Página 1 dos resultados de 602 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Reflexos da evolução do ensino de línguas na lexicografia bilíngüe

Duran, Magali Sanches; Xatara, Claudia Maria
Fonte: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Departamento de Linguística Aplicada Publicador: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Departamento de Linguística Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 241-250
POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
O dicionário bilíngüe e o aprendizado de línguas estrangeiras sempre estiveram associados. Este artigo procura evidenciar como o papel do dicionário bilíngüe foi se alterando com as mudanças no ensino de línguas estrangeiras e como isso pode estar relacionado ao movimento de evolução da lexicografia bilíngüe no sentido de tornar os dicionários mais adequados às necessidades dos aprendizes de línguas estrangeiras.; Bilingual dictionaries and foreign language learning have been always deeply related. This paper aims to put in evidence how the role of bilingual dictionary has been changed by influence from foreign language learning development. Such influence seems to stimulate recent efforts of bilingual lexicography in order to meet the needs of foreign language learners.

A ciência da lexicografia

Biderman, Maria Tereza Camargo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.41%
Três tópicos são examinados: 1) História sucinta da Lexicografia de duas línguas latinas (espanhol e francês) e do português. São avaliados os principais dicionários dessas línguas do século XVI ao século XX. 2) Tipologia de obras lexicográficas. São indicados e comentados os principais tipos de dicionário existentes nas línguas latinas e no inglês. 3) O uso do computador na Lexicografia contemporânea. Essa máquina revolucionou a Lexicografia, podendo executar tarefas básicas e enfadonhas como: compilar, classificar e ordenar dados léxicos e contextuais para a confecção de dicionários e depois recuperá-los facilmente e com rapidez.

Semântica e lexicografia

Casares, Julio; Feijóo-Hoyos, Balbino Lorenzo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
A Semântica e a Lexicografia se interpenetram mutuamente porque a Lexicografia não se limita a recolher as palavras do léxico, mas procura descrever a significação dos vocábulos e seus usos. O lexicógrafo também se ocupa de evolução dos sentidos das palavras para estabelecer a escala das acepções de um signo lexical. Casares conceitua acepção e discute o problema da discriminação das acepções e da sua ordenação no caso de palavras polissêmicas. Outra Questão delicada para o lexicógrafo é o reconhecimento e a identificação correta dos valores metafóricos. O autor usa como exemplo ilustrativo o verbete lat. ordo > esp. orden (port. ordem), signo polissêmico. Traça gráficos da ma-, lha de significações na semântica evolutiva dessa palavra, do étimo original latino ao espanhol moderno. Casares também trata do problema da lematização, ou seja, a decisão técnica de escolher como entrada de um dicionário, uma ou outra forma vocabular, o que envolve controvérsias permanentes em meio aos lexicólogos sobre as lexias (palavras) complexas e como e quando se dá a categorização lexical de um polinómio vocabular. Esse problema é ampliado por causa da tradição caótica de muitas grafias, particularmente no caso de locuções vocabulares. Advoga as vantagens e as virtudes de um dicionário que tivesse um índice de freqüência do uso de cada palavra...

Reflexões sobre a variação terminológica na lexicografia corrente no Brasil e a construção das bases teórico-metodológicas para o dicionário de lexicografia brasileira

Costa, Lucimara Alves da Conceição
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 303 f. : il., gráfs., tabs., color.
POR
Relevância na Pesquisa
37.63%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Letras - IBILCE; This research aims at reflecting on the phenomenon of terminological variation in use in Lexicography, in Brazil. Relying on the premise of the Communicative Theory of Terminology (CTT), we understand that the terms, as units inserted in a specialized context and discourse, are mutable and prone to variation, both in terms of denomination (denominative variation), and concept (conceptual variation). However, our study focuses only on the denominative variation with and without cognitive consequences. In order to analyze the data, we have built a specialized corpus constituted of 300 texts, with varying typology in the domain of Lexicography, written in Brazilian Portuguese. By resorting to computational softwares such as Wordsmith Tools and Terminus, it was feasible to retrieve eligible terms in our corpus, and select their defining contexts and analyze how the phenomenon of variation unfolds. Lastly, we organized and showed the obtained information as a proposal for a Dictionary of Brazilian Lexicography - DBL -, which aims at showing a macro and microstructural organization as a resource for comprehension, production and communication activities of a target audience made up of students and experts in this field of study.; Esta investigación tiene por objetivo reflexionar acerca del fenómeno de la variación terminológica en uso en la Lexicografía de Brasil. Basándonos en los postulados de la Teoría Comunicativa de la Terminología (TCT)...

A lexicografia pedagógica na formação de professores de espanhol como língua estrangeira: um olhar sobre o uso do dicionário na sala de aula

Faria, Thaís de Mendonça
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 112 f. : il., gráfs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.59%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR; Esta investigación, de base cualitativa, busca hacer una reflexión sobre la importancia de la asignatura Lexicografía en la formación de futuros profesores de español como lengua extranjera (E/LE), así como la utilización de diccionarios en clase. Para tanto, aplicamos el primero cuestionario en el cual pretendíamos observar (i) el conocimiento previo de los futuros profesores en relación al uso de diccionario en el aula; (ii) si utilizarían esa herramienta didáctica en sus prácticas docentes; (iii) cuál sería/será la finalidad de la inclusión de ese material en el aula y, por fin, (iv) si eses alumnos tendrían interese en participar de un curso teórico-práctico de formación inicial en Lexicografía Pedagógica. Con una contestación positiva en esta última indagación, realizamos dos cursos teórico-prácticos en las modalidades de Extensão y Minicurso en una Universidad del Interior del Estado de São Paulo, en los cuales discutimos sobre conceptos básicos de Lexicografía, sobre el buen uso de diccionario en clase y, incluso, sobre las actividades que colaboran para el uso de ese material didáctico en el aula de (E/LE). Al final de cada modalidad de curso...

Tradução e lexicografia jurídicas no Brasil

Nobile, Marieta Giannico de Coppio Siqueira
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Tradução.; O dicionário jurídico bilíngue é uma das fontes mais consultadas quando se busca a tradução de termos jurídicos. Diante da importância crescente da tradução jurídica para o mundo globalizado atual e da escassez de estudos sobre tradução e lexicografia jurídicas, no Brasil, o presente trabalho, após apresentar o método e os critérios norteadores desta pesquisa, analisa comparativamente os dois dicionários jurídicos bilíngues português-inglês / inglês-português mais conhecidos, publicados no Brasil. Para tanto, a pesquisa considera o que a doutrina especializada aponta como sendo possíveis fatores para a baixa qualidade de dicionários jurídicos bilíngues. Também apresenta sugestões para análises conceituais dos termos envolvidos no processo tradutório e destaca as peculiaridades e os condicionantes culturais deste tipo de tradução, decorrentes dos diferentes sistemas jurídicos que regulam os locais onde as línguas fonte e alvo da tradução são faladas e que afetam diretamente a tradução jurídica, fazendo com que o tradutor se veja diante da busca por equivalências de tradução...

Balanço e perspectivas da Lexicografia

Miranda, Félix Valentín Bugueño
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Vídeo
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.29%
Palestra do I SILLIC sobre Lexicografia

O Diccionario de Folqman e as origens da lexicografia monolingue do português: edição e estudo

Araújo, Paula Cristina Barbosa
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
Este trabalho tem como objeto de estudo o Diccionario Portuguez, e Latino, publicado em 1755 por Carlos Folqman. Verificando-se um grande vazio na lexicografia portuguesa do século XVIII, tentou-se indagar que motivos terão levado a que Folqman e o seu Diccionario sejam praticamente desconhecidos no panorama da lexicografia portuguesa. Desta forma, depois de feita a edição do Diccionario, e acrescentada uma breve notícia biobibliográfica do autor, este trabalho propõe-se elaborar uma análise da obra em questão, quer no que respeita à nomenclatura que apresenta, e que a aproxima de um dicionário escolar; quer no respeitante à técnica lexicográfica utilizada e ao tratamento metalinguístico do “corpus” dicionarizado.; This work aims to study the Diccionario Portuguez e Latino, published in 1755 by Carlos Folqman. In the 18th century, there is a lack of lexicographical works devoted to Portuguese. In this context, we try to clarify the reasons why this dictionary has become secondary in the lexicographical tradition. We propose a textual edition of the dictionary, and try to gather the remaining biographical information about Carlos Folqman. In the lexicographical analysis we evaluate the dictionary nomenclature length (typical of a learner’s dictionary)...

Da Lexicologia e lexicografia de aprendizagem ao ensino da língua portuguesa: no II Ciclo do Ensino Secundário: 10ª,11ª,12ª e 13ª CLASSES NA E.F.P. – Escola de Formação de Professores “COR MARIAE” DO UÍJE”

Mudiambo, Quibongue
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /11/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.41%
Tese a apresentar para o cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Doutor em Linguística – Especialidade de Lexicologia, Lexicografia e Terminologia; Na introdução, apresentamos o problema, isto é, o facto de muitos alunos que terminam o Ensino Secundário apresentarem muitas deficiências em Língua Portuguesa (língua segunda). No primeiro Capítulo, sobre a Caracterização Sociolinguística de Angola, circunscrevemos as diferenças fundamentais entre língua, linguagem e dialectos; apresentamos considerações gerais sobre o funcionamento da Língua Portuguesa em Angola e a importância das línguas maternas, nacionais ou locais. No segundo capítulo sobre a Lexicologia Contrastiva e Aprendizagem: Princípios teóricos e metodológicos descrevemos a importância da Lexicologia na Linguística e alguns conceitos fundamentais como o de léxico. vii No terceiro capítulo, sobre a Morfossintaxe em Português e Kikongo, sublinhamos os seguintes aspectos: o léxico do Português e do Kikongo; a fonética do Português e do Kikongo; a fonomorfossintaxe do Português (língua segunda) e do Kikongo (língua materna); as características das línguas bantu. No quarto capítulo sobre a Lexicografia Bilingue de Aprendizagem...

Lexicografia pedagógica: atores e interfaces

Duran,Magali Sanches; Xatara,Claudia Maria
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP Publicador: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.41%
Os dicionários para aprendizes de línguas estrangeiras são obras relativamente recentes no mercado editorial e atendem uma demanda por obras pedagógicas que foi ignorada pelos lexicógrafos durante muito tempo. Esse segmento do mercado lexicográfico vem se revelando promissor, com diversas possibilidades de inovações. A fim de delinear o campo de desenvolvimento da Lexicografia Pedagógica, este artigo analisa-a sob duas perspectivas: a de suas interfaces com outras áreas da Lingüística e a de seus atores, pessoas cuja atuação influencia a produção de suas obras. Esta exposição tem o objetivo de despertar o interesse de pesquisadores brasileiros pela Lexicografia Pedagógica e, indiretamente, promover a produção nacional de dicionários pedagógicos.

Reflexos da evolução do ensino de línguas na lexicografia bilíngüe

Duran,Magali Sanches; Xatara,Claudia Maria
Fonte: UNICAMP. Departamento de Linguística Aplicada Publicador: UNICAMP. Departamento de Linguística Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
O dicionário bilíngüe e o aprendizado de línguas estrangeiras sempre estiveram associados. Este artigo procura evidenciar como o papel do dicionário bilíngüe foi se alterando com as mudanças no ensino de línguas estrangeiras e como isso pode estar relacionado ao movimento de evolução da lexicografia bilíngüe no sentido de tornar os dicionários mais adequados às necessidades dos aprendizes de línguas estrangeiras.

Aproximación a la lexicografía regional de las hablas murcianas: el léxico dialectal del bajo Segura

Simón Vives, Serena
Fonte: Murcia: Universidad de Murcia, Editum Publicador: Murcia: Universidad de Murcia, Editum
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
37.29%
El objetivo de este estudio es un breve análisis descriptivo de las recopilaciones de léxico dialec tal en la comarca del Bajo Segura, atendiendo a los principios teóric os de la lexicografía regional y considerando como ejemplo s otros comentarios de la micro y macroestructura de este tipo de obras e n otras extensiones geográficas. P ara ello, p retendemos dar cuenta de l ámbito léxico dialectal externo a los límites político - administrativos de la región murciana, como es el territorio del sur alicantino, a través de una doble estructura : una primera parte teórica, con un breve preámbulo a las principales cue stiones de la lexicografía dialectal o no - estándar así como de las hablas murcianas , y una segunda de carácter p r áctico , con un comentario aproximativo de los trabajos dedicados al léxico comarcal del Bajo Segura. A su vez, el contraste entre la teoría lex icográfica y la práctica tradicional de la mayoría de estas obras nos permite aproximarnos a dos cuestiones previas como son, por un lado, la divergencia léxica en la comarcalización o distribución en subzonas de las hablas murcianas y ...

Criterios de la marcación temática en lexicografía: el léxico taurio (adjetivos y verbos) en el DRAE

Morillo-Velarde Pérez, Ramón
Fonte: Universidade da Coruña Publicador: Universidade da Coruña
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
37.29%
[Resumo] o presente traballo analiza os criterios de selección e marcación lexicográfica do léxico nomenclátor de carácter non neolóxico, para o cal se estuda o léxico taurino recollido e marcado no dicionario académico, en relación co que pode encontrarse en léxicos especializados existentes en Internet. Constátase a necesidade de que a lexicografía actual prescinda da marcación implícita e axuste os criterios de selección do léxico desta natureza.; [Resumen] El presente trabajo analiza los criterios de selección y marcación lexicográfica del léxico nomenclátor de carácter no neológico, para 10 que se estudia el léxico taurino recogido y marcado en el diccionario académico, en relación con el que puede encontrarse en léxicos espe234 Resúmenes cializados existentes en Internet. Se constata la necesidad de que la lexicografía actual prescinda de la marcación implícita y ajuste los criterios de selección del léxico de esta naturaleza.; [Abstract] This paper presents criteria for the selection and lexicographic marking of the non-neologicallexical nomenclator. In order to do this, the bull-fighting lexicon taken and marked in academic dictionaries is studied in relation with that which may be found in specialized lexicons available in the Internet. Contemporary lexicography is shown to require the elimination of implicit marking and the tuning of the selection criteria of this kind of lexicon.

De masones, sodomitas, herejes y comunistas : las minorías en la historia de la lexicografía monolingüe española

Rodríguez Barcia, Susana; Ramallo, Fernando
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2015 SPA
Relevância na Pesquisa
37.29%
En la historia de la lexicografía monolingüe española es posible identificar ideologías dominantes que han proyectado una cosmovisión relativamente homogénea en el marco cultural hispánico al mismo tiempo que han silenciado y/o minimizado orientaciones ideológicas disidentes. Un modelo canónico de vida, solamente en parte reflejo del mundo real, se consolidó a través de los diccionarios y fue aceptado con aquiescencia por parte de la mayoría de redactores lexicográficos. En este sentido, el diccionario no solo se lastra con la heredad cultural, sino que también se convierte en instrumento que construye, proyecta y consolida una determinada forma de ver el mundo (Fishman 1995). El objetivo de este artículo es demostrar que las minorías que se movían en la disidencia o en la otredad se han visto tradicionalmente silenciadas o, con mayor frecuencia, han sido objeto de recurrente desvalorización en los diccionarios monolingües del español hasta bien entrado el siglo XX. Asimismo, el artículo ofrece un análisis de las estrategias empleadas a lo largo de la historia de la lexicografía monolingüe española para ocultar, desacreditar y vejar a los grupos situados al margen de las ideologías dominantes.; In the history of the Spanish monolingual lexicography is possible to identify dominant ideologies that have projected a relatively homogeneous worldview in the Hispanic cultural framework while silenced and/or minimized dissident ideological orientations. A canonical model of life...

Terminologia e lexicografia;

Biderman, Maria Tereza Camargo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2001 POR
Relevância na Pesquisa
37.49%
O léxico se relaciona com a cognição da realidade e com o processo de nomeação que se cristaliza em palavras e termos. O universo conceptual de uma língua pode ser descrito como um sistema ordenado e estruturado de categorias. As terminologias científicas são sistemas classificatórios baseados em modelos científicos e oriundos da estruturação do conhecimento em modelos conceptuais por meio dos quais se organiza cada uma das ciências. Embora Lexicografia e Terminologia tenham muitas afinidades, existem diferenças entre ambas que precisam ser explicitadas. Na Lexicografia podem ser identificadas unidades léxicas muito heterogêneas, ao passo que na Terminologia encontramos unidades léxicas relativamente homogêneas. O repertório lexical da Lexicografia não se restringe ao universo referencial, enquanto a Terminologia é centrada no universo referencial. Constitui metodologia básica da Terminologia a elaboração de mapas conceptuais de cada área do conhecimento para subsidiar a identificação dos termos, bem como a elaboração de definições desses mesmos termos. Um mapa conceptual se estrutura pelo fato de os conceitos se interrelacionarem lógica e ontologicamente. Por outro lado, Lexicografia e Terminologia têm como pedra de toque de sua práxis a identificação das unidades léxicas (palavras e termos) e visam a elaboração de dicionários. Ademais...

Lembremos das velhas obras lexicográficas para redimensionar o papel da lexicografia e dos novos dicionários.DOI: 10.5007/2175-7968.2011v1n27p11

Barbieri Durão, Adja Balbino de Amorim; Unisersidade Federal de Santa Catarina
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 13/11/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
A visão que o senso comum foi forjando em nossa mente como referente para a palavra ‘dicionário’ leva-nos a pensar em um livro com muitas páginas que guarda o segredo de todas as palavras. Mas o dicio­nário nem sempre teve a forma de livro que permeia nosso imaginário. O dicionário tem uma gênese, a qual pode ser retomada a partir de diferentes pontos de vista. Por entendermos que a gênese do dicionário está imbrica­da com a história da escrita, optamos por tomar como ponto de partida o que Boisson, Kirtchuck e Béjoint (1991, p. 162 apud Welker, 2004, p. 61) chamaram de paleolexicografia, considerando as manifestações elabora­das na pré-história como proto-escrita e, consequentemente, como intróito para adentrar no território das tabuinhas sumérias e dos papiros egípcios, que nos legaram proto-dicionários, para, na sequência, visitar o recinto dos glossários medievais, ascendentes da lexicografia e dos dicionários clássicos, com o fim de chegar, por fim, na jurisdição dos dicionários elaborados em nossos dias.

“Por el amor del estudiante”: hacia una lexicografía integradora.

Buyse, Kris; K.U.Leuven & Lessius Hogeschool
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
This article starts from an apparent paradox: the computer can help to avoid problems it is dealing with itself when translating, caused by the paradigmatic and syntagmatic dimensions of language, like polysemy, synonymy, collocations, valencies, etc. In order to reduce the risk for FL students to encounter the same problems, we believe that lexicography must take advantage of the possibilities offered by the digital era to store and offer the lexicon in such a way that the apprentice finds a maximum of components that can help him to tackle these problems. “Por el amor del estudiante”, we recommend that 10 “pedagogical” guidelines are considered, with regard to the following key words: taking into account the learning environment and styles; appealing to both hemispheres of the human brain; thematic disposition; distinguishing between active and passive vocabulary; offering/displaying a set of lexical dimensions, including the comparison with other languages; producing significant associations; controlled repetition; including feedback; proceeding to a lexical selection and working in phases and levels. In other terms, we plead for an integrating lexicography, one that integrates a maximum of paradigmatic and syntagmatic dimensions of the lexicon...

The notion of equivalence for translation studies, lexicography and variationist sociolinguistics; A noção de equivalência para os estudos da tradução, lexicografia e sociolinguística variacionista

Pontes, Valdecy Oliveira; Universidade Federal do Ceará; Francis, Mariana; UNIOESTE - Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Revisão de Literatura; Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7968.2014v2n34p229The aim of this paper is to study the meanings that the term ‘equivalence’ acquires in the fields of knowledge: Translation Studies, Lexicography and Variationist Sociolinguistics. The notion of equivalence is considered of fundamental importance for the disciplines in question, because, in the different paradigmatic perspectives, the term has acquired deep conceptual variations, which will be analyzed along the text. With the purpose of reflecting upon the changes and the values attributed to these areas of knowledge, within different aspects, we will address the notions of equivalence for each area of study contratively and then analyze the contributions of Sociolinguistics to Translation Studies and Lexicography regarding the expansion of meanings for these concepts.; http://dx.doi.org/10.5007/2175-7968.2014v2n34p229Neste artigo, propomos o estudo dos significados que adquire o termo ‘equivalência’ dentro dos campos do conhecimento: Estudos da Tradução, Lexicografia e Sociolinguística Variacionista. A noção de equivalência é considerada de fundamental importância para as disciplinas em foco, sendo que, nas diferentes perspectivas paradigmáticas, o termo tem adquirido profundas variações conceituais...

The dictionnaire suisse romande and differential lexicography; O dictionnaire suisse romand e a lexicografia diferencial

Strehler, René G.; UnB
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 07/08/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.59%
Differential lexicography is little known outside the French-speaking world. This paper seeks to describe the traits of differential lexicography by examining the Dictionnaire Suisse romande (DSR). In line with considerations by Coseriu, Völker and Glessgen, variation is taken here to be an integral part of the system. In lexicography it is a matter of analysing how (diatopic, diachronic, …) variations are associated with a linguistic level termed “unmarked”. The normalised variant of French, so-called standard French, was essentially elaborated by 17th-century grammarians such as Vaugelas and Bouhours. In Francophone lexicography, firmly established by the Richelet (1680) and Furetière (1690) dictionaries, standard French continues to be the frame of reference. In many dictionaries, however, standard French is explained in terms of usage in France, despite its supranational status. This is the context in which the methodology of differential lexicography emerges. The notion of what is differential is manifest in the choice of nomenclature. Only lexemes whose usage differs from that described in general dictionaries of French as a frame of reference (but not as a norm) are registered. In brief, the DSR covers a regional norm...

LEXICOGRAFÍA ESPECIALIZADA Y LENGUAJES DE ESPECIALIDAD: FUNDAMENTOS TEÓRICOS Y METODOLÓGICOS PARA LA ELABORACIÓN DE DICCIONARIOS ESPECIALIZADOS

Edo Marzá,Nuria
Fonte: Lingüística Publicador: Lingüística
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 ES
Relevância na Pesquisa
37.41%
En el presente artículo se pretende mostrar de forma progresiva y secuencial pero integrada una aproximación teórico-práctica al desarrollo de diccionarios especializados desde un enfoque activo, centrado en el usuario y sus necesidades y acorde con las corrientes terminográficas actuales de tipo lingüístico-comunicativo, lo cual nos llevará a adoptar finalmente la etiqueta de “lexicografía especializada” para referirnos a los fundamentos teórico-metodológicos que guían o deberían guiar el desarrollo de estos diccionarios de especialidad. Con este fin y desde una perspectiva teórica se han analizado, entre otros aspectos, los tres pilares básicos en que se sustenta la lexicografía especializada: (1) los lenguajes de especialidad, (2) la terminología, entendida aquí desde la Teoría Comunicativa de la Terminología (Cabré 1999) y (3) la lingüística de corpus como medio necesario para el análisis de los términos en uso. Esta perspectiva teórica de la lexicografía especializada se presenta a su vez complementada por unos fundamentos prácticos y una propuesta metodológica concreta para la elaboración de diccionarios activos de especialidad, mostrándose aquí como resultado el tipo de entrada lexicográfica a obtener...