Página 1 dos resultados de 1136 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

A novel A2 allele found in Leishmania (Leishmania) infantum chagasi; Novo alelo do gene A2 descrito em Leishmania (Leishmania) infantum chagasi

OLIVEIRA, Trícia Maria Ferreira de Sousa; VASCONCELOS, Elton José Rosas de; NAKAGHI, Andréa Cristina Higa; DEFINA, Tânia Paula Aquino; JUSI, Márcia Mariza Gomes; BALDANI, Cristiane Divan; CRUZ, Ângela Kaysel; MACHADO, Rosangela Zacarias
Fonte: Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária Publicador: Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária
Tipo: Relatório
ENG
Relevância na Pesquisa
67.29%
Visceral leishmaniasis (VL) is a widely spread zoonotic disease. In Brazil the disease is caused by Leishmania (Leishmania) infantum chagasi. Peridomestic sandflies acquire the etiological agent by feeding on blood of infected reservoir animals, such as dogs or wildlife. The disease is endemic in Brazil and epidemic foci have been reported in densely populated cities all over the country. Many clinical features of Leishmania infection are related to the host-parasite relationship, and many candidate virulence factors in parasites that cause VL have been studied such as A2 genes. The A2 gene was first isolated in 1994 and then in 2005 three new alleles were described in Leishmania (Leishmania) infantum. In the present study we amplified by polymerase chain reaction (PCR) and sequenced the A2 gene from the genome of a clonal population of L. (L.) infantum chagasi VL parasites. The L. (L.) infantum chagasi A2 gene was amplified, cloned, and sequenced in. The amplified fragment showed approximately 90% similarity with another A2 allele amplified in Leishmania (Leishmania) donovani and in L.(L.) infantum described in literature. However, nucleotide translation shows differences in protein amino acid sequence, which may be essential to determine the variability of A2 genes in the species of the L. (L.) donovani complex and represents an additional tool to help understanding the role this gene family may have in establishing virulence and immunity in visceral leishmaniasis. This knowledge is important for the development of more accurate diagnostic tests and effective tools for disease control.; A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose amplamente disseminada...

Presence of antibodies against Toxoplasma gondii, Neospora caninum and Leishmania infantum in dogs from Piauí; Presença de anticorpos anti-Toxoplasma gondii, Neospora caninum e Leishmania infantum em cães do Piauí

LOPES, Marcos Gomes; MENDONÇA, Ivete Lopes; FORTES, Kleber Portela; AMAKU, Marcos; PENA, Hilda de Fátima Jesus; GENNARI, Solange Maria
Fonte: Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária Publicador: Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
67.2%
This study aimed to evaluate the presence of antibodies against Neospora caninum, Toxoplasma gondii and Leishmania infantum in dogs attended at the Veterinary Hospital of the Federal University of Piauí, Northeastern Brazil, where there are no reports of the occurrence of N. caninum and T. gondii in dogs. Serum samples from 530 dogs of genders, different ages and breeds from the municipality of Teresina and nearby towns were analyzed using three indirect fluorescent antibody tests, each one targeting one of the three agents. The associations between the parasites and gender, breed and age of the dogs were assessed by the chi-square test (p > 0.05). The occurrence of antibodies to N. caninum, T. gondii and L. infantum was 3.2, 18.0 and 78.1%, respectively. Toxoplasma gondii was more frequently found in older dogs (p < 0.05) whereas L. infantum was more common in animals aged between 1 to 3 years (p < 0.05). In order to evaluate potential associations between the presence of anti-N. caninum and anti-T. gondii antibodies and Leishmania infection, 240 dogs were selected (120 positive and 120 negative for Leishmania spp.), based on serological and parasitological diagnoses. No association was found between Leishmania spp. and the coccidian parasites (p > 0.05). The results confirm the exposure of dogs to these parasites in the State of Piauí.; Este estudo teve como objetivo avaliar a presença de anticorpos contra Neospora caninum...

Papel de linfócitos Th17 durante a infecção experimental por Leishmania infantum/chagasi; Role of Th17 lymphocytes during Leishmania infantum/chagasi infection

Nascimento, Manuela Sales Lima
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
67.24%
Leishmaniose visceral (LV) é uma doença crônica e potencialmente fatal causada pelas espécies Leishmania infantum/chagasi e Leishmania donovani. O desenvolvimento da resposta Th1 é classicamente associado à proteção contra esses parasitos, mas também há uma correlação positiva entre a produção de citocinas relacionadas com o padrão Th17 e a proteção contra LV por L. donovani em seres humanos. No entanto, a participação de Th17 durante a infecção por L. infantum/chagasi permanece desconhecida. O objetivo desse estudo foi avaliar a participação de Th17 e citocinas relacionadas, além do mecanismo pelo qual tais células operam durante a resposta imune do hospedeiro contra L. infantum/chagasi. Os resultados mostraram que o parasito é capaz de induzir grandes quantidades de TGF-, IL-1, IL-6 e IL-23 por células dendríticas derivadas da medula óssea (BMDC), citocinas envolvidas na indução e/ou manutenção do perfil Th17. Assim, co-cultivando células do baço de camundongos C57BL/6 naves com BMDCs infectadas com L. infantum/chagasi observou-se uma significativa produção de IL-17 por células T. Esses achados foram confirmados por experimentos in vivo onde se constatou a produção de IL-17 no fígado e no baço de camundongos WT infectados...

Expressão da proteína imunomodulatória CD200 em macrófagos murinos infectados com Leishmania (Leishmania) infantum chagasi.; Expression of the CD200 immunomodulatory protein in murine macrophages infected with Leishmania (Leishmania) infantum chagasi.

Bressan, Albert da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
67.27%
A leishmaniose é um termo global para doenças causadas por parasitos do gênero Leishmania, sendo a Leishmaniose Visceral (LV) a forma mais grave da doença. No Brasil é causada pelo parasita Leishmania (Leishmania) infantum chagasi. Para garantir a sua sobrevivência, alguns parasitas são capazes de manipular respostas de defesa das células do sistema imune. Recentes estudos demonstraram a participação da proteína imunomodulatória CD200 durante o processo de infecção de L. (L.) amazonenses. O presente estudo teve como objetivo investigar se os parasitos L. (L.) infantum chagasi são capazes de induzir a expressão da proteína CD200 durante o processo infeccioso. Em ensaios de infecção ex vivo, não foi observado proliferação de parasitas intracelulares. Apesar disso, L. (L.) infantum chagasi foi capaz de induzir a expressão do gene CD200. De maneira interessante, diferente de infecções por L. (L.) amazonenses, a indução de CD200 nessas células foi observada em tempos mais tardios de infecção. Ensaios de imunoprecipitação e Western blot indicaram a síntese da proteína, que atingiu os seus maiores níveis a 120 horas pós-infecção. A presença de CD200 sugere o envolvimento dessa molécula em tempos mais tardios de infecção por L. (L.) infantum chagasi.; Leishmaniasis is a global term for diseases caused by parasites of the genus Leishmania...

A novel A2 allele found in Leishmania (Leishmania) infantum chagasi

Oliveira, Trícia Maria Ferreira de Sousa; Vasconcelos, Elton José Rosas de; Nakaghi, Andréa Cristina Higa; Defina, Tânia Paula Aquino; Jusi, Márcia Mariza Gomes; Baldani, Cristiane Divan; Cruz, Ângela Kaysel; Machado, Rosangela Zacarias
Fonte: Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária Publicador: Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 42-48
ENG
Relevância na Pesquisa
67.29%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 05/52678-4; A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose amplamente disseminada, causada no Brasil pela Leishmania (Leishmania) infantum chagasi. Flebotomíneos vetores adquirem o agente etiológico, alimentando-se do sangue de animais contaminados, como cachorros ou animais selvagens. A doença é endêmica no Brasil, e focos de epidemia são relatados em cidades densamente povoadas por todo o país. Muitas manifestações clínicas relacionadas à infecção por Leishmania estão ligadas à relação parasito-hospedeiro, e vários possíveis fatores de virulência dos parasitas, que causam a LV, são alvos de estudo, tais como os genes A2. O gene A2 foi isolado pela primeira vez em 1994 e, em seguida, em 2005, três novos alelos foram descritos em Leishmania (Leishmania) infantum. No presente estudo, um fragmento do gene A2 de uma população clonal de L.(L.) infantum chagasi foi amplificado por PCR e sua sequência de nucleotídeos determinada. O fragmento mostrou 90% de similaridade com alelos do gene A2 de Leishmania (Leishmania) donovani e de L. (L.) infantum, descritos na literatura. Entretanto, a tradução da sequência de nucleotídeos mostra diferenças na sequência de aminoácidos da proteína...

Molecular and serological detection of tick-borne pathogens in dogs from an area endemic for Leishmania infantum in Mato Grosso do Sul, Brazil

Sousa, Keyla Carstens Marques De; Andre, Marcos Rogerio; Herrera, Heitor Miraglia; Andrade, Gisele Braziliano De; Jusi, Marcia Mariza Gomes; Santos, Luciana Ladislau Dos; Barreto, Wanessa Teixeira Gomes; Machado, Rosangela Zacarias; Oliveira, Gilson Perei
Fonte: Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária Publicador: Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 525-531
ENG
Relevância na Pesquisa
67.24%
Patógenos transmitidos por carrapatos atingem uma variedade de hospedeiros vertebrados. Para identificar os agentes patogênicos transmitidos por carrapatos entre cães soropositivos para Leishmania infantum no município Campo Grande-MS, foi realizado um estudo sorológico e molecular para a detecção de Ehrlichia canis, Anaplasma platys e Babesia vogeli em 60 amostras de soro e baço, respectivamente. Adicionalmente, foi realizado o diagnóstico confirmatório de L. infantum por meio de técnicas sorológicas e moleculares. Também foi realizado o alinhamento e análise filogenética das sequências para indicar a identidade das espécies de parasitas que infectam esses animais. Anticorpos IgG anti-Ehrlichia spp., anti-B. vogeli e anti-L. infantum foram detectados em 39 (65%), 49 (81,6%) e 60 (100%) dos cães amostrados, respectivamente. Vinte e sete (45%), cinquenta e quatro (90%), cinquenta e três (88,3%), dois (3,3%) e um (1,6%) cães mostraram-se positivos na PCR para E. canis, Leishmania spp., Leishmania donovani complex, Babesia sp. e Anaplasma sp., respectivamente. Após o seqüenciamento, os amplicons mostraram 99% de similaridade com isolados de E. canis, B. vogeli e A. platys e Leishmania chagasi. Os resultados deste estudo indicaram que os cães soropositivos para L. infantum de Campo Grande...

Methylglyoxal metabolism in Leishmania infantum

Barata, Lídia Isabel Sebastião, 1983-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
67.23%
Tese de doutoramento, Bioquímica (Regulação Bioquímica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2010.; Leishmaniasis, caused by a Leishmania parasite belonging to the Trypanosomatidae family, are diseases affecting humans and other mammals. The most severe form of the disease is lethal if untreated, currently existing no vaccines or efficient therapies. The identification of new therapeutic targets is presently based on exploiting the biochemical differences between the parasite and the host. One of the main biochemical characteristics distinguishing trypanosomatids from other eukaryotic cells is the functional replacement of glutathione by trypanothione. In trypanosomatids, the glyoxalase system, comprising the enzymes glyoxalase I and glyoxalase II, depends on trypanothione to eliminate methylglyoxal, a toxic compound formed non-enzymatically during glycolysis. Hence, this is an excellent model system to understand trypanothione-dependent enzymes specificity at a kinetic and molecular level. The methylglyoxal metabolism in L. infantum study would not be complete without an account of aldose reductase, a NADPH-dependent enzyme also catabolising this toxic compound. This project includes an eclectic structural and biochemical study of the main enzymes involved in methylglyoxal catabolism...

Caracterização cinética e estrutural do sintase do óxido nítrico de Leishmania infantum

Sabino, Fábio Mira Rocha
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
67.2%
Tese de mestrado em Bioquímica, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2012; A leishmaniose é uma doença que ameaça cerca de 350 milhões de pessoas a nível mundial. O tipo mais grave da doença é a leishmaniose visceral, causada pelo parasita Leishmania infantum, com incidência na bacia do Mediterrâneo e América latina. Não existem ainda vacinas humanas nem tratamentos eficazes para a leishmaniose, o controlo desta doença é insuficiente e a área afectada pelo parasita tem aumentado. Consequentemente, a identificação de novos alvos terapêuticos eficazes assume uma elevada importância. Este projecto teve como principal objectivo caracterizar o sintase do óxido nítrico (NOS) de Leishmania infantum a nível estrutural, funcional e cinético ao longo do ciclo de vida do parasita, e o seu potencial como alvo terapêutico dada a relevância deste enzima em processos celulares vitais. Demonstrou-se pela primeira vez a presença de um NOS constitutivo dependente do cálcio activo nos diferentes estadios do ciclo de vida de Leishmania infantum. Foi descoberto que a sua actividade é regulada pelo cofactor tetrahidrobiopterina (BH4). Apesar da expressão do NOS não variar entre promastigotas e amastigotas...

Rastreio de leishmania infantum em cães assintomáticos na região de Mafra

Armés, Sílvia Maria Martins Curado
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em 28/07/2010 POR
Relevância na Pesquisa
67.14%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; A leishmaniose canina é uma doença parasitária de distribuição mundial provocada por um protozoário, que em Portugal, pertence à espécie L. infantum e é transmitido por vectores do género Phlebotomus. Nas zonas endémicas os cães infectados com L. infantum e assintomáticos são infectantes para o flebótomo vector numa proporção similar aos sintomáticos, contudo a comunidade veterinária não está devidamente alertada para a sua existência e importância. Este trabalho contribui para realçar a importância destes animais na transmissão de L. infantum. Neste âmbito foi realizado um rastreio de infecção por L. infantum em cães assintomáticos numa amostra de 80 cães habitantes na região de Mafra, Portugal. Este trabalho foi o primeiro realizado exclusivamente em cães assintomáticos em Portugal na região de Mafra. Através da técnica de IFI detectou-se que 8,75% (7/80) dos cães testados possuíam anticorpos anti-leishmania. Num dos cães positivos foi realizado PCR a partir de amostras cutâneas para detecção de ADN de L. infantum. Embora o resultado tenha sido negativo, a presença de parasitas no organismo do animal não pode ser excluída. Procurou-se também avaliar possíveis factores de risco. O controlo da leishmaniose canina apoia-se no esclarecimento da comunidade veterinária e dos proprietários de cães.; ABSTRACT - Leishmania infantum infection survey in asymptomatic dogs in Mafra area - Canine leishmaniosis is a parasitic disease of worldwide distribution caused by a protozoan transmited by insects of Phlebotomus genus. In endemic areas asymptomatic dogs infected by L.infantum are able to infect sandflies in a similar proportion as the symptomatic ones...

Estudo comparativo das alterações clínicas e laboratoriais em canídeos mono-infectados com Leishmania infantum versus canídeos co-infectados com Leishmania infantum e com Babesia canis, Ehrlichia canis e/ou Rickettsia conorii

Aguiar, Maria Catarina Costa Mendonça de
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em 14/09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
67.27%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; A Leishmaniose Canina é uma doença sistémica grave, crónica, debilitante e potencialmente fatal, provocada por um protozoário difásico, a Leishmania infantum. È endémica em grande parte do território de Portugal Continental e nos últimos anos têm-se assistido a um aumento da sua prevalência nos cães. É transmitida ao hospedeiro vertebrado através da picada do insecto vector, Phlebotomus perniciosus. As doenças transmitidas por vectores constituem um grupo de doenças infecciosas caracterizadas, muitas vezes, por sintomatologia inespecífica e semelhante entre as diferentes doenças e o seu diagnóstico pode ser um desafio. As co-infecções podem explicar, em parte, os casos de sintomatologia atípica, agravamento do quadro clínico e casos de insucesso à terapêutica instituída. Com esta dissertação pretendeu-se avaliar se os sinais clínicos, as alterações do hemograma e do proteinograma apresentam semelhanças entre canídeos mono-infectados com Leishmania infantum e canídeos co-infectados com Leishmania infantum e com pelo menos um dos seguintes agentes patogénicos: Babesia canis, Ehrlichia canis e/ou Rickettsia conorii. Foi realizado um estudo retrospectivo observacional...

Contribuição para o estudo da prevalência da infecção por Leishmania infantum em gatos domésticos e errantes nos distritos de Lisboa e Viseu

Garrido, Joana Margarida da Cruz Baptista Galvão
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 31/10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
67.23%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medina Veterinária; A Leishmaniose visceral zoonótica causada por Leishmania infantum é considerada uma doença endémica no nosso País. Sabe-se que o cão é o principal hospedeiro reservatório, no entanto, o papel do gato (Felis catus) na epidemiologia da doença têm vindo adquirir um interesse crescente. A presente dissertação baseia-se em um rastreio epidemiológico da infecção por Leishmania infantum em gatos dos distritos de Lisboa e Viseu. A amostra total foi de 80 gatos correspondendo 40 animais a cada área geográfica em estudo. Cada um desses 40 animais foram distribuídos equitativamente por 2 grupos: um de gatos domésticos e outro de gatos errantes. Foram utilizados dois métodos para o diagnóstico de infecção por L. infantum nos gatos, um serológico (Imunofluorescência Indirecta - IFI) que permite avaliar a resposta imunitária à infecção pelo parasita e outro molecular (Reacção em Cadeia da Polimerase em tempo real - qPCR) que mostra a presença de ADN do protozoário. Pela técnica de IFI, 15 (16,8%) animais foram positivos na diluição 1:40 e pela técnica de qPCR 8 (11,3%) gatos revelaram resultados positivos (com carga parasitária entre 100 a 500 cópias de moléculas de plasmídeo). Nos quatro grupos estudados...

Avaliação de duas técnicas serológicas (IFI e ELISA) e uma técnica molecular (qPCR em amostra de pele) no diagnóstico de infeção por Leishmania infantum em cães

Ribeiro, Ana Sofia Filipe Franco
Fonte: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 15/01/2015 POR
Relevância na Pesquisa
67.2%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; A infeção por Leishmania infantum no cão tem adquirido ao longo dos anos uma maior importância no nosso País e a uma escala mundial, sendo Leishmaniose visceral zoonótica endémica em Portugal. Este estudo foi realizado numa amostra de 39 cães assistidos no Hospital Escolar da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Lisboa e teve como objetivos: 1. Comparação da eficácia de duas técnicas serológicas (IFI e ELISA) para a deteção de anticorpos anti-Leishmania em quatro grupos de cães, a saber: A - Cães com Leishmaniose e simultaneamente infetados com agentes de outras doenças caninas transmitidas por vetores; B - Cães doentes com outras afeções - Doenças dermatológicas, Alterações oculares, Infeções Bacterianas, Tumores, Doenças endócrinas e DCTV (Babesiose, Erlichiose, Ricketsiose, excluindo Leishmaniose); C - Cães clinicamente saudáveis; D - Cães com Leishmaniose (com ou sem outras afeções); 2. Pesquisa de DNA de L. infantum pela técnica molecular qPCR em amostras de pele, nos quatro grupos de cães acima referidos; 3. Avaliar se diferentes doenças e estados clínicos influenciam o resultado de técnicas de diagnóstico para deteção de L. infantum; 4. Determinação da influência de fatores de risco como o sexo...

A novel A2 allele found in Leishmania (Leishmania) infantum chagasi

Oliveira,Trícia Maria Ferreira de Sousa; Vasconcelos,Elton José Rosas de; Nakaghi,Andréa Cristina Higa; Defina,Tânia Paula Aquino; Jusi,Márcia Mariza Gomes; Baldani,Cristiane Divan; Cruz,Ângela Kaysel; Machado,Rosangela Zacarias
Fonte: Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária Publicador: Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 EN
Relevância na Pesquisa
67.17%
Visceral leishmaniasis (VL) is a widely spread zoonotic disease. In Brazil the disease is caused by Leishmania (Leishmania) infantum chagasi. Peridomestic sandflies acquire the etiological agent by feeding on blood of infected reservoir animals, such as dogs or wildlife. The disease is endemic in Brazil and epidemic foci have been reported in densely populated cities all over the country. Many clinical features of Leishmania infection are related to the host-parasite relationship, and many candidate virulence factors in parasites that cause VL have been studied such as A2 genes. The A2 gene was first isolated in 1994 and then in 2005 three new alleles were described in Leishmania (Leishmania) infantum. In the present study we amplified by polymerase chain reaction (PCR) and sequenced the A2 gene from the genome of a clonal population of L. (L.) infantum chagasi VL parasites. The L. (L.) infantum chagasi A2 gene was amplified, cloned, and sequenced in. The amplified fragment showed approximately 90% similarity with another A2 allele amplified in Leishmania (Leishmania) donovani and in L.(L.) infantum described in literature. However, nucleotide translation shows differences in protein amino acid sequence, which may be essential to determine the variability of A2 genes in the species of the L. (L.) donovani complex and represents an additional tool to help understanding the role this gene family may have in establishing virulence and immunity in visceral leishmaniasis. This knowledge is important for the development of more accurate diagnostic tests and effective tools for disease control.

Estudo sobre a participação de rodedores na cadeia de transmissão de Leishmania infantum (Protozoa: Trypanosomatidae) no Rio Grande do Norte

Barbosa, Patrícia Batista Barra Medeiros
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Bioquímica; Bioquímica; Biologia Molecular Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Bioquímica; Bioquímica; Biologia Molecular
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
67.25%
American visceral leishmaniasis is a zoonosis caused by Leishmania infantum and transmitted by the bite of the sand flies Lutzomia longipalpis.The main domestic reservoir is the dog, while foxes and opposums are the known wild reservoirs. However, identification of natural infections with L. infantum in rodents appears for need of investigating the participation of these rodents how source of infection of the parasite. In the present work the Leishmania infantum infection was investigated in rodents captured in Rio Grande do Norte, aiming at to offer subsidies to the understanding of the epidemic chains of LVA in the State. Thirteen Galea spixii were distributed in four groups, being G1 the group control with four animals and the others, G2, G3 and G4, with three animals each. Those animals were intraperitoneally inoculated with 107 promastigotas of L. infantum and accompanied for, respectively, 30, 90 and 180 days. Weekly the animals were monitored as for the corporal weight and rectal temperature. At the end of each stipulated period the animals were killed. Blood were used for determination of the parameters biochemical and haematological, PCR, ELISA, microscopic examination and cultivation in NNN medium. Liver, spleen and lymph node were used in Giemsa-stained impression and cultivation in NNN medium. Liver and spleen fragments were still used in PCR and histopathological...

Anticorpos anti-trypanosoma cruzi como preditivos de infecção por leishmania infantum

Oliveira Filho, Jethe Nunes de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Bioquímica; Bioquímica; Biologia Molecular Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Bioquímica; Bioquímica; Biologia Molecular
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
67.31%
Leishmania infantum and Trypanosoma cruzi are trypanosomatids of medical importance and are, respectively, the etiologic agents of visceral leishmaniasis (VL) and Chagas disease (CD) in Brazil. People infected with L. infantum or T. cruzi may develop asymptomatically, enabling the transmission of pathogens through blood transfusion and / or organs. The assessment of the infection by T. cruzi is included among the tests performed for screening blood donors in Brazil, however, there is no availability of tests for Leishmania. Serological tests for T. cruzi are very sensitive, but not specific, and may have cross-reactions with other microorganisms. Thus, the aim of this study was to determine the prevalence of Leishmania infection in blood donors and assess whether the serological test for T. cruzi detect L. infantum. Among the 300 blood samples from donors, discarded in 2011, 61 were T. cruzi positive, 203 were from donors with other infections and 36 were from handbags with low blood volume, but without infection. We also assessed 144 samples from donors without infections and able to donate blood, totaling 444 subjects. DNA was extracted from blood samples of all to perform quantitative PCR (qPCR) to detect Leishmania DNA. The buffy coat obtained from all samples was grown in Schneider medium supplemented and NNN. All samples were evaluated for the presence of anti-Leishmania antibody. The serological results indicate a percentage of 22% of Leishmania infection in blood samples obtained from discarded bags. A total of 60% of samples positive in ELISA for T. cruzi were negative by IFI...

Efeitos de derivados nitro heterocíclicos sintéticos sobre formas promastigotas e amastigotas intracelular de Leishmania (Leishmania) infantum; Effects of nitro-heterocyclic derivatives on Leishmania (Leishmania) infantum promastigotes and on THP-1 infected cells

Petri, Simone Carolina Soares
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
67.24%
INTRODUÇÃO: A leishmaniose visceral (LV), pertence ao grupo de endemias consideradas prioritárias no mundo. É uma doença grave e com poucas opções de tratamento e, mesmo quando adequadamente tratada, possui um nível de letalidade de 5 a 7%. Apesar da expansão da doença, o tratamento para leishmaniose visceral não obteve avanços. O tratamento da leishmaniose possui apenas dois grupos de medicamentos utilizados: os antimonoiais e os não-antimoniais. Os compostos nitroheterocíclicos foram utilizados pois acredita-se que a eficácia desta classe de compostos está na habilidade desses compostos inibirem a tripanotiona redutase. Os compostos foram obtidos por via sintética e refinados pelo método QSAR por remodelagem molecular. Foram obtidos séries de compostos nitroheterocíclicos, onde a série BSF (derivados 5-nitro-2-furfurilideno - azometínicos) foi utilizada para avaliar a bioatividade in vitro destes compostos frente à Leishmania. Para avaliação da atividade anti-Leishmania foram usadas formas promastigotas de Leishmania (Leishmania) infantum. Os métodos utilizados para determinar a atividade anti-Leishmania dos compostos da série BSF foram os métodos colorimétrico 3-[4,5-dimetiltiazol-2-il] 2,5 brometo de difeniltetrazólio (MTT)...

Serological detection of Toxoplasma gondii, Leishmania infantum and Neospora caninum in cats from an area endemic for leishmaniasis in Brazil

Marques de Sousa, Keyla Carstens; Herrera, Heitor Miraglia; Domingos, Iara Helena; Vilela Campos, Joao Bosco; Campanelli dos Santos, Isabela Maria; Neves, Haroldo Henrique; Machado, Rosangela Zacarias; Andre, Marcos Rogerio
Fonte: Brazilian Coll Veterinary Parasitology Publicador: Brazilian Coll Veterinary Parasitology
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 449-455
ENG
Relevância na Pesquisa
67.14%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 2013/09889-0; An investigation was made into the occurrence of antibodies to Toxoplasma gondii, Leishmania infantum and Neospora caninum in 151 domestic cats, based on the indirect fluorescent antibody test (IFAT). Serum samples were collected from 151 domestic cats (65 free-roaming and 86 domiciled cats; 55 males and 96 females) in Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brazil between January and April 2013. IgG antibodies to T. gondii, L. infantum and N. caninum were found, respectively, in 49 (32.5%), 34 (22.5%) and 10 (6.6%) sampled cats. A positive correlation was found between T. gondii and N. caninum, T. gondii and L. infantum, and N. caninum and L. infantum (p < 0.05) infections. Also, a significant interaction was identified between gender and area of activity on the probability of T. gondii (p = 0.0324) infection. However, no significant interaction was observed between gender and area of activity on infections by either N. caninum or L. infantum. This study showed that cats from an area endemic for visceral leishmaniasis in Brazil are exposed to three different protozoans, two of which are causal agents of important zoonosis.; O presente estudo teve como objetivo investigar a ocorrência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii...

Diagn?stico molecular e frequ?ncia de anticorpos anti-Leishmania infantum chagasi em c?es do munic?pio de Bel?m, Par?

SCHWANKE, Katiane; SILVA, Aryane Maximina Melo da; OLIVEIRA, Adlilton Pacheco de; SILVA, Michele Bahia do Vale; SILVEIRA, Fernando Tobias; SCOFIELD, Alessandra; CAVALCANTE, Gustavo G?es
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
67.21%
A leishmaniose visceral ? uma enfermidade cujo agente etiol?gico no Brasil ? o protozo?rio Leishmania infantum chagasi. Os c?es s?o considerados reservat?rios urbanos da doen?a, sendo indicadores da ocorr?ncia de casos humanos. O presente trabalho teve como objetivo diagnosticar a infec??o por L. infantum chagasi em c?es domiciliados e errantes do munic?pio de Bel?m, estado do Par?, atrav?s da rea??o em cadeia da polimerase (PCR) e da rea??o de imunofluoresc?ncia indireta (RIFI), empregando dois ant?genos distintos. Amostras de sangue venoso de c?es adultos, sem distin??o de sexo ou ra?a, de diferentes bairros e ?pocas do ano da cidade de Bel?m-PA, foram colhidas em tubos sem e com anticoagulante para obten??o do soro e do DNA, respectivamente. Esses animais foram divididos em dois grupos: c?es errantes capturados pelo Centro de Controle de Zoonoses (Grupo A) e c?es domiciliados (Grupo B). Os soros foram analisados atrav?s do teste de RIFI para pesquisa de IgG utilizando-se dois ant?genos distintos: 1) ant?geno do kit Bio-Manguinhos/FIOCRUZ (Ag-PRO) contendo formas promastigotas de Leishmania sp. (complexo major-like); 2) Ant?geno do Instituto Evandro Chagas (Ag-AMA) constitu?do por formas amastigotas de L. infantum chagasi. A avalia??o dos dois ant?genos foi realizada com as amostras reagentes a partir da titula??o 1:80. J? a PCR foi realizada a partir do DNA extra?do do sangue total dos animais e amplificado utilizando-se os iniciadores RV1e RV2. Das 335 amostras analisadas...

Detection of Leishmania infantum DNA mainly in Rhipicephalus sanguineus male ticks removed from dogs living in endemic areas of canine leishmaniosis

Solano Gallego, Laia; Rossi, Luca; Scroccaro, Anna M.; Montarsi, Fabrizio; Caldin, Marco; Furlanello, Tommaso; Trotta, Michele
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2012 ENG
Relevância na Pesquisa
67.19%
Background: Sand flies are the only biologically adapted vectors of Leishmania parasites, however, a possible role in the transmission of Leishmania has been proposed for other hematophagous ectoparasites such as ticks. In order to evaluate natural infection by Leishmania infantum in Rhipicephalus sanguineus ticks, taking into account its close association with dogs, 128 adult R. sanguineus ticks removed from 41 dogs living in endemic areas of canine leishmaniosis were studied. Methods: Individual DNA extraction was performed from each tick and whole blood taken from dogs. Dog sera were tested for IgG antibodies to L. infantum antigen by ELISA and L. infantum real-time PCR was performed from canine whole blood samples and ticks. Results: Leishmania infantum PCR was positive in 13 ticks (10.1%) including one female, (2.0%) and 12 males (15.2%), and in only five dogs (12.2%). Male ticks had a significantly higher infection rate when compared to female R. sanguineus. The percentage of L. infantum seroreactive dogs was 19.5%. All but two PCR positive dogs were seroreactive. Leishmania infantum PCR positive ticks were removed from seropositive and seronegative dogs with a variety of PCR results. Conclusions: This study demonstrates high prevalence of L. infantum DNA in R. sanguineus ticks removed from L. infantum seropositive and seronegative dogs. The presence of L. infantum DNA was detected mainly in male ticks possibly due to their ability to move between canine hosts and feed on several canine hosts during the adult life stage. Additional studies are needed to further explore the role of R. sanguineus ticks and in particular...

Alterações eletromiográficas e histopatológicas da musculatura de cães naturalmente infectados por Leishmania infantum; Muscular electromyographic and histopathologic changes in dogs naturally infected by Leishmania infantum

Ferraro, Gisela Cristiane; Machado, Gisele Fabrino; Laurenti, Márcia Dalastra; Camargo, Mauro Henrique Bueno de; Gomes, Ana Amélia Domingues; Costa, Denis Carvalho; Vieira, Camila Mariana; Simões, Celina Bertelli; Lima, Valéria Marçal Félix de; Marc
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2013 POR
Relevância na Pesquisa
67.16%
O objetivo do presente estudo foi avaliar as alterações eletromiográficas e histopatológicas de músculos estriados esqueléticos de cães naturalmente infectados por Leishmania infantum. Foram selecionados 25 cães adultos, sem raça definida, com diagnósticos parasitológico, molecular e sorológico estabelecidos para a infecção. Os músculos avaliados foram: tríceps braquial, extensorcarpo radial, bíceps femoral e gastrocnêmio. Um cão possuía problemas locomotores, com paresia de membros posteriores associada à intensa atrofia muscular. Vinte e três (92%) apresentavam algum tipo de alteração muscular, sendo que em 22(88%) tais alterações foram identificadas diretamente pela eletromiografia. Mesmo sem sinais clínicos, em dez cães (40%) foram evidenciadas alterações eletromiográficas e histopatológicas. Antígenos de Leishmania foram identificados na musculatura de quatro (16%) cães. Os resultados eletromiográficos indicaram a ocorrência de polimiosite crônica em 13 (52%) cães, presença de músculos com inflamação tanto aguda quanto crônica em quatro (16%), miopatia aguda em dois (8%), e ausência de alterações eletromiográficas em três (12%). As alterações histopatológicas mais frequentemente observadas foram degeneração e necrose de miofibras e presença de infiltrado inflamatório verificadas em 12 (48%) cães. Outras alterações...