Página 1 dos resultados de 1095 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

“Ásperas proposições”: Jesuítas; moradores e a Inquisição na Amazônia seiscentista no tempo de Vieira, missionário

Chambouleyron, Rafael
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.06%
Este texto analisa quatro denúncias apresentadas ao Santo Ofício da Inquisição de Lisboa contra os padres da Companhia de Jesus do Estado do Maranhão, entre os anos 1656 e 1663. As acusações contra os religiosos coincidem, não fortuitamente, com o período em que o padre Antônio Vieira era a figura de maior influência na missão do Estadodo Maranhão, e com o clímax dos conflitos entre os jesuítas e moradores em torno da mão-de-obra indígena. Nesse sentido, trata-se de entender essas denúncias a partir do contexto de embates em que foram produzidas. Por outro lado, trata-se de investigar de que modo os acusadores se valeram do Santo Ofício como um instrumento político no conflito contra os padres jesuítas.

Os Jesuítas e o comércio entre Macau e o Japão

Oka, Mihoko
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.11%
Neste artigo, procurei examinar a intervenção da Companhia de Jesus no Comércio existente entre Macau e o Japão, ocorrido nos séculos XVI e XVII. Paralelamente pretendi demonstrar e levantar a hipótese que o envolvimento e a crescente corrupção associada a este trato comercial, em parte protagonizada pelos jesuítas associados aos comerciantes de Macau, poderia estar relacionado com a expulsão do Cristianismo do Japão no início do séc. XVII. Para o efeito acima descrito, referenciei alguns documentos da autoria de jesuítas e franciscanos, os quais tinham vivido no Japão, assim como importantes informações relacionadas com o trato e o papel de intermediários comerciais desempenhado pelos jesuítas.

O livro nos textos jesuíticos do século XVI - edição, produção e circulação de livros nas cartas dos jesuítas na América Portuguesa (1549-1563); The book production process during the 16th century: edition, production and the circulation of books in the Jesuit´s letters in the Portuguese America ( 1549-1563)

Cerello, Adriana Gabriel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.06%
A partir da obra Cartas dos primeiros jesuítas do Brasil, organizada por Serafim Leite, este trabalho busca estudar alguns aspectos do processo de produção livresca do século XVI, em particular as condições de redação e de edição dos livros manuscritos e impressos, dentro e fora do ambiente da Igreja Católica, e a sua circulação na Metrópole e na Colônia. A partir da observação de um momento histórico em que a maneira de ler, escrever e difundir os textos sofreu mudanças profundas, pretende reconstruir parte da história da cultura material do livro no século XVI.; Using as reference the work "Cartas dos Primeiros Jesuítas do Brasil" organized by Serafim Leite, this study aims to analyse some of the aspects related to the book production process during the XVI century, particularly the ones that refer to the writing and editing of manuscripts and prints inside and outside the perimeter of the Catholic Church, and the circulation in both the Metropolis and the Colony. By analysing a particular historical moment in which the way texts were read, written and divulged went through deep changes, the study seeks to retrieve part of the history of the materiality of books in the XVI century.

Uma historia de cantares de Sion na terra dos Brasis : a musica na atuação dos Jesuitas na America Portuguesa (1549-1759)

Marcos Tadeu Holler
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.15%
Em 1549 chegou ao Brasil o padre jesuíta Manoel da Nóbrega, dando início à intensa atuação os jesuítas nas Américas. Apesar da restrição à música expressa nos documentos da Companhia de Jesus, referências ao uso do canto e de instrumentos em cerimônias religiosas e eventos profanos são extremamente freqüentes em relatos jesuíticos desde pouco tempo depois da sua chegada no Brasil até a expulsão dos padres em 1759. O objetivo principal deste trabalho é o levantamento de informações sobre a música na atuação dos jesuítas no Brasil colonial, desde a sua chegada, em 1549, até a expulsão em 1759, utilizando como fundamentação os documentos da época, sobretudo os de autoria dos próprios jesuítas. Além de manuscritos jesuíticos originais dos sécs. XVI a XVIII foram utilizadas publicações ou transcrições modernas destes documentos, e cópias (manuscritas, xerográficas, digitalizadas ou microfilmadas) de originais. A leitura dos documentos não nos permite responder a todas as questões referentes à atuação musical dos jesuítas, mas pode revelar importantes aspectos da história da música no Brasil; In 1549 the Jesuit priest Manoel da Nóbrega arrived at the Brazilian shores, and this was a milestone to the beginning of an intensive activity exerted by Jesuits in America. Despite the fact that the musical practice was forbidden by the rules of the Society of Jesus...

Los primeros jesuitas frente a los renunciantes en la India (1549-1570): descripciones y ambivalências

Cohen, Leonardo
Fonte: Centro de Estudos de História Religiosa, Universidade Católica Portuguesa Publicador: Centro de Estudos de História Religiosa, Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 SPA
Relevância na Pesquisa
36.2%
Teniendo por fundamento fuentes jesuitas del siglo XVI, el presente ensayo aborda la manera en que los misioneros de la Compañía de Jesús encararon el fenómeno del ascetismo y la renuncia al mundo en la India. Ahí, los misioneros se confrontaron con antiguas tradiciones que habían desarrollado formas radicales de renuncia al mundo. Esta forma de vida entre prácticantes de una religión que para los jesuitas era en aquellos tiempos poco comprensible, despertó en ellos actitudes ambivalentes y contradictorias. El artículo sostiene que la perspectiva ascética de los jesuitas, que oscilaba entre las tendencias del ideal místico, y la obediencia y el servicio apostólico, se vio sacudida por la “desmedida” conducta de los renunciantes en la India, que ejercía en ellos atracción y rechazo a la vez.; Tomando como base fontes jesuítas do século XVI, este ensaio analisa como os missionários da Companhia de Jesus enfrentaram o fenómeno do ascetismo e a renúncia ao mundo, na Índia. Aí, os missionários foram confrontados com as tradições antigas que haviam desenvolvido formas radicais de renúncia ao mundo. Este modo de vida entre os praticantes de uma religião que para os jesuítas era pouco compreensível na época...

Professores jesuítas na Universidade de Coimbra?

Cabral, Roque
Fonte: Universidade Católica Portuguesa, Faculdade de Teologia-Braga Publicador: Universidade Católica Portuguesa, Faculdade de Teologia-Braga
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.11%
A Universidade de Coimbra não recrutou normalmente jesuítas para o seu corpo de professores. Mas esta ausência de jesuítas não é total, porque houve realmente professores jesuítas na Universidade, embora pouco numerosos.

Pombalismo, Jesuítas e a Terra nas Velhas Conquistas: Confisco e Redistribuição de Propriedade Fundiária na Goa Setecentista

Pereira, Edgar Francisco Cravo Bertrand
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.06%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em História Moderna e dos Descobrimentos; Os aspectos políticos e ideológicos por trás da expulsão dos jesuítas de Portugal e do seu Império, durante o governo do Marquês de Pombal, são bem conhecidos e têm sido exaustivamente estudados pela historiografia. Todavia, o mesmo não acontece relativamente aos aspectos económicos que permanecem, na sua maior parte, por estudar. Isto é particularmente verdadeiro para os territórios ultramarinos da Coroa Portuguesa, onde, se descontarmos algumas notas sobre o caso brasileiro, pouca ou nenhuma informação há sobre o impacte causado pela supressão dessa ordem religiosa. Nos territórios de Goa, o centro político do Império Português do Oriente, a Companhia de Jesus tinha forte presença desde o século XVI, possuindo um grande número de explorações, quintas e receitas derivadas da terra (bem como outras fontes de renda provenientes de actividades que vão desde o comércio aos interesses financeiros). Aqui, com a extinção da ordem religiosa iniciou-se um processo de confisco e posterior redistribuição das suas propriedades e fontes de receita. Esta dissertação de mestrado refere-se precisamente ao confisco e redistribuição desses recursos económicos que a Companhia de Jesus possuía nos arredores da capital do Estado da Índia. Tentar-se-á abordar várias questões: em primeiro lugar...

A Influência do Colégio dos Jesuítas na Configuração da Mallha Urbana de Salvador-BA (1549-1760)

Costa, Carlos Alberto Santos
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.11%
O objeto desta pesquisa foi o Colégio dos Jesuítas em Salvador (1549-1760). O problema inicial consistiu na verificação da existência de um choque de ideais de ocupação espacial, português e jesuíta, na formação da cidade. Buscou-se verificar se ocorreu a convergência destes dois ideais, como foram absorvidos e quais os seus desdobramentos na ocupação espacial da malha urbana. Para a análise desta hipótese serviram os estudos das normas de instalação das cidades na América do Sul, demonstrando como se configuraram aquelas fundadas pela Espanha e por Portugal. Observaram-se também as normas de instalação dos colégios jesuítas e, com este corpus informativo, procurou-se compreender o objeto de estudo. Teve-se como base factual à pesquisa: documentos históricos escritos, iconográficos, arqueológicos e arquitetônicos. Entendendo o colégio como empreendimento da Companhia de Jesus, foram analisados três períodos deste complexo: 1º- 1549-1561, apreendeu-se dados referentes à aquisição, posse e instalação; 2º- 1561-1657, tratou-se da construção e localização, compreendendo a organização interna e demonstrando um modelo de ocupação para a atual Praça da Sé; 3º- 1654-1760, abordou-se a reconstrução do colégio...

Cárdenas e Jesuítas na província do Paraguai do século XVII: disputa e sobreposição de poderes

Dalcin, Éverton
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.06%
O objetivo central desta investigação é analisar a aliança entre Estado e Igreja por meio da atuação da Ordem de São Francisco e da Companhia de Jesus no território do Rio da Prata Colonial. A análise se desenvolverá a partir do conflito envolvendo os jesuítas e o franciscano Bernardino de Cárdenas, nomeado bispo de Assunção em 1638 e Governador em 1649, reunindo na sua pessoa, o poder civil e religioso da província. A delimitação temporal corresponde ao desenrolar do conflito, que se estabelece, sobretudo, a partir da chegada do novo Bispo ao Paraguai, em 1642, e se e estenderá até 1660 quando as cortes de Roma e Espanha deliberarão acerca do conflito. A contenda eclode devido à crise econômica que o Paraguai se encontrava, visto que os colonos locais não conseguiam de maneira satisfatória a mão de obra indígena necessária para o trabalho. A dificuldade dos colonos somente aumentava, sobretudo após o estabelecimento das reduções Jesuíticas que não permitiam que os indígenas reduzidos se incorporassem ao sistema de encomienda. O estudo ainda acena nos indicará algumas diferenças e semelhanças no modelo de redução proposto pelas Ordens religiosas, bem como suas relações com o real padroado, que passará a deliberar privilégios aos jesuítas...

Conflitos entre jesuitas e colonos na America Portuguesa : 1640-1700; Conflicts between jesuits and the Portuguese America : 1640-1700

Joely Aparecida Ungaretti Pinheiro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.06%
O presente trabalho analisa os conflitos entre jesuítas e colonos, que ocorreram após a promulgação o breve do Papa Urbano VIII, Commissum Nobis, de 22 de abril de 1639, sobre a 'Liberdade dos Índios da América', que ameaçava de excomunhão todo aquele que tivesse um índio como cativo. As zonas de conflito estudadas, correspondem hoje em dia aos estados do Maranhão, Rio de Janeiro e São Paulo. O cerne desses conflitos estava centrado na tensa relação entre colonos e os membros da Companhia de Jesus, por causa da administração da mão-de-obra indígena. As leis que regulavam o cativeiro indígena oscilavam entre a liberdade e a escravidão do índio, favorecendo ora os jesuítas, ora os moradores da colônia. Esses acontecimentos ocorreram no processo de colonização da América Portuguesa, dentro do Antigo Sistema Colonial, cujo tipo de regime de trabalho adotado era o trabalho compulsório.; The present work analyses the conflicts between the Jesuits and the 'colonos', that happened after the publication of the document from Urbano VIII, Commissum Nobis, in 22/04/1639, about the freedom of the Americans Indians, which threatened with excommunication everyone that held a Indian as a slave. The studied zones of conflicts correspond the modern Brazilian States of Maranhão...

Política e Religião : repercussões da polêmica sobre o retorno dos jesuítas ao Brasil durante o Segundo Reinado (1840-1870); Politics and Religion : the polemical repercussion about the return of the Jesuits to Brazil during the Second Reign (1840-1870)

Simone Tiago Domingos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.11%
Em seus primeiros anos de retorno ao Brasil, os jesuítas se instalaram, primeiramente, em Desterro, a capital de Santa Catarina, para a fundação de um colégio que funcionou até meados de 1855. Em 1867, além da criação de um segundo colégio naquela cidade, obtiveram licença para abrir dois outros estabelecimentos: o primeiro em Itu - o Colégio São Luís, hoje ainda em atividade na capital de São Paulo - e outro em Recife, o São Francisco Xavier, que permaneceu aberto até 1874. O objetivo principal dessa tese é historiar e explicitar as experiências de fixação dos jesuítas no Império (entre as décadas de 1840 e 1870), destacando nesse percurso as dificuldades por eles encontradas, os meios pelos quais se defenderam e, sobretudo, a polêmica que se instaurou sobre o retorno da Ordem, particularmente nas províncias em que tiveram instituições de ensino ¿ Santa Catarina, S. Paulo e Pernambuco. Assim, a tese aborda a história dos inacianos no Império (entre as décadas de 1840 e 1870) e também tem por preocupação relacionar o debate ocorrido no Brasil à discussão internacional que se estabeleceu sobre a Companhia de Jesus. Para tanto, além de explorar a bibliografia existente sobre a Ordem e sobre a política imperial do período...

O encontro entre os guarani e os jesuítas na Província do Paraguai e o glorioso martírio do venerável padre Roque González nas tierras de Ñezú

Oliveira, Paulo Rogério Melo de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.06%
A tese tem como tema o encontro entre jesuítas e guarani e a morte do padre jesuíta Roque González de Santa Cruz em 1628, na redução de Todos os Santos de Caaró. De acordo com as narrativas jesuíticas a morte foi tramada pelo pajé e cacique Ñezú, que desejava exterminar os missionários do Uruguai. Roque González e Ñezú são as personagens centrais, e os fios condutores, dessa investigação que se inicia nos primeiros anos das reduções jesuíticas na Província Jesuítica do Paraguai e se estende aos dias atuais com o turismo histórico e religioso na região missioneira do Rio Grande do Sul. Os marcos da narrativa giram em torno dos eventos ligados a figura de Roque González: eventos missionários, historiográficos, hagiográficos, comemorativos, religiosos e turísticos. De maneira geral, trabalho com a evangelização no Paraguai, com ênfase no encontro entre índios e jesuítas e, circunstancialmente, com as apropriações dessa experiência no presente, visando o turismo e a construção de identidades regionais. Neste quadro mais geral, focalizo as tensões entre os pajés, os caciques e os missionários, e a morte do padre Roque. Trabalho com a hipótese de que a morte do padre representou o ato radical de uma tensão entre universos radicalmente diferentes. O colonialismo aproximou...

Religião, cultura e política : o apostolado laico dos jesuítas no RGS e os espaços sociais de atuação

Monteiro, Lorena Madruga
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.11%
Esta tese analisa as condições que possibilitaram o surgimento de um grupo que difundiu a doutrina e o pensamento da Igreja Católica durante o século XX no Estado do Rio Grande do Sul. A hipótese geral que norteou a pesquisa é de que os Jesuítas promoveram um processo, entre os grupos que formaram, por um lado, de uniformização escolar, via seus Ginásios Católicos, e, sobretudo, de identificação religiosa e intelectual através das atividades nas suas Congregações Marianas. Demonstra-se, com base em fontes variadas, que o fator homogeneizador do grupo não se encontra em seu perfil social, mas sim na uniformização escolar recebida, e, sobretudo, na formação religiosa e intelectual decorrente da ação educativa dos jesuítas estrangeiros nas Congregações Marianas. Desdobra-se desta constatação, o fato de que, num ambiente cultural marcado pela ausência de espaços acadêmicos, a formação filosófica proporcionada por estes jesuítas alemães baseada nas reinterpretações do Tomismo, pautou o substrato ideológico e a identidade intelectual do grupo. Esta formação intelectual internacionalizada determinou que, entre os membros do grupo, dado o padrão de recepção de pensamento católico, não se produzisse um sistema filosófico original. Com este tipo de formação a ação coletiva do grupo católico direcionouse para os espaços sociais os quais pudessem impor sua identidade intelectual e a doutrina social da Igreja...

Tiempo de memoria, olvido y manipulación : los jesuitas españoles expulsos y la vindicación de la conquista de América

Soriano Muñoz, Núria
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2013 SPA
Relevância na Pesquisa
36.06%
Este trabajo se incluye en el Proyecto de Investigación «Cambios y resistencias sociales en los territorios del Mediterráneo Occidental en la Edad Moderna. Un análisis comparativo entre el centro y la periferia mediterránea de la Monarquía Hispánica» con referencia HAR2011- 27898-C02-01, financiado por el Ministerio de Economía y Competitividad. Su autora se beneficia además del programa VALi+d para investigadores en formación de la Generalitat Valenciana.; Desde el exilio y bajo los auspicios del conde de Floridablanca, un grupo particular de jesuitas expulsos participaron en la polémica del Nuevo Mundo llevando a cabo una vigorosa defensa del colonialismo español. Mediante las apologías de Ramón Diosdado, Juan Nuix, Antonio Julián y Mariano Llorente, nos ocuparemos en el presente artículo de reflexionar sobre el discurso ignaciano, puramente nacional, en tanto que ejercicio de recuperación de la memoria de la conquista, una rememoración heroica impregnada de valores católicos y conservadores, olvidos y distorsiones. Defendiendo a España de las acusaciones vertidas por los ilustrados extranjeros a finales del siglo xviii, los jesuitas diferenciaron y exaltaron el pasado español frente a las potencias europeas...

Os jesuítas e a participação dos auxiliares japoneses na missão nipônica (1549-1614)

Cardoso Leão, Jorge Henrique
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.06%
Liderados por Francisco Xavier, os primeiros jesuítas chegaram ao Japão no ano de 1549 com objetivo de alargar as fronteiras do catolicismo. Assim que pisaram no arquipélago, os padres se depararam com algumas dificuldades, principalmente relacionadas a questão do idioma e da interpretação dos signos culturais e religiosos do povo nipônico. Como forma de superar algumas dessas barreiras culturais e de estreitar relações com os japoneses, os jesuítas investiram na criação de um corpo de auxiliares cristãos conhecidos como dojukus. Deste modo, o presente artigo tem por objetivo analisar a participação desses colaboradores no cotidiano da missão japonesa entre 1549 e 1614. Além da historiografia referente ao tema, a análise conta com fontes impressas de natureza europeia, sobretudo, as cartas e as obras elaboradas pelos padres que participaram ativamente da missão.

Configuração territorial e sistemas produtivos jesuitas na Nova Espanha; Configuración territorial y sistemas productivos jesuitas en la Nueva España; Territory setup and jesuit production systems in New Spain

Salcedo, Tarsicio Pastrana
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2009 SPA
Relevância na Pesquisa
36.23%
During the viceroyalty, the religious orders fulfilled vitally important tasks from evangelization, the first european in arriving at many zones of the New Spain were religious, these took the spanish way of life and so they initiated a way of transformations. The monks constructed towns, equipped them with services, administered and educated. One of the religious orders, used techniques advanced in that time, the Jesuits, institute a territorial control system directed to generate the economic sustenance of its work in America, the maintenance of the missions and the schools are realized from systems of haciendas administered of shining way, planned their regional development, formed market strategies, incorporated new technologies and designed the acquisition strategies, the systems of haciendas Jesuits were most productive until their expulsion in 1767, situation that collapse the economy of several regions. An example of this is the system of properties of the schools of Tepotzotlán.; Durante o vice-reinado, as ordens religiosas cumpriram, a partir da catequização, tarefas de vital importância. Os primeiros europeus a chegarem a muitas zonas da Nova Espanha foram religiosos, e trouxeram o modo de vida hispânico, com o qual se iniciou um caminho de transformações. Os religiosos e construíram povoados...

“La sangre de los mártires es la semilla de cristianos nuevos”: the posthumous consecration of Jesuit missionaries (Jesuitic Province of Paraguay, 17th century); “La sangre de los mártires es la semilla de cristianos nuevos”: a consagração póstuma de missionários jesuítas (Província Jesuítica do Paraguai - século XVII)

Fleck, Eliane Cristina Deckmann
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, D. História Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, D. História
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.06%
The emphatic reaffirmation of the unshakeable faith of the Jesuits in the accomplishment of their mission is a recurrent narrative pattern in the cartas ânuas, which had, among their goals, the extolment of the very Company of Jesus and its work. The distinction given to the exemplary work of some Jesuit missionaries – like those found described in the necrologies inserted in the ânuas and in the biographies produced in various times – seems to indicate the reiteration of the virtuous conduct defined by Inácio de Loyola to the members of the Company of Jesus, as well as to those who sought the salvation of the body and the soul. Our purpose in this article is that of analysing the accounts about the “heroic acts of virtue” of missionaries present in the epistolary narratives, as well as in the biographies, highlighting the pedagogic function performed by this posthumous consecration.; A enfática reafirmação da inabalável fé dos jesuítas no cumprimento de sua missão é padrão narrativo recorrente nas cartas ânuas que tinham, dentre seus objetivos, o enaltecimento da própria Companhia de Jesus e de sua obra evangelizadora. O destaque dado às atuações exemplares de alguns missionários “como as que encontramos descritas nos necrológios inseridos nas ânuas e nas biografias produzidas em tempos variados” parece apontar para a reiteração da conduta virtuosa definida por Inácio de Loyola...

"A revista de tropas do exército católico": os Congressos Católicos realizados pelos Jesuítas alemães no sul do Brasil

Werle, André Carlos; UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2004 POR
Relevância na Pesquisa
36.11%
The aim ofthe text is analyzes the Catholic Congress carried out by the German Jesuits by the immigrants in south Brazil, in the period from 1898 until 1940. The Jesuits did by emigrated to Brazil since mid XIX Century. In their baggage, they brought the knowledge of activities experimented in Europe, which they were advancing by the immigrants, resulting in a set of institutions toward to the economic and social sphere. In this setthe congress has joined believers from various communities to debate their problems. The Congress can also be conceived as normative mechanisms, by means of which the Jesuits to carry conceptions about life in society.; A intenção do trexto é analisar os congressos católicos realizados pelos jesuítas alemães junto aos imigrantes no sul do Brasil no periodo de 1898 até 1940. Os jesuítas imigraram para o Brasil a partir de meados do século XIX, trazendo em sua bagagem a experiência de atividades vivenciadas na Europa e que foram implementando junto a imigrantes, resultando num conjunto de instituições voltadas para a esfera econômica e social, no qual os Congressos reuniam fiéis de diversas comunidades para discutir problemas da comunidade. Os congressos podem ser concebidos também como mecanismos normativos...

Las misiones jesuitas en la región del Guayrá en las primeras décadas del siglo XVII

Ossanna,Julia A.
Fonte: Mundo agrario Publicador: Mundo agrario
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 ES
Relevância na Pesquisa
36.18%
Las misiones jesuitas en el espacio de la cuenca del Plata son bastante conocidas en la historiográfica nacional. Desde la relación geográfica de Azara hasta los últimos aportes de Di Stefano y Zanatta en su "Historia de la Iglesia Argentina", la historia de los "30 pueblos" en la provincia argentina de Misiones ha dado mucho que hablar -y escribir- a lo largo de la historia nacional. Esto es perceptible tanto en las imágenes idílicas de comunión entre jesuitas y guaraníes hasta los trabajos que develan los complejos sistemas de alianzas que posibilitaban la aparente sumisión guaraní al dominio español. Pero todas estas imágenes deben considerarse como el estado final de un proceso que -con sus marchas y contramarchas- se inicia a principios del siglo XVII, cuando los jesuitas comienzan su tarea evangelizadora con los indígenas. Será nuestra intención trabajar las dos primeras décadas de la fundación y funcionamiento de las misiones jesuitas en el Guayrá (1609-1629), momento en el cual van tomando forma las estrategias y estructuras de dominación, cuando la metodología de la prueba y error es moneda corriente, y los enfrentamientos entre indígenas, jesuitas, españoles y portugueses tienen lugar en el marco de una frontera tan inestable como era en ese momento la región guayrense.

Jesuitas y fósiles en la Cuenca del Plata

Ottone,Eduardo G
Fonte: Serie correlación geológica Publicador: Serie correlación geológica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 ES
Relevância na Pesquisa
36.06%
La madera y huesos petrificados referidos por los jesuitas Ovalle, del Techo, Sepp, Lozano, Guevara, Sánchez Labrador, Dobrizhoffer, Falkner y Juárez en varios textos escritos durante los siglos XVII y XVIII constituyen uno de los primeros registros de plantas y animales fósiles en la Cuenca del Plata. La mayoría de los jesuitas consideraba a los ríos Paraná y Uruguay capaces de transformar la madera y también los huesos, en piedra, y por ende, a las petrificaciones comúnmente desenterradas de sus barrancas arenosas como formadas por el agua. Por otro lado, mientras Guevara relacionaba los grandes huesos comúnmente hallados en la desembocadura del río Carcarañá con una raza extinguida de gigantes, Falkner describía la coraza de un gliptodonte y Sánchez Labrador explicaba la presencia de invertebrados marinos en los alrededores de Buenos Aires invocando al Diluvio.