Página 1 dos resultados de 538 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Sustentabilidade e inovação no setor brasileiro da contrução civil: um estudo exploratório sobre a implantação da política pública baseada em desempenho; Sustainability and Innovation on the Brazilian Building Sector: An exploratory study about the performance-based implementation of the public housing policy

Bismarchi, Luis Felipe
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.61%
O objetivo principal deste trabalho é identificar quais são os possíveis impactos que a adoção de um novo modelo de contratação de empreendimentos populares pela Caixa Econômica Federal (CAIXA) tem sobre a promoção da inovação e da sustentabilidade na cadeia brasileira da construção civil. Apesar de possuir diversas definições, o conceito mais aceito de sustentabilidade é a capacidade de atender as necessidades do presente sem impedir que as futuras gerações satisfaçam suas necessidades. O movimento em prol da sustentabilidade vem se fortalecendo rapidamente no mundo no início deste século XXI, instigando a sociedade civil a repensar seu comportamento de consumo, impactando diretamente sobre o comportamento de produção das empresas. Neste processo de mudança, a capacidade de inovar, isto é, de produzir novos conhecimentos ou aplicar de maneira diferentes conhecimentos existentes, é estratégica para que as empresas possam se adaptar a este novo contexto em que a sustentabilidade é requisito de participação no mercado. Um modelo de compra estratégica de empreendimentos populares baseado em desempenho, ao modificar a metodologia de seleção, contratação e acompanhamento das construtoras se apresenta como uma maneira do Estado influenciar o setor brasileiro da construção civil em direção à sustentabilidade. Através de uma pesquisa exploratória teórica...

Gestão estratégica de pessoas e capacidade de inovação no setor industrial; Strategic human resource management and innovation capacity in the industry sector

Quishida, Alessandra
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.79%
Este estudo de natureza exploratória-descritiva versa sobre contribuições de fatores de estímulo para a capacidade de inovação sob a perspectiva da gestão estratégica de pessoas. O problema da pesquisa foi: em que medida a gestão estratégica de pessoas pode contribuir para a capacidade de inovação no setor industrial? Foram formulados três objetivos de investigação: identificar indicadores de gestão estratégicas de pessoas, identificar indicadores de capacidade de inovação e analisar as contribuições da gestão estratégica de pessoas para a capacidade de inovação. Foi realizada pesquisa bibliográfica, por meio da qual se obtiveram características e indicadores utilizados na pesquisa empírica conduzida sob o método quantitativo. Foram feitos 1.034 com profissionais responsáveis pela gestão de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação, sendo que 39 participaram do levantamento. Foi confirmada a hipótese geral do estudo, que gestão estratégica de pessoas está associada com capacidade de inovação. Também foi confirmada uma hipótese específica, que liderança e gestão é a característica de gestão estratégica de pessoas que esteve mais fortemente associada com capacidade de inovação. Foram propostas sugestões de continuidade da pesquisa e novas pesquisas relacionadas ao tema.; This study focuses on stimulus factors' contributions for innovation management. Its research problem was "to what extent strategic human resource management can contribute to innovation capacity in the industrial sector?" The three objectives of this study were: identifying innovation capacity antecedents from the perspective of strategic human resource management; identifying innovation capacity indicators; and analyzing the contributions of strategic human resource management for innovation capacity. In order to identify innovation capacity antecedents...

BALANCED SCORECARD COMO FERRAMENTA PARA GESTÃO ESTRATÉGICA DE DESIGN

Silva, Cláudio Henrique da
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.61%
Dissertação - Cláudio Henrique da Silva; Em um cenário de constantes mudanças as empresas precisam responder rapidamente às alterações de seus mercados, definindo estratégias mais acertadas, ou ajustando‐as rapidamente. A busca por competitividade envolve criatividade, qualidade, inovação e também design. Neste contexto, esta pesquisa tem como objetivo identificar e discutir as contribuições do Balanced Scorecard para a Gestão Estratégica de Design. Para isso buscou‐se responder como se dá a relação entre design e estratégia em empresas de base tecnológica e como o Balanced Scorecard pode ser utilizado enquanto ferramenta para a Gestão Estratégica de Design. Para se responder a estas perguntas, a pesquisa bibliográfica foi complementada com estudo de caso em duas empresas de base de tecnológica, investigando relações entre design, estratégia, criatividade, inovação, gestão, gestão estratégica, além de verificar como as empresas estão implementando o Balanced Scorecard. Uma das empresas possui uma área de design interna, vinculada a uma gerência de tecnologia. A outra terceiriza as atividades de design, mas vê no design um fator de diferenciação. Cruzando‐se as análises dos dois casos pode‐se perceber que quanto mais a empresa investe em design maior rentabilidade obtém...

Uma abordagem de engenharia do conhecimento à gestão estratégica da inovação

Suzuki, Érika
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 224 f.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.67%
Dissertação (mestrado) - Univesidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento; A constante busca das organizações pela vantagem competitiva, consolidação no mercado e pela própria sobrevivência ocasiona mudanças, adoção de métodos, ferramentas e conceitos que auxiliam na conquista dos objetivos almejados. Entretanto, a simples adoção não garante a diferenciação da empresa. Atualmente, é preciso inovar, entender as necessidades e oportunidades do mercado, empregando e alinhando o conhecimento para oferecer novos produtos e serviços com alto valor agregado. O presente trabalho tem como objetivo apresentar uma modelagem de um sistema de conhecimento para a gestão estratégica da inovação. Tal demanda surge a partir da dificuldade das empresas em aplicar na prática os conceitos de inovação estratégica, gestão e engenharia do conhecimento, gerenciamento de portfólio e esenvolvimento de sistemas de conhecimento; decorrente muitas vezes pela falta de uma sistematização, integração e uso do conhecimento. A modelagem proposta utiliza como base conceitual a etapa de planejamento estratégico da inovação apresentada no modelo NUGIN de gestão da inovação...

Balanced Scorecard como ferramenta para gestão estratégica de design

Silva, Cláudio Henrique da
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 192 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.56%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Design e Expressão Gráfica.; Em um cenário de constantes mudanças as empresas precisam responder rapidamente às alterações de seus mercados, definindo estratégias mais acertadas, ou ajustando-as rapidamente. A busca por competitividade envolve criatividade, qualidade, inovação e também design. Neste contexto, esta pesquisa tem como objetivo identificar e discutir as contribuições do Balanced Scorecard para a Gestão Estratégica de Design. Para isso buscou-se responder como se dá a relação entre design e estratégia em empresas de base tecnológica e como o Balanced Scorecard pode ser utilizado enquanto ferramenta para a Gestão Estratégica de Design. Para se responder a estas perguntas, a pesquisa bibliográfica foi complementada com estudo de caso em duas empresas de base de tecnológica, investigando relações entre design, estratégia, criatividade, inovação, gestão, gestão estratégica, além de verificar como as empresas estão implementando o Balanced Scorecard. Uma das empresas possui uma área de design interna, vinculada à uma gerência de tecnologia. A outra terceiriza as atividades de design...

Inovação de processos e sustentabilidade organizacional

Catalão, Diana Filipa Quental
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.56%
Dissertação de mestrado em Marketing e Gestão Estratégica; A inovação constitui um dos principais motores da evolução na sociedade, na economia e nas empresas. Dada a sua importância, uma gestão estratégica dos recursos das empresas, para a eficiência e sustentabilidade da organização, deve considerar a inovação. Neste trabalho, explora-se o conceito de inovação, atendendo às diferentes formas de inovar a que uma empresa pode recorrer, bem como ao contributo destas para o seu desempenho. É atribuído particular ênfase à inovação de processos, fonte de rentabilidade significativa quando encarada como uma rotina na superação dos problemas do quotidiano e dos desafios do mercado. Para aprofundamento do estudo da inovação de processos, observa-se a aplicação desse conceito nas organizações, com recurso ao estudo de um caso que incide sobre o grupo Simoldes. Com o objetivo de compreender o contributo da inovação de processos para a sustentabilidade da organização, é feito um estudo qualitativo à inovação no grupo. Nesse sentido, são consultados documentos da organização, bem como feitas entrevistas a colaboradores responsáveis pela inovação.; Innovation is a major driver of development in society...

Inovação estratégica na indústria têxtil e do vestuário nacional : estudo de caso

Pinto, Helder José Faria
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.37%
Dissertação de mestrado integrado em Engenharia e Gestão Industrial; A indústria têxtil e do vestuário portuguesa (ITVP) necessita inovar não apenas nos produtos ou nos processos, mas através de novas estratégias de negócio, isto é, colocando em prática novos modelos de negócio. O desenvolvimento destes novos modelos de negócio carece de uma correta avaliação estratégica, no sentido de tornar os modelos de negócio inovadores bem-sucedidos e consequentemente as empresas mais competitivas. Este projeto de investigação centra-se na discussão das tendências e dos novos modelos de negócio para a indústria têxtil e do vestuário a partir das ferramentas e da abordagem que suportam a inovação estratégica. Numa primeira fase, foi realizada uma análise geral da indústria têxtil e do vestuário e do respetivo mercado potencial, no que respeita a tendências e oportunidades. Para o efeito, fez-se uma análise documental e realizaram-se quatro entrevistas semiestruturadas. Numa segunda etapa do projeto de investigação foi desenvolvido um estudo de caso numa pequena empresa do setor têxtil e do vestuário nacional, a fim de analisar e discutir a aplicabilidade e o grau de interesse das tendências do negócio identificados ao nível da ITVP. Identificaram-se diversas tendências no negócio da ITVP nomeadamente: a utilização de novas materiais...

Uma análise estratégica de modelos de negócio inovadores baseados em plataformas eletrônicas : o caso português

Ribeiro, João Manuel Fernandes da Silva
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.74%
Dissertação de mestrado em Engenharia de Sistemas; A tecnologia potenciou a alteração de hábitos de vida, produção e consumo. A rápida mudança do ambiente de negócios atual trouxe inúmeros novos modelos de negócio para além da reinvenção dos já existentes. Atualmente, para vencer a concorrência, as empresas alocam recursos na procura de inovação que forneça aos seus clientes maior valor acrescentado. Neste projeto de investigação pretendeu estudar-se os modelos de negócio inovadores baseados em plataformas eletrónicas (e-business) lançados nos últimos anos em Portugal. Mais especificamente, procurou-se compreender e discutir de que forma estes modelos de negócio suportam e refletem o novo paradigma de inovação estratégica, nomeadamente de que modos os exemplos nacionais de e-business traduzem ou podem traduzir processos de open innovation, De modo a caracterizar os novos modelos de negócio, a análise incidiu sobre quatro fatores de avaliação, a saber, o grau de inovação do modelo de negócio, a natureza da inovação estratégica (novo cliente ou mercado (novo “QUEM”), novo produto ou serviço (novo “O QUÊ”) e nova forma de comercialização (novo “COMO”)), a principal fonte de vantagem competitiva (tecnologia...

Interacções entre marketing e design para uma orientação estratégica de inovação radical: comparações entre empresas de sectores emergentes e tradicionais da indústria portuguesa

Mateus, Américo da Conceção
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.54%
O objectivo fundamental deste estudo consiste em identificar e compreender as orientações estratégicas das Empresas para a inovação radical, como factor de diferenciação e vantagem competitiva. Para tal foi feita uma revisão bibliográfica sobre os temas da Epistemologia (focalizada na ruptura), da Gestão Estratégica da inovação (focalizada na inovação radical), do Marketing e do Design, procurando-se factores comuns de natureza conceptual por forma a construir um modelo original de interacções entre o Marketing e o Design para suporte das orientações estratégicas de inovação radical. A abordagem empírica centra-se no método de estudo de caso. São explorados quatro casos de empresas portuguesas (duas de sectores económicos tradicionais e duas de sectores emergentes), comparando-os dois a dois. As conclusões revelam que, nos casos analisados existem boas práticas de sector relativamente a estratégias de inovação, tanto nos sectores tradicionais, como nos sectores emergentes. Porém, é nas empresas dos sectores emergentes que encontramos os melhores referenciais de inovação radical, sendo aí que as interacções entre o marketing e o design (orientadas para o consumidor e para a criatividade) têm um papel mais efectivo na criação de vantagens competitivas e...

O Papel do Intraempreendedorismo para a Percepção da Inovação Organizacional

Abrantes, Bruno
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 10/09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.6%
O intraempreendedorismo desempenha um papel fundamental na optimização do potencial dos recursos humanos e na gestão do conhecimento organizacional, constituindo-se por isso, como uma decisiva via estratégica que está ao serviço dos gestores e empresários para a alavancagem da inovação organizacional, independentemente do mercado, actividade económica, e/ou local de atuação, por isso, um aliado das organizações no aumento da competitividade empresarial. Deste modo, as decisões organizacionais, que impactam directa ou indirectamente na dinâmica intraempreendedora, devem, por essa razão, tomar em linha de conta, os efeitos ondulados que poderão provocar. Neste contexto, é basilar para as organizações, o desenvolvimento e implementação de sistemas de gestão do intraempreendedorismo (intrapreneurship management systems) e da inovação, e complementarmente, programas de formação para o intraempreendedorismo (intrapreneurship training program), para difusão de uma lógica de pensamento corporativo de apoio à criatividade e intraempreendedorismo (intrapreneurial thinking e design thinking) e gestão do empreendedorismo corporativo (entrepreneurial management). A gestão estratégica do intraempreendedorismo e da inovação organizacional...

Inovação estratégica nas instituições de ensino superior no Brasil

Nunes, Marcelo Saraceni
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 29/07/2010 POR
Relevância na Pesquisa
56.6%
Mestrado em Gestão de Empresas; Esta pesquisa teve por objetivo identificar se o nível de inovação estratégica das Instituições de ensino superior no Brasil está adequado à atual fase competitiva da indústria de ensino superior privado. Para realizar essa análise, foram utilizadas como meio pesquisas bibliográficas, documental e de campo. A pesquisa bibliográfica e a pesquisa documental possibilitaram a identificação de três fases distintas de competitividade, em cinco ciclos principais durante toda a história do ensino superior no Brasil. Além disso, permitiram a análise de atratividade dessa indústria na fase atual. A pesquisa de campo permitiu a verificação da adequação do nível de inovação das IES através da visão de seus diretores e reitores, com a aplicação do modelo criado pelo autor, chamado de “Sistema Dinâmico de Inovação”. No campo, foram realizadas entrevistas em profundidade com os diretores e reitores de IES integrantes de todos os grupos estratégicos mapeados, usando-se os critérios de tipicidade e acessibilidade. Os resultados das pesquisas foram incluídos nos quatro construtos definidos no Sistema Dinâmico de Inovação. A pesquisa corroborou a suposição inicial de que a nova fase em que o ensino superior privado brasileiro...

Impacte da qualidade e inovação do produto nas exportações nacionais

Silva, Graça Maria de Oliveira Miranda
Fonte: FCT - UNL Publicador: FCT - UNL
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.64%
Dissertação apresentada para obtenção do Grau de Doutor em Engenharia Industrial especialidade em Sistemas de Gestão pela Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências e Tecnologia.; As práticas de Gestão pela Qualidade Total (TQM) são muitas vezes consideradas um precursor para uma performance superior da empresa, mas a sua conceptualização como recurso da empresa e o seu efeito em diferentes dimensões de performance ainda não estão bem estabelecidos na literatura. A presente investigação utiliza a teoria baseadas nos recursos para compreender como é que um determinado conjunto de recursos (ao nível da TQM, da inovação e das relações) influencia a vantagem competitiva (diferenciação pela qualidade e inovação do produto) e a performance das exportações (estratégica, económica e relacional). Tendo por base a teoria baseada nos recursos, é feita a distinção entre três tipos de recursos no âmbito da TQM e é examinado o seu efeito na vantagem competitiva da empresa e na performance: TQM como um recurso cultural da organização, capacidades TQM relacionadas com a melhoria do processo e capacidades TQM relacionadas com o design (concepção e desenvolvimento do produto). O estudo foi efectuado a partir das respostas a 112 questionários...

Construção de um Balanced Scorecard para uma gestão estratégica do Centro Hospitalar Cova da Beira: mudar o modelo de gestão para mudar o hospital

Banza, Elsa Maria Baião Ferreira Airoso
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.53%
Face à evolução verificada nas economias, as organizações procuram sobreviver num mercado cada vez mais competitivo e globalizado, o que as obriga a rever as suas estratégias e os seus sistemas de informação e de gestão, bem como a adoptar novas características operacionais, como a introdução de inovação, a melhoria das qualificações dos seus quadros e das relações com os clientes. Do mesmo modo, as organizações da Administração Pública, que sempre assentaram em princípios formais, encontram-se expostas aos novos desafios estratégicos originados pela globalização na actividade social, bem como pela maior exigência dos cidadãos consumidores. Este contexto obriga a uma melhoria contínua da eficiência e da eficácia, sendo que estes objectivos apenas serão prosseguidos com inovação, criatividade e com modelos de gestão estratégica devidamente adequados. O BSC, que inicialmente foi utilizado como um sistema de avaliação do desempenho, constitui, no presente, uma ferramenta de gestão que possibilita gerir a estratégia, assim como clarificá-la e comunicá-la, permitindo ainda a uma organização definir o caminho que pretende seguir e assegurar-se que não se desvia do mesmo. Constitui assim um contributo inestimável para a implementação do processo de mudança exigido pela conjuntura actual. Em Portugal...

Capacidade de inovação : análise estrutural e o efeito moderador da organicidade da estrutura organizacional e da gestão de projetos

Valladares, Paulo Sergio Duarte de Almeida
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.65%
Este trabalho tem por objetivo revelar o inter-relacionamento envolvendo os principais determinantes da capacidade de inovação. Até hoje inexistem estudos empíricos que apresentam um modelo abrangente sobre uma base de dados em larga escala mostrando as principais rotas para o desenvolvimento da capacidade de inovação. A partir de uma revisão abrangente e sistemática da literatura, construiu-se um modelo teórico integrando os principais fatores sugeridos em artigos teóricos e de revisão. Desenvolveu-se uma escala de medição confiável e testou-se o modelo empiricamente em uma amostra de 243 firmas brasileiras de vários ramos empresariais. Os métodos utilizados incluem a análise fatorial confirmatória, equações estruturais e a análise multigrupo da invariância estrutural. Os resultados evidenciaram o efeito direto do conhecimento do cliente e do mercado, assim como da gestão estratégica da tecnologia sobre o desempenho em inovação. Ambos os fatores são afetados pela intenção estratégica de inovar e pela liderança transformadora, por meio da gestão de pessoas para inovação. A organicidade da estrutura organizacional e a gestão de projetos têm efeito moderador positivo sobre a relação entre a gestão estratégica da tecnologia e o desempenho em inovação. Esse efeito moderador...

Estratégia empresarial e dinâmicas de inovação: referências para uma gestão estratégica de sucesso no setor vitivinícola brasileiro

Clementino, Valdner Daízio Ramos
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
36.78%
Até à década de 60 do século XX, a viticultura brasileira estava restrita ao sul e sudeste do Brasil, como cultura de clima temperado. A partir de 1990, surgiram novos pólos vitícolas também em regiões subtropicais e tropicais, mais produtivos, voltados para a produção de uvas de mesa, de vinhos finos e de suco. Atualmente, a vitivinicultura no Brasil ocupa uma área de, aproximadamente, 77 mil hectares, com vinhedos estabelecidos desde o extremo sul do país até regiões situadas muito próximas do equador. Com este trabalho, procurou-se identificar e analisar os fatores determinantes do pensamento e da ação estratégica de inovação das empresas do setor vitivinícola brasileiro e respetivos desempenhos económicos, no contexto nacional e global, no intuito de melhorar a competitividade. Partindo de um quadro teórico robusto, a metodologia adotada tem como suporte de base a “Grelha Integrada de Reflexão Estratégica – GIRE”, desdobrada numa análise “baseada nos recursos” e num estudo sistémico C-R-P (análise das relações entre Contexto, Reflexão estratégica e Performance). Esta ferramenta já foi testada em diversas investigações (Calori, Very & Arrègle, 1997; Sousa, 2000; Vivas, 2012), tendo sido aqui adaptada ao contexto específico da Inovação...

Reconfiguração de capacidades para a inovação

Tometich, Patrícia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.69%
Com base na relação entre a literatura de capacidades dinâmicas e os estudos de inovação, argumenta-se nesse trabalho que a capacidade de inovação é sustentada pelo desenvolvimento constante das diferentes capacidades da empresa: de desenvolvimento tecnológico; de operação; de gestão e de transação. Sendo assim, essa pesquisa teve como objetivo investigar de que forma uma decisão estratégica de mudança voltada para a inovação influencia a reconfiguração destas capacidades das empresas. Para tanto, foi realizado um estudo de casos em empresas dos setores moveleiro e têxtil, considerados como de baixa intensidade tecnológica. Os dois casos foram analisados separadamente e depois comparados, buscando semelhanças que ampliassem a compreensão do fenômeno da reconfiguração nas capacidades a partir de uma decisão estratégica que buscava a inovação. Os resultados sugerem que a integração entre as diferentes capacidades e a reconfiguração estratégica das capacidades substantivas explicam as inovações produzidas pelas empresas. As principais conclusões são: que há uma relação entre as capacidades de desenvolvimento e de transação; que na reconfiguração decorrente de decisões estratégicas orientadas para a inovação a capacidade predominante na empresa é a menos alterada; e que as capacidades substantivas da empresa exercem influências positivas entre si na reconfiguração dos seus recursos internos. A contribuição deste estudo está em relacionar as capacidades substantivas com as decisões estratégicas que são características das capacidades dinâmicas...

RESOURCES, SKILLS AND ABILITY OF INNOVATION: A STUDY OF MULTIPLE CASES IN INDUSTRY ELECTRONIC ELECTRO-IN RIO GRANDE DO SUL; RECURSOS, COMPETÊNCIAS E CAPACIDADE DE INOVAÇÃO: UM ESTUDO DE MÚLTIPLOS CASOS NA INDÚSTRIA ELETRO-ELETRÔNICA NO RIO GRANDE DO SUL DOI: 10.5773/rai.v9i4.877

Zen, Aurora Carneiro; Fracasso, Edi Madalena
Fonte: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 22/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.42%
The purpose of this study is to investigate the influence of resources and capabilities in the firms´ innovation. This study was carried out in three enterprises of the electric/electronic industry in Brazil. It included enterprises of three different segments: building automation, telecommunications and industrial automation. Resource Based-View was used to develop a framework for analysis of the combination of resources and competences to innovate. The firm, motivated to innovate, develop a pool of resources and competences, resulting in innovations offered to the market. The criteria for assessing the strategic value of the innovations were four characteristics proposed by Barney (1991) for evaluation of resources. The strategic innovation should be valuable, rare, difficult to imitate and without equivalent substitute. The results indicate that there are two main competences for the development of strategic innovations in enterprises: abilities to cooperate and to obtain financing. Of the three projects evaluated, only one has all the four characteristics that leads to strategic innovation.; O objetivo deste estudo é investigar a influência dos recursos e competências na capacidade de inovar das empresas. Para tanto, desenvolveu-se um estudo de múltiplos casos na indústria eletroeletrônica no estado do Rio Grande do Sul...

INNOVATION CULTURE OF MEASURE: SYSTEMIC APPROACH AND STRATEGIC FOCUS ON INNOVATION WITH THE EFFECTIVENESS; MEDIDA DA CULTURA DE INOVAÇÃO: UMA ABORDAGEM SISTÊMICA E ESTRATÉGICA COM FOCO NA EFETIVIDADE DA INOVAÇÃO

Bruno-Faria, Maria de Fátima; Fonseca, Marcus Vinicius de Araújo
Fonte: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 29/09/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.57%
The culture of innovation is understood in this study as the sharing of values and beliefs by individuals that are part of an organization with respect to innovation, coupled with the idea of seeking competitiveness. This study aimed to describe the process of constructing a measure of innovation culture, in a systemic and strategic vision, based on the analysis of the literature on the topic and on scales that have similar purposes. Five scales were constructed for a total of 124 items representing five different dimensions. After a factor and an internal consistency analysis of the items that made up each scale, the following five dimensions were confirmed: Innovation strategies: content of the culture; Innovation strategies: internal communication system; Conditions of the internal context for innovation; Relationship with the organization’s external context and Results: perception of the effectiveness of innovations. Factor loadings above 0.60 and internal consistency indexes above 0.80 were predominant in the factors within each scale of the five dimensions. Pearson's correlations between an item that assessed how the organization was perceived as innovative and scales representing each dimension indicated that the measure has convergent validity. The name chosen for the complete instrument...

Gestão Estratégica da Inovação na indústria Automobilística: Um Estudo de Caso

Custódio Gonzaga, Luiz; Instituto Federal de Minas Gerais Campus Ouro Preto Departamento de Relações Empresariais e Comunitárias - DREC; Cabral Ribeiro, Priscilla Cristina; Departamento de Engenharia de Produção Escola de Engenharia Universidade Fed
Fonte: Universidade Federal Fluminense - LATEC Publicador: Universidade Federal Fluminense - LATEC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf; text/html
Publicado em 30/03/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.64%
Na indústria automobilística observa-se que as inovações estão seguindo um mesmo padrão, ocorrendo via utilização de novas tecnologias, agregando valor aos veículos e satisfazendo as necessidades dos consumidores. A gestão estratégica da inovação se inicia com a coleta de informações, análise e a implantação do planejamento estratégico. A empresa ao gerir sua inovação, apresentará sua estratégia tecnológica, de acordo com sua história, habilidades técnicas científicas e recursos. O artigo tem por objetivo descrever como a gestão estratégica da inovação tem sido aplicada na indústria automobilística brasileira, com o foco em uma empresa nos setores de engenharia de materiais e de motores e transmissões. Para se estruturar o artigo foi empregada uma pesquisa bibliográfica e exploratória, com uma abordagem qualitativa, e uma pesquisa de campo, em que se utilizou o método de estudo de caso. A coleta de dados foi realizada via roteiro de perguntas e, depois foi realizada a união da teoria com o caso. Conclui-se que a gestão da inovação da empresa permite uma liberdade no processo criativo, destacando as competências individuais e regionais, resultando em produtos inovadores e em incrementos em vendas.

Inovação: uma ferramenta estratégica para a gestão de serviços do setor saúde

Pádua Filho, Wagner Cardoso; Fundação Getúlio Vargas - FGV Instituto Metropolitano de Ensino Superior/IMES – Univaço, Ipatinga, Minas Gerais, Brasil.; Ferreira, Vinicius Lana; Instituto Metropolitano de Ensino Superior/IMES – Univaço, Ipatinga,
Fonte: RAHIS Publicador: RAHIS
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 20/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.55%
A inovação vem sendo amplamente discutida como uma ferramenta importante para a modernização e o crescimento sustentável das empresas.  Existe uma urgente necessidade de se buscar estratégias inovadoras capazes de agregar valor aos clientes, garantindo assim a fidelização dos mesmos no setor da saúde, visto que a competitividade do mercado neste setor tem sido determinante para o enfraquecimento de suas transações. A inovação é normalmente pensada sob a ótica da tecnologia e de produtos. Entretanto, há uma série de outras áreas na empresa onde se pode implementar estratégias inovadoras. Assim, a inovação pode ser abordada da seguinte maneira: 1) Inovações nas pessoas; 2) inovações no processo; 3) inovações e marketing; 4) inovação em produtos e serviços; 5) inovação organizacional; e 6) inovação em sustentabilidade. A inovação é ainda classificada em: radical, incremental, aberta, fechada ou distribuída. O conhecimento detalhado das metodologias e aplicabilidades da inovação é de relevância para a sua adoção como ferramenta estratégica de gestão. Avanços na implementação de ações inovadoras no setor de saúde certamente terão impactos positivos nos resultados do setor.