Página 1 dos resultados de 1929 itens digitais encontrados em 0.061 segundos

81 - Língua e cultura

Pires, Eliane Cristine Raab
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Mirandela Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Mirandela
Tipo: Livro
POR
Relevância na Pesquisa
76.04%
No último quartel do século XX, um novo mundo surge decorrente do processo de globalização. Esta nova sociedade tem conduzido a uma mudança significativa na tecnologia da informação, na comunicação interactiva através dos meios de comunicação electrónicos, na economia global, estabelecendo uma base multicultural de interdependência económica, e na vida social. A realidade vigente, portanto, revela que o homem moderno está tão mergulhado na linguagem, que nada, ou quase nada, se faz sem a fala, e é assaltado por milhares de sinais e imagens. É isso que explica a importância crescente de estarmos mais conscientes da função da língua como instrumento social e de comunicação e que, neste caso, dá acesso à cultura de uma sociedade. Os temas língua e cultura têm sido isoladamente objecto de estudo e por serem passíveis de serem abordados sob diferentes ângulos, o trabalho que se apresenta pretende, na medida do possível, ampliar o horizonte de reflexões sobre a diversidade linguística e cultural numa sociedade globalizante. Este estudo, por isso, visa despertar o desejo de conhecer e aprender línguas que é uma das competências essenciais para que cada indivíduo possa participar de forma efectiva na sociedade europeia...

A tradução literária entre o português europeu e o português prasileiro: relação entre língua e cultura

Aio, Michelle de Abreu
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
75.89%
Este trabalho visa analisar a possibilidade de tradução entre a língua portuguesa europeia e a brasileira. Tendo em vista que a tradução acontece quando as línguas nela envolvidas são consideradas diferentes, apresentamos uma breve análise das diferenças sintáticas da língua portuguesa europeia e brasileira no intuito de mostrarmos a relevância do trabalho tradutório envolvendo as duas. Considerando a intrínseca relação entre língua e cultura, mostramos brevemente a evolução da língua portuguesa a fim de apontar para as diferenças culturais e suas implicações no idioma. Como corpus, utilizamos o livro português Os cus de Judas (2003) com o qual exemplificamos as diferenças analisadas e para o qual, por fim, apresentamos uma proposta de tradução.

Entre línguas de negócios e de cultura. Sentidos que permeiam a relação do brasileiro com a língua inglesa e a espanhola; Between business language and language of culture. Senses that permeate the relation of the Brazilian learner with English language and Spanish language

Sousa, Greice de Nobrega e
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
65.95%
Neste trabalho analisamos, a partir do lugar teórico da Análise do Discurso de linha francesa, a relação do aprendiz brasileiro com duas línguas estrangeiras: a Língua Inglesa (LI) e a Língua Espanhola (LE). Para tanto, exploramos as imagens detectadas nos comentários dos aprendizes sobre essas línguas estrangeiras, que recuperamos por meio de questionários aplicados a vários grupos. A imagem que marca a relação aprendiz/LI é a de que ela é uma língua de negócios; no caso da LE, aparece, primeiro, a imagem de 2a língua de negócios, e depois, ganhando força ao longo do processo de aprendizagem, a imagem de língua de cultura. Interpretamos essas imagens na sua relação com certas interpelações a que está exposto o sujeito contemporâneo e o funcionamento de certos pré-construídos pelos quais é capturado, no que se refere ao domínio de língua(s). Também, estudamos a constituição da LI e seu processo de expansão como língua internacional, e como ela funciona na escola brasileira, onde desde 1961 até o momento foi praticamente a língua estrangeira dessa instituição. O processo de aprendizado de LE, que interpretamos como de identificação/subjetivação mostra, ao menos no plano do imaginário do sujeito um deslocamento na relação aprendiz/LE que não acontece na que ele estabelece com a LI. Desta forma...

Linguagem e cultura na construção da identidade do sem-terra; Language and culture in the construction of landless identity

Zacchi, Vanderlei José
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/11/2009 PT
Relevância na Pesquisa
75.92%
Para os movimentos sociais, e principalmente o MST, o acesso ao poder, na sociedade atual, pode se dar pelo domínio de práticas discursivas possibilitadas por duas poderosas ferramentas: a língua inglesa e as novas tecnologias de comunicação. No entanto, ao usá-las, o MST coloca em xeque sua própria identidade, já que muitas vezes essas práticas discursivas estão relacionadas com seus adversários (ou seus Outros). O objetivo deste trabalho é analisar conflitos identitários no MST gerados pelo uso da língua inglesa e das novas tecnologias na articulação de uma resistência local e global a forças culturais, políticas e sociais hegemônicas, levando-se em consideração o contexto em que o movimento atua e no qual sua identidade é construída. Este trabalho se apoia sobre quatro temas principais: cultura, identidade, línguas e novas tecnologias. Cultura e identidade são conceitos dinâmicos e instáveis. Línguas e novas tecnologias não podem ser vistas como meras ferramentas. Elas desempenham um papel ativo na construção da identidade do sem-terra e estão estreitamente vinculadas à cultura. Portanto, uma ênfase nos conflitos pode ser útil para a promoção de reflexões e reconsiderações acerca dos conceitos de linguagem...

Investigando concepções de língua e cultura no ensino de inglês na escola pública segundo as teorias de letramento; Investigating conceptions of language and culture in English teaching in public schools according to theories of literacies

Marreiro, Samara de Cassia Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/11/2012 PT
Relevância na Pesquisa
106%
A presente pesquisa apresenta uma investigação sobre as concepções de língua e cultura decorrentes dos discursos e das práticas de ensino de duas professoras de inglês da escola pública regular de ensino formal. Os registros desta investigação são analisados sob uma perspectiva metodológica qualitativo-interpretativa de caráter etnográfico (GEERTZ, 1978; ANDRÉ, 2008) e servem como insumos para a reflexão e discussão sobre o tema segundo a perspectiva das teorias educacionais dos novos letramentos e multiletramentos. Tais discussões levam em conta as mudanças da sociedade atual (COPE; KALANTZIS, 2000), a influência da globalização (BAUMAN, 1998; HALL, 1992; SUÁREZ-OROZCO, M.M. & QIN-HILLIARD, 2004), mudanças epistemológicas (LANKSHEAR; KNOBEL, 2003; MORIN, 2000; MONTE MÓR 2002, 2008, 2009a), e a ênfase no caráter educacional, cultural e crítico do ensino de línguas estrangeiras na educação formal (OCEM-LE, 2006). Diante das análises decorrentes das observações de aulas, das entrevistas e conversas informais com as professoras, dos questionários respondidos pelos alunos e da análise de documentos, pudemos identificar concepções que evidenciam elementos atribuídos a noções ditas tradicionais de conceber língua e cultura...

O léxico da cultura brasileira no livro didático "Português Via Brasil: um curso avançado para estrangeiros"; The lexicon of the Brazilian culture in the textbook "Português Via Brasil: um curso avançado para estrangeiros"

Ueti, Luhema Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
65.96%
O presente trabalho objetiva realizar um levantamento do léxico da seção Cotidiano Brasileiro do livro didático Português Via Brasil: um curso avançado para estrangeiros, identificar os campos léxico-semânticos para, com isso, verificar como é apresentada a cultura brasileira aos alunos estrangeiros que querem aprendê-la. Ao se pensar em ensino/aprendizagem de uma língua estrangeira, sabe-se que não é possível dissociar o ensino/aprendizagem de língua e cultura da nação que a tem como oficial, tendo em vista que, para se compreender a estrutura de uma língua, é necessário, também, que se entenda a cultura dos falantes dessa língua. Por ser o léxico a parte da língua que veicula dados culturais e contribui para a compreensão da visão de mundo do falante, optou-se por realizar um levantamento e estudo das escolhas lexicais (lexias) do corpus, a fim de poder identificar como a cultura brasileira é apresentada no LD selecionado.; This paper aims to make a survey on the lexicon in "Cotidiano Brasileiro" from the textbook "Português Via Brasil: um curso avançado para estrangeiros", to identify the lexical-semantic fields, and to check how Brazilian culture is presented to foreigner students who want to learn it. When thinking about teaching/learning a foreign language...

Um olhar discursivo sobre língua, cultura e identidade : reflexões sobre o livro didático para o ensino de espanhol como língua estrangeira

Nardi, Fabiele Stockmans de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.09%
Este trabalho pretende contribuir para as reflexões acerca do ensino de segunda língua dentro da perspectiva instaurada pela Análise do Discurso. Visamos, a partir da análise de livros didáticos usados para o ensino de língua espanhola no Brasil, discutir as concepções de língua, cultura e ensino vigentes nesses métodos, bem como as imagens de professor e aluno construídas pelos discursos que os atravessam. Pretendemos, com isso, reafirmar o lugar da Análise do Discurso enquanto espaço de ressignificação dessas práticas, colocando em causa as noções de ideologia, cultura e identidade nas reflexões sobre o ensino de segunda língua. Para tanto, inicialmente propomos uma discussão sobre diferentes concepções de língua, trabalho que fazemos olhando, especialmente, para as contribuições de Saussure, Chomsky, Bakhtin e Pêcheux. Assumindo o espaço do discurso como o lugar teórico a partir do qual falaremos, procuramos mostrar os deslocamentos sofridos pela noção de língua enquanto materialidade dos discursos. Nosso olhar, nesse ponto, recai especialmente sobre a noção de real da língua, que nos permite pensar sua incompletude. Ocupamo-nos, em seguida, da noção de cultura, e trabalhando sobre as contradições que envolvem sua definição...

Mediação cultural no processo de aprendizagem de inglês como língua estrangeira

Bullio, Paula Cristina
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 221 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
65.95%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR; Atualmente, vivemos em um mundo globalizado em que a competição é uma das bases de seu funcionamento. Busca-se, assim, obter um diferencial que, neste trabalho, consideramos ser a Língua Estrangeira (no caso, o inglês) e, por meio dela, espera-se, entre outras coisas, ter acesso à educação, um emprego melhor e qualidade de vida. Entretanto, o processo de aprendizagem de uma LE é bastante complexo devido a inúmeros aspectos que o permeiam. Entre eles, podemos apontar a relação indissociável entre língua, cultura e sociedade. Deste modo, observamos e analisamos de que forma a mediação cultural está presente na sala de aula de inglês e quais foram as implicações da mesma neste processo. Queríamos identificar se o aluno aprende, além da língua, regras sociais, de comportamento, culturais, etc. e se, a partir deste aprendizado, seria possível construir relações sociais, ideológicas e de identidades. Nesta pesquisa, coletamos os dados em uma escola de idiomas da cidade de São Carlos durante o segundo semestre de 2006 tendo como público alvo alunos/adultos de nível pré-intermediário. Utilizamos a gravação em vídeo...

O trabalho de licenciandos em alemão e inglês no PIBID: a construção da prática docente a partir das crenças de alunos do Ensino Médio sobre língua e cultura estrangeira

Rozenfeld, Cibele Cecilio de Faria; Salomão, Ana Cristina Biondo
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 159-179
POR
Relevância na Pesquisa
75.85%
For some time, researchers in teacher education (ZEICHNER; LISTON, 1996; GIMENEZ, 2005) have been drawing attention to the need to place undergraduates in contexts of practice that help them make sense of the theoretical training they receive in the graduation course. In this article, we discuss the intersection between school and university for initial foreign language teacher education through activities carried out under the Brazilian Institutional Program for Initiation to Teaching – Language and Literature of a state university. These activities were aimed, on the one hand, to promote reflection about the concept of culture and intercultural language teaching during initial teacher education and, secondly, to deconstruct stereotypes of high school students about German and English language and culture. Based on the analysis of data on the beliefs of students of the school and the support of theoretical studies such as Kramsch (2006, 2009), Bolognini (1993), among others, workshops were designed to expand the cultural universe of the high school students in the partner state school, the concept of culture and to deconstruct stereotypes. It was found that the activity contributed to the reflective education of the undergraduate students in relation to the treatment of the subject culture in language teaching.; Há algum tempo...

Transportes internacionais: comunicação, língua e cultura

Valente, Sofia da Silva
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.04%
O principal problema apresentado na dissertação “Os transportes Internacionais – Comunicação, Língua e Cultura” é saber em que medida a língua e cultura são percepcionados como aspectos relevantes na comunicação que se desenvolve no contexto dos transportes internacionais rodoviários de mercadorias. A dissertação é constituída por cinco capítulos. O primeiro capítulo denominase “Transportes Internacionais” e trata questões pertinentes dos diversos modos dos Transportes Internacionais, mas fundamentalmente, do modo rodoviário. O segundo capítulo denomina-se “Comunicação” e trata da comunicação em geral, relacionando-a com os Transportes Internacionais. O terceiro capítulo denomina-se “Língua” e são analisados aspectos da língua e a importância desta nos Transportes Internacionais. O quarto capítulo denomina-se “Cultura” no qual se analisam aspectos importantes da Cultura em geral e o papel que esta desempenha nos transportes internacionais. O quinto e último capítulo denominado “Transportes Internacionais – Comunicação, Língua e Cultura – Estudo empírico” é um capítulo empírico em que são relacionados os aspectos comunicação, língua e cultura entre si e apresentados os resultados de entrevistas feitas aos gestores...

Razões de um curso de língua e cultura (a propósito da cadeira de língua e cultura inglesa, na escola superior de educação)

Mendes, Luís Manuel
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /07/1999 POR
Relevância na Pesquisa
75.86%
No segundo parágrafo dizemos porquê. A pressa começa no contrário da perfeição. Há uma identidade para ser discutida: a minha, a do(s) outro(s), a das coisas. No Programa de Inglês do Ensino Básico referem-se a identidade e a diversidade, ou seja, o dizer e o desdizer. É um mar de águas de todos os sentidos. Nós avançamos sem pressa, que é para ver surgir. Para termos a percepção súbita, que é a verdade - ou a beleza, definidas por Sócrates nas duas parcelas a que dá igualdade; e daqui a perfeição.

Ensino da cultura: aspectos da cultura portuguesa para falantes de sérvio

Čkonjević, Jelena
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.03%
Tese de mestrado, Língua e Cultura Portuguesa, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2012; O objectivo desta investigação é reflectir como inserir a cultura no ensino de uma língua. Neste caso a língua alvo é o português e os aprendentes são falantes de sérvio. Na aprendizagem ou no ensino de uma língua além da gramática e do vocabulário, a cultura ocupa um papel importante. Uma língua como objectivo principal tem a comunicação. Para comunicar com os outros, alguém tem de perceber o contexto do uso desta língua, as situações, ter conhecimento e saber sociocultural da outra língua. Todos estes aspectos são indispensáveis no ensino de uma língua e de uma cultura.; Abstract The aim of this research is to reflect on how to insert a culture in a language teaching. In this case the target language is Portuguese and the learners are Serbian speakers. In the process of learning or teaching a language, besides grammar and vocabulary, culture plays an important role. A principal objective of any language is communication. To communicate with the others, one must understand the context of the use of the language and the situations...

Relatório de estágio: é fazendo que se ensina e se aprende a fazer: do amargo educar ao doce saber

Vieira, Virgínia da Costa
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
75.88%
O objetivo do presente trabalho assenta na reflexão dos diferentes papéis e funções desempenhados pela Escola e pelos professores em virtude de um ensino de qualidade, que respondam aos princípios fundamentais para o estabelecimento de uma relação de interesses comuns, baseados nos valores de respeito e igualdade, necessários a uma sociedade democrática e multicultural. Neste sentido, a primeira abordagem fundamenta a importância da disciplina de português no currículo e a contribuição que a literatura infanto-juvenil traz para o desenvolvimento integral do aluno, através da abordagem do conto Avó e Neto contra vento e areia de Teolinda Gersão, perspetivada segundo as metodologias do aprender a aprender. Seguidamente, são analisadas diferentes práticas necessárias e fundamentais à formação de futuros cidadãos internacionais plurilingues e pluriculturais, capazes de relacionar-se de forma eficiente com o Outro e que se revelam imprescindíveis ao saber-ser e ao saber-fazer num espaço multifacetado e diversificado. Por último, para resolver a ausência de conteúdos socioculturais verificados em alguns manuais de língua estrangeira com vista à sua exploração em sala de aula, apresentam-se de forma fundamentada propostas de atividades e materiais adequados...

Questões de interculturalidade no ensino da língua alemã como segunda língua DaZ (Deutsch als Zweitsprache): o caso dos "ovinhos de Páscoa" (Ostereier)

Savedra,Mônica Maria Guimarães; Liberto,Heloisa; Carapeto-Conceição,Robson
Fonte: Universidade de São Paulo/Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas/; Programa de Pós-Graduação em Língua e Literatura Alemã Publicador: Universidade de São Paulo/Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas/; Programa de Pós-Graduação em Língua e Literatura Alemã
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
75.93%
O presente artigo oferece um breve panorama acerca do ensino da língua alemã no Brasil. Seguindo os conceitos e dimensões de bilinguismo e bilingualidade , identifica o ensino de língua alemã como segunda língua e trata do aspecto da interculturalidade restrito à análise da prática em duas escolas bilíngues do Rio de Janeiro, onde a língua/cultura alemã é a segunda língua.(L2) Propõe-se uma reflexão sobre a questão da interculturalidade no âmbito da comemoração de datas festivas em escolas bilíngues. Dentro dessa temática e no contexto escolar bilíngue, delimitamos o estudo a eventos comemorativos como a Páscoa, marcados pela distribuição de ovinhos de Páscoa/Ostereier. O estudo baseia-se em uma perspectiva sociocultural da linguagem e ressalta as relações entre língua, identidade e estrutura social.

Olhares brasileiros e alemães: um estudo sobre percepção, interculturalidade e ensino de língua e cultura estrangeira

Ferreira,Mergenfel A. Vaz
Fonte: Universidade de São Paulo/Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas/; Programa de Pós-Graduação em Língua e Literatura Alemã Publicador: Universidade de São Paulo/Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas/; Programa de Pós-Graduação em Língua e Literatura Alemã
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
75.96%
O presente artigo tem por objetivo apresentar um estudo comparativo da percepção de textos multimodais, mais especificamente, anúncios publicitários impressos em revistas brasileiras e alemãs, por aprendizes brasileiros de ALE (Alemão como Língua Estrangeira) e por aprendizes alemães de PLE (Português como Língua Estrangeira), com especial atenção para a dimensão intercultural envolvida neste processo. Através da análise desenvolvida no estudo, puderam ser identificados tanto os aspectos culturais mais diretamente relacionados a usos linguísticos (uso de pronomes pessoais e formas de tratamento, por exemplo), quanto de aspectos culturais mais subjetivos (a percepção de estados emocionais, a visão de trabalho, entre outros). Este estudo também discute as implicações do vínculo entre as escolhas linguísticas e a cultura para o ensino de LCE (Língua/ Cultura Estrangeira).

A relação entre língua e cultura em aulas de língua estrangeira.; The relationship between language and culture in foreign language teaching.

Lima, Cristiano Soares de
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Linguística; Literatura Brasileira; Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Linguística; Literatura Brasileira; Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.03%
This research is a contribution to the discussion concerning the relationship between language and culture in Foreign Language Classes (FLC). It discusses the place of cultural issues in FLC and how they can contribute to a more efficient learning of a foreign language and also to the formation of critically aware students/citizens. The discussion about language and culture is related to issues like globalization, hegemony, linguistic and cultural mutability, but it is especially related to the educational field. This work takes into account analyses, theoretical perspectives, studies and books that deal with this theme, being mostly based in Applied Linguistics, relying on researchers and linguists such as Bhabha, Crystal, Fiorin, Hall, Porto and others as a support to this research. The research corpus is composed of an analysis of an English schoolbook, transcripts of 18 English classes and a questionnaire applied to the teacher and to the students of the observed classes. The qualitative ethnographic perspective is adopted in order to support this work. The analysis of the schoolbook aimed at verifying a possible relationship between language and culture within its units and how that relationship occurs. The class observation s purpose was checking the place and the importance of cultural issues in the teacher s teaching practice as well as checking the kind of knowledge the students were offered. The questionnaires...

A leitura de contos e o ensino de língua inglesa: os contatos/diálogos entre língua e cultura materna (L1/C1) e língua e cultura-alvo (L2/C2); The reading short stories and the english teaching: the contacts/dialogues between the mother tongue and culture (L1/C1) and the target language and culture (L2/C2)

Silva, Layssa Gabriela Almeida e
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL); Faculdade de Letras - FL (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL); Faculdade de Letras - FL (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
95.98%
The present study aims to show the contribution of short stories in the discussion and reflection of cultural aspects in English classes. It is an ethnographic case study with the participation of ten students of a public high school in the city of Goiânia, Goiás. Data collection was undertaken in a blended one-semester course in which the Moodle platform was used. The following five short stories were selected to be read and discussed with the students: “The Dishonest Friend”, by W. H. D. Rouse; “The Story of an Hour” and “Desiree’s Baby”, by Kate Chopin; “Once There Was a King”, by Rabindranath Tagore and “The Gift of the Magi”, by O. Henry. The study used the following instruments of investigation: questionnaires, registration of virtual interactions, semi-structured interviews and field notes. To establish a dialogue between literature and language teaching, the research study was based on Kramsch (1993), Brooks (2001), Valdes (2001), and Rees (2003). Definitions of the term culture are given and the intrinsic relation between language and culture is explained (AGAR, 2006). The data are also analyzed according to Iser (1978) and the model of cultural domains suggested by Spradley (1980). The data showed that the adoption of an intercultural approach to the process of reading short stories is very important for teachers who aim at discussing and reflecting on L1/C1 and L2/C2 in their classrooms...

Relatório de estágio: é fazendo que se ensina e se aprende a fazer: do amargo educar ao doce saber

Vieira, Virgínia da Costa
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
75.88%
O objetivo do presente trabalho assenta na reflexão dos diferentes papéis e funções desempenhados pela Escola e pelos professores em virtude de um ensino de qualidade, que respondam aos princípios fundamentais para o estabelecimento de uma relação de interesses comuns, baseados nos valores de respeito e igualdade, necessários a uma sociedade democrática e multicultural. Neste sentido, a primeira abordagem fundamenta a importância da disciplina de português no currículo e a contribuição que a literatura infanto-juvenil traz para o desenvolvimento integral do aluno, através da abordagem do conto Avó e Neto contra vento e areia de Teolinda Gersão, perspetivada segundo as metodologias do aprender a aprender. Seguidamente, são analisadas diferentes práticas necessárias e fundamentais à formação de futuros cidadãos internacionais plurilingues e pluriculturais, capazes de relacionar-se de forma eficiente com o Outro e que se revelam imprescindíveis ao saber-ser e ao saber-fazer num espaço multifacetado e diversificado. Por último, para resolver a ausência de conteúdos socioculturais verificados em alguns manuais de língua estrangeira com vista à sua exploração em sala de aula, apresentam-se de forma fundamentada propostas de atividades e materiais adequados...

Discursos e estilos de docentes de FLE e a influência da cultura francesa na formação da sociedade brasileira

Barbosa Giraud, Ana Cláudia
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
75.95%
Ao longo do Século XX o estatuto da língua francesa como língua estrangeira sofreu mudanças significativas. Dessa maneira, é importante que seja realizada uma reflexão  considerando a  perda de prestígio da língua francesa no cenário pós-moderno global e suas influências sobre as identidades de docentes de Francês Língua Estrangeira (FLE). Nesse sentido, esse trabalho tem como foco a análise do discurso de docentes de língua francesa de duas instituições de Ensino Superior estando fundamentado sobre os aportes teórico-metodológicos da Análise de Discurso Crítica (ADC), sobretudo, a partir dos estudos de Fairclough (2001, 2003), Chouliaraki & Fairclough (1999) e Magalhães (2000, 2006). De acordo com essa perspectiva, a linguagem é uma prática social e as estruturas linguísticas se configuram como modos de ação e interação sobre as pessoas e sobre o mundo, de forma que o discurso constitui um espaço de luta hegemônica. A metodologia utilizada nesse estudo compõe um diálogo entre a ADC e a pesquisa qualitativa. Os dados – entrevistas individuais – são examinados em seus aspectos linguísticos e ideológicos focalizando o significado representacional e o significado identificacional dos textos. Os resultados apontam para uma representação da língua e da cultura francesas ligada ao caráter afetivo da relação que esses/essas profissionais com elas mantém.

O trabalho de licenciandos em alemão e inglês no PIBID: a construção da prática docente a partir das crenças de alunos do Ensino Médio sobre língua e cultura estrangeira

Rozenfeld, Cibele Cecilio de Faria; Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, campus Araraquara; Salomão, Ana Cristina Biondo; Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, campus Araraquara
Fonte: Revista Horizontes de Linguistica Aplicada Publicador: Revista Horizontes de Linguistica Aplicada
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 14/05/2015 POR
Relevância na Pesquisa
75.86%
Há algum tempo, pesquisadores na área formação de professores (cf. ZEICHNER; LISTON, 1996; GIMENEZ, 2005) vêm chamando à atenção para a necessidade de inserir licenciandos em contextos de prática que os auxiliem a fazer sentido da formação teórica que recebem no curso de graduação. Neste artigo, discutimos a intersecção entre escola e universidade no trabalho de formação inicial do professor de línguas estrangeiras por meio de atividades desenvolvidas no âmbito do PIBID-Letras de uma universidade estadual, que tiveram como objetivo, de um lado, promover a reflexão sobre o conceito de cultura e o ensino intercultural de línguas durante a formação inicial do professor e, por outro, a desconstrução de estereótipos, de alunos do Ensino Médio, sobre língua e cultura alemã e inglesa. Partindo da análise dos dados sobre crenças de alunos da escola e do suporte teórico de estudos como os de Kramsch (2006, 2009), Bolognini (1993), entre outros, foram elaboradas oficinas voltadas para a ampliação do universo cultural dos alunos do Ensino Médio da escola estadual parceira, do conceito de cultura e para a desconstrução de estereótipos. Verificou-se que a atividade contribuiu para a formação reflexiva dos bolsistas/licenciandos em relação ao tratamento da temática cultura no ensino de línguas.