Página 1 dos resultados de 2002 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Tarefas alternativas para o ensino e a aprendizagem de funções: análise de uma intervenção no Ensino Médio; Alternative tasks for the teaching and the learning of functions: analysis of an intervention in the High School

Meneghetti, Renata Cristina Geromel; Redling, Julyette Priscila
Fonte: UNESP - Universidade Estadual Paulista, Pró-Reitoria de PesquisaPrograma de Pós-Graduação em Educação Matemática Publicador: UNESP - Universidade Estadual Paulista, Pró-Reitoria de PesquisaPrograma de Pós-Graduação em Educação Matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.16%
Neste artigo focalizamos a aplicação de duas tarefas matemáticas alternativas para o ensino e a aprendizagem de funções, junto a alunos do Ensino Médio. Tais tarefas foram elaboradas levando-se em consideração a seguinte abordagem metodológica: (i) resolução de problemas e/ou investigação matemática e (ii) uma proposta pedagógica que defende o desenvolvimento do conhecimento matemático mediante um equilíbrio entre lógica e intuição. Utilizamos uma abordagem de pesquisa qualitativa (caracterizada como estudo de caso) para analisar o potencial didático-pedagógico deste tipo de metodologia no Ensino Médio. Verificamos que tarefas, tais como as que serão apresentadas e discutidas neste artigo, favorecem uma aprendizagem mais significativa aos alunos, permitindo-lhes maior compreensão conceitual, e tornam-se ainda mais potentes quando se considera o contexto sócio-cultural dos alunos.

Atividades investigativas em grupos online: possibilidades para a educação matemática a distância

Heitmann, Felipe Pereira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 174 p. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
46.36%
Pós-graduação em Educação Matemática - IGCE; A questão “Como um ambiente de aprendizagem a distância composto por bate-papo, escrita colaborativa, geometria dinâmica, compartilhamento de tela e pesquisa na web pode propiciar a realização de atividades investigativas em grupos a distância?”, norteia essa pesquisa qualitativa, realizada acompanhando uma disciplina ligada ao ensino de geometria em um curso de Licenciatura em Matemática ofertado na modalidade Educação a Distância por uma universidade federal, no âmbito do sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB). Os dados produzidos advêm do registro das interações no ambiente virtual entre professores, alunos e tutores durante um semestre e uma intervenção na décima semana da disciplina, com a proposição de uma atividade investigativa em grupos online. Para essa atividade um ambiente de aprendizagem foi composto utilizando um roteiro de investigação, um editor de textos colaborativo, sala de bate papo, software de geometria dinâmica e de compartilhamento de tela. A análise se apoiou nos conceitos de investigação matemática e cenários para investigação, além do construto teórico seres-humanos-com-mídia, que considera que o conhecimento é produzido por coletivos pensantes formados por humanos e as mídias utilizadas. Cinco episódios foram selecionados entre o conjunto de dados e analisados buscando evidências do estabelecimento de coletivos pensantes de seres-humanos-com-mídias produzindo conhecimento matemático nas atividades investigativas. Três temáticas emergiram da análise: A comunicação por meio de diversas interfaces; A participação coletiva no processo de investigação; O papel da Internet no coletivo pensante. Após a discussão dessas temáticas concluo que é possível realizar atividades investigativas em grupos online nesse cenário de EaD e que a produção coletiva de conhecimento...; The question How does a distance learning environment composed by chat...

Investigação matemática : uma análise da sua contribuição na construção de conceitos algébricos

Baccarin, Sandra Aparecida de Oliveira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
56.41%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2008.; Esta pesquisa teve como objetivo investigar as potencialidades da Investigação Matemática em sala de aula, na construção de conceitos algébricos pelos alunos do 7º ano do Ensino Fundamental, com a participação de uma professora-colaboradora. O nosso trabalho de investigação partiu da idéia de Ponte (2003), Fiorentini, Fernandes e Cristóvão (2004) e Chevallard, Bosch e Gascón (2001), fundamentados pela teoria de Vygotsky (1934) e Vergnaud (1994) sobre a formação de conceitos. Com esses referenciais, realizamos uma pesquisa de campo na qual propusemos a investigação realizada em grupos de alunos, convidados a não só resolver um problema, mas também a registrarem que conclusões tiraram na realização dessa tarefa e que processos usaram para chegar a essas conclusões (questões levantadas, como organizaram os dados, conjecturas provadas e não provadas, procedimentos usados para validação das conjecturas etc). Os problemas apresentados para os alunos tiveram como características situações das quais eles ainda não possuíam estruturas anteriores já prontas e que, para conseguirem resolver, teriam que mobilizar esquemas, elaborar hipóteses...

Os padrões repetitivos como actividade de investigação matemática, na sala de 4 anos do pré-escolar

Araújo, Elsa da Conceição Coutinho da Silva de Mesquita
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 22/12/2006 POR
Relevância na Pesquisa
46.47%
Dissertação de Mestrado em Estudos da Criança - Especialização em Ensino e Aprendizagem da Matemática; A incidência deste estudo está focada na introdução de actividades de investigação matemática num contexto de padrões repetitivos junto de crianças com quatro anos. Começa-se por caracterizar o que são actividades de investigação no Pré– Escolar, e quais os exemplos justificativos no desenvolvimento do trabalho com padrões. Segue-se a especificação de como se desenvolve o processo de actividade de investigação, focando a atenção na curiosidade, no sentido crítico e no relacionamento das crianças durante as actividades realizadas, conteúdos e competências, envolvimento nas actividades e interacções, e qual o papel da educadora neste contexto. Finalizando, procura-se dar um contributo para ajudar outros profissionais a aumentarem os seus conhecimentos na área de padrões, e a conhecerem a forma como as crianças enfrentam e exploram as tarefas e as potencialidades desta experiência ao nível da aprendizagem da matemática. Não se limitando à aplicação de conhecimentos ou procedimentos pré-definidos, as actividades de investigação estimulam uma abordagem globalizante, relacionando diferentes temas...

O desenvolvimento da argumentação matemática no estudo das funções racionais

Magalhães, Maria da Graça da Silva Nogueira; Martinho, Maria Helena
Fonte: Associação de Professores de Matemática Publicador: Associação de Professores de Matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.36%
Este artigo tem com referência um estudo cujo objetivo foi o de compreender o desenvolvimento da capacidade de argumentar matematicamente, de uma turma do 11.º ano, ao longo da realização de uma sequência de tarefas de investigação sobre o tema das funções racionais. Este estudo teve como suporte teórico a argumentação matemática. A metodologia adotada foi de carater qualitativo e descritivo e o caso estudado foi uma turma do 11.º ano em que professora investigadora lecionava a disciplina de Matemática A. A recolha e análise de dados, neste estudo, contemplou as discussões desenvolvidas inicialmente em pequeno grupo e posteriormente em grupo turma, e finalmente os relatórios individuais escritos com as respetivas reflexões críticas e autocríticas sobre as tarefas desenvolvidas na sala de aula. Com a presente investigação foi possível concluir que o trabalho colaborativo, ajudou a desenvolver nos alunos a capacidade de raciocinar e de argumentar matematicamente. Verificou-se que a interação entre alunos durante a exploração da sequência de tarefas de investigação foi promotora de uma aprendizagem significativa.; Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)

Desenvolvimento da comunicação matemática em professores do 1.º ciclo no contexto de um projecto de investigação colaborativa

Menezes, Luís
Fonte: Associação de Professores de Matemática Publicador: Associação de Professores de Matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 POR
Relevância na Pesquisa
46.42%
Gradativamente, e em resultado de um reconhecimento mais alargado da sua importância na dinâmica das aulas de matemática, a comunicação tem vindo a despertar um maior interesse na comunidade de educadores matemáticos. É de aceitação generalizada que a comunicação é um processo fundamental da actividade matemática em que estão envolvidos professor e alunos, no decorrer da aula. Para além disso, é também claro que a comunicação, pela sua natureza, assume um estatuto de transversalidade face a outros processos matemáticos, como a resolução de problemas. Nessa medida, atribuir à comunicação um papel essencialmente instrumental no ensino e na aprendizagem da Matemática – como acontecia em grande parte dos estudos que focavam os produtos linguísticos das aulas – é, manifestamente, redutor. Pelo contrário, e tal como se defende no estudo que está na base deste texto – a comunicação é a essência do ensino e da aprendizagem da matemática escolar. Este estudo, inspirando-se nestas perspectivas da comunicação matemática, desenvolve-se no quadro de um projecto de investigação colaborativa que contou com a participação de três professores do 1.º ciclo e de um professor do ensino superior, eu próprio. Ao longo dos quase dois anos de trabalho em colaboração...

Concepções sobre a matemática e trabalho investigativo

Segurado, Irene; Ponte, João Pedro da
Fonte: Associação dos Professores de Matemática Publicador: Associação dos Professores de Matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1998 POR
Relevância na Pesquisa
46.36%
As actividades de investigação proporcionam aos alunos uma experiência viva e gratificante – levando-os a aprender processos como generalizar, considerar casos particulares, simbolizar, comunicar, analisar, explorar, conjecturar e provar. Investigação anterior, embora escassa, mostra as suas potencialidades mas t6ambém os seus problemas, resultantes dos alunos manifestarem, frequentemente, concepções incorrectas sobre a Matemática e a sua aprendizagem. Este estudo procura saber como é que eles trabalham nestas actividades e de que forma podem evoluir as suas concepções. Para isso – tendo por base a realização de quatro tarefas de investigação em aulas de Matemática e usando um estudo de caso – analisamos o modo como um alunos do 6º ano de escolaridade se envolve em actividades deste tipo. O aluno em causa, Francisco, mostra grande interesse nas actividades propostas. Nas primeiras não vai além da formulação de conjecturas. Progressivamente, realiza testes, refina conjecturas e ensaia justificações. Revela crescente autonomia, confiança e ousadia nos seus raciocínios. De início, integra-se pouco no grupo, mas por fim já interage bastante com os colegas. Inicialmente muito dependente da professora para a validação dos resultados...

O trabalho do professor numa aula de investigação matemática

Ponte, João Pedro da; Oliveira, Hélia; Brunheira, Lina; Varandas, José Manuel; Ferreira, Catarina
Fonte: Associação dos Professores de Matemática Publicador: Associação dos Professores de Matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1998 POR
Relevância na Pesquisa
56.25%
Toda a actividade matemática rica envolve necessariamente trabalho investigativo, com o reconhecimento da situação, a formulação de questões, a formulação de conjecturas, o seu teste e refinamento e a argumentação, demonstração e avaliação do trabalho realizado. O presente artigo tem por base um estudo empírico cujo objectivo era caracterizar os papéis do professor em aulas onde os alunos realizam investigações matemáticas, relacionando-o com o seu conhecimento profissional. A investigação realizada confirma mais uma vez a pertinência da actividade investigativa na aula de Matemática salientando, contudo, a complexidade do papel do professor. Evidencia, igualmente, as potencialidades do trabalho colaborativo, envolvendo professores em exercício e investigadores no estudo dos fenómenos da sala de aula decisivos para a aprendizagem desta disciplina.

As investigações na aula de matemática: um projecto curricular no 8.º ano

Brocardo, Joana, 1956-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2001 POR
Relevância na Pesquisa
46.54%
Tese de doutoramento em Educação (Didáctica da Matemática), apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Ciências, 2002; Este estudo analisa o modo como um projecto em que a exploração de tarefas de investigação foi encarada como metodologia privilegiada de desenvolvimento do currículo influencia a forma como os alunos aprendem e vêem a Matemática e quais os aspectos de carácter curricular que emergem da implementação de um tal projecto. O quadro de referência teórico é constituído por três grandes áreas: o currículo, as investigações matemáticas e a visão dos alunos sobre a Matemática e sua aprendizagem. Na primeira, aprofundam-se os conceitos de currículo e de desenvolvimento curricular a partir de uma discussão que integra diferentes modos de entender e concretizar estes conceitos tanto ao nível geral como ao nível da Matemática. Na segunda, clarifica-se o modo de entender uma investigação matemática e discutem-se aspectos relativos à sua integração curricular. Finalmente, na terceira, analisam-se concepções e expectativas frequentes dos alunos sobre o que é a Matemática e o que é aprender Matemática e discute-se a sua origem e as suas implicações educativas. O estudo segue uma abordagem de investigação qualitativa baseada em estudos de caso. Durante o ano lectivo 1997/98 a investigadora e a professora de uma turma do 8º ano...

De que falamos quando falamos de framework na investigação em Educação (Matemática)?

Matos, João Filipe; Pedro, Neuza
Fonte: Sociedade Espanhola de Investigação em Educação Matemática Publicador: Sociedade Espanhola de Investigação em Educação Matemática
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
46.43%
Este artigo parte da necessidade de clarificação dos elementos constitutivos da investigação em educação matemática. Em particular, discute-se o papel da teoria na investigação e a noção de framework teórico, prático e conceptual adoptando a terminologia utilizada por Eisenhart. Terminamos com considerações sobre o papel do framework conceptual na investigação e a referência a necessidade de incluir o problema metodológico da caracterização do quadro teórico conceptual numa agenda de investigação em educação matemática.; This article draws from the need for clarification of constitutive elements of research in mathematics education. In particular, we discuss the role of theory in research and the notion of theoretical, practical and conceptual framework adopting the terminology of Eisenhart. Finally we address the issue of the role of a conceptual framework in research and the reference to the need of including the methodological problem of characterizing the framework in an agenda for research in mathematics education.

A investigação matemática no 1º ciclo do ensino básico

Oliveira, Tânia Sofia Santos
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
56.43%
Dissertação de mest., Ensino do 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico, Escola Superior de Educação e Comunicação, Univ. do Algarve, 2012; O presente relatório de Prática de Ensino Supervisionada estrutura-se em duas partes referentes a uma reflexão crítica sobre todo o processo de prática profissional no 1.º e 2.º ciclos do ensino básico e um estudo sobre a utilização de tarefas de investigação matemática na sala de aula do 1.º ciclo do ensino básico. A primeira parte tem uma natureza descritiva e reflexiva e aborda todo o meu percurso no âmbito da prática profissional do curso de mestrado em Ensino no 1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico. A segunda parte tem como objetivo geral evidenciar a utilização das tarefas de investigação matemática em contexto de 1º ciclo do ensino básico. Nesse sentido, foi realizado um trabalho cooperativo com a professora titular da turma do 1º ciclo e desenvolvido um trabalho com crianças de 6 anos, a frequentar o 1º ano pela primeira vez. Para a realização da investigação da prática referida defini como design de investigação a planificação e implementação de uma tarefa de investigação matemática numa turma de alunos do 1.º ano de escolaridade.

Tarefas alternativas para o ensino e a aprendizagem de funções: análise de uma intervenção no Ensino Médio

Meneghetti,Renata Cristina Geromel; Redling,Julyette Priscila
Fonte: UNESP - Universidade Estadual Paulista, Pró-Reitoria de Pesquisa; Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática Publicador: UNESP - Universidade Estadual Paulista, Pró-Reitoria de Pesquisa; Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.16%
Neste artigo focalizamos a aplicação de duas tarefas matemáticas alternativas para o ensino e a aprendizagem de funções, junto a alunos do Ensino Médio. Tais tarefas foram elaboradas levando-se em consideração a seguinte abordagem metodológica: (i) resolução de problemas e/ou investigação matemática e (ii) uma proposta pedagógica que defende o desenvolvimento do conhecimento matemático mediante um equilíbrio entre lógica e intuição. Utilizamos uma abordagem de pesquisa qualitativa (caracterizada como estudo de caso) para analisar o potencial didático-pedagógico deste tipo de metodologia no Ensino Médio. Verificamos que tarefas, tais como as que serão apresentadas e discutidas neste artigo, favorecem uma aprendizagem mais significativa aos alunos, permitindo-lhes maior compreensão conceitual, e tornam-se ainda mais potentes quando se considera o contexto sócio-cultural dos alunos.

Contribuições da investigação em sala de aula para uma aprendizagem das secções cônicas com significado

Macena, Marta Maria Maurício
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Matemática; Ensino de Ciências Naturais e Matemática Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Matemática; Ensino de Ciências Naturais e Matemática
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.41%
In this work, the didactical possibilities of investigation use in classroom, through an experience with high school students from Federal Center of Technological Education of Paraíba, as well as the study of conic sections were analysed. In order to fulfill our goals the theoretical conceptions concerning the meaninful learning in conection with the investigation of mathematics history were taken into account. The classroom research occurred by means of activities which encouraged the learner to investigate his own concepts on the conic sections. The results of the proposed activities showed the effectiveness and the efficiency of such a methodology as regards the making up of the required knowledge. They also reveal that the investigation in the classroom guides the ones involved, in this process, to have a wider look at the origins, the methods used and the several representations presented by mathematics that certainly lead, specially the students, to a meaninful learning; Neste trabalho, analisamos as possibilidades didáticas de uso da investigação em sala de aula, a partir de uma experiência com estudantes do ensino médio no Centro Federal de Educação Tecnológica da Paraíba CEFET PB, na qual abordamos o estudo das secções cônicas. Para o alcance dos nossos objetivos tomamos como aporte teórico as concepções referentes à aprendizagem significativa em conexão com a investigação em história da matemática. A pesquisa em sala de aula efetivou-se através de atividades que instigaram...

Investigação histórica nas aulas de matemática: avaliação de duas experiências

Bezerra, Odenise Maria
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Matemática; Ensino de Ciências Naturais e Matemática Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Matemática; Ensino de Ciências Naturais e Matemática
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.52%
This study reflects on some procedural aspects about the development of mathematics learning from the experience with investigative activities concerning the resolution of second degree equation, which was tested a proposal for education, supported the use of texts in history of mathematics. The survey was conducted in two stages, taking the first-served basis for the second, which was carried out with a study group remainder of the first experiment. The intention was to investigate how the group participant, known as the study group, involved in the implementation of activities of research in mathematics, supported the use of the history of mathematics. Based on the results achieved during the study, it was possible to understand that the activities of research enable the development of students, range of learning mathematics and the development of skills and expertise for research as a vehicle for construction of their mathematical knowledge. This approach proposed research into the classroom is important, both for prospective teachers of mathematics and for students from elementary school, bringing a new phase for mathematical education that will come to schools; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; O presente estudo reflete sobre alguns aspectos processuais acerca do desenvolvimento da aprendizagem matemática a partir da experiência com atividades investigativas...

Investigação histórica na formação de professores de matemática: um estudo centrado no conceito de função

Rocha, Sônia Maria Cavalcanti da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Matemática; Ensino de Ciências Naturais e Matemática Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Matemática; Ensino de Ciências Naturais e Matemática
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.44%
In this study we analyzed the development of a teaching experience, involving students with a bachelor s degree in mathematics from UFRN, based on the history of mathematics and mathematical investigations with the aim of contributing to the improvement of the teaching-learning of mathematics. The historical investigation tasks were planned and applied in the classroom, focusing on functional thought. The results obtained during the experience were described and evaluated based on authors who support the assumption of investigation and history as an alternative to the learning of mathematics. We emphasize that the material of analysis consisted of a work diary, audio recordings, questionnaires with testimony of the students involved, and, in addition, the assessment of the teacher of that subject. With regard to the mathematical content, the study was restricted to the concept of function, forms of representation and notation. It was evident that students showed great improvement with regard to the necessary formalization of the mathematical contents which were focused on, and to the active involvement of the students at different stages of the study. We can affirm that the completed study certainly represents significant contributions to an approach in the teaching-learning of functional thought; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Neste estudo analisamos o desenvolvimento de uma experiência de ensino...

Ensino por investigação: contribuições de um curso de formação continuada para a prática de professores de ciências naturais e biologia

Oliveros, Paula Bergantin
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Matemática; Ensino de Ciências Naturais e Matemática Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Matemática; Ensino de Ciências Naturais e Matemática
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.39%
Normally initial teacher training has not been sufficient to provide all the tools for an updated and efficient teaching practice. It is presented here one of the ways of working the completion of the initial training through a course of continuing education. This course is based on inquiry teaching which is considered an important teaching strategy for science education. This kind of teaching enables improvement of students reasoning and cognitive skills, the cooperation among them, the understanding of the nature of scientific work, and the motivation to think about the relationship between science, technology, society and environment. For this dissertation a course of continuing education based on this approach was followed in order to evaluate which contributions it can bring to the teaching practice. The course was followed based on three stages: on the first there was a questionnaire and an informal interview; next it happened through participant observation with audio and visual aid; the third stage happened through semi structured interview. The collected information was analyzed based on Content Analysis. An inquiry teaching pedagogical material was produced for the course including some examples and applications of this approach. The aim of the material is that it can be a support for the teachers after de course. The results allowed seeing that the course was very useful...

Alunos do 8ºano perante actividades de investigação matemática: perspectivas, atitudes e implicações.

Ferreira, Carla Maria da Fonseca
Fonte: Universidade Portucalense Publicador: Universidade Portucalense
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
46.47%
Este trabalho teve como objectivo compreender as atitudes dos alunos do ensino básico, perante as actividades de investigação e em que medida estas modificariam a perspectiva da matemática. A sociedade actual exige que os cidadãos sejam capazes de responder às situações mais variadas. Sobreviver nesta sociedade não é fácil, é necessário que os jovens de hoje tenham a capacidade de se adaptar e de intervir de modo responsável. A escola é o local privilegiado para adquirir essas competências. A matemática é a disciplina, por excelência, que está presente na vida real. Logo, as suas competências revelam-se de extrema importância. Para que os jovens as adquiram é necessário envolvê-los em actividades significantes, variadas e ricas entre elas as actividades de investigação. As actividades de investigação promovem no aluno a capacidade de construir o seu próprio saber, de ser cada vez mais autónomo, de decidir percursos e testar conjecturas. O estudo envolveu uma turma do oitavo ano e a professora da turma, que também foi a investigadora. Os alunos foram sujeitos a duas tarefas de investigação, ambas sobre números. Para além da realização das tarefas, era pedido aos alunos que elaborassem um relatório descritivo do trabalho efectuado. A metodologia de investigação...

Pequeno construtor: cenário de investigação para o estudo da geometria; Small biulder: scenarios for research for the study of geometry

BOMTEMPO, Kênia
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação em Ciências e Matemática; Ciências Exatas e da Terra Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação em Ciências e Matemática; Ciências Exatas e da Terra
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.45%
This work investigates the possibilities of building miniature houses are scenarios for research for the study of geometry. It has made through a Master Programme of Education in Sciences and Mathematics at Federal university of Goiás. The study of geometry through the trial is a form of education defended by Education many researchers in mathematics education (ANDRADE; NACARATO, 2008; FAINGUELERNT, 1999; PAULO, 2001; PAVANELLO, 2007). Begin of a proposal to work through scenarios for mathematics research as it considers the student's participation in an investigative approach, through play and through the act of playing. Developed the project "Small Builder" in which students built mini-houses that the process of building geometric concepts we studied. The activities were developed in the Escola Municipal Santa Helena , at Goiania, in a room with 27 children between 10 and 12 years. The data were analyzed following the paths of qualitative research in a phenomenological approach. In the investigative process, we analyzed the ways of understanding expressed by the students and the educational intervention carried out by the teachers involved. The study converged to open three categories: the understandings expressed on the measures proposed scenario...

Investigações matemáticas no programa de matemática B do 10º ano de escolaridade na perspectiva de alunos e professores

Filipe, Nélida Martins
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.46%
Este estudo teve por objetivo compreender o impacto inerente à implementação de tarefas de investigação matemática na sala de aula, na perspetiva de alunos e professores, com base no programa de Matemática B no 10° ano de escolaridade. As questões orientadoras do estudo foram as seguintes: a) De que modo as investigações matemáticas são interpretadas e valorizadas pelo professor e alunos no ensino secundário (Matemática B - l0°ano)? b) Do ponto de vista do professor, de que forma a implementação das investigações matemáticas na sala de aula se relaciona e adequa às orientações curriculares (Matemática B) e se pode articular com o projeto educativo de escola? c) De que forma a realização de investigações matemáticas no programa do 10° ano - Matemática B contribuirá para a aprendizagem de competências fundamentais para o exercício de atividades profissionais, na perspetiva de professor e alunos? Metodologicamente optou-se por uma abordagem de investigação qualitativa e interpretativa, assente num estudo de caso qualitativo e analítico, baseando-se a recolha de dados em entrevistas, observação direta do trabalho dos alunos e professor e produções escritas. O investigador assumiu o papel de observador-participante. A análise de dados permitiu concluir que os alunos evoluíram na forma como registaram as suas conjeturas...

Um olhar Lakatosiano sobre a tendência investigação matemática

wichnoski, Paulo; UNIOESTE - Universidade estadual do Oeste do Paraná; Klüber, Tiago Emanuel; UNIOESTE - Universidade estadual do Oeste do Paraná
Fonte: MTM/PPGECT/CFM/UFSC Publicador: MTM/PPGECT/CFM/UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 04/09/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.52%
http://dx.doi.org/10.5007/1981-1322.2015v10n1p65Este ensaio visa corroborar para suprir parte da lacuna de estudos voltados para o avanço teórico da Investigação Matemática, no contexto da Educação Matemática brasileira, bem como suscitar na comunidade científica reflexões e diálogos que possam emergir a partir desse trabalho, no intuito de adensar teoricamente aspectos que dizem da Investigação Matemática. Dentre as possibilidades de se fazer isso, decidimos lançar luzes à Investigação Matemática, na tentativa de compreendê-la sob a perspectiva epistemológica de Lakatos e identificar os elementos fundamentais que permitissem relativamente caracterizá-la como um programa de pesquisa científica Lakatosiano. Para isso estabeleceu-se a seguinte interrogação de pesquisa: Quais aspectos caracterizam a Investigação Matemática no contexto da Educação Matemática como um programa de pesquisa na perspectiva Lakatosiana? Diante do interrogado, concluiu-se que a Investigação Matemática, embora possa ser considerada um programa progressivo, ainda carece de fortalecimento do seu cinturão protetor.