Página 1 dos resultados de 50 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

"Listeria monocytogenes e Salmonella spp. em leite cru produzido em quatro regiões leiteiras no Brasil: ocorrência e fatores que interferem na sua detecção" ; Listeria monocytogenes and Salmonella spp. in raw milk produced in four milk-producing regions in Brazil: occurrence and factors that interfere in their detection

Nero, Luis Augusto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
56.4%
O Brasil tem uma grande produção leiteira, e, embora seu comércio seja ilegal, o leite cru é consumido por uma parcela da população, principalmente na zona rural. Visando avaliar o risco associado ao consumo de leite cru, esse trabalho estudou a ocorrência de Listeria monocytogenes e Salmonella spp. em leite cru produzido em quatro importantes regiões produtoras de leite do Brasil, fazendo uma correlação com os níveis de contaminação com outros microrganismos indicadores de qualidade do produto (bactérias aeróbias mesófilas totais, coliformes totais e Escherichia coli), bem como investigou a presença de substancias químicas empregadas no manejo do gado bovino (sanitizantes, antibióticos e defensivos agrícolas). Foi também avaliada a interferência de alguns fatores na detecção desses dois patógenos em leite cru, incluindo sensibilidade da metodologia analítica, possível ação inibitória dos resíduos químicos e o possível antagonismo microbiano da microbiota autóctone do leite sobre L. monocytogenes ou Salmonella spp. O estudo foi conduzido com amostras de leite cru obtidas em 210 fazendas leiteiras localizadas nos Estados do Paraná, São Paulo, Rio Grande do Sul e Minas Gerais, selecionadas de acordo com as diferentes práticas de ordenha e de equipamentos disponíveis. Os resultados indicaram ausência dos dois patógenos em todas as amostras estudadas...

Validação da metodologia de citometria de fluxo para avaliação da contagem bacteriana do leite cru; Evaluation of flow cytometry as a method for total bacterial count of raw milk

Cassoli, Laerte Dagher
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
56.23%
O objetivo do trabalho foi avaliar a utilização da metodologia de citometria de fluxo na determinação da contagem bacteriana total (CBT) do leite cru. No primeiro estudo foi avaliado o efeito da temperatura de armazenamento, da idade da amostra e do tipo conservante sobre a CBT. Também foi estudada a possibilidade de se utilizar uma única amostra de leite para a realização das análises previstas na Instrução Normativa 51 (IN-51). Foram testadas, três temperaturas de armazenamento (0oC – congelado, 7oC – resfriamento e 24 oC – ambiente), três conservantes (bronopol, azidiol e sem conservante) e quatro tempos entre a coleta e a análise (idade da amostra) (um (D1), três (D3), cinco (D5) e sete (D7) dias). Foi considerado tratamento controle para análise de CBT, amostras refrigeradas, com azidiol e com um dia de idade. Para as análises de composição e CCS, o tratamento controle foram amostras refrigeradas, com bronopol e com um dia de idade. Os resultados indicaram que será necessária a coleta de duas amostras, uma destinada à determinação de CCS e composição, contendo bronopol e, outra, para CBT, contendo azidiol. A amostra para CBT poderá ser analisada em até sete dias após a coleta, desde que mantida sob refrigeração à 7ºC. Deve-se evitar o aquecimento ou o congelamento da amostra para CBT...

Avaliação da qualidade do leite de propriedades da região do Vale do Taquari no estado do Rio Grande do Sul; Evaluation of milk’s quality from properties in the region of Vale do Taquari in Rio Grande do Sul State

Borges, Karen Apellanis; Reichert, Simone; Zanela, Maira Balbinotti; Fischer, Vivian
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.25%
A melhoria da qualidade do leite é um grande desafio para o setor leiteiro, tendo em vista que uma matéria prima de boa qualidade resulta num maior rendimento e qualidade dos derivados lácteos produzidos, trazendo benefícios para a indústria e para o consumidor. A análise da composição (teor de gordura e proteína bruta), a contagem de células somáticas (CCS) e a contagem bacteriana total (CBT) são instrumentos importantes na avaliação da qualidade do leite. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento implantou a Instrução Normativa 51/2002, que estabeleceu parâmetros para os componentes do leite. O objetivo deste trabalho foi verificar a situação da qualidade do leite na região do Vale do Taquari, sua variação ao longo do ano e sua adequação aos parâmetros da IN51. O estudo foi realizado no período de agosto de 2006 a agosto de 2007 (13 meses). Foram coletadas amostras de leite de 11 propriedades selecionadas, totalizando 143 amostras. Foram realizadas as análises de: CCS, CBT e composição do leite (teores de gordura e proteína bruta). Os valores médios das análises realizadas foram: gordura - 3,34%, proteína bruta - 3,09%, CCS - 6,0x105 células/mL e CBT - 1,07x106 UFC/mL. Com relação aos padrões da IN51...

Avaliação da qualidade físico-química e microbiológica do leite cru, do leite pasteurizado tipo A e de pontos de contaminação de uma Granja Leiteira no RS; Evaluation of physical, chemical and microbiological quality of raw and pasteurized grade A milk and points of contamination at a dairy farm in RS

Silva, Vanessa Aparecida de Mello da; Rivas, Paula Marques; Zanela, Maira Balbinotti; Pinto, Andrea Troller; Ribeiro, Maria Edi R.; Silva, Fabiana Fernanda Pacheco da; Machado, Maluza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.21%
O leite tipo A, produzido e beneficiado em granja leiteira, possui padrões de qualidade específicos. O objetivo desse trabalho foi avaliar a qualidade físico-química e microbiológica do leite cru e pasteurizado tipo A e de pontos de contaminação em uma granja leiteira do RS. De novembro de 2006 a abril de 2008 foram realizadas seis coletas. A cada coleta foram amostrados: leite cru e pasteurizado, swabes de tetos e teteiras para contagem de coliformes totais, termotolerantes, bactérias mesófilas aeróbias e psicrotróficas. Foi realizada análise físico-química do leite. A contagem de coliformes totais e termotolerantes no leite pasteurizado indicou que 50% e 33,3% das amostras estavam fora do padrão, respectivamente. Na contagem de mesófilos aeróbios no leite pasteurizado, duas amostras apresentaram resultados acima do limite estabelecido pela Instrução Normativa 51 (IN51). No leite cru, 3 amostras apresentaram elevadas contagens de mesófilos aeróbios (>1,0 x 104UFC/mL). A quantidade de psicrotróficos do leite cru variou entre as coletas. Houve aumento dos valores entre a primeira e a última coleta para as contagens na superfície das teteiras do início para o fim do período da ordenha. Na análise físico-química do leite foi verificado que duas amostras de leite cru e uma amostra de leite pasteurizado apresentaram teores de gordura abaixo do mínimo permitido (3...

Avaliação da qualidade do leite e de queijos produzidos pela agricultura familiar, em sistemas de produção ecológico e convencional, no leste do Rio Grande do Sul

Fernandez, Victoria Noel Vázquez
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.47%
A produção leiteira do Brasil vem crescendo anualmente desde a década de 1990. Em todo o país a agricultura familiar tem grande participação na produção de leite, sendo que no Rio Grande do Sul mais de 80% do volume de leite entregue à industria é oriundo de propriedades familiares, Essas propriedades adotam sistemas de produção diferenciados quanto à adoção de insumos, podendo ser convencionais ou ecológicas, e muitas vezes procura agregar valor à produção através do beneficiamento do leite a derivados lácteos. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade do leite, produzido em sistema convencional e ecológico, e de queijos artesanais oriundos da agricultura familiar e verificar se a qualidade destes está adequada às respectivas legislações vigentes. O trabalho foi realizado entre outubro de 2008 e setembro de 2009, quando 10 UPL da agricultura familiar localizadas na região leste do Rio Grande do Sul eram visitadas mensalmente. Nessa ocasião foram coletadas amostras compostas de leite (do tanque de resfriamento) de cada uma das propriedades e encaminhadas à análise da composição química, contagem de células somáticas, contagem bacteriana total e análises físico-quimicas. Nos meses de fevereiro e julho de 2009 foram coletadas amostras dos alimentos ofertados aos animais em cada uma das propriedades...

A qualificação do setor leiteiro no RS : impactos da implementação da instrução normativa 51/2002

Bertoldi, Séfora
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.57%
A produção mundial de leite sofreu diversas transformações ao longo da década de 1990. A abertura comercial e a financeirização da economia permitiu uma maior interação entre os mercados leiteiros dos diferentes países. No Brasil, fatores como a inserção no Mercosul e a implantação do Plano Real contribuíram para a reestruturação da cadeia produtiva do leite. Com a entrada dos produtos estrangeiros mais competitivos o setor foi obrigado a se modernizar e qualificar a sua produção. Tais fatos levaram as autoridades a intervir e criar regulamentações visando atingir os padrões internacionais de qualidade do leite. Diversas portarias, resoluções e instruções normativas foram sendo criadas para dar suporte aos produtores e para a indústria do leite. Em 2002 foi implementada a Instrução Normativa 51, uma das normas de qualidade mais importantes para o setor até hoje. Apesar de ter sido complementada recentemente pela Instrução Normativa 62/2011, foi a IN 51 que marcou uma nova etapa para o setor leiteiro nacional. Neste contexto, ao mesmo tempo em que a IN 51 conseguiu modificar a realidade produtiva de algumas regiões e atingir os objetivos propostos, percebe-se que grande parte dos produtores ainda não está de acordo com os níveis de qualidade devido alguns fatores como a falta de assistência técnica e o não pagamento do litro de leite pela qualidade...

Leite cru de quatro regiões leiteiras brasileiras: perspectivas de atendimento dos requisitos microbiológicos estabelecidos pela Instrução Normativa 51

Nero, Luís Augusto; Mattos, Marcos Rodrigues de; Beloti, Vanerli; Barros, Márcia de A. F.; Pinto, José Paes de Almeida Nogueira; Andrade, Nélio José de; Silva, Wladimir Padilha da; Franco, Bernadette D. G. M.
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 191-195
POR
Relevância na Pesquisa
76.57%
Evidências que o leite produzido e consumido no Brasil nem sempre apresenta a qualidade desejada têm gerado a discussão e desenvolvimento de novas políticas de incentivo à produção leiteira, resultando no desenvolvimento do Programa Nacional de Melhoria da Qualidade do Leite. em complementação, em 2002 o Ministério da Agricultura publicou a Instrução Normativa 51 (IN51), com importantes inovações em relação à conservação e transporte do leite cru, além de estabelecimento de um padrão de qualidade para esse tipo de leite (10(6) UFC/mL), a ser implantado em diferentes prazos nas diferentes regiões do país, a partir de 2005. O presente trabalho teve como objetivo verificar se o leite cru produzido em quatro áreas de quatro estados produtores de leite no Brasil estaria, nesse momento, em condições de cumprir o estabelecido na IN 51, especialmente quanto ao atendimento dos padrões microbiológicos previstos. Amostras de leite cru, coletadas em 210 diferentes propriedades nas regiões de Viçosa, MG (47), Pelotas, RS (50), Londrina, PR (63) e Botucatu, SP (50), foram analisadas quanto aos níveis de contaminação por aeróbios mesófilos, utilizando o PetrifilmTM AC. Parcela significativa das amostras (48,6%) apresentaram contagens acima do determinado pela IN51...

Avaliação da eficacia do tetra-test como ferramenta de gestão da qualidade do leite cru refrigerado

Oliveira, Camilo Ferreira de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: vii, 63 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
56.22%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Medicina Veterinária - FCAV; Este trabalho teve o objetivo de avaliar a eficácia de uma nova ferramenta de gestão da qualidade do leite cru refrigerado, comparativamente à utilização dos testes tradicionais de controle, nas condições da Instrução Normativa 51 (IN 51). Foram utilizadas 374 amostras individuais de leite cru refrigerado (produtor) e 125 amostras de leite cru de conjunto (bocas de tanques de caminhões transportadores, referindo-se a leites desses mesmos produtores). As amostras foram submetidas a duas análises microbiológicas, sendo as individuais submetidas à prova rápida de redução em tubos – o “Tetra-Test”, com o objetivo de estimar a carga microbiana do leite e a microbiota predominante, enquanto as amostras de conjunto foram submetidas à contagem padrão em placas (CPP) como método de referência. Paralelamente, buscou-se verificar os efeitos do processo de centrifugação nas características e/ou propriedades da matériaprima industrial durante a execução do processo por Ultra Alta Temperatura (UAT). Foram utilizadas 56 amostras de leite provenientes da linha de processamento, tomadas imediatamente antes e depois da etapa de centrifugação interposta no início do processo...

Influência de variáveis climáticas e possibilidade de fraude em parâmetros da IN 62 utilizados pelos programas de pagamento por qualidade de leite

Oliveira, Mônica Costa
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: viii, 80 p. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
56.44%
Pós-graduação em Medicina Veterinária - FCAV; Com o Brasil aumentando cada vez mais a produção de leite houve uma preocupação maior com a qualidade do leite e seus derivados. Em 2011 foi implantada a Instrução Normativa 62 (IN 62) em 29 de dezembro de 2011 que revogou a Instrução Normativa 51 (IN 51) de 18 de setembro de 2002. Dentre as alterações, as principais foram sobre os limites de contagem de células somáticas (CCS) e contagem bacteriana total (CBT). Para que os produtores fornecessem um produto com qualidade, as empresas paralelamente ao governo federal implantaram programas de qualidade do leite, que bonificam ou penalizam os produtores pela qualidade do leite produzido. Com isso a presente pesquisa teve como objetivo avaliar amostras de leite colhidas de propriedades da região nordeste do Estado de São Paulo quanto aos parâmetros de composição, contagem de célula somática (CCS) e contagem bacteriana total (CBT), para verificar se as mesmas atenderiam ao estabelecido pela IN 62 e também averiguar a influência das estações do ano sobre tais parâmetros. Foram colhidas 1.716 amostras de leite cru direto dos tanques de expansão de 143 propriedades do Estado de São Paulo durante o ano de 2012 e realizadas as análises dos requisitos. De um total de 1.716 amostras avaliadas o período da primavera apresentou maiores índices de rejeição quanto os padrões para a IN 62 (69%)...

Qualidade do leite em sistemas de produção na região Sul do Rio Grande do Sul

Zanela,Maira Balbinotti; Fischer,Vivian; Ribeiro,Maria Edi Rocha; Stumpf Junior,Waldyr; Zanela,Claudir; Marques,Lúcia Treptow; Martins,Paulo Ricardo Garcia
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
76.45%
O objetivo deste trabalho foi caracterizar a produção e a qualidade do leite em sistemas de produção da região Sul do Rio Grande do Sul e verificar a porcentagem de amostras que se enquadram nos limites determinados pela Instrução Normativa 51 (IN 51). De setembro de 2000 a agosto de 2001, exceto janeiro, foram monitoradas, mensalmente, dez unidades de produção leiteira classificadas nos seguintes sistemas de produção: especializado, semi-especializado e não especializado. Em amostras coletadas no tanque resfriador, foram avaliadas características físico-químicas do leite, realizada a contagem de células somáticas e a produção de leite foi corrigida para 4% de gordura. Houve diferença significativa entre os sistemas para produção de leite, porcentagens de gordura, lactose, caseína, sólidos totais, sólidos desengordurados, contagem de células somáticas, acidez titulável e densidade. Consideradas todas as características do leite, apenas 41,8% das amostras se enquadraram nos limites estabelecidos pela IN 51. A maior especialização dos sistemas resultou em aumento da produção de leite e menor contagem de células somáticas, além de maiores valores porcentuais da caseína, lactose e sólidos desengordurados...

Leite cru de quatro regiões leiteiras brasileiras: perspectivas de atendimento dos requisitos microbiológicos estabelecidos pela Instrução Normativa 51

Nero,Luís Augusto; Mattos,Marcos Rodrigues de; Beloti,Vanerli; Barros,Márcia de A. F.; Pinto,José Paes de A. N.; Andrade,Nélio José de; Silva,Wladimir Padilha da; Franco,Bernadette D. G. M.
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2005 PT
Relevância na Pesquisa
76.43%
Evidências que o leite produzido e consumido no Brasil nem sempre apresenta a qualidade desejada têm gerado a discussão e desenvolvimento de novas políticas de incentivo à produção leiteira, resultando no desenvolvimento do Programa Nacional de Melhoria da Qualidade do Leite. Em complementação, em 2002 o Ministério da Agricultura publicou a Instrução Normativa 51 (IN51), com importantes inovações em relação à conservação e transporte do leite cru, além de estabelecimento de um padrão de qualidade para esse tipo de leite (10(6) UFC/mL), a ser implantado em diferentes prazos nas diferentes regiões do país, a partir de 2005. O presente trabalho teve como objetivo verificar se o leite cru produzido em quatro áreas de quatro estados produtores de leite no Brasil estaria, nesse momento, em condições de cumprir o estabelecido na IN 51, especialmente quanto ao atendimento dos padrões microbiológicos previstos. Amostras de leite cru, coletadas em 210 diferentes propriedades nas regiões de Viçosa, MG (47), Pelotas, RS (50), Londrina, PR (63) e Botucatu, SP (50), foram analisadas quanto aos níveis de contaminação por aeróbios mesófilos, utilizando o PetrifilmTM AC. Parcela significativa das amostras (48,6%) apresentaram contagens acima do determinado pela IN51...

Perfil de propriedades leiteiras de Santa Catarina em relação à Instrução Normativa 51

Winck,César Augustus; Thaler Neto,André
Fonte: UFBA - Universidade Federal da Bahia Publicador: UFBA - Universidade Federal da Bahia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.48%
Santa Catarina é o quinto maior produtor de leite do país, sendo essa atividade uma importante fonte de renda para os produtores. Para a continuidade dessa realidade, torna-se importante que atendam às normas de qualidade do leite estabelecidas pela Instrução Normativa 51/2002 (IN 51). Com o objetivo de identificar o perfil de propriedades leiteiras e verificar a percepção dos produtores sobre as exigências de qualidade do leite estabelecidas pela IN 51, realizou-se uma pesquisa diagnóstica por meio da aplicação de questionário, estruturado a 166 produtores de leite das regiões catarinenses do Meio-oeste e Alto Vale do Itajaí, no período de abril a setembro de 2006. As propriedades apresentavam, em sua maioria, perfil compatível com a agricultura familiar, isto é, comercializavam em média 97,6kg de leite/dia, com 13,6 vacas em lactação, por terreno. Os produtores apresentavam baixo nível de escolaridade e idade superior 40 anos. O leite era uma das duas principais atividades econômicas em 88,0% das propriedades. Uma parcela considerável desses produtores ainda realizava ordenha manual (33,7%) em estábulo convencional (94%) e conservava o leite em imersão em água gelada (56,6%). Menos de 30% conheciam a IN 51...

Qualidade do leite em sistemas de produção na região Sul do Rio Grande do Sul.

ZANELA, M.B.; FISCHER, V.; RIBEIRO, M.E.R.; STUMPF JUNIOR, W.; ZANELA, C.; MARQUES, L.T.; MARTINS, P.R.G.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.41, n. 1, p.153-159, jan. 2006. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.41, n. 1, p.153-159, jan. 2006.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.46%
O objetivo deste trabalho foi caracterizar a produção e a qualidade do leite em sistemas de produção da região Sul do Rio Grande do Sul e verificar a porcentagem de amostras que se enquadram nos limites determinados pela Instrução Normativa 51 (IN 51). De setembro de 2000 a agosto de 2001, exceto janeiro, foram monitoradas, mensalmente, dez unidades de produção leiteira classificadas nos seguintes sistemas de produção: especializado, semi-especializado e não especializado. Em amostras coletadas no tanque resfriador, foram avaliadas características físico-químicas do leite, realizada a contagem de células somáticas e a produção de leite foi corrigida para 4% de gordura. Houve diferença significativa entre os sistemas para produção de leite, porcentagens de gordura, lactose, caseína, sólidos totais, sólidos desengordurados, contagem de células somáticas, acidez titulável e densidade. Consideradas todas as características do leite, apenas 41,8% das amostras se enquadraram nos limites estabelecidos pela IN 51. A maior especialização dos sistemas resultou em aumento da produção de leite e menor contagem de células somáticas, além de maiores valores porcentuais da caseína, lactose e sólidos desengordurados...

Economia de escala no processo de resfriamento do leite cru tipo B em propriedades rurais.

VINHOLIS, M. de M. B.
Fonte: In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 45., 2007, Londrina. Conhecimento para a agricultura do futuro: anais. Londrina: Sober: IAPAR:UEL, 2007. Publicador: In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 45., 2007, Londrina. Conhecimento para a agricultura do futuro: anais. Londrina: Sober: IAPAR:UEL, 2007.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.24%
Economia de escala é decorrente da redução dos custos unitários à medida que se expande a escala de produção. Este artigo tem por objetivo a estimativa dos custos envolvidos no processo de resfriamento do leite cru tipo B após a implantação da Instrução Normativa 51 e a verificação das possíveis fontes de economias de escala. Concluiu-se que existe forte tendência a este tipo de economia nesta atividade devido aos retornos crescentes no custo de investimento e operacional conforme aumenta-se a capacidade dos tanques de resfriamento.; 2007; In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 45., 2007, Londrina. Conhecimento para a agricultura do futuro: resumos. Londrina: Sober: IAPAR:UEL, 2007.

Uma nova etapa da Instrução Normativa n° 51: a Região Centro-Sul.

FAGUNDES, M. H.
Fonte: Revista de Política Agrícola, Brasília, DF, ano 15, n. 2, p. 33-48, abr./jun. 2006. Publicador: Revista de Política Agrícola, Brasília, DF, ano 15, n. 2, p. 33-48, abr./jun. 2006.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.38%
Após a verificação da insuficiente qualidade do leite produzido no País, a Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA/Mapa) publicou a Instrução Normativa nº 51 em setembro de 2002 (IN nº 51/2002), cujas novas exigências entraram em vigor, na Região Centro-Sul, em 1º/7/2005. Esse normativo estabelece requisitos mínimos de qualidade para os leites tipo A, B e C, para o leite cru refrigerado e pasteurizado, além de dispor normas para a coleta a granel da matériaprima. Para as regiões Norte e Nordeste, essas exigências só passarão a ser obrigatórias a partir de 1º/7/2007. Trata-se de uma iniciativa que deverá incentivar a melhoria da qualidade do leite inspecionado por meio da aplicação de testes de qualidade mais rigorosos. Estão previstas, com base em um calendário diferenciado por região, etapas progressivas para a melhoria da qualidade, as quais se estendem de 2002 a 2011 para a Região Centro-Sul (Sul, Sudeste e Centro-Oeste), e de 2002 a 2012 para as regiões Norte e Nordeste. A pequena produção leiteira deverá adequar-se às novas disposições normativas mediante a sua organização em associações, bem como com a disponibilização de tanques comunitários de resfriamento.; 2006

Fatores de influência na produção de leite bovino sobre os níveis da contagem bacteriana total; Factors influencing the production of bovine milk on the levels of total bacterial count

Guerra, Mirela Gurgel
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Produção Animal; Sistemas de Produção Sustentáveis no Semi-árido; Caracterização, conservação e melhoramento genético Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Produção Animal; Sistemas de Produção Sustentáveis no Semi-árido; Caracterização, conservação e melhoramento genético
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.49%
The objective of this study was to evaluate the influence of milking procedures on the levels of total bacterial count (TBC) in bovine milk. In the first study the influences of procedures for hygienic milking, cleaning of milking equipment and milk cooling tanks on the TBC levels were evaluated. Four bulk samples of milk were collected from each tank in eight properties for TBC analysis, employing the flow cytometry method. A questionnaire was applied in each property to assess the current situation of milking procedures on each production system that took part on this research, followed by training of employees in good agricultural practices in the production of milk and monitoring of the TBC measurements. The methodology for analysis of longitudinal data was considered, focusing on random effects models. The results showed that the handling procedures for milking and the cleanliness of the cooling tank contributed to a further reduction in the levels of TBC raw milk cooling tanks. The second study aimed to describe the percentage of the properties that comply with the Normative Instruction Nº 51 (Brazil s IN 51) with regard to total bacterial count (TBC) in bovine milk. The study was conducted from January 2010 to July 2011. Milk samples were collected from the eight properties selected for TBC analysis by the flow cytometry method. Again...

Custos para a adequação à Instrução Normativa 51 por pecuaristas de leite no sul de Minas Gerais: estudo multicasos; Costs for adequacy to Normative Instruction n. 51 by milk producer of the southern region of the state of Minas Gerais: multicases study

Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DCA - Departamento de Ciência dos Alimentos; UFLA; BRASIL Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DCA - Departamento de Ciência dos Alimentos; UFLA; BRASIL
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.35%

Qualidade do leite produzido e beneficiado no Distrito Federal (Brasil) quanto à adequação à instrução normativa nº 51/2002; Quality of the milk produced and processed in Distrito Federal (Brazil) regarding its adequacy to normative instruction nº 51/2002

Silva, Patrícia Helena Caldeira da
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
56.43%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2010.; A produção leiteira no Distrito Federal, Brasil, é uma atividade potencial para o crescimento da região e de importância significativa para a agricultura familiar. A produção e o beneficiamento do leite estão regulamentados por legislações que determinam os critérios de qualidade do produto. Essa pesquisa teve como objetivo avaliar os parâmetros físico-químicos e microbiológicos indicadas na Instrução Normativa n.º 51/2002 (MAPA), assim como pesquisar resíduos de antibióticos, cloretos e amido nos leites cru (LC) e pasteurizado (LP). Foram colhidos 19 lotes (n=5) de LP e 19 amostras de LC em laticínios do Distrito Federal que recebem matéria-prima da região e do entorno, para as análises acima citadas. Os resultados obtidos demonstram qualidade insatisfatória da matéria-prima sendo que as principais alterações físico-químicas observadas foram em relação ao Índice crioscópico (57,9%), a acidez (31,5%), a contagem de aeróbios mesófilos (63,2%) e presença de resíduos de antibióticos (11,1%), além da verificação de prática irregular de aquecimento da matéria-prima a temperaturas acima de 65ºC. Com relação aos LP...

IMPLANTAÇÃO DE MEDIDAS DE HIGIENE NA ORDENHA PARA MELHORIA DA QUALIDADE DO LEITE NO MUNICÍPIO DE PATY DO ALFERES/RJ, BRASIL

Lordão, Angela Conceição; Universidade Federal Fluminese Emater-Rio; Franco, Robson Maia; Universidade Federal Fluminense; Malavota, Licia Cristina Miranda; Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro; Mano, Sergio Borges; Universidade Federal Flumine
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 28/11/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
A qualidade do leite é um tema em constante discussão no Brasil, e em 2011 foi publicada a Instrução Normativa 62, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) na qual são estabelecidos critérios e padrões para a produção do leite cru, alterando a Instrução Normativa 51 de 2002. A obtenção do leite de forma higiênica é fundamental para a qualidade do produto final, e depende do primeiro elo da cadeia do leite, composto principalmente por pequenas propriedades de base familiar. Considerando a importância do leite na alimentação, e a necessidade de melhoria da qualidade do leite no país, objetivou-se no presente trabalho, avaliar a eficiência da implantação das boas práticas agropecuárias na produção leiteira entre agricultores familiares, no município de Paty do Alferes, Rio de Janeiro, com ênfase em práticas de higiene na ordenha. Amostras foram coletadas para verificação do atendimento à legislação vigente e um curso teórico e prático sobre ordenha higiênica e qualidade do leite foi desenvolvido, com a participação de 11 produtores e seus familiares. As análises realizadas foram: contagem de bactérias heterotróficas aeróbias mesófilas (CBHAM), contagem de bactérias heterotróficas aeróbias psicrotróficas...

MUDANÇAS INSTITUCIONAIS RECENTES NA PRODUÇÃO DE LEITE BRASILEIRA: IN 51 versus IN 62

Pascoal José Marion Filho; Universidade Federal de Santa Maria; Henrique Reichert; Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Fonte: Revista de Administração e Negócios da Amazônia Publicador: Revista de Administração e Negócios da Amazônia
Tipo: Artigo Avaliado por Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.52%
A qualidade do leite brasileiro se encontra muito aquém dos padrões internacionais, o que dificulta o aumento da comercialização externa. Para enfrentar o problema, em 2002, foi elaborada a Instrução Normativa 51 (IN 51), a qual exigia padrões mínimos de qualidade para a produção leiteira, dentre outras instruções. Em 2012, tem-se a Instrução Normativa 62 (IN 62), a qual apresenta um afrouxamento de algumas exigências. Tendo como base a Teoria Institucionalista, o artigo tem como objetivo avaliar e comparar a nova normativa com a anterior, identificando pontos onde houve avanço ou retrocesso para a atividade leiteira no Brasil. Faz-se uma análise descritiva com base em pesquisa bibliográfica. Conclui-se que a Instrução Normativa 51 foi eficaz na política de incentivos à modernização do setor, ainda que tenha reforçado o movimento de exclusão de parte dos produtores. Em relação a Instrução Normativa 62, considera-se que esta não contribui para o aumento da especialização na atividade e para o ganho de credibilidade do produto. No entanto...