Página 1 dos resultados de 154 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Trabalho, reabilitação psicossocial e rede social: concepções e relações elaboradas por usuários de serviços de saúde mental envolvidos em projetos de inserção laboral; Work, psychosocial rehabilitation, and social network: conceptions and relationships established by mental health service users involved in laboral insertion projects.

Lussi, Isabela Aparecida de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
56.5%
O presente estudo elegeu como foco de investigação o trabalho desenvolvido por usuários de serviços de saúde mental em oficinas de geração de renda ou em cooperativas sociais integradas. Objetivou-se identificar as concepções acerca do trabalho elaboradas pelos usuários, bem como investigar se estabelecem relações entre trabalho, processos de reabilitação psicossocial e rede social. Participaram do estudo quinze usuários, sendo cinco sócios da Cooperativa Social Querciambiente, da cidade de Trieste, Itália, cinco freqüentadores das oficinas de geração de renda da Associação Arte e Convívio, do município de Botucatu SP e cinco participantes do Núcleo de Oficinas e Trabalho do Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira, da cidade de Campinas SP. Para a coleta de material, utilizou-se a técnica da observação livre, entrevista semi-estruturada e busca documental. O material empírico oriundo das entrevistas foi submetido à Análise Temática, a qual possibilitou identificação das categorias de análise. Os dados provenientes da observação livre e da busca documental foram utilizados como complementação dos dados obtidos nas entrevistas. A análise do material foi subsidiada pelos pressupostos teóricos da Desinstitucionalização e da Economia Solidária. Os resultados demonstraram que na concepção dos sujeitos o trabalho é uma importante ferramenta para a emancipação social das pessoas...

Abordagem ergonômica para a inserção laboral dos portadores de deficiência visual em estúdios de gravação : um estudo de caso

Hoffmann, Lia Terezinha
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.36%
Este trabalho apresenta-se como um estudo de caso da inserção laboral de portadores de deficiência visual em um estúdio de gravação. O trabalho tem como objetivo a melhoria das condições do posto de trabalho, considerando a concepção ergonômica do ambiente e de sua própria atividade laboral. Para o desenvolvimento do estudo considerou-se a Análise Ergonômica do Trabalho (AET), como a metodologia mais apropriada à situação. Esta possibilitou, em primeiro lugar, a identificação dos problemas do estúdio em si e ainda o diagnóstico dos problemas existentes em relação à utilização do posto por um operador Deficiente Visual (DV). Em segundo lugar, a necessidade da adaptação das ferramentas de trabalho, tendo como foco principal a recomendação do software mais adaptado para gerenciar o trabalho do operador, principalmente considerando na avaliação critérios como acessibilidade e usabilidade. Dessa forma, ficou evidenciado que os critérios de usabilidade na avaliação de softwares indicam uma abordagem bastante prometedora, inclusive indicando as vantagens e as desvantagens no uso de determinados programas, visando a adaptação à população de DVs. O estudo permitiu em sua globalidade o fornecimento de subsídios para a melhoria do posto de operador neste tipo de estúdio e constitui-se nos primeiros passos para o entendimento de processos de trabalho que respeitem as diferenças e valorizem a integração de portadores de deficiência no mercado de trabalho.

Ginástica laboral e sua influência no estilo de vida : um estudo acerca de sua contribuição no relacionamento interpessoal, na alimentaçãoe na prática de atividade física

Giordani, Luciana Brandt
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.41%
O aumento progressivo de investimentos na saúde do trabalhador por parte das empresas e a crescente preocupação com o bem-estar dos funcionários, justificam este trabalho. O presente trabalho tem por objetivo verificar a influência da ginástica laboral no estilo de vida dos seus praticantes. Realizou um estudo acerca de sua influência na alimentação, relações interpessoais e prática de atividades físicas. Especificamente buscou: averiguar como foi a inserção no programa de Ginástica Laboral, verificar se a prática da Ginástica Laboral alterou o estilo de vida, investigar se a alimentação mudou com a participação nas aulas, verificar se as aulas influenciam a prática de atividade física, averiguar de que maneira as aulas de Ginástica Laboral interferem na relação interpessoal dentro da empresa. Este é um estudo de caso. Os sujeitos do estudo foram compostos por quatro funcionários de uma empresa de Porto Alegre, tendo como único critério de inclusão a participação desde a implantação do programa de Ginástica Laboral. A pesquisa utiliza uma entrevista semi-estruturada. A análise dos dados foi realizada a partir do diálogo entre os depoimentos dos praticantes com a literatura: Ergonomia e suas três classificações: Física...

Empresa social e economia solidária: perspectivas no campo da inserção laboral de portadores de transtorno mental

Lussi, Isabela Aparecida de Oliveira; Pereira, Maria Alice Ornellas
Fonte: Universidade de São Paulo (USP), Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo (USP), Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 515-521
POR
Relevância na Pesquisa
46.5%
O processo da reforma psiquiátrica requer a implementação de políticas públicas que garantam a inserção laboral de portadores de transtorno mental. Para tal, é necessário que o trabalho seja compreendido como promotor de autonomia, de emancipação e de cidadania. O objetivo deste estudo é refletir acerca de concepções teóricas relacionadas à inserção social pelo trabalho, a fim de explorar o campo da inclusão de portadores de transtorno mental no mundo do trabalho. Foram escolhidos os conceitos de empresa social e de economia solidária como fundamentais para o estudo. Na empresa social, o sujeito é entendido como ser social, enfocando-se seu processo de formação no sentido da emancipação. Na economia solidária, objetiva-se o desenvolvimento de uma forma de economia mais justa que tem como característica a igualdade e a solidariedade. Sugerimos que a discussão desses conceitos possa contribuir para embasar a implantação de projetos de inclusão social pelo trabalho.; El proceso de reforma psiquiátrica requiere de la implementación de políticas públicas que garanticen la inserción laboral de portadores de transtorno mental. Para ello, es necesario que el trabajo sea comprendido como promotor de autonomía...

A formação como investimento em capital humano, emprego e inserção social : o caso dos Cursos de Educação e Formação de Adultos

Pereira, Maria Adriana Silva
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.35%
Dissertação de mestrado em Economia Social; O elevado número de adultos com indicadores elementares de escolarização, que frequentam ou frequentaram os Cursos de Educação e Formação de Adultos, tem colocado no centro da agenda pública as problemáticas das políticas sociais prosseguidas neste campo, fazendo com que se interroguem os seus pressupostos e a sua eficácia em matéria de promoção da inserção social e profissional destes adultos. Estas políticas têm como principal objeto o de contribuírem para o aumento dos níveis de certificação dos indivíduos pouco escolarizados, ao mesmo tempo que procuram com este exercício qualificar os recursos humanos para o mercado de trabalho e fomentar a cidadania e a participação social. A educação neste contexto adquire uma responsabilidade social acrescida, já que a valorização através das qualificações do Capital Humano deverão concorrer para o enquadramento dos indivíduos no mercado de trabalho. A eficácia destas políticas mede-se pelo grau de inclusão pessoal e laboral atingido, formando os recursos humanos para um desempenho laboral fundado em valores de responsabilidade individual na aquisição de um quadro atualizado de competências com valor de mercado. Foi realizado um estudo de caso a um grupo de 79 formandos...

A inserção profissional/obtenção de emprego dos adultos com deficiência

Lopes, Melany Mendes Diniz
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 31/10/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.41%
A inserção profissional/obtenção de emprego ocorre quando há uma combinação de fatores que visam a inclusão laboral e social de todas as pessoas. Contudo, são os adultos com deficiência que merecem a nossa atenção nesta investigação pela reivindicação persistente dos seus direitos. Com o objetivo de se identificar e analisar os fatores que podem facilitar ou dificultar a inserção profissional/obtenção de emprego, foi realizada uma investigação de tipologia mista que consistiu na aplicação de questionários a adultos com deficiência inseridos no mercado de trabalho e residentes no distrito de Viseu (n=20) e na realização de entrevistas a representantes de instituições de apoio à formação profissional com intervenção no distrito de Viseu (n=4). Os resultados deste estudo permitiram-nos verificar que a empregabilidade de pessoas com deficiência é uma grande preocupação dos intervenientes neste processo, com um longo e significativo caminho a percorrer. Foram identificados os seguintes obstáculos: a curta duração das medidas de apoio, a precariedade de ofertas de emprego e os poucos apoios financeiros. No que concerne aos fatores facilitadores, foram reconhecidos: o contributo da escola...

Da educação superior para o mercado de trabalho: a inserção profissional dos licenciados no IPS

Costa, Célia; Dominguinhos, Pedro
Fonte: Núcleo de Planeamento – Observatório de Inserção na Vida Ativa Publicador: Núcleo de Planeamento – Observatório de Inserção na Vida Ativa
Tipo: Relatório
Publicado em /02/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.49%
A integração efetiva, no mercado de trabalho, dos diplomados com formação académica superior tem despoletado, nos últimos anos, um renovado interesse nas instituições de ensino, nas políticas educativas e de emprego e na sociedade em geral. Com efeito, apesar do crescimento da frequência do ensino superior e do aumento progressivo de diplomados, o atual contexto de crise económica, marcado, essencialmente, pela incerteza, instabilidade e precariedade laboral, tem condicionado o processo de inserção profissional dos jovens que saem da escola para acederem ao mercado de emprego. Neste sentido, para que cada instituição de ensino possa ser mais atuante no processo de transição dos seus diplomados para a vida ativa e, simultaneamente, adaptar a sua oferta formativa, torna-se fundamental acompanhar, de uma forma sistemática, a trajetória profissional dos mesmos. É neste quadro que este trabalho apresenta os resultados do estudo desenvolvido no âmbito do Observatório de Inserção na Vida Ativa do Instituto Politécnico de Setúbal (OIVA/IPS), que tem como objetivo analisar o percurso profissional dos licenciados no IPS, um ano após a obtenção do grau académico, a partir dos resultados de um inquérito por questionário aplicado aos licenciados no IPS no ano letivo 2010/2011. Objetiva-se...

Beneficiários de Rendimento Social de Inserção e a sua autonomização/inserção no mercado de trabalho

Figueiredo, Andreia Carreiro de
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 10/01/2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.49%
Dissertação de Mestrado, Ciências Económicas e Empresariais, 10 de Janeiro de 2014, Universidade dos Açores.; Atualmente são muitas as sociedades que se preocupam e despertam interesse para trabalhar as questões das desigualdades sociais e de situações de pobreza, de forma a afetar recursos destinados a atenuar, de alguma forma, estas situações. Para tal, vários países possuem medidas de política social ativa, adequadas às necessidades da sua população, promovendo essencialmente o combate à pobreza. Neste trabalho, serão dadas a conhecer quais estas medidas relativamente a países da União Europeia, fazendo uma maior elucidação do caso concreto de Portugal - Rendimento Social de Inserção. Neste sentido, esta dissertação tem como objetivo principal contribuir para uma reflexão sobre a aplicação e resultados desta medida, ou seja, pretende investigar de que forma o Rendimento Social de Inserção (R.S.I.) tem vindo a melhorar as condições de vida dos beneficiários desta prestação social; analisar se os aspetos de trajetória de vida dos beneficiários do R.S.I. influenciam, ou não, na decisão de integrar no mercado de trabalho; e perceber se esta prestação social tem promovido a inserção laboral dos beneficiários ou se...

Empresa social e economia solidária: perspectivas no campo da inserção laboral de portadores de transtorno mental

Lussi,Isabela Aparecida de Oliveira; Pereira,Maria Alice Ornellas
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.35%
O processo da reforma psiquiátrica requer a implementação de políticas públicas que garantam a inserção laboral de portadores de transtorno mental. Para tal, é necessário que o trabalho seja compreendido como promotor de autonomia, de emancipação e de cidadania. O objetivo deste estudo é refletir acerca de concepções teóricas relacionadas à inserção social pelo trabalho, a fim de explorar o campo da inclusão de portadores de transtorno mental no mundo do trabalho. Foram escolhidos os conceitos de empresa social e de economia solidária como fundamentais para o estudo. Na empresa social, o sujeito é entendido como ser social, enfocando-se seu processo de formação no sentido da emancipação. Na economia solidária, objetiva-se o desenvolvimento de uma forma de economia mais justa que tem como característica a igualdade e a solidariedade. Sugerimos que a discussão desses conceitos possa contribuir para embasar a implantação de projetos de inclusão social pelo trabalho.

Aprendiz versus trabalhador: adolescentes em processo de aprendizagem

Amazarray,Mayte Raya; Thomé,Luciana Dutra; Souza,Ana Paula Lazzaretti de; Poletto,Michele; Koller,Silvia Helena
Fonte: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Publicador: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.36%
Este estudo objetivou conhecer a experiência de adolescentes em processo de inserção laboral. Participaram 10 adolescentes, de ambos os sexos, com idades entre 15 e 16 anos, em contrato de aprendizagem em empresa pública. Foi utilizada uma abordagem qualitativa, com aplicação de questionário biosociodemográfico e grupos focais. Criaram-se quatro categorias temáticas: ser adolescente, aprendiz versus trabalhador, significado do trabalho e futuro profissional. Constatou-se indiferenciação entre os papéis de trabalhador e aprendiz. A experiência de aprendizagem foi percebida como situação privilegiada para a formação profissional. Expectativas acerca do futuro laboral revelaram insegurança e desinformação quanto ao mercado de trabalho. Evidenciou-se a importância da experiência para a construção da identidade de trabalhador e da realização de programas de acompanhamento junto a adolescentes aprendizes.

Inserção laboral juvenil: contexto e opinião sobre definições de trabalho

Thomé,Luciana Dutra; Telmo,Alice Queiroz; Koller,Silvia Helena
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.27%
O presente artigo objetivou descrever aspectos relacionados ao contexto de inserção laboral dos jovens trabalhadores e não trabalhadores e a opinião destes em relação a definições de trabalho. Participam 7425 jovens, entre 14 a 24 anos de idade, ambos os sexos e nível socioeconômico baixo. Foi utilizado um questionário para levantamento de fatores de risco e proteção. Para análise de dados foram realizadas estatísticas descritivas, qui-quadrado e teste t de Student. Constatou-se que os jovens trabalhadores encontram mais oportunidades de trabalho informal e recebem remuneração inferior a um salário mínimo, considerando que se dedicam cinco a oito horas diárias. Na amostra total, destacaram-se os significados de trabalho como "produção de algo útil" e "dinheiro". Estas dimensões podem estar refletindo a busca por um trabalho que construa algo produtivo para o indivíduo e sociedade. O público juvenil carece de um trabalho formal, benefícios trabalhistas e perspectivas de ascensão profissional.

Cidadania e inserção laboral assistida: a experiência do trabalho formal de adolescentes pobres

Silva,Victor Hugo da
Fonte: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Publicador: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.54%
Investiga o cotidiano de adolescentes pobres partindo do relato do processo de entrada no mercado de trabalho. Participaram 15 adolescentes, sexo masculino, estudantes do Ensino Médio, de famílias de baixa renda, com 18 meses de inserção profissional, assistidos por instituição que capacita, insere e acompanha adolescentes no mercado de trabalho formal numa capital brasileira. Os dados foram coletados através de entrevistas semiestruturadas. Os resultados, considerando que a inserção profissional é uma forma de exercício da cidadania, mostram que: a inserção assistida no mercado de trabalho formal não constitui garantia absoluta de proteção aos seus direitos; as redes sociais às quais se vinculam podem ocultar violações de direitos ao se basear em relações de clientelismo; a assimilação de valores sociais do contexto de relações do ambiente laboral pode implicar afastamento do grupo de pares. Entretanto, os adolescentes avaliaram positivamente o acompanhamento fornecido pela instituição.

Estudo comparativo dos jovens com educaçao superior na Uniao Europeia em articulaçao com os indicadores de inserçao laboral

Carvalho Oliveira Silva, Carla Sofía Pires de
Fonte: Universidade da Corunha Publicador: Universidade da Corunha
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
36.37%
[Resumen]La transición de los jóvenes titulados al mercado laboral, es cada vez más, un motivo de preocupación y reflexión. A nivel europeo, el proceso se ha complicado, y las condiciones de contratación se han agravado, sucesivamente, a una generación de jóvenes que, más que ninguna otra ha participado en la adquisición de competencias personales y profesionales. La UE defiende la existencia de una sociedad apalancadaenel conocimiento, para promover el desarrollo de los países, y la garantía de la cohesión económica y social de las naciones que la componen. Para lograr este objetivo, considera necesario garantizar un crecimiento sostenible del empleo calificado, lo que se traducirá en una mejora del nivel, y el aumento de la esperanza de vida de sus ciudadanos. El objetivo principal de esta tesis es caracterizar la situación laboral de los titulados de educación terciaria, con edades delos 20 hastalos 34 años, en general, y en particular la de los auto empleados/ emprendedores, en particular, mediante micro datos recogidospor¿European Labour Force Survey¿ (UE-LFS). Se evalúa la relación entre el trabajo a cuenta propia y el país de residencia y, posteriormente, se analiza la posibilidad del autoempleo / emprendimiento de las personas que se dedicana la gestión. Otro de sus objetivos clave es identificar las condiciones que tienden a favorecer los ingresos de los jóvenes europeos...

O Processo de Inserção da Mulher no Mercado de Trabalho Angolano : Estratégias, Trajectórias e Contextos Socioprofissionais

Silva, Mara Eloise Caetano da
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.5%
A sociedade angolana tem sido o palco de várias mudanças políticas, culturais, sociais e económicas. Os contornos destas transformações deixam cada vez mais visíveis as desigualdades sociais traçadas na esfera laboral. Pelo que a intensidade da entrada da mulher no mercado de trabalho, tem vindo a gerar um leque de expectativas sobre os modelos dos padrões de inclusão e integração social da mulher. Este estudo pretende, compreender e elucidar o mercado de trabalho angolano no feminino. Deseja-se analisar de que modo se tem feito o processo de inserção e integração da mulher na vida social, tendo em conta a trajectória laboral desta e as políticas públicas/sociais. Por um lado, o trabalho de campo foi desenvolvido junto de organizações/instituições governamentais (Inspecção-Geral do Trabalho, Ministério do Interior, MAPESS, Comando-Geral da Polícia, MINFAMU, MINARS, MINAGRI), e ainda, junto de organizações/instituições não/governamentais e universitária privada (AMPA, OMA, PMA, CNA, Universidade Independente); foram inquiridos dirigentes institucionais e assistentes sociais; por outro, os inquéritos foram feitos junto de mulheres trabalhadoras da cidade de Luanda. No estudo adoptou-se uma abordagem qualitativa e quantitativa...

Lugar de residência e inserção laboral : faz diferença morar aqui ou lá?; Residency location and labor insertion : does it make a difference to live here or there?

Raquel Maria de Lima Alonso
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.6%
Lugar de residência e inserção laboral se articula de forma bidirecional. De um lado, sabendo-nos em uma sociedade de mercado, vem a nós, com facilidade, a constatação de que as possibilidades de moradia estão atreladas ao desempenho no mercado de trabalho. De outro, pode-se pensar que o lugar de residência, com suas características físicas e sociais, têm influência no desempenho, posição e até mesmo nas aspirações visíveis e acessíveis no mundo do trabalho. Esta dissertação procura discutir, principalmente, a segunda parte dessa articulação. O objetivo principal foi, através da comparação entre distintas áreas da Região Metropolitana de Campinas (RMC), mostrar as diferenças (e similaridades) na inserção laboral dos residentes e contribuir para a reflexão das formas como essas situações se produzem. Especial atenção foi destinada às áreas que abrigam população com baixos atributos socioeconômicos. Foram utilizadas duas fontes de dados: a pesquisa domiciliar do "Projeto Vulnerabilidade" (Nepo/Unicamp), que levantou informações representativas para a RMC e desagregáveis por quatro estratos socioespaciais (as chamadas Zonas de Vulnerabilidade) - definidos segundo atributos da população residente e do local de moradia; e também uma pesquisa de campo própria...

A Inserção profissional dos jovens com necessidades educativas especiais no concelho da Lourinhã – estudo de caso

Barreto, Maria Adelina Valdeira da Silva
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.5%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação de Lisboa para obtenção de grau de mestre em Ciências da Educação - Especialidade Educação Especial; A integração sócio-laboral de jovens com deficiência surge nas últimas décadas como uma questão pertinente face ao dever da sociedade de reconhecer e promover a equidade como parte estruturante do nosso modelo social. Neste estudo procurei fazer uma análise do desenvolvimento dos direitos sociais na sociedade actual e no seio dos Estados – Providência, a par com a legislação produzida internacionalmente e no nosso país sobre a integração social e laboral da população com deficiência ou incapacidade. Procurei também, identificar as vias profissionais escolhidas por esta população e a facilidade ou dificuldade que os mesmos experimentam na sua inserção na vida activa. Das conclusões apuradas, verificámos que, subsistem ainda algumas diferenças nas características dos alunos que frequentam o ensino regular e o ensino especial. Quanto às expectativas dos professores e técnicos destas instituições em relação ao futuro destes alunos, concluímos que na escola do ensino regular, as mesmas se prendem com o cumprimento da escolaridade obrigatória...

Do ensino superior para o trabalho: contributo dos estágios para inserção profissional; De la enseñanza superior al trabajo: la contribución de las prácticas para la inserción profesional; From higher education to work: contributions of practicum training to job insertion

Vieira, Diana Aguiar; Caires, Susana; Coimbra, Joaquim Luís
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.41%
O presente trabalho visou analisar o papel dos estágios na transição para o trabalho, entendendo-se a inserção profi ssional como um processo temporalmente alargado constituído por três fases interdependentes: a formação académica, a procura de uma actividade remunerada e a adaptação ao mundo laboral. Mais especifi camente, pretendeu-se estudar o impacto dos estágios curriculares na promoção de variáveis psicológicas centrais nesta transição – exploração vocacional, autoefi cácia e objectivos de investimento profi ssional – numa amostra de 337 fi nalistas do ensino superior português. Os resultados encontrados evidenciaram que os estudantes que tiveram a oportunidade de realizar um estágio curricular apresentaram maiores níveis de exploração vocacional, de auto-efi cácia, bem como objectivos de investimento profi ssional mais robustos, quando comparados com aqueles que não realizaram estágio. Palavras-chave: transição escola-trabalho, estágio profi ssionalizante, ensino superior, auto-efi cácia, inserção profi ssional.; This study aims at analyzing the contributions of practicum training in the transition-to-work. In this study, job insertion is understood as a broad process including three interrelated phases: academic training...

Labor insertion of youth: the context and their opinion about work definitions; Inserção laboral juvenil: contexto e opinião sobre definições de trabalho; La inserción laboral de los jóvenes: contexto y opinión sobre definiciones de trabajo

Thomé, Luciana Dutra; Telmo, Alice Queiroz; Koller, Silvia Helena
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.42%
O presente artigo objetivou descrever aspectos relacionados ao contexto de inserção laboral dos jovens trabalhadores e não trabalhadores e a opinião destes em relação a definições de trabalho. Participam 7425 jovens, entre 14 a 24 anos de idade, ambos os sexos e nível socioeconômico baixo. Foi utilizado um questionário para levantamento de fatores de risco e proteção. Para análise de dados foram realizadas estatísticas descritivas, qui-quadrado e teste t de Student. Constatou-se que os jovens trabalhadores encontram mais oportunidades de trabalho informal e recebem remuneração inferior a um salário mínimo, considerando que se dedicam cinco a oito horas diárias. Na amostra total, destacaram-se os significados de trabalho como "produção de algo útil" e "dinheiro". Estas dimensões podem estar refletindo a busca por um trabalho que construa algo produtivo para o indivíduo e sociedade. O público juvenil carece de um trabalho formal, benefícios trabalhistas e perspectivas de ascensão profissional.; En este artículo se quiere describir aspectos relacionados con el contexto de inserción laboral de jóvenes trabajadores y no trabajadores, y su opinión sobre definiciones de trabajo. Participaron 7425 jóvenes, entre 14 y 24 años de edad...

Social companies and solidary economy: perspectives for the work inclusion of individuals with mental disorders; Empresa social y economía solidaria: perspectivas en el campo de la inserción laboral de portadores de transtorno mental; Empresa social e economia solidária: perspectivas no campo da inserção laboral de portadores de transtorno mental

Lussi, Isabela Aparecida de Oliveira; Pereira, Maria Alice Ornellas
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/04/2011 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
46.54%
The psychiatric reform process requires the implementation of public policies that guarantee the work inclusion of individuals with mental disorders. To do this, work must be understood as a promoter of autonomy, emancipation and citizenship. The objective of this study is to reflect on the theoretical concepts related to social insertion through work, with the purpose of exploring the inclusion of individuals with mental disorders in the work market. The concepts social company and solidary economy where selected as fundamental for the study. In the social company, the subject is considered to be a social being, focusing on the development process towards emancipation. In solidary economy, the objective is to develop an economy that is more just, equal and solidary. Further discussions on these concepts should be developed to support the implementation of projects for social inclusion through work.; O processo da reforma psiquiátrica requer a implementação de políticas públicas que garantam a inserção laboral de portadores de transtorno mental. Para tal, é necessário que o trabalho seja compreendido como promotor de autonomia, de emancipação e de cidadania. O objetivo deste estudo é refletir acerca de concepções teóricas relacionadas à inserção social pelo trabalho...

Concepções sobre trabalho elaboradas por usuários de saúde mental envolvidos em projetos de inserção laboral; Conceptions about the work established by users of mental health services involved in laboral insertion projects

Lussi, Isabela Aparecida de Oliveira; Pereira, Maria Alice Ornellas
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 03/09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.42%
O presente estudo elegeu como foco de investigação o trabalho desenvolvido por usuários de serviços de saúde mental em oficinas de geração de renda ou em cooperativas sociais. Objetivou-se identificar as concepções acerca do trabalho elaboradas pelos mesmos. Participaram do estudo quinze usuários. Para a coleta de material, utilizou-se a técnica da observação livre, entrevista semi-estruturada e busca documental. O material empírico foi submetido à Análise Temática. A análise do material foi subsidiada pelos pressupostos teóricos da Desinstitucionalização e da Economia Solidária. Os resultados mostraram que na concepção dos participantes o trabalho é uma importante ferramenta para a emancipação social das pessoas e um recurso que promove o autoconhecimento e a auto-realização. Aponta-se a importância de se considerar a opinião dos atores sociais diretamente comprometidos com a inserção laboral.; The present paper chose like investigation focus the work developed by users of mental health services in workshops of income generation or in social cooperatives. The aim was to identify the conception of work formed by the users. This study has involved fi fteen users. The free observation technique...