Página 1 dos resultados de 436 itens digitais encontrados em 0.050 segundos

Uso do sistema de posicionamento global na caracterização planialtimétrica para projetos de irrigação e drenagem

Rodrigues, Vilmar Antonio
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xvii, 95 f. : il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.31%
Pós-graduação em Agronomia (Irrigação e Drenagem) - FCA; Os levantamentos planialtimétricos nas áreas de irrigação e drenagem ocupam posição fundamental, visto que todo projeto necessita de levantamento topográfico com exatidão compatível com as especificações estabelecidas pela NBR 13.333 de 1994. Nas últimas décadas, a área da mensuração sofreu várias modificações importantes. O avanço mais importante, entretanto, ocorreu com o aparecimento do sistema de medições por satélites – GPS, que revolucionou completamente a área de levantamentos topográficos e geodésicos. O objetivo deste trabalho foi comparar a poligonal implantada duas unidades da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), através de três diferentes sistemas GPS, usando como testemunha a estação total e verificar se as distorções encontradas estão de acordo com as tolerâncias da NBR 13.133. Na análise estatística, valores de t satisfatórios foram obtidos para todos os equipamentos de GPS ensaiados para as coordenadas X e Y, à exceção para a altitude relativa Z obtida através do equipamento de GPS GarminÒ de navegação 12 XS. Do ponto de vista topográfico mostraram-se adequados para levantamentos topográficos os valores das coordenadas X...

Crescimento e rendimento de pimentão fertigado sob diferentes lâminas de irrigação e doses de potássio

Albuquerque,Francímar da S.; Silva,Ênio F. de F. e; Albuquerque Filho,João A. C. de; Nunes,Marcus F. F. N.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.24%
Objetivou-se, com este trabalho, avaliar o crescimento e a produtividade da cultura do pimentão sob influência de lâminas de irrigação e doses de potássio. O delineamento experimental adotado foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 5 x 2, com quatro repetições, sendo cinco lâminas de irrigação (80, 90, 100, 110 e 120% da ETc) e duas doses de potássio (80 e 120 kg ha-1 de K2O), aplicadas parceladamente, de acordo com a fase fenológica, por intermédio de sistema de irrigação por gotejamento, com emissores autocompensantes, instalado em uma bateria de 40 lisímetros de drenagem cultivados com pimentão (híbrido Maximos F1), localizada no campus da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Recife, PE. O ciclo da cultura durou 142 dias; realizaram-se medições de altura e diâmetro do colo, variáveis de produção e estimativa do índice de área foliar ao final do ciclo. As variáveis de crescimento e de rendimento foram influenciadas pelas lâminas de irrigação e doses de potássio. Quando se fixou a menor dose, a estimativa do maior número de frutos por planta, peso médio de frutos e produtividade ocorreram com o emprego da lâmina de irrigação de máxima eficiência equivalente a 96, 120 e 102% da ETc...

Parâmetros para o manejo de irrigação da pupunheira no Vale do São Francisco.

BASSOI, L. H.; FLORI, J. E.; SILVA, E. E. G.; SILVA, J. A. M.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 12., 2002, Uberlândia. Anais... Uberlândia: ABID, 2002. CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 12., 2002, Uberlândia. Anais... Uberlândia: ABID, 2002. CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76%
O consumo de água e o coeficiente de cultura da pupuneira foram estimados do plantio até a quinta colheita de palmito, durante dois anos e três meses, em Juazeiro-BA. Os valores desses parâmetros aumentaram consideravelmente até o décimo terceiro mês após o plantio (primeira colheita), devido ao crescimento contínuo das plantas. Com os cortes realizados aproximadamente a cada três ou quatro meses, os valores apresentaram variações devido à redução do número de plantas por área.; 2002

Aeração artificial no tratamento do excesso de íons de ferro e de manganês dissolvidos em água para fins de irrigação.

FEITOSA FILHO, J. C.; PEREIRA, P. A.; CAVALCANTE, L. F.; PINTO, J. M.; FEITOSA, H. P. da F.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 14.; ENCONTRO LATINOAMERICANO DE IRRIGAÇÃO, DRENAGEM E CONTROLE DE ENCHENTES, 1., 2004, Porto Alegre. Anais...Porto Alegre: ABID, 2004. 1 CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 14.; ENCONTRO LATINOAMERICANO DE IRRIGAÇÃO, DRENAGEM E CONTROLE DE ENCHENTES, 1., 2004, Porto Alegre. Anais...Porto Alegre: ABID, 2004. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.22%
O trabalho teve como objetivo avaliar a redução dos íons de Fe ++ e Mn ++. presentes na água para fins de irrigação pela aeração artificial utilizando como aerador um injetor tipo Venturi trabalhando com água como fluido motriz e o ar atmosférico como succionado num sistema constituído de tubulações de PVC perfuradas e submersas às diferentes profundidades e tempos de aeração. Quanto maiores foram os tempos de aeração e as profundidades de injeção do ar na água do reservatório melhor foi à eficiência do sistema de aeração proposto e o processo de oxigenação. Ao contrário do íon Fe ++ o Mn ++ foi menos dependente da aeração e mais dependente do valor do pH da água.; 2004

Aplicação de CO2 e doses de nitrogênio via fertirrigação em meloeiro.

PINTO, J. M.; FARIA, C. M. B. de; COSTA, N. D.; FEITOSA FILHO, J. C.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 14.; ENCONTRO LATINOAMERICANO DE IRRIGAÇÃO, DRENAGEM E CONTROLE DE ENCHENTES, 1., 2004, Porto Alegre. Anais...Porto Alegre: ABID, 2004. 1 CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 14.; ENCONTRO LATINOAMERICANO DE IRRIGAÇÃO, DRENAGEM E CONTROLE DE ENCHENTES, 1., 2004, Porto Alegre. Anais...Porto Alegre: ABID, 2004. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.23%
Estudos relacionados aos efeitos do aumento artificial da concentração de CO2 sobre as plantas permitem que se conheça a capacidade das plantas de adaptarem-se a esses ambientes. Realizou-se, estudos com a cultura do melão, para avaliar os efeitos da aplicação de CO2 (80 kg.ha-1) e doses de nitrogênio (0, 40, 80 e 120 kg.ha-1) via água de irrigação localizada na produtividade e características químicas dos frutos. As doses N, calculadas pelas equações de regressão ajustadas, para produção máxima foram 114,80 kg.ha-1 (sem aplicação de CO2) e 87,43 kg.ha-1 (com aplicação de CO2). As maiores produtividades de melão foram obtidas nos tratamentos com aplicação de dióxido de carbono via água de irrigação. A aplicação de Co2 via água de irrigação não afetou as características químicas dos frutos.; 2004

Dinâmica de água e soluto em um latossolo cultivado com milho irrigado: 1 - Percolação e produtividade da água.

ANDRADE, C. L. T.; ALVARENGA, R. C.; ALBUQUERQUE, P. E. P.; COELHO, A. M.; TEIXEIRA, E. G.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 14.; ENCONTRO LATINOAMERICANO DE IRRIGAÇÃO, DRENAGEM E CONTROLE DE ENCHENTES, 1., 2004, Porto Alegre. Anais...Porto Alegre: ABID, 2004. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 14.; ENCONTRO LATINOAMERICANO DE IRRIGAÇÃO, DRENAGEM E CONTROLE DE ENCHENTES, 1., 2004, Porto Alegre. Anais...Porto Alegre: ABID, 2004.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.39%
Sendo a água um dos principais veículos para o transporte de poluentes no solo, a quantificação dos fluxos e a análise da sua qualidade é fundamental para se avaliarem os riscos de contaminação que a agricultura pode causar ao meio ambiente. O objetivo desse estudo foi de avaliar a dinâmica no solo e a produtividade da água para o milho cultivado com diferentes lâminas de irrigação. Empregaram-se lisímetros de drenagem, nos quais monitoraram-se as entradas e saídas de água e o armazenamento de umidade no solo e avaliou-se a produtividade da cultura. A produtividade da água para o milho variou de 1,74 a 1,22 kg de grãos por m3 de água, sendo o maior valor correspondente ao tratamento que sofreu estresse hídrico. A aplicação de uma lâmina de irrigação 27,6% maior que a requerida proporcionou 143% mais percolação. Manter o solo menos úmido ao longo do ciclo da cultura é uma importante medida para reduzir a percolação e para melhorar a produtividade da água, sendo, portanto, fundamental a monitoração da umidade do solo. PALAVRAS-CHAVE: Irrigação, contaminação ambiental, drenagem profunda; 2004

Dinâmica de água e soluto em um latossolo cultivado com milho irrigado: 3 - Lixiviação de atrazine.

ANDRADE, C. L. T.; ALVARENGA, R. C.; PRATES, H. T.; KARAM, D.; TEIXEIRA, E. G.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 14.; ENCONTRO LATINOAMERICANO DE IRRIGAÇÃO, DRENAGEM E CONTROLE DE ENCHENTES, 1., 2004, Porto Alegre. Anais...Porto Alegre: ABID, 2004. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 14.; ENCONTRO LATINOAMERICANO DE IRRIGAÇÃO, DRENAGEM E CONTROLE DE ENCHENTES, 1., 2004, Porto Alegre. Anais...Porto Alegre: ABID, 2004.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.31%
O atrazine é um dos herbicidas mais utilizados nas culturas de milho, sorgo e cana-de-açucar. Este herbicida não é fortemente sorvido pela fração orgânica do solo e, portanto, passível de ser lixiviado, principalmente em cultivos irrigados. Este trabalho teve como objetivo monitorar a lixiviação do atrazine ao longo do ciclo do milho irrigado. Empregaram-se lisímetros de drenagem, que permitiu o monitoramento direto da percolação e a amostragem da água. Utilizou-se um sistema de irrigação por aspersão para aplicar três lâminas de água: acima, igual e abaixo da requerida pela cultura. Amostras diárias do percolado foram coletadas e analisadas por HPLC. Concentrações do atrazine no percolado e quantidades do herbicida removidos por lixiviação foram avaliados ao longo do ciclo do milho. Atrazine foi detectado em concentrações maiores que 2 microgramas por litro em vários momentos, mesmo nos tratamentos com irrigação normal ou com déficit. A quantidade de atrazine removida, via lixiviação, não chegou a 1 % da quantidade aplicada. Excesso de irrigação propiciou maior lixiviação do atrazine.; 2004

Dinâmica de água e soluto em um latossolo cultivado com milho irrigado: 2 - Lixiviação de nitrogênio.

ANDRADE, C. L. T.; ALVARENGA, R. C.; COELHO, A. M.; MARRIEL, I. E.; TEIXEIRA, E. G.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 14.; ENCONTRO LATINOAMERICANO DE IRRIGAÇÃO, DRENAGEM E CONTROLE DE ENCHENTES, 1., 2004, Porto Alegre. Anais...Porto Alegre: ABID, 2004. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 14.; ENCONTRO LATINOAMERICANO DE IRRIGAÇÃO, DRENAGEM E CONTROLE DE ENCHENTES, 1., 2004, Porto Alegre. Anais...Porto Alegre: ABID, 2004.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.31%
Poucos trabalhos mediram diretamente a lixiviação de nitrogênio. O objetivo do trabalho foi o de monitorar a lixiviação de nitrogênio ao longo do ciclo do milho. Empregaram-se lisímetros de drenagem, que permitiram a medição direta da percolação e a amostragem da água para análise. Um sistema de irrigação por aspersão foi utilizado para aplicar três lâminas de água: acima, igual e abaixo daquela requerida pela cultura. Amostras do percolado foram analisadas para nitrato e amônio, que juntamente com dados de volume de água percolada, permitiram o cálculo das perdas de nitrogênio. Excesso de irrigação propiciou a movimentação até mesmo do amônio. Concentrações de nitrato acima de 10 mg.L-t, que é o limite máximo admissível para água potável, foram observadas no tratamento que recebeu excesso de irrigação. Perdas de nitrogênio por lixiviação no ciclo do milho não ultrapassaram 18% do total aplicado.; 2004

Compraração entre dois perímetros irrigados usando-se os indicadores de desempenho REcBU e RGBC.

BORTOLOZZO, A. R.; BRITO, R. A. L.; SOARES, A. A.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 14.; ENCONTRO LATINOAMERICANO DE IRRIGAÇÃO, DRENAGEM E CONTROLE DE ENCHENTES, 1., 2004, Porto Alegre. Anais...Porto Alegre: ABID, 2004. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 14.; ENCONTRO LATINOAMERICANO DE IRRIGAÇÃO, DRENAGEM E CONTROLE DE ENCHENTES, 1., 2004, Porto Alegre. Anais...Porto Alegre: ABID, 2004.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.24%
O estudo de desempenho permite fazer comparações de como um sistema tem se comportado em relação a outros similares. Isto é uma importante ferramenta para produtores interessados em saber quando e quanto investir na irrigação e toma possível a tomada de medidas de gestão dos perímetros irrigados. A avaliação comparativa fornece indicadores totais e onde melhoras podem ser feitas. O presente trabalho teve por objetivo analisar comparativamente o desempenho do Projeto de Colonização Paracatu/Entre Ribeiros (PCPER I) e do Distrito de irrigação Senador Nilo Coelho (DISNIC), usando-se dois indicadores: Retomo Econômico Bruto Unitário (REcBU) e Relação Global Beneficio/Custo (RGBC). Os resultados encontrados permitiram concluir que: a) O REcBU apresentou valores de 0,36 U$ m-3 e 0,42 U$ m-3 para o PCPER I e o DISNIC, respectivamente. Tal diferença pode ser explicada pela diferença de preço entre a comercialização de frutas, no DISNIC, e de grãos, no PCPER I; b)O PCPER I apresentou um beneficio/custo global bruto maior do que o DISNIC. Os valores das razões foram de 32,50 e 24,21, respectivamente. Isso pode ter ocorrido devido o custo do bombeamento de água ser mais baixo naquele perímetro, bem como aos baixos custos de produção.; 2004

Efeito do manejo da irrigação sob diferentes métodos controle e tensões de água do solo na cultura do feijoeiro.

CHIEPPE JUNIOR, J. B.; STONE, L. F.; KLAR, A. E.; PEREIRA, A. L.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 14.; ENCONTRO LATINOAMERICANO DE IRRIGAÇÃO, DRENAGEM E CONTROLE DE ENCHENTES, 1., 2004, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: ABID, 2004. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 14.; ENCONTRO LATINOAMERICANO DE IRRIGAÇÃO, DRENAGEM E CONTROLE DE ENCHENTES, 1., 2004, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: ABID, 2004.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.23%
O trabalho objetivou estudar o efeito do manejo da irrigação sob três métodos de controle de irrigação e três diferentes tensões de água do solo na cultura do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.).; 2004

Efeitos de lâminas de água e épocas de parcelamento de nitrogênio em cobertura via fertirrigação no rendimento de grãos de feijoeiro comum (Phaseolus vulgaris L.) cultivar carioca.

CARVALHO, A.M. de.; SILVA, A.M. da.; COSTA, E.F. da.; COUTO, L.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 9., 1991, Natal. Anais... Fortaleza: ABID, 1992. v. 1, p. 767-789. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 9., 1991, Natal. Anais... Fortaleza: ABID, 1992. v. 1, p. 767-789.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.95%
O trabalho foi conduzido no período de março a junho de 1990, em um latossolo vermelho-escuro álico, fase Cerrado de relevo suave ondulado, no Centro Nacional de Pesquisa de Milho e Sorgo - CNPMS/EMBRAPA, em Sete Lagoas - MG, com o objetivo de se estudar o efeito de lâminas de água e épocas de parcelamento de nitrogênio em cobertura via fertirrigaçâo no rendimento de grãos do feijoeiro comum (Phaseolus vulgaris L.) cultivar carioca. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com parcelas subdivididas, com quatro repetições. Os tratamentos constaram da combinação de quatro lâminas de água localizadas nas parcelas, e de quatro épocas de parcelamento de nitrogênio nas subparcelas, de 12 x 12m com área útil de 36m. As lâminas aplicadas em cada irrigação, por sistema aspersão convencional, foram de 18, 24, 30 e 36 mm, resultantes do uso dos coeficientes 0,6, 0,8, 1,0 e 1,2 sobre 30 mm de Evaporação Acumulada no Tanque Classe A(ECA), que foi o critério adotado como indicador do momento de irrigar. As lâminas totais aplicadas em todo o ciclo, incluindo as precipitações, foram L1 = 272, L2 = 320, L3 = 368 e L4 = 416 mm. Fez-se a aplicação de nitrogênio em cobertura via fertirrigação, utilizando-se como fonte de nitrogênio o fertilizante uréia...

Aplicador portátil de produtos químicos via agua de irrigação.

COSTA, E.F.da.; BRITO, R.A.L.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGACAO E DRENAGEM, 9., 1991, Natal. Anais... Fortaleza: ABID, 1992. v.1, p. 1477-1494. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGACAO E DRENAGEM, 9., 1991, Natal. Anais... Fortaleza: ABID, 1992. v.1, p. 1477-1494.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76%
A "Quimigação" - aplicação de produções químicos via água de irrigação - promove inúmeros benefícios, entre eles, redução no custo, aumento da eficiência de aplicação, maior flexibilidade nas operações culturais, maior segurança e redução da contaminação do meio ambiente. O desenvolvimento de um aplicador portátil de produtos químicos baseou-se na equação de energia e no tubo de Pitot.- É apresentado o protótipo do equipamento em sua forma simples, robusta, e também um exemplo de seu desempenho para o caso de um sistema de aspersão com laterais portáteis.; 1992

Comparacao de tres sistemas de manejo da irrigacao de tomate industrial em escala semicomercial.

CHOUDHURY, E.N.; MILLAR, A.A.; SILVA, M.A. da.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGACAO E DRENAGEM, 5., 1980, Sao Paulo. Anais... Sao Paulo: ABID, 1980. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGACAO E DRENAGEM, 5., 1980, Sao Paulo. Anais... Sao Paulo: ABID, 1980.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: v. 3, p. 231-249.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.1%
No estudo, efetuou-se a comparacao de dois sistemas de manejo de irrigacao em escala semi-comercial, pra a cultura do tomate, com o manejo de irrigacao, usado pelos agricultores. Nesses dois sistemas de manejo, estabeleceu-se o controle de irrigacao em forma de frequencia. Essa frequencia foi definida em funcao de um Modelo que leva em consideracao dados da evapotranspiracao do tomate, propriedades de retencao e transmissao do solo e producao do tomate em funcao do potencial natricial da agua no solo.; 1980

Eficiência de uso da água de irrigação em dois sistemas de cultivo de cana-de-açúcar de primeira soca no Submédio São Francisco.

CALGARO, M.; SIMOES, W. L.; BRAGA, M. B.; PINTO, J. M.; SOARES, J. M.; SOUZA, M. A de; LIMA, J. A.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 22., 2012, Cascavel. Cooperação e Inovação para o desenvolvimento da agricultura irrigada: anais. Cascavel: ABID, 2012. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 22., 2012, Cascavel. Cooperação e Inovação para o desenvolvimento da agricultura irrigada: anais. Cascavel: ABID, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.14%
O objetivo do presente trabalho foi avaliar a eficiência de uso da água no cultivo da cana-de-açúcar, de primeira soca, submetida a diferentes sistemas de irrigação. O experimento foi realizado no Campo Experimental de Bebedouro, pertencente à Embrapa Semiárido, em Petrolina (PE). O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com três sistemas de irrigação: gotejamento superficial, gotejamento subsuperficial e sulco em seis repetições. Foi avaliado o consumo de água da cultura, proveniente da quantidade água aplicada pelos diferentes sistemas de irrigação e da chuva, em função da produtividade da cultura. Na análise de variância do parâmetro eficiência de uso da água houve efeito (p < 0,05) entre os tratamentos, sendo observada superioridade da irrigação por gotejamento superficial sobre a irrigação por sulcos e gotejamento subsuperficial.; 2012

Respostas fisiológicas da cana-de-açúcar em função de diferentes sistemas de irrigação no Submédio São Francisco.

SIMOES, W. L.; CALGARO, M.; SOUZA, M. A. de; LIMA, J. A.; SOUZA, C. E. P. de; SILVA, J. M. da
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 22., 2012, Cascavel. Cooperação e Inovação para o desenvolvimento da agricultura irrigada: anais. Cascavel: ABID, 2012. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 22., 2012, Cascavel. Cooperação e Inovação para o desenvolvimento da agricultura irrigada: anais. Cascavel: ABID, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.1%
Objetivou-se avaliar a fotossíntese, a transpiração, a condutância estomática e a temperatura foliar da cana-de-açúcar na primeira soca, submetida a diferentes sistemas de irrigação. O experimento foi realizado no Campo Experimental de Bebedouro, pertencente à Embrapa Semiárido, em Petrolina (PE). O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com três sistemas de irrigação: gotejamento superficial, gotejamento subsuperficial e sulco, com seis repetições. Avaliou-se a taxa fotossintética, a transpiração, a condutância estomática e a temperatura foliar. Na análise de variância das características fisiológicas verificou-se que houve efeito (p < 0,05) entre os tratamentos para a condutância estomática, fotossíntese e transpiração, sendo que as irrigações por gotejo superficial e sulco, durante o ciclo da primeira soca, proporcionaram valores superiores para esses parâmetros que a irrigação por gotejamento subsuperficial, em solo arenoso da região do submédio São Francisco.; 2012

Rendimento de grãos de feijão-caupi sob irrigação.

NASCIMENTO, S. P.; BASTOS, E. A.; ANDRADE JÚNIOR, A. S. de; FREIRE FILHO, F. R.; SILVA, E. M.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 18., 2008, São Mateus. O equilíbrio do fluxo hídrico para um agriculturta irrigada sustentável. São Mateus: ABID, 2008. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 18., 2008, São Mateus. O equilíbrio do fluxo hídrico para um agriculturta irrigada sustentável. São Mateus: ABID, 2008.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.01%
O fornecimento de água para as culturas durante o seu ciclo fenológico é essencial para a obtenção de níveis de produtividade satisfatórios. Cultivos de sequeiro estão sujeitos a veranicos e estiagens, devido principalmente à distribuição irregular das chuvas. O objetivo deste trabalho foi estudar o rendimento de grãos de 20 genótipos de feijão-caupi em regime irrigado. O experimento foi conduzido na Embrapa Meio-Norte, Teresina, PI, no período de setembro a novembro de 2007. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com quatro repetições. Os genótipos CNCx 689-128G, BRSParaguaçu, Canapuzinho, Canapuzinho-PE, Pingo-de-ouro-1, Canapu-Ba, Pingo-de-ouro-1-2, EPACE-10, Pitiuba, TE96-290-12G, Pingo-de-ouro-2, Tvu 36 produziram acima de 1.300 kg ha-1 de grãos, destacando-se o genótipo CNCx 689-128G, com 1.637 kg ha-1. A menor produtividade média de grãos ficou com o genótipo Tracuateua-192, produzindo 924 kg ha-1. Para as características, número de grãos por vagem, massa de cem grãos e relação grãos/vagens obteve-se diferenças significativas entre os genótipos. Os valores médios dessas variáveis foram 15,4 g, 21,2 g e 70%, respectivamente.; 2008

Análise do desenvolvimento vegetativo e produtividade da palmeira pupunha (Bactris gasipaes Kunth) sob níveis de irrigação e adubação nitrogenada.; Vegetative development and production of palm peach (Bactris gasipaes Kunth) under levels of irrigation and n fertilizer.

Ramos, Adriana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/10/2002 PT
Relevância na Pesquisa
76.15%
O presente trabalho tem como objetivo avaliar o efeito da aplicação de lâminas de irrigação com níveis de adubação nitrogenada no desenvolvimento vegetativo, produtividade de palmito e na distribuição espacial do sistema radicular da pupunheira. O experimento foi conduzido dos 12 aos 34 meses após o plantio (abril/2000 a fevereiro/2002), período este que corresponde à fase de maior crescimento da cultura, no campo experimental de Irrigação e Drenagem, da Fazenda Areão da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - ESALQ/USP, localizada no município de Piracicaba - S.P. à latitude de 22° 42'30"S e longitude de 47° 30'00"W. O delineamento empregado foi em blocos casualizados, com os tratamentos distribuídos em esquema fatorial 3 x 4. Os tratamentos referentes às lâminas de irrigação foram L1, L2, L3 e L4 equivalentes a 0, 50%, 100% e 120% da evapotranspiraçõo de referência determinada em função do Tanque Classe A. Os níveis de nitrogênio aplicados foram N1, N2 e N3 correspondentes a 0, 200 kg ha -1 ano -1 e 400 kg ha -1 ano -1 de N, aplicado sob a forma de nitrato de potássio, nitrato de cálcio e uréia. Foram realizadas fertirrigações semanais, pelo emprego de uma bomba injetora de diafragma. Já...

Influência dos sistemas de irrigação na eficiência de uso da água da cana planta em solo argiloso.

CALGARO, M.; SIMOES, W. L.; BRAGA, M. B.; PINTO, J. M.; SOARES, J. M.; SOUZA, M. A. de; LIMA, J. A.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 24, 2014, Brasília, DF. Reservação e alocação da água para a agricultura irrigada. Brasília, DF: ABID, 2014. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 24, 2014, Brasília, DF. Reservação e alocação da água para a agricultura irrigada. Brasília, DF: ABID, 2014.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.13%
Objetivou-se com o presente trabalho avaliar a influência dos sistemas de irrigação na eficiência de uso da água para cana planta em um Vertissolo. O experimento foi realizado no Campo Experimental de Mandacaru, pertencente à Embrapa Semiárido, em Juazeiro (BA). O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com três sistemas de irrigação: gotejamento superficial, gotejamento subsuperficial e sulco em seis repetições. Avaliou-se o consumo de água da cultura, proveniente da quantidade água aplicada pelos diferentes sistemas de irrigação e da chuva, em função da produtividade da cultura. Na análise de variância dos parâmetros produtividade e eficiência de uso da água houve efeito (p < 0,05) entre os tratamentos, não sendo, porém observadas diferenças em ambos os casos da irrigação por gotejamento superficial e subsuperficial.; 2014

Eficiência de uso da água de irrigação em dois sistemas de cultivo de cana-se-açúcar de segunda soca no Submédio São Francisco.

CALGARO, M.; SIMOES, W. L.; BRAGA, M. B.; SOARES, J. M.; SOUZA, M. A. de; LIMA, J. A.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 23., 2013, Luís Eduardo Magalhães, BA. Evolução e tecnologia na irrigação: trabalhos apresentados. Brasília, DF: Associação Brasileira de Irrigação e Drenagem, 2013. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 23., 2013, Luís Eduardo Magalhães, BA. Evolução e tecnologia na irrigação: trabalhos apresentados. Brasília, DF: Associação Brasileira de Irrigação e Drenagem, 2013.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.28%
O objetivo do presente trabalho foi avaliar a eficiência de uso da água no cultivo da cana-de-açúcar, de segunda soca, submetida a diferentes sistemas de irrigação. O experimento foi realizado no Campo Experimental de Bebedouro, pertencente à Embrapa Semiárido, em Petrolina (PE). O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com três sistemas de irrigação: gotejamento superficial, gotejamento subsuperficial e sulco em seis repetições. Foi avaliado o consumo de água da cultura, proveniente da quantidade água aplicada pelos diferentes sistemas de irrigação e da chuva, em função da produtividade da cultura. Na análise de variância do parâmetro eficiência de uso da água houve efeito (p < 0,05) entre os tratamentos, sendo observada superioridade da irrigação por gotejamento superficial sobre a irrigação por sulcos e gotejamento subsuperficial.; 2013

Lâminas de irrigação no estado da água no solo e no potencial hídrico foliar da melancia.

GOMES, E. R.; SOUSA, V. F.; ANDRADE JUNIOR, A. S. de; FERREIRA, V. M.; BRAGA, D. L.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 21., 2011, Petrolina. As oportunidades de empreendedorismo na agricultura irrigada: anais. Petrolina: ABID, 2011. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 21., 2011, Petrolina. As oportunidades de empreendedorismo na agricultura irrigada: anais. Petrolina: ABID, 2011.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.; 6 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.04%
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes lâminas de irrigação aplicadas por gotejamento no estado da água no solo e no potencial hídrico foliar da melancia. O experimento foi realizado Campo Experimental da Embrapa Meio-Norte, Teresina, PI (05°05' S; 42°48'W e 74,4m).; 2011