Página 1 dos resultados de 77 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Mercosul e União Europeia

Leite, Isabel Costa
Fonte: Edições Universidade Fernando Pessoa. CELA - Centro de Estudos Latino-Americanos Publicador: Edições Universidade Fernando Pessoa. CELA - Centro de Estudos Latino-Americanos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
56.21%
A União Europeia representa o actual bloco regional que mais se desenvolveu em termos de integração económica e, mesmo, política. Perante o processo de integração conduzido no âmbito do Mercosul, o artigo apresenta um paralelo político-institucional entre os dois blocos e em que medida o seu percurso se aproxima, ou não, do modelo europeu. Os princípios democráticos e os direitos humanos encontram-se, desde logo, associados à integração latino-americana do cone sul. No entanto, factores como a exacerbada soberania ainda presente nas acções dos seus membros, a ausência de vontade política na coordenação de determinados sectores sensíveis e uma estrutura institucional demasiado intergovernamental têm dificultado o avanço de um processo necessário ao reforço do Mercosul no âmbito das relações multilaterais. The European Union is the existing regional block that has achieved the most developed level of economic and even political integration. Considering the integration process within the Mercosul, this article presents a political-institutional parallel between the two blocks and explains in what way its path is similar, or not, to the European model. The democratic principles and the human rights are...

A estratégia de integração econômica regional na América Latina: o caso da comunidade andina; La estrategia de integración económica regional en América Latina: el caso de la Comunidad Andina

Pinto, Hugo Eduardo Meza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/01/2007 PT
Relevância na Pesquisa
76.52%
A presente tese tem por objetivo analisar a estratégia de integração econômica regional na América Latina, tendo como estudo de caso a Comunidade Andina (CA). Nesse sentido, analisam-se os processos de integração regional que deram origem à Associação Latino-Americana de Livre Comércio (Alalc), em 1960, à Comunidade Andina (CA), em 1969, e à Associação Latino-Americana de Integração (Aladi), em 1980. Entende-se que o surgimento da Comunidade Andina representou uma ruptura no processo de integração da América Latina iniciado pela Alalc. Essa ruptura deveu-se a insatisfação de alguns pequenos e médios países componentes da Alalc pelos poucos resultados alcançados no âmbito econômico e institucional. A tese também constata a variação de motivos para estabelecer processos de integração regional na América Latina os quais foram se adequando às mudanças históricas e sócio-econômicas mundiais e que foram identificadas pela teoria como regionalismos. Identifica-se também o papel importante que a Comissão para a América Latina e o Caribe (Cepal) exerceu influenciando e motivando os processos de integração na região, tanto no período, identificado como primeiro regionalismo (1960-1980), cujo marco indutor foi a industrialização por substituição de importações...

A política brasileira e a integração econômica latino-americana: do Pacto ABC à ALALC; Brazilian politics and Latin American economic integration: of the ABC Pact to the ALALC

Dalio, Danilo José
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.35%
Os países da América Latina experimentaram, na década de 1950, um forte estímulo para o regionalismo econômico. O avanço dos processos de industrialização nas principais economias da região, por um lado, e as restrições políticas e econômicas presentes no novo ordenamento internacional do pós-guerra, por outro, tornaram aquela conjuntura histórica receptiva às propostas genuinamente elaboradas no seio da Comissão Econômica para América Latina e Caribe (CEPAL) de uma maior colaboração, cooperação e integração entre os países da região. O Brasil, nesse contexto, se deparou com duas diferentes iniciativas de integração regional que tiveram desfechos contrários. A primeira, assumida como uma tentativa frustrada de reedição do Pacto ABC de 1915, buscava entrelaçar as economias de Argentina, Brasil e Chile sob a rubrica de uma união aduaneira. A assinatura da Ata de Santiago entre Juan D. Perón e Carlos Ibañez Del Campo em fevereiro de 1953 não amainou o cenário para a adesão do Brasil; ao contrário, inflamou a oposição interna ao governo brasileiro, tornando a proposta objeto de denúncia contra Getúlio Vargas. A falta de apoio político interno levaria o governo Vargas a adotar uma atitude realista e instrumental frente à proposta abecista. Já a segunda ocasião referiu-se ao bem-sucedido processo de formação da Associação Latino-Americana de Livre Comércio (ALALC)...

A CEPAL e a integração regional latino-americana

Haffner, Jacqueline Angélica Hernández
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.16%
Neste trabalho apresenta-se um levantamento sobre os principais aspectos apontados pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) para promover a integração latino-americana. Para tal, realizou-se uma análise da evolução histórica destas idéias no período que vai desde a criação da instituição em 1948 até o final da década de 1990.; In this work a survey is presented on the main aspects pointed by the Economic Commission for Latin America and Caribbean (ECLAC) to promote the Latin-American integration. For such, it was made an analysis of the historical evolution of these ideas in the period that is going from the creation of the institution in 1948 to the end of the decade of 1990.

O papel da identidade no processo de integração regional : o estudo de caso do parlamento juvenil do Mercosul

Rocchi, Denise de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.32%
A partir dos anos 2000, o Mercosul dedicou maior atenção a aspectos sociais da integração regional, através de projetos como o Parlamento Juvenil do Mercosul, que tem entre seus objetivos fomentar a identidade comum. A análise bibliográfica e documental comprova o forte vínculo no pensamento latino-americano entre a questão identitária e a integração regional. A análise dos discursos dos parlamentares juvenis do Mercosul indica que estes conceitos foram absorvidos pelos adolescentes participantes da primeira edição do Parlamento e que o contato entre a juventude dos Estados Partes provocou mudanças na visão a respeito dos países vizinhos e do próprio Mercosul.; A partir dos anos 2000, o Mercosul dedicou maior atenção a aspectos sociais da integração regional, através de projetos como o Parlamento Juvenil do Mercosul, que tem entre seus objetivos fomentar a identidade comum. A análise bibliográfica e documental comprova o forte vínculo no pensamento latino-americano entre a questão identitária e a integração regional. A análise dos discursos dos parlamentares juvenis do Mercosul indica que estes conceitos foram absorvidos pelos adolescentes participantes da primeira edição do Parlamento e que o contato entre a juventude dos Estados Partes provocou mudanças na visão a respeito dos países vizinhos e do próprio Mercosul.

Habitus (ethos e práxis) na civilização latino-americana

Kaku, William Smith
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.47%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas. Programa de Pós-graduação em Direito; Trata-se de trabalho interdisciplinar da área de ciências sociais ou humanas, dialogando com a sociologia, história, antropologia, economia, direito, relações internacionais, integração econômica internacional, voltado para uma tentativa de interpretação, entendimento e explicação dos processos de integração internacional da América Latina, especialmente do Mercosul. Parte-se do pressuposto de que gentes criam instituições sociais em amplo sentido e que tais instituições são essas mesmas gentes em inter-relacionamento dinâmico no espaço social, criando os sentidos subjetivos que dão significados simbólicos concretos ao mundo e às suas diversas coisas, bem como, especificamente, fixando o sentido objetivo das coisas do mundo social resultante desse encontro de pessoas e grupos de pessoas em cotidiano encontro e relação sociais entre si # mas observando-se que o sentido subjetivo e o sentido objetivo do mundo social não significam necessariamente uma unidade de entendimento absolutamente coincidente entre si. Assim, é tomada como ponto de referência, neste trabalho, a teoria sociológica de Pierre Bourdieu e Norbert Elias...

Desenvolvimento, integração e assimetrias : caminhos e descaminhos da aproximação regional na América do Sul

Couto, Leandro Freitas
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
66.32%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, Doutorado – História das Relações Internacionais, 2012.; Esta tese objetiva avaliar o projeto brasileiro para a integração regional sul-americana do ponto de vista da superação das assimetrias. Propõe-se a investigar até que ponto alguns dos principais instrumentos propostos ou apoiados pelo Brasil, a saber, o Fundo de Convergência Estrutural e Modernização Institucional do MERCOSUL – FOCEM, a iniciativa para a Integração da Infraestrutura Regional Sul-americana – IIRSA, e a atuação regional do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, têm conseguido incorporar o combate às assimetrias na sua operação e qual o alcance dos seus resultados. A pesquisa demonstrou que ainda existem lacunas relevantes nesses instrumentos, mas que não impossibilitaram acertos. Ajustes nos instrumentos são feitos à medida que vão sendo implementados, de forma que os caminhos da integração vão sendo construídos no avançar do ímpeto integracionista. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This thesis aims to evaluate the Brazilian project for regional integration of South American at overcoming asymmetries perspectives. Aims to investigate to what extent some of the key instruments proposed or supported by Brazil...

Constitucionalismo dirigente brasileiro e integração regional

Ribeiro, Felipe Neves Caetano
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
76.41%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Direito, Programa de Pós-Graduação em Direito, 2014.; Este trabalho constitui uma defesa jurídica da integração regional sul-americana e latino-americana. Trata-se de uma defesa com base não apenas no Direito Internacional, mas principalmente na Constituição brasileira. O trabalho insere-se também no esforço de contribuir para uma teoria do constitucionalismo dirigente constitucionalmente adequada à realidade nacional, incluindo, em seu âmbito, o artigo 4º, parágrafo único, da Constituição Federal de 1988. Esse dispositivo estabelece o objetivo da integração regional como uma meta de Estado, que deve ser compreendida como necessária para que o Brasil alcance seus objetivos elencados no artigo 3º da Constituição. A Globalização tem influenciado o constitucionalismo de diferentes formas. Ao mesmo tempo em que, frequentemente, há o enfraquecimento das disposições constitucionais e da capacidade do Estado de concretizá-las, surgem novas disposições aptas a lidar com os desafios impostos pela própria globalização ao constitucionalismo. Nesse âmbito, encontram-se as normas constitucionais programáticas voltadas para a integração regional...

Integração energética na América do Sul e o desafio da promoção do desenvolvimento sustentável : uma análise crítica do discurso

Fraga, Raiza Gomes
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
56.33%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2014.; A presente dissertação aborda o tema da integração energética na América do Sul e a inserção deste processo em uma estratégia de integração regional. Buscamos identificar o discurso representativo da integração energética sul-americana no período entre os anos 2000 e 2010, e refletir sobre as possibilidades deste processo representar avanço em direção à promoção do desenvolvimento sustentável. Na América do Sul a integração energética já vem sendo pensada desde os anos 1960, porém, somente com o surgimento da “Iniciativa para a Integração de Infraestrutura Regional Sul-Americana” (IIRSA) em 2000, é que o investimento em projetos de integração energética na região passou a representar uma ferramenta de estímulo ao desenvolvimento econômico e social da região. A partir da consolidação da União das Nações Sul-Americanas (Unasul),o debate sobre energia tornou-se prioridade para a agenda de políticas públicas dos países membros. A Unasul entende que o acesso à energia será uma das ferramentas da região para diminuir a pobreza e promover o desenvolvimento sustentável na América do Sul. Assim...

Construindo a América do Sul : identidades e interesses na formação discursiva da Unasul

Isabel Meunier Ferraz, Maria; de Almeida Medeiros, Marcelo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.4%
Embora seja um lugar-comum falar-se em identidade latino-americana , poucas pesquisas políticas foram feitas no sentido de medir essa identidade, entender seu conteúdo e investigar seu papel na construção da região. Particularmente, estudos sobre a integração regional na América Latina ou do Sul tendem a negligenciar discursos identitários e sua relação com questões de poder e interesses. Partindo de perspectiva discursiva do estudo identitário, o presente trabalho busca demonstrar como a construção social da integração da América do Sul se dá através de práticas comunicativas voltadas para forjar uma identidade regional. Utilizando-se de método discursivo quali-quantitativo, a pesquisa examina discursos de chefes de Estado e ministros das Relações Exteriores sul-americanos no quadro de institucionalização da União das Nações Sul-Americanas (UNASUL), bem como as normas que regem a organização. A hipótese testada é que os líderes nacionais proativamente promovem processos discursivos de identificação social na construção da UNASUL, embora as narrativas identitárias variem entre os países segundo os valores aos quais são relacionadas. A pesquisa procura assim mover-se para além de um entendimento do discurso identitário como a mera expressão de interesses exógenos...

Internacionalização da educação superior e política externa brasileira: estudo da criação da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA)

Brackmann, Marta Maria
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.5%
Essa dissertação se propõe a analisar a criação da Universidade Federal da Integração Latino- Americana (Unila) - situada em Foz do Iguaçu, na tríplice fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai, criada em 12 de dezembro de 2007 através do Projeto de Lei nº 2. 878/08 - em relação à política externa brasileira, especialmente tendo em vista o processo de integração regional incentivado pelo Brasil a partir dos governos de Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva. Nessa perspectiva, tem como objetivo principal averiguar a potencial contribuição da internacionalização da educação, através da criação da Unila, para o desenvolvimento dos mecanismos processuais necessários para a geração das condições básicas para a integração regional. Considerase que o êxito dos processos de integração regional depende da existência de determinadas condições as quais são geradas a partir de certos mecanismos, conforme apontado por Joseph Nye. Para tanto, a investigação fundamenta-se em duas áreas do conhecimento: Ciências Sociais e Educação. Nas Ciências Sociais, fundamenta-se nas teorias liberal e realista das relações internacionais, bem como nas teorias da cooperação e da integração. Na Educação...

Os antagonismos da integração sul-americana na ordem jurídica brasileira

Macedo, Marconi Neves
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Direito; Constituição e Garantias de Direitos Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Direito; Constituição e Garantias de Direitos
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.4%
The economic regional integration is a phenomenon observed in numerous occasions inside the global economic reality. Watchful to that phenomenon, the 1988 s Brazilian constitutional order establish in its 4th article, single paragraph, the commitment to seek for the Latin- American integration, as a Fundamental Principle to the Brazilian Federative Republic. Regarding the mentioned constitutional disposition s realization, the Brazilian State celebrated, specially, the 1980 s Montevideo Treaty, creating the Latin-American Integration Association, and the 1991 s Asuncion Treaty, performing the duty to establish a common market, in sub regional level, with Argentina, Paraguay and Uruguay, called Mercado Comum do Sul. However, due to an addiction to a wrong comprehension of State s Sovereignty Principle, the Constitution imposes to the international rules an incorporation process, without providing any privilege to those ones regarding the integration constitutional disposition s realization, whether original or derived. The Brazilian s Supreme Court, as matter of fact, affirmed that it is not possible, facing the actual constitutional order, to grant any character of preference. Also in the controversies solution mechanism, responsible for the law s execution in case of its noncompliance...

A recuperação do desenvolvimentismo no regionalismo latino-americano; Texto para Discussão (TD) 1790: A recuperação do desenvolvimentismo no regionalismo latino-americano; The recovery of developmentalism in Latin American regionalism

Teixeira, Rodrigo Alves; Desiderá Neto, Walter Antonio
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
56.34%
O objetivo deste artigo é, a partir da análise do desenvolvimento histórico dos projetos de integração regional na América Latina e do pensamento econômico e político predominante que estiveram por trás deles, demonstrar que, no debate atual sobre a integração latino-americana, há um resgate das ideias cepalinas dos anos 1950 e 1960 quanto ao caráter que deve ter esta integração – a qual, nos escritos originais da Cepal, deveria assumir feições de um regionalismo desenvolvimentista, em oposição a um regionalismo liberal. É esta tensão quanto ao caráter do regionalismo que se buscará mostrar na história deste debate.; 37 p.

Comércio internacional e integração produtiva: uma análise dos fluxos comerciais dos países da Aladi; Texto para Discussão (TD) 1705: Comércio internacional e integração produtiva: uma análise dos fluxos comerciais dos países da Aladi; International trade and productive integration: an analysis of the trade flows of the countries of Aladi

Castilho, Marta
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
56.28%
Apesar do vigoroso crescimento do comércio exterior dos países da Associação Latino- -Americana de Integração (Aladi) nos anos 2000, a inserção desses países nas redes globais de valor é relativamente baixa, refletindo em grande parte a especialização desses países em bens intensivos em recursos naturais. Em geral, o peso de partes, componentes e bens de capital no comércio total dos países da região é fraco, o que evidencia uma baixa participação da Aladi nas cadeias produtivas globais. Ademais, tal inserção se dá, sobretudo, como demandantes desses bens para a produção ou montagem de bens finais voltados para o mercado interno ou externo. Os indicadores referentes ao peso de partes, componentes e bens de capital no comércio intrarregional, embora mais elevado do que na relação com parceiros comerciais extrarregionais, revelam fraca integração produtiva regional. Eles sugerem a existência de incipiente articulação produtiva entre os países da Aladi, porém incomparavelmente menor do que a observada nos países asiáticos e insuficiente para fortalecer a competitividade internacional dos produtos made in Aladi.; 62 p. : il.

A UNILA e a integração latino-americana

Corazza, Gentil
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim de Economia e Política Internacional - Artigos
PT-BR
Relevância na Pesquisa
66.43%
Apresenta de modo breve o projeto da construção da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), enfatiza o problema da integração latino-americana, o processo de criação da Unila e as características de seu projeto acadêmico.; p. 79-88

RESPOSTAS DA UNIVERSIDADE PARA A INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA: O CASO DO PROLAM/USP

Terenzi, Héctor Francisco; Cacciamali, Maria Cristina; José-Silva, Maria de Fátima
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Artes, Ciência e Humanidades. PROLAM Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Artes, Ciência e Humanidades. PROLAM
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2002 POR
Relevância na Pesquisa
66.25%
O Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina da Universidade de São Paulo -PROLAM/USP - foi constituído em 1988 com dois objetivos: responder às necessidades de aprofundar aprodução de conhecimento dos processos de integração latino-americanos no campo das humanidades em suasdiferentes dimensões: político, econômico, social, cultural e de relações internacionais; criar uma instância dereflexão acadêmico-científica para agregar e formar especialistas na temática, na qual a USP apresentavalacuna frente às universidades de excelência do exterior. A construção de um espaço institucional com essafinalidade foi motivada pela aceleração do processo de mudanças estruturais no fim da década de 80, dosprocessos de mundialização e de integração regional, principalmente, dos países do Cone Sul. Este artigoapresenta inicialmente o contexto no qual este Programa de Pós-Graduação foi concebido e seus alvosprimordiais. Na seqüência as seções foram estruturadas da seguinte maneira: na primeira seção expomos aconcepção metodológica do PROLAM/USP, linhas de pesquisa e disciplinas oferecidas; na segundaanalisamos as diretrizes de atuação, projetos desenvolvidos e as contribuições acadêmicas; na terceira seçãoevidenciamos os temas das dissertações de mestrado concernentes ao MERCOSUL; e na quarta seçãoponderamos sobre o processo de auto avaliação do PROGRAMA e suas decorrências. Por fim...

INTEGRAÇÃO ECONÔMICA REGIONAL NA AMÉRICA LATINA: UMA INTERPRETAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES DA CEPAL

Braga, Márcio Bobik
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Artes, Ciência e Humanidades. PROLAM Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Artes, Ciência e Humanidades. PROLAM
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2002 POR
Relevância na Pesquisa
56.26%
Este artigo procura resgatar e sintetizar o pensamento da Comissão Econômica para a América Latina e Caribe – CEPAL sobre a integração econômica regional latino-americana. Tal pensamento pode ser dividido em duas grandes fases. A primeira analisa a integração econômica como parte da estratégia de desenvolvimento econômico e, em particular, do processo de substituição de importações adotado na América Latina na década de 50. A segunda, caracterizada pelo chamado "regionalismo aberto" dos anos 90, busca na integração regional uma maior inserção das economias latino-americanas na economia internacional. Entre estas duas fases, há um contexto em que a CEPAL tem o seu interesse voltado para o ajuste macroeconômico dos países latino americanos e para os problemas ditos estruturais. Nesta fase intermediária, apesar da idéia do regionalismo na América Latina não ter tido grande destaque nos trabalhos e documentos da CEPAL, surgem as bases para o estudo de novos e importantes elementos para o aprofundamento do tema , principalmente no que diz respeito à cooperação no âmbito macroeconômico entre os países envolvidos no processo deintegração.

The Latin American integration in the 19th Century: Mercosul historical backgrounds; A integração latino-americana no século XIX: antecedentes históricos do Mercosul

Santos, Ricardo Soares Stersi dos; Universidade Federal de Santa Catarina
Fonte: Fundação José Arthur Boiteux Publicador: Fundação José Arthur Boiteux
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 13/09/2010 POR
Relevância na Pesquisa
56.33%
Today, when one thinks about integration in Latin-America, immediately associated with the image of existing regional international organizations: Mercosur, Andean Pact, Central American Common Market. What happens is that the history of Latin-American integration is prior to those international organizations and born together with the ideal ofindependence the Latin-Americans countries, in 19th century. As seen in research, the ideas integrationists started with the search for political union between the countries of Latin-Americans and, only later, adopted economic prospects that currently defined.; http://dx.doi.org/10.5007/2177-7055.2008v29n57p177Hoje, quando se pensa em integração latino-americana, imediatamente se associa a imagem das organizações internacionais regionais existentes: Mercosul, Pacto Andino, Mercado Comum Centro-Americano. Ocorre que a história da integração latino-americana é muito anterior a essas organizações internacionais e nasce em conjunto com o próprio ideal de independência dos Estados latino-americanos, em pleno século XIX. Como se verá na pesquisa, as idéias integracionistas iniciaram com a busca da união política entre os Estados latino-americanos e só mais adiante adotaram as perspectivas econômicas que atualmente as definem.

Integração regional: instituições e processo

Mallmann, Maria Isabel
Fonte: Meridiano 47; Meridiano 47 Publicador: Meridiano 47; Meridiano 47
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/10/2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.08%
O presente artigo busca analisar o desenvolvimento da política de integração latino-americana, seus percalços e possibilidades de sucesso.

ALBA: entre a aposta pela integração e a dependência do contexto político dos países membros

Reis Melo, Filipe; UEPB
Fonte: Meridiano 47; Meridiano 47 Publicador: Meridiano 47; Meridiano 47
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 24/07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
76.46%
Este artigo analisa a Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América (ALBA) e o compara com experiências anteriores de integração latino-americana. Foram analisados aspectos do discurso presente nos documentos oficiais da ALBA y alguns projetos do bloco. Conclui-se que a ALBA rompe com o padrão tradicional de integração regional latino-americana.  This article analyses “The Bolivarian Alliance for the Peoples of Our America (ALBA)” and compares it to the previous experiences of Latin American integration. The pronouncements in the official ALBA documents are examined as are some of projects that the block has carried out. The conclusion is reached that ALBA breaks with the traditional pattern of regional integration in Latin America.