Página 1 dos resultados de 2936 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Novos equilíbrios após o ‘11-de-setembro’: Diálogos intelectuais entre os Estados Unidos da América e a França

Tavares, Maria Manuela Coelho Glaziou
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.24%
Esta tese observa, em primeiro lugar, o estado do intelectualismo e do anti-intelectualismo e a sua relação com o americanismo, nas sociedades norte-americana e francesa. Num segundo momento questiona a adequação do conceito de ‘intelectual público’ nas sociedades americana e francesa atuais e a valorização do intelectual e o seu estatuto, nestas sociedades. Por fim, observa alguns ensaios críticos, publicados entre setembro de 2001 e março de 2006 por Jean Baudrillard, Joan Didion, Bernard-Henri Lévy, Susan Sontag e Gore Vidal, e a forma como dialogam entre si, no sentido musical do termo. Estuda, assim, como as vozes (de intelectuais norte-americanos e franceses) e os instrumentos (os seus ensaios) se alternam e respondem umas às outras, no que concerne aos temas indissociáveis do americanismo: o imperialismo, o excecionalismo, o terrorismo e o estado de exceção. Um dos pontos em análise é se objetivo destes intelectuais acaba por ser o reforço do equilíbrio que preside ao projeto do americanismo, quando este é posto em causa pela multiplicação de reações antiamericanas, vindas, e com veemência, de França. Sendo a América uma construção intelectual, é modelada pela expressão do consenso ou do dissenso de um vasto elenco de intelectuais de todos os quadrantes políticos...

Primeira Geração Romântica versus Escola do Recife: trajetórias de intelectuais da Corte e dos intelectuais periféricos da Escola do Recife; First-generation romantic versus Escola do Recife: trajectories of the Court intellectuals and of the peripherals intellesctuals of Escola de Recife

Nascimento, Márcio Luiz do
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
Os trabalhos sobre intelectuais brasileiros atuantes no século XIX mostram-se contraproducentes quando dissociam o texto do contexto sociopolítico ou super valorizam capitais econômicos em detrimento dos capitais políticos e das relações sociais. Neste sentido, construímos uma análise que recupera texto e contexto e aproxima os capitais nas suas diferentes modalidades, confrontando dois grupos de peso intelectual: a Primeira Geração Romântica e a Escola do Recife. Seguimos por uma metodologia capaz unir, conjuntamente, à revelação do sentido por trás do enraizamento social e familiar dos escritores: as suas diferentes formações escolares; as expectativas profissionais dos grupos sociais aos quais pertenciam; e as aspirações traduzidas nas suas produções literárias. Os letrados do Recife conviviam com a dupla condição de marginalizados. Tanto eram excluídos políticos do establishement Imperial como operavam com baixos capitais econômicos e de relações sociais. Esta condição de intelectuais periféricos duplamente marginalizados explica em grande parte a reação contra o projeto político-literário romântico, iniciar-se primeiro entre os integrantes da Escola do Recife. Para eles, o modelo literário dos românticos...

Entre rodas de capoeira e círculos intelectuais: disputas pelo significado da capoeira no Brasil (1930-1960); Between capoeira and intellectual circles: disputes over the meaning of capoeira in Brazil

Acuna, Jorge Mauricio Herrera
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.16%
O objetivo desta dissertação é analisar como a capoeira baiana passou a ser imaginada como símbolo de identidade brasileira por intelectuais e capoeiristas entre as décadas de 1930 e 1960, buscando responder a duas questões principais: quais foram os aspectos que levaram alguns intelectuais do período a se debruçarem sobre a capoeira baiana, selecionando para isso, certos traços, especialmente sua característica musical, na busca de interpretá-la como um símbolo de identidade regional e nacional? Como alguns dos principais capoeiristas baianos exploraram as relações e interpretações destes intelectuais e representantes do poder, confirmando ou contrariando suas idéias? A abordagem segue, principalmente, o método bibliográfico e explora um amplo conjunto de fontes produzidas pelas pessoas que são o foco da análise. Destacam-se, deste repertório, obras literárias e de cunho científico, entrevistas, reportagens, memórias, depoimentos, epístolas, filmes, documentários e discos. Parte dos documentos analisados, como os registros das canções da capoeira, periódicos, as trajetórias de alguns dos intelectuais e capoeiristas foram organizados em séries cronológicas. A abordagem teórica inspirou-se em trabalhos que enfatizaram a compreensão da ação social e criativa dos sujeitos diante das coerções e limites impostos por disposições de poder. Estudos que se detiveram sobre a construção simbólica da pureza africana...

Os bens comuns intelectuais e a mercantilização; Intellectual commons and commodification

Vieira, Miguel Said
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.22%
Esta tese investiga as relações entre os bens comuns intelectuais e a mercantilização, e os efeitos dessas relações, principalmente para o universo da educação. Seus objetivos centrais são: apresentar as principais teorias sobre bens comuns, e avaliá-las quanto à capacidade de detectar e equacionar essas relações, e quanto à adequação para abordar bens comuns intelectuais; analisar se bens comuns e mercantilização são incompatíveis, e até que ponto podem coexistir; verificando, em casos existentes de novos modelos de negócio que envolvem o compartilhamento de bens intelectuais, se a mercantilização pode surgir a partir de bens comuns intelectuais, e indicando, em caso positivo, se o saldo resultante de compartilhamento e mercantilização nesses diferentes modelos é socialmente positivo ou não. A análise da mercantilização é feita de uma perspectiva conceitual (baseada em Marx e Polanyi) e histórica, abordando a transição do feudalismo ao capitalismo (e sua relação com o cercamento dos bens comuns), a ascensão do neoliberalismo, e o avanço de mecanismos específicos de mercantilização de bens intelectuais (a propriedade intelectual e os sistemas de travas tecnológicas). A análise das teorias de bens comuns centra-se numa leitura crítica da corrente mais consolidada: a neoinstitucionalista...

Construção e crise do sentido da atuação dos intelectuais: o aspecto epistemológico e o dilema político

Deffacci, Fabrício Antonio
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 246 f.
POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Sociais - FCLAR; Este trabalho pretende expor a crise contemporânea dos intelectuais a partir da correlação com a dimensão epistemológica. A denúncia do esgotamento da capacidade de atuação dos intelectuais tornou-se a principal fonte de preocupação nos debates que apareceram nas últimas décadas. Paralelo a esta preocupação estão as alterações no campo da ciência, para onde os intelectuais se deslocaram. O discurso epistemológico produzido pela era moderna, sustentado nas concepções iluministas voltadas para o progresso da humanidade a ser alcançado por intermédio da ciência, passou a ser reavaliado no século XX devido aos condicionantes históricos de um período de crise. A abordagem institucional da ciência projetou uma nova perspectiva epistemológica responsável por apresentar os condicionantes externos da atividade científica. Junto a isso, os intelectuais foram envolvidos pelo processo de institucionalização da ciência, uma vez que o espaço da profissionalização tornou-se uma via necessária. A inserção dos intelectuais no campo científico abriu espaço para uma nova postura...

Intelectuais e política: a trajetória do Tribunal Internacional de Crimes de Guerra (1966-1967)

Santos, Júlio Antônio Bonatti
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 145 f.
POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
Pós-graduação em História - FCHS; This work discusses the historical role of intellectuals in politics based on the analysis of the trajectory of the International War Crimes Tribunal, later known as Russell Tribunal, created to judge crimes against humanity committed by north-american imperialism in Vietnam War. We seek to discern the importance of intellectuals in the tableau of international power, in order to identify their role as a social group that raises his voice, mainly against the crimes of silence. In other words, we conceive the intellectual not as a person who merely produces knowledge, but as one who denounces the injustices happening in the world, especially those who do not find a real punishment. Therefore, the Russell Tribunal reiterates and updates the value assumed by the identity category of intellectuals in contemporary societies since the “Affaire Dreyfus”, which occurred in France in the late nineteenth century, to the present day. This symbolic demarcation is here investigated, indeed, by understanding the meanings and possibilities of the discourse of intellectuals who were involved in the international debate established and encouraged by the Russell Tribunal; A presente dissertação pretende discutir o papel histórico dos intelectuais na política a partir da análise da trajetória do Tribunal Internacional de Crimes de Guerra...

Educación y hegemonía: la formación de los intelectuales en italia durante los años 20, la organización para la industrialización de são paulo y la construcción de hegemonía burguesa en Brasil; Educação e Hegemonia: A Formação de Intelectuais na Itália dos Anos 20, a Organização da Industrialização em São Paulo e a Construção da Hegemonia Burguesa no Brasil

Villela, Fabio Fernandes
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 77-94
POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
The formation of intellectuals, in Gramscian terms (GRAMSCI, 2000), was addressed throughout our academic career, for example, Villela (2003; 2008; 2009; 2010-2012; 2011; 2012; 2014). This article aims to resume some relationships between education of intellectuals in Italy for years 1920, the organization of industrialization in São Paulo and the construction of bourgeois hegemony in Brazil. In this paper I review my dissertation, Villela (2003), whose aim was to understand the rationalization of work processes in architectural offices. This dissertation possible to trace, among other things, another story of the relationship between architecture and state in Brazil from industrialization in São Paulo. Based on the notion of intellectuals Gramsci, we discuss the extended state design and envision a particular kind of state, which in our case is the State industrialist. And relate interested in public policy of that State for industrialization industries office designed by Rino Levi Architects Associate SC Ltda. (ERLAA) that has developed over the decades its activities from 1920 to 1990, many projects in the city of São Paulo. The relationship proposed here is unprecedented. Grounded in this relationship, put in another scene about the formation of intellectuals and hegemony...

A politica de conciliação : os intelectuais e o Governo Montoro

Gilvan Elias Pereira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/04/1994 PT
Relevância na Pesquisa
37%
Esta pesquisa propõe estudar a relação entre os intelectuais e o Poder durante o período denominado Nova República, tomando o governo Montoro, especialmente a Secretaria de Educação, como estudo de caso, visto acreditar-se que este governo traduz as principais características políticas que envolve o cenário nacional nesse momento.Parte da premissa de que mais uma vez as mudanças ocorreram pelo alto, sob o comando dos homens do Poder, empregando os artifícios mais antigos na cultura política nacional que é a utilização das alianças conciliatórias e da cooptação de lideranças existentes fora da esfera do Poder. Nessa perspectiva, pretende-se analisar o papel do intelectual como importante elemento de legitimação do novo governo, garantindolhe credibilidade, ao mesmo tempo que o auxilia ao camuflar o caráter conservador da mudança. A participação de intelectuais permite ao governo assimilar a retória oposicionista, desenvolvendo projetos e utilizando o discurso que até então habitava a sociedade civil (universidades, sindicatos, revistas...). Com isso, o governo pede assumir a condição de protagonista das mudanças almejadas pela sociedade, antecipando-se as reais transformaçôes que poderiam ocorrer sob o comando de setores da sociedade civil...

Trajetorias em rede : representações da italianidade entre empresarios e intelectuais da região de Caxias do Sul; Trajectories in network : representations of the italian identity among entrepreneurs and intellectuals in the region of Caxias do Sul

Maria Clara Mocellin
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
Esta tese trata de um processo de valorização e afirmação de identidade étnica, em Caxias do Sul e região, sobretudo durante as décadas de 1970 e 80, tendo como agentes culturais empresários e intelectuais ligados aos campos empresarial, acadêmico e cultural, dentre outros. A partir da descrição de trajetórias de intelectuais e empresários, a tese identifica a modernização da economia regional e, no mesmo período, a valorização da italianidade. Para demonstrar tal processo de valorização, a tese apresenta a constituição de um campo específico de conhecimento, que versa sobre a temática da imigração italiana, e também a atuação conjunta de empresários e intelectuais nas políticas culturais e de desenvolvimento regional. Empresários e intelectuais são considerados, neste trabalho, importantes agentes culturais que produziram diferentes representações da italianidade. Tais agentes se configuravam em grupos de interesse que desenvolveram ações culturais voltadas à promoção de um grupo étnico. Nesta tese, objetiva-se demonstrar que as ações, produções e simbologias que envolveram tal processo identitário, também podem ser explicadas pelos sentimentos de identificação e de pertencimento grupal.; This thesis is about the process of valorization and affirmation of an ethnic identity in the region of Caxias do Sul...

Praticando delitos, formando opinião : intelectuais, comunismo e repressão no Brasil (1958-1968)

Rodrigo Czajka
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37%
A produção artística e cultural realizada no Brasil entre as décadas de 1950 e 1960 é permeada de intensas discussões, tensões e conflitos que envolvem a disputa de distintos projetos intelectuais. Assim, a formação de um campo intelectual, a diversificação dos circuitos culturais e núcleos intelectuais e a emergência de uma intelectualidade de esquerda foram elementos presentes nesse contexto sócio-cultural. Estes foram fatores essenciais na consolidação de uma resistência cultural de esquerda que se defrontava tanto com o centralismo burocrático do Partido Comunista Brasileiro quanto com o regime militar após 1964. Entre dilemas ideológicos e políticos uma intelectualidade de esquerda floresceu não de forma homogênea e unitária, mas entremeada de impasses, disputas e embates que permitiram, em certa medida, a formação de núcleos culturais caracterizados, sobretudo, pela fragmentação. Com intuito de aferir tal modelo de análise dispusemos de um conjunto de Inquéritos Policiais-Militares (IPMs) que além de constituírem um material inédito de pesquisa, trazem elementos importantes para a discussão e detalhamento das questões culturais caras à intelectualidade de esquerda daquele momento. Constata-se...

Os intelectuais e a política de pós-graduação no Brasil à luz do processo de elaboração dos PNPG 2005-2010 e PNPG 2011-2020; Intellectuals and graduate policy in Brazil from the perspective of the process of preparing the PNPG 2005-2010 and the PNPG 2011-2020

Simone Pereira Costa Benck
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.24%
O propósito da pesquisa foi analisar a academia e a política de Pós-Graduação, para estabelecer relações entre aquela, representada por intelectuais que lidam com a construção do conhecimento, e a política pública de pós-graduação do Estado brasileiro, aqui significada pelos objetivos e interesses disseminados e implementados nos Planos Nacionais de Pós-Graduação (PNPG), nos governos FHC (1995-2002) e LULA (2003-2010). O foco recaiu sobre a participação, na perspectiva da formulação dos Planos Nacionais de Pós-Graduação, pensados à luz do discurso de intelectuais. Para tanto relacionou a presença ativa de intelectuais da comunidade científica como atores políticos na elaboração dos PNPG, no período de 1995-2010. A problemática questionou: i) é possível acreditar que atores políticos e sociais, primordialmente intelectuais ligados à comunidade acadêmica, de professores/pesquisadores, membros nas comissões de elaboração dos PNPG, influenciaram diretamente a política pública de Pós-Graduação, logo não haveria como desatrelar a história da Pós-Graduação da intelectualidade que a constitui? ii) de que maneira intelectuais influíram para a consolidação do modelo vigente de Pós-Graduação dependente dos critérios de avaliação estipulados pela CAPES? Com base em análise de documentos oficiais e das entrevistas semi-estruturadas com intelectuais brasileiros das grandes áreas do conhecimento: Ciências Exatas e da Terra...

Os interesses e aptidões dos jovens com dificuldades intelectuais

Raminhos, Manuela
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
Dissertação de mestrado em Educação especial - especialização no domínio cognitivo e motor. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Educação, 2012.; "O presente projecto de investigação pretendeu estudar a resposta educativa aos interesses/aptidões dos alunos com dificuldades intelectuais que frequentam a Escola Secundária Públia Hortênsia de Castro de Vila Viçosa. A abordagem teórica debruça-se sobre o tema das Necessidades Educativas Especiais- dificuldades intelectuais, reflecte acerca da educação inclusiva e foca a atenção na transição para a vida activa, assim como na importância do conhecimento das aptidões/interesses dos jovens com dificuldades intelectuais. As temáticas em análise no quadro teórico permitiram o abrir de portas para novos conhecimentos acerca das necessidades educativas especiais, tendo em conta a opinião dos mais diversos autores. O modelo de investigação-acção enquadra metodologicamente este estudo que procurou fazer o levantamento dos interesses e aptidões desses alunos. A recolha de dados foi realizada através da aplicação de questionários e de entrevistas. A amostra foi composta por dez alunos com dificuldades intelectuais e dois professores da escola Secundária Públia Hortênsia de Castro. Através desta pesquisa identificaram-se as barreiras que a escola em estudo enfrenta...

O cuidador informal da pessoa com dificuldades intelectuais e desenvolvimentais: perspectivando a intervenção do serviço social

Silva, Ana Margarida Frias Furtado
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 03/08/2010 POR
Relevância na Pesquisa
37%
Mestrado em Serviço Social; A questão central que orientou este estudo diz respeito ao cuidador informal da pessoa com dificuldades intelectuais e desenvolvimentais, perspectivando a intervenção do serviço social. Assim sendo, procurou-se averiguar as potencialidades e vulnerabilidades dos cuidadores informais durante a relação que estabelecem com o seu familiar alvo de cuidados e de que forma o assistente social poderá intervir nesta relação advinda do acto de cuidar da pessoa dependente. Os objectivos do estudo são: estudar e analisar as potencialidades e vulnerabilidades dos cuidadores informais, resultantes do acto de cuidar de pessoas com dificuldades intelectuais e desenvolvimentais, e contribuir para o desenho de respostas sociais adequadas às necessidades dos cuidadores informais. O estudo efectuado terá um enfoque de investigação extensiva quantitativa, através da utilização das escalas QASCI e ECA, e o tratamento estatístico dos dados recolhidos dos processos individuais, com uma vertente intensiva qualitativa na interpretação e análise dos dados. O estudo revela que os apoios formais e informais ao cuidador informal principal são importantes para que a pessoa com dificuldades intelectuais e desenvolvimentais dependente possa ser cuidada em contexto familiar e para que os cuidadores não cheguem a desenvolver o síndrome de exaustão do cuidador. O assistente social tem um papel crucial a desempenhar neste âmbito...

O poder ideológico: Bobbio e os intelectuais

Botelho,André
Fonte: CEDEC Publicador: CEDEC
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.16%
O artigo apresenta a reflexão de Norberto Bobbio sobre os intelectuais. Argumenta que a sua formulação do exercício do poder ideológico como atributo desses atores sociais segue quatro premissas associadas. A primeira diz respeito às conseqüências sociais dos diferentes legados do passado e da diversidade das estruturas sociais sobre a atuação possível dos intelectuais em cada sociedade. A segunda às relações entre cultura e política como eixo da análise dos intelectuais. A terceira à possibilidade de se forjar tipologias de intelectuais operativas da análise. E por último a questão da responsabilidade dos intelectuais - central na reflexão do autor. Após mostrar cada uma dessas premissas, procura-se recuperar a contribuição teórica de Bobbio para a análise dos intelectuais na sociedade brasileira.

Cidades e intelectuais: os "nova-iorquinos" da Partisan Review e os "paulistas" de Clima entre 1930 e 1950

Pontes,Heloisa
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37%
O artigo analisa, numa perspectiva comparativa, as similitudes e as diferenças entre os intelectuais "nova-iorquinos" nucleados pela Partisan Review e os "paulistas" da revista Clima. Herdeiros todos eles do legado modernista, familiarizados com o cosmopolitismo no plano da cultura, atentos à produção intelectual e artística local, ele marcaram a cena cultural paulista e nova-iorquina dos anos de 1940 e 1950. Os últimos renovaram a discussão sobre a relação entre modernismo nas artes e radicalismo na política. Como intelectuais e escritores, diferenciaram-se dos acadêmicos em sentido estrito. Como críticos e resenhistas, fizeram do ensaio o meio por excelência de expressão e encontraram nas revistas literárias e políticas de Nova York o seu fórum institucional. Parecidos e distintos dos "paulistas" de Clima, eles oferecem um bom contraponto para adensarmos a investigação da vida intelectual em São Paulo no período. Sobretudo, se ao lado da recuperação das especificidades das histórias culturais e intelectuais das cidades de Nova York e São Paulo, formos capazes de avançar na investigação de um conjunto de problemas sociológicos pertinentes para o aprofundamento da perspectiva comparativa.

Os determinantes da atuação dos intelectuais do trabalho no capitalismo contemporâneo

Andrade da Silva, Eliana; Maria Pereira da Silva, Zelia (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.22%
Este estudo discute os determinantes da atuação dos intelectuais do trabalho no capitalismo contemporaneo, a partir da realidade dos projetos de assentamento de reforma grária do Rio Grande do Norte. O desvendamento deste objeto teve como caminho metodológico a análise das principais transformações que ocorrem no âmbito do Mercado, do Estado e da Sociedade Civil na atualidade. Dessa forma, partimos do pressuposto que as transformações do capital tem forjado determinações para a atuação dos intelectuais do trabalho, de forma que a ordem burguesa madura, tem construído novas formas de assimilação destes intelectuais, através de uma estratégia transformista. Foi-nos evidenciado na pesquisa, que o fenômeno do transformismo se situa no interior dos embates de projetos hegemônicos na sociedade brasileira, e ocorre de forma molecular sobre os intelectuais do trabalho, no conteúdo dos programas de reforma agrária, na precarização do trabalho experimentada pelos intelectuais e na fetichização da parceria Estado/sociedade civil, presente na visão de mundo dos entrevistados. O transformismo como assimilação dos intelectuais do trabalho ganha relevo diante do processo de identificamos na pesquisa como reatualização da modernização conservadora...

Os intelectuais e as idéias: análise de algumas disposições intelectuais dos professores de ciências sociais

José Ribeiro Antunes, Anderson; Jorge Ventura de Morais, Josimar (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.16%
O presente trabalho se propõe a analisar as disposições intelectuais de um pequeno grupo de intelectuais: os professores de ciência sociais da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Para isso, foram coletados entrevistas acerca de suas formações intelectuais, que, longe de serem exaustivas, indicam aspectos importantes sobre as disposições intelectuais desses cientistas sociais. Neste trabalho, dois elementos disposicionais são discutidos: (1) a tendência dos entrevistados utilizarem categorias retiradas do meio intelectual em que convivem para discorrem sobre as histórias de suas formações intelectuais. (2) E as avaliações com respeito à importância da literatura para a formação intelectual de um intelectual; Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Rino Levi - Hesperia nos tropicos : a racionalização dos processos de trabalho em escritorios de arquitetura e a interação entre intelectuais, Estado desenvolvimentista e a industrialização em São Paulo

Fabio Fernandes Villela
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/10/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37%
O objetivo desta dissertação é compreender a racionalização dos processos de trabalho em escritórios de arquitetura. Para alcançar tal objetivo, escolhemos um grande escritório de arquitetura denominado Rino Levi Arquitetos Associados S/C - ERLAA - que desenvolveu, ao longo de suas atividades da década de 20 à década de 90, muitos projetos na cidade de São Paulo. Ao se buscar desvelar as atividades dos trabalhadores em escritório e o que essas atividades de projetação significam para estes profissionais, se faz necessário tratar da racionalização, entre outros aspectos, do produto deste escritório, isto é, dos projetos. Considera-se como ponto de partida a hipótese de que o ERLAA é sujeito histórico dos processos de trabalho em escritório. Apoiados nesta primeira hipótese, tecemos considerações a respeito de algumas outras noções relevantes para nossa argumentação, tais como: processo de trabalho, trabalho imaterial e subsunção. A noção de trabalho imaterial é utilizada para além da noção de desenho e projeto. Segundo nossa proposta, o ERLLA toma-se um modelo de subsunção formal do trabalho ao capital e uma expressão do Americanismo; a partir disto, emerge a noção de intelectuais como sujeitos desta prática. Baseados na noção de intelectuais...

Trajetorias intelectuais e o campo da economia solidaria no Brasil

Noelle Marie Paule Lechat
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37%
o objeto desta pesquisa é o processo de construção e legitimação de um novo campo de relações sociais e de sentido, identificado no Brasil sob a categoria de economia solidária ou alguma variante desta expressão. A pesquisa investiga como uma comunidade simbólica, no sentido que A. P. Cohen dá a este conceito, pode estruturar-se ao redor da economia solidária e qual o papel dos intelectuais no processo de sua formação. O conceito de campo, definido por Barnes como um conjunto de redes de relações sociais, de práticas e de idéias, é utilizado de preferência à noção de campo de Bourdieu por ele dar ênfase tanto à estrutura quanto ao significado. A pesquisa constrói seu objeto a partir da circulação de categorias, de pessoas, de práticas e de concepções focalizando mais especificamente a trajetória de vida e os escritos de três intelectuais paradigmáticos, Paul Singer, Marcos Arruda e Luiz Inácio Gaiger. Para a compreensão do tema foi realizada uma etnografia multilocalizada incluindo participação em eventos, entrevistas e análise de textos. As denominações desta economia continuam plurais; economia solidária, socioeconomia solidária e economia popular solidária, são alguns dos nomes que circulam e são analisados nesta tese juntamente com os valores e princípios que veiculam. A tese investiga de que forma intelectuais trouxeram para o campo da economia solidária a consciência de sua existência e...

Imprensa revolucionária dos anos oitenta : os intelectuais e suas formulações sobre a revolução brasileira

Dias, Rodrigo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
“Imprensa revolucionária dos anos oitenta: os intelectuais e suas formulações sobre a revolução brasileira” analisa as transformações ocorridas nas elaborações dos intelectuais revolucionários acerca da revolução brasileira nos anos oitenta a partir da pesquisa sobre os periódicos: jornal da Convergência Socialista (da organização homônima), Em Tempo (da organização Democracia Socialista) e a Tribuna da Luta Operária e o Classe Operária (do PC do B). Esta tese percorre os principais debates sobre a revolução brasileira; a passagem da imprensa alternativa dos anos setenta para a imprensa revolucionária dos anos oitenta; e, os objetivos dos intelectuais redatores dos periódicos analisados. Entretanto, prioritariamente, procura entender as transformações ocorridas nas formulações desses intelectuais sobre revolução brasileira a partir do contexto histórico dos anos oitenta, principalmente com os processos políticos da redemocratização, da consolidação do poder burguês, e da crise internacional do socialismo.; "Revolutionary press from the eighties: the intellectuals and their formulations on the Brazilian revolution " analyzes the transformations occurred in the elaborations of revolutionary intellectuals on the Brazilian revolution in the eighties. From the research on the journals : Jornal da Convergência Socialista - Journal of Socialist Convergence (namesake of the organization)...