Página 1 dos resultados de 260 itens digitais encontrados em 0.085 segundos

Acoplamento estrutural das instituições de longa permanência para idosos com sistemas societais do entorno; Acoplamiento estructural de los hogares para ancianos con los sistemas sociales de su entorno; The homes for the aged and its structural coupling with the surrounding social systems

CREUTZBERG, Marion; GONÇALVES, Lucia Hisako Takase; SANTOS, Beatriz Lara dos; SANTOS, Silvana Sidney da Costa; PELZER, Marlene Teda; PORTELLA, Marilene Rodrigues; SCORTEGAGNA, Helenice de Moura; RODRIGUES, Rosalina Aparecida Partezani; MARQUES, Sueli; SA
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
206.12%
Estudo em seis Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), destinadas a idosos de baixa renda, em três regiões do país, com o objetivo de analisar como o sistema organizacional interno das ILPIs mantinha acoplamento estrutural com sistemas do entorno. Os dados foram coletados por observação e entrevista e a análise fundamentou-se nas concepções da Teoria Luhmanniana de Sistemas Sociais. Como resultado, as regras de pertencimento não promoviam propostas assistenciais que contemplassem o estímulo à vida autônoma e exercício da individualidade dos residentes. Os acoplamentos estruturais com o meio externo geravam ressonâncias negativas nas ILPIs, como ausência de vínculo com as ações programáticas do serviço público de atenção básica de saude, impossibilidade de manter equipe multiprofissional, de adequar totalmente a infraestrutura e de remover a distância dos familiares da rotina. Como ressonância positiva, havia a potecialização da equipe pela presença de estudantes e respectivos docentes.; Estudio realizado en seis Instituciones de Permanencia Prolongada para Ancianos (ILPIs), destinadas a los ancianos con bajos salarios en tres regiones del país, con el objetivo de analizar como el sistema organizacional interno de las ILPIs mantenía un acoplamiento estructural con los sistemas del entorno. Los datos fueron obtenidos por medio de la observación...

As instituições de longa permanência para idosos em pequenos centros urbanos mineiros: práticas e costumes alimentares; The elderly long term permanence institutions in small urban centers of Minas Gerais State: eating practices and habits

Noronha, Pauliana de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
196.14%
Introdução A preservação de práticas e costumes alimentares de anciãos moradores em instituições de longa permanência para idosos (ILPI) localizadas em pequenos centros urbanos mineiros contribui para uma percepção positiva de estar na instituição. Objetivo Investigar se existe semelhança entre a alimentação recordada entre os idosos moradores nessas ILPI, referente ao período pré-institucionalização, com aquela hoje realizada pelas cozinheiras dessas instituições. Delinear o perfil de sensação de bem-estar manifestada pelos assistidos. Métodos Os critérios de inclusão dos atores participantes do estudo foram: ser nativo da região mineira do Lago de Furnas e apresentar condições para dialogar com o pesquisador (recomendados pela direção das instituições). Em seguida foi explicado aos indicados a finalidade da pesquisa e 34 deles concordaram em participar: 15 moradores na ILPI I, 7 na ILPI II e 12 na ILPI III. O número de cozinheiras entrevistadas, por instituição, foram duas pessoas. Resultados A aplicação de teste estatístico pertinente, indicou que as ILPI atendem 84,5 por cento dos pratos doces recordados coincidentemente nas três ILPI. Quanto aos salgados, cujas lembranças também coincidiram nas três ILPI...

Qualificação de espaços abertos em Instituições de Longa Permanência para Idosos; Improving open spaces at long term stay institutions for the elderly (ilpi-instituições de longa permanência para idosos)

Tomasini, Sérgio Luiz Valente
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
186.29%
O envelhecimento populacional é hoje um fenômeno observado mundialmente. Dentre as preocupações em oferecer qualidade de vida a essa crescente população, destaca-se a necessidade de ambientes de moradia mais adequados às necessidades dos idosos. Nesse contexto, as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), constituem uma importante alternativa de habitação para idosos em condições de vulnerabilidade social. A legislação brasileira tem avançado no sentido de exigir a qualificação dos ambientes físicos dessas instituições, estando, porém, ainda muito limitada ao estabelecimento de normas técnicas para as edificações que as abrigam. As áreas externas ou espaços abertos, apesar da sua importância para a qualidade de vida do idoso, permanecem pouco atendidos pela legislação vigente e quase inexplorados no âmbito das pesquisas envolvendo o ambiente construído. Observa-se também, na pesquisa em ambiente construído, pouca articulação com as contribuições teóricas dos estudos sobre o envelhecimento humano, as quais podem auxiliar na compreensão das necessidades desse grupo de usuários sobre seus ambientes físicos. Esta pesquisa se dedica, portanto, a investigar o tema dos espaços abertos junto às ILPIs...

Construção de ferramenta avaliativa direcionada às instituições de longa permanência para idosos : relato de experiência; Construction of an evaluative tool aimed to elderly home institution : an experience report; Construcción de una herramienta de evaluación destinado a las instituciones de longapermanencia de ancianos : un relato de experiencia

Felician, Ariane Minussi; Santos, Silvana Sidney Costa; Pelzer, Marlene Teda; Oliveira, Adriane Meria Netto de; Pinho, Leandro Barbosa de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
186.28%
Este estudo objetivou descrever a experiência da construção de uma ferramenta avaliativa direcionada às instituições de longa permanência para idosos. Utilizou-se pesquisa avaliativa, quando se construiu uma ferramenta, fundamentada nas políticas públicas para utilização do enfermeiro que atua nessas instituições. Foi realizado em uma instituição de longa permanência para idosos, do Rio Grande do Sul, Brasil, em 2009. A ferramenta apresenta seis páginas de três colunas: na primeira, estão escritas as questões a serem observadas; na segunda, verificam-se as anotações do que necessita ser verificado/avaliado; na terceira, estão os dispositivos legais que sustentam as anotações necessárias e solicitadas. Esta ferramenta abarca três dimensões: estrutura organizacional, estrutura física e cuidados específicos aos residentes. A ferramenta avaliativa construída mostra-se um instrumento importante para uso dos enfermeiros que atuam nas instituições de longa permanência para idosos e espera-se que ela possa contribuir para o desenvolvimento das ações desse profissional.; This study aimed to describe an assessment tool experience designed for an elderly home institution. Evaluative research when it was designed a tool based on public policies for nurses’ care in this kind of institution. The research was developed in a home for elderly in the state of Rio Grande do Sul...

Alimentação institucionalizada e suas representações sociais entre moradores de instituições de longa permanência para idosos em São Paulo, Brasil

Santelle,Odete; Lefèvre,Ana Maria Cavalcanti; Cervato,Ana Maria
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
186.16%
Foram analisadas representações sociais sobre alimentação entre moradores de instituições de longa permanência para idosos, para identificar condicionantes do comportamento alimentar que podem interferir no estado nutricional destes indivíduos. Realizada pesquisa qualitativa e exploratória em cinco asilos de São Paulo, Brasil. Participaram quarenta idosos de ambos os gêneros, sem distúrbios cognitivos, residentes nas instituições há seis meses ou mais. Foram selecionados vinte sujeitos desnutridos ou em risco de desnutrição e vinte sem risco de desnutrição. Foram utilizadas entrevistas com roteiro semi-estruturado e os dados analisados pela técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Os resultados apontaram que, na percepção dos idosos, a rotina alimentar institucionalizada, os cardápios rotineiros e a oferta insuficiente de hortaliças e frutas interferem negativamente no processo de alimentação. Os idosos reconhecem que a alimentação equilibrada melhora a saúde e a qualidade de vida. Revelam que a inapetência de alguns está relacionada a comidas que não agradam ao paladar, problemas de saúde e à assistência inadequada durante as refeições. Este estudo contribuiu para identificar fatores psicológicos e sociais que podem concorrer para a maior freqüência de desnutrição entre idosos institucionalizados.

Ocorrência de quedas em idosos residentes em instituições de longa permanência em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

Álvares,Liege Mata; Lima,Rosângela da Costa; Silva,Ricardo Azevedo da
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
176.25%
O objetivo deste estudo foi descrever a ocorrência de quedas e fatores associados em idosos residentes em instituições de longa permanência para idosos em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Foi utilizado um questionário estruturado com perguntas sobre características demográficas, morbidade, uso de psicotrópicos e ocorrência de quedas. Em dezembro de 2006, foram visitadas todas as 21 instituições de longa permanência para idosos registradas na cidade. Dentre elas, 19 consentiram em participar do estudo. Foram identificados 377 idosos, mas 96 não tinham condições de responder o questionário e 38 foram recusas. Dos 243 idosos incluídos no estudo, a maioria era mulheres (72,8%) e tinha, em média, 77,7 (DP = 8,9) anos. Cerca de um terço dos idosos (32,5%) sofreu pelo menos uma queda no último ano. A ocorrência de quedas foi duas vezes maior nas mulheres, nos idosos com reumatismo ou doença da coluna e naqueles que utilizavam medicação psicotrópica. Pretende-se que as informações obtidas possibilitem discussões sobre a saúde dos idosos residentes em instituições de longa permanência.

Avaliação das instituições de longa permanência para idosos do município de Olinda-PE

Angelo,Barbara Helena de Brito; Silva,Débhora Isis Barbosa e; Lima,Maria do Amparo Souza
Fonte: Universidade do Estado do Rio Janeiro Publicador: Universidade do Estado do Rio Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
186.19%
OBJETIVO: Este trabalho se propõe a analisar a organização e funcionamento das instituições de longa permanência para idosos (ILPI) do município de Olinda-PE, através da aplicação do instrumento específico da Vigilância Sanitária, elaborado em 2007, verificando se as instituições atendem à normatização do Ministério da Saúde. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo exploratório de abordagem quantitativa, realizado em sete ILPIs particulares, públicas e/ou filantrópicas do município de Olinda-PE. Foram respeitados os aspectos éticos de pesquisa com seres humanos. Os dados foram analisados através do software Excel e apresentados em tabelas e gráficos. RESULTADOS: Há predominância de mulheres sobre homens; 38,4% possuem grau de dependência I; 33,1%, grau de dependência II; e 28,5%, grau de dependência III. 100% das ILPIs têm administrador, 57,1%, serviço médico e de assistência social, 85,7%, serviço de nutrição, 71,4%, técnicos de enfermagem e 42,8%, secretária, psicólogo e enfermeira. Quanto aos serviços que os idosos utilizam em caso de necessidade de atendimento imediato, constatou-se o uso do SUS em 57,1% das ILPIs; 71,4% das instituições têm imóvel próprio; 100% são cadastradas no Conselho Municipal de Idosos; 57...

Idosos residentes em instituições de longa permanência para idosos da região metropolitana de Belém-PA

Polaro,Sandra Helena Isse; Fideralino,Joana Cleia Trindade; Nunes,Priscila Araújo de Oliveira; Feitosa,Elisa da Silva; Gonçalves,Lucia Hisako Takase
Fonte: Universidade do Estado do Rio Janeiro Publicador: Universidade do Estado do Rio Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
186.18%
Estudo exploratório-descritivo realizado em quatro instituições de longa permanência para idosos (ILPI), duas filantrópicas e duas governamentais, na região metropolitana de Belém, PA. OBJETIVO: Descrever as características sociais do idoso institucionalizado de baixa renda, em ILPI da região metropolitana de Belém, e identificar as condições de vida, de saúde e o grau de dependência nas atividades básicas de vida diária. METODOLOGIA: Participaram 165 idosos institucionalizados que se limitaram a descrever os dados obtidos na Caderneta do Idoso do MS/SUS, avaliando-se a independência para as atividades da vida diária pelo Índice de Katz. RESULTADOS: A prevalência de 62,5% de residentes idosos solteiros e sem família reforça a justificativa da necessidade e utilidade da ILPI como programa geronto-geriátrico alternativo a serviço da sociedade. No grupo etário de 80 anos e mais (49%) entre os residentes, devem ser revistas as estratégias cuidativas aos idosos com foco especial em vulnerabilidade e fragilização. A inatividade física no interior da ILPI (87 %) e a dependência nas atividades da vida diária (58%) alertam para a necessidade de incrementar práticas diárias institucionais, com foco no envelhecimento ativo. A alta prevalência de comorbidades (90%) e de polifarmácia (71%) entre os residentes clama por atenção especializada no que concerne ao tratamento das afecções...

Perfil das instituições de longa permanência para idosos em uma cidade no estado de São Paulo

Cornélio,Graziela Félix; Godoy,Ilda de
Fonte: Universidade do Estado do Rio Janeiro Publicador: Universidade do Estado do Rio Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
186.16%
O objetivo deste estudo descritivo, quantitativo e transversal foi caracterizar o perfil de instituições de longa permanência para idosos de Botucatu, SP. Foram entrevistados os responsáveis técnicos e coordenadores de nove instituições existentes no município, com análise de concordância de algumas respostas, e foi aplicada a escala de Katz para avaliar o nível de dependência dos idosos. Os principais resultados foram: deficiência de recursos, principalmente humanos; dificuldades quanto a referência e contrarreferência; falta de rede de apoio social e problemas nas relações com os familiares dos idosos. Além disso, havia restrição de atividades de lazer para os idosos, e tanto a avaliação da qualidade de assistência prestada quanto as atividades de educação continuada para os cuidadores não ocorriam de forma sistematizada. O estudo mostrou a necessidade de atividades que promovam a autonomia e integração social dos idosos, bem como a capacitação e seleção mais criteriosa dos cuidadores. Portanto, torna-se importante a atuação de profissionais qualificados por meio de uma abordagem interdisciplinar, havendo melhor integração dos serviços com participação de diversos órgãos envolvidos na assistência ao idoso e devem ser mantidos e fortalecidos os vínculos familiares nesse processo.

Acoplamento estrutural das instituições de longa permanência para idosos com sistemas societais do entorno

Creutzberg,Marion; Gonçalves,Lucia Hisako Takase; Santos,Beatriz Lara dos; Santos,Silvana Sidney da Costa; Pelzer,Marlene Teda; Portella,Marilene Rodrigues; Scortegagna,Helenice de Moura; Rodrigues,Rosalina Aparecida Partezani; Marques,Sueli; Sales,Zenil
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
196.09%
Estudo em seis Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), destinadas a idosos de baixa renda, em três regiões do país, com o objetivo de analisar como o sistema organizacional interno das ILPIs mantinha acoplamento estrutural com sistemas do entorno. Os dados foram coletados por observação e entrevista e a análise fundamentou-se nas concepções da Teoria Luhmanniana de Sistemas Sociais. Como resultado, as regras de pertencimento não promoviam propostas assistenciais que contemplassem o estímulo à vida autônoma e exercício da individualidade dos residentes. Os acoplamentos estruturais com o meio externo geravam ressonâncias negativas nas ILPIs, como ausência de vínculo com as ações programáticas do serviço público de atenção básica de saude, impossibilidade de manter equipe multiprofissional, de adequar totalmente a infraestrutura e de remover a distância dos familiares da rotina. Como ressonância positiva, havia a potecialização da equipe pela presença de estudantes e respectivos docentes.

Avaliação do ambiente construído de instituições de longa permanência para idosos

Katharina de Figueirêdo Leite, Ana; Maria Villarouco Santos, Vilma (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
196.19%
A proporção de idosos na sociedade brasileira é crescente, e a busca pela qualidade de vida dessa população tem gerado preocupações com questões como as relacionadas à moradia. O novo arranjo familiar com menor suporte aos idosos e a falta de infraestrutura que atenda às alterações biológicas do envelhecimento são aspectos que determinam a procura cada vez maior por instituições de moradia coletivas, as ILPI s (Instituições de Longa Permanência para Idosos). O objetivo desse estudo é avaliar o ambiente construído de ILPI s privadas do Recife, sob a ótica da Ergonomia. Para tanto, empregou-se a Metodologia Ergonômica para o Ambiente Construído (MEAC) em duas instituições particulares da cidade do Recife. Por meio desse trabalho constatou-se que a relação dos usuários (residentes e funcionários) com o ambiente construído é determinada pelo nível de capacidade funcional e pelas oportunidades de envolvimento nas atividades da rotina das instituições. Os funcionários têm mais oportunidades de interação com o ambiente, mas a relação menos ativa ou inexistente dos idosos não impede que o ambiente construído repercuta na qualidade de vida dos residentes. Os atributos mais relevantes para as edificações de ILPI s são os de instalações (acessibilidade...

Estudo comparativo entre instituições de longa permanência para idosos na cidade do Recife sob foco da ergonomia do ambiente construído

Porto, Nara Raquel Silva
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
176.23%
No Brasil, a atenção ao envelhecimento deixou de ser apenas uma preocupação das áreas da saúde e socioeconômica, passando a incluir as diferentes ciências, pelas necessidades e exigências do mundo que envelhece, considerando-se o meio em que vivem os idosos, seja o espaço público ou seu domicílio. O surgimento de Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI´s), os antigos asilos, é uma necessidade cada vez mais presente nesta sociedade envelhecida, que têm a finalidade de proporcionar moradia coletiva em um ambiente seguro, adaptado e com assistência gerontogeriátrica. Inserido nesse panorama, este trabalho integra-se a uma pesquisa mais ampla, que cuida de avaliar e entender as relações humano-ambiente-atividades, quando este humano é uma pessoa idosa e o ambiente é uma residência coletiva destinada a essa população. Nessa perspectiva, e tendo como suporte a ergonomia aplicada ao ambiente construído, este trabalho cuidou em um primeiro momento de investigar uma instituição de longa permanência para Idosos de alto padrão e no segundo momento realizou a comparação do presente estudo com as cinco casas já investigadas pelo grupo de pesquisa, que foram duas públicas, duas particulares e uma filantrópica...

Dor crônica em residentes das instituições de longa permanência para idosos de uma metrópole da região centro-oeste; Chronic Pain in Residents of nursing home for the Elderly in a Metropolis of the Mid-Western Region

Pessoa, Ana Paula da Costa
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Enfermagem (FEN); Faculdade de Enfermagem - FEN (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Enfermagem (FEN); Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
186.14%
Chronic pain afflicts people of all ages, however in the elderly, as scholars agree, there are still gaps of knowledge on the standard in which such experience occurs. The main goal of this paper was to assess the prevalence of chronic pain, characteristics, as well as the associated factors in the elderly living in nursing home. This is a cross-sectional study, carried out in seven out of nine nursing home registered in the Municipal Council for the Elderly and in the Municipal Health Office, in Goiânia, Brazil. We included in this study the individuals with highest scores ≥13 in the Mini Mental State Examination (MMSE), with visual, auditory and speech capacity sufficient to participate in the interviews and with age ≥ 60 years , 159 elderly people total. Chronic pain was considered as existing for six months or more. The main pain ( the one most uncomfortable for the elderly) was characterized according to its intensity (through the Verbal Rating Scale, of five points, with the following categories: “none”, “mild”, “moderate”, “severe”, “worst pain ever”) and localization , through body diagrams, with back and front. The variables of exposure included sociodemographic and clinical ones. Self-perception of health was assessed through the following Verbal Rating Scale: “great”...

Autoavaliação de saúde, capacidade funcional e perfil demográfico, socioeconômico e clínico entre residentes em Instituições de Longa Permanência para Idosos; Self-assessed health, functional capacity and demographic, socioeconomic and clinical profile of residents in Long-Term Care Institutions for the Elderly

Alves, Denise Pinheiro Marques
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Enfermagem (FEN); Faculdade de Enfermagem - FEN (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Enfermagem (FEN); Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
206.23%
Elderly living in Long-Term Care Institutions for the Elderly (LTCI) live with chronic illnesses and pain, which start/intensify disabilities, hamper the maintenance of daily activities and generative negative perceived health conditions. The study objectives were to analyze the demographic, socioeconomic and health conditions profile of elderly living in LTCI; to estimate the prevalence of disability in basic activities of daily living (BADL) and negative self-assessed health and associated factors. Cross-sectional, analytic study, undertaken between May and August 2012, involving 159 elderly living in LTCI, in the house-home and comprehensive care modalities. The target population in this study included elderly without a severe cognitive deficit (scores ≥13 on the Folstein Mini-Mental State Examination, Folstein Mchugh (1975), who lived in the seven participating LTCI (n=246), three of which were of the house-home and four of the comprehensive care type. The outcome variables were functional disability (assessed through the Katz Index) and negative self-assessed health (bad/vary bad). Depression symptoms were assessed by means of the thirty-point Geriatric Depression Scale and pain intensity through the verbal descriptors scale. The prevalence rates were presented with the respective confidence interval (95%CI). For analysis...

Úlcera por pressão como reservatório e fonte de infecção de bacilos gram-negativo em pacientes internados em um hospital de nível terciário e em residentes de instituições de longa permanência para idosos

Braga, Iolanda Alves
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
196.17%
Introdução: Úlceras por pressão (UPs) são frequentes em pacientes hospitalizados e em residentes de Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI), são passíveis de colonização/infecção por bactérias epidemiologicamente importantes e fonte potencial de bacteremia secundária. Objetivos: Avaliar a colonização das UPs como reservatório e/ou fonte de infecção por bacilos Gram-negativos (BGN), e o risco de evolução para infecção de corrente sanguínea secundária, bem como a colonização da mucosa de orofaringe por esses microrganismos em pacientes internados no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) e em residentes de ILPI. Casuística e Métodos: Foram realizados estudos de coorte prospectivo em diferentes clínicas do HC-UFU e do tipo longitudinal em residentes em três ILPI da cidade, ambos no período de agosto de 2009 a julho de 2010. As UPs foram classificadas quanto à gravidade (estadio I a IV) e quanto à presença de infecção local através de critérios clínicos e microscópicos, o último pela razão 2:1 de leucócitos polimorfonucleares e células epiteliais, após a coloração do esfregaço da úlcera pelo método de Giemsa. A vigilância foi realizada por busca ativa com acompanhamento dos voluntários até alta ou óbito. Uma ficha individual com dados demográficos...

Características das instituições de longa permanência para idosos: Região Norte

Camarano, Ana Amélia (Coordenação)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea); Brasil. Presidência da República. Secretaria Especial dos Direitos Humanos Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea); Brasil. Presidência da República. Secretaria Especial dos Direitos Humanos
Tipo: Livros
PT-BR
Relevância na Pesquisa
196.17%
Traz o resultado da pesquisa “Condições de funcionamento e de infra-estrutura nas instituições de longa permanência para idosos (ILPIs)no Brasil”. Mostra em âmbito nacional, um retrato das ILPIs no Brasil com vistas a subsidiar o setor público no seu papel de elaboração, implementação e fiscalização de políticas para os idosos em situação de vulnerabilidade social e/ou sem laços familiares. Os resultados aqui apresentados para os estados da região Norte reúnem um conjunto de indicadores que buscam captar a infra-estrutura física, os serviços oferecidos e os recursos humanos e financeiros disponíveis nessas instituições, bem como algumas características dos idosos residentes.; v. 1 (222 p.) : il.

Características das instituições de longa permanência para idosos: Região Sudeste

Camarano, Ana Amélia (Coordenação Geral)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Livros
PT-BR
Relevância na Pesquisa
196.13%
Este livro apresenta os resultados para a região Sudeste do primeiro levantamento de caráter nacional que mapeia as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) existentes, traça o seu perfil e apresenta algumas características dos residentes. O levantamento é realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), com apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e do Conselho Nacional dos Direitos do Idoso (CNDI).; v.5 (240 p.) : il.

A sobrevivência econômica de instituições de longa permanência para idosos empobrecidos; La supervivencia económica de hogares para ancianos empobrecidos; The economic survival of long stay institutions for impoverished aged people

Creutzberg, Marion; Gonçalves, Lúcia Hisako Takase; Sobottka, Emil Albert
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2007 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
176.18%
OBJETIVO: Identificar acoplamentos estruturais da instituição de longa permanência para idosos (ILPIs) com o sistema econômico, para a manutenção das instituições que abrigam idosos pobres, no contexto brasileiro. MÉTODO: Estudo exploratório-descritivo, de abordagem qualitativa. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas com sete dirigentes e oito idosos, análise de comunicações de 52 ILPIs sem fins lucrativos, de caráter público ou privado. A análise de conteúdo foi processada com base nos referenciais da teoria de sistemas de Niklas Luhmann. RESULTADOS: Foi verificado que, diante da escassez de recursos econômicos dos idosos, parte importante das despesas para a manutenção das ILPIs é assumida pelas próprias Instituições e a busca desses recursos dirigentes, equipe, idosos e comunidades. CONCLUSÕES: O excessivo envolvimento das instituições na elaboração de programas em busca de fontes de recursos pode prejudicar o desempenho da função essencial de cuidado ao idoso pobre.; OBJETIVO: Identificar acoplamientos estructurales de Hogares para Ancianos (HA) con el sistema económico, para la manutención de las instituciones que abrigan ancianos pobres, en el contexto brasileño. MÉTODO: estudio de aproximación cualitativa de tipo exploratorio descriptivo. La recolecta de datos fue realizada mediante entrevistas con 7 dirigentes y 8 ancianos y análisis de comunicaciones de 52 HAs sin fines lucrativos...

Ocorrência de quedas em idosos residentes em instituições de longa permanência em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

Álvares,Liege Mata; Lima,Rosângela da Costa; Silva,Ricardo Azevedo da
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
176.25%
O objetivo deste estudo foi descrever a ocorrência de quedas e fatores associados em idosos residentes em instituições de longa permanência para idosos em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Foi utilizado um questionário estruturado com perguntas sobre características demográficas, morbidade, uso de psicotrópicos e ocorrência de quedas. Em dezembro de 2006, foram visitadas todas as 21 instituições de longa permanência para idosos registradas na cidade. Dentre elas, 19 consentiram em participar do estudo. Foram identificados 377 idosos, mas 96 não tinham condições de responder o questionário e 38 foram recusas. Dos 243 idosos incluídos no estudo, a maioria era mulheres (72,8%) e tinha, em média, 77,7 (DP = 8,9) anos. Cerca de um terço dos idosos (32,5%) sofreu pelo menos uma queda no último ano. A ocorrência de quedas foi duas vezes maior nas mulheres, nos idosos com reumatismo ou doença da coluna e naqueles que utilizavam medicação psicotrópica. Pretende-se que as informações obtidas possibilitem discussões sobre a saúde dos idosos residentes em instituições de longa permanência.

Alimentação institucionalizada e suas representações sociais entre moradores de instituições de longa permanência para idosos em São Paulo, Brasil

Santelle,Odete; Lefèvre,Ana Maria Cavalcanti; Cervato,Ana Maria
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
186.16%
Foram analisadas representações sociais sobre alimentação entre moradores de instituições de longa permanência para idosos, para identificar condicionantes do comportamento alimentar que podem interferir no estado nutricional destes indivíduos. Realizada pesquisa qualitativa e exploratória em cinco asilos de São Paulo, Brasil. Participaram quarenta idosos de ambos os gêneros, sem distúrbios cognitivos, residentes nas instituições há seis meses ou mais. Foram selecionados vinte sujeitos desnutridos ou em risco de desnutrição e vinte sem risco de desnutrição. Foram utilizadas entrevistas com roteiro semi-estruturado e os dados analisados pela técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Os resultados apontaram que, na percepção dos idosos, a rotina alimentar institucionalizada, os cardápios rotineiros e a oferta insuficiente de hortaliças e frutas interferem negativamente no processo de alimentação. Os idosos reconhecem que a alimentação equilibrada melhora a saúde e a qualidade de vida. Revelam que a inapetência de alguns está relacionada a comidas que não agradam ao paladar, problemas de saúde e à assistência inadequada durante as refeições. Este estudo contribuiu para identificar fatores psicológicos e sociais que podem concorrer para a maior freqüência de desnutrição entre idosos institucionalizados.