Página 1 dos resultados de 13940 itens digitais encontrados em 0.011 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP

Infância: imagens e memórias de adultos; Childhood: images and memories of adults

Breda, Bruna
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/11/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.84%
A pesquisa tem por objetivo identificar quais imagens da infância os adultos têm. Foi desenvolvida em uma perspectiva qualitativa com o propósito de compreender o que pensam acerca da infância e coletou memórias de infância de nove adultos que têm em comum o fato de seus filhos frequentarem uma instituição pública de educação infantil. Sustentada pelo referencial teórico da Sociologia da Infância compreende a infância enquanto categoria da estrutura social em sua divisão geracional. Utiliza os paradigmas da área acerca da construção social, histórica e cultural das imagens e representações de infância. Com o apoio das teorias da Memória Coletiva a pesquisa compreende a influência que o passado exerce na percepção do presente e na construção de concepções e imagens, neste caso, da infância. A pesquisa de campo revelou que tanto as experiências vividas pelos sujeitos adultos quando crianças como as representações sociais da infância exercem influência na maneira de se conceptualizar e imaginar a infância nos dias de hoje.; This research aims to identify which childhood images adults have. It was developed in a qualitative perspective with the purpose of understanding what they think about childhood and collected childhood memories from nine adults that share the fact of their children attend the same public kindergarten. Based on the theoretical framework of Sociology of Childhood understands childhood as a category of social structure in a generational division. The research uses the fields paradigm of socially...

Labirintos da memória: os espaços para a reconstrução da infância em El Archipiélago de Victoria Ocampo, Cuadernos de infancia de Norah Lange e Infância de Graciliano Ramos; Memory labyrinths: spaces for the reconstruction of childhood in El archipiélago by Victoria Ocampo, Cuadernos de infancia by Norah Lange and Infância by Graciliano Ramos

Santos, Tatiane Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.81%
Esta dissertação tem como objetivo o estudo comparativo entre três textos de memórias de infância: dois argentinos, El archipiélago, de Victoria Ocampo (1979) e Cuadernos de infancia, de Norah Lange (1937), e outro brasileiro: Infância de Graciliano Ramos (1945). A análise sobre a configuração das narrativas nestes livros indaga como a recuperação do espaço delineia a reconstrução do passado com enfoque nas temáticas comuns às memórias de infância escola, família, nascimento e morte e os questionamentos das crianças e adultos sobre estes assuntos.; This work aims to a comparative study among three texts of childhood memories: two Argentinians, El Archipiélago (1979), from Victoria Ocampo and Cuadernos de infancia (1937), from Norah Lange and another Brazilian: Infância (1945), from Graciliano Ramos. The analysis of the narrative configuration in these books ask the space recovery outlines the reconstruction of the past with a focus on the common themes of the childhood memories - school, family, birth and death - and the questioning of children and adults about these issues.

Infância, didática, salvacionismo: implicações em torno da arte de ensinar em Comenius; Childhood, didactic, salvationism: implications around the art of teaching in Comenius

Chiquito, Ricardo Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.83%
Esta tese trata da infância e de uma didática, aquela formulada por Comenius no entrelaçamento de A escola da infância, O labirinto do mundo e o paraíso do coração e Didática Magna, endereçada, de uma forma ou de outra, à infância. Por isso, pensa a didática no âmbito de um dispositivo de infantilidade, uma vez que ali se conjugam um tipo de saber, uma forma de poder e um modo de produzir o sujeito infantil. Daí a pergunta: de que modo a didática comeniana aquela arte didática, arte de ensinar produz a infância e seus modos de conhecê-la, conduzi-la e governá-la? O objetivo desta pesquisa é justamente inventariar e, de alguma maneira, problematizar, por meio das ideias foucaultianas em torno do poder pastoral e da governamentalidade, a produtividade da arte didática comeniana a partir das suas forças de criação: 1. a infantilização da infância; 2. o governo da infância (e de si) e 3. a escrita didática como um trabalho ético, estético e político, uma forma de pensar e de escrever em educação. Parece haver toda uma tecnologia da salvação em operação na didática da infância comeniana: conhecer, formar, conduzir, governar. Tecnologia do poder pastoral que se destina a todos e a cada um. Aos outros e a si mesmo...

Dossiês publicados em periódicos educacionais entre 1980-2010: uma construção social da infância?; Dossiers published in educational journals from 1980-2010: could they be considered a social construction of childhood?

Dias, Sabrina da Costa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/11/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.83%
A presente pesquisa, com aporte teórico na Sociologia da Infância, visa identificar as concepções de infância que embasaram as discussões acadêmicas sobre esse objeto no campo educacional, no período de 1980 a 2010, a partir da publicação de dossiês sobre a infância. Definiram-se os periódicos acadêmicos como objeto de pesquisa a partir da hipótese de que eles representam importantes veículos de comunicação acadêmica, interrogando em que medida tais publicações apresentariam as alterações nas concepções de infância e problemáticas a ela relacionadas. Considerando a noção de campo, do sociólogo Pierre Bourdieu (1983, 2004), a pesquisa pretende refletir sobre a relação entre a publicação do dossiê e seu contexto social, buscando indícios para a compreensão dos aspectos acadêmicos e sociais que motivaram a publicação de tais dossiês sobre a infância. O levantamento dos periódicos educacionais utilizou como critério os conceitos A1 e A2 definidos pelo Qualis. Para a seleção das edições temáticas sobre a infância foram realizadas buscas na base de dados SciELO Scientific Electronic Library Online (Biblioteca Científica Eletrônica em Linha) e na biblioteca virtual Educ@. Para aqueles periódicos cuja produção não era divulgada em meio eletrônico ou cuja produção não abrangia o período definido por essa investigação...