Página 1 dos resultados de 6213 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

O jardim de infância na promoção da literacia

Albuquerque, Ana Maria Fernandes Lopes Frederico de
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.87%
Os problemas de literacia (associados às dificuldades da leitura e da escrita) são apontados, cada vez com maior frequência, como uma das explicações causais do insucesso escolar dos alunos, com repercussões em todas as áreas disciplinares. As investigações realizadas nos últimos anos neste âmbito têm revelado que estas são, inequivocamente, competências essenciais ao sucesso escolar e profissional de qualquer indivíduo. As investigações têm igualmente mostrado que o processo de aprendizagem da leitura e da escrita tem o seu início muito antes da entrada na escolaridade formal, o que vem evidenciar a importância das experiências precoces vivenciadas pelas crianças neste domínio. Neste contexto, o Jardim de Infância e o Educador, pelas práticas estimulantes e enriquecedoras que podem proporcionar às crianças, assumem um papel crucial na promoção das competências de literacia. O Ministério da Educação, consciente de tal realidade e da importância que a prática da literacia desde os primeiros anos assume junto das crianças, já que lhes proporciona um conjunto de conhecimentos, capacidades e atitudes que vão ao encontro das exigências que a aprendizagem da leitura e da escrita colocam, tem procurado promover e incentivar junto dos Educadores...

Plantas Invasoras no Jardim Botânico da Universidade de Coimbra: Contribuição para a Elaboração de um Plano Gestão

Simões, Ricardo João Cruz Silva
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.92%
O Jardim Botânico da Universidade de Coimbra (JBUC) é composto essecialmente por espécies de plantas exóticas. A maioria destas espécies não são invasoras, mas algumas possuem comportamento invasor, causando problemas para a conservação do Jardim, sendo importante gerir de forma sustentável as áreas afectadas por estas espécies. Para tal, é necessário, em primeiro lugar, analisar a dimensão da invasão e identificar as suas possíveis causas. Para este efeito, este trabalho focou-se no mapeamento das três espécies invasoras mais problemáticas (Ailanthus altissima, Oxalis pes-caprae e Tradescantia fluminensis) e ainda de uma quarta espécie, Acanthus mollis, que embora não listada como invasora na legislação Portuguesa, apresenta na mata do JBUC um potencial invasor preocupante. Foi também objectivo deste trabalho elaborar um reconhecimento mais detalhado (através de mapeamento das regiões invadidas com respectivo número de espécimes) de A. altissima, a espécie mais “agressiva” de todas as presentes no JBUC. Através de análises de campo e usando Sistemas de Informação Geográfica foi possível mapear as áreas invadidas, determinar o número de indivíduos em cada local, a cobertura vegetal destas espécies...

A Cidade Jardim e seus espelhos : paisagens e suas geografias

Pires, Claudia Luisa Zeferino
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.99%
O estudo desta tese, objetiva analisar a dinâmica espacial através da paisagem como perspectiva teórico-metodológica segundo dimensões objetivas (materialização de formas) e subjetivas (relação do sujeito com o mundo). Para tanto, o foco dessa análise é a Cidade Jardim - Macrozona de Planejamento do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano e Ambiental de Porto Alegre. A escolha da Cidade Jardim tem como referência o significado da paisagem, cuja apropriação conceitual perpassa pelas ações simbólicas e concretas a partir de uma ideologia estética e de uma estratégia de organização espacial da zona sul de Porto Alegre. A análise da configuração territorial do espaço da Cidade Jardim dá-se a partir de diferentes leituras do espaço onde a paisagem, como um texto, estrutura-se em sistema de signos na qual outros sistemas (político, econômico, social, cultural) são transmitidos, reproduzidos, experimentados e explorados. A estrutura desta tese compreende a seguinte metodologia de análise: 1a) análise do discurso do outsider que corresponde ao tratamento objetivado da paisagem a partir de sua trajetória conceitual na ciência geográfica, onde, a partir do distanciamento, verificam-se as paisagens produzidas e como elas se apresentam de forma inevitável para aqueles que habitam nela; 2a) análise do discurso do insider que examinou os relatos dos moradores e frequentadores locais sobre a natureza da paisagem...

Geografia no Jardim Botânico de Porto Alegre: a aventura do conhecimento

Batista, Bruno Nunes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.87%
A presente pesquisa aponta para a relação entre o ensino de Geografia e os espaços públicos, mediados pelo trabalho de campo. É possível construir competências no Jardim Botânico, através da Geografia, ou não? A delimitação analítica escolhe como estudo de caso o Jardim Botânico de Porto Alegre, capital do Estado do Rio Grande do Sul. O trabalho está ancorado, metodologicamente, no Paradigma da Complexidade, através da Pesquisa Qualitativa. Buscou-se inicialmente a compreensão de qual a representação que o Jardim Botânico carrega entre professores de Geografia. O Jardim Botânico é elemento do todo Espaço Geográfico, de modo que se apresenta como um conjunto solidário, contraditório e inseparável de objetos e ações. A compreensão do todo depende das partes, e estas da totalidade. Ciente de tal postulado, o trabalho apresenta um conjunto de atividades pedagógicas, elaboradas com o amparo das teorias do Ensino de Geografia e da Pedagogia Social Crítica, mediadas pela Epistemologia Genética. A compreensão dessas atividades é realizada através da construção de trabalhos de campo com alunos de Ensino Médio, matriculados na Rede Pública Estadual do Rio Grande do Sul. A pesquisa aponta a necessidade da construção...

Reforma do ensino da língua materna (1884), de Antonio da Silva Jardim, na história do ensino de leitura e escrita no Brasil

Pasquim, Franciele Ruiz
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 140 f.
POR
Relevância na Pesquisa
37.05%
Pós-graduação em Educação - FFC; Nesta dissertação de mestrado, apresentam-se os resultados finais da pesquisa (FAPESP) vinculada ao GPHELLB - Grupo de Pesquisa “História do Ensino de Língua e Literatura no Brasil”, e aos Projetos Integrados de Pesquisa “História do Ensino de Língua e Literatura no Brasil” e “Bibliografia Brasileira sobre História do Ensino de Língua e Literatura no Brasil (2003-2011) (Auxílio CNPq)”, todos coordenados por Maria do Rosário Longo Mortatti. Com o objetivo de contribuir para a compreensão do pensamento do professor, advogado, político, propagandista positivista e republicano Antonio da Silva Jardim (1860–1891), sobre o ensino da leitura e da escrita, enfoca-se nesta dissertação o documento Reforma do ensino da lingua materna (1884). Trata-se da versão impressa do resumo da conferência proferida por Silva Jardim, como professor da Primeira Cadeira – “Grammatica e Lingua Nacional”, da Escola Normal de São Paulo. Mediante abordagem histórica, centrada em pesquisa documental e bibliográfica, desenvolvida por meio da utilização dos procedimentos de localização, recuperação, reunião, seleção e ordenação de fontes documentais e leitura de bibliografia especializada...

Avaliação da Qualidade do serviço de Alimentação num Jardim-de-Infância de Coimbra : Trabalho de Investigação : Evaluation of Food Service Quality at Kindergarten in Coimbra

Galinha, Maria Inês dos Santos Guerra e Saraiva
Fonte: Porto : edição de autor Publicador: Porto : edição de autor
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2 vols.(tese + relatório); 30 cm
POR
Relevância na Pesquisa
36.92%
Resumo da tese: Introdução: A infância é uma das fases particularmente importantes da vida para o estabelecimento de hábitos alimentares saudáveis, que podem permanecer por toda a vida adulta, e que aliados à prática da actividade física, promovem a saúde e que previnem a doença. Objectivos: O principal objectivo do trabalho de investigação foi a avaliação da qualidade do serviço de alimentação num Jardim-de-Infância de Coimbra. Metodologia: A metodologia do trabalho de investigação teve como base a aplicação do Sistema de Planeamento e Avaliação de Refeições Escolares (SPARE) que permitiu avaliar a qualidade das ementas e a adequação energética e nutricional das refeições escolares, bem como avaliar as condições hígiosanitárias e ambiente do refeitório do Jardim-de-Infância. Resultados: O plano de ementas foi considerado, de uma forma geral, "Aceitável", apesar dos domínios, "Carne, Pescado e Ovo", "Acompanhamento de Cereais, Derivados e Tubérculos" e "Acompanhamento de Hortícolas e Leguminosas" da avaliação qualitativa de ementas terem sido "Não Aceitável". As refeições do almoço foram consideradas não adequadas às necessidades energéticas e nutricionais das crianças, uma vez que foram hiperenergéticas e hiperproteicas. As condições hígio-sanitárias e ambiente do refeitório foram consideradas...

Plano de acção para o Jardim Botânico da Universidade do Porto

Antunes, Ana Catarina Dias Santos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.87%
Este trabalho surge no seguimento do Projecto de Conservação e Valorização do Jardim Botânico da Universidade do Porto, realizado no Departamento de Botânica da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, no período de 2002-2005. O Jardim Botânico do Porto encontra-se instalado na Quinta do Campo Alegre, espaço de infância de Sophia de Mello Breyner e Ruben A., desde 1951. Distingue-se no contexto da cidade pela multiplicidade de oferta, anunciando no entanto, relativamente ao contexto urbano actual, um desajuste do programa que integra. Face ao descrito, propõe-se no âmbito desta tese, a revisão do programa do seu funcionamento, através da atribuição de um novo significado, compatível com o seu programa institucional. Refere-se ao carácter de ‘mediador cultural’ e consequente ‘campo de experimentação’ para a Universidade do Porto. É neste contexto e de acordo com o modelo actual de planeamento prospectivo, referente à análise comparativa de soluções, que se desenvolvem cinco programas alternativos para o jardim botânico. Este exercício permite obter o conhecimento das potencialidades que o espaço oferece para o cumprimento da Missão exposta neste estudo, bem como sistematizar possíveis estratégicas de actuação.; This work is derived from the “Projecto de Conservação e Valorização do Jardim Botânico da Universidade do Porto”...

Participação parental no jardim de infância : um estudo de caso

Ribeiro, Catarina Faria
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.87%
As mudanças que se têm vindo a verificar na sociedade e nas estruturas familiares repercutem-se inevitavelmente na vida da escola. Nesta medida, e partindo da necessidade de tornar a escola um espaço aberto à participação de todos, de modo a tornar o ensino mais rico e potenciador de sucesso, os pais são cada vez mais elementos de intervenção fundamentais em todo este processo. Para compreendermos, a relação que se estabelece entre os pais e o jardim-de-infância, a nossa investigação norteou-se pelo método de estudo de caso e desenvolveu-se tendo como objetivo caraterizar a participação parental num jardim-de-infância. Esta investigação contou com a participação de 36 pais que responderam a um inquérito por questionário e 2 educadoras de infância, que responderam a entrevistas semiestruturadas, permitindo-nos tirar importantes conclusões. Estas dão conta que os pais reconhecem o trabalho que o jardim-de-infância desenvolve no sentido da sua participação, mostrando-se satisfeitos com o mesmo. Reforçamos a necessidade de existir um empenho da escola e dos pais para que ocorra uma efetiva participação, tornando-se pertinente abordar formas de potenciar esta relação por forma a uma maior eficácia da educação. Assim...

O jardim planetário: uma utopia para o século XXI?

Batista, Desidério; Matos, Rute
Fonte: Várzea da Rainha Impressores, S.A. Publicador: Várzea da Rainha Impressores, S.A.
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.92%
O JARDIM PLANETÁRIO: UMA UTOPIA PARA O SÉCULO XXI? O actual modelo de desenvolvimento socioeconómico baseado na exploração do território com o objectivo único da maximização da sua produtividade tem contribuído para o processo de homogeneização e fragmentação da paisagem resultado da crescente urbanização, da extensão das redes de infra-estruturas de comunicação e das profundas modificações dos sistemas de utilização da terra. Face à “mundialização” daquele modelo e à ocupação do território cada vez mais dispersa e descontínua traduzida no acréscimo de vazios, de espaços abandonados, têm vindo a emergir conceitos inovadores e estratégicos que contribuindo para repensar o processo em curso procuram enquadrar a intervenção urbana e territorial contemporânea. No âmbito do actual debate sobre a necessidade de formulação de um novo modelo de ocupação e organização espacial que considere o sistema de espaços intersticiais como elemento essencial de estruturação e vertebração da paisagem urbanizada, procura-se reflectir sobre o papel e a importância do novo conceito de «jardim planetário» e da sua inter-relação com as noções emergentes de «terceira paisagem» e «jardim em movimento»...

O jardim planetário: uma utopia para o século XXI?

Batista, Desidério; Matos, Rute
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Aula
POR
Relevância na Pesquisa
36.92%
O JARDIM PLANETÁRIO: UMA UTOPIA PARA O SÉCULO XXI? O actual modelo de desenvolvimento socioeconómico baseado na exploração do território com o objectivo único da maximização da sua produtividade tem contribuído para o processo de homogeneização e fragmentação da paisagem resultado da crescente urbanização, da extensão das redes de infra-estruturas de comunicação e das profundas modificações dos sistemas de utilização da terra. Face à “mundialização” daquele modelo e à ocupação do território cada vez mais dispersa e descontínua traduzida no acréscimo de vazios, de espaços abandonados, têm vindo a emergir conceitos inovadores e estratégicos que contribuindo para repensar o processo em curso procuram enquadrar a intervenção urbana e territorial contemporânea. No âmbito do actual debate sobre a necessidade de formulação de um novo modelo de ocupação e organização espacial que considere o sistema de espaços intersticiais como elemento essencial de estruturação e vertebração da paisagem urbanizada, procura-se reflectir sobre o papel e a importância do novo conceito de «jardim planetário» e da sua inter-relação com as noções emergentes de «terceira paisagem» e «jardim em movimento»...

Da essência do jardim português

Carapinha, Aurora da Conceição Parreira
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.09%
"Sem resumo feito pelo autor"; Após o estudo Arte Paisagista e Arte dos Jardins em Portugal, da autoria de Ilídio Alves de Araújo, no limiar dos anos sessenta, mergulhou-se num interregno de quase vinte anos sem que tenha surgido alguma obra de vulto. Só recentemente, sobretudo a partir de meados dos anos oitenta, assistimos a um interesse crescente sobre a temática do jardim em Portugal. Os trabalhos desta nova fase da historiografia da arte dos jardins são, essencialmente, estudos parcelares, uns com carácter meramente de divulgação, outros de índole monográfica, iconográfica e simbólica, outros, ainda, focando aspectos de salvaguarda e de reabilitação deste património construído. Afastam-se, por isso, do princípio metodológico iniciado por Ilídio de Araújo, que se propunha a uma reflexão global sobre a arte paisagista e a arte dos jardins em Portugal. Com toda a importância que este e aqueles estudos mais parcelares têm, consideramos que ficou, naturalmente, por responder (ainda que perpasse por toda a obra de Ilídio de Araújo) a questão da existência ou não do jardim português, da sua especificidade, da sua essência e da sua integração no contexto europeu. É toda esta vasta e complexa problemática que as páginas que se seguem procuram abordar. Elas resumem...

Regras e comportamentos sociais no contexto de creche e jardim de infância: conceções e práticas das educadoras: conceções das crianças no jardim de infância

Bracinhos, Isa Filipa Leandro
Fonte: Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Setúbal Publicador: Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Setúbal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.96%
Mestrado em Educação Pré-Escolar; A creche e o jardim de infância desempenham um papel significativo no desenvolvimento das crianças, sobretudo no que se refere à aquisição de regras e comportamentos sociais. Deste modo, o presente estudo, desenvolvido no âmbito do estágio curricular do Mestrado em Educação Pré-Escolar, pretende aprofundar o conhecimento sobre o tipo de modalidades de construção dos comportamentos sociais e das regras que são praticadas em contexto de creche e jardim de infância. Neste sentido, optou-se por uma metodologia qualitativa, de acordo com o paradigma interpretativo e a investigação-ação. O método de recolha dos dados teve por base a observação participante nos dois contextos de estágio (creche e jardim de infância), o inquérito por questionário (às educadoras) e por entrevista (às crianças do jardim de infância) e a pesquisa documental. A análise dos resultados mostra que as regras e os comportamentos sociais assumem-se como um eixo prioritário na prática educativa em contexto pré-escolar. As regras são negociadas mediante um compromisso de respeito mútuo e são entendidas, quer pelas educadoras quer pelas crianças, como uma forma de respeitar o espaço da sala e os outros (os adultos e os pares). Por outro lado...

A participação dos pais no jardim de infância: as suas principais motivações

Alves, Ana Margarida Dias
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.92%
Dissertação de mest., Educação Pré-Escolar, Escola Superior de Educação e Comunicação, Univ. do Algarve, 2011; No decorrer da prática de ensino supervisionada foi desenvolvido um estudo investigativo do qual resultou um relatório de pesquisa que incide sobre a importância da participação dos pais no processo educativo desenvolvido junto das crianças em contexto de jardim de infância. Pretendemos, com este trabalho, conhecer as principais motivações que levam os pais a participar na vida do jardim de infância. Nesse sentido, foi conduzido um estudo num jardim-de-infância de uma Instituição Particular de Solidariedade Social, em Loulé. A metodologia utilizada é de natureza qualitativa, com recurso à entrevista semi-estruturada, pois pretendemos obter livre expressão por parte dos entrevistados, dois casais, previamente selecionados, de entre os pais de crianças da sala dos três anos da referida instituição, bem como à sua educadora. Como forma de tratamento de dados e, para a sua posterior análise e interpretação, procedemos à análise de conteúdo das entrevistas. Com este estudo verificámos que tanto a educadora como os pais dão muita importância ao envolvimento parental na vida do jardim-de-infância...

Subsídios para a gestão de jardins botânicos no Brasil - o caso do Jardim Botânico Adolpho Ducke de Manaus

Barroso,Antonia Lucia Fernandes; Mesquita,Rita de Cássia Guimarães
Fonte: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Publicador: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.87%
Independente de sua forma de administração, para atingir seus objetivos, os jardins botânicos precisam estar amparados em instrumentos de gestão que orientem as ações a serem implementadas, e traduzam as expectativas e necessidades de seus visitantes em programas e projetos. O estudo se propôs a apresentar subsídios para nortear a gestão do Jardim Botânico Adolpho Ducke de Manaus, baseado na percepção, nas demandas e expectativas através de um levantamento de informações junto aos diferentes atores que se relacionam com o jardim, buscando assegurar o alcance efetivo dos seus objetivos, bem como seu fortalecimento institucional, ponderando suas características peculiares e importância no contexto amazônico. A pergunta central deste estudo é como deverá ser administrado para atender às expectativas e demandas de seus usuários. Para isso foram estabelecidos três objetivos principais, que deverão auxiliar no estabelecimento de uma gestão mais adequada ao jardim. Atualmente, o documento que norteia sua gestão é o seu regimento interno, no qual está estabelecido a sua missão, seus objetivos e estrutura de gestão, sendo este um primeiro norte, contudo ainda falta um instrumento que contemple um planejamento de futuro.

A cidade-jardim de Ebenezer Howard: um estudo de sua influência para a circulação de ideias e modelos no urbanismo do século XX

Silva, Alessandra Rosa da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo; Conforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo; Conforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.92%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Trata do modelo de cidade-jardim - concebido pelo socialista britânico Ebenezer Howard, publicado em seu livro Tomorrow: A Peaceful Path to Social Reform , de 1898; e dos tipos e modelos urbanos que foram propostos com alguma influência desse ideário. Esta pesquisa propõe discutir como o ideário de cidade-jardim circula e se materializa no desenho urbano e chega ao século XX. Pretende-se identificar os elementos morfológicos presentes no ideário de cidade-jardim e as várias propostas de variáveis de cidade-jardim, e discutir as relações com as propostas mais recentes. Para tanto são realizadas pesquisas bibliográficas sobre a proposta de Howard, destacando-se os aspectos mais característicos de uma cidade-jardim, apresentados pelo próprio Howard, em Tomorrow, além de outras leituras de autores como Peter Hall, Lewis Mumford e Jane Jacobs. Para a discussão sobre as influencias e concretizações do ideário durante o século XX, são apresentados estudos indiretos de planos que sucederam a proposta de Howard. Estes estudos foram realizados através de consultas a acervos virtuais de trabalhos acadêmicos e científicos, além de publicações como artigos jornalísticos e crônicas disponíveis em meio virtual. Como respaldo metodológico sobre os elementos do desenho urbano...

Jardim de infância em Goiás (1928-1937): educação e processo civilizador; Kindergarten in Goiás (1928 – 1937): education and civilizing process

Fonseca, Lara Cariny Celestino
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Educação (RC); Regional de Catalão (RC) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Educação (RC); Regional de Catalão (RC)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.99%
The present work has as its object of investigation the first public Kindergarten in Goiás. Pointing up as a central issue the following question: how constituted the Kindergarten in Goiás (1928-1937) and what is its relation to the civilizing process in goiana society? Thus, the problematic raised following guided by these objectives: know how it constituted the first Kindergarten of Goiás in the period 1928-1937; know aspects of its constitution and demarcate the goiano context in which it was created; analyze its relationship with the civilizing process in State. The work has as search sources a set of documents relating to the Kindergarten goiano‟s history of Goiás in the decades from 1920 to 1930, among which stands out: the Kindergarten Regulation and Program, issued in 1928, the Primary Education Regulations of the State of Goiás, from 1930 and 1937, numbers of Correio Oficial, press organ, which circulated discussions about education that period. Another move made in the treatment of the topic relates to the theoretical studies of the civilizing process, taking main reference Norbert Elias (1993;1994) and Veiga (2009; 2010). The research was also supported in Kuhlmann Jr. (1998; 2000), Kishimoto (1988), Faria Filho (2004)...

Tecnologias digitais no jardim de infância : comunicação, aprendizagem e desenvolvimento profissional docente; Digital technologies in kindergarten : communication, learning and teacher professional development

Faria, Ádila
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 04/07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.96%
Tese de doutoramento em Estudos da Criança (ramo do conhecimento em Tecnologias de Informação e Comunicação); A evolução da sociedade digital provocou tal impacto no modo como atualmente se concebe e organiza globalmente o mundo que se considera que, na sociedade do conhecimento, a Educação é indissociável das Tecnologias de Informação e Comunicação. Neste contexto, este estudo visa compreender de que forma podem diversos recursos digitais contribuir para o a aprendizagem e para o desenvolvimento integral das crianças do jardim de infância; analisa também o contributos da rede social NING da janela do meu jardim para a interação com os encarregados de educação, educadores, professores, investigadores e para o desenvolvimento profissional docente. O quadro teórico e metodológico deste estudo alicerça-se numa revisão sistemática da literatura, que aporta subsídios teóricos fundamentais para que se pudessem compreender e aprofundar no estado da arte relativamente a esta temática em causa. A investigação realizada inscreve-se num paradigma de investigação qualitativa tendo-se optado pelo estudo de caso. Foram utilizadas diferentes técnicas de recolha de dados, predominantemente qualitativos. A análise foi feita através da análise de conteúdo com apoio do NVivo. Os resultados do presente estudo evidenciam a importância da integração das tecnologias digitais em contexto de jardim de infância...

A participação dos pais no jardim-de-infância.

Carvalho, Sandra Oliveira Vaz
Fonte: Universidade Portucalense Publicador: Universidade Portucalense
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
A participação dos pais no Jardim-de-Infância tem sido alvo da reflexão de vários investigadores. Os profissionais ligados à educação pré-escolar referem o envolvimento da família na educação das crianças, seja para lhes salientar a importância e premência, seja para criticar a sua ausência. Neste estudo, a pergunta de partida foi: Qual é a opinião dos pais quanto à sua participação no Jardim-de-Infância dos filhos? Os principais objectivos definidos procuraram conhecer a opinião dos pais quanto à sua participação no Jardim-de-Infância dos filhos, identificar as vantagens de uma participação efectiva e propor alternativas de envolvimento parental. Optámos pelo modo de investigação estudo de caso, utilizando uma estratégia multimétodo. O método nuclear teve por base o inquérito por questionário. O método complementar consistiu na análise de narrativas acerca da experiência de participação dos pais. Com o nosso estudo verificámos que a nossa amostra demonstra um grau de satisfação muito elevado com o Jardim-de-Infância, associado ao facto de terem um nível de participação que está acima das suas expectativas. Utilizámos a tipologia de Joyce Epstein (1984) e concluímos que as duas primeiras tipologias de participação (obrigações básicas no Jardim-de-Infância e da família) são as mais frequentes. Ficou também comprovado que os pais acreditam que a sua participação é valorizada pelos filhos e que melhora a comunicação...

O envolvimento dos pais no jardim-de-infância : as ideias dos educadores-de-infância

Fonseca, Catarina Miguel da, 1982-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.08%
Tese de mestrado, Educação (Formação Pessoal e Social), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2011; O envolvimento dos pais no Jardim-de-Infância é hoje encarado como um aspecto tão fulcral quanto os outros elementos do processo educativo do indivíduo, sendo considerado um procedimento que favorece não só o jardim-de-infância enquanto espaço físico como também como um espaço de interacções fundamentais para um desenvolvimento saudável e equilibrado das crianças. A tarefa de educar é difícil de concretizar e a sociedade e tudo o que ela contém, sempre em constante mutação, exigem à escola, neste caso específico, ao jardim-de-infância, constantes mudanças, de forma a satisfazer todas as necessidades dos alunos e também das suas famílias. As mudanças que se têm vindo a verificar, quer na sociedade, quer nas estruturas familiares, reflectem-se inevitavelmente na vida da escola. Desta forma e, partindo da necessidade de transformar o jardim-de-infância num espaço aberto ao envolvimento e à participação de todos, os pais são cada vez mais elementos de intervenção fundamental a todo este processo. A escola, por outro lado, é vista como um agente de socialização da criança, assim é de todo fundamental a colaboração e o trabalho em parceria entre o jardim-de-infância e os pais. O envolvimento dos pais na escola tem sido estudado e alvo de reflexões de vários investigadores que se debruçaram sobre este tema. Nas leituras efectuadas...

Between documentation and suggestion; Entre o documental e o sugestivo o jardim da casa de Dona Yayá: Dona Yayá's garden; Entre el documental y el sugestivo el jardín de la casa de Doña Yayá

Bartalini, Vladimir
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.92%
O trabalho põe em pauta as diretrizes para se restaurar um jardim, não propriamente histórico, mas com" algum significado histórico", cuja documentação era insuficiente para orientar um restauro stricto sensu. O interesse do jardim de dona Yayá, como da própria casa, reside mais nas vicissitudes da vida pessoal de sua última proprietária do que nas características paisagísticas intrínsecas. Ainda assim, apesar de praticamente destruído, ele é, de certo modo, representativo do que havia de mais comum em termos de jardins de chácaras nos arredores de São Paulo, na virada do século 19 para o 20. Além disso, os remanescentes do jardim de dona Yayá são plenos de sugestões a respeito do tempo, da natureza e também do infortúnio de sua proprietária, considerada mentalmente insana. Depois de ter sido mutilado por sucessivos desmembramentos, por aberturas e ampliações de vias, e negligenciado por alguns anos, o que restou do jardim transformou-se em bosque de vegetação espontânea, já então protegido por leis que impedem ou limitam o corte de árvores. A recuperação do jardim teve, então, de situar-se nos vãos entre os valores culturais e os ecológicos, tirando partido da manutenção compulsória do selvático...