Página 1 dos resultados de 10753 itens digitais encontrados em 0.013 segundos

Inglês: disciplina-problema no ensino fundamental e médio?; English: 'subject of problems' in elementary and high school?

Uechi, Suzi Aparecida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
35.6%
O presente trabalho tem como objetivo investigar cinco contextos de ensino de língua inglesa nos níveis fundamental e médio de escolas públicas e particulares. Trata-se de uma pesquisa qualitativa de caráter etnográfico que se realizou a partir de entrevistas com coordenadores, professores e monitores das escolas participantes deste estudo; de gravações de aulas feitas em áudio onde atuei como pesquisadora-observadora; de notas de campo e material coletado durante a pesquisa (trabalhos de alunos, material didático utilizado pelos professores, folhetos informativos sobre as escolas). O estudo destes contextos revelou que língua inglesa é interpretada como disciplinaproblema e, portanto, tende a receber um tratamento diferenciado por parte das escolas que procuram ministrar tal disciplina a partir do estabelecimento de formas alternativas de ensino: a parceria entre um colégio particular de ensino fundamental e médio e uma escola de línguas, a criação de um Centro de Línguas próprio dentro de um colégio, a terceirização do ensino de inglês em um colégio de ensino fundamental e médio, a utilização de uma Disciplina-Projeto de inglês para o ensino médio em uma escola da rede pública e Aulas de Revisão para alunos do terceiro ano do ensino médio de escolas públicas visando o aprendizado de leitura. A partir do diagnóstico de inglês como disciplina-problema...

Representações do aprender inglês no Ensino Fundamental e Médio.; Representations of learning English in Elementary Education and Senior High School.

Silva, Andreia Cristina Alves de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
35.59%
O ensino de inglês em São Paulo, apesar de contar com uma sólida tradição histórica, ainda hoje não acontece de maneira satisfatória nas escolas regulares, sobretudo as da rede pública. Diante dessa dificuldade, a presente pesquisa buscou, com a análise do discurso, investigar as representações que sujeitos-alunos da 5ª série e do 3º ano do Ensino Médio fazem sobre o aprender inglês na escola pública. Para tanto, foram feitas entrevistas com alguns alunos e elas constituem o corpus da pesquisa. Partindo de uma perspectiva discursiva, que entende a língua como um fenômeno histórico, ideológico e social, iniciamos a pesquisa com uma contextualização histórica do ensino público. Nesse primeiro momento, um espaço de memória foi delineado, trazendo a trajetória de um ensino marcado por restrições, improvisos e ausência de qualidade. Assumindo essa memória que constitui o ensino público no Brasil, foram analisados os dizeres dos alunos com o intuito de compreender suas representações sobre a possibilidade de se aprender inglês na escola. Inicialmente encontramos duas representações dominantes: a escola como espaço onde se aprende bastante inglês e escola como espaço onde o ensino não acontece. Essas representações...

O ensino de Inglês como língua estrangeira na escola pública: novos letramentos, globalização e cidadania.; The Teaching of english as a foreign language in public schools: new literacies, globalization and citizenship

Mattos, Andréa Machado de Almeida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
35.59%
Esta pesquisa investigou a atuação pedagógica de três professores de inglês como LE na escola pública, que participaram de um curso de formação continuada, tendo por base as teorias dos novos letramentos, multiletramentos e letramento crítico. Alguns dos objetivos específicos deste trabalho foram investigar a utilização pelo professor das teorias sobre novos letramentos, multiletramentos e letramento crítico na sala de aula de inglês como LE, identificar, na ação do professor de inglês como LE, os procedimentos didático-pedagógicos que refletem ações locais em oposição a ações globais, e compreender como essas ações do professor podem influenciar o processo de ensino/aprendizagem. Por fim, analisou-se como a atuação pedagógica do professor pode contribuir para a formação da cidadania dos alunos envolvidos. A introdução deste trabalho apresenta os objetivos gerais e específicos que nortearam sua realização, sua justificativa, e suas premissas e perguntas de pesquisa, assim como o lócus de enunciação da pesquisadora, a metodologia utilizada, o contexto e os participantes. Os quatro capítulos centrais versam sobre temas específicos que embasaram a coleta e a análise dos dados. O Capítulo 1 revisa o conjunto de teorias que formam a perspectiva dos novos letramentos...

O discurso sobre o livro didático de inglês: a construção da verdade na sociedade de controle; The discourse about the English textbook: the construction of truth in the society of control

Braga, Maria Dolores Wirts
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
35.59%
Nossa proposta de investigar o discurso sobre o livro didático de inglês toca inevitavelmente na questão do discurso de verdade do livro didático. Direcionada pela hipótese de que o poder de discurso de verdade do livro didático de inglês (LDI) é construído pelos dizeres acerca do LDI, nossa pesquisa dedica-se a estudar o funcionamento desse que chamamos de discurso sobre o LDI e os efeitos de sentido que ele produz. Mais especificamente, estudamos os dizeres sobre o LDI adotado na escola pública brasileira a partir do Programa Nacional do Livro Didático, PNLD 2011. Apesar de o LDI já ter sido adotado localmente na rede pública por algumas escolas ou alguns professores, é através do PNLD 2011 que o governo federal, pela primeira vez, propõe títulos a serem adotados em âmbito nacional, patrocinando o custo desses materiais consumíveis, para o ensino de língua estrangeira (espanhol e inglês). Para esta investigação, apoiamos nossas observações nos conceitos pertinentes à linha pecheutiana de Análise do Discurso. Esses conceitos fundamentam a nossa análise dos dizeres do corpus de pesquisa, formado por três segmentos. O segmento oficial compreende os principais documentos referentes ao PNDL 2011. O segmento midiático foi composto por textos disponibilizados na internet...

Pelo inglês afora : carreira profissional e autonomia na aprendizagem de inglês como língua estrangeira

Moura Filho, Augusto César Luitgards
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
35.59%
A pesquisa relatada nesta tese é decorrente de um trabalho de investigação voltado para a análise dos intervenientes na aprendizagem autônoma de inglês e para a saliência das possibilidades de conciliação entre essa alternativa pedagógica e a carreira profissional do(a)s aprendizes. A investigação está ancorada, do ponto de vista teórico, nas bases de conhecimento sobre o “bom aprendiz de línguas”, nos estilos de aprendizagem e nas estratégias de aprendizagem. A pesquisa, de caráter qualitativo, é um estudo de caso interpretativista, que utilizou a metodologia de história de vida para evidenciar dados que possibilitaram responder às perguntas de pesquisa que emergiram no início da investigação. Viabilizaram a geração de dados para a pesquisa a análise de documentos, a coleta de fotografias e a realização de entrevistas. A cristalização destacou-se como a melhor alternativa para análise dos dados coletados e, por isso, foi adotada. Os resultados das análises realizadas indicaram que, no caso do participante da pesquisa, os processos de autonomia na aprendizagem de inglês são vivenciados de forma intuitiva e não como decorrência de planejamento dele e/ou de algum(a) de seus/suas professore(a)s...

Inglês para fins específicos : a carta comercial

Lameiras, Maria Teresa Marques Salgado
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
35.62%
O estudo da correspondência comercial em inglês limitou-se durante muito tempo a uma exploração pouco crítica de um número reduzido de manuais. Mais recentemente, a expansão da utilização da língua inglesa justificou uma maior produção de obras de apoio ao ensino. Sobretudo nos últimos tempos, têm surgido também trabalhos que denotam um crescente interesse sobre esta área de inglês específico, valorizando-a como objecto de estudo. Depois de muitos anos de leccionação de correspondência comercial em inglês, entendemos ser particularmente pertinente questionar mais detalhadamente esta matéria, beneficiando de um quadro geral de desenvolvimento dos estudos linguísticos. No presente trabalho, é feita, assim, uma análise da evolução da carta comercial em inglês relativamente à sua forma e à sua linguagem. Através de um estudo comparativo de dois corpora constituídos por cartas incluídas em manuais de correspondência comercial em inglês, distando entre si aproximadamente cinquenta anos, procurámos perspectivar a evolução verificada ao nível da norma, que, concretamente no que diz respeito à linguagem, envolve não só expressões utilizadas, mas também determinadas categorias gramaticais, particularmente relevantes neste tipo de discurso. A existência de permanências...

As TIC como recurso pedagógico no ensino do inglês a crianças com NEE

Monteiro, Sofia Isabel Cardoso
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
35.6%
A recente mudança social e cultural e a integração das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) no ensino transformaram a vida das pessoas, nomeadamente das crianças com Necessidades Educativas Especiais (NEE). Neste sentido, importa refletir sobre a influência que as TIC têm como recurso pedagógico nas aprendizagens destas crianças com NEE. A revisão da literatura permitiu verificar que as TIC são bastante importantes na melhoria de resultados das crianças com NEE ao nível do Inglês, bem como possibilitou efetuar um ponto de situação sobre a opinião dos professores de Inglês em relação ao uso das TIC na sala de aula com estas crianças e sobre os benefícios que as TIC podem trazer para o desenvolvimento das suas aprendizagens. De igual modo, podemos constatar que as tecnologias estiveram sempre presentes na sala de aula de línguas. Com base neste enquadramento teórico, julgamos relevante conhecer a opinião dos professores de Inglês sobre o efeito que poderá causar a utilização das TIC no ensino do Inglês a crianças com NEE, assim como os fatores que impedem o seu uso e perceber porque é que se deve ensinar Inglês como uma Língua Estrangeira (LE) a estas crianças. Para isso, foi realizado um estudo de investigação com base num questionário destinado a professores de Inglês e em três entrevistas...

Nursery Rhymes: Contributos para o Desenvolvimento da Literacia e Aquisição de uma Segunda Língua (Inglês) na Educação Pré-Escolar

Ferreirinha, Sónia Cristina
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /04/2014 POR
Relevância na Pesquisa
35.59%
Trabalho de Projeto apresentado para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Didática do Inglês; A introdução de uma segunda língua na educação pré-escolar é uma matéria que tem suscitado algum debate nos últimos anos entre a comunidade educativa e instituições europeias. Assumindo os benefícios defendidos por alguns investigadores nesta área, este trabalho de projecto tem como objectivo explorar os contributos e benefícios das tradicionais Nursery Rhymes anglo-saxónicas para o desenvolvimento da literacia e aquisição da segunda língua (Inglês) na educação pré-escolar, justificando, assim, o ensino da mesma nesta faixa etária e, indo ao encontro da ideia de que a introdução de uma segunda língua, especialmente através de Nursery Rhymes, beneficia a longo prazo alguns aspectos da língua, tais como pronúncia, ritmo e entoação. Algumas das Nursery Rhymes mais conhecidas foram introduzidas ao longo do ano letivo 2012/13, em contexto de sala de aula, numa turma de alunos de cinco anos, de uma escola portuguesa, seguindo a metodologia de Investigação-ação. As conclusões apresentadas corroboram e apoiam a integração de rimas e das tradicionais Nursery Rhymes anglo-saxónicas num eventual programa de Inglês...

A formação de professores de Inglês para o 1º ciclo do Ensino Básico

Nunes, Luís Manuel André
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /10/2011 POR
Relevância na Pesquisa
35.6%
Este trabalho visa problematizar a formação de professores de Inglês feita até 2005, ano da implementação do Programa de Generalização do Ensino do Inglês (PGEI) no ensino básico decretada pelo Ministério da Educação, e a sua adequação às novas funções que muitos professores assumiram, a partir dessa data, de ensino de Inglês a uma faixa etária bem mais jovem do que o habitual. Pretende este trabalho ainda perspectivar a necessidade de formação complementar que permita a estes professores desempenharem com mais qualidade pedagógica as suas funções e, assim, obter um estatuto mais digno e melhores garantias de futuro. Questionamos ainda a validade de alguns pressupostos que estiveram na origem da introdução do ensino do Inglês de forma generalizada no 1º ciclo do ensino básico. Num primeiro capítulo procedemos à análise dos documentos produzidos pelos organismos que têm acompanhado o PGEI: Comissão de Acompanhamento do Programa (CAP) e Associação de Professores de Inglês (APPI), confrontando-os com a literatura disponível sobre a temática. Num segundo capítulo analisamos o tipo de formação recebido pelos professores que iniciaram a implementação do PGEI em 2005 e, apoiando-nos novamente na literatura...

Concepções e status da leitura em inglês em cursos universitários em Maceió: cursos do setor terciário : análise de sistemas e secretariado executivo.; Conceptions and status of reading in English at university courses in Maceió : tertiary sector courses - computing sciences and executive secretariat.

Coutinho, Tânia Maria Marques
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Linguística; Literatura Brasileira; Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Linguística; Literatura Brasileira; Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
35.6%
The aim of this work was to investigate the treatment given to reading in classes of English as a foreign language at colleges in Maceió, especially in two courses of the tertiary sector of economy Systems Analysis Courses and Executive Secretariat Course. The relevance of the work is related to the importance of reading in English as a necessary activity to the academic and professional literacy. From this research it was possible to observe reading conceptions and its status in force nowadays in the institutions studied. In order to investigate that issue, the methodology used was based on the observations of classes in four colleges in which the discipline Inglês Instrumental (English for Specific Purposes) is taught. Thus, this work can be considered as being a qualitative research, of an ethnographic kind. Besides classroom observations, field note taking, informal interviews and questionnaires for both students and teachers were also used. The theoretical background was based on the studies of the history of reading, the socio-cognitive and discoursive aspects of reading strategies, foreign language teaching approaches and principles of English for Specific Purposes. One of the results obtained indicated that, in a general way...

Imperialismo lingüístico: a história do ensino de inglês no Recife (1946-1971)

Jeanette Campbell, Courtney; Henrique Albert Brayner, Flávio (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
35.6%
O presente trabalho teve por objetivo analisar o desenvolvimento do ensino de inglês, destacadamente língua estrangeira hegemônica na cidade do Recife, no período de 1946 a 1971 empregando como ferramenta de análise o conceito de Imperialismo Lingüístico. Para tanto, revisamos livros e artigos escritos sobre o tema e documentos históricos da época e livros didáticos empregados no ensino de inglês, e entrevistamos professores que ensinaram esta língua no período. Verificamos que no Recife anglocentricidade e profissionalismo, legitimadores da posição da língua inglesa como língua dominante, racionalizando as atividades e crenças que contribuem para desigualdades culturais e estruturais entre inglês e outras línguas, se desenvolveram através de: o aumentou da presença norte-americana no Recife sob a forma de bens culturais e presença física; a difusão do método audiolingüal, apoiado pelo governo dos EUA e centrado no ensino das estruturas lingüísticas do inglês; e as mudanças na legislação educacional, que desobrigaram o ensino de línguas estrangeiras, reduziram a escolaridade em um ano e aumentaram as matérias obrigatórias, levando à retirada do ensino de inglês da maioria das escolas públicas. Esta mudança na estrutura escolar...

A redução vocálica em palavras funcionais produzidas por falantes brasileiros de inglês como língua estrangeira

Fragozo, Carina Silva
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
35.61%
A presente pesquisa tem por objetivo analisar o processo de redução vocálica em palavras funcionais produzidas por falantes de inglês como língua estrangeira (LE). Tomamos como ponto de partida os trabalhos de Watkins (2001), que analisou a redução vocálica por falantes de inglês como LE, e de Marusso (2003), que investigou a redução vocálica por falantes nativos de inglês e de português. A partir dessas duas pesquisas, este trabalho propõe-se a avaliar tanto fatores linguísticos quanto extralinguísticos que possam condicionar a redução vocálica em palavras funcionais, à luz da interface entre Sociolinguística e Aquisição de LE. Além disso, este estudo busca propiciar uma reflexão a respeito das informações provenientes da verificação perceptual em comparação às da verificação acústica. A amostra é composta por dezesseis falantes de inglês como LE do sexo feminino, divididas em quatro grupos: falantes de nível intermediário, falantes de nível avançado, professoras de curso de inglês e docentes universitárias, atuantes em cursos de Letras (Inglês e Português/Inglês). A coleta dos dados foi realizada por meio de um instrumento composto de sessenta frases afirmativas contendo as palavras funcionais at...

A relação entre a percepção, a produção e a consciência fonológica na aprendizagem do inglês como língua estrangeira

Battistella, Tarsila Rubin
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
35.6%
Este estudo possui como objetivo geral averiguar a adequação do uso das vogais do inglês americano como L2 (i ː, a ː, ɔ ː, u ː, ɜ ː, ɪ, æ, ɔ, ʊ, ɛ, ʌ, ə) por falantes nativos do português brasileiro. Para tanto se traçou cinco objetivos específicos: investigar, através de um teste de produção, se os aprendizes de inglês distinguem as vogais da L2 que não são semelhantes às da L1; averiguar, através de um teste de consciência da própria produção, se os aprendizes possuem consciência da diferença entre as vogais do inglês; pesquisar se há transferência interlingüística (do português para o inglês) do sistema da L1 do aprendiz na L2; verificar se a transferência da língua materna do aprendiz tende a diminuir nos aprendizes mais avançados no idioma; descobrir quais vogais da L2 os aprendizes adquirem mais cedo, sendo capazes de produzi-las livremente e com uma maior facilidade. A amostra foi constituída por trinta alunos falantes do português e em processo de aprendizagem do inglês, do ensino médio de uma escola privada, do interior do estado do Rio Grande do Sul. Foram avaliadas a produção, a percepção e a consciência da própria produção dos sujeitos. Os instrumentos utilizados apresentam tarefas relacionadas à produção de frases com as vogais-alvo...

Análise de necessidades de inglês para fins específicos em um curso de graduação em turismo

Sarmento, Maria Edileuda do Rego
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
35.6%
This study presents the results of a survey conducted in the area of English for Specific Purposes (ESP) in order to identify (1) the learning needs of students in a course in Tourism, their desires and lacks, at a federal university, with respect to use of English; (2) the needs of the present situation of teachers and the coordinator of that course as to the language; (3) the needs of the target situation of professionals (graduates) and companies with respect to this language. This research is a case study (STAKE, 1998; YIN, 2009) and was used for data collection, instruments such as questionnaires, semi-structured interviews, and document on the Tourism Course. To this end, it was adopted the theoretical basis for the constructs of English for Specific Purposes (ESP) Inglês para Fins Específicos (IFE) in Brazil, also known as Inglês Instrumental, whose foundation is based on the work by Hutchinson and Waters (1987), Robinson (1991), Dudley-Evans and St. John (1998), Celani, Deyes, Holmes, Scott (2006), among others, since this work is devoted to a specific area, Tourism. Results show that students opined the ability to prioritize reading and speaking into the classroom. Professionals reported that the latter is an indispensable tool for entering the labor market...

Concepções de professores de inglês e intérpretes diante das políticas educacionais inclusivas e a prática do ensino de inglês para alunos surdos; Conceptions of English teachers and interpreters on inclusive educational policies and practice of teaching English to deaf students

MEDEIROS, Tânitha Gléria de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Letras e Linguística; Lingüística, Letras e Artes Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Letras e Linguística; Lingüística, Letras e Artes
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
35.6%
This study investigates the concepts of English teachers and interpreters regarding the laws and public policies of inclusion in relation to teaching and learning a foreign language - LE - (English) for deaf students in a mainstream education. Given this context we seek to understand the views of these professionals about: (i) the inclusion of deaf students in a mainstream education and the limitations and implications of public policy in this environment, (ii) the occurrence or not of the teaching of English to deaf students exposing the difficulties and suggestions of the teachers during the classes, (iii) how the interaction happens during an English class where we have the presence of English teacher, interpreter, deaf and hearing students. For such purposes, we used the exploratory qualitative method which can be construed as a case study due (two English teachers and two interpreters who work in public education in Goiânia). This research also has as a base the sociocultural theory of Vygotsky (1998), which invests in social interaction as a condition for the development of individuals. We gathered data through observations, interviews, questionnaires and document analysis. The data suggest that all participants are in favor of the inclusion of deaf students in regular classrooms...

A interferência fonológica do português – L1 – na aquisição de inglês – L2 : “os traços [+tenso] e [- tenso]”

Assis, Alessandra Mara de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
35.61%
Esta dissertação, por meio de um corpus adquirido a partir de quinze entrevistas com aprendizes em nível avançado de Inglês, buscou não só identificar as interferências do Português Brasileiro (PB) na aquisição de Inglês como língua estrangeira, mas também investigar as dificuldades que falantes de PB como língua materna encontram no aprendizado de Inglês, especialmente no que tange à aquisição das vogais altas frontais longas e curtas com os traços [+ tenso] ou [- tenso], quais sejam [i:] e [I] e analisar alguns dos processos fonológicos aí envolvidos. Para atingir nosso objetivo utilizamos os pressupostos da Teoria de Traços Distintivos de Chomsky e Halle (1968), o modelo para tratamento da sílaba proposto por Selkirk (1982) e a análise de Bisol (1999) para o PB. Para a classificação das vogais do PB usamos a proposta de Câmara Jr. (1970), e, para as vogais do Inglês, utilizamos a descrição de Chomsky e Halle (1968). Por fim, recorremos à Teoria da Otimidade, McCarthy e Prince (1993), Kager (1999) e Prince e Smolensky (1993) para confrontar as gramáticas das duas línguas. Da coleta de dados para a montagem do corpus constaram quinze entrevistas com aprendizes de Inglês como língua estrangeira em nível avançado...

Ensino do inglês no 1º ciclo: perceções dos professores de inglês do 1º e 2º ciclos e alunos do 2º ciclo

Melo, Mónica Alexandra Pinho
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Educação Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Educação
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
35.6%
Sendo a escola uma instituição concebida para a formação académica e social da criança, a aprendizagem duma língua estrangeira torna-se crucial para que a criança desenvolva uma atitude positiva perante outras línguas e culturas. É, portanto, necessário que a escola encontre formas de ensinar línguas estrangeiras que sejam adequadas ao 1º ciclo do Ensino Básico. O presente projeto de mestrado, intitulado Ensino do Inglês no 1º ciclo: perceções dos professores de Inglês do 1º e 2º ciclos e dos alunos do 2º ciclo reflete uma investigação baseada nas opiniões e perceções de profissionais e alunos de escolas públicas portuguesas que, direta ou indiretamente, estão envolvidos com o Inglês no 1º ciclo. Inicialmente apresenta-se um enquadramento legal que permite perceber quais as normas e orientações existentes na Europa e em Portugal, em termos de ensino precoce de línguas estrangeiras. A introdução do Programa de Generalização do Ensino de Inglês em 2005 começou por refletir um caminho de convergência com as políticas educativas europeias. No entanto, muitas das vitórias conseguidas por este Programa, pertencem ao passado. Os profissionais no ensino das línguas estrangeiras questionam-se acerca de muitos aspetos...

A formação de professores de Inglês para o 1º ciclo do Ensino Básico

Nunes, Luís Manuel André
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /10/2011 POR
Relevância na Pesquisa
35.6%
Este trabalho visa problematizar a formação de professores de Inglês feita até 2005, ano da implementação do Programa de Generalização do Ensino do Inglês (PGEI) no ensino básico decretada pelo Ministério da Educação, e a sua adequação às novas funções que muitos professores assumiram, a partir dessa data, de ensino de Inglês a uma faixa etária bem mais jovem do que o habitual. Pretende este trabalho ainda perspectivar a necessidade de formação complementar que permita a estes professores desempenharem com mais qualidade pedagógica as suas funções e, assim, obter um estatuto mais digno e melhores garantias de futuro. Questionamos ainda a validade de alguns pressupostos que estiveram na origem da introdução do ensino do Inglês de forma generalizada no 1º ciclo do ensino básico. Num primeiro capítulo procedemos à análise dos documentos produzidos pelos organismos que têm acompanhado o PGEI: Comissão de Acompanhamento do Programa (CAP) e Associação de Professores de Inglês (APPI), confrontando-os com a literatura disponível sobre a temática. Num segundo capítulo analisamos o tipo de formação recebido pelos professores que iniciaram a implementação do PGEI em 2005 e, apoiando-nos novamente na literatura...

Tecnologia e Metodologia no Ensino de Inglês: Impactos da Globalização e da Internacionalização

Finardi, Kyria Rebeca; Universidade Federal do Espírito Santo; Porcino, Maria Carolina; PPGEL - UFES
Fonte: UFSC Publicador: UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Revisão de Literatura; Formato: application/pdf
Publicado em 21/07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
35.6%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-8026.2014n66p239O artigo reflete sobre o papel das tecnologias nas diversas metodologias de ensino de inglês e sobre o impacto da globalização e internacionalização na educação em geral e no ensino de inglês em especial. O estudo é baseado no pressuposto de que o acesso à informação e à tecnologia é necessário para a construção de capital social (WARSCHAUER, 2003) e que esse acesso exige algum conhecimento de inglês e letramento digital (FINARDI; PREBIANCA; MOMM, 2013). Partimos de uma revisão bibliográfica sobre o uso de metodologias no ensino de inglês e do papel das tecnologias nessas metodologias para propor que tanto a resistência a quanto o uso acrítico de tecnologias pode ter consequências negativas tanto para o desenvolvimento da proficiência em inglês quanto para o desenvolvimento social do Brasil. O estudo conclui que na era do pós método (BROWN, 2002; KUMARAVADIVELO, 2003) e da informação (LEVY, 1999) as tecnologias têm um papel relevante e crucial que deve ser considerado criticamente nas metodologias de ensino de línguas. O estudo sugere ainda que o uso informado de tecnologias e metodologias, aliado ao ensino de inglês como língua internacional são essenciais para alavancar o desenvolvimento e a internacionalização da educação no Brasil de forma crítica em relação aos efeitos da globalização.

Familiaridade do ouvinte e inteligibilidade da pronúncia de aprendizes brasileiros de inglês

Cruz, Neide Cesar; Universidade Federal de Campina Grande
Fonte: Revista Horizontes de Linguistica Aplicada Publicador: Revista Horizontes de Linguistica Aplicada
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/04/2011 POR
Relevância na Pesquisa
35.6%
Este estudo focaliza a inteligibilidade da pronúncia de aprendizes brasileiros de Inglês Língua Estrangeira para dois grupos de ouvintes: um de falantes nativos da língua inglesa que não tinham familiaridade com o falar em inglês dos brasileiros e outro de falantes nativos do inglês familiarizados com o falar em inglês dos brasileiros. Especificamente, este estudo tencionou responder a duas questões: Quais desvios de pronúncia produzidos por aprendizes brasileiros de inglês afetaram a inteligibilidade da fala desses aprendizes quando apresentada para os dois grupos de ouvintes? e Para qual dos dois grupos de ouvintes a pronúncia dos aprendizes foi mais inteligível? Amostras contendo desvios de pronúncia, produzidos pelos aprendizes brasileiros de inglês, foram selecionadas e apresentadas aos dois grupos de ouvintes. Os resultados para cada grupo de ouvintes foram os seguintes: para o primeiro, desvios de acentuação de palavras, produção inapropriada de consoantes e desvios resultantes da interferência da grafia afetaram mais seriamente a inteligibilidade da fala dos aprendizes brasileiros; e para o segundo, apenas desvios de acentuação de palavras afetaram mais seriamente a inteligibilidade da fala dos aprendizes brasileiros. Portanto...