Página 1 dos resultados de 2397 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

67 - A língua inglesa: uma referência na sociedade da globalização

Pires, Eliane Cristine Raab
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Livro
POR
Relevância na Pesquisa
66.87%
Com uma nova ordem sócio-económica e política resultante do fim da Segunda Guerra Mundial e com o avanço dos meios de comunicação, o estudo de uma língua impõe-se como condição necessária. Pretende-se com “A Língua Inglesa: uma Referência na Sociedade da Globalização” incentivar os jovens estudantes, sobretudo de cursos tecnológicos, à aprendizagem da língua inglesa que permite um mais fácil acesso aos inúmeros progressos da ciência e da tecnologia, melhorar as perspectivas de trabalho e participar activamente numa sociedade também com importância crescente da informação, em que cada vez mais dominará o Inglês. Com este propósito, o trabalho divide-se em duas partes: A primeira parte, após uma breve introdução em que se delineia a predominância da língua inglesa, aborda a Revolução Industrial, como um dos acontecimentos históricos que mais contribuiu para que a língua inglesa ocupasse o lugar de destaque na actualidade; ressalta também a hegemonia norte-americana e a importância dos EUA na divulgação do Inglês, nomeadamente na área da informática. A segunda parte traça um panorama histórico da língua inglesa, que floresceu como língua do Império Britânico, salientando acontecimentos políticos e sociais...

Da técnica à crítica: contribuições dos novos letramentos para a formação de professores de língua inglesa; From technique to criticism: contributions of new literacies for the training of teachers of english

Silva, Simone Batista da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.9%
A língua inglesa em contexto brasileiro é usualmente associada à globalização do capitalismo e lembrada como oportunidade de alcançar melhores empregos e salários. Assim, o ensino dessa língua tende a objetivar majoritariamente o atendimento aos ideais de mercado de trabalho. As Orientações Curriculares para o Ensino Médio OCEM (2006), entretanto, baseadas nos princípios teóricos dos Novos Letramentos, sugerem que o ensino de língua inglesa na educação formal seja um meio para o desenvolvimento da cidadania, da consciência social e da criatividade, e indicam a crítica como ferramenta para que o ensino de línguas estrangeiras tenha como focos a inclusão social, a construção de sentidos e a formação do sujeito crítico para uma sociedade em constante transformação. Levando-se em conta as transformações ocorridas na dinâmica da comunicação em tempos atuais, a diversidade local e a possibilidade de interconexão global dos sujeitos da contemporaneidade, é possível supor que o ensino de língua inglesa na educação formal no momento histórico-social atual necessite de mudanças. Seguindo os princípios teóricos dos Multiletramentos Críticos, a crítica é vista como a problematização de discursos cristalizados nos mais variados textos circulantes...

As representações docentes e os usos do caderno do aluno de língua inglesa na rede pública estadual de São Paulo: uma abordagem qualitativa; Teachers' representations and uses of the caderno de língua inglesa in state public schools in São Paulo: a qualitative study

Violante, Maria Regina Mendes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/11/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.82%
Este trabalho buscou investigar os usos do Caderno do Aluno de Língua Inglesa, material impresso de apoio, semelhante a um livro didático, veiculado pela recente Proposta Curricular (2008), para as escolas públicas do Estado de São Paulo, disponível nas escolas a partir de 2009. Para tal, foi realizada uma pesquisa de cunho qualitativo e inspiração etnográfica, na qual foram entrevistados dez professores de língua inglesa de Rede Pública Estadual com o objetivo de conhecermos algumas de suas percepções referentes ao uso do Caderno do Aluno, com base nas considerações delineadas por Lefebvre (1980;1981) e Penin (1989;1995), a respeito do estudo da das representações e da vida cotidiana. Foi acompanhado, também, um professor da disciplina durante o segundo semestre de 2009 e primeiro de 2010 para que fossem observadas suas aulas nas classes de 5ª à 8ª séries. As observações, registros, transcrições e análises foram realizadas com base nas diretrizes enunciadas por Rockwell (1987), que descreve as características e procedimentos da pesquisa etnográfica. O estudo indica que a nova organização curricular e o instrumento impresso trouxeram mudanças positivas para a rotinas das aulas de inglês. No entanto, observamos que não houve alterações substancias na rotina das aulas em relação à concepção de ensino da disciplina...

Educação de língua inglesa e novos letramentos: espaços de mudanças por meio dos ensinos técnicos e tecnológicos; English language education and new literacies: changing spaces through technical and technology education

Ferraz, Daniel de Mello
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.87%
Os ensinos técnicos e tecnológicos estão em pauta nas discussões e decisões governamentais. Esta pesquisa investiga o encontro entre a educação de língua inglesa e esses ensinos. Por meio de metodologias qualitativas de cunho etnográfico, analiso as visões de dois professores e de diversos alunos de duas escolas, uma escola técnica de nível médio e uma faculdade de tecnologia do ensino superior, pertencentes a um centro educacional tecnológico no Estado de São Paulo. Nesta, respondo a duas perguntas de pesquisa: qual é a percepção dos alunos e professores do segmento escolar técnico/tecnológico da presença da língua inglesa na sociedade? E qual é o reflexo da relação língua inglesa e sociedade neoliberal globalizada nos contextos de educação técnica/tecnológica, considerando-se a premissa da formação crítica na sociedade atual? Com base nas interpretações de dados, esta tese defende que as duas escolas investigadas têm realizado um trabalho educacional por meio das aulas de inglês que visa, concomitantemente, a formação tecnológica/instrumental, cidadã e crítica. A contribuição desta pesquisa é mostrar que esses contextos constituem espaços de mudança e que visam uma formação cidadã dos alunos...

Negociando e reconstruindo conhecimentos e práticas locais: a formação de professores de língua inglesa e os documentos oficiais; Negotiating and reconstructing knowledge and local practices: formation of English language teachers and official documents

Maciel, Ruberval Franco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/07/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.84%
A presente pesquisa de natureza qualitativa com características colaborativa e etnográfica crítica buscou investigar a formação de professores de língua inglesa via dois documentos oficiais voltados para o segmento do ensino Médio (as Orientações Curriculares para o Ensino Médio Língua Inglesa e o Referencial Curricular para o Ensino de Língua Inglesa do Estado de Mato Grosso do Sul). O trabalho fundamentou-se principalmente nos estudos sobre globalização, educação, letramentos, linguística aplicada, políticas linguísticas e filosofia. Por meio de um trabalho colaborativo de três anos com três professoras de inglês, os dados foram coletados de gravações em áudio dos momentos de interação entre o pesquisador e as professoras colaboradoras na fase de discussão dos documentos oficiais. Foram ainda utilizados nas análises dos dados um palestra proferida pelas professoras, entrevista, diário de campo gravação dos depoimentos dos alunos, bem como o depoimento da diretora da escola. A análise fundamenta-se principalmente nos seguintes enfoques abordados neste trabalho: a descrição do contexto de ensino aprendizagem na escola participante; a verificação do que a discussão dos documentos oficiais pode informar sobre a prática das professoras; a discussão do ensino da língua inglesa em uma sociedade globalizada; a verificação sobre o conhecimento local e reconstrução deste a partir de um trabalho colaborativo entre escola pública e universidade e...

Autoria coletiva em ambiente informatizado na perspectiva da formação de professores em língua inglesa

Costa, Janete Sander
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.85%
Foi estudada interdisciplinarmente a autoria coletiva, em ambiente informatizado na Web, de professores em formação (graduação e extensão) da língua inglesa como língua estrangeira. O estudo foi vinculado às linhas de pesquisa “Interfaces Digitais em Educação: Arte, Linguagem e Cognição”, do Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, e ao grupo de estudos da interação dialógica e as tecnologias, do Laboratório de Estudos em Linguagem, Interação e Cognição, LELIC, com base em teorias da filosofia da linguagem de Mikhail Bakhtin. O EquiText, ferramenta de escrita colaborativa na Web e/ou ambiente virtual de aprendizagem, desenvolvido nesta universidade, proporcionou três experimentos: dois, na Instituição de Ensino Superior 1, IES 1, com estudantes voluntários da Licenciatura em Língua Inglesa; e um terceiro, na IES 2, com professores de inglês em serviço. Além do objetivo geral de verificar as possibilidades de autoria coletiva no EquiText, os objetivos específicos analisaram as relações dialógicas que os participantes da pesquisa estabeleceram: i) com o EquiText, em referência a manifestações procedurais-simbólicas; ii) entre si (com o outro)...

Língua inglesa : um universo imperativo na constituição de sujeitos contemporâneos

Silva, Gisvaldo Bezerra Araújo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.9%
Especialmente após a Segunda Guerra Mundial, a língua inglesa alcançou o status de língua franca mundial e vem ocupando um espaço cada vez maior na vida dos sujeitos contemporâneos, independente de suas origens ou localização geográfica. A presença maciça desse idioma no contexto brasileiro em materiais didáticos, romances, dicionários, gramáticas, roupas, produtos de beleza, músicas, videoclipes, filmes, séries de TV, livros de bolso, revistas em quadrinhos, revistas de informação, alimentos, tecnologia, ciência, modelos de comportamento e de educação formal produzidos e/ou associados aos países anglófonos – especialmente Estados Unidos e Inglaterra − possibilita que seja possível se pensar na produção de um universo da língua inglesa. Tal ferramenta conceitual refere-se à amplitude dos domínios, das práticas e dos discursos colonizados por esse idioma. Com base numa perspectiva que vê a linguagem como constituinte da realidade e a educação como um processo que não se restringe às instituições determinadas para esse fim, mas se estende a uma série de outros lugares, defendo que o universo da língua inglesa, presente em nossas vidas nas mais diversas materialidades, apresenta-se enquanto um dos elementos-chave da constituição dos sujeitos contemporâneos. Articulado numa lógica neoliberal de mercado...

Desestrangeirização : reflexões de uma professora de língua inglesa em processo de descolonização; Deforeignization : reflections of an english teacher in a decolonization process

Elizandra Roberta Neves de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.85%
É inegável a propagação e a influência da Língua Inglesa na sociedade globalizada atualmente, sendo até mesmo considerada uma língua franca, e, por não ser possível desvincular a língua da cultura, muitas vezes o processo de ensino/aprendizagem dessa língua estrangeira acaba por reforçar a hegemonia do povo que a fala, por valorizar a língua e a cultura estrangeira em detrimento da nossa língua portuguesa e da nossa cultura brasileira. Este trabalho problematiza o processo de ensino/aprendizagem da língua inglesa partindo da minha prática, enquanto professora de língua inglesa dos anos finais do ensino fundamental de uma escola municipal da cidade de Campinas, estado de São Paulo, chamada EMEF Padre Melico Cândido Barbosa, visando a desvincular o ensino da língua inglesa do macro, do caráter estrutural da língua, para pensar o ensino por meio de uma perspectiva emancipatória, a partir da análise de relatos dos meus alunos provenientes de um projeto de pesquisa realizado com eles. Com o apoio das teorizações certeaunianas, deleuzianas e bakhtinianas busco refletir sobre o ensino da língua pelo espaço/tempo do cotidiano escolar em que estou inserida, tomando o cotidiano como espaço de resistência, indo contra ao ordenamento do pensar...

A língua inglesa nas empresas : esta satisfaz todas as necessidades de comunicação internacional?

Neves, Sílvia Ribeiro das
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.88%
Nos dias de hoje, a concorrência empresarial é inevitavelmente global e as empresas internacionalizam-se como forma de responder às suas necessidades de crescimento. A questão central desta investigação prende-se com a língua mais utilizada nesta comunicação empresarial e que se assume como língua internacional, o inglês. De facto, a língua inglesa tem adquirido o estatuto de língua comum da comunicação. A sociedade global em que vivemos está, cada vez mais, interligada através dos meios de comunicação social, dos negócios à escala mundial e do uso da Internet. Este estudo pretende contribuir para responder à questão: será que a língua inglesa é suficiente para satisfazer as necessidades de comunicação internacional das empresas portuguesas, particularmente as do distrito de Aveiro? Através da realização de dois questionários, um destinado a um funcionário em cargo de chefia e outro destinado a um funcionário em cargo executivo, foi possível avaliar a comunicação efectuada nas empresas do distrito aveirense e a quantidade de uso do objecto de estudo, a língua inglesa. Com base na pesquisa bibliográfica, principalmente centralizada na importância das línguas nos dias de hoje, mais especificamente o domínio da língua inglesa...

O trabalho do professor de língua inglesa na formação inicial

Silva, Alessandra Augusta Pereira da
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.84%
Resumo: Esta pesquisa pauta-se na compreensão do trabalho do professor de Língua Inglesa no curso de Letras. Seu objetivo maior é analisar representações sobre o trabalho do formador de professores de Língua inglesa, como representações sobre papéis que a discipli na de Língua Inglesa tem no curso, sobre os pares, alunos e os próprios professores enunciadores e, ainda, sobre as dificuldades percebidas pelo professor ao exercer o trabalho docente. Além disso, analisar os temas mobilizados pelo professor ao discutir s eu trabalho, as vozes que constituem seu discurso e, as relações que podem ser estabelecidas entre as representações do professor e o trabalho docente. Esse conjunto levou -nos a compreensão da constituição desse trabalho. A pesquisa se dá qualitativamente, por estudar o caso de duas professoras que ministram a disciplina de Língua Inglesa em um curso de Letras de determinada instituição pública de ensino superior no interior do Paraná, buscando um aprofundamento teórico-metodológico de análise de textos relacionados à atividade docente. A pesquisa se torna intervencionista à medida que as etapas da coleta dos dados se efetivam, sendo esta apoiada nas Ciências do Trabalho (CLOT, 1999/2006; CLOT e FAÏTA...

Lavando a Alma: análise do contexto de uma sala de aula de língua inglesa de escola pública sob a luz da teoria do caos/complexidade.; Letting It All Out:analyzing an English classroom context in a state school based on chaos/complexity theory.

FERNANDES, Fernanda Rodrigues
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Letras e Linguística; Lingüística, Letras e Artes Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Letras e Linguística; Lingüística, Letras e Artes
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.84%
This research is an ethnographic case study that analyzes, in a descriptive form, the English language lessons in a second year high school classroom in a state school in the city of Goiânia. For this, we conducted a participant-observation research study, which, according to Spradley (1980), occurs when the researcher observes what happens in the research field and also participates in the activities that occur therein. The aim of this study was to know the difficulties faced by the actors in the classroom examined in order to propose what we call action or intervention to help control one of the known difficulties that, in this case was indiscipline during the English classes. Our proposed action was to carry out activities that would promote peer interaction and cooperative and/or collaborative learning, encouraging students‟ participation in the classes (FIGUEIREDO, 2006; OXFORD, 1997). During the research, we realized that several factors influenced the English classroom dynamics and thus the students‟ behavior. Therefore, the classroom under study and the issue of indiscipline in the English classes could not be seen in isolation. In order to best understand this reality, we used chaos/complexity theory (LARSEN-FREEMAN...

O uso do dicionário no ensino de vocabulário de língua inglesa

Fagundes, Renata Borba
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.83%
O dicionário é um dos recursos pedagógicos mais importantes no ensino de vocabulário de língua estrangeira. Ele auxilia o trabalho do professor e viabiliza uma maior autonomia do aluno na medida em que ele, proficiente no seu uso, pode recorrer ao dicionário sem o auxílio do professor. No entanto, pesquisas têm revelado problemas com relação ao seu uso no contexto de ensino/aprendizagem, sobretudo nas aulas de Língua Inglesa. Vital (2006), Fagundes (2008) e Ratund (2011) observaram que no contexto escolar de Mato Grosso do Sul, o dicionário não estava presente em todas as aulas, a tradução era a atividade predominante e o conhecimento lexicográfico dos alunos era insatisfatório. Diante disso, o objetivo geral deste trabalho foi discutir o uso do dicionário no ensino de vocabulário da Língua Inglesa. Os objetivos específicos consistiram em: a) colaborar para que o dicionário seja mais (eficazmente) utilizado; b) elaborar um inventário dos trabalhos acadêmicos sobre o uso do dicionário em sala de aula; c) contribuir com a prática pedagógica do professor de Língua Inglesa. Com o foco no professor, elaboramos atividades de ensino do vocabulário de Língua Inglesa que contemplam o uso do dicionário bilíngue. Tais atividades se subdividem por conteúdo vocabular...

O processo de inclusão digital no contexto de ensino e aprendizagem de língua inglesa na escola pública

Riciolli, Ana Maria Barbosa Varanda
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.84%
Esta pesquisa teve como objetivo investigar o processo de inclusão digital no contexto de ensino e aprendizagem de Língua Inglesa no âmbito de duas escolas públicas da cidade de Uberlândia – MG, para identificar seus estágios de implementação. Objetivamos, também, analisar a forma de implantação efetiva do processo de inclusão digital no contexto de ensino de Língua Inglesa das referidas escolas, na visão da direção, do professor e do aluno, bem como investigar quais são as políticas e ações promovidas pelos gestores de Educação e pelas escolas participantes, que visam a incentivar (e facilitar) o processo de inclusão digital em aulas de Língua Inglesa. Percebemos que, no que diz respeito ao ensino de Língua Inglesa a escola pública, ainda não se efetivou, de fato, o processo de inclusão digital. Essa não efetivação parece resultar de uma tensão entre o que preveem os documentos sobre a matéria e o que efetivamente acontece nas escolas em termos de operacionalização. Esse processo de inclusão se encontra ainda às voltas com problemas de diversas ordens, que vão desde questões práticas, de acesso aos meios de digitalização, até aqueles que se originam das convicções dos envolvidos que, por vezes...

“Formação de professores de língua inglesa em um curso de licenciatura: processos identitários”

Cunha, Elizabeth Gonçalves
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.88%
Este estudo teve como objetivo principal investigar quais são as representações sobre as dimensões ética e política da língua inglesa que norteiam as práticas de professores (formadores e em formação) de língua inglesa em um curso de Letras de uma universidade federal do estado de Minas Gerais. Em um segundo momento, buscamos conhecer em que sentido essas representações afetam a constituição identitária do professor e sua prática. A hipótese que norteou a pesquisa foi a de que a forma como os professores formadores e os alunos em formação dos cursos de Letras concebem as dimensões ética e política da língua inglesa tem contribuído para a assunção (ou a adoção) de posturas ingênuas e pouco comprometidas sobre as reflexões acerca da língua inglesa. Participaram da pesquisa cinco (05) professores e trinta e seis (36) alunos de um curso de Letras de uma Universidade pública de Minas Gerais. Os dados para a pesquisa foram coletados a partir de entrevistas semi-estruturadas feitas com os professores e questionários que foram respondidos pelos alunos. Foram também analisadas as ementas dos planos de cursos das disciplinas de formação do referido curso, a saber: “Prática de Ensino de Língua Inglesa 1”; “Metodologia do Ensino de Língua Estrangeira 1” e “Lingüística Aplicada”. Para a análise dos dados...

O imaginário do aluno sobre a língua inglesa na constituição de sua subjetividade

Oliveira, Pauliana Duarte
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.91%
O contato com alunos de ensino fundamental em escolas públicas levou-nos a perceber que esses alunos, geralmente, enunciam de modo contraditório a língua inglesa. Ao mesmo tempo em que se sentem desmotivados com as aulas de língua inglesa da escola em que estudam, esses mesmos alunos circunscrevem seus dizeres em discursos de exaltação à língua inglesa. O modo como se dá o contato com essa língua no contexto de escola pública não é condição suficiente para promover uma aprendizagem considerada satisfatória. No entanto, é a partir desse contato que são produzidos sentidos e representações sobre a língua inglesa. Tais representações são suscitadas pelos discursos que circulam no espaço sócio-histórico e estão presentes no imaginário desses alunos, produzindo, de algum modo, efeitos nas suas subjetividades e levando-os a circunscreverem discursivamente seus dizeres nesses discursos. O foco de nosso trabalho é tentar compreender essa contradição no dizer do aluno: como o aluno enaltece uma língua com a qual ele praticamente não tem contato? Realizamos análise interpretativista e descritiva do corpus, composto de entrevistas semi-estruturadas com alunos e professores de língua inglesa da rede pública...

TIC e aprendizagem da língua inglesa no ensino formal português : meta-análise da investigação entre 2002 e 2012

Mendonça, Telma
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.82%
Dissertação de Mestrado em Comunicação Educacional Multimédia apresentada à Universidade Aberta; Estudos recentes têm reconhecido a importância das tecnologias emergentes e da Internet para a aprendizagem de uma língua, ao mesmo tempo que se referem ao papel destas como ferramentas de ensino e aprendizagem, as quais podem ser integradas na educação para complementar o trabalho do professor e para ir ao encontro das tendências e exigências das novas gerações de alunos, grandemente influenciadas pela atual sociedade digital. Este estudo, com base em quarenta e quatro provas académicas publicadas online, as quais constituem o corpus de análise desta investigação, tem como objetivo analisar como têm sido utilizadas as TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação) na aprendizagem da língua Inglesa, no ensino formal em Portugal, no período entre 2002 e 2012. Neste contexto, tendo em conta a importância destas tecnologias, definiram-se questões de investigação para perceber: a utilização das TIC para a aprendizagem da língua Inglesa; as evidências da eficácia na aprendizagem dos alunos; as perspetivas dos investigadores em relação à integração das tecnologias na aprendizagem da língua Inglesa no ensino formal em Portugal; os desafios e as recomendações em relação às TIC e à aprendizagem da língua Inglesa. Após a meta-análise multimodal realizada...

Ser professor (brasileiro) de lingua inglesa : um estudo dos processos identitarios nas praticas de ensino

Debora Cristina Mantelli Baghin-Spinelli
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2002 PT
Relevância na Pesquisa
66.92%
Este estudo teve por objetivo investigar e compreender mais ampla e profundamente os processos identitários vivenciados pelo sujeito nos espaços de formação de professores de língua inglesa em universidades brasileiras. Trabalhando transdisciplinarmente com a Análise de Discurso e partindo da concepção de que sujeito e sentido se constituem ao mesmo tempo, histórica, social e ideologicamente, analisamos o funcionamento discursivo de Práticas de Ensino de Língua Inglesa de universidades públicas e particulares do interior dos Estados de Minas Gerais e de São Paulo. Focalizamos neste estudo, as representações imaginárias do sujeito em relação a objetos do discurso, tais como: língua portuguesa; povo/cultura brasileiros; língua inglesa; povo/cultura anglo-saxões; ensinar língua inglesa; professor (formado e em formação) desse idioma, e formar professores de língua inglesa, construídas por ressonâncias discursivas de modos de dizer e de itens lexicais nesses contextos. O nosso corpus foi formado por gravações em áudio e vídeo de aulas dessas Práticas, aplicações de questionários e trocas de diários dialogados com alguns alunos-professores. Na análise, pudemos observar que os gestos de interpretação do que seja um professor de língua inglesa...

Ensino infantil da língua inglesa no Brasil : uma análise discursiva da evidência do "quanto mais cedo melhor"; English language teaching for children in Brazil : a discoursive analysis of the evidence of "the sooner, the better"

Alan Febraio Parma
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.89%
Observamos, em nossa sociedade, um crescente aumento pela procura por cursos de língua inglesa para crianças desde a primeira infância, sustentado por um argumento que circula de maneira transparente como uma verdade estabilizada: o do "quanto mais cedo, melhor". De modo a atravessar esta evidência, ancoramo-nos na Análise de Discurso, bem como, devido às próprias necessidades desta pesquisa, na História das Ideias Linguísticas, para compreender como a língua inglesa, na história da gramatização brasileira da língua portuguesa na relação com as línguas designadas estrangeiras, constitui-se, no imaginário brasileiro, como a língua estrangeira necessária a ser ensinada cada vez mais cedo, permitindo que surgissem e se estabilizassem tantos cursos infantis de língua inglesa no país. Mostramos em nosso trabalho que o argumento do "quanto mais cedo, melhor" é sustentado por uma rede de significação na qual jogam o discurso científico, o da globalização e o mercadológico, permitindo que o sujeito imerso nesse espaço discursivo do ensino infantil do inglês (pais, alunos, professores, gestores, administradores) trabalhe na evidência de que quanto mais cedo se inicia o ensino do inglês como língua estrangeira - por razões científicas -...

As representações sociais dos professores de língua inglesa do Ensino Fundamental I

Guedes, Carine Schenekenberg
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.93%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada, 2013.; O acelerado desenvolvimento dos meios de comunicação aliado aos avanços tecnológicos vem modificando a forma de comunicação entre as pessoas ao redor do mundo aumentando o interesse dessas pessoas em aprender línguas estrangeiras. Neste cenário, a língua inglesa vem se consolidando como língua de comunicação global (KUMARAVADILELU, 2006) adquirindo, segundo Gimenez (2010) o status de língua franca por ser na atualidade a língua mais falada no mundo entre pessoas de diferentes línguas maternas. Esse fato tem como consequência um número cada vez maior de pessoas interessadas em aprender a língua inglesa e a língua inglesa sendo inserida cada vez mais cedo na vida das crianças por meio do currículo das escolas particulares (TONELLI, 2008; ROCHA, 2006; SANTOS, 2005; PIRES, 2004; MIRANDA, 2003). Considerando o relevante papel que o professor desempenha no processo ensino-aprendizagem e por entender que conhecer a forma de pensar e agir desses professores pode contribuir para o sucesso da aprendizagem, esta pesquisa teve como objetivo identificar e analisar as representações sociais dos professores de língua inglesa (doravante LI) do primeiro ciclo (1º ao 5º ano) do Ensino Fundamental (doravante EFI) de escolas particulares do Distrito Federal sobre os seguintes aspectos: 1) a língua inglesa e sua importância no EF I; 2) sobre o perfil do professor de LI atuante no EFI e; 3) sobre o processo de ensino-aprendizagem da língua inglesa no EFI. Para atingir esse objetivo...

Crenças de formandos do curso de letras Português-inglês sobre a aprendizagem de língua inglesa

Silva, Márcia Gonçalves
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.89%
Este trabalho trata de um estudo sobre crenças na aprendizagem de língua inglesa de formandos do curso de Letras Português-Inglês em uma Instituição de Ensino Superior no Distrito Federal. Além de verificar a existência de crenças na aprendizagem de língua inglesa, a pesquisa investiga se as crenças inferidas influenciam negativamente na decisão pela docência de língua inglesa após a conclusão do curso. Para atingir os objetivos da pesquisa, utilizou-se um questionário fechado, do tipo likert scale, mais conhecido como Beliefs about Language Learning Inventory (BALLI), autorrelatos e entrevistas não estruturadas para a realização da coleta de dados quantitativos e qualitativos. Após a análise e discussão dos dados, foi possível inferir que na aprendizagem de língua inglesa há crenças relacionadas à motivação, à autonomia na aprendizagem, ao estudo contínuo, à competência comunicativa e à aprendizagem de língua inglesa em escolas de línguas e no ensino superior. Essas crenças, consequentemente, influenciam de forma negativa na decisão dos formandos pela docência de língua inglesa.; This work is a study of English language learning beliefs of Portuguese-English language course graduates of a college located in Distrito Federal. Besides checking the existence of beliefs in English language learning...