Página 1 dos resultados de 6 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

Desvendando significados: contextualizando a Cole??o Etnogr?fica Xikr?n do Catet?

DOMINGUES-LOPES, Rita de C?ssia
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
18.41%
A disserta??o tem como objeto estudar a Cole??o Etnogr?fica Xikr?n do Catet? que est? sob a guarda da Reserva T?cnica do Laborat?rio de Antropologia Arthur Napole?o Figueiredo do Departamento de Antropologia da Universidade Federal do Par?. A Cole??o Xikr?n do Catet? ? formada por 144 artefatos, coletados pelo antrop?logo Prot?sio Frikel (1912-1974) no in?cio da d?cada de 60, ao realizar trabalho de campo entre os Xikr?n. O grupo ind?gena ? considerado na literatura antropol?gica como um sub-grupo Kayap?, falante de dialeto da l?ngua Kayap?, da fam?lia J?, pertencente ao tronco ling??stico macro-J?. Vivem ?s margens do rio Catet?, no munic?pio de Parauapebas, na regi?o sudeste do estado do Par?. Atualmente, habitam duas aldeias: a aldeia Catet?, com 600 pessoas e a aldeia Djudj?-k?, com 240 pessoas, distante uma da outra cerca de 18 km. A Cole??o ? estudada com o prop?sito de contextualizar os artefatos que a constituem na busca de desvendar significados e sentidos e de reconhecer potencialidades atuais de uso dos objetos. Na trilha da contextualiza??o, utilizo a Antropologia Interpretativa e a An?lise de Discurso associadas aos dados obtidos durante o trabalho de campo realizado junto ao grupo, em julho de 2000 e no per?odo de fevereiro a abril de 2001...

Genetic relationships among native americans based on beta-globin gene cluster haplotype frequencies

RIBEIRO, Rita de Cassia Mousinho; SOUSA, Gabriella Pante de; SANTOS, Eduardo Jos? Melo dos; GUERREIRO, Jo?o Farias
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
17.01%
The distribution of b-globin gene haplotypes was studied in 209 Amerindians from eight tribes of the Brazilian Amazon: Asurini from Xing?, Aw?-Guaj?, Parakan?, Urub?-Kaap?r, Zo?, Kayap? (Xikrin from the Bacaj? village), Katuena, and Tiriy?. Nine different haplotypes were found, two of which (n. 11 and 13) had not been previously identified in Brazilian indigenous populations. Haplotype 2 (+ - - - -) was the most common in all groups studied, with frequencies varying from 70% to 100%, followed by haplotype 6 (- + + - +), with frequencies between 7% and 18%. The frequency distribution of the b-globin gene haplotypes in the eighteen Brazilian Amerindian populations studied to date is characterized by a reduced number of haplotypes (average of 3.5) and low levels of heterozygosity and intrapopulational differentiation, with a single clearly predominant haplotype in most tribes (haplotype 2). The Parakan?, Urub?-Kaap?r, Tiriy? and Xavante tribes constitute exceptions, presenting at least four haplotypes with relatively high frequencies. The closest genetic relationships were observed between the Brazilian and the Colombian Amerindians (Wayuu, Kamsa and Inga), and, to a lesser extent, with the Huichol of Mexico. North-American Amerindians are more differentiated and clearly separated from all other tribes...

Molecular evidence of mother-to-child transmission of HTLV-IIc in the Kararao Village (Kayapo) in the Amazon Region of Brazil

ISHAK, Ricardo; VALLINOTO, Antonio Carlos Ros?rio; AZEVEDO, V?nia Nakauth; LEWIS, Martha; HALL, William W.; ISHAK, Marlu?sa de Oliveira Guimar?es
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
27.77%
Amostras de sangue de ?ndios nativos na aldeia Kararao (Kayap?) foram analisadas, usando-se m?todos sorol?gico e molecular, para caracterizar a infec??o e analisar a transmiss?o do HTLV-II. Observou-se reatividade espec?fica em 3/26 indiv?duos, dos quais duas amostras eram de uma m?e e de seu filho. A an?lise pela RFLP de regi?es pX e env confirmou a infec??o pelo HTLV-II. A seq??ncia de nucleot?dios do segmento 5'LTR e a an?lise filogen?tica mostraram alta similaridade (98%) entre as tr?s amostras e o prot?tipo HTLV-IIa (mot) e confirmaram a ocorr?ncia do subtipo HTLV-IIc. Houve uma alta similaridade gen?tica (99,9%) entre as amostras da m?e e do filho e a ?nica diferen?a foi uma dele??o de dois nucleot?dios (TC) na seq??ncia materna. Estudos epidemiol?gicos anteriores entre ?ndios nativos do Brasil forneceram prova da transmiss?o intrafamilial e vertical do HTLV-IIc. O presente estudo fornece evid?ncia molecular da transmiss?o do HTLV-IIc de m?e para filho, um mecanismo que em grande parte ? respons?vel pela endemicidade do HTLV nessas popula??es epidemiologicamente fechadas. Embora a verdadeira via de transmiss?o seja desconhecida, a amamenta??o materna poderia ser a mais prov?vel.; ABSTRACT: Blood samples from native Indians in the Kararao village (Kayapo)...

Planting coconuts in Indian villages: ethnoecological aspects and evaluation of a "sustainable development" project

SALM, Rodolfo Aureliano; FEDER, Lisa; JALLES FILHO, Euphly; JARDIM, M?rio Augusto Gon?alves
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
29.03%
Apesar de cientistas e tomadores de decis?o abra?arem o conceito geral de "desenvolvimento sustent?vel", h? pouco acordo sobre como se atingir esta meta em situa??es espec?ficas. Assim, projetos de desenvolvimento sustent?vel s?o amplamente criticados por etno-cientistas quanto ? forma como s?o inter-culturalmente formulados. Aqui reportamos um caso controverso de plantio de coco-da-Bahia em aldeias Kayap? do sul do Par?, e fazemos a nossa autocr?tica. N?s partimos da premissa de que o reflorestamento e o estado geral de sa?de/nutri??o caminham lado a lado. Portanto, o desenvolvimento da cultura de cocos por si s? deve contribuir para a conserva??o da floresta no longo prazo e, simultaneamente, contribuir para o bom estado nutricional do povo Kayap? que protege a floresta da amea?a de pr?ticas n?o-sustent?veis. N?s buscamos descobrir como que o comportamento dos Kayap? afeta o desenvolvimento da cultura de cocos quando amparada com suporte externo. N?s apresentamos resultados de duas viagens de campo para a terra Kayap?, onde detectamos fatores s?cio-ecol?gicos relevantes para o sucesso de nosso projeto de apoio ? cultura de coqueiros nas aldeias ind?genas. Primeiro, em novembro de 2007, n?s visitamos as aldeias Kikretum, Moikarak? e Aukre (dentre 10 aldeias que receberam mudas de coqueiros de nosso programa de apoio) para entregar um segundo carregamento de mudas de coqueiro (o primeiro carregamento aconteceu em abril de 2006). E descrevemos quantitativamente um aspecto do comportamento dos dispersores de sementes de coco (os Kayap?). Especificamente...

Documenta??o e valoriza??o da fitoterapia tradicional Kayap? nas aldeias A'Ukre e Pykanu - Sudeste do Par?

BARBOSA, Wagner Luiz Ramos; PINTO, Lucianna do Nascimento
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
38.69%
No in?cio de 1996, pesquisadores do Programa Pobreza e Meio Ambiente na Amaz?nia visitaram as aldeias Kayap? A'Ukre e Pykanu no sul do estado do Par? - Brasil. Essas expedi??es tamb?m objetivaram resgatar a tradi??o fitoterap?utica kayap? e identificar esp?cies vegetais com potencial farmac?utico. Os paj?s apresentaram cinq?enta e tr?s vegetais diferentes, dos quais vinte tiveram sua identifica??o bot?nica elucidada com base em fotografias; ABSTRACT: In the beginning of 1996 researchers from the program Poverty and Environment in Amazon visited the Kayap? villages A'Ukre and Pykanu in the southern of Par? State - Brazil These expeditions also aimed to rescue the kayap? phytotherapeutical tradition in the villages and to identify plant species with pharmaceutical potential. Six shamans were interviewed with translation three at each village. The shaman presented fiftythree different plants from, which twenty had elucidated their botanical identification on basis of photography

O "Selvagem" e o "Progresso": A Perspectiva Kayapó a Respeito da Construção do Complexo Hidrelétrico de Belo Monte

Daniele Severo da Silva; Fundação Universidade Federal de Rondônia
Fonte: Universidade Federal de Rondônia Publicador: Universidade Federal de Rondônia
Formato: application/pdf
Publicado em 12/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
17.01%
Este trabalho tem por objetivo realizar uma análise da perspectiva do povo indígena kayapó a respeito da construção do complexo hidroelétrico de Belo Monte, a partir de pesquisa bibliográfica e documental em fontes que tratam do assunto. O trabalho apresenta uma breve discussão a respeito da noção de regimes de visibilidade socioambiental; discute a política indígena adotada pelo Estado brasileiro em relação ao complexo hidroelétrico de Belo Monte; e então discute mais especificamente a perspectiva que este povo indígena possui do empreendimento. Compreende-se aqui que deve ser dado exclusivamente a este povo o direito de decidir sobre seu destino em relação ao empreendimento, devendo ser respeitadas as decisões que este povo tomar a respeito do mesmo.