre-arbítrio não consegue exercer o seu poder de determinar a vontade...

Libido test in young Guzerat bulls and their associations with reproductive traits and serum testosterone levels; TESTE DA LIBIDO EM TOUROS JOVENS GUZERÁ E SUAS ASSOCIAÇÕES COM CARACTERÍSTICAS REPRODUTIVAS E NÍVEIS SÉRICOS DE TESTOSTERONA

Dias, Juliano Cesar; Andrade, Venício José; Universidade Federal de Minas Gerais; Emerick, Lucas Luz; Martins, Jorge André Matias; Vale Filho, Vicente Ribeiro; Universidade Federal de Minas Gerais; Silva, Martinho Almeida; Universidade Federal de Minas
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 16/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.76%
Twelve Guzerat bulls from 24 to 34 months olds, andrologically evaluated as normal were submitted to a libido test, to study sexual behaviour in pen, for periods of five, 10 and 15 minutes of observations and associate with andrologic traits (physic and .morphologic aspects of semen), scrotal circumference, breeding soundness evaluation for Zebu, body weight, age and serum testosterone concentrations. It was observed, in a general way, low reply of the animals to the tests, once that half of them were classified with average or high libido. Lower variation in the punctuation between the observation times was verified, with score 3.0 in five minutes and 3.3 in 15 minutes of evaluation (p>0.05). The association between the libido and serum testosterone concentrations (0.78), strengthens the finding of direct influence of this characteristics in the expression of the sexual interest in young Guzerat bulls.; Um total de 12 touros da raça Guzerá, de 24 a 34 meses de idade, avaliados andrologicamente, foram submetidos a teste da libido com o objetivo de estudar o comportamento sexual em curral, por cinco, 10 e 15 minutos de observação; e associar com características andrológicas (aspectos físicos: motilidade...

La inventabilidad del sintoma; A Inevitabilidade do Sintoma

Cundari, Caio
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2005 POR
Relevância na Pesquisa
27.49%
El presente trabajo consiste en una presentación del síntoma y su relación con la neurosis,  a partir de la obra freudiana. Pasa a través de un camino que empieza des de los caminos de la libido hasta su agresión y consecuente recalque. El trabajo contiene los dos lados de conflicto representados en la formación del síntoma, creado como un acuerdo entre la libido insatisfecha y la angustia de castración sentida por el ego e que haz actuar el recalque. Haz verificar que el síntoma es de hecho inevitable, observación fundamentada en la inventabilidad del complejo de castración, en la insuportalidad de la castración, cuyo síntoma es constituido en el sentido de hacerla desaparecer.; O presente trabalho consiste em uma apresentação do sintoma e sua relação com a neurose, desde a obra freudiana. Percorre um caminho que vai desde os caminhos da libido até sua regressão e consequente recalque. O trabalho abrange os dois lados em conflito representados na formação do sintoma, constituído como um acordo entre a libido insatisfeita e a angústia de castração sentida pelo ego e que faz agir o recalque. Faz verificar que o sintoma é de fato inevitável...

Avaliação dos eventos sexuais de touros Nelore adultos em teste de libido realizado em curral

Salvador, Daniel Fábio; Fundação Centro de Ciência e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro (CECIERJ); de Andrade, Venício José; Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); Nogueira, Luiz Altamiro Garcia; Universidade Federal
Fonte: Universidade Federal Fluminense Publicador: Universidade Federal Fluminense
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; RA; Artigo Original; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 16/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
27.79%
Um total de 38 touros adultos, aprovados andrologicamente, foi submetido ao teste de libido em curral, sendo avaliados oseventos: reflexo de Flehmen (1), perseguição ativa, com posicionamento (2), impulso de monta (3), tentativa de monta (4),monta abortada (5), monta abortada com perseguição (6) e monta completa (7). Após esta avaliação, os touros foram definidosem três categorias: alta libido – eventos 6 e 7; média libido – eventos 3 a 5 e baixa libido – eventos 1 e 2. Registrou-se altapercentagem (68,42%) de animais com alta ou média libido. Durante os testes de libido, as freqüências médias dos eventosde 1 a 7 foram, respectivamente, 3,02 ± 1,6; 0,44 ± 079; 0,92 ± 1,17; 0,68 ± 0,98; 0,10 ± 0,38; 0,10 ± 0,31 e 0,23 ± 0,48. Observouseque, após dois minutos e 30 segundos de teste, os touros de baixa libido efetuaram o dobro do evento 1 (reflexo deFlehmen), quando comparados aos touros de alta libido (p>0,05). Observaram-se correlações negativas de média magnitudeentre o evento 1 e os eventos 3, 4, respectivamente, -0,40 e -0,42. Já os eventos 3, 4, 6 e 7 apresentaram correlações de médiapara alta magnitude, com a classificação final da libido, respectivamente, 0,47; 0,37; 0,44 e 0,67. Para os touros que reagiramao teste a média do tempo para a primeira atitude de interesse por uma fêmea (TIS) foi de 40...

Relationship between production characteristics and breeding potential of 25-month old extensively managed Bonsmara bulls

Scheepers,S.M.; Annandale,C.H.; Webb,E.C.
Fonte: South African Journal of Animal Science Publicador: South African Journal of Animal Science
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 EN
Relevância na Pesquisa
27.38%
The aim of the study was to determine if the breeding potential of 25-month old Bonsmara beef bulls could be predicted from production characteristics. Forty-one Bonsmara bulls were included in an on-farm performance test (also known as the Phase D growth test) for a period of 180 days. At an average age of 24.7 months the bulls were subjected to a libido test and overall breeding soundness evaluation (OBE). The bulls were categorised into independent breeding potential categories according to the scores they obtained for the measured reproductive traits. The categories included sperm morphology and motility. One-way ANOVA revealed that none of the production traits measured had a significant effect on the different breeding potential categories. A positive correlation (r = 0.33) was recorded between pre-weaning growth rate and percentage morphologically normal sperm, while a negative correlation (r = -0.36) was recorded between total acrosomal- and flagellar sperm defects and pre-weaning growth. A positive correlation was demonstrated between sperm motility and pre-weaning growth (r = 0.36), and a consequent negative correlation (r = -0.38) between the percentage aberrant sperm movement and pre-weaning growth. The correlation between the percentage morphologically normal sperm and percentage progressively moving sperm was r = 0.50...

Variability in ejaculation rate and libido of boars during reproductive exploitation

Savić,R.; Petrović,M.
Fonte: South African Journal of Animal Science Publicador: South African Journal of Animal Science
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2015 EN
Relevância na Pesquisa
37.73%
The main objective of the study was to evaluate variability in the ejaculation rate and libido of boars under various genetic and non-genetic influences. A total of 7171 semen samples were collected from Swedish Landrace, Large White and Duroc boars reared under commercial production conditions. Time spent in preparing or collecting, constituted the period from the entry of boars into the room for collecting semen to onset of ejaculation. Ejaculation rate was defined as the volume of sperm extracted (mL) per unit of time (min). The index of boar libido was defined as the relationship between productive (duration of ejaculation) and unproductive (time spent in preparing to collect/jump) periods. Average values of the interval between two collections, age of boar at collection, time spent in preparing for collection, duration of ejaculation, volume of ejaculate, rate of ejaculation and libido index were: 8.83 days, 551.2 days, 3.56 min, 6.06 min, 231.9 mL, 37.67 mL/min and 1.76, respectively. Ejaculate traits and libido varied according to breed, season and collector, with the exception of seasonal variability of duration of ejaculation. The regression effect of the interval between two collections of ejaculate and age of boar at collection was not statistically significant only for duration of preparing for collection. Unlike the ejaculation rate...

The effect of vitamin E supplementation on the libido and reproductive capacity of Large White boars

Umesiobi,D.O.
Fonte: South African Journal of Animal Science Publicador: South African Journal of Animal Science
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 EN
Relevância na Pesquisa
27.38%
In this study the effect of dietary supplementation of vitamin E on libido, servicing capacity (SC), sperm quality and serum α-tocopherol of Large White boars was evaluated. Twenty four boars were divided into three groups of eight boars each. Groups were randomly allocated to treatment groups, i.e. 0, 40 or 70 IU of dl-α-tocopheryl acetate/kg of diet. Libido was defined as the time from intromission to ejaculation being recorded as the reaction time (RT) in minutes. Serving capacity (SC) was measured by number of mounts, combats, head-kicks, anogenital sniffs during a 30 min test period. Semen was collected by the use of an artificial vagina following the SC test, and afterwards analyzed for quantitative and qualitative parameters. The 70 IU supplementation of dietary vitamin E per kg diet to pigs resulted in the highest number of mounts, combats, head-kicks and anogenital sniffs with the shortest RT in comparison to the 40 and 0 IU vitamin E supplementation. The 70 IU vitamin E boar group produced semen with the highest semen volume, sperm cell motility, progressive movement, acrosomal normal apical ridge (NAR), percentage live sperm, sperm concentration per mL semen volume and total number of sperm per ejaculate and improved serum α-tocopherol concentrations (5.1 ± 0.5 µg/mL). Results suggest that supplementing 70 IU per kg α-tocopheryl acetate in boar diets appears to be most beneficial in optimizing libido and reproductive capacity in breeding boars.