Página 1 dos resultados de 36 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

Xucuru-Kariri: a reconstituição da trajetória de um grupo indígena remanejado de suas habitações em 'novaterra'; Xucuru-Kariri: the reconstitution of history of an indigenous group reassigned and their homes in 'novaterra'

Parisi, Rosana Soares Bertocco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.98%
A pesquisa teve como propósito reconstituir a trajetória e a construção de novas habitações para um grupo de índios da etnia Xucuru-Kariri, remanejados do agreste alagoano para a Reserva de Caldas, município do sul de Minas, localizada na Fazenda Boa Vista, a 6 Km da área urbana. As habitações foram construídas empregando a 'terra armada', através de uma adaptação tecnológica do bajareque mexicano associado à taipa de mão ou pau-a-pique que passou a ser denominada como 'novaterra'. Depois de concluídas as habitações, foram realizadas análises relativas ao desempenho térmico, com o objetivo de se estabelecerem comparações entre o desempenho térmico de uma das unidades de terra e o de uma habitação edificada no mesmo local empregando materiais convencionais. Em períodos distintos de primavera-verão e outono-inverno e em situações distintas - na ausência e com a presença de forros, as variações de temperatura foram aferidas junto aos dois tipos de construção. Finalmente, entendeu-se a importância da elaboração de um "guia de procedimentos da tecnologia adaptada", com o objetivo de disseminar seu emprego em habitações, principalmente em regime de autoconstrução. Também concluiu-se sobre o importante papel do emprego da 'novaterra' como reinterpretação das tecnologias de terra trazidas para o Brasil durante o período colonial...

Ciborgues indígen@s .br : a presença nativa no ciberespaço

Pereira, Eliete da Silva
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
17.42%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, 2007.; Esta dissertação trata-se de uma pesquisa exploratória sobre a presença indígena ‘brasileira’ no ciberespaço, evocada na imagem dos “ciborgues indígenas”, entendendo por esta expressão, uma nova condição nativa contemporânea atravessada por softwares e hardwares, sistemas informativos e fluxos comunicativos. Com a apropriação das novas tecnologias comunicativas, organizações e sujeitos indígenas inauguram no novo contexto de uma sociabilidade tecnológica, distintas formas de atuação e auto-representação, delineadas pela visibilidade e pela tomada da palavra eletrônica. Elementos estes constituintes de um protagonismo indígena adquirido nas tramas hipertextuais do ciberespaço. Portanto, por meio do mapeamento dos sites indígenas e da reflexão “no diálogo” com os interlocutores, Guarani, Potiguara, Tupinambá, Tumbalalá e Xucuru- Kariri, esta pesquisa buscou repensar as “aberturas e cruzamentos” dos significados da presença indígena no ciberespaço. No intuito de sugerir temas de estudos acerca dos significados da interação nativa com as novas tecnologias comunicativas em contextos digitais. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT; This thesis presents a explorers research on ‘brazilian’ indian presence in to cyberspace...

Identidade/diversidade cultural no ciberespaco : práticas informacionais e de inclusão digital nas comunidades indígenas, o caso dos Kariri-Xocó e Pankararu no Brasil

Pinto, Alejandra Aguilar
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
27.76%
Tese (doutorado)-Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, 2010.; As Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs), principalmente a Internet impactaram às comunidades indígenas, provocando tanto uma ameaça, um desafio e uma oportunidade, sobretudo pelas possibilidades que fornece como meio de comunicação, vinculação e difusão de seus conhecimentos para a recuperação e reconstrução da sua própria identidade cultural étnica. A presente pesquisa teve como objetivo geral identificar e analisar a relação entre identidade/diversidade cultural, tecnologias de informação e comunicação e as práticas informacionais dos povos indígenas a partir dos programas de inclusão digital. Por tanto, foram escolhidas duas comunidades (Karirí Xocó- Pankararu, região do Nordeste do Brasil), as quais já tem uma experiência no uso/acesso de Internet, sendo partes da rede Índios on line vinculada à ONGThydewas. Assim a intenção da pesquisa foi estabelecer o perfil dos usuários indígenas entrevistados, identificar fatores que dificultam o acesso á informação, identificar suas práticas informacionais e caracterizar as ações de inclusão digital do governo e outras entidades, em relação a populações indígenas. A definição do estudo baseou-se em alguns pressupostos fundamentais (Informação...

Perfil nutricional dos indígenas Xukuru-Kariri, Minas Gerais, de acordo com diferentes indicadores antropométricos e de composição corporal

Simões,Bárbara dos Santos; Machado-Coelho,George Luiz Lins; Pena,João Luiz; Freitas,Silvia Nascimento de
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.42%
O objetivo deste artigo foi avaliar o perfil nutricional dos indígenas Xukuru-Kariri entre 7 anos e 78 anos aldeados em Minas Gerais de acordo com os diferentes indicadores antropométricos e de composição corporal . As medidas aferidas foram: peso, estatura, circunferência da cintura (CC) e percentual de gordura corporal (%GC). Foram calculadas a sensibilidade e a especificidade para os índices antropométricos com intervalo de confiança de 95% e o valor preditivo positivo (VPP) e negativo (VPN). A população foi constituída por 58 indivíduos, sendo 56,9% (n = 33) do sexo masculino e 43,1% (n = 25) do sexo feminino. A especificidade foi superior à sensibilidade em relação a todos os índices. Observou-se que 29% dos indivíduos foram classificados com excesso de adiposidade corporal quando avaliados pelo IMC e pela bioimpedância mão a mão e 50% dos indivíduos apresentaram alta adiposidade corporal em relação ao IMC e a CC. É necessário que sejam realizados estudos com diferentes etnias a fim de se construir indicadores nutricionais específicos para orientação de serviços de saúde indígenas.

"Vai-te pra onde não canta o galo, nem boi urra ..." Diagnóstico, tratamento e cura entre os Kariri-Xocó (AL)

Barros Marinho Da Silva, Christiano; Monteiro Athias, Renato (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.76%
Vai-te pra onde não canta galo, nem boi urra... é uma incursão por caminhos que conduzem à cura a partir do conhecimento de um sistema médico que envolve especialistas Kariri-Xocó (pajé, curandeiro e rezador), localizados no município alagoano de Porto Real do Colégio (AL). Neste estudo, analiso as noções de doença e as crenças etiológicas entre os Kariri-Xocó. Eles distinguem pelo menos duas categorias de doenças que se diferenciam quanto aos critérios causais: as de cima para baixo e as de baixo pra cima . A primeira categoria, está relacionada a uma força superior, podendo ou não refletir uma punição divina. A segunda, tem a sua etiologia ligada ao sobrenatural. Durante este trabalho, procurei abordar especificamente o processo terapêutico que abrange as doenças de baixo para cima . Dessa forma, investiguei a relação entre cura e a cosmologia do grupo, verificando de que modo essa conjunção interfere em suas concepções de doença

Etnicidade indígena no contexto urbano: uma etnografia sobre os Kalabaça, Kariri, Potiguara, Tabajara e Tupinambá de Crateús

Lucia Silva Lima, Carmen; Monteiro Athias, Renato (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.42%
No município de Crateús, a partir da década de 1990, iniciou-se um processo de mobilização social e política que resultou na constituição dos grupos Kalabaça, Kariri, Potiguara, Tabajara e Tupinambá. Desencadeada pela ação da Pastoral Raízes Indígenas da Diocese de Crateús, a referida mobilização foi empreendida por moradores da zona urbana da cidade. Esta tese tem como objetivo analisar a etnicidade dos que compõem estas coletividades, considerando as implicações do contexto urbano nesta construção. Para atingir a finalidade deste estudo antropológico, relacionamos etnicidade, etnologia indígena e antropologia urbana. Por meio do relato etnográfico, que integra texto e imagem, é evidenciado o processo de urbanização da cidade, mostrando como ela se tornou um pólo distribuidor de bens e serviços no Centro-oeste do Ceará. Privilegiando a visão dos indígenas, é examinado como eles vivem, a percepção que eles têm da cidade e do ser indígena neste espaço. Através da abordagem das trajetórias dos núcleos familiares que compõem as coletividades estudadas é apresentado como se constituiu os grupos étnicos, a influência dos agentes externos, a lógica da adoção dos etnônimos e os múltiplos contextos de edificação da identidade étnica. A política indígena e as relações interétnicas são contempladas...

Aspectos da fonologia Dzubukuá

Márcio Correia de Queiroz, José; Virginia Telles de Araújo Pereira Lima, Stella (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.76%
O Dzubukuá, dialeto Karirí, se constitui como objeto de estudo deste trabalho, mais especificamente a sua fonologia. Até o presente momento, não havia trabalhos dessa natureza, mas, sim, estudos comparativos rudimentares voltados apenas para a grafia, morfologia e sintaxe; como também vocabulários comparativos e lista de palavras. Estas páginas, portanto, representam um primeiro trabalho acerca dos aspectos fonológicos do dialeto Dzubukuá, e, neste sentido, valem como uma contribuição aos estudos tipológicos da família lingüística Karirí e do Tronco Macro-Jê. Nesta perspectiva, o presente trabalho, apoiado nos postulados estruturalistas e pós-estruturalistas, tem como objetivo resgatar a fonologia do Dzubukuá a partir do catecismo impresso do Frei Bernardo de Nantes (1709). Para isso, foi feito um exaustivo levantamento de dados a partir do corpus presente no catecismo impresso mencionado; depois tais dados foram organizados em tabelas e, seguidamente, foram comparados aos seus correlatos no Kipeá encontrados na gramática (1877 [1699]) e no catecismo (1942 [1698]) do padre Vicencio Mamiani e nos estudos de Azevedo (1965); e, a partir daí, foram delineados os casos de alofonia e postulados os fonemas...

Aspectos da fonologia Dzubukuá

Márcio Correia Queiroz, José; Virginia Telles de Araújo Pereira Lima, Stella (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.76%
O Dzubukuá, dialeto Karirí, se constitui como objeto de estudo deste trabalho, mais especificamente a sua fonologia. Até o presente momento, não havia trabalhos dessa natureza, mas, sim, estudos comparativos rudimentares voltados apenas para a grafia, morfologia e sintaxe; como também vocabulários comparativos e lista de palavras. Estas páginas, portanto, representam um primeiro trabalho acerca dos aspectos fonológicos do dialeto Dzubukuá, e, neste sentido, valem como uma contribuição aos estudos tipológicos da família lingüística Karirí e do Tronco Macro-Jê. Nesta perspectiva, o presente trabalho, apoiado nos postulados estruturalistas e pós-estruturalistas, tem como objetivo resgatar a fonologia do Dzubukuá a partir do catecismo impresso do Frei Bernardo de Nantes (1709). Para isso, foi feito um exaustivo levantamento de dados a partir do corpus presente no catecismo impresso mencionado; depois tais dados foram organizados em tabelas e, seguidamente, foram comparados aos seus correlatos no Kipeá encontrados na gramática (1877 [1699]) e no catecismo (1942 [1698]) do padre Vicencio Mamiani e nos estudos de Azevedo (1965); e, a partir daí, foram delineados os casos de alofonia e postulados os fonemas...

Educação escolar indígena : Mas, o que é mesmo uma escola diferenciada? Trajetória, equívocos e possibilidades no contexto da E. E. Indígena Xucuru Kariri Warcanã, de Aruanã (Caldas, MG); Indigenous education : But what is even a different school? Trajectory, misunderstandings and possibilities in the context of Indigenous E. E. Xucuru Kariri Warcanã of Arowana (Caldas, MG, Brazil)

Beatriz Sales da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/11/2010 PT
Relevância na Pesquisa
27.98%
O presente estudo visa contribuir no sentido de ir além da discussão teórica abordando as narrativas dos sujeitos atores praticantes da Educação Escolar indígena, em especial, lideranças, professores e alunos, permitindo uma compreensão do que eles pensam e entendem por uma escola indígena diferenciada. O estudo foi realizado na E. E. Indígena Xucuru Kariri Warcanã de Aruanã, no município de Caldas, MG. Possibilita repensar e se definir as escolas indígenas, como espaço de fronteiras, entendidos como espaço de trânsito, de hibridismo, de troca e articulação de conhecimentos. Espaço ressignificado pelos indígenas com suas identidades cambiantes, espaço das diferenças.; The aim of this study is to contribute not only with the theoretical discussion, but mainly with the Indigenous Education itself. The environment, daily routine, including teachers, students and community narratives to understand the meaning of a different Indigenous School. This field research was made at the E.E. Indigena Xucuru Kariri Wacanã de Aruanã, in Caldas, Minas Gerais. It allows us to define the Indigenous School as a border place with a joint of knowledge, focusing on the indigenous identity. A place where the difference is acceptable.

Uma avaliação da hipótese de relações genéticas entre o Guató e o tronco Macro-Jê

Martins, Andérbio Márcio Silva
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
17.42%
Tese (doutorado)-Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2011.; O propósito desta pesquisa foi o avaliar a consistência da hipótese levantada por Rodrigues (1986) sobre a possibilidade de a língua Guató ser um membro do tronco Macro-Jê, sendo este constituído por doze famílias linguísticas: Jê, Kamakã, Maxakalí, Krenák, Purí, Karirí, Yatê, Karajá, Ofayé, Boróro, Guató e Rikbáktsa. Este trabalho se justificou pela necessidade de ampliar os indícios que possam sustentar ou refutar a hipótese em andamento. Trata-se de um estudo fundamentado nos dois requisitos básicos requeridos pelo Método Histórico-Comparativo: (1) identificação de correspondências sonoras regulares em palavras pertencentes ao vocabulário básico e (2) identificação de características gramaticais compartilhadas entre as línguas para as quais se postula uma origem comum. Dessa forma, realizamos a comparação dos dados disponíveis do Guató com línguas de diferentes famílias linguísticas pertencentes ao tronco Macro-Jê. Como resultados de nossa análise, encontramos novos indícios fonológicos, lexicais, morfológicos e funcionais que favorecem a hipótese de Rodrigues (1986) de que a língua Guató constitui sozinha uma família linguística...

As ceramistas indígenas do São Francisco

Almeida, Luiz Sávio de
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Avançados Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Avançados
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2003 POR
Relevância na Pesquisa
17.42%
OS KARIRI-XOCÓ localizam-se no Baixo São Francisco, Estado de Alagoas no nordeste do Brasil. A cerâmica utilitária é uma das atividades básicas enquanto geração de renda, sendo produzida e comercializada por mulheres. O texto é uma nota prévia sobre a história desta cerâmica, abordando o dia a dia, as expectativas e a condição de vida das louceiras.; THE KARIRI-XOCÓ inhabit the lower São Francisco region in the state of Alagoas, in northeastern Brazil. Utilitarian pottery is one of their basic income-generating activities and the ceramic artifacts are produced and marketed by women. This essay is a foreword on the history of this kind of ceramics and depicts the day-to-day of the potters, their expectations and their way of living.

Faccionalismo Xukuru-Kariri e a Atuação da FUNAI

de Oliveira Jr., Adolfo Neves; Universidade Estadual de Santa Cruz
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa de campo Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.98%
O objetivo deste trabalho é apresentar uma interpretação do chamado faccionalismo presente entre os Xukuru-Kariri de Alagoas, a partir de uma análise de sua forma específica de organização social enquanto grupo diferenciado da sociedade nacional. A intenção é fornecer elementos para uma discussão sobre a atuação do Órgão Indigenista Federal não apenas frente aos Xukuru-Kariri mas também frente às múltiplas e recorrentes questões de natureza similar, que representam um considerável entrave à atuação da FUNAI em toda a região Leste-Nordeste. 

Nominal classification in Karirí

Rodrigues, Aryon Dall'Igna; UnB
Fonte: Laboratório de Línguas e Literaturas Indígenas Publicador: Laboratório de Línguas e Literaturas Indígenas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Peer-reviewed Article; Avaliado por Pares Formato: application/pdf
Publicado em 20/08/2013 POR
Relevância na Pesquisa
27.42%
Karirí (Cariri) is a small South-American linguistic family in northeastern Brazil whose languages are no more spoken...

Ergativité dans le nord-est brésilien: la famille Karirí

Rodrigues, Aryon Dall'Igna; UnB
Fonte: Laboratório de Línguas e Literaturas Indígenas Publicador: Laboratório de Línguas e Literaturas Indígenas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Peer-reviewed Article; Avaliado por Pares Formato: application/pdf
Publicado em 20/08/2013 POR
Relevância na Pesquisa
27.42%
La famille linguistique Karirí est un petit groupe génétique de langues attesté dans le nord-est du Brésil entre la fin du 17ème et le commencement du 19ème siècle surtout sur le bas cours du fleuve São Francisco et vers le sud de celui-ci...

Identidade/diversidade cultural no ciberespaço: práticas informacionais e de inclusão digital nas comunidades indígenas, o caso dos Kariri-Xocó e Pankararu no Brasil

Pinto, Alejandra Aguilar; Universidade de Brasília - UnB
Fonte: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação Publicador: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 02/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
27.42%
As Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), principalmente a Internet impactaram às comunidades indígenas, provocando tanto uma ameaça, um desafio e uma oportunidade, sobretudo pelas possibilidades que fornece como meio de comunicação, vinculação e difusão de seus conhecimentos para a recuperação e reconstrução da sua própria identidade cultural étnica.A presente pesquisa teve como objetivo geral identificar e analisar a relação entre identidade/diversidade cultural, tecnologias de informação e comunicação e as práticas informacionais dos povos indígenas a partir dos programas de inclusão digital. Por tanto, foram escolhidas duas comunidades (Karirí Xocó- Pankararu, região do Nordeste do Brasil), as quais já tem uma experiência no uso/acesso de Internet, sendo partes da rede Índios on line vinculada à ONGThydewas. Assim a intenção da pesquisa foi estabelecer o perfil dos usuários indígenas entrevistados, identificar fatores que dificultam o acesso á informação, identificar suas práticas informacionais e caracterizar as ações de inclusão digital do governo e outras entidades, em relação a populações indígenas. A definição do estudo baseou-se em alguns pressupostos fundamentais (Informação...

Identidade/diversidade cultural no ciberespaço: práticas informacionais e de inclusão digital nas comunidade indígenas no Brasil; Cultural/diversity identity in cyberspace: informational practices and digital inclusion in Brazil; Identidad/diversidad cultural en el ciberespacio: prácticas informacionales e de inclusión digital en las comunidades indígenas en Brasil

Aguilar, Alejandra
Fonte: UFPB Publicador: UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 25/05/2012 POR
Relevância na Pesquisa
17.76%
Apresenta o resultado de doutorado em Ciência de Informação, na linha de pesquisa Comunicação de Informação, que teve como objetivo geral identificar e analisar a relação entre identidade/diversidade cultural, tecnologias de informação e comunicação (TIC) e as práticas informacionais dos povos indígenas a partir dos programas de inclusão digital. Para tanto, foram escolhidas duas comunidades (Karirí Xocó- Pankararu, região do Nordeste), as quais já têm uma experiência no uso/acesso de Internet, sendo partes da rede Índios on line. A intenção da pesquisa foi estabelecer o perfil dos usuários indígenas entrevistados, identificar fatores que dificultam o acesso á informação, identificar suas práticas informacionais e caracterizar as ações de inclusão digital do governo e outras entidades, em relação a populações indígenas. Os resultados obtidos revelam que as comunidades indígenas passam por um processo de informação e conhecimento no acesso/uso das TIC e que estão “descobrindo” as vantagens que podem ter estes instrumentos, para o fortalecimento, promoção e difusão da sua cultura e identidade étnica. Porém, ainda é muito limitada à disponibilidade física de equipamentos, o que restringe sua real inclusão digital (a mais básica). Faz-se necessário que as políticas públicas de inclusão digital disponham de mais recursos destinados a este segmento da sociedade...

Condições ambientais e prevalência de infecção parasitária em indígenas Xukuru-Kariri, Caldas, Brasil

Simões,Bárbara dos Santos; Machado-Coelho,George Luiz Lins; Pena,João Luiz; Freitas,Silvia Nascimento de
Fonte: Organización Panamericana de la Salud Publicador: Organización Panamericana de la Salud
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2015 PT
Relevância na Pesquisa
27.42%
OBJETIVO: Descrever as condições ambientais e o quadro de infecção parasitária dos indígenas Xukuru-Kariri residentes no município de Caldas (MG), Brasil. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal em março de 2009. Dados sociodemográficos e ambientais foram coletados através de entrevista. Amostras de água e fezes foram coletadas para determinação da contaminação ambiental e parasitológica. RESULTADOS: A população foi composta por 86 indivíduos, divididos em 22 famílias, sendo 81,8% dos chefes de baixa escolaridade (primeiro grau incompleto). Das 26 amostras de água coletadas para análise microbiológica, 77,0% foram positivas para coliformes totais e 4,0% para Escherichia coli. Em 27,3% dos domicílios, os moradores defecavam na parte exterior da casa, e 54,5% dos domicílios possuíam lixo espalhado pelo quintal. Foram coletadas amostras fecais de 60 indivíduos, com positividade em 66,6%. As prevalências registradas foram: Entamoeba histolytica/dispar, 6,7%; Entamoeba coli, 60,0%; Endolimax nana, 1,8%; e Giardia duodenalis, 6,6%. CONCLUSÕES: As pessoas incluídas na pesquisa estavam sujeitas a características ambientais que as tornavam vulneráveis nos aspectos relacionados à saúde. É primordial a promoção de ações de saúde e a implementação de políticas públicas de saneamento...

Perfil nutricional dos indígenas Xukuru-Kariri, Minas Gerais, de acordo com diferentes indicadores antropométricos e de composição corporal

Simões,Bárbara dos Santos; Machado-Coelho,George Luiz Lins; Pena,João Luiz; Freitas,Silvia Nascimento de
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.42%
O objetivo deste artigo foi avaliar o perfil nutricional dos indígenas Xukuru-Kariri entre 7 anos e 78 anos aldeados em Minas Gerais de acordo com os diferentes indicadores antropométricos e de composição corporal . As medidas aferidas foram: peso, estatura, circunferência da cintura (CC) e percentual de gordura corporal (%GC). Foram calculadas a sensibilidade e a especificidade para os índices antropométricos com intervalo de confiança de 95% e o valor preditivo positivo (VPP) e negativo (VPN). A população foi constituída por 58 indivíduos, sendo 56,9% (n = 33) do sexo masculino e 43,1% (n = 25) do sexo feminino. A especificidade foi superior à sensibilidade em relação a todos os índices. Observou-se que 29% dos indivíduos foram classificados com excesso de adiposidade corporal quando avaliados pelo IMC e pela bioimpedância mão a mão e 50% dos indivíduos apresentaram alta adiposidade corporal em relação ao IMC e a CC. É necessário que sejam realizados estudos com diferentes etnias a fim de se construir indicadores nutricionais específicos para orientação de serviços de saúde indígenas.

O Marcador de Posse Alienável em Karirí: Um Morfema Macro-Jê Revisitado

Ribeiro, Eduardo Rivail
Fonte: LIAMES: Línguas Indígenas Americanas Publicador: LIAMES: Línguas Indígenas Americanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2012 POR
Relevância na Pesquisa
28.3%
This paper is a result of an ongoing project of lexical compilation and grammatical analysis of Karirí(also known as Kirirí), an extinct indigenous language from Northeast Brazil. Although two of itsdialects are known only through short wordlists (Martius 1867), two of them were fairly welldocumented—Kipeá (Mamiani 1877, 1942), on which this paper is based, and Dzubukuá (Nantes1896). Karirí has been included in the Macro-Jê stock (Rodrigues 1986, 1999), although in ratherhypothetical terms. However, in spite of the lack of comprehensive lexical comparison to date,recent studies have shown very suggestive cases of grammatical affinities between Karirí and otherMacro-Jê languages. One of them, first mentioned by Rodrigues (1992a: 386), is the existence, in Jê,Maxakalí, Boróro, and Karirí, of an apparently cognate morpheme marking alienable possession,although the evidence for the existence of this morpheme in Karirí provided then was quite cursory.The main purpose of the present work is to provide further support for the existence of the marker ofalienable possession in Karirí. In addition, this paper briefly discusses the syntactic nature of genitiveconstructions containing such a morpheme and the existence, in the Jê family...

Tapuya connections: language contact in eastern Brazil

Ribeiro, Eduardo Rivail
Fonte: LIAMES: Línguas Indígenas Americanas Publicador: LIAMES: Línguas Indígenas Americanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
17.42%
ABSTRACTIn eastern Brazil, most indigenous languages were only superficially documented before becoming extinct.  Besides hampering attempts at genetic classification of the languages of the region, the lack of linguistic data seriously limits our knowledge of possible cultural contacts among the several tribes listed by colonial sources.  Notwithstanding that, this paper attempts to provide a few additional pieces for the ethnographic puzzle which is eastern Brazil, focusing on loanwords found in Kipeá, a Karirí language once spoken in the present-day states of Bahia and Sergipe, in northeastern Brazil.  Besides allowing a glimpse into situations of language contact in eastern Brazil, the identification of previously unsuspected loanwords may contribute to a better understanding of phonological aspects of Kipeá.Keywords: Language contact; Borrowings; Macro-Jê. RESUMOA maioria das línguas indígenas originalmente faladas no leste brasileiro se extinguiram antes que pudessem ter sido devidamente documentadas.  Além de dificultar os estudos das possíveis relações genéticas entre tais línguas, a falta de dados limita, de maneira significativa, o conhecimento de possíveis contatos culturais entre as tribos da região.  Apesar disto...