Página 1 dos resultados de 4931 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Mcdonaldização no jornalismo, espetacularização da notícia; Mcdonaldization in journalism, the spectacularization of the news

Jorge, Thaïs de Mendonça
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
47.07%
O conceito de mcdonaldização, proposto neste trabalho, se baseia nos princípios da homogeneidade e da velocidade aplicados ao processo jornalístico, notadamente o jornalismo digital. Isso resulta em textos estandardizados, pasteurizados, superfciais, sem aprofundamento, culminando naquilo que denominamos jornalismo binário. O jornalismo binário seria o jornalismo reduzido à sua mínima essência, sem o cui- dado de “ouvir o outro lado” ou de conferir as fontes. Temos, assim, duas hipóteses: 1) a mcdonaldização é um fenômeno que incide sobre o jornalismo e afeta as notícias; e 2) o jornalismo binário é conseqüência, levando a um produto de menor qualidade. Paralelamente, tecemos o argumento de que a espetacularização seria um recurso que encontra no jornalismo digital (mcdonaldizado) as condições para sua inserção no mundo das notícias. ___________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The mcdonaldization concept is based on the homogeneity and velocity principles applied into a journalistic process, mainly the digital one. Its results are a kind of standardized, ‘pasteurized’, superfcial texts, without depth; what we call ‘binary journalism’. ‘Binary journalism’ is the journalism reduced to its minimum essence...

A institucionalização da pesquisa em jornalismo e a criação da sociedade brasileira de pesquisadores em jornalismo

Moura, Dione Oliveira
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UFSC
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
47.05%
A grande demanda de estudos na área de comunicação e a necessidade de institucionalizar a pesquisa na área de jornalismo serviram como alicerce para a criação da Sociedade Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor). Devido à sua importância, este artigo traz um breve histórico da SBPJor e como as suas ações vem contribuindo para avanço nas pesquisas da área de comunicação e jornalismo.

Bola na rede: uma reflexão sócio-antropológica do jornalismo esportivo na web

Oliveira, Hebert Regis de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação - FIC; Jornalismo Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação - FIC; Jornalismo
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
46.98%
As mudanças vindas com o webjornalismo modificaram a realidade das redações jornalísticas. Elas ainda não foram suficientemente sistematizadas. No entanto, sabe-se que a partir da Internet as notícias nos sites jornalísticos se pautam primordialmente pela velocidade. O jornalismo em tempo real esportivo não nasceu com a Internet, mas com as primeiras transmissões futebolísticas. Este trabalho parte do pressuposto de que o jornalismo esportivo encontrou facilidade na adaptação ao novo meio, devido à factualidade e instantaneidade intrínseca a este tipo de cobertura. Por meio de análises do portal Uol Esportes, há a verificação da relação entre o webjornalismo e o jornalismo esportivo, sendo o futebol o mestre de cerimônias desta tese. O trabalho também avalia a cobertura dos cadernos esportivos dos jornais impressos, observando as mudanças decorrentes com o surgimento da Internet. Nesta hipótese, considera o jornalismo literário como o modelo que começa a ser praticado pelos cadernos esportivos. O objetivo é a reformulação dos impressos, sendo o cuidado com o texto a principal diferença entre a cobertura praticada atualmente pela Web.

Cultura on-line: o jornalismo cultural na internet

Rocha, Gil Vieira di Coimbra
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
46.98%
Este trabalho é uma pesquisa realizada para apresentação de um Trabalho de Conclusão de Curso, na área de Comunicação Social. A pesquisa serviu de base para a criação de um site, um projeto experimental intitulado Cultura On-line. Partindo de conceitos de Jornalismo Cultural e de Jornalismo Digital, a proposta do site Cultura Online é ser uma agenda cultural da cidade de Goiânia, que utiliza os eventos divulgados e os recursos disponíveis da Internet para realização do Jornalismo Cultural, ligando diferentes informações para realizar uma modalidade pouco praticada na Internet no Brasil, e sem nenhum precedente na cidade de Goiânia.

Sublide.com: o jornalismo depois da internet

Fragoso, Nayara Rocha; Ferreira, Pedro Cavalcanti Gonçalves
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
46.94%
O SubLide.com é uma revista eletrônica sobre Jornalismo e Internet com reportagens, artigos opinativos, notícias, entrevistas e resenhas. A intenção do projeto experimental é ser um ponto de conexão entre a comunidade jornalística de Goiás e um conjunto de debates estabelecidos mundo afora. Criar a porta de entrada de estudantes e jornalistas ao universo da colaboração informativa, das bases de dados, da hipermídia e da multimidialidade: a web sob o ponto de vista da comunicação, do Jornalismo. O site funciona desde o início de outubro no endereço www.SubLide.com. O presente relatório monográfico foi redigido com base nas quatro primeiras edições publicadas.

Revista Plural: uma nova proposta para o jornalismo cultural em Goiás

Lettry, Erika Machado; Silva, Rodrigo Alves De Araújo e
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
46.98%
O jornalismo cultural produzido no Brasil não tem o devido destaque como em outros países que demonstram apreço e interesse pelos elementos culturais de seu povo. De forma mais urgente, Goiás, um dos estados mais prósperos do país, não tem um veículo de comunicação impresso capaz de suprir a demanda por uma cobertura jornalística cultural que dê enfoque regional, sem deixar de lado os cenários nacional e mundial da cultura. Para tanto o presente trabalho se propõe a estudar, além do jornalismo cultural, o jornalismo de revista, o interpretativo, o opinativo e a segmentação do público, elemento essencial para a sobrevivência de uma revista. O objetivo é relacionar todas as variáveis envolvidas a fim de elaborar uma proposta de um novo produto: a Revista Plural, uma publicação cultural voltada para o mercado goiano. A intenção é apresentar uma alternativa plausível às revistas de circulação nacional já existentes, com mesmo nível de qualidade, mas de caráter regional. A função de uma publicação como Plural é colocar em evidência, para um público com alto potencial de consumo para este tipo de produto jornalístico, um veículo comunicacional que eduque, oriente e, principalmente, ofereça recursos para a formação de opinião.

Parâmetros éticos da publicação de notícias no Jornalismo on-line

Marton, Juliana S
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
46.94%
Os processos de produção das notícias têm se alterado com o surgimento de novas modalidades e práticas do jornalismo. Com o crescimento da Internet, a migração da atividade para a rede foi inevitável, no entanto, alguns aspectos inerentes ao jornalismo ainda estão em processo de adaptação, dentre eles a ética jornalística. Este projeto tem como objetivo verificar traços da prática ética na apuração e publicação de notícias on-line, a partir da análise de conteúdo realizada sobre o material recolhido de três portais de notícias brasileiros: Folha Online, Estadão Online e Último Segundo. Com base em categorias delimitadas por meio de conceituações de vários autores, esta pesquisa buscou definir padrões de atuação do prática jornalística e avaliar de que forma a ética insere-se neste contexto. Este estudo desenvolve-se a partir da Internet, mas limita-se, principalmente, à plataforma mais usada pelos usuários, a World Wide Web (WWW).

Do jornalismo à educação: a informação jornalistica como parte do processo educativo informal

Sousa, Mayara Calácio de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
46.98%
This study is about the relationship between journalistic information and informal educational process. Here, we intend to examine the possibility of journalism be part of a permanent education process experienced by a person throughout his life out of other means but formal education applied by modern school methods. It is also intended to reflect on the journalism as social contextualizing, which brings to the journalistic information the responsibility of transmission of knowledge, sometimes from social sources, sometimes specific to journalism, as well, in some cases, a harmful misinformation. Aiming to complement the studies of theoretical and literature character presented in the early parts of the paper, we decided to verify empirically whether and in what level the public learns about the social reality from journalistic information. To this end, we opted for organizing three focus groups divided by different levels of schooling, initially submitted to the presentation of a complete edition of Jornal Nacional, presented by TV Globo, and then to a questionnaire about the program. It is pondered, therefore, how individuals take a social advantage of journalism, and also how they add new information in the individual...

Zélia, uma paixão? Jornalismo literário, biografias e suas comunicações possíveis

Ferreira, Raíssa Martins de Araújo
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG)
POR
Relevância na Pesquisa
46.94%
Nowadays, the biggest amount of biographies published in Brazil are designed and written by journalists. Although many of them are classified as literature, these biographies concieved by communication professionals have specific characteristics which distinguish them from other biographical publications written by professionals of other fieds of study. The techniques that can be found in these reports resemble those used by daily journalists in their costumary practice, except for the literary treatment, used to delegate greater fluency and attractiveness to the text. Many theorists and scholars of social communication and journalism classify such biographical works as a sub-gender of the literary journalism, not only literature. This study aims to highlight the characteristics that distinguish the biographies written by journalists from the others, through analysis of the biographical narrative Zélia, uma paixão, written by a journalist, and novelist as well, Fernando Sabino.; Grande parte das biografias publicadas pelas editoras brasileiras na atualidade, são pensadas e escritas por jornalistas. Apesar de muitas delas serem classificadas como literatura, essas obras biográficas concebidas por profissionais da comunicação possuem características próprias e distintas das demais publicações biográficas redigidas por profissionais de outras áreas de estudo. Os recursos e técnicas presentes nessas narrativas assemelham-se aos utilizados por profissionais das redações de periódicos em sua prática cotidiana...

Cultura on-line: o jornalismo cultural na internet

Rocha, Gil Vieira di Coimbra
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
46.98%
Este trabalho é uma pesquisa realizada para apresentação de um Trabalho de Conclusão de Curso, na área de Comunicação Social. A pesquisa serviu de base para a criação de um site, um projeto experimental intitulado Cultura On-line. Partindo de conceitos de Jornalismo Cultural e de Jornalismo Digital, a proposta do site Cultura Online é ser uma agenda cultural da cidade de Goiânia, que utiliza os eventos divulgados e os recursos disponíveis da Internet para realização do Jornalismo Cultural, ligando diferentes informações para realizar uma modalidade pouco praticada na Internet no Brasil, e sem nenhum precedente na cidade de Goiânia.

Bola na rede: uma reflexão sócio-antropológica do jornalismo esportivo na web

Oliveira, Hebert Regis de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
46.98%
As mudanças vindas com o webjornalismo modificaram a realidade das redações jornalísticas. Elas ainda não foram suficientemente sistematizadas. No entanto, sabe-se que a partir da Internet as notícias nos sites jornalísticos se pautam primordialmente pela velocidade. O jornalismo em tempo real esportivo não nasceu com a Internet, mas com as primeiras transmissões futebolísticas. Este trabalho parte do pressuposto de que o jornalismo esportivo encontrou facilidade na adaptação ao novo meio, devido à factualidade e instantaneidade intrínseca a este tipo de cobertura. Por meio de análises do portal Uol Esportes, há a verificação da relação entre o webjornalismo e o jornalismo esportivo, sendo o futebol o mestre de cerimônias desta tese. O trabalho também avalia a cobertura dos cadernos esportivos dos jornais impressos, observando as mudanças decorrentes com o surgimento da Internet. Nesta hipótese, considera o jornalismo literário como o modelo que começa a ser praticado pelos cadernos esportivos. O objetivo é a reformulação dos impressos, sendo o cuidado com o texto a principal diferença entre a cobertura praticada atualmente pela Web.

Ciência e Jornalismo: Apontamentos Sobre as Ideias de Boaventura de Sousa Santos para a Compreensão do Jornalismo

IJUIM, Jorge Kanehide; Departamento de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 23/07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
47.02%
As bases para o jornalismo moderno foram estabelecidas no século XIX, quando a imprensa institucionalizou-se como empresa de comunicação. Essa transformação aconteceu no clima e na circunstância do pensamento científico moderno. O presente trabalho, de caráter ensaístico, apresenta alguns apontamentos advindos da pesquisa que realizei na Universidade de Coimbra (2012-2013) e visou aprofundar o conhecimento sobre o pensamento científico contemporâneo, em especial nas ideias de Boaventura de Sousa Santos. Como um estudo teórico-prático, recorri ao método filosófico (FOLSCHEID e WUNENBURGER, 1997) para mergulhar nos escritos do autor. Em decorrência, procuro averiguar como o pensamento de Santos pode contribuir para a construção de uma crítica aos modelos de jornalismo atuais – ainda com evidência nos preceitos da ciência moderna.

A institucionalização do ensino do jornalismo em Portugal (1941-1979): a criação da primeira Licenciatura em Comunicação Social

Mendes, Renato Rocha; Universidade Nova de Lisboa - Centro de Investigação de Media e Jornalismo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa Histórica Formato: application/pdf
Publicado em 21/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.98%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-6924.2012v9n2p425A ditadura em Portugal (1926-1974) foi a mais longa de toda a Europa Ocidental no século XX. O período de 48 anos de regime autoritário foi determinante para o atraso na institucionalização do ensino do jornalismo no país, que culminou com a criação da primeira Licenciatura em Comunicação Social, em 1979. O artigo irá abordar o tema “ensino do jornalismo” em Portugal, sob uma perspectiva história e irá descrever, de forma sucinta, as principais iniciativas em prol da criação de cursos e instituições, que contribuíram ou poderiam ter colaborado para a institucionalização do ensino do jornalismo. O artigo descreverá, a partir da reorganização do panorama das Ciências Sociais em Portugal, como foi possível a criação da primeira Licenciatura em Comunicação Social, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH), na Universidade Nova de Lisboa (UNL), em 1979. Os princípios que orientaram a criação da licenciatura serão expostos.

Experiências de usos do Facebook como estratégia de ensino de jornalismo digital

Amaral, Adriana; Adriana Amaral é professora do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da UNISINOS e dos cursos de graduação em Jornalismo e Comunicação Digital. É pesquisadora do CNPq. É jornalista e doutora em Comunicação So
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa Exploratória, Relato de Experiência Formato: application/pdf
Publicado em 05/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
47.07%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-6924.2012v9n1p164O presente artigo apresenta experiências de uso do Facebook como estratégia de ensino de jornalismo digital no contexto da cibercultura, tendo a apropriação da ferramenta Grupos em sala de aula como objeto de análise. Primeiramente resgatamos discussões teóricas sobre o ensino de jornalismo digital no Brasil e depois partimos para uma observação empírica da experiência de criação do Grupo Jornalismo Online I Segundas Feiras – construído e utilizado dentro da disciplina de Jornalismo Online I da graduação em Jornalismo da UNISINOS. Como resultados iniciais, sistematizamos quatro tipos de apropriação desse recurso: como mural de recados; para postagem de links de notícias e informações relativas aos conteúdos da disciplina; para envio dos trabalhos produzidos em aula e como forma de conversação informal entre os alunos e a professora. Esses usos contribuem e ampliam possibilidades de vivência teórico-prática das principais competências requeridas para o ensino e a aprendizagem do jornalismo digital.

Jornalismo: do chão da fábrica aos novos processos de redesenho da profissão na sociedade em vias de midiatização; Journalisme: le plancher de l'usine pour les nouveaux processus de remaniement de la profession dans la société dans les routes de la couverture médiatique

NETO, Antonio Fausto
Fonte: ÂNCORA - Revista Latino-americana de Jornalismo Publicador: ÂNCORA - Revista Latino-americana de Jornalismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.98%
O texto apresenta o conteúdo da conferência ministrada pelo pesquisador Antonio Fausto Neto, por ocasião da aula inaugural do Programa de Pós-graduação em Jornalismo da UFPB, ao final de abril de 2015. Em debate com os docentes e estudantes do programa, o pesquisador explorou questões atuais que afetam o campo jornalístico, cujas práticas, processos e produtos são afetados por dinâmicas da sociedade em vias de midiatização. O jornalismo e a sua pesquisa: cenários de estudos e de formação, panorâmica desses desenvolvimentos e a atualidade desse debate. Os temas da agenda jornalística.  A ascensão do leitor e finalmente um quarto tópico, que reflete sobre as condições pelas quais o jornalista pode recuperar o lugar protagônico de narrador e produtor dos acontecimentos. Dos modelos clássicos de produção da notícia, às novas ambiências, em que novos atores participam e colaboram com o trabalho do jornalista, Fausto Neto nos apresenta, em linguagem coloquial, um panorama do jornalismo e as profundas transformações vividas pela profissão na contemporaneidade, pontuando uma questão central: qual o futuro dessa profissão? O jornalismo terá futuro após a emergência dessas tecnologias que invadem o tecido social? Transcrição: Profª. Drª. Joana Belarmino de Sousa (PPJ – UFPB).; Le texte présente la pensée du PROFESSEUR ET  chercheur   DANS LE CHAMP DE LA COMMUNICATION Antonio Fausto Neto...

Periodismo hegemónico, crisis de credibilidad, histeria de la prensa, periodismo ciudadano y nuevas prácticas periodísticas; Jornalismo hegemônico, crise de credibilidade, histerias da imprensa, jornalismo cidadão e novas práticas jornalísticas

SOARES, Raquel Paiva de Araujo
Fonte: ÂNCORA - Revista Latino-americana de Jornalismo Publicador: ÂNCORA - Revista Latino-americana de Jornalismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 05/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
47.13%
La entrevista que la investigador y profesora de la UFRJ, Raquel de Araújo Paiva, concede a Ancora entrelaza en un sabroso debate los temas sociales, el periodismo y la ciudadanía, y también trae temas actuales, como el de  la credibilidad del periodismo, la noticia como mercancía, así como las polémicas sobre las redes sociales, la interacción y la democracia. Raquel Paiva pone a los lectores en sobreaviso para que reflexionen sobre el periodismo comunitario, lo que realmente puede ser la redención para el periodismo convencional, o como ella misma afirma, puede ser la inversión de este modelo periodístico "histérico" que estamos viendo. La lucha por la democratización de la sociedad, el fortalecimiento del llamado periodismo público como contrapunto a los medios de comunicación comerciales, el uso de las redes sociales y la necesidad de saber si, de hecho, permiten a la sociedad formarse una opinión pública activa y competente, capaz de realizar "lecturas críticas" de los medios de comunicación, además de la discusión perenne de la crisis experimentada por el periodismo y por los nuevos modelos de negocio. Todos ellos, son entre otros, los temas de esta conversación con Raquel Paiva.; A entrevista dada à Ancora...

Desafios e complexidades do JORNALISMO DIGITAL; Challenges and complexities of the DIGITAL JOURNALISM

Filho, Pedro Nunes; Fernandes, José David Campos
Fonte: ÂNCORA - Revista Latino-americana de Jornalismo Publicador: ÂNCORA - Revista Latino-americana de Jornalismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 22/01/2015 POR
Relevância na Pesquisa
47.13%
Challenges and complexities of the DIGITAL JOURNALISM O Programa de Pós-graduação em Jornalismo, do Centro de Comunicação Turismo e Artes da UFPB, através do seu Laboratório de Jornalismo e Editoração - LAJE, entrega à comunidade científica brasileira e internacional do campo do jornalismo e áreas afins, a Revista Latino-americana de Jornalismo – ÂNCORA, periódico eletrônico semestral.  Em sua edição inaugural, ÂNCORA cumpre o desafio acadêmico de refletir acerca das complexidades do jornalismo digital em tempos marcados pela modernidade liquida, com suas dinâmicas próprias, interfaces e paradoxos. Esse é, então, o veio central de abordagem transdisciplinar da presente edição, expresso através de vozes teórico-metodológicas presentes em artigos e análises de práticas jornalísticas que integram as seções denominadas Eixo Temático, Entrevista e Pauta Livre. O tema de ancoragem da Revista, abarca diferentes olhares interpretativos e busca examinar nuances e complexidades do jornalismo, que prioriza, de forma não absoluta, a construção de narrativas espelhadas em referencialidades do tempo presente. Vale ressaltar que o jornalismo em sua dimensão complexa também dialoga com outras temporalidades de passado e futuro...

JORNALISMO, Participação e Cidadania; JOURNALISM, Participation and Citizenship

FILHO, Pedro Nunes; SOUSA, Joana Belarmino de
Fonte: ÂNCORA - Revista Latino-americana de Jornalismo Publicador: ÂNCORA - Revista Latino-americana de Jornalismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
47.07%
JOURNALISM, Participation and Citizenship JOURNALISME, Participation et CitoyennetéEm seu número 2, ÂNCORA - Revista Latino-americana de Jornalismo entrega aos seus leitores e à comunidade acadêmica, um conjunto de reflexões envolvendo o jornalismo, a participação e a cidadania, as quais resultam sobretudo da realização do I Simpósio Nacional sobre Jornalismo, Participação e Cidadania, ocorrido entre os dias 27 e 29 de outubro de 2014, uma iniciativa do Grupo de Pesquisas em Mídia, Jornalismo, Acessibilidade e Cidadania – GJAC, com apoio do PPJ-UFPB e do Centro de Comunicação, Turismo e Artes da UFPB. O evento acolheu a participação de representantes de vinte e duas universidades brasileiras, recebendo inscrições de mais de sessenta trabalhos que foram agrupados em três GT’s: GT 1 – Jornalismo, Comunicação e Acessibilidade; GT 2 – Jornalismo, Participação, Tecnologias Digitais e GT 3 – Jornalismo, Participação, Ética e Cidadania.;

Reflexões sobre novos papéis da audiência no jornalismo pós Web 2.0; Thoughts on the new roles played by audience in Journalism after Web 2.0

MESQUITA, Giovana Borges
Fonte: ÂNCORA - Revista Latino-americana de Jornalismo Publicador: ÂNCORA - Revista Latino-americana de Jornalismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
47.02%
Pensar o jornalismo contemporaneamente é mais que um desafio. É uma necessidade. Desde o final do século XX o jornalismo vem passando por uma série de mudanças, que são observadas na base do processo de produção, de distribuição, de acesso às notícias e na relação com a audiência. Essa última uma das mais significativas mudanças. Com papéis bem definidos, em outros momentos, a audiência, sob a lógica da interação, envolve-se e é envolvida pelo jornalismo de diversas formas. No trabalho nos propomos a trazer algumas reflexões sobre esses novos papéis assumidos pela audiência na relação com o jornalismo, após o que se denomina WEB 2.0, fase que favorece e promove a participação. Tem ainda como objetivo apresentar o que denominamos Audiência Potente.; Thinking about Journalism nowadays is more than a challenge. It is a need. Since the end of the 20th century Journalism is going through a variety of changings, which are observed to happen on the base of the processes of news production, distribution and access and in its relation with audience. The former one is indeed one of the most important of all changes. In other moments, eventhough within well-defined roles (receiver), and now within the interaction logic...

Jornalismo, Participação e Cidadania: Olhares, diálogos e Experiências

NUNES, Pedro; SOUSA, Joana Belarmino de
Fonte: ÂNCORA - Revista Latino-americana de Jornalismo Publicador: ÂNCORA - Revista Latino-americana de Jornalismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 02/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
47.02%
No seu Volume II, número 2, a Revista Latino-americana de Jornalismo - ÂNCORA dá prosseguimento à publicação de um conjunto de dez artigos que incorporam reflexões sobre o jornalismo, a cidadania e a participação em seu Eixo Temático, visando contribuir para problematizar a atualidade desse debate, sobretudo a partir do que tem sido produzido como um esforço teórico-aplicado no âmbito das universidades brasileiras.