Página 1 dos resultados de 7045 itens digitais encontrados em 0.017 segundos

Intervenção social com famílias multiproblemáticas

Reis, Ilda Maria Domingues Gonçalves
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.29%
Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para a obtenção do grau de Mestre em Mediação e Interculturalidade; No contexto de uma sociedade globalizada e em contínua mutação, as famílias multiproblemáticas são uma consequência da crise socioeconómica e de valores que se faz sentir na atualidade. São assim uma realidade que constitui um problema social, cada vez mais expressivo. Devido à sua globalidade, complexidade e emaranhado sistema de problemas que vivenciam, simultaneamente, constituem um dos maiores desafios para os profissionais de ação social. Apesar de os profissionais que trabalham com estas famílias tenham consciente a importância de avaliar estas famílias numa perspetiva ecossistémica e holística, persiste ainda uma visão negativa, salientando os seus problemas e incompetências em detrimento da identificação e valorização das suas potencialidades. Por outro lado, embora os princípios das novas políticas sociais orientem para a participação ativa, capacitação, autonomização e responsabilização, persistem modelos de intervenção tradicionais, assentes numa perspetiva assistencialista e de imediatismo, emergindo resultados insatisfatórios e ineficazes. Deste modo...

A intervenção social num contexto de riscos naturais, tecnológicos e sociais

Garibaldi, André Herculano
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
66.14%
A evolução epistemológica da teoria do risco, nas suas perspectivas físico-natural, tecnológica e social será objectivo principal deste artigo. Neste cenário merece destaque a posição de charneira da geografia permitindo centralizar o contexto social do risco nas suas interacções com os fenómenos naturais, tecnológicos e ambientais, bem como a afirmação da interdependência “do social” como factor e tipo de risco. Serão discutidos determinados aspectos metodológicos do risco, desde a sua percepção e o seu grau de vulnerabilidade, à sua manifestação e representação social, amplificação e atenuação, até à sua prevenção e mitigação, por via da contingência, destacando-se a intervenção ao nível da educação social. A transversalidade do tema riscos não pode nem deve prescindir da intervenção social, e esta deve ser crítica ao nível das políticas de combate aos riscos que se impõem à sociedade.

Género, Media e Prostituição - a intervenção social em prostituição e os meios de comunicação

Pardal, Mariana
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.16%
“Género, Media e Prostituição: a intervenção social em prostituição e os meios de comunicação”: esta dissertação analisa a relação com os media informativos das organizações e/ou projectos de intervenção social que, em Portugal, prestam apoio ou intervêm junto de população que pratica prostituição. Foi nosso intuito compreender a natureza dessa relação, nomeadamente através do apuramento das expectativas que estas organizações têm no contacto com os media, qual a sua perceção sobre a produção de conteúdos mediáticos na área social, concretamente de temáticas relacionadas com a prostituição, e como é que as próprias estruturam a sua comunicação externa. Com estes objectivos, partiu-se da teoria feminista para abordar conceitos de espaço público mediático e da importância das fontes na produção noticiosa. Para compreender as dinâmicas das organizações procurámos caracterizá-las e compreender a sua actividade e enquadramento. A metodologia utilizada nesta investigação centrou-se na recolha e análise de dados (por meio de inquérito e entrevistas) a representantes das organizações e a jornalistas de órgãos de comunicação nacional. Compreendendo que o debate sobre a prostituição acontece também em termos políticos foram analisados documentos de cariz político e legislativo...

Entre as palavras e a intervenção social: análise de uma trajetória individual em uma ação de educação ambiental interpretada a partir da filosofia da práxis; Between words and social intervention: analysis of an individual trajectory in an environmental education action interpreted from the philosophy of praxis

Malagodi, Marco Antonio Sampaio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.07%
Essa pesquisa aborda um esforço de compreensão e de elaboração da dialética de uma ação desenvolvida pelo autor no campo da educação ambiental, fazendo emergir os desafios da integração entre teoria e prática na produção científica. Embora não tenha se estruturado como uma pesquisa-ação, a investigação resultou no esclarecimento da distância que a separa daquela metodologia. O objeto da pesquisa foi inicialmente a trajetória do autor através do acontecimento do Curso de formação de agentes locais de sustentabilidade (2003-2004) promovido pela Universidade de São Paulo e financiado por uma empresa brasileira do setor de celulose e papel. Inicialmente pretendeu-se demonstrar a tese de que a pouca dedicação à dimensão teórica naquela prática (representada pelas imprecisões no uso das palavras que se empregava) poderia indicar uma obstrução significativa da dialética teoria-prática nas formas de pensamento-linguagem do autor, dificultando a reflexividade crítica que se pretendia alcançar neste processo formativo. Seguindo as pistas de uma pedagogia da práxis, desenvolveu-se um estudo filológico a partir das noções de dialética, filosofia da práxis e pedagogia, interrogando-se sobre o conceito de práxis. Essa investigação levou o pesquisador a revisitar algumas trajetórias de sua iniciação no campo da educação ambiental. Entre as interpretações que se tornaram possíveis na argumentação da tese...

O papel do sociólogo na intervenção social de uma autarquia local em meio rural

Correia, Cidália Maria Sardinha Rodrigues
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.28%
Relato de experiência profissional de uma Socióloga na Administração Local, concretamente num município em meio rural, concelho de Sousel em que se pretende demonstrar a polivalência das competências pessoais e profissionais do Sociólogo, tendo por base a tipologia de perfis tipo do papel do sociólogo, definida por Manuel João Ribeiro que situa em quatro domínios fundamentais: o planeamento; investigação; relacional e operacional. No entanto, dos domínios elencados o relacional e operacional serão abordados mais minuciosamente numa perspetiva em que a sociologia da intervenção tem dado um importante contributo no sentido de se ir mais além da corrente positivista da sociologia, tendo vindo a introduzir novos suportes concetuais para uma sociologia mais próxima do terreno, tendo em vista novas articulações entre a teoria e ação, entre a investigação e a intervenção. O sociólogo Orlando Garcia defende que “o campo da intervenção social é tão pertinentemente sociológico, que não faz sentido ter a desatenção dos sociólogos” (Garcia, 1990 : 279). Também se pretende efetuar uma abordagem do ponto da sociologia de ação, defendida por Isabel Guerra na medida em que as mudanças sociais impulsionam mudanças nas perspetivas profissionais...

A intervenção social com utilizadores problemáticos de drogas em contextos de reinserção: o caso de Vila Nova de Famalicão

Leite, Sara Cristiana Morais
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 18/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.22%
Dissertação de Mestrado em Política Social; A intervenção social com utilizadores problemáticos de drogas em contextos de reinserção, enquanto fenómeno contemporâneo complexo e multidimensional requer uma rutura com o paradigma tradicional. Este paradigma, caraterizado pela fragmentação, descoordenação e sobreposição e/ou duplicação de respostas para os múltiplos problemas apresentados pelos sujeitos, contribui para a redundância e ineficácia das intervenções, assim como para a perenização dos problemas. Na atualidade, a metodologia integrada, enquanto modelo concetual recomendado para a abordagem com esta população específica, aponta para uma intervenção colaborativa entre instituições e serviços que promovam a capacitação, autonomização e participação dos indivíduos, agindo como propulsora de mudança. Apresenta-se um estudo de cariz exploratório com recurso a uma triangulação de métodos. Uma metodologia qualitativa que utiliza como técnica de recolha de dados a entrevista semidirigida, por forma a conhecer o ponto de vista dos utilizadores problemáticos de drogas relativamente à intervenção que lhes é dirigida. Para o tratamento dos dados daqui emergentes recorre-se à técnica de análise de conteúdo. Emprega-se também uma metodologia quantitativa aos profissionais que intervêm com os referidos sujeitos...

A avaliação nos projectos de intervenção social: reflexões a partir de uma prática

Monteiro, Alcides
Fonte: CIES-ISCTE / CELTA Publicador: CIES-ISCTE / CELTA
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/1996 POR
Relevância na Pesquisa
66.12%
Pensar uma intervenção eficaz e esclarecida no/para o Desenvolvimento Local passa por conceber e implementar procedimentos de avaliação que se traduzam não só num balanço da acção desenvolvida, mas se transformem igualmente num processo colectivo de aprendizagem contínua e na procura de uma optimização quantitativa e qualitativa das intervenções. À luz deste pressuposto, e visando estabelecer uma ligação entre a análise teórica e a reflexão a partir de uma prática concreta, o objectivo do presente artigo será duplo: por um lado, procurar esclarecer alguns pontos em torno do conceito de "avaliação" e dos modelos avaliativos passíveis de definição e implementação num contexto de intervenção social; por outro lado, ser espaço de análise do modelo avaliativo implementado no seio de um projecto de luta contra a pobreza: o projecto "Aldeias de Montanha Apostam no Desenvolvimento", integrado no Programa Comunitário Pobreza 3.; To think of an efficient and clarified intervention in/for local development involves the conception and implementation of evaluation procedures which mean, not only a balance of the action developed, but which are also transformed into a continuous collective learning process and into the search for a quantitative and qualitative optimisation of the interventions. In the light of this supposition and with the aim of establishing a connection between theoretical analysis and reflection based on concrete experience...

A lógica e o potencial operativo dos projectos de desenvolvimento e de intervenção social na indução de mudança

Moreira, Joacine Katar
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 07/09/2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.14%
Mestrado em Desenvolvimento, Diversidades Locais, Desafios Mundiais; A acção para o Desenvolvimento resulta da comparação entre diferentes países e sociedades. A componente estratégica de combate ao sub-desenvolvimento tem como base o potencial operativo da Trilogia do Desenvolvimento - Políticas, Programas e Projectos - que por sua vez teve e tem como consequências imediatas a criação e proliferação de redes desenvolvimentistas a toda a escala mundial. O formato-projecto acabou por ser a mais generalizada forma de intervenção social, e tem como motores lógicas próprias de funcionamento, quer discursivas quer instrumentais, com repercussão nos impactes produzidos pelas intervenções. Procura-se nesta dissertação a teorização sobre a lógica e o papel dos projectos de intervenção na transformação das sociedades, através da análise da trilogia do desenvolvimento e do Ciclo do Projecto propriamente dito. A par disso, questões como a intervenção múltipla, a participação comunitária e a análise da sociedade civil, permitem-nos conhecer mais sobre os projectos e mais sobre os seus promotores, as suas proveniências e motivações. Nestes cenários de análise, constata-se que os mecanismos de funcionamento do complexo desenvolvimentista que mantêm o seu poder de influência...

Contributos para uma auditoria da intervenção social: conceito, metodologia e documentos de trabalho

Ventura, Rui Pedro Mesquita
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.31%
Mestrado em Sociologia; O presente trabalho de projecto tem como propósito propor uma Auditoria, inovadora, aplicada à área do Serviço Social e, em especial, à Intervenção Social, tendo havido, por isso, ao longo da sua elaboração a preocupação de contribuir, por um lado, para a definição de um conceito de Auditoria da Intervenção Social e, por outro, para uma metodologia aplicada a esta nova função (abrangendo aqui a concepção de ferramentas de trabalho), procurando explorar as potencialidades da Sociologia. Não obstante o trabalho de projecto que, ora, se apresenta ter surgido da necessidade de uma aplicação prática de auditar com enfoque “social” as actividades de uma Instituição em concreto (a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa), propondo, nomeadamente, que o novo conceito, as metodologias e os papéis de trabalho se façam constar em sede de um Manual de Auditoria, espera-se que este trabalho possa vir a ser extensível - ou, pelo menos, sirva como referência à concepção de outros Manuais - a outras Instituições, quer prossigam fins de solidariedade social (incluindo ONG’s) quer exerçam acções de fiscalização sobre aquelas (nomeadamente, do Estado). Por este motivo, o trabalho de projecto inicia com um enquadramento onde se faz alusão a um conjunto de questões desafiantes com que o Serviço Social se debate na actualidade...

Educação e formação de jovens de famílias multiproblemáticas: o papel do técnico de intervenção local em contexto escolar

Esperanço, Cristina Melo Ribeiro Seabra Gomes Loureiro
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
56.29%
Mestrado em Família e Sociedade; O abandono escolar precoce afigura-se como uma das faces mais visíveis da pobreza e exclusão social nas crianças e jovens e continua a revelar-se como um dos problemas estruturais que afectam o crescimento e desenvolvimento de Portugal, assim como de outros países. O presente trabalho pretende realçar a importância da intervenção social em contexto escolar no combate à exclusão social procurando identificar e demonstrar os seus principais contributos através de um projecto de intervenção social desenvolvido, durante três anos lectivos, numa escola TEIP (Territórios Educativos de Intervenção Prioritária) de Lisboa, com jovens integrados numa turma do PIEF (Programa Integrado de Educação e Formação). Começa por abordar o fenómeno da exclusão social realçando dimensões como os factores de risco na infância e juventude, comportamentos desviantes na adolescência, circunstâncias das famílias multiproblemáticas e o peso do insucesso e abandono escolar precoce em Portugal. Em seguida faz referência à importância das Políticas Educativas Sociais, realçando os TEIP e o PIEF e apresenta a especificidade da intervenção social em contexto escolar, princípios, modelos e estratégias de intervenção...

Intervenção social com jovens: conceitos e práticas

Baptista, Gustavo Luís Póvoa
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.18%
Mestrado em Serviço Social; A presente investigação centra-se no estudo exploratório relativo à intervenção social com jovens, contribuindo para a compreensão do conceito, através das práticas, fundamentos teóricos e procedimentos metodológicos a ele associadas, bem como o perfil de jovem a que se destina. Para tal cruzaremos perspetivas teóricas e concetuais existentes sobre o tema com a visão dos profissionais que intervêm nesta área. A investigação sustentou-se numa abordagem qualitativa, em que foi feita uma análise documental, foram aplicadas entrevistas através de questionário por questões abertas a profissionais que exercem a sua atividade em organizações centradas na intervenção com jovens. Procedeu-se de seguida a uma análise de conteúdo das entrevistas, recorrendo a uma grelha de análise de categorias. De uma maneira geral, os resultados apresentam uma intervenção dirigida a jovens expostos a fatores de risco, assente numa metodologia centrada nas potencialidades, recorrendo a técnicas ligadas à educação não-formal e informal. Encontra-se uma grande diversidade de práticas profissionais e de formações académicas em intervenção. As fundamentações teóricas que orientam a prática são difusas e inconsistentes...

Criação de um projeto de intervenção social: o desemprego e as dinâmicas familiares

André, Lara Susana Patrício Lopes
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.23%
Mestrado em Serviço Social; O presente estudo tem como objectivo criar um projecto de intervenção social que pretende incidir em três factores essenciais: o combate ao desemprego; as dinâmicas familiares e o acompanhamento psicoterapêutico e educacional dos indivíduos que integrarão o projecto. A finalidade é desenvolver o projecto Aprender a Ser numa cooperativa de solidariedade social específica, a CUIDA (Cooperativa de Investimento e Desenvolvimento Activo CRL) que se situa no Concelho de Sintra, mais propriamente na Freguesia de Rio de Mouro. De facto, as constantes problemáticas relacionadas com o desemprego e com o insucesso escolar desta zona suscitou o interesse do autor para se debruçar num projecto que apoiasse a comunidade mais desfavorecida e que fosse alvo desses dois factores. Fazer-se-á um breve enquadramento político-social, seguido de uma abordagem à concepção, planeamento e avaliação de projectos. O papel do Serviço social na criação do projecto está bem patente neste trabalho de projecto, assim como todo o processo de concepção, fundamentação e desenvolvimento do mesmo. As estratégias dos assistentes sociais na execução e desenvolvimento do Aprender a Ser é um dos pontos mais importantes do projecto...

Projecto de intervenção social: desenvolvendo o centro comunitário do centro paroquial de Paderne

Diogo, Sofia Santos
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.12%
Apresenta-se um projecto de intervenção social, no âmbito de um Centro Comunitário, desenvolvido numa instituição com respostas sociais já definidas e tendo presente a intervenção de um grande número de parceiros, entre eles a população da própria Instituição. O equipamento social “Centro Paroquial de Paderne”, foi construído para dinamizar a comunidade envolvente, no âmbito de diversos projectos, no entanto encontra-se mais direccionado nas respostas sociais à terceira idade e à primeira infância. Neste sentido, surge a necessidade crescente de desenvolver iniciativas ou projectos que envolvam a comunidade, para servir de suporte às famílias, indivíduos e a grupos sociais desfavorecidos na sua sociedade. Neste sentido, foi efectuado um diagnóstico das necessidades desta Instituição, que envolveu a mesma, assim como a comunidade de Paderne, e a partir deste diagnóstico foi elaborado um projecto com vista a desenvolver uma nova resposta social no âmbito comunitário. As principais conclusões a que chegamos é que a Instituição está integrada numa comunidade que necessita cada vez mais de ajuda e para isso, é necessário criar respostas sociais dinâmicas, que ajudem a comunidade onde se encontram os grupos sociais mais desfavorecidos...

Desafios atuais da psicologia na interenção social

Casas,Ferrán
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Social Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
66.1%
Segundo o autor, os psicólogos que trabalham em intervenção psicossocial geralmente focalizam sua avaliação da mudança no nível microssocial, pessoal ou familiar. A Psicologia Social vêm destacando a importância dos contextos. Nas nossas sociedades atuais o macrocontexto possui alguma características únicas, inexistentes anteriormente: vivemos em tempos de rápidas mudanças. As novas mudanças, para os agentes que trabalham nos sistemas de bem-estar, repercutem especialmente naqueles envolvidos na nova dinâmica macrossocial. Desde essa perspectiva, pensamos na necessidade de mudança das representações sociais nos grupos sociais, de seus problemas sociais e da forma como cada um dos problemas é colocado. Indica-se a importância das dimensões não materiais da vida social nos processos de mudança social. São discutidas novas perspectivas e objetivos relativos ao conceito de qualidade de vida. Também se estuda a influência dos meios de comunicação nos processos de mudança social. E, finalmente, se apresenta um esquema que serve para refletir e discutir algumas mudanças relevantes na intervenção social.

Informação estratégica para as ações de intervenção social na saúde

Moraes,Alice Ferry de
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.01%
Na saúde pública, são comuns as ações de intervenção social para promover a saúde e prevenir doenças. Essas ações oferecem informação sobre saúde às comunidades, de maneira clara e acessível para gerar mudança de comportamento e para proporcionar a transferência da informação. Pesquisas bibliográficas, realizadas na área da Saúde e na Ciência da Informação, mostraram que o uso da informação de forma estratégica tem base no poder, no saber e na ética. Este trabalho quer demonstrar a importância de um tipo de informação usada nessas ações. É a informação como elemento de mudança na estrutura cognitiva do indivíduo da comunidade onde essas ações se desenrolam e, para tanto, foram criadas estratégias informacionais, a partir de conceitos extraídos da Comunicação, Lingüística, Cognição, Sociologia, Antropologia e Educação. Essas estratégias atuam no momento da transferência da informação; empregam a forma discursiva adequada; facilitam a percepção da informação pelo indivíduo; contextualizam a informação; atuam na imposição ou legitimação da informação; atuam na formação do indivíduo pela informação. A informação, empregada de forma estratégica, servirá como um elo entre os profissionais da saúde e as comunidades onde eles pretendem atuar.

Comunicação Comunitária: uma disciplina de formação sociopolítica e de intervenção social

Miani,Rozinaldo Antonio
Fonte: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM) Publicador: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.13%
A disciplina Comunicação Comunitária ofertada para as habilitações de Jornalismo e de Relações Públicas do curso de Comunicação Social da Universidade Estadual de Londrina (UEL/PR) tem representado para os estudantes de graduação na área um dos mais importantes espaços de formação sociopolítica, bem como a possibilidade de produção de uma experiência de intervenção social. Este artigo tem como objetivo analisar a experiência de oferta da referida disciplina, considerando a necessidade da ampliação de espaços de reflexão e de discussão política a respeito do papel da Universidade e sobre o compromisso do profissional com a sociedade, a partir de algumas reflexões baseadas em Paulo Freire e Antonio Gramsci. Por meio de uma breve análise do conteúdo programático da disciplina e do relato de algumas experiências, com a realização de projetos de intervenção social desenvolvidos no contexto da disciplina, observa-se uma qualificação política no processo de formação acadêmica, na perspectiva de constituição de um sujeito social crítico e emancipado.

A mudança social em projetos de intervenção social pela arte : o caso do projeto Bando À Parte

Gomes, Diana Filipa Vicente
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.27%
A mudança social é o esforço consciente para contrabalançar injustiças sociais, económicas e políticas que afetam grupos populacionais mais marginalizados, pobres e vulneráveis, incluindo o acesso a bens, recursos e serviços. A mudança social ocorre muitas vezes como resultado da ação intencional de atores sociais, animados por determinados programas e projetos de alteração deliberada de certos ou todos os aspetos das estruturas sociais. Todos os projetos de intervenção social têm implícita uma teoria da mudança social, posto que têm como objetivo a resolução de um determinado problema social através de uma resoluta metodologia de intervenção. A teoria da mudança não é algo novo, o que tem vindo a evoluir é a sua utilização como ferramenta de planeamento e de avaliação. A avaliação ajuda a compreender se os projetos têm, efetivamente, impacto ao nível da resolução dos problemas sociais. Este trabalho pretende identificar a teoria da mudança social de um projeto de intervenção social pela arte de jovens de meios desfavorecidos, o projeto Bando À Parte: Culturas Juvenis, Arte e Inclusão Social, e compreender de que forma se refletiu nos seus públicos. O objetivo geral da investigação foi avaliar em que medida a intervenção social pela arte fomenta e comporta processos de mudança social no aprofundamento da cidadania e na integração dos indivíduos. A metodologia privilegiada foi a qualitativa...

Violência conjugal: intervenção social e direitos humanos

Fernandes, Andreia Sofia Cristelo
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.28%
Mestrado em Serviço Social; Este trabalho consiste numa investigação no âmbito do Serviço Social sobre a intervenção social e a promoção dos Direitos Humanos das vítimas de violência conjugal. Aborda a violência conjugal enquanto problema social de visibilidade crescente detendo graves repercussões nas suas vítimas, que na presente investigação inclui mulheres e crianças. A necessidade de apoio e respostas sociais com que as vítimas se confrontam vem realçar como objecto de estudo a intervenção social neste contexto familiar. Sendo esta investigação um estudo de caso tal reporta para a intervenção social da APAV. Como procedimentos metodológicos, a pesquisa contou com a observação estruturada, a análise documental, e a aplicação de entrevistas de carácter aprofundado. Na segunda, foi necessário recorrer ao método quantitativo de forma a demonstrar as tendências actuais da intervenção social. A aplicação da análise de conteúdo categorial permitiu estabelecer uma articulação entre os elementos teóricos constantes no quadro teórico e dados empíricos, e consecutivamente a chegada ao conhecimento sobre a intervenção social. Pelo que foi possível a elaboração sistematizada dos procedimentos do assistente social...

A Casa da Árvore: Por uma escuta psicanalítica na prática de intervenção social

Andrade, Ana Barbara de Toledo; Mestre em Teoria Psicanalítica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro; Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Teoria Psicanalítica da Universidade Federal do Rio de Janeiro.; de Souza, Tatiana Holanda; Mestre
Fonte: ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade; ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade Publicador: ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade; ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade
Tipo: ; Formato: application/pdf
Publicado em 29/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.12%
Este artigo apresenta a experiência de trabalho da Casa da Árvore, uma ONG inspirada no modelo clínico da ‘Maison Verte’ – instituição francesa criada por Françoise Dolto, voltada ao atendimento de crianças e seus familiares. Desde 2001, a Casa da Árvore desenvolve um trabalho que, embora encontre sua inspiração no modelo da ‘Maison Verte’, foi adaptado ao contexto social brasileiro, dedicando-se à prática de intervenção social em comunidades de favelas do Rio de Janeiro. Trata-se de um espaço de convivência, onde se recebem crianças e seus responsáveis, cujo exercício clínico segue a perspectiva teórica psicanalítica. A discussão é centrada no trabalho desenvolvido pela Casa da Árvore no Morro do Turano, no Rio de Janeiro. Com base na análise de duas situações clínicas, discutimos como o modelo clínico psicanalítico pode se efetivar em uma prática de intervenção social.

Informação estratégica para as ações de intervenção social na saúde

Moraes,Alice Ferry de
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.01%
Na saúde pública, são comuns as ações de intervenção social para promover a saúde e prevenir doenças. Essas ações oferecem informação sobre saúde às comunidades, de maneira clara e acessível para gerar mudança de comportamento e para proporcionar a transferência da informação. Pesquisas bibliográficas, realizadas na área da Saúde e na Ciência da Informação, mostraram que o uso da informação de forma estratégica tem base no poder, no saber e na ética. Este trabalho quer demonstrar a importância de um tipo de informação usada nessas ações. É a informação como elemento de mudança na estrutura cognitiva do indivíduo da comunidade onde essas ações se desenrolam e, para tanto, foram criadas estratégias informacionais, a partir de conceitos extraídos da Comunicação, Lingüística, Cognição, Sociologia, Antropologia e Educação. Essas estratégias atuam no momento da transferência da informação; empregam a forma discursiva adequada; facilitam a percepção da informação pelo indivíduo; contextualizam a informação; atuam na imposição ou legitimação da informação; atuam na formação do indivíduo pela informação. A informação, empregada de forma estratégica, servirá como um elo entre os profissionais da saúde e as comunidades onde eles pretendem atuar.