Página 1 dos resultados de 177 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

PICaP: padrões e personas para expressão da diversidade de usuários no projeto de interação.; PICaP: patterns and personas for users' diversity expression in the interaction project.

Aquino Junior, Plinio Thomaz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.22%
A acomodação da diversidade de perfil de usuários no projeto de interface de sistemas é um problema freqüente nas atividades do projetista da interação homem-computador. Conseqüentemente, o usuário encontra barreiras ao utilizar interfaces que não foram produzidas para o seu perfil. Este trabalho apresenta uma solução, destinada aos projetistas de famílias de sistemas interativos, para a acomodação e expressão da diversidade por meio da criação e uso de padrões de interface em camadas de personas - as PICAPs. Neste conceito, os padrões de interface apóiam o projetista no direcionamento de soluções, pois representam um problema recorrente e uma solução abstrata para o problema, de tal modo que esta solução pode ser aplicada em várias instâncias diferentes do mesmo problema. As personas apóiam a caracterização dos perfis dos usuários que são foco do projeto de interface, possibilitando que o projetista aplique soluções de interface de acordo com o usuário. O conceito foi aplicado no contexto de governo eletrônico, pois tais sistemas devem ser usáveis por todos, em distinção de qualquer natureza, sendo assim um exemplo da necessidade de se considerar a diversidade. Uma pesquisa com 25 projetistas foi feita para avaliação da aplicabilidade do conceito.; Accommodating users' profile diversity in systems interface projects is a frequent problem for the human computer interface designer. Therefore...

Design de interação para TV Digital: convergência das mídias e o Sistema Brasileiro de TV Digital; Digital TV Interaction Design: media convergence and the Brazilian Digital Television System

Schlittler Silva, João Paulo Amaral
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.42%
O Sistema Brasileiro de TV Digital (SBTVD), adotado como padrão de TV Digital no Brasil, traz consigo a alta resolução de imagens, mais canais, a transmissão para receptores móveis e a promessa de interatividade. Concomitantemente à sua implantação, vemos o crescimento da base de usuários do serviço móvel pessoal, assim como um aumento substancial dos usuários de redes sociais e da internet acessando mídias como TV, música, publicações e conteúdo gerado por usuários. As mídias digitais interativas criaram uma demanda pelo design de interfaces facilitadoras da interação entre máquinas, usuários e o acesso, busca e distribuição de conteúdo midiático. Designers gráficos antes dedicados a mídias específicas como a TV, cinema e publicações impressas têm migrado para plataformas digitais, contribuindo para o design de mundos virtuais e a interação homem-computador. Com a convergência da TV Digital com outras mídias, designers de interfaces devem considerar a ubiquidade de dispositivos móveis inteligentes presentes no mesmo ambiente da TV, criando assim uma experiência em que os usuários podem interagir com múltiplas telas e plataformas. É cada vez mais comum celulares e outros aparelhos portáteis estarem conectados à internet...

A interação estudante - tecnologia educacional digital em enfermagem neonatal; The interaction student-digital education technology in neonatal nursing

Castro, Fernanda Salim Ferreira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/07/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.19%
É crescente o investimento de educadores em enfermagem em pesquisa e produção de objetos digitais de qualidade porque consideram que esta tecnologia oferece um futuro promissor para o processo ensino-aprendizagem. A interação homem-computador acontece através da interface, que deve ser amigável. Sabendo da importância dessa interação sentimo-nos instigadas em avaliar a interface de uma tecnologia educacional digital, junto ao usuário. Objetivo: Avaliar a interface da tecnologia educacional digital Cuidando do ambiente sensorial na unidade neonatal: ruído, luminosidade e manipulação com base em critérios ergonômicos, junto a graduandos em Enfermagem. Trata-se de um estudo descritivo, relacionado à avaliação de uma tecnologia educacional digital sobre o ambiente neonatal. Nesta avaliação, foram utilizados os critérios do Ergolist (2008), um instrumento tipo Likert online na própria tecnologia educacional e em ambiente virtual de aprendizagem como ferramenta para avaliação em que foram levantados problemas e qualidades da interface. Para a avaliação da interface, foram convidados a participar alunos de graduação da EERP-USP que cursaram as disciplinas que oferecem conteúdos de enfermagem neonatal. A descrição dos dados relativos à caracterização dos sujeitos e a avaliação de interface se apresentaram mediante uso de estatística descritiva e foram utilizadas tabelas de frequência para os dados quantitativos. Todos os itens foram avaliados positivamente por mais de 70% dos 58 estudantes participantes do estudo. Assim...

Concepção e desenvolvimento de uma interface gráfica para interação tridimensional

Santos, Sérgio Leandro dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.34%
Este trabalho tem por objetivo desenvolver um protótipo de uma interface gráfica para interação tridimensional que permita a manipulação de objetos e a navegação tridimensional com desempenho gráfico adequado às necessidades dos usuários de aplicativos 3D. A construção do protótipo utiliza o ambiente Delphi e é aplicada na plataforma de desenvolvimento T-CADE, visando à melhoria da usabilidade deste aplicativo a partir da melhoria do desempenho gráfico e da interatividade. Para a concepção do trabalho são investigados os conceitos de interação homem-computador, engenharia de usabilidade, engenharia de software, metodologia de projeto, computação gráfica, interação 3D e bibliotecas gráficas. Novas classes gráficas baseadas em programação orientada a objetos são implementadas, bem como algoritmos para resolver o problema de seleção de objetos e reconhecimento do ponto tridimensional da seleção sobre a superfície selecionada. Além disto, são desenvolvidas ferramentas gráficas, para facilitar o movimento de câmera e o controle de visualização da cena, e técnicas de manipulação de objeto mais interativas e diretas. São mostrados os novos modos de visualização possíveis com a criação da nova interface e as diversas intervenções no sentido de melhorar a usabilidade do software. A criação das novas ferramentas baseia-se nos critérios básicos de usabilidade. O protótipo da nova interface mostra ótimos resultados com relação ao desempenho gráfico apresentando grande melhoria na facilidade e qualidade da interação tridimensional.; The objective of this work is to develop a prototype of a graphic interface for tridimentional interaction that allows the object manipulation and tridimentional navigation with adequate graphic performance to the needs of users of 3D software. The construction of the prototype was done using the Delphi environment aplied to the T-CADE Development Plataform ainming the improvement of usability of this software through the improvement of graphic performance and interativity. In order to do this work the concepts of human-computer interaction...

Um modelo baseado em princípios de usabilidade para aplicação em interfaces de usuário para a interação humano-computador

Pechansky, Rubem
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.32%
A maturidade da área de Interação Humano-Computador (IHC) pode ser atestada pela grande quantidade de conjuntos formados por regras, diretrizes e normas (aqui designados como diretivas) que têm sido formulados por dezenas de autores como guias para o estudo, criação e melhoria de interfaces de usuário. No entanto, esses conjuntos apresentam diferenças significativas entre si: muitas dessas diretivas, incluindo algumas já consagradas no universo da IHC, não pertencem ao mesmo nível de abstração nem formam um conjunto homogêneo de enunciados. Essa falta de unidade, aliada à acelerada evolução das tecnologias digitais, tem contribuído para manter essas diretivas (e a própria disciplina de IHC, segundo alguns) em um estado constante de fragmentação e permanente modificação. Mesmo assim, podem ser encontrados princípios — ou leis essenciais, universais e imutáveis — que são subjacentes às diretivas e que podem delas ser extraídos através de uma metodologia adequada. Para contribuir com esse processo, a presente pesquisa apresenta uma revisão dos critérios utilizados para a compilação de conjuntos de diretivas de usabilidade, além de um método de três etapas para a redução progressiva de um número significativo de diretivas a uma lista simples de princípios de usabilidade. Os resultados deste trabalho incluem um modelo metodológico e um conjunto de sete princípios que podem ser utilizados para a pesquisa a e prática da Interação Humano-Computador.; The maturity of the Human-Computer Interaction (HCI) field can be attested by the large number of existing sets of rules...

Metricas objetivas para consistencia de interface : explorando a relação entre interação humano-computador e engenharia de software

Luciano Krob Meneghetti
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/07/1998 PT
Relevância na Pesquisa
66.32%
Avaliar a interface de um software, antes de entregá-Io ao usuário final, é muito importante. O uso de ferramentas CASE construtoras de interface para auxílio ao designer de interface não é condição suficiente para garantir uma interface consistente. Essas ferramentas, no máximo, conseguem garantir a disponibilização de widgets através de uma toolkit pré-definida. Em outras palavras, incorporam somente conceitos da Engenharia de Software (ES), ignorando conceitos de Interação Humano-Computador (IHC). Como esses conceitos de IHC não são incorporados na fase de desenvolvimento da interface, através de ferramentas CASE construtoras de interface, essa dissertação pretende disponibilizá-Ios para que sejam incorporados em ferramentas CASE para avaliação de interface, oferecendo uma base de métricas. Mais especificamente, o objetivo dessa dissertação é explorar a relação entre as grandes áreas de ES e IHC, através da geração de uma base de métricas objetivas, cuja meta é favorecer (não necessariamente garantir) a usabilidade do produto final que chegará às mãos do usuário. Palavras-Chave: Engenharia de Software, Interação Humano-Computador, ferramentas CASE, interface, métricas. ...Observação: O resumo...

Design da interação em ambientes virtuais : uma abordagem semiótica

Osvaldo Luiz de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/05/2000 PT
Relevância na Pesquisa
56.3%
Ambientes virtuais. algumas vezes também denominados sistemas de realidade virtual, são ambientes computacionais que incorporam um certo estilo de interação Humano-Computador no qual os signos aos quais o ser humano é exposto são gerados pelo computador de maneira relativa ao "ponto de vista" de um participante individual. Dirigidos inicialmente a aplicações científicas e a simuladores de alto custo, hoje os ambientes virtuais são amplamente empregados em áreas tais como arquitetura, medicina, entretenimento, treinamento, educação, psicoterapia, visualização, modelagem digital de manufatmas, comunicação e até mesmo em arte graças basicamente à confluência de três fatores: a queda no custo dos recursos computacionais, o aumento de performance dos processadores e o desenvolvimento de algoritmos eficientes e robustos para computação gráfica e sonora. A pesquisa sobre ambientes virtuais conduzida até agora tem se fixado na melhoria da performance e da qualidade de resposta dos ambientes virtuais. A preocupação com o design da interação do ser humano em ambientes virtuais de forma abrangente é relativamente recente. Tendo como pano de fundo a Semiótica de Peirc, esta tese trata do design da interação do ser humano em ambientes virtuais propondo o entendimento destes ambientes e do próprio design como signo. Nós objetivamos primariamente o desenvolvimento de um modelo conceitual para interação em ambientes virtuais. o estabelecimento de princípios que governam esta interação e a criação de um método para design destes ambientes. Secundariamente. nós analisamos o potencial que o modelo conceitual proposto tem para ser aplicado a outras classes de software e como os princípios de design propostos podem ser utilizados num quadro de inferência lógica de questões remetidas a ambientes virtuais. Um protótipo de ambiente virtual que permite a crianças o desenvolvimento e a atuação em peças de teatro é desenvolvido para ilustrar os conceitos discutidos e para exemplificar na prática a aplicação destes conceitos; Virtual environments...

A identificação dos objetos de interfaces homem-computador e de seus atributos ergonomicos

Cybis, Walter de Abreu
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xi, 151f.| il
POR
Relevância na Pesquisa
66.47%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnologico; Esta monografia apresenta um modelo de objetos de interação abstratos ergonômicos - OIAe -, componentes lógicos de uma arquitetura para a geração automática de interfaces homem-computador ergonômicas. Eles favorecem a aplicação do raciocínio baseado em regras ergonômicas no processo de concepção e de avaliação destas interfaces, pois são identificadas no universo abstrato das recomendações ergonômicas. Assim, a correspondência entre estes objetos e seus atributos com as regras ergonômicas torna-se efetiva. Ao contrário dos objetos de interação convencionais, que estão voltados para a lógica de funcionamento dos sistemas, os OIAe representam componentes voltados para a lógica de utilização das interfaces com o usuário. Em consequência, eles têm sua concepção teórica baseada no entendimento de um sistema interativo como uma ferramenta simbólica, cujos sinais são manipulados pelos usuários para modificar o estado de outros sinais. Sinais computacionais, os OIAe são implementados como agentes interativos PAC, cujas dimensões são renomeadas; Conteúdo, Controle e Expressão. A tipologia proposta organiza as classes de sinais deste modelo segundo os enfoques funcional...

Software como interpretação

Faust, Richard
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 60f.| il
POR
Relevância na Pesquisa
56.46%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnologico; Abordagens ergônomicas ao desenvolvimento de software vêm tentando incorporar savoir-faire ergonômico nos métodos da ciência da computação, a fim de projetar uma melhor interação homem-computador. Estas tentativas são geralmente baseadas em conhecimento de psicologia cognitiva ou relacionado a análise da tarefa. Estudos recentes do fenômeno software de uma perspectiva semiótica lançaram uma nova luz neste assunto. O aspecto comunicacional do software, seja em construção ou durante o uso, pode se beneficiar de uma perspectiva semiótica que auxilia na explicação e predição do funcionamento da comunicação. Este trabalho descreve uma abordagem de embasamento semiótico. Ela consiste da elicitação e organização de conhecimento sobre a linguagem profissional do usuário para uso no levantamento dos requisitos do software e no projeto da interface. Desta maneira os dois aspectos relacionados à interação homem-computador são tratados: utilidade (requisitos do software) e usabilidade (interação homem-computador). Uma estratégia de desenvolvimento de software é proposta, acoplada a um já existente método de desenvolvimento de software orientado a objetos. Dois estudos de casos ilustrativos (uma banca de revistas e uma escola de idiomas) são descritos...

Modelagem do conhecimento ergonômico para avaliação da usabilidade de objetos de interação

Nascimento Junior, Wellington Barbosa do
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xi, 97 f.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
56.33%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Egenharia de Produção.; A avaliação de interface com usuário é uma importante área de pesquisa para a Engenharia de Usabilidade. Uma ferramenta automática de avaliação da usabilidade que possa ajudar os avaliadores em suas intervenções, motivou a elaboração e descrição de uma proposta de arquitetura de um sistema automático para avaliação de interface homem-computador. Essa dissertação apresenta a proposta de arquitetura do Sistema Revisor Ergonômico, sistema para avaliação automática de usabilidade. A proposta adota a tecnologia de sistemas inteligentes, unindo Sistemas Especialistas e Reconhecimento de Padrões. Os principais resultados do trabalho são: a modelagem dos conhecimentos ergonômicos sobre os objetos de interação com o usuário e uma descrição estruturada das classes de objetos de interface com uma perspectiva de avaliação da usabilidade. Esses resultados serviram para aumentar a base de conhecimentos ergonômicos do LabIUtil e para revisar o modelo de componentes de interface homem-computador.

Interface multimodal de interação humano-computador em sistema de recuperação de informação baseado em voz e texto em português

Santos, Marcelo Alves dos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.43%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2013.; Com o advento tecnológico, as Interfaces de Interação Humano-Computador apresentam um modelo diferente do tradicional e tendem, cada vez mais, a se tornarem multimodais. Essa diferença consiste na integração da informática às ações e aos comportamentos naturais do dia-a-dia, como a fala, a visão, gestos e a audição, para operar um computador e na superação da necessidade do uso de equipamentos convencionais, como teclado e mouse, utilizados no modelo tradicional. Nesse novo modelo, o foco passa a ser a tarefa a ser executada e não mais os computadores. Logo, tem-se como proposta verificar os possíveis benefícios provenientes do uso da Interação Humano- Computador Multimodal (IHCM) em uma interface computacional baseada em voz artificial - voz gerada por computador - associada a um mecanismo de recuperação da informação em que se busca a melhoria do diálogo entre o homem e a máquina nas operações de troca de informação. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT; Since the advent of technology...

O uso de mapas conceituais na disciplina interação humano-computador; The use of concept maps in human-computer interaction subject

Sales, André Barros de; Coelho, Lucas Douglas Nóbrega; Sales, Márcia Barros de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.16%
Este artigo apresenta um relato de experiência que descreve a busca por uma abordagem para melhorar o processo de ensino-aprendizagem utilizando os mapas conceituais na disciplina de Interação Humano-Computador do curso de Engenharia de Software da Universidade de Brasília. Participaram deste estudo 16 alunos dessa disciplina. Esses alunos responderam a um questionário sobre o uso dos mapas conceituais em sala de aula. Este trabalho apresenta os resultados dessa avaliação. Observou-se que os alunos avaliaram o uso dos mapas conceituais como um potencial recurso didático. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This article presents an experience report describing the search for an approach to improve the teaching-learning process using concept maps in Human-Computer Interaction subject at the University of Brasilia.Sixteen Software Engineering Course students joined this study. These students answered a questionnaire on the use of concept maps in the classroom. This paper presents the results of such evaluation. It was observed that the students evaluated the use of concept maps as a potential teaching resource.

Interfaces entre a ciência da informação e a ciência cognitiva

Lima,Gercina Ângela Borém
Fonte: IBICT Publicador: IBICT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2003 PT
Relevância na Pesquisa
66.22%
Estudo panorâmico sobre aspectos da ciência da informação (CI) e da ciência cognitiva (CC), apontando recentes contribuições em quatro de suas possíveis interseções: categorização, indexação, recuperação da informação (RI) e interação homem-computador.

A usabilidade nos estudos de uso da informação: em cena usuários e sistemas interativos de informação

Costa,Luciana Ferreira da; Ramalho,Francisca Arruda
Fonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG Publicador: Escola de Ciência da Informação da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.22%
Descreve os sistemas interativos de informação pela interface com os usuários da informação, sob a perspectiva da interação homem-computador. Apresenta as origens dos estudos de uso da informação a partir das referências da Ciência da Informação e da Ciência da Computação, expondo as contribuições prático-epistemológicas desses estudos, enfocando a usabilidade. Conclui com a ratificação da necessidade do diálogo interdisciplinar entre esses estudos diante do uso de produtos de tecnologia da informação na sociedade e cultura contemporâneas, apontando campos de interseção.

Avaliação do uso de uma interface homem-computador baseada em eletromiografia em indivíduos com e sem alterações neuro-motoras de membros superiores

Prado, Reuder Pereira
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.17%
Recentemente nosso grupo de pesquisa desenvolveu uma interface homem-computador, denominada Muscle Academy, baseada na atividade elétrica detectada a partir da superfície de músculos (eletromiografia – EMG). Neste estudo foram avaliados 40 indivíduos, sendo 30 indivíduos sem disfunções em membros superiores e 10 indivíduos com disfunções em membros superiores, visando avaliar o uso do Muscle Academy em diferentes situações. Os 30 indivíduos sem disfunções em membros superiores foram divididos em 3 grupos de 10 pessoas cara, que realizaram o protocolo experimental utilizando diferentes distâncias entre os botões a serem clicados (GI com distância de 4 cm; GII com distância de 7,5 cm e GIII com distância de 15 cm) e o grupo indivíduos com disfunções em membros superiores realizou a pesquisa com distância de 15 cm entre os botões a serem clicados. Os resultados mostraram que houve diferença significativamente estatística entre o tempo (ms) médio gastos para ir de um botão para o próximo e clicar os grupos experimentais, principalmente quando comparados os grupos sem disfunções em membros superiores e com disfunções em membros superiores, ambos com mesma distância entre botões, porém, a evolução dos fatores de aprendizagem de todos os indivíduos foi semelhante...

Análise da integração da recuperação da informação, information search behaviour e interação humano-computador para avaliação de sistemas de recuperação da informação

GOMES,Gracielle Mendonça Rodrigues; CENDÓN,Beatriz Valadares
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2015 PT
Relevância na Pesquisa
76.22%
Mesmo diante de várias mudanças para aperfeiçoar os sistemas de recuperação de informação, o último desafio da pesquisa na área ainda é proporcionar sistemas que sejam capazes de recuperar as informações relevantes disponíveis para melhor satisfazer a necessidade do usuário. Recentemente, no desenvolvimento de sistemas de recuperação da informação têm sido privilegiadas abordagens que considerem os aspectos humanos em recuperação da informação. Este artigo apresenta as áreas de Recuperação da Informação, Information Search Behavioure Interação Humano-Computador, e discute a importância da sinergia entre elas para a avaliação e o desenvolvimento de sistemas altamente interativos. Além disso, evidencia que a interseção entre estas áreas formou uma especialidade de pesquisa denominada de Recuperação da Informação Interativa que tem como objetivo capacitar as pessoas a entender e a solucionar suas necessidades de informação através das interações com os sistemas.

Construção de interfaces homem-computador : o uso de estadogramas na especificação e implementação de controle de interface

Fabio Nogueira de Lucena
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/03/1993 PT
Relevância na Pesquisa
66.34%
Existem várias técnicas para especificação e implementação do controle de interfaces homem-computador, i.e., técnicas para descrição e implementação da sintaxe permitida das ações do usuário, das reações do computador e como o diálogo (entre homem e computador) evolui ao longo do tempo. As técnicas, contudo, ainda apresentam inconvenientes. Este trabalho concentra-se na representação e implementação desta sintaxe. Estadogramas (statechart, neologismo já usado em outros trabalhos) apresentam indícios de serem adequados para descreverem este comportamento. São diagramas que estendem os diagramas de transição de estados convencionais e eliminam inconvenientes dos últimos. O uso dos Estadogramas no desenvolvimento de uma interface real permitiu identificar mudanças que tornam estes diagramas mais apropriados para este emprego específico. O uso mostrou que Estadogramas precisam de recursos para tratamento da apresentação de uma interface e de outras adaptações sugeridas. A observação do código gerado por uma ferramenta, que implementa Estadogramas, ainda permitiu identificar elementos desejáveis quanto a estrutura do código a ser produzida; A variety of techniques exists for the specification and the implementation of human-computer interface control...

Uma avaliação comparativa de interfaces homem-computador em programas de geometria dinâmica

Rodrigues, Daniel Wyllie Lacerda
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ii, 133 f.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.17%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; A Geometria Dinâmica é uma poderosa ferramenta para o aprendizado de uma série de disciplinas gráficas e matemáticas. A partir da construção de modelos geométricos precisos e interativos, os usuários podem usufruir de uma variedade de aplicações, das quais destacam-se: a visualização de lugares geométricos, a descoberta de relações entre elementos e a obtenção de provas experimentais de teoremas para cada modelo criado. Vários programas contendo essas características surgiram na década passada e vêm evoluindo desde então. A trinca Cabri Géomètre, The Geometer's Sketchpad e Cinderella revelou ser composta pelos mais significativos. Neste trabalho busca-se comparar as diferenças entre as abordagens de IHC (interface homem-computador) adotadas por cada um dos três programas citados. Para fundamentar este estudo, primeiramente são abordados os conhecimentos provenientes das áreas da ergonomia e do design de interfaces. Posteriormente, com base nos fundamentos e nas aplicações da geometria dinâmica, assim como nas discussões travadas pelos projetistas destes aplicativos...

Interação controlada por gestos em ambientes 3D distribuídos

Carvalho, Paula Margarida Constantino Dias de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.37%
O ser humano naturalmente comunica através de gestos, expressões, palavras e movimentos que permitem descobrir o ambiente envolvente e manipular os objetos. A investigação e o desenvolvimento de novos dispositivos tecnológicos, como os sensores de movimento, permitem que atualmente se consiga adaptar cada vez mais os sistemas de forma a facilitar a interação entre o humano e o computador. As recentes pesquisas na área da interação humano-computador promoveram o desenvolvimento de interfaces naturais, que proporcionam formas mais intuitivas de interagir com aplicações multimédia interativas. De forma a tornar a interação com o computador mais natural é possível detetar os movimentos do utilizador através de um sensor de movimento e controlar os avatares através dos gestos. As interfaces 3D permitem ao utilizador ter um sentido de presença no ambiente e, com recurso a um conjunto de tecnologias atualmente disponíveis, é possível desenvolver um sistema de controlo de um avatar num ambiente virtual 3D. Do ponto de vista prático, esta investigação propõe um estudo de natureza exploratória, tendo como base a recolha bibliográfica nas áreas da interação humano-computador, interação natural, interfaces 3D...

Influência do design emocional na interação homem/computador | The influence of emotional design in interaction between humans and the computer

Hack, Josias Ricardo; Universidade Federal de Santa Catarina; dos Santos, Juliano Alves; Universidade do Oeste de Santa Catarina
Fonte: Ibict Publicador: Ibict
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa Empírica.; Formato: application/pdf
Publicado em 29/09/2010 POR
Relevância na Pesquisa
86.41%
Resumo O artigo busca identificar como as interfaces digitais despertam cognitivamente sentimentos negativos ou positivos e como isso afeta na resolução dos problemas propostos. Para executar e verificar os objetivos foram desenvolvidas duas interfaces: uma sem foco no usuário ou estética visual e a outra preocupada com uma experiência mais satisfatória ao usuário. As interfaces foram submetidas a testes. Os resultados apontam que o design emocional pode influenciar na experiência de um indivíduo em uma interação homem/computador, pois se cognitivamente algum elemento despertar sensações negativas a resolução das tarefas pode ser comprometida.Palavras chave design emocional; cognição; comunicação; interação homem-computador; interfaces digitais Abstract This article discusses the influence of emotional design in interaction between humans and the computer. To implement and verify the theory it was developed two digital interfaces: one of them does not have the user nor visual elements as its focus and the second digital interface is focused on providing a great user experience. Both interfaces have been tested by users. The results of this study claim that emotional design can influence the experience of human/computer interaction.Keywords emotional design; cognition; communication; interaction human computer; digital interface