Página 1 dos resultados de 1964 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Tratamento térmico mínimo do suco de laranja natural: cinética da inativação da pectinesterase. ; Single-strength orange juice minimal heat treatment: Pectin-methilesterase inactivation kinetics.

Badolato, Gabriela Gastaldo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2000 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
A pasteurização do suco de laranja está associada a degradação da pectina solúvel. Neste trabalho, suco de laranja natural foi pasteurizado em um trocador de calor de placas utilizando três diferentes temperaturas: 82,5, 85,0 e 87,0 °C e tempos de retenção variando de 11 a 59 s, com o intuito de se obter um produto "minimamente processado". Suco de laranja em garrafa de polietileno foi comparado ao suco em lata de alumínio armazenados durante o período de 21 dias, sob temperatura de refrigeração. Foram realizadas análises de ° Brix, acidez, pH, sólidos insolúveis, sólidos totais, teor de polpa, atividade da pectinesterase, microbiologia e sensorial. O principal objetivo deste trabalho foi estudar a cinética da enzima pectinesterase e correlacionar estes resultados com atributos de qualidade do suco de laranja processado. As propriedades físico-químicas do suco de laranja processado apresentaram diferenças significativas devido as variações da matéria-prima durante o período de estudo, de junho de 1999 a fevereiro de 2000. A condição de pasteurização obtida mais apropriada foi a de 87°C e tempo de retenção variando de acordo com o pH do suco; pH 4,0 requereu um tempo de retenção maior do que pH 3...

Estudo da cinética de inativação térmica da pectinesterase em suco de laranja natural minimamente processado. ; Inactivation kinetics of pectin methylesterase in minimally processed orange juice.

Tribess, Tatiana Beatrís
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
A pasteurização mínima do suco de laranja consiste na utilização de temperatura e tempo mínimos de forma a garantir uma inativação parcial da pectinesterase. Desta forma obtém-se um produto com vida de prateleira superior ao suco d’e laranja fresco e qualidades sensoriais preservadas. O suco de laranja pasteurizado sob tratamento térmico mínimo é uma alternativa de produto para o mercado interno, contribuindo para um melhor aproveitamento da fruta em épocas de safra. O objetivo deste trabalho foi estudar a cinética de inativação térmica da pectinesterase no suco de laranja por meio de processamentos isotérmicos contínuos em três temperaturas de processamento (82,5; 85,0 e 87,5 ºC), seis valores de pH controlados (3,6; 3,7; 3,8; 3,9; 4,0 e 4,1) e no mínimo seis tempos de retenção para cada condição de valores de pH/temperatura de processamento. Os resultados foram ajustados a um modelo matemático da cinética de inativação da PE. Também foram analisadas as características físico-químicas do suco fresco e após o processamento e foi realizada uma estimativa da vida de prateleira a partir da análise sensorial do suco. Os parâmetros físico-químicos do suco de laranja foram influenciados pelo pH do suco...

Sistema funcional de controle de qualidade a ser utilizado como padrão na cadeia de comercialização de laranja Pêra Citrus sinensis L. Osbeck.; Functional quality control system to be used as a marketing standard for the production of freshfruit pêra orange Citrus sinensis L. Osbeck.

Ramalho, Amalia Solange de Toledo Mendes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/07/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
Os objetivos do presente trabalho visam correlacionar parâmetros sensoriais com físico-químicos, estabelecendo-se medidas exatas da qualidade da laranja Pêra para mesa; padronizar, utilizando métodos científicos para servir de base na construção de controle de qualidade mensurável de aplicação simples para o agricultor, visando à garantia da qualidade do produto, aumentando o seu valor e conseqüentemente a receita do produtor e a modernização do setor. Os frutos provenientes das regiões de Barretos e Limeira, foram trazidos ao Departamento de Agroindústria, Alimentos e Nutrição (ESALQ/USP) e ao CENA (USP), onde foram realizadas as análises físicas (firmeza, cor, densidade, diâmetro e comprimento), físico-químicas (pH, sólidos solúveis, acidez total titulável, ratio, açúcares redutores e totais, compostos fenólicos totais, substâncias pécticas, clorofila, carotenóides, vitamina C) e sensorial, segundo a metodologia da Análise Descritiva Quantitativa (AQD). Os parâmetros que melhor caracterizaram os estádios de maturação da laranja Pêra da região de Limeira foram pectina solúvel, carotenóides, pH, cor (valor L, a* e b*), e os atributos sensoriais aparência: cor laranja, fruto murcho; aroma: doce...

Perfil sensorial e aceitabilidade de suco de laranja integral pasteurizado e suco de laranja reconstituido; Sensorial profile and acceptability of orange juice pasteurized and orange juice reconstituted

Jordão, Fabiana Galvani
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
As indústrias têm deixado de produzir o suco de laranja integral pasteurizado em substituição ao suco de laranja reconstituído devido, principalmente, à dificuldade em se produzir esse tipo de suco durante todo o ano com as mesmas características. Esse trabalho objetivou avaliar sensorialmente esses dois tipos de sucos. Sete provadores selecionados e treinados avaliaram a aparência, aroma, sabor e textura de amostras de suco de laranja utilizando a Análise Descritiva Quantitativa (ADQ). O teste de aceitação pelo consumidor foi realizado com cento e um provadores não treinados, utilizando a escala hedônica e um mapa de preferência foi traçado. A ADQ mostrou que houve diferenças significativas (p<0,05) em relação a: cor amarela, concentrado, aroma laranja, aroma de sumo, sabor de laranja, sabor passado, sabor cozido. Entretanto, não houve diferenças significativas (p>0,05) entre as amostras do suco em relação a: aroma cítrico, aroma cozido, aroma doce, sabor sumo, gosto doce, gosto ácido e encorpado. O suco reconstituído apresentou os atributos com maior intensidade para cor amarela, concentrado, aroma de sumo, sabor passado e sabor cozido em relação ao pasteurizado enquanto esse, o aroma e sabor de laranja foram os atributos mais acentuados. O teste de consumidor indicou que os dois sucos tiveram aceitação parecidas situando-se entre os termos hedônicos indiferente e gostei ligeiramente e o resultado do mapa de preferência mostrou baixa aceitação pela grande maioria dos consumidores de suco. Os dados de HPLC não mostraram diferença entre as amostras de suco analisadas.; The industries are allowing to produce the orange juice pasteurized in substitution to the orange juice reconstituted...

Transformação genética de laranja doce (Citrus sinensis L. Osbeck) com o gene cecropin MB39 e avaliação de plantas transgênicas inoculadas com Xylella fastidiosa Wells et al.; Genetic transformation of sweet orange (Citrus sinensis L. Osbeck) with the cecropin MB39 gene and evaluation of transgenic plants inoculated with Xylella fastidiosa Wells et al.

Paoli, Luis Gustavo de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.33%
A obtenção de plantas geneticamente modificadas tornou-se uma ferramenta biotecnológica de grande valor, contribuindo nos programas de melhoramento. Plantas transgênicas contendo genes de peptídeos antibacterianos são uma boa alternativa nos programas visando resistência às bactérias. A cecropina é um peptídeo isolado de inseto que apresenta ação antibacteriana contra diversas bactérias, entre elas, a Xylella fastidiosa causadora da clorose variegada dos citros (CVC). Com isso, este trabalho teve dois objetivos: 1) obter plantas transgênicas dos cultivares copa de laranja 'Hamlin' e laranja 'Pêra' (Citrus sinensis L. Osbeck) com o gene cecropin MB39 dirigido pelos promotores do gene da fenilalanina amônia-liase (PAL) clonado de citros (CsPP) e de Arabidopsis thaliana (AtPP), que conferem expressão gênica nos vasos do xilema. Obter plantas transgênicas de laranja 'Hamlin' e laranja 'Valência' com o gene GUS dirigido pelo promotor AtPP. 2) avaliar plantas de laranja 'Valência' transformadas com o gene cecropin MB39 inoculadas com Xylella fastidiosa. As transformações genéticas foram realizadas através do co-cultivo de explantes, coletados de plantas cultivadas in vitro (segmentos de epicótilo) ou em casa de vegetação (segmentos internodais)...

Organogênese in vitro em laranja azeda (Citrus aurantium L.) e transformação genética de limão 'Cravo' (Citrus limonia L. Osbeck) e laranja 'Valência' (Citrus sinensis L. Osbeck) com o gene da replicase do Marafivirus; In vitro organogenesis in sour orange (Citrus aurantium L.) and genetic transformation of Rangpur lime (Citrus limonia L. Osbeck) and Valencia sweet orange (Citrus sinensis L. Osbeck) with the Marafivirus replicase gene

Silva, Rosely Pereira da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
Embora desfrute de inegável importância econômica, os citros estão sujeitos a muitos problemas sanitários sendo alguns, limitantes para o cultivo como é o caso das doenças causadas por vírus. A morte súbita dos citros é uma doença relacionada à combinação copa/ porta-enxerto e manifesta sintomas na região da enxertia sobre porta-enxertos intolerantes. Embora sua etiologia não tenha sido determinada, há indicações que a causa da MSC esteja relacionada a uma estirpe do vírus da tristeza dos citros (CTV), a um vírus do gênero Marafivirus, ou a uma associação entre eles. Uma vez que a transformação genética têm sido considerada como uma ferramenta auxiliar a programas de melhoramento de citros, o objetivo deste trabalho foi obter plantas transgênicas de limão 'Cravo' e laranja 'Valência' contendo o gene da replicase do Marafivirus e estudar a regeneração e obtenção de plantas in vitro de laranja azeda, via organogênese, visando futuros trabalhos de transformação genética. Experimentos para indução da organogênese in vitro foram realizados avaliando-se citocininas (BAP, TDZ e CIN), em diferentes concentrações, isoladamente ou em combinação com ANA, condições de luminosidade (fotoperíodo de 16 h e escuro por 30 dias)...

Estudo da cinética e dos mecanismos de fototransformação do corante Acridina Laranja na sua interação com sistemas micro-organizados sob a ação da luz visível; Study of Kinetics and Mechanisms of Acridine Orange phototransformation at its interaction with micro-organized systems under the action of visible light

Silva, Érika Ribeiro e
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.39%
O Acridina Laranja é um corante catiônico da família de Acridinas. Além de ser utilizado como um agente fototóxico contra bactérias e parasitas, devido a sua alta afinidade por estruturas biológicas, ele pode ser usado como um marcador fluorescente de compartimentos biológicos. Esta sua propriedade é também útil para o desenvolvimento de novos elementos micro e nanoeletrônicos. Ao ser irradiado, o corante pode sofrer fototransformação, causando uma série de transtornos, devido à perda da atividade ou o aumento de sua toxicidade, por exemplo. Por outro lado, a interação com estruturas nanoorganizadas pode alterar os mecanismos e as velocidades das fotoreações do fotossensibilizador. Isto torna importante o estudo da fototransformação do Acridina Laranja na sua interação com estruturas biológicas ou seus modelos. Neste trabalho foi realizado um estudo da dinâmica de fototransformação do corante Acridina Laranja na sua interação com DNA e micelas de SDS sob a ação da luz visível. O objetivo principal do trabalho foi avaliar o processo de fototransformação do Acridina Laranja na sua interação com sistemas micro/nanoorganizados de grande interesse biológico e médico, tendo em vista a sua possível aplicação prática. Para este estudo...

Avaliação de plantas transgênicas de laranja doce (Citrus sinensis) e transformação genética de laranja azeda (Citrus aurantium) para resistência ao Citrus tristeza virus (CTV); Evaluation of sweet orange (Citrus sinensis) transgenic plants and genetic transformation of sour orange (Citrus aurantium) for the resistance to Citrus tristeza virus (CTV)

Muniz, Fabiana Rezende
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/05/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
Citrus tristeza virus (CTV) ocorre em quase todas as áreas produtoras de citros do mundo. O controle da doença se baseia, principalmente, no uso de porta-enxertos tolerantes e na premunização das copas. A obtenção de copas de laranjas doces ou de porta-enxerto de laranja azeda transgênicos resistentes ao CTV permitiria retornar a um uso mais intensivo deste excelente porta-enxerto. Com isso, esse trabalho buscou avaliar linhagens transgênicas de laranja doce (Citrus sinensis) e obter plantas transgênicas de laranja azeda (Citrus aurantium) para a resistência ao CTV, a fim de oferecer uma outra alternativa para o controle desta doença em citros. Foram avaliadas plantas transgênicas de laranja doce cv. Valência e cv. Hamlin contendo três diferentes construções gênicas. Uma contendo uma sequência sense (684 pb) do gene da capa protéica do CTV (pCTV-CP), outra contendo uma sequência conservada (559 pb) do CTV (pCTV-SC) e uma do tipo hairpin, contendo sequências sense e antisense do gene da capa protéica separadas por um íntron (pCTV-dsCP). Dez linhagens transgênicas de cada construção gênica e de cada cultivar foram previamente confirmadas por análises de Southern blot e RT-PCR, totalizando 60 linhagens transgênicas. Tais linhagens foram clonadas e enxertadas sobre limão Cravo (C. limonia) e laranja azeda (C. aurantium)...

Transmissão de preços internacionais de suco de laranja para preços ao nível de produtor de laranja no estado de São Paulo

Margarido, Mario Antonio
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Relevância na Pesquisa
37.3%
Neste estudo procurou-se analisar a elasticidade de transmissão de preços entre a indústria processadora de suco de laranja concentrado congelado e os produtores de laranja no Estado de São Paulo, no período de julho de 1973 a junho de 1992. A principal hipótese do estudo é que a elasticidade era menor do que um antes da safra 1986/87, passando a unitária a partir dessa safra, devido à introdução dos Contratos de Participação entre as indústrias e os produtores. De acordo com esses Contratos, o preço pago pelas indústrias brasileiras de suco de laranja aos produtores deve levar em conta as variações do preço internacional de suco..Essa hipótese foi estudada utilizando-se modelos auto-regressivos integrados de médias móveis (ARIMA) e de função de transferência. Obtiveram-se os resultados esperados, o que implica que os produtores de laranja tiveram ganhos após a introdução dos Contratos em 1986/87, devido às variações nos preços internacionais de suco de laranja concentrado congelado

Dimensões competitivas na estratégia de produção e distribuição das agroindústrias exportadoras de suco de laranja de Sergipe

Machado, Morgan Yuri Oliveira Teles
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.36%
Mas, apesar da estratégia das empresas aqui estudadas estarem em harmonia com o ambiente, as mesmas necessitam dar uma maior atenção aos produtores de laranja, estreitando mais as relações com os mesmos, visto que, é neste elo o grande problema na industrialização da laranja para o suco. Com a internacionalização dos mercados, o sucesso de uma empresa, principalmente no agronegócio, depende cada vez mais da inter-relação entre fornecedores, produtores de matéria-prima, processadores e distribuidores. Portanto, percebe-se claramente que a Estratégia de uma firma deve estar em sintonia com todos os elos da cadeia da qual a mesma faça parte. No presente trabalho, analisou se dois elos da cadeia da laranja no Estado de Sergipe, o da industrialização e o da comercialização, no que diz respeito ao enfrentamento de uma séria crise estrutural, perdurando até os dias atuais. Desse modo, o objetivo da dissertação foi estudar as empresas que atuam na exportação de suco de laranja em Sergipe em suas dimensões competitivas de estratégia de produção e distribuição, buscando responder a seguinte questão de pesquisa: As empresas exportadoras de suco de laranja de Sergipe são competitivas na sua estratégia de produção e distribuição (Continua)? O referencial teórico que serviu de base para a discussão foi o de Estratégia de Produção...

Impacto da tecnologia de alta pressão hidrostática sobre a qualidade do suco de laranja

Bisconsin Junior, Antonio
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 109 f. : il., gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.39%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 11/11574-2; Processo FAPESP: 11/04029-8; Processo FAPESP: 10/168267; Processo FAPESP: 13/00424-5; Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; O suco de laranja é o suco de fruta mais popular e mais consumido em todo mundo. O Brasil é o maior produtor e exportador mundial de suco de laranja. O consumo de suco de laranja é estimado em mais de 9 bilhões de litros por ano, representando 47% do consumo mundial de suco. A fim de aumentar a vida de prateleira e a estabilidade do suco de laranja, a tecnologia de alta pressão hidrostática (APH) pode ser utilizada como um método alternativo à pasteurização. Este trabalho teve como objetivo otimizar as condições de processamento do suco de laranja da variedade Pêra Rio por APH, pressão (100- 600 MPa), temperatura (30-60 °C) e tempo (30-360 s), avaliar o efeito das condições do processamento de APH no ácido ascórbico e na atividade antioxidante do suco de laranja e avaliar a qualidade do suco de laranja processado a 520 MPa, 60 °C por 360 s, comparativamente ao suco pasteurizado e não processado. A metodologia de superfície de resposta foi empregada para estimar a redução da atividade da enzima pectinametilesterase (PME)...

Influência do processamento sobre o perfil sensorial e a atividade antioxidante do suco de laranja

Kamimura, Hitty-Ko
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xii, 76 f.
POR
Relevância na Pesquisa
37.3%
Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; O suco de laranja é um produto de grande importância para a economia nacional, tendo papel relevante na pauta de exportações brasileiras. A maior parte da produção brasileira de laranja é destinada à produção de suco concentrado congelado – FCOJ, que é predominantemente exportado para a Europa e América do Norte. O processamento do suco envolve as etapas de extração, filtração, concentração, mistura e de resfriamento. O tratamento térmico empregado na etapa de concentração para redução do volume de água, redução da carga microbiana e inativação enzimática, também é capaz de favorecer reações que alteram a composição do suco e promovem alterações sensoriais e degradação da vitamina C, além de arrastar e degradar compostos voláteis importantes para o sabor do suco. Os objetivos deste trabalho foram reunir informações referentes ao processamento do FCOJ e aos fatores relacionados às alterações de qualidade que podem ocorrer durante o processamento, avaliar o suco de laranja das principais etapas do processamento do FCOJ, de forma a avaliar as etapas mais críticas em relação às alterações no perfil sensorial e perda de qualidade e avaliar a atividade antioxidante total (AAT)...

Estudo da vida-de-prateleira do suco de laranja concentrado e congelado

Pinto, Mirella Teixeira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 85 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.33%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; O objetivo deste trabalho foi realizar o estudo de vida-de-prateleira do suco de laranja concentrado e congelado avaliando suas características físico-químicas e sensoriais. Foi utilizado suco de laranja fresco, pasteurizado (104°C/10s) e concentrado, da variedade Pêra, da safra/04, fornecido por indústria produtora de suco de laranja da região de Araraquara, SP. A avaliação sensorial da cor, do aroma, do sabor e da impressão global do suco de laranja fresco, do suco pasteurizado e do suco concentrado foi realizada por uma equipe de 50 provadores utilizando teste de aceitação com escala hedônica estruturada de 9 pontos. Foram também determinados o teor de sólidos solúveis totais, o pH, a acidez total, o ratio, o teor de açúcares totais, de açúcares redutores, de ácido ascórbico e o conteúdo de hidroximetilfurfural. As análises foram realizadas logo após o processamento dos sucos - no tempo zero de estocagem - e durante a vida-de-prateleira do suco concentrado e congelado. O suco de laranja fresco apresentou as maiores notas de aceitação seguido do suco concentrado e do suco pasteurizado. O suco pasteurizado diferiu significativamente (p<0...

Atividade protetora cardiovascular do suco de laranja vermelha em indivíduos adultos

Lima, Cláudia Gonçalves de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 78 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.3%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; Este estudo teve como objetivo investigar a ingestão regular do suco de laranja de polpa vermelha sobre alguns fatores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares em indivíduos adultos residentes nos municípios de Araraquara (SP) e Matão (SP). A variedade das laranjas de polpa vermelha é também conhecida como laranja sanguínea de Mombuca, e sua coloração é devida à presença de carotenóides, especialmente beta-caroteno e licopeno. Participaram deste estudo 19 homens e 16 mulheres que receberam 750 mL/dia de suco de laranja vermelha pasteurizado durante 8 semanas. As variáveis antropométricas utilizadas foram: peso, altura, dobras cutâneas do tríceps, bíceps, subescapular e suprailíaca e circunferência da cintura. Para a avaliação bioquímica foram realizadas dosagens de colesterol total, colesterol de HDL, apolipoproteínas A1 e B, proteína C reativa, homocisteína, triglicérides e glicemia. Para a avaliação hemodinâmica foram verificadas a pressão arterial sistólica e a diastólica, e para a avaliação dietética foi utilizado o recordatório alimentar de 24 horas. Todas as avaliações foram realizadas antes e após o consumo de suco de laranja vermelha. Os resultados mostraram que o colesterol total foi reduzido em 9% entre os participantes que consumiram o suco de laranja vermelha...

Estudo da viabilidade da levedura de descarte da indústria cervejeira, na obtenção da aguardente do “liquor” de laranja

Matias, Edgar de Oliveira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 20 f.
POR
Relevância na Pesquisa
37.33%
O “liquor” de laranja é um subproduto da indústria de suco de laranja, liquido resultante da prensagem do bagaço da laranja; atualmente sua utilidade pela indústria cítrica é a produção de ração animal. Mas estudos anteriores revelaram uma nova utilidade para o “liquor” de laranja: a produção de aguardente. Tal produto demonstrou ser uma excelente alternativa para o uso do mesmo, visto que a aguardente produzida tem potencial de ser o segundo produto em valor agregado e em volume produzido pela indústria de suco de laranja. A indústria cervejeira utiliza leveduras Saccharomyces cerevisae para a produção de cerveja, que são descartadas após cinco utilizações, mas ainda com grande viabilidade, apresentando um valor médio de 2% de células mortas. Foi descrito em trabalhos anteriores que tais leveduras podem ser utilizadas na produção de aguardente de “liquor” de laranja, aumentando o caráter de sustentabilidade da aguardente produzida. Este trabalho teve como objetivo avaliar a viabilidade das leveduras S. cerevisae, na fermentação do “liquor” de laranja, após bateladas de fermentação do “liquor.

Influência do porta-enxerto, da configuração de extração e do período de maturação no teor de limonina e na aceitação sensorial do suco de laranja Pêra-Rio

Barbosa, Eliane
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 66 f. : tabs, figs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.33%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; The aim of this work was to gather information about limonoids, specially limonin, to understand the causes of their formation in orange juice, to develop and to validate an analytical method to determinate limonin in orange juice, to evaluate the influence of rootstock, extractor setting and maturity on the limonin level, the physico-chemical characteristics, the sensory acceptance, the intensity of sweet, sour and bitter tastes, the scale of the ideal for bitter taste and purchase intent of Pêra-Rio orange juice, and also to determine the threshold of limonin in orange juice from Pêra-Rio variety. Validation of the analytical method involved calibration curve, linearity, precision, accuracy, limit of detection and limit of quantification. Regarding to the physico-chemical characteristics of orange juice, soluble solids, titratable acidity, ascorbic acid and total sugars, pH and ratio were evaluated. Sensory acceptance of orange juice evaluated appearance, aroma, overall impression, flavor, texture and aftertaste at the beginning and ending of harvest. The intensity of sweet, sour and bitter tastes, the scale of the ideal for bitter taste of orange juice...

Efeito de diferentes aromas citricos sobre a qualidade e estabilidade sensoriais de suco de laranja pronto para beber.; Effect of different citrus aromas on sensory quality and stability of ready-to-drink orange juice.

Selma Bergara Almeida
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.43%
Para a recuperação do aroma e sabor de fruta fresca ao suco industrializado, subprodutos do processamento do suco de laranja, como óleo essencial e essências aquosa e oleosa, são normalmente reincorporados ao produto processado. A adição de cada um desses subprodutos confere ao produto final qualidade e estabilidade sensoriais distintas. O presente trabalho teve por objetivo avaliar a qualidade e estabilidade sensoriais do suco de laranja reconstituído, produzido com laranjas de variedades brasileiras e aromatizado com quatro diferentes aromas naturais de laranja, quais sejam: I - óleo essencial; II - frações destiladas de essência oleosa (oil phase); III - aroma formulado contendo frações destiladas de óleo essencial e de essência oleosa; e, IV - aroma formulado contendo frações destiladas de óleo essencial, frações destiladas de essência oleosa e de essência aquosa (water phase). Assim, esta pesquisa consistiu em quatro etapas, a saber: avaliação do impacto dos quatro aromas naturais sobre a aceitação e perfil sensorial do suco de laranja pronto para beber em condições pré-processamento térmico; avaliação da estabilidade sensorial dos aromas naturais ao processamento térmico do suco; avaliação do impacto dos aromas naturais sobre a estabilidade sensorial do suco pronto para beber durante o armazenamento da bebida e...

Uso de modelos preditivos no crescimento e inativação de esporos de Alicyclobacillus acidoterrestris em suco de laranja e maça.; Use of predictive models for growth and inactivation of alicyclobacillus acidterrestris spores in orange and apple juices.

Wilmer Edgard Luera Pena
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/05/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.33%
A presente pesquisa desenvolveu modelos preditivos de crescimento e/ou inativação de Alicyclobacillus acidoterrestris em sucos de laranja e maçã. Foram estudados os efeitos do pH, temperatura de incubação (T), concentração de sólidos solúveis (°Brix) e de nisina no crescimento de A. acidoterrestris CRA 7152 em sucos concentrados de laranja e maçã e, o efeito da concentração de nisina e da temperatura de pasteurização na resistência térmica dos seus esporos em suco concentrado de laranja. Dois modelos primários, de Gompertz modificado e de Baranyi & Roberts, foram usados para descrever as curvas de crescimento da bactéria em suco de laranja. Verificou-se que o modelo de Baranyi & Roberts foi o mais adequado para descrever as respostas microbianas. Um modelo polinomial de segunda ordem de superfície de resposta descreveu o tempo de adaptação do microrganismo sob efeitos da temperatura, pH, concentração de nisina e °Brix em suco concentrado de laranja, com R2 de 0,816. Mostrou-se que as combinações (28,5°C; pH 3,7; 17,5IU/ml de nisina e 17°Brix); (45,5°C; pH 3,7; 52,5IU/ml de nisina e 17°Brix) e (28,5°C; pH 5,1; 52,5IU/ml de nisina e 17°Brix) apresentaram o maior tempo de adaptação de pelo menos 47 dias de incubação. O modelo probabilístico de regressão logística (capítulo 2 e 5)...

Tecnologias em combate : tradução e controvérsias na produção de laranja no Estado de São Paulo; Technologies in combat : translation and controversies in the orange production in São Paulo State

Gabriela da Rocha Barbosa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.33%
O objetivo desta tese é entender o processo de transformação na cadeia produtiva da laranja no estado de São Paulo a partir da análise das mudanças tecnológicas introduzidas no setor produtor de laranja ao longo dos anos 2000. O estudo foca as mudanças tecnológicas relativas ao combate de doenças na lavoura citrícola, buscando analisar as controvérsias e as relações de poder presentes no processo de apropriação dessas tecnologias. As negociações em torno das formas de combate à doença da laranja conhecida como Huanglongbing (HLB ou greening) constituem o estudo de caso central na tese. O trabalho combinou a utilização de duas abordagens teóricas distintas: a cadeia global de mercadorias (global commodity chains) e a teoria ator-rede (actor network theory). A investigação também compreendeu a análise de dados empíricos a partir da realização de pesquisa de campo com diferentes estratos de produtores rurais de laranja e representantes institucionais da cadeia. Foi possível verificar que as políticas fitossanitárias de combate ao greening divulgadas pelos órgãos públicos e entidades representantes do setor não conseguiram conter o avanço da doença. Estes falharam em traduzir os interesses dos atores envolvidos na produção da laranja ao reduzir o controle a uma questão técnica desconsiderando o quadro de crise e de ampliação de assimetrias de poder na cadeia produtiva. Apesar da base técnica de controle de doenças adotada no setor apresentar sinais de esgotamento...

Estudo da composição de laranjas brasileiras (Citrus sinensis) e seu uso como comprovação de autenticidade de suco de laranja

Antonio Marcos Pupin
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/1997 PT
Relevância na Pesquisa
37.48%
Amostras autênticas de suco de laranja (Citrus sinensis) das variedades Pera, Natal, Harnlin, Valência, Baía e Lima, amostras autênticas de suco de laranja concentrado (SLC) e água de lavagem da polpa ("pulp wash") e amostras comerciais de suco de laranja fresco (SLF) e congelado foram analisadas quanto à presença dos seguintes compostos: flavanonas glicosídicas (FG), flavonas polimetoxiladas (FPM) e carotenóides e isótopos estáveis de carbono 13, oxigênio 18 e deutério. As flavanonas glicosídicas narirutina e hesperidina foram analisadas por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) com detector de UV a 280 nrn. Os níveis de narirutina e hesperidina obtidos em amostras autênticas variaram entre 16 e 142 mgIL e 104 e 537 mgIL, respectivamente. A razão hesperidina/narirutina apresentou diferenças de acordo com a variedade. A variedade Pera apresentou a maior razão (média de 8,3) e a variedade Baía a menor (3,6): Suco de laranja concentrado (após diluição para 12 °Brix) apresentou maiores quantidades de FG com teores de narirutina variando entre 62 e 98 mg/L e de hesperidina, entre 531 e 690 mg/L. Em suco de laranja concentrado, preparado a partir de água de lavagem da polpa, o nível de narirutina variou entre 155 e 239 mg/L e o de hesperidina entre 1089 e 1200 mg/L. A análise de amostras de suco de laranja fresco...