Página 1 dos resultados de 1424 itens digitais encontrados em 0.095 segundos

Gerenciamento de resíduos de serviços de saúde: entre o discurso e a prática: estudo de casos e pesquisa-ação no Acre; Waste management of health services between theory and practice a case study and research action in the state of Acre

Oliveira, Marconi Gomes de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
115.79%
A proximidade entre a teoria e a prática no manejo dos resíduos de serviços de saúde (RSS) é fator preponderante à obtenção de um adequado gerenciamento por parte dos estabelecimentos assistenciais de saúde, frente à responsabilidade legal de gerenciar seus resíduos. A discussão que envolve os RSS reside em questões relevantes, tais como: a crescente geração de resíduos; o potencial poluidor e contaminante dos resíduos sólidos; a obrigatoriedade legal de um plano de gerenciamento; o descumprimento da obrigatoriedade supracitada, por parte de muitos estabelecimentos de saúde; e a descontinuidade de programas e ações exitosos. Esta pesquisa analisa o gerenciamento de resíduos sólidos gerados na atenção à saúde em estabelecimentos de diferentes complexidades, a partir da análise do discurso e da prática do manejo dos resíduos gerados na Fundação Hospital Estadual do Acre (FUNDHACRE) e na Unidade de Pronto Atendimento Tucumã (UPA-Tucumã), na Cidade de Rio Branco, Estado do Acre. A pesquisa é de caráter exploratório e descritivo. Em 1ª etapa houve um estudo de casos e em 2ª etapa uma pesquisa-ação, através de uma intervenção participativa do pesquisador na investigação; ocorrido de outubro/2008 a fevereiro/2011. Verificou-se que a FUNDHACRE possui um plano de gerenciamento de resíduos em desconformidade com as recomendações e exigências legais; também foram constatadas inadequações em sua prática; enquanto que a UPA-Tucumã...

Relação do medo, dor, ansiedade e condições de saúde bucal com o acesso aos serviços de saúde bucal e qualidade de vida de adolescentes; Relationship of fear, pain, anxiety and oral health with access to oral health services and quality of life of adolescents

Monteiro, Angela Xavier
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
115.8%
A presente pesquisa teve por objetivo avaliar a relação entre as condições de saúde bucal, a dor, o medo e a ansiedade odontológica, com o acesso aos serviços de saúde bucal e com a qualidade de vida de adolescentes. Para a realização deste estudo transversal de investigação observacional a amostra foi composta por 256 adolescentes entre 15 e 19 anos de idade matriculados em escolas públicas do município de Agudos, SP. Para avaliar as condições de saúde bucal foram utilizados os Índices CPOD para cárie dentária, Índice de Dean para fluorose, Índice Periodontal Comunitário para condição periodontal e Índice de Estética Dental para má oclusão, utilizando-se os códigos e critérios recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Além disso, foi utilizado o Modified Dental Anxiety Scale para avaliar a ansiedade odontológica, o Dental Fear Survey para avaliar o medo odontológico, o questionário de Goes para avaliar a dor de dente, questionário de acesso aos serviços de saúde bucal e o OHIP 14 para avaliar a influência de saúde bucal na qualidade de vida. O teste Mann Whitney foi utilizado para avaliar a diferença entre os grupos sexo e etnia e o teste Kruskall Wallis foi utilizado para avaliar a diferença entre as idades...

Migração e saúde comunitária: Acesso a serviços de saúde, conhecimentos e comportamentos em relação ao VIH / SIDA

Sousa, Patrícia Maria Bocarro de
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
115.88%
Dissertação de Mestrado em Psicoloiga Comunitária; O acesso aos serviços de saúde é um direito humano fundamental, indispensável para garantir o desenvolvimento, o bem-estar e a dignidade do Ser Humano. A presente investigação pretende estudar na área do acesso aos serviços de saúde, os obstáculos que possam existir e, conhecimentos e comportamentos em relação ao VIH/SIDA em pessoas migrantes. A recolha de dados foi realizada com a população de migrantes que recorre à Unidade Móvel dos Médicos do Mundo, que respondeu a um questionário. Este instrumento de investigação é composto por um questionário desenvolvido pelo Observatório Europeu do Acesso aos Cuidados de Saúde dos Médicos do Mundo e por um questionário desenvolvido pela ONUSIDA que foi traduzido para português. Por um lado, esta investigação permitiu conhecer as dificuldades e obstáculos que os migrantes encontram no acesso a serviços de saúde e, por outro, permitiu compreender os conhecimentos e os comportamentos que os migrantes têm em relação ao VIH/SIDA. Os dados obtidos conduzem-nos a concluir que necessitamos de uma intervenção urgente, de modo a eliminar barreiras no acesso a serviços de saúde e a promover comportamentos protectores para a saúde dos migrantes.

Dentro de portas : trabalhadoras do sexo em contexto de interior : utilização e acesso a serviços de saúde na área da infeção VIH-Sida

Silva, Ana Catarina Barroso da
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública. Universidade Nova de Lisboa Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública. Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
115.78%
RESUMO - O presente estudo pretende contribuir a nível de saúde pública para o planeamento de estratégias orientadas para a prevenção, rastreio e tratamento do VIH/Sida em trabalhadores sexuais em contexto de interior. Esta é uma população de difícil acesso, particularmente vulnerável à infeção por VIH, e associada a fatores de risco que incluem a pobreza, discriminação e desigualdade de género, estigma e exclusão social, condicionando o seu acesso a serviços de saúde. Analisaram-se 272 questionários aplicados no âmbito do estudo PREVIH na área da Grande Lisboa no período entre Agosto de 2011 e Setembro de 2012 a pessoas que fazem trabalho sexual em contexto de interior. Foi realizada uma abordagem analítica permitindo a descrição do fenómeno e a análise da relação entre variáveis sociodemográficas e variáveis sobre o acesso a saúde para informação, prevenção e teste na área do VIH/Sida. Verificou-se que nesta amostra maioritariamente feminina existe elevada presença dos outros dois géneros e os indivíduos são maioritariamente migrantes. O trabalho sexual é uma forma exclusiva de trabalho, sendo exercido a tempo inteiro e em apartamentos. Foram detetados condicionamentos no acesso a serviços de saúde nas populações minoritárias e mais suscetíveis a discriminação...

A dinâmica inovativa para a reestruturação dos serviços de saúde

Costa,Laís Silveira; Gadelha,Carlos Augusto Grabois; Borges,Taís Raiher; Burd,Paula; Maldonado,José; Vargas,Marco
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
115.78%
Desafios postos pelas mudanças demográficas e epidemiológicas e pela necessidade de redução dos custos têm exigido a reestruturação dos serviços de saúde. Nesse processo, as inovações em saúde aparecem como importantes protagonistas, uma vez que as tecnologias podem desempenhar papel fundamental tanto no que tange à expansão do acesso quanto à adequação do sistema às necessidades da população. Entretanto, a geração de inovação em saúde não se pauta exclusivamente por demandas e condicionantes sanitários; ao contrário, frequentemente reflete uma trajetória de desenvolvimento e pode ser cativa de interesses de grupos restritos da sociedade. Essas questões precisam ser consideradas tanto na análise da complexidade das dimensões da saúde quanto na investigação da potencialidade e dos desafios para o estabelecimento de uma dinâmica inovativa virtuosa para a reestruturação dos serviços em saúde.

Epidemiologia e avaliação em serviços de atenção médica: novas tendências na pesquisa

Novaes,H. Maria Dutilh
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1996 PT
Relevância na Pesquisa
125.74%
O artigo parte da constatação de uma dificuldade, por parte da Clínica, Epidemiologia, Planejamento e Administração, em incorporar as dimensões de processos sociais dinâmicos e complexos que caracterizam a organização tecnológica do diagnóstico e da terapêutica enquanto meio para a produção do conhecimento sobre as doenças nos serviços de saúde; tal dificuldade torna-se mais evidente com o desenvolvimento de avaliações mais abrangentes. Analisa a seguir as novas tendências internacionais de investigação no campo da "pesquisa em serviços de saúde", com a priorização das dimensões de efetividade e "resultados" da atenção médica, que procuram responder às dificuldades apontadas, a partir de uma redefinição de objeto e de metodologias

Avaliação da qualidade da assistência no programa de AIDS: questões para a investigação em serviços de saúde no Brasil

Nemes,Maria Ines Battistella; Castanheira,Elen Rose Lodeiro; Melchior,Regina; Alves,Maria Teresa Seabra Soares de Britto e; Basso,Cáritas Relva
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2004 PT
Relevância na Pesquisa
155.83%
O artigo mostra o desenvolvimento de uma pesquisa que objetivou avaliar a qualidade da assistência ambulatorial do Programa Brasileiro de DST/ AIDS. A investigação, realizada entre 2001-2003, envolveu três projetos: uma análise do padrão tecnológico da assistência realizada em cinco serviços, uma avaliação qualitativa em 27 serviços e, finalmente, uma avaliação estruturada de 322 serviços de sete estados brasileiros. Mediante a descrição de todas as etapas dos projetos, as autoras discutem questões teóricas e metodológicas envolvidas na avaliação da assistência em programas de saúde. Discutem ainda algumas questões relacionadas à aplicabilidade e ao impacto das avaliações em serviços de saúde.

Integralidade da atenção e integração de serviços de saúde: desafios para avaliar a implantação de um "sistema sem muros"

Hartz,Zulmira M. de Araújo; Contandriopoulos,André-Pierre
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2004 PT
Relevância na Pesquisa
115.77%
Neste texto, partimos do pressuposto de que a integralidade da atenção é um eixo prioritário da investigação e avaliação dos serviços e sistemas de saúde, estruturados como redes assistenciais interorganizacionais que articulam dimensões clínicas, funcionais, normativas e sistêmicas em sua operacionalização, reconhecendo que nenhuma organização reúne a totalidade dos recursos e competências necessárias para a solução dos problemas de saúde de uma população, em seus diversos ciclos de vida. Em virtude da complexidade desse "sistema sem muros", que elimina as barreiras de acesso entre os diversos níveis de atenção, em resposta às necessidades de saúde nos âmbitos local e regional, julgamos oportuno compartilhar algumas "lições preliminares" aprendidas em experiências pessoais e na literatura sobre a integração de serviços, que nos parecem de interesse comum aos pesquisadores e gestores comprometidos com a sua implantação.

Prevalência de dependência alcoólica em serviços de atenção primária à saúde de Bebedouro, São Paulo, Brasil

Vargas,Divane de; Oliveira,Márcia Aparecida Ferreira de; Araújo,Eutália C.
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
125.77%
Estudo transversal que objetivou estimar a prevalência de dependência alcoólica em serviços de atenção primária à saúde, analisando sua associação com características clínicas, sócio-demográficas e comportamentais. A amostra constituiu-se de 755 sujeitos que procuraram atendimento de saúde em serviços de atenção primária da cidade de Bebedouro, São Paulo, Brasil, entre 30 de agosto a 30 de setembro de 2006. Para a investigação da dependência alcoólica, utilizou-se o Alcohol Use Disorders Identification Test (AUDIT). Os resultados apontaram que 9,8% da amostra obtiveram, no AUDIT, pontuação sugestiva para dependência alcoólica (zona IV). Esse grupo compôs-se predominantemente por indivíduos do sexo masculino, com idade entre 20 e 39 anos, brancos, casados, católicos. Mantiveram associação significativa com a dependência alcoólica sexo masculino, fumantes, solteiros, menor renda e maior escolaridade. Os maiores preditores dessa associação foram encontrados para o sexo masculino (OR = 5,18), fumante (OR = 7,01) e com nível superior (OR = 2,11). A dependência alcoólica acomete significativa proporção dos usuários atendidos em serviços de atenção primária à saúde. De modo geral, os homens tabagistas com maior escolaridade e com relato de algum diagnóstico clínico apresentaram pontuação no AUDIT sugestiva para a dependência alcoólica.

Investigação em sistemas e serviços de saúde: novos problemas e objetos, abordagens e estratégias

Teixeira,Carmen Fontes
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/1997 PT
Relevância na Pesquisa
115.92%
O artigo discute as tendências atuais das políticas e da organização dos sistemas e serviços de saúde, identificando os problemas que estão a exigir o desenvolvimento de investigações cujos resultados venham a subsidiar a formulação e implementação de propostas de mudança na formação de pessoal e nas práticas de saúde. Identifica áreas temáticas e discute os novos objetos de investigação que estão sendo constituidos, destacando a problemática dos sujeitos políticos em saúde, a redefinição do papel do Estado e a questão dos mercados em saúde, assim como a preocupação com o impacto das políticas, programas e serviços de saúde no contexto do ajuste estrutural das economias latinoamericanas e brasileira, em particular. Analisando as tendências atuais da produção científica no campo dos sistemas e serviços de saúde, aponta o crescimento do interesse pela pesquisa avaliativa e discute as estratégias de articulação entre as instituições de ensino-pesquisa e os serviços, notadamente o estabelecimento de "parcerias" para o desenvolvimento de atividades de cooperação técnica, o que vem colocando novos desafios e oportunidades para a consolidação de núcleos de investigação e da própria Rede de investigações em sistemas e serviços de saúde.

Saúde da família: uma estratégia de mudança no processo de produção dos serviços de saúde; Family Health: a strategy for change in the process of providing health services

Morais, Ildone Forte de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Assistência à Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Assistência à Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
125.79%
The purpose of this study is to analyze, from the point of view of nurses, changes that took place in the process of providing health services after the introduction of the Family Health Program (FHP). It is na investigation of qualitative nature that uses semi-structured interviews as a main empirical approach tool. Six nurses from the city of Caicó, Rio Grande do Norte, who were working with basic care before the introduction of the FHP, within basic care, were: adscription and ties with the community; hospitality and the humanizacion of care-giving; decrease in cases of inpatient treatment; strengthening of the prevention of injuries and health promotion; improvemente of health indicatiors, finally, actions that point towads meeting the principles of wholeness, equity and universality as a declaration of the Brazilian National Health Care System (SUS). Nevertheless, in spite of all recognizable positive aspects, the FHP has some weaknesses, such as: the difficulty posed by colletive work; the mismatch between professional education and the demands of the current health standard; a poor physical infrastructure of the Basic Health Units; a high heath staff turnover and precarious work conditions. In addition to this...

Stress e saúde em enfermeiros a trabalhar em Serviços de Saúde Mental e Psiquiatria

Machadeiro, José Manuel Cordeiro
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
115.78%
Enquadramento teórico: A reestruturação e reorganização dos serviços de saúde mental, consignadas no Plano de Ação para a Reestruturação dos Serviços de Saúde Mental em Portugal, têm levado a significativas mudanças na área, com repercussões na vida das pessoas, nomeadamente dos enfermeiros. Estas mudanças bem como as condições em que estes exercem a sua actividade, os desafios que lhe são colocados e a sua formação e experiência leva a diferentes avaliações do stress dado o que para alguns é sentido e descrito como um desafio, exigindo esforço de adaptação e motivação, para outros pode ser ameaçador, fonte de desgaste, tensão e mal-estar. Por outro lado, em Portugal, também não se conhecem as repercussões que estas mudanças têm produzido na saúde destes trabalhadores. Assim, propomo-nos estudar a relação entre o stress e o estado de saúde dos enfermeiros do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) que trabalham nesta área e simultaneamente contribuir para o estudo de validação de escala de stress para enfermeiros de psiquiatria. Metodologia: O estudo é do tipo quantitativo, descritivo-correlacional de abordagem transversal. Consideraram-se todos os enfermeiros que trabalham no Serviço de Psiquiatria do CHUC...

A vigilância epidemiológica na prática dos serviços de saúde

da Silva, Alcides Milton; Philippi, Jane Maria de Souza
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Unidade 2 do módulo 16 que compõe o Curso de Especialização em Saúde da Família. Arquivo .zip contendo página html com recursos de texto, imagens e animações em flash.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.78%
Este objeto inicia abordando a vigilância epidemiológica na prática dos serviços de saúde pelo seu conceito exposto na Lei Orgânica da Saúde de 1990, explica que ela por muito tempo não passou apenas de observação sistemática, de como as campanhas de erradicação da malária e varíola transformaram-na em uma etapa de um programa, mas que após a eliminação do risco, ela era desativada e ainda apresenta um quadro com destaques para as fases de 1960, 1975 quando foi instituído o Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica e 1990, quando surge o SUS. Enfatiza que a prioridade passa a ser o fortalecimento dos sistemas municipais de vigilância epidemiológica, com autonomia para priorizar seus problemas de saúde. Segue detalhando quais são as suas funções, explanado sobre a coleta de dados e a força e o valor da informação inerente em sua fidedignidade, a responsabilidade de conduzir uma boa investigação epidemiológica e lembra que a principal fonte de dados é a notificação compulsória de doenças. Explica o que é esta notificação e quais as doenças que deverão estar relacionadas na lista de notificação, além dos critérios de seleção para que estas constem na lista. Termina explicando que apesar de haver subnotificação no Brasil...

A dinâmica inovativa para a reestruturação dos serviços de saúde; La dinámica innovadora para la reestructuración de los servicios de salud; The innovative dynamics for the restructuring of the health services

Costa, Laís Silveira; Gadelha, Carlos Augusto Grabois; Borges, Taís Raiher; Burd, Paula; Maldonado, José; Vargas, Marco
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
115.78%
Desafios postos pelas mudanças demográficas e epidemiológicas e pela necessidade de redução dos custos têm exigido a reestruturação dos serviços de saúde. Nesse processo, as inovações em saúde aparecem como importantes protagonistas, uma vez que as tecnologias podem desempenhar papel fundamental tanto no que tange à expansão do acesso quanto à adequação do sistema às necessidades da população. Entretanto, a geração de inovação em saúde não se pauta exclusivamente por demandas e condicionantes sanitários; ao contrário, frequentemente reflete uma trajetória de desenvolvimento e pode ser cativa de interesses de grupos restritos da sociedade. Essas questões precisam ser consideradas tanto na análise da complexidade das dimensões da saúde quanto na investigação da potencialidade e dos desafios para o estabelecimento de uma dinâmica inovativa virtuosa para a reestruturação dos serviços em saúde.; Desafíos establecidos por los cambios demográficos y epidemiológicos y por la necesidad de reducción de los costos han exigido la reestructuración de los servicios de salud. En este proceso, las innovaciones en salud aparecen como importantes protagonistas, dado que las tecnologías pueden desempeñar papel fundamental tanto en lo que respecta a la expansión del acceso como a la adecuación del sistema a las necesidades de la población. Sin embargo...

Investigação em sistemas e serviços de saúde: novos problemas e objetos, abordagens e estratégias

Teixeira, Carmen Fontes
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/1997 POR
Relevância na Pesquisa
115.91%
O artigo discute as tendências atuais das políticas e da organização dos sistemas e serviços de saúde, identificando os problemas que estão a exigir o desenvolvimento de investigações cujos resultados venham a subsidiar a formulação e implementação de propostas de mudança na formação de pessoal e nas práticas de saúde. Identifica áreas temáticas e discute os novos objetos de investigação que estão sendo constituidos, destacando a problemática dos sujeitos políticos em saúde, a redefinição do papel do Estado e a questão dos mercados em saúde, assim como a preocupação com o impacto das políticas, programas e serviços de saúde no contexto do ajuste estrutural das economias latinoamericanas e brasileira, em particular. Analisando as tendências atuais da produção científica no campo dos sistemas e serviços de saúde, aponta o crescimento do interesse pela pesquisa avaliativa e discute as estratégias de articulação entre as instituições de ensino-pesquisa e os serviços, notadamente o estabelecimento de "parcerias" para o desenvolvimento de atividades de cooperação técnica, o que vem colocando novos desafios e oportunidades para a consolidação de núcleos de investigação e da própria Rede de investigações em sistemas e serviços de saúde.; The article discusses the present trends of the policies and health system organizations and services. It identifies the problems that at the moment demand the development of investigations with results that may support the formulation and implementation of proposal of changes in the personnel qualification and health practices. The paper also identifies the thematic areas and discusses the new objects of investigation being constituted highlighting the predicament of the political subjects in health...

Avaliação da qualidade da assistência no programa de AIDS: questões para a investigação em serviços de saúde no Brasil

Nemes,Maria Ines Battistella; Castanheira,Elen Rose Lodeiro; Melchior,Regina; Alves,Maria Teresa Seabra Soares de Britto e; Basso,Cáritas Relva
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2004 PT
Relevância na Pesquisa
155.83%
O artigo mostra o desenvolvimento de uma pesquisa que objetivou avaliar a qualidade da assistência ambulatorial do Programa Brasileiro de DST/ AIDS. A investigação, realizada entre 2001-2003, envolveu três projetos: uma análise do padrão tecnológico da assistência realizada em cinco serviços, uma avaliação qualitativa em 27 serviços e, finalmente, uma avaliação estruturada de 322 serviços de sete estados brasileiros. Mediante a descrição de todas as etapas dos projetos, as autoras discutem questões teóricas e metodológicas envolvidas na avaliação da assistência em programas de saúde. Discutem ainda algumas questões relacionadas à aplicabilidade e ao impacto das avaliações em serviços de saúde.

Integralidade da atenção e integração de serviços de saúde: desafios para avaliar a implantação de um "sistema sem muros"

Hartz,Zulmira M. de Araújo; Contandriopoulos,André-Pierre
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2004 PT
Relevância na Pesquisa
115.77%
Neste texto, partimos do pressuposto de que a integralidade da atenção é um eixo prioritário da investigação e avaliação dos serviços e sistemas de saúde, estruturados como redes assistenciais interorganizacionais que articulam dimensões clínicas, funcionais, normativas e sistêmicas em sua operacionalização, reconhecendo que nenhuma organização reúne a totalidade dos recursos e competências necessárias para a solução dos problemas de saúde de uma população, em seus diversos ciclos de vida. Em virtude da complexidade desse "sistema sem muros", que elimina as barreiras de acesso entre os diversos níveis de atenção, em resposta às necessidades de saúde nos âmbitos local e regional, julgamos oportuno compartilhar algumas "lições preliminares" aprendidas em experiências pessoais e na literatura sobre a integração de serviços, que nos parecem de interesse comum aos pesquisadores e gestores comprometidos com a sua implantação.

Prevalência de dependência alcoólica em serviços de atenção primária à saúde de Bebedouro, São Paulo, Brasil

Vargas,Divane de; Oliveira,Márcia Aparecida Ferreira de; Araújo,Eutália C.
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
125.77%
Estudo transversal que objetivou estimar a prevalência de dependência alcoólica em serviços de atenção primária à saúde, analisando sua associação com características clínicas, sócio-demográficas e comportamentais. A amostra constituiu-se de 755 sujeitos que procuraram atendimento de saúde em serviços de atenção primária da cidade de Bebedouro, São Paulo, Brasil, entre 30 de agosto a 30 de setembro de 2006. Para a investigação da dependência alcoólica, utilizou-se o Alcohol Use Disorders Identification Test (AUDIT). Os resultados apontaram que 9,8% da amostra obtiveram, no AUDIT, pontuação sugestiva para dependência alcoólica (zona IV). Esse grupo compôs-se predominantemente por indivíduos do sexo masculino, com idade entre 20 e 39 anos, brancos, casados, católicos. Mantiveram associação significativa com a dependência alcoólica sexo masculino, fumantes, solteiros, menor renda e maior escolaridade. Os maiores preditores dessa associação foram encontrados para o sexo masculino (OR = 5,18), fumante (OR = 7,01) e com nível superior (OR = 2,11). A dependência alcoólica acomete significativa proporção dos usuários atendidos em serviços de atenção primária à saúde. De modo geral, os homens tabagistas com maior escolaridade e com relato de algum diagnóstico clínico apresentaram pontuação no AUDIT sugestiva para a dependência alcoólica.

A dinâmica inovativa para a reestruturação dos serviços de saúde

Costa,Laís Silveira; Gadelha,Carlos Augusto Grabois; Borges,Taís Raiher; Burd,Paula; Maldonado,José; Vargas,Marco
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
115.78%
Desafios postos pelas mudanças demográficas e epidemiológicas e pela necessidade de redução dos custos têm exigido a reestruturação dos serviços de saúde. Nesse processo, as inovações em saúde aparecem como importantes protagonistas, uma vez que as tecnologias podem desempenhar papel fundamental tanto no que tange à expansão do acesso quanto à adequação do sistema às necessidades da população. Entretanto, a geração de inovação em saúde não se pauta exclusivamente por demandas e condicionantes sanitários; ao contrário, frequentemente reflete uma trajetória de desenvolvimento e pode ser cativa de interesses de grupos restritos da sociedade. Essas questões precisam ser consideradas tanto na análise da complexidade das dimensões da saúde quanto na investigação da potencialidade e dos desafios para o estabelecimento de uma dinâmica inovativa virtuosa para a reestruturação dos serviços em saúde.

Epidemiologia e avaliação em serviços de atenção médica: novas tendências na pesquisa

Novaes,H. Maria Dutilh
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1996 PT
Relevância na Pesquisa
125.74%
O artigo parte da constatação de uma dificuldade, por parte da Clínica, Epidemiologia, Planejamento e Administração, em incorporar as dimensões de processos sociais dinâmicos e complexos que caracterizam a organização tecnológica do diagnóstico e da terapêutica enquanto meio para a produção do conhecimento sobre as doenças nos serviços de saúde; tal dificuldade torna-se mais evidente com o desenvolvimento de avaliações mais abrangentes. Analisa a seguir as novas tendências internacionais de investigação no campo da "pesquisa em serviços de saúde", com a priorização das dimensões de efetividade e "resultados" da atenção médica, que procuram responder às dificuldades apontadas, a partir de uma redefinição de objeto e de metodologias