Página 1 dos resultados de 673 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Intertextualidade (e anti-linenaridade) as obras de Janette Winterson : Oranges are not the only fruit, The passion e Sexing the chery : desafio, ou afirmação de convençõpes literárias?

Câmara, Karin Gonçalves
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2006 POR
Relevância na Pesquisa
27.11%
Dissertação de Mestrado em Estudos Ingleses apresentada à Universidade Aberta; Resumo -Uma introdução que dá a conhecer o background literário de Jeanette Winterson introduz os tópicos e as teorias que subjazem à argumentação desenvolvida ao longo da dissertação. A anti-linearidade, a intertextualidade, o Pós-Modernismo ou a construção da identidade constituem vectores centrais na abordagem às obras da autora. A crítica literária parece responder em uníssono à questão que pretende categorizar a obra literária da autora. O Pós-Modernismo é uma estética recorrentemente associada a Winterson, nomeadamente pela exploração de questões que instauram a incerteza quanto a verdades universais, desconstruindo a ideia pré-concebida de ordem, jogando com expectativas, contextos, formas, associações e estruturas (supostamente) estáveis – narrativa; estilo; facto/ficção; história/literatura; tempo e espaço, ou género. Partindo de um pressuposto de que um texto não é constituído por uma unidade hermética e linear, mas que comunica com outros textos (no seu sentido mais lato) tal parece constituir a base de criação textual de Winterson, impondo, assim, toda uma dinâmica de análise dialógica/intertextual. Neste sentido...

Intertextualidade em quatro peças de Marina Carr; Intertextuality in four plays by Marina Carr

Mesquita, Zoraide Rodrigues Carrasco de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.11%
Este trabalho examina modalidades intertextuais em quatro peças de Marina Carr - Low in the Dark (1989), The Mai (1994), By the Bog of Cats (1998) e Ariel (2002) -, tendo por objetivo mostrar que a obra da dramaturga, embora organicamente integrada na tradição dramatúrgica irlandesa, exibe um ponto de tensão entre o desejo de preservação de aspectos tradicionais do teatro irlandês e a rebeldia que se traduz na subversão de velhas fórmulas. Esses dois pólos entre os quais se situam as peças da dramaturga revelam-se através da paródia, da alusão, do travestimento e da reescritura, por um lado, e, por outro, através da mistura dos gêneros. As peças selecionadas evidenciam a trajetória percorrida por Marina Carr na medida em que ao mesmo tempo em que se afirmam como locais, lidam com temas que ultrapassam as fronteiras do nacional.; This thesis examines modes of intertextuality in four plays by Marina Carr - Low in the Dark (1989), The Mai (1994), By the Bog of Cats (1998) and Ariel (2002) -, and aims at demonstrating that her theatre production, although organically integrated into the Irish drama tradition, presents a point of tension between the wish to cling to traditional features of Irish theatre and the rebellion against them. These two poles between which the playwright's work can be defined are revealed...

"O Plantador de Naus a Haver" sob a óptica da intertextualidade; "The planter of ships-yet-to-be" under an intertextual approach

Machado, Alleid Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
27.11%
A presente dissertação propõe o estudo da vida e obra da autora portuguesa Júlia Nery, mais especificamente, a análise de uma de suas peças de maior cunho intertextual: O plantador de naus a haver. Para tanto, é feito inicialmente um relato de como se deu o processo de pesquisa de sua produção literária, desde o primeiro contato com a peça no curso de Pós-Graduação intitulado "A literatura portuguesa em cena" (FFLCH-USP), até a localização da Autora, que resultou na reunião de um material bibliográfico que serviu de base para a elaboração deste trabalho. Em seguida, é realizado um apanhado teórico em torno da intertextualidade, a partir dos estudos sobre a linguagem empreendidos por Mikail Bakhtin, e das contribuições teóricas de Julia Kristeva, além de outros pesquisadores e lingüistas contemporâneos, que têm, ao longo do tempo, pesquisado e ampliado as diretrizes bakhtinianas em torno do dialogismo e da polifonia, além dos estudos acerca dos mecanismos que promovem a intertextualidade. Posteriormente, são analisados os textos paradigmas com os quais a Autora travou diálogo para criação de sua peça. Segue-se a análise do texto dramático, utilizando-se como instrumentos intertextuais, a paráfrase e a estilização...

Útero cosmos - hibridações de meios, sistemas e poéticas de um sky - art interativo; Útero cosmos - hibridações de meios, sistemas e poéticas de um sky - art interativo

Silva, Agnaldo Valente Germano da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.11%
Esta tese de Doutorado apresenta a trilogia ÚTERO COSMOS (Útero portanto Cosmos), de minha autoria (Agnus Valente), como resultado de uma praxis criativa híbrida desenvolvida na linha de pesquisa em Poéticas Visuais, acompanhada de um texto reflexivo de metalinguagem sobre as operações de hibridação de Meios produtivos, de Sistemas artísticos e de Poéticas, que foram empreendidas para a constituição do corpus artístico, e propõe três contribuições teóricas para os estudos dos Métodos Heurísticos da Criação os novos conceitos de hibridação intersensorial, hibridação intertextual-semiótica e hibridação interformativa, cuja abrangência permite aplicá-los não somente à arte digital, mas também a diversos campos da criação artística. Concebido em março de 2002, o sky-art interativo ÚTERO COSMOS propõe uma metáfora constelativa em ambiente digital. Não se limitando ao hibridismo como tema, explora em sua criação a potencialidade híbrida do suporte, envolvendo Poéticas Digitais, Poesia Concreta, Intertextualidade, Tradução Intersemiótica e Interatividade, como fatores que propiciam hibridações. O projeto foi desenvolvido on-line, no site oficial agnusvalente.com numa estrutura simultânea de work in process e work in progress...

Sustentação instável: a intertextualidade em Alessandro Baricco; Unstable sustention: intertextuality in Alessandro Baricco

Fantin, Maria Célia Martirani Bernardi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.27%
Esta tese busca fazer um levantamento das principais linhas de força na constituição das Poéticas que norteiam a trajetória do escritor italiano contemporâneo Alessandro Baricco, não só como ficcionista, mas também como ensaísta e intelectual, atilado com seu tempo. Constatamos que, a partir do corpus dos romances e ensaios que aqui escolhemos analisar, o autor privilegia a instabilidade do narrar e do ver, refletida, nitidamente, nos diversos diálogos intertextuais que leva a efeito. Daí por que a intertextualidade, enquanto um de seus procedimentos ficcionais tal como concebida e transfigurada pelo autor esteja intimamente relacionada a uma concepção de mundo que elege o afastamento das certezas, o elogio da oralidade e da narrativa (fontes inesgotáveis de vida), a multiplicidade de pontos de vista, a exaltação de tipos à margem dos sistemas, o heroísmo da derrota, a apologia da queda e da renúncia. No intuito de demonstrar como isso se opera, nosso estudo se orienta, basicamente, a partir dos seguintes tópicos: a) a gênese da intertextualidade em Baricco; b) as relações intertextuais propriamente ditas e eventuais aproximações de leitura entre algumas de suas obras e as de outros autores com os quais dialoga (tais como Herman Melville...

A Intertextualidade geradora de sentido no gênero desenho animado de núcleo familiar Os Simpsons

Franzão, Cláudia Regina da Silva
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 178 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
27.11%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Comunicação - FAAC; Diante dos vários aspectos que envolvem a produção de sentido, o presente estudo tem como objeto de pesquisa a série de desenho animado Os Simpsons, na qual, por meio da análise de sua intertextualidade como gestora da paródia simpsoniana, pretende-se traçar um paralelo entre paródia e intertextualidade na construção de um texto de entendimento aparentemente globalizdo, mas que também guarda significações e intenções mais profundas em suas entrelinhas. Ao desfiar o possível caminho almejado pelos autores com seu texto parodístico sob o viés da produção da produção de sentido pela Comunicação Midiática, apresenta-se a análise de cinco episódios (1997-2007), cuja intertextualidade, muitas vezes explicita, remete principalmente a textos televisivos, literários, sócio-históricos e expressões lingüísticas próprias não só da Cultura americana, mas também da Cultura ocidental como um todo. Para exame de nosso recorte temporal sob o enfoque da Comunicação Midiática, nos servimos de referencial teórico de várias áreas, entretanto, o texto produzido pauta-se fortemente nas teorias de Análise do Discurso...

A construção do espaço da escrita na ficção contemporânea

Bergamim, Claudia Regina
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 178 f.
POR
Relevância na Pesquisa
27.38%
Pós-graduação em Estudos Literários - FCLAR; Este trabalho propõe-se a analisar a presença do recurso da intertextualidade na composição de narrativas contemporâneas em língua portuguesa, a fim de refletir sobre as relações entre literatura e história, na atualidade. Para isso, foi selecionado o seguinte corpus: O ano da morte de Ricardo Reis (1984), do escritor português José Saramago, Nove noites (2002), do ficcionista brasileiro Bernardo Carvalho, e O outro pé da sereia (2006), do moçambicano Mia Couto. A fim de fundamentar a análise desses romances, nos quais o fazer literário se encontra ligado ao aproveitamento de textos históricos e literários, este estudo apoia-se nas teorias de Antoine Compagnon (2001) e Tiphaine Samoyault (2008), as quais consideram a intertextualidade como possibilidade referencial em literatura; na revisão teórica de Samira Chalhub (2002), relacionando a intertextualidade com a questão da metalinguagem, e na teoria de Laurent Jenny (1979), que discorre sobre tratamentos possíveis para enunciados intertextuais e sobre as ideologias envolvidas no trabalho intertextual. Dentro, então, de uma perspectiva comparativista, os textos literários foram analisados à luz dessas e de outras propostas de entendimento da intertextualidade...

O papel da intertextualidade na construção da leitura critica

Ana Lucia de Campos Almeida
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/03/1999 PT
Relevância na Pesquisa
27.11%
Norteado por uma concepção de linguagem bakhtiniana e, tomando conceitos da Psicologia Cognitiva, da Lingüística Textual e da Análise Critica do Discurso que, conjugados, permitem considerar a leitura uma atividade sócio-cognitiva-discursiva, este trabalho de pesquisa teve como objetivo investigar o papel da intertextualidade na compreensão critica de textos argumentativos na leitura de uma turma de alunos concluintes do ensino fundamental em uma escola pública. Os dados foram obtidos durante uma intervenção pedagógica, uma forma de pesquisa-ação, que visava permitir a construção de uma base de conhecimento intertextual a ser mobilizada pelos leitores no processo de construção de sentidos. Posteriormente, procedeu-se à comparação desses dados com aqueles obtidos através de avaliação diagnóstica inicial e com dados provenientes de outra turma de alunos do mesmo nível de escolaridade, não-participante da intervenção. Os resultados permitem concluir que a construção de uma base de conhecimento intertextual, operacionalizada mediante a apreensão do gênero, da intertextualidade de conteúdo e do contexto sócio-histórico, constitui-se em um fator determinante para a ampliação da competência em leitura de textos argumentativos...

A prática intertextual em peças para piano de Almeida Prado : elementos de análise para a construção da performance; The Almeida Prado´s Intertextuality practice in piano pieces : musical analysis for the construction of the performance

Tarcísio Gomes Filho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.38%
Esta pesquisa tratou do uso da intertextualidade como recurso composicional em parte da obra para piano do compositor Almeida Prado. Por meio da análise musical de quinze peças deste compositor e comparativa entre as peças dos compositores com os quais ele se relacionou intertextualmente, buscou-se embasar a interpretação das mesmas. A possibilidade de formação da concepção das interpretações, a partir da análise do conteúdo intertextual, foi a idéia central desta tese. Para isso, a análise das peças teve como objetivo, não somente, explicitar as relações estruturais das mesmas, mas também as relações intertextuais que cada uma traz em sua composição. A análise dos intertextos utilizados buscou entender suas funções no discurso visando gerar subsídios para uma interpretação musical mais consciente. O corpus foi dividido em duas partes principais: a primeira abordou a intertextualidade de forma geral, para em seguida abordar o fenômeno na música e na obra do compositor Almeida Prado. A segunda e maior parte tratou da análise das peças, nas quais foram inseridos comentários interpretativos ao final de cada peça. A metodologia constou de pesquisa bibliográfica, estudos de análise musical, entrevista com o compositor e estudo pianístico. Na conclusão...

Literatura Comparada e Intertextualidade. Saramago e Patativa do Assaré: O Homem Faz do Mundo um Texto para Produzir Sentido

Giacomolli, Dóris
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /11/2014 POR
Relevância na Pesquisa
27.11%
O presente trabalho tem por objetivo discutir as conceções de texto e discurso, conceitos usados como ponto de partida para a reflexão acerca da intertextualidade e interdiscursividade, à luz da teoria bakhitiniana. Os textos escolhidos foram o poema A terra é natura de Patativa do Assaré e o texto/prefácio escrito por José Saramago para o livro Terra de Sebastião Salgado, autores que se abastecem da cultura popular a fim de comporem textos que dialogam e se complementam. Vamos analisá-los sob a luz dos pressupostos de Tânia Franco Carvalhal sobre literatura comparada. Este artigo refere-se à intertextualidade entre as duas obras e ao tema presente tanto numa como na outra: a questão da terra, problema que aflige a contemporaneidade e permanece longe de ser resolvido. Estes dois escritores assemelham-se, ao se solidarizarem com essas vozes das minorias. A herança cultural deixada por muitos homens nesta luta desigual por um lugar para se fixarem expressa-se e concretiza-se nas obras destes artistas, que se fazem transmissores dessa memória. Haverá ainda uma abordagem referente à oralidade nos dois autores, tendo em vista que o poema em questão e o texto de José Saramago são essencialmente orais.; Abstract This paper aims to discuss the concepts of text and discourse...

Augusto Abelaira e Osman Lins: leitura, intertextualidade, metaficção e romance-diário; Augusto Abelaira and Osman Lins: reading, intertextuality, metafiction and diary novel

Camargos, Kellen Millene
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL); Faculdade de Letras - FL (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL); Faculdade de Letras - FL (RG)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.46%
During the 20th century, more specifically second half, the romance authors resumed and accentuated reflections upon the novel construction. The look for the writing of literary text has resulted in a more direct interaction with the reader and has demanded a coparticipation in the meaning-making of the text, because the metafictional, along side other narrative strategies, instead of making the reading easier, has problematized it. The novel narcissistic look has accentuated, too, the reflection on many aspects, such as: the intertextuality and the assimilation of other discursive genres. In this sense, this work has aimed the study of these referred aspects in two novels from authors that belonged to the same period, but in different countries and that used, practically, the same aesthetic resources: Bolor (1999), from the Portuguese writer Augusto Abelaira, published in 1968, and A rainha dos cárceres da Grécia (1979), from the Brazilian writer Osman Lins, published in 1979. Thus, the present study is justified for both of the novels have, in their composition, very similar narrative strategies: explicit intertextuality with universal literature works from different periods, metafictionality and the use of the diary novel form. Other aspects are correlated to these ones...

L'intertexte scientifique dans Espèces fragiles de Paul-Marie Lapointe

Soucy, Lily
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
27.38%
Ce mémoire propose une étude du dernier recueil du poète québécois Paul-Marie Lapointe, intitulé Espèces fragiles, en y détaillant la présence d’un intertexte scientifique et en dégageant les effets de sens liés à la juxtaposition de postures intertextuelles variées. Nous suggérons que l’idée d’une intertextualité dite « externe » jumelée à la notion de la « référencialité » peut aider à comprendre les enjeux d’une intertextualité scientifique en poésie. En regard de la place du sujet et de l’objet dans la poésie de Lapointe, nous montrons que la présence d’un intertexte littéraire est directement liée à l’élaboration de l’intertexte archéologique dans Espèces fragiles. Finalement, nous proposons que les effets de lecture issus des tonalités plurielles du recueil accentuent la critique des logiques économiques contemporaines présentée par Lapointe. Le détournement de l’intertexte scientifique fait ainsi valoir la nécessité d’une mémoire culturelle forte, marquée par la résurgence constante du passé dans un présent en devenir.; The present master’s thesis consists in a study of Quebecois poet Paul-Marie Lapointe’s last collection, Espèces fragiles. This study examines the presence of scientific intertextuality in this work by pointing to the semantic effects produced by the juxtaposition of a variety of intertextual postures. Following an analysis of the theoretical framework in which previous studies in this field are couched...

?This Is Not a Parade, It's a Protest March?: Intertextuality, Citation, and Political Action on the Streets of Bolivia and Argentina

Lazar, Sian
Fonte: Wiley Publicador: Wiley
Tipo: Article; accepted version
EN
Relevância na Pesquisa
27.27%
This is the accepted manuscript of a paper published in American Anthropologist (Lazar, S, American Anthropologist 2015, 117, 242?256, doi:10.1111/aman.12227). The final version is available at http://dx.doi.org/10.1111/aman.12227; Street demonstrations are a common form of political action across Latin America and globally. In this article, I explore some aspects of their symbolic and experiential power, with a focus on ideas of physical and visual intertextuality and their importance in the construction of political agency. I do so through an examination of the symbolic and aesthetic experiential politics of dances, parades, and demonstrations in Bolivia, suggesting that similarities between these practices constitute a kind of citation, which enables each to partake of the symbolic power and resonance of the others. I then investigate the similar political and symbolic work done in Argentine demonstrations by visual (and auditory) intertextuality?but in this case across practices separated by time. I argue that the concept of intertextuality enables an understanding of agency that is not confined to conscious human intentionality and that acknowledges readers as much as actors.; Field research in Argentina was conducted with the assistance of the Eileen and Phyllis Gibbs Travel Fellowship of Newnham College...

Intertextualidade e interdiscursividade em “Na arca: três contos inéditos do Gênesis”, de Machado de Assis; Intertextuality and Interdicursivity in “Na arca: três contos inéditos do Gênesis”, by Machado de Assis

Proença, Paulo Sérgio de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 07/12/2009 POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
A intertextualidade, vertente atual dos estudos machadianos, é significativa para ampliar os vínculos que existem entre Machado e o patrimônio literário a que o autor teve acesso. Há inúmeras recorrências à Bíblia que, por se multiplicarem, não podem ser ignoradas. O prestígio dessa fonte pode ser medido pelo recurso formal empregado em “Na arca”: a estilização. Pretende-se avaliar a função que o uso da Bíblia exerce no conto indicado e, então, hipóteses poderão se aplicar ao conjunto dos escritos de Machado, a partir da percepção de que a Bíblia parece ser uma fonte importante para o seu projeto literário. A Bíblia sugere, também, oportunidade para o aparecimento de mitos, do duplo e de ambiguidades, que Machado enriquece. Serão mencionadas as obras “O espelho” e Esaú e Jacó, além de outras evocadas pelas relações intertextuais. O amparo teórico principal será fornecido pelos conceitos de dialogismo e de polifonia, legado de Bakhtin, interpretados por discípulos do teórico russo, que adotaram os termos intertextualidade e interdiscursividade. Machado de Assis, com inesperados desdobramentos intertextuais e interdiscursivos, mantém instigante diálogo não somente com o legado cultural do Ocidente...

Contaminações constitutivas do espaço urbano: cultura urbana por intermédio da intertextualidade e do entre; Contaminaciones constitutivas del espacio urbano: cultura urbana a través de la intertextualidad y del concepto de" entre"; Constitutive contaminations of the urban space: urban culture through intertextuality and the in-between

Guatelli, Igor
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2008 POR
Relevância na Pesquisa
27.27%
Segundo Perrone-Moisés, professora emérita de literatura francesa da Universidade de São Paulo (USP), entende-se por intertextualidade esse trabalho constante de cada texto com relação aos outros, o imenso e incessante diálogo entre obras que constitui a literatura. Cada obra surge como uma nova voz (ou um novo conjunto de vozes) que fará soar diferentemente as vozes anteriores, arrancando-lhes novas entonações - diálogo infinito/obra inacabada. O conceito de intertextualidade, advindo da literatura, é aplicável também na filosofia, como tem demonstrado Derrida em suas obras. A intertextualidade, o entre textos, um espaço de intermediação entre diferentes vozes, um espaço surgido do diálogo entre diferentes obras, textos, não necessariamente pertencentes a uma mesma época histórica ou ao mesmo gênero, torna-se, para Derrida, um poderoso instrumento à desconstrução do que parece ser dominante e natural. Igualmente, entende-se por entre, um intervalo, um espaço em latência e a-significante, ao mesmo tempo presente e ausente, entre presenças, em trânsite, sempre aberto ao porvir e pronto para ser fecundado, ao se manter apenas como um espaço de intermediação entre o suporte (seja ele uma escritura derridiana ou uma arquitetura infra-estrutural) e o usuário criador. Falando especificamente do espaço urbano...

Reconstrução de Toledo - a intertextualidade como fator de composição no poema “Toledo”, de Murilo Mendes; Rebuilding Toledo: The intertextuality as a composition factor in the poem “Toledo”, by Murilo Mendes

Nahas, Nathália Macri; Universidade de São Paulo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 07/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7917.2013v18n1p84Este artigo analisa o poema “Toledo”, de Murilo Mendes, publicado no livro Tempo Espanhol, de 1959, pelo viés da memória e da experiência a partir da intertextualidade e da realidade. Observa-se no texto poético a relação de Mendes com elementos arquitetônicos da cidade de Toledo, com escritores ligados a ela, como Miguel de Cervantes e Lope de Vega, e com o artista renascentista El Greco. Tal ligação é criada por meio de um diálogo intertextual elaborado pelo poeta brasileiro em uma espécie de construção afetiva de reminiscências e nostalgia. Ao inserir no poema elementos culturais da Espanha, o poeta permite a comunicação entre seu eu-lírico e as outras vozes introduzidas pela referência entre textos. Além do passado, o poeta também constrói relações intertextuais entre o eu-lírico, seu contexto e a influência que a cidade espanhola de Toledo lhe suscita. Desses contatos, surge a imagem de um país em mudanças, em um movimento de tensão entre a história, a cultura – as lembranças – e a necessidade atual de evolução. Surge também o conflito pessoal dessa voz poética, que observa esse conflito entre a nostalgia e a solidão.; This article analyzes the poem “Toledo”...

Hibridismos e intertextualidades no cinema contemporâneo de temática adolescente; Hybridisms and intertextuality in teen-themed contemporany cinema

Montoro, Tania; Universidade de Brasília; Peixoto, Michael; Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Universidade de Brasília – UNB.
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 02/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7976.2012v19n27p258 Este artigo tem como objetivo investigar as relações intertextuais e as experiências híbridas entre meios e estéticas presentes em um conjunto de filmes contemporâneos de cinematografias distintas que privilegiam abordagens sobre o universo adolescente. De um quadro mais amplo de seis filmes, a análise esteve focada no espanhol Verbo (2011, de Eduardo Chapero-Jackson) e no polonês Quarto do Suicídio (2011, de Jan Komasa). A partir da construção da narrativa e da composição visual destes filmes, buscou-se traçar um indicativo de como são desenvolvidos os ritos de passagens dos personagens no âmbito narrativo com base nos usos do dispositivo fílmico em sua concepção híbrida e atravessada por intertextualidades.; This paper aims to investigate the intertextual relationships and the hybrid experiences between means of communication and esthetics present in a number of contemporary films from distinct cinematographic backgrounds whose focus privileges the teen universe. From a broader framwork of six filmes, the analysis was mainly focused on the spanish movie Verbo (2011, Eduardo Chapero-Jackson) and the polish The Suicide Room (2011, Jan Komasa). From the narrative construction and visual composition of these films...

A intertextualidade como fio condutor nos processos de criação e interpretação da Sonatina para violão de José Alberto Kaplan; Intertextuality as a Guideline for Compositional and Interpretaive Processes in the Sonatina for Guitar by José Alberto Kaplan

de Souza, Eugênio Lima
Fonte: Claves Publicador: Claves
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/05/2006 POR
Relevância na Pesquisa
27.27%
. Em virtude de certas peculiaridades na execução violonística da obra, foram concebidos os "Operadores de Execução" como possibilidades técnicas de enfrentar as dificuldades relativas à sua performance. Para se retomar e ampliar o aspecto da intertextualidade como fio condutor deste trabalho, busca-se mostrar, assim, que a interpretação e a audição de uma obra, devido a seu caráter próprio, são, igualmente, processos intertextuais. Palavras-chave: Análise composicional, interpretação musical, intertextualidade.; Abstract: The central object of this article is the application of the "Theory of Intertextuality" in the musical context. The intertextual processes used by the composer José Alberto Kaplan in his Sonatina para Violão (Sonatina for Guitar) are particularly considered. Due to certain peculiarities in the guitar performance in this work the "Operadores de Execução (Execution Operators) have been conceived as technical resolutions to face problems related to its performance. To retake to and extend the intertextuality aspect as the guideline of this study I intend to show that, duc to its own character, the interpretation and the listening of a word are also intertextual processes. Keywords: Music analysis...

Ideology and intertextuality: Intertextual allusions in Judith 16

Nolte,S. Philip; Jordaan,Pierre J.
Fonte: HTS Theological Studies Publicador: HTS Theological Studies
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 EN
Relevância na Pesquisa
27.38%
This article utilised the theory of intertextuality to investigate the way in which religious texts, specifically Judith 16, generate meaning in the act of the production of texts. The groundbreaking work on intertextuality done by Julia Kristeva served as the theoretical point of departure. Kristeva utilised Mikhail Bakhtin's literary theory to develop her own views on intertextuality. According to the theory of intertextuality, all texts are intersections of different texts and are therefore polyvalent. The article argued that the ideology (or ideologies) of author(s) of texts underpin the ways in which other texts are used and alluded to. The purpose of the investigation was to illustrate how intertextual allusions in Judith 16 are used to describe 'God/the Lord' as a God of war and, thereby, to maintain an already existing ideology of war:

Canon, intertextuality and history in Nehemiah 7:72b-10:40

Venter,Pieter M.
Fonte: HTS Theological Studies Publicador: HTS Theological Studies
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 EN
Relevância na Pesquisa
37.56%
The forming of the Hebrew Bible can be depicted as an ongoing movement from traditum to traditio. Several parallel and interactive phenomena contributed to this process. One of these was intertextuality, which played a major role in the process. This article indicates that intertextuality was not restricted to mere quotations or the recycling of existing traditum, but also included dialogue with older genres and existing ideological patterns. Aesthetic and polylogic intertextuality are shown to have been part of this process of inner-biblical exegesis. These two aspects of intertextuality are demonstrated in a discussion of the narrative in Nehemiah 7:72b. Aggadic exegesis linked to aesthetic intertextuality is found in several places in this passage. Polylogic intertextuality can be seen in the use of the Gattungen of Historical Review and Penitential Prayer in Nehemiah 9:1-37. These are linked to a Sitz im Leben during the fifth century BCE when an endeavour was made to find a new identity for the Judaeans.