Página 1 dos resultados de 31 itens digitais encontrados em 0.073 segundos

O marketing relacional e a fidelização de clientes

Rodrigues, Tânia Andreia Cardoso
Fonte: Instituto Politécnico de Leiria Publicador: Instituto Politécnico de Leiria
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 13/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
55.66%
Dissertação de Mestrado em Marketing Relacional apresentada à ESTG - Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Leiria.; Este trabalho apresenta as diversas atividades desenvolvidas no decorrer do estágio curricular, assim como, uma análise critica das mesmas e sugestões de melhoria. As empresas dependem cada vez mais de uma abordagem de marketing relacional para atingirem os seus objetivos de vendas e de lucro. Deste modo, é de especial interesse para as empresas o desenvolvimento de estratégias de marketing relacional que permitam identificar e reter os melhores clientes. Uma base de clientes fiéis é indiscutivelmente um dos ativos mais valiosos das empresas. Esta foi também a realidade constatada em contexto empresarial e uma das questões de interesse da empresa onde foi desenvolvido o estágio curricular. Numa perspetiva teórica, este trabalho analisa a importância do marketing relacional e da fidelização de clientes para a criação e manutenção de uma relação de longo prazo mutuamente benéfica para a empresa e para os seus clientes. O conceito de fidelidade do cliente ocupa um lugar de in-marketing central. A lealdade do cliente, tal como um campo de pesquisa, continua a ter um interesse primordial na comunidade académica. Atualmente...

Interação universidade-empresa: a produtividade científica dos inventores da Universidade de São Paulo; University-Industry interaction: scientific productivity from inventors from University of São Paulo

Hyodo, Tatiana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
45.75%
O presente estudo tem por objetivo investigar o contexto de geração de patentes, obtidas em processos de cooperação entre universidade-empresa, visando identificar eventuais impactos da pesquisa tecnológica na produção científica dos inventores da Universidade de São Paulo (USP). Parte do pressuposto que a análise das inovações patenteadas, no âmbito das atividades de cooperação universidade-empresa (U-E), pode fornecer indícios sobre a emergência de um novo modelo de inovação e identificar impactos paralelos da produção tecnológica na produção científica abrindo caminhos para a identificação de novos critérios para avaliação dos impactos da relação produção científica-produção tecnológica. Caracteriza-se como pesquisa exploratória, de abordagem qualitativa, onde duas categorias principais de dados foram coletados: dados sobre a tecnologia reivindicada e dados sobre os autores/inventores, por meio de consulta aos arquivos da Agência USP de Inovação, através do banco de patentes do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e do banco de dados de currículos da Plataforma Lattes, mantida pelo Conselho Nacional de Pesquisas (CNPq). Foram identificados 36 pedidos de depósito de patente USP em co-titularidade com empresa...

Experiências de interação do Instituto de Biotecnologia da Universidade de Caxias do Sul com a comunidade

Soares, Lodonha Maria Portela Coimbra
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.87%
Este estudo tem a finalidade de analisar experiências de interação Universidade – Empresa, em projetos do Instituto de Biotecnologia - ( IB ) da Universidade de Caxias do Sul – ( UCS ), a qual, como Instituição produtora e disseminadora de conhecimentos, busca atuar ativamente na transformação tecnológica da Região Nordeste do Estado do RS. Procura-se analisar as experiências de interação entre os pesquisadores da área de biotecnologia da UCS, as empresas do setor produtivo e a comunidade, identificando possíveis mecanismos e problemas. O IB foi criado para que, através dos resultados de suas pesquisas, possa contribuir efetivamente com os anseios da Comunidade a qual está inserida. Este estudo se constitui na análise de múltiplos casos de interação em oito projetos desenvolvidos no IB. Os dados foram coletados através de entrevistas com os coordenadores dos projetos no IB e com os responsáveis pela interação nas organizações parceiras, num total de 16 entrevistas.O estudo evidencia que as interações ocorrem a partir de contatos informais, baseadas na amizade entre os parceiros e oriundas, principalmente, do esforço do pesquisador. Os entrevistados acentuam a necessidade de uso de mecanismos formais de interação para agilizar e viabilizar projetos conjuntos do IB com empresas do setor produtivo e a comunidade...

Análise da interação UnB-Petrobras : o caso do Instituto de Geociências da Universidade de Brasília

Calderan, Letícia Lopes
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
75.9%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2012.; O presente estudo avaliou a interação universidade empresa (U-E), a partir da experiência de parceria estabelecida entre a Universidade de Brasília, por intermédio do Instituto de Geociências, e a Petrobras. A pesquisa foi analisada teoricamente segundo a abordagem da Hélice Tripla, proposta por Henry Etzkovitz e Loet Leydesdorff (1990), ao considerar que o desenvolvimento científico e tecnológico, em uma economia baseada no conhecimento, é viabilizado pela interação entre governo, universidade e empresa. Do ponto de vista metodológico, realizou-se um estudo de caso com o intuito de verificar o retorno dessa interação, na perspectiva da universidade, a partir de nove projetos, de infraestrutura e de P&D, desenvolvidos entre a UnB e a Petrobras, no período de 2004 a 2010. Os dados necessários à realização da pesquisa foram obtidos mediante pesquisa documental, entrevista exploratória e aplicação de formulário, por meio de entrevistas individuais...

Navegar à vista:condições retóricas na construção de artefactos tecnológicos

Mendonça, Pedro Filipe Xavier, 1978-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
55.56%
Tese de doutoramento, Ciências Sociais (Sociologia Geral), Universidade de Lisboa, Instituto de Ciências Sociais, 2012; As tecnologias móveis ocupam um novo espaço na sociedade e nos usos, disponibilizando aos indivíduos a concentração de um grande número de funcionalidades. Com o tempo, estas multiplicam-se e tornam-se mais sofisticadas. Nesta pesquisa temos como objetivo principal abordar esta dinâmica partindo da intuição de que a influência de um quadro retórico tem um papel muito importante neste fenómeno. Por “quadro retórico” entendemos os conhecimentos e práticas de persuasão nos quais, numa empresa, o marketing e a publicidade são especialistas. Estudamos um caso que surge como ideal-tipo mais puro de uma hipotética influência deste âmbito na criação de tecnologias móveis - uma firma portuguesa de sistemas de navegação que nasce da iniciativa de um professor de marketing. Com este estudo procuramos aceder aos caracteres mais intensos das condições retóricas presentes na criação de artefactos tecnológicos, permitindo-nos elaborar um modelo conceptual que julgamos apto a compreender certo desenvolvimento tecnológico contemporâneo. Este objetivo principal conduz-nos a outros questionamentos. Em sequência da atenção à ação retórica na construção de funcionalidades...

Interação universidade-empresa no Brasil: evidências do Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq

Rapini,Márcia Siqueira
Fonte: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE Publicador: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
85.83%
O presente trabalho investiga a interação universidade-empresa no Brasil por meio de informações disponíveis no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq coletadas no Censo 2002. Apesar dos problemas inerentes à base de dados, estas informações fornecem um panorama recente da interação entre universidades e empresas no País. Os resultados encontrados apontam que as relações de colaboração são concentradas em termos de áreas do conhecimento dos grupos de pesquisa, instituições às quais os grupos estão vinculados e setor de atividade das empresas. As interações mais freqüentes entre os agentes foram as atividades de Engenharia não-rotineira, de Consultoria Técnica e Treinamento de pessoal. À medida que estes resultados forem ao encontro das especificidades do Sistema Nacional de Inovação presente no País, incentivos podem ser dados com vistas a aumentar a transferência do conhecimento acadêmico para as empresas.

Efeitos da qualidade da pesquisa acadêmica sobre a distância geográfica das interações universidade-empresa

Garcia,Renato; Araujo,Veneziano de Castro; Mascarini,Suelene; Santos,Emerson Gomes
Fonte: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE Publicador: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
75.81%
É crescente o interesse sobre a importância da interação universidade-empresa e como essas relações se conformam no espaço geográfico. Nesse contexto, este trabalho tem o objetivo de examinar os fatores que influenciam a distância geográfica das interações universidade-empresa, com especial atenção para a qualidade da pesquisa acadêmica, além de outros fatores, como os esforços locais de P&D e as características da estrutura produtiva da região. Para isso, foi estimado um modelo empírico que utiliza os dados das interações dos grupos de pesquisa acadêmicos do Diretório dos Grupos de Pesquisa da base Lattes do CNPq. Os resultados mostram que a qualidade da pesquisa acadêmica é positivamente correlacionada com a distância geográfica, o que indica que os grupos de pesquisa com mais elevado desempenho acadêmico tendem a interagir com empresas mais distantes. Porém, não se deve negligenciar a importância das universidades de desempenho acadêmico mais modesto, uma vez que elas são capazes de atender as demandas das empresas locais e colaborar com seus esforços inovativos.

O Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq e a interação universidade-empresa no Brasil: uma proposta metodológica de investigação

Rapini,Márcia Siqueira
Fonte: Instituto de Economa da Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Instituto de Economa da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
85.79%
O presente trabalho tem como objetivo apresentar uma proposta metodológica para mapear e investigar a interação entre universidades e empresas no Brasil, a partir das informações disponíveis no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq. Para isso, os grupos de pesquisa vinculados às universidades, cujos líderes declararam algum relacionamento com o setor produtivo, são utilizados como proxy da atividade interativa das universidades com empresas. Dentro desse propósito são apresentadas algumas das informações disponíveis no diretório do CNPq que permitem investigações em distintos níveis de agregação, bem como o cruzamento com outras fontes de dados. Pretende-se, com esse exercício, apresentar as potencialidades dessa base de dados, ainda pouco explorada, como ferramenta alternativa para a compreensão das interações entre universidades e empresas no Sistema Nacional de Inovação Brasileiro e, conseqüentemente, como instrumento de auxílio na proposição de políticas de C&T para o Brasil.

INTERAÇÕES UNIVERSIDADE-EMPRESA E A INFLUÊNCIA DAS CARACTERÍSTICAS DOS GRUPOS DE PESQUISA ACADÊMICOS

Garcia,Renato; Araújo,Veneziano; Mascarini,Suelene; Santos,Emerson Gomes dos; Costa,Ariana Ribeiro
Fonte: Instituto de Economa da Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Instituto de Economa da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
75.76%
As interações universidade-empresa vêm ganhando papel de destaque nas investigações na área dos estudos da inovação, uma vez que a universidade pode ser uma importante fonte de informações para os esforços inovativos das empresas. Com base nesse contexto, este artigo tem como objetivo avaliar como as características dos grupos acadêmicos de pesquisa influenciam suas interações com as empresas. A partir dos dados de um survey com os grupos de pesquisa no Brasil, foi estimado um modelo empírico que avalia como as características dos grupos de pesquisa impactam suas interações com empresas. Os principais resultados mostram que grupos de pesquisa com melhor desempenho acadêmico, de maior tamanho e que estão ligados departamentos universitários maiores, possuem maior número de interações. Ainda, grupos de pesquisa das áreas de Engenharia e Ciências Agrárias interagem mais com empresas. Assim, este trabalho tem como principal contribuição auxiliar a melhor compreensão dos fatores que conformam as interações universidade-empresa no Brasil e como as características dos grupos de pesquisa influenciam a interação.

O estudo das unidades de paisagem do bioma Pantanal

Pereira,Gabriel; Chávez,Eduardo Salinas; Silva,Maria Elisa Siqueira
Fonte: Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas Publicador: Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
55.6%
A observação geoecológica da paisagem permite a análise da fragmentação dos geossistemas em pequenas áreas ou mesmo um diagnóstico de um determinado ambiente ou bioma. Esta abordagem geossistêmica permite alcançar um nível superior de integração dos elementos que compõe o meio, abrangendo a análise da interação e interdependência dos elementos ambientais e sociais. O presente estudo teve como objetivo principal elaborar um mapa de unidades de paisagem e um modelo de ocupação e uso para o Bioma Pantanal, utilizando os dados provenientes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) correspondentes às informações de unidades morfométricas de relevo, geologia, solos e potencial agrícola; o mapa de uso e cobertura da terra desenvolvido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) e os mapas de áreas alagadas do bioma Pantanal e de variabilidade espacial das inundações. A partir do cruzamento entre as variáveis altimetria, declividade, mapa de variabilidade espacial e geologia, foram identificadas 16 unidades de paisagem. Ainda, a análise da vulnerabilidade ambiental das unidades de paisagem do Bioma Pantanal aos diferentes tipos de fitofisionomias, unidades morfométricas e solos mostrou que grande parte do Pantanal apresenta uma média fragilidade ambiental...

Lirbório, Lúcia Ferreira. Interação instituto de pesquisa – empresas: contribuições da Embrapa Semiárido para o desenvolvimento da fruticultura irrigada no Vale do Submédio São Francisco

Lirbório, Lúcia Ferreira; Fernandes, Ana Cristina de Almeida (Orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
145.89%
A interação é apontada como fator chave para a inovação tecnológica e os institutos de pesquisa pública tem importante papel a desempenhar, especialmente nos países em desenvolvimento onde o Sistema Nacional de Inovação (SNI) é considerado “imaturo”. Diante disso decidiu-se por fazer um estudo de caso sobre as interações existentes entre o Centro de Pesquisa Agropecuária do Trópico Semiárido (CPATSA), a Embrapa Semiárido e as empresas do setor de fruticultura irrigada no Vale do Submédio São Francisco. A Embrapa é apontada por autores como Fernandes; Silva e Souza, (2009), Mazzoleni e Nelson. (2005), Suzigan e Albuquerque (2008), como um dos exemplos bem sucedidos de organizações nacionais que articulou esforços entre os diferentes atores que compõem o SNI. Contribuiu, assim, para o desenvolvimento de uma área estratégica para a economia brasileira (a agropecuária), sendo, de acordo com o Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq (DGP/CNPq), o instituto de pesquisa que mais declarou relacionar-se com o setor produtivo no Nordeste e no Brasil, superado apenas pelas universidades. Para realização da pesquisa foi feita ampla revisão da literatura sobre as categorias de análises consideradas relevantes para o desenvolvimento da dissertação como: inovação; interação universidade /instituto de pesquisa – empresas e Sistema Nacional de Pesquisa Agropecuária no Brasil. Foram elaboradas ainda entrevistas semi-estruturadas aplicadas com pesquisadores da Embrapa Semiárido e representantes do setor produtivo. Após a constatação da importância das contribuições desse instituto...

Interação Universidade-Empresa: o caso do setor sucroalcooleiro de Pernambuco

Spíndola,Fagner Diego; Lima,João Policarpo Rodrigues; Fernandes,Ana Cristina
Fonte: Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas Publicador: Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
55.65%
O trabalho apresenta um panorama atual da inovação no setor sucroalcooleiro pernambucano, cujo objetivo foi melhor entender as interações das empresas com as universidades e institutos públicos de pesquisa que têm promovido alguma inovação no setor. Adicionalmente, testou-se a hipótese, através do estudo de caso, de que o segmento supracitado preservou traços de sua história que legaram uma postura de setor pouco inovativo e dependente de proteção governamental. Parte de pesquisa mais ampla, o presente trabalho resulta de estudo de caso em que foram entrevistados agentes envolvidos com a interação U-E em usinas de açúcar, na instituição patronal e em instituições de pesquisa em Pernambuco. O estudo permitiu verificar que a inovação nesse setor ocorre de forma distinta em cada um dos três diferentes segmentos em que está subdividido: agricultura, indústria e transporte e mecanização. Na área agrícola, as empresas introduzem inovações que, no entanto, são desenvolvidas por instituições públicas de pesquisa existentes no estado, como a Ridesa e o Cetene...

Relações universidade-empresa no Brasil: o papel da infraestrutura pública de pesquisa; Texto para Discussão (TD) 1901: Relações universidade-empresa no Brasil: o papel da infraestrutura pública de pesquisa; University-industry relations in Brazil: the role of public research infrastructure

De Negri, Fernanda; Cavalcante, Luiz Ricardo; Alves, Patrick Franco
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
115.86%
Neste trabalho, discutem-se as relações universidade-empresa no sistema brasileiro de inovação, buscando analisar as características da infraestrutura de pesquisa que afetam sua propensão a interagir com o setor produtivo. Com base em regressões logísticas, pro¬curam-se identificar, em um amplo conjunto de variáveis explicativas, as características da infraestrutura de pesquisa que aumentam sua probabilidade de prestação de serviços às empresas. Empregam-se, além dos dados primários coletados em um survey aplicado a uma amostra de instituições vinculadas ao Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação (MCTI), dados relativos à produção científica dos pesquisadores disponíveis na plataforma Lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a sua produção tecnológica disponíveis no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). A escolha das variáveis explicativas ampara-se em uma breve revisão da literatura sobre o papel da infraestrutura de pesquisa nos sistemas de inovação. Esta revisão contempla ainda um breve histórico da interação recente entre a infraestrutura de pesquisa e o setor produtivo no Brasil com o propósito de amparar a discussão dos resultados obtidos. As principais conclusões do trabalho são: i) o porte do laboratório – medido pelo número de pesquisadores filiados – e a qualificação de sua equipe de pes¬quisa afetam de maneira positiva e significante sua probabilidade de interagir com o setor produtivo; ii) laboratórios multidisciplinares tendem a interagir mais que labora¬tórios concentrados em uma única área de conhecimento; e iii) parece haver um tradeoff entre produção científica e pesquisa orientada para o mercado...

Modelo de integração entre formação profissional e desenvolvimento regional

Ndiaye, Papa Matar; Marques, Isabel Mendes de Faria; Kozak, Ricardo Henrique
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim Regional, Urbano e Ambiental - Artigos
PT-BR
Relevância na Pesquisa
75.71%
O artigo apresenta um modelo de integração que tem como princípio o desenvolvimento regional através da interação governo-empresa-escola-sociedade em diversos níveis. Os mecanismos de interação vão desde a prestação de serviços até a indução de empreendedores, formando não apenas mão de obra especializada, mas também um cidadão vetor de multiplicação de ideias e conceitos novos.; p. 47-51

A Proteção patentaria e a interação empresa-ICT no sistema farmacêutico

Paranhos, Julia; Hasenclever, Lia
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Radar - Artigos
PT-BR
Relevância na Pesquisa
65.6%
Este artigo trata de vários estudos sobre o setor farmacêutico brasileiro apontando-no como altamente competitivo a partir de fortes investimentos em de pesquisa e desenvolvimento (P&D) e dependência dos direitos de propriedade como de apropriação e competição internacional de suas empresas.; p. 39-48

University-enterprise interaction in Brazil : the role of the public research infrastructure; Discussion Paper 206 : University-enterprise interaction in Brazil : the role of the public research infrastructure; Relações universidade-empresa no Brasil : o papel da infraestrutura pública de pesquisa

De Negri, Fernanda; Cavalcante, Luiz Ricardo; Alves, Patrick Franco
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Discussion Paper
EN-US
Relevância na Pesquisa
115.85%
Neste trabalho, discutem-se as relações universidade-empresa no sistema brasileiro de inovação, buscando analisar as características da infraestrutura de pesquisa que afetam sua propensão a interagir com o setor produtivo. Com base em regressões logísticas, procuram-se identificar, em um amplo conjunto de variáveis explicativas, as características da infraestrutura de pesquisa que aumentam sua probabilidade de prestação de serviços às empresas. Empregam-se, além dos dados primários coletados em um survey aplicado a uma amostra de instituições vinculadas ao Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação (MCTI), dados relativos à produção científica dos pesquisadores disponíveis na plataforma Lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a sua produção tecnológica disponíveis no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). A escolha das variáveis explicativas ampara-se em uma breve revisão da literatura sobre o papel da infraestrutura de pesquisa nos sistemas de inovação. Esta revisão contempla ainda um breve histórico da interação recente entre a infraestrutura de pesquisa e o setor produtivo no Brasil com o propósito de amparar a discussão dos resultados obtidos. As principais conclusões do trabalho são: i) o porte do laboratório – medido pelo número de pesquisadores filiados – e a qualificação de sua equipe de pesquisa afetam de maneira positiva e significante sua probabilidade de interagir com o setor produtivo; ii) laboratórios multidisciplinares tendem a interagir mais que laboratórios concentrados em uma única área de conhecimento; e iii) parece haver um tradeoff entre produção científica e pesquisa orientada para o mercado...

Empresários e pesquisadores - avaliação da interação universidade e empresas

Turchi, Lenita
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Radar - Artigos
PT-BR
Relevância na Pesquisa
75.73%
O texto tem por base dados e entrevistas conduzidas em duas pesquisas de campo realizadas pelo Ipea com empresários inovadores e pesquisadores das principais universidades e centros de pesquisa do país. A primeira é parte de um estudo mais amplo sobre o empresariado inovador no Brasil, realizado com o objetivo de traçar um perfil e captar percepções e padrões de comportamentos adotados pelo segmento inovador do empresariado nacional na última década em relação à sociedade, ao mercado e ao Estado. A segunda pesquisa de campo trata de estudos sobre o impacto da interação da Petrobras em universidades e centros de pesquisa do país. A pesquisa foi realizada com 601 coordenadores de grupos de pesquisa (GPs), que desenvolveram parcerias com a empresa para desenvolvimento de produtos e processos.; p. 15-23 : il.

Efeito do isolamento de árvores de Sterculia apetala sobre a emergência de plântulas no Pantanal

Santos Jr, Antonio; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia Campus Calama Porto Velho, Rondônia; Tomas, Walfrido Moraes; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Embrapa Pantanal; Jorge, Marçal Henrique Amici; Empresa Br
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 11/07/2013 POR
Relevância na Pesquisa
55.62%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2013v26n4p61Árvores de Sterculia apetala não são derrubadas durante a conversão de florestas em pastagens devido à consciência dos proprietários rurais de que essas árvores abrigam 95% dos ninhos de arara-azul no Pantanal. Nosso objetivo foi comparar em casa de vegetação a porcentagem de emergência de plântulas geradas por sementes dessa árvore em florestas conservadas ou isoladas em pastagem cultivada no Pantanal. As sementes foram coletadas diretamente sobre o solo, sob 10 árvores de S. apetala em cada área, em Corumbá-MS. A emergência de plântulas de árvores isoladas foi 14% inferior ao obtido de árvores do interior da floresta. É necessário que estudos futuros sobre a ecologia dessa espécie no Pantanal enfoquem o sistema reprodutivo, identificando o agente polinizador e avaliando se o isolamento de S. apetala em pastagens cultivadas reduz as taxas de interação planta-polinizador e ameaça a viabilidade populacional da espécie, situação que pode comprometer a reprodução da arara-azul.

Information systems: a case study within an additional unit at the Federal University of Rio Grande do Norte; Sistemas de informação: um estudo de caso em uma unidade suplementar da Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Pereira, Karoline Isabelle de Almeida; Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN; Limão, Ilmara Pinheiro; Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN; Nascimento, Paula Flaviane Pinheiro do; Universidade Federal do Rio Grande do Norte - U
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
55.56%
This study aims to explain the contributions that information systems can provide for making decision within an additional unit at the Federal University of Rio Grande do Norte (FURN), engaged in training people in the field of information technology, from the technical level for postgraduate. To demonstrate the benefits of information systems, the article was based on descriptive and exploratory research. The scenario of the Institute was analyzed previously, namely, before the implementation of the suggested management plan, and after the event. Through avaliation pre and post information systems, it was possible to compare the results and thereby clearly identify how important may be the inclusion of this type of management. Also realize, how these systems can contribute positively to the process of decision making, like other benefits such as greater agility in the process, greater interaction among people and a few more points discussed throughout this work.; http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2015v8n4p189Este estudo tem como objetivo explanar as contribuições que os sistemas de informações podem oferecer nas tomadas de decisão dentro de uma unidade suplementar na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) que atua na formação de pessoas na área de tecnologia da informação...

Interação Universidade-Empresa: o caso do setor sucroalcooleiro de Pernambuco

Spíndola, Fagner Diego; Lima, João Policarpo Rodrigues; Fernandes, Ana Cristina
Fonte: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações Publicador: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
55.74%
O trabalho apresenta um panorama atual da inovação no setor sucroalcooleiro pernambucano, cujo objetivo foi melhor entender as interações das empresas com as universidades e institutos públicos de pesquisa que têm promovido alguma inovação no setor. Adicionalmente, testou-se a hipótese, através do estudo de caso, de que o segmento supracitado preservou traços de sua história que legaram uma postura de setor pouco inovativo e dependente de proteção governamental. Parte de pesquisa mais ampla, o presente trabalho resulta de estudo de caso em que foram entrevistados agentes envolvidos com a interação U-E em usinas de açúcar, na instituição patronal e em instituições de pesquisa em Pernambuco. O estudo permitiu verificar que a inovação nesse setor ocorre de forma distinta em cada um dos três diferentes segmentos em que está subdividido: agricultura, indústria e transporte e mecanização. Na área agrícola, as empresas introduzem inovações que, no entanto, são desenvolvidas por instituições públicas de pesquisa existentes no estado, como a Ridesa e o Cetene, para quem as usinas e os pequenos produtores transferem esforços em P&D. Na área industrial e na de transporte e mecanização, as inovações são introduzidas por intermédio do sindicato patronal e de empresas de consultoria técnica que as importam de outras regiões ou países...