Página 1 dos resultados de 1674 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Relacionamento com médicos como estratégia de marketing da indústria farmacêutica

Ramos, Felipe Costa
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.64%
O marketing de relacionamento (MR) é uma das principais formas de melhoria no gerenciamento das relações das empresas com seus clientes e também parceiros. Definido como um conjunto de atividades com o objetivo de desenvolver e dar continuidade às relações entre a empresa e seus clientes, o MR trata da criação de uma base de relacionamento e integração em todas as fases do relacionamento. Na indústria farmacêutica, caracterizada por estratégias mercadológicas particulares, entre as quais se destaca a mudança de foco do consumidor final para o médico (que prescreve o medicamento), o MR é utilizado de forma constante, sendo disponibilizados altos investimentos nesta área. Com base neste contexto, este trabalho busca investigar a relação entre os incentivos da indústria farmacêutica, caracterizados pelas práticas de MR, e a quantidade de receitas prescritas pelos médicos. Assim, o objetivo central da pesquisa é identificar se o investimento desta indústria em MR junto aos médicos faz com que receite mais o produto. Para tanto, foi realizada uma pesquisa exploratória, utilizando dados secundários de um grande laboratório farmacêutico de nível mundial. Estes dados referem-se a uma amostra de 98 médicos de uma determinada especialidade que foram atendidos pelo Laboratório. Foram testadas as variáveis referentes às práticas de MR – visitas...

A indústria farmacêutica nacional e a importância dos medicamentos genéricos no seu desenvolvimento

Isse, Kátia Fernanda
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.72%
A partir do início da década de 90 a indústria farmacêutica brasileira vem passando por grandes transformações, que originaram modificações na produção da indústria farmacêutica. O presente trabalho propõe-se apresentar a evolução da indústria farmacêutica brasileira apresentando as mudanças ocorridas no setor originadas, principalmente, pela lei de medicamentos genéricos. Antes da lei do medicamento genérico ser aprovada no Brasil o capital estrangeiro era dominante nas indústrias. O Brasil não detinha conhecimento dos primeiros estágios da produção, que eram todos realizados nos país de origem das empresas, deixando cada vez mais frágil as indústrias nacionais. A lei de medicamentos genéricos, que teve origem através das políticas publica de integração dos setores da saúde e da indústria farmacêutica, desempenhou um papel importante, proporcionando a ampliação da oferta de medicamentos, a redução do preço dos medicamentos através da concorrência no mercado. Mas, principalmente, a mudança no capital da indústria farmacêutica nacional. Com a implantação dos genéricos, a indústria passou a ter mais participação do capital nacional. Ao mesmo tempo em que ocorreu a ampliação do número de indústrias no país. Gerando uma base mais forte para o crescimento do setor...

Processo produtivo e relação capital / trabalho: um estudo sobre a indústria farmacêutica paulista no período recente

Teixeira, Adir Gomes
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 144 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
66.64%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Economia - FCLAR; O objetivo central desse trabalho é buscar as vinculações entre o processo produtivo e a relação capital / trabalho na indústria farmacêutica paulista nos últimos anos. O primeiro capítulo procura analisar, de maneira geral, o surgimento, o desenvolvimento e a consolidação da indústria farmacêutica no Brasil. No segundo capítulo é realizado um estudo do processo produtivo na indústria farmacêutica e da natureza do trabalho nesse ramo. O terceiro capítulo busca analisar a relação capital / trabalho nessa indústria no Estado de São Paulo nos anos recentes, enfatizando as negociações coletivas realizadas em 2007. A pesquisa fundamentou-se em observações empíricas realizadas no processo de manipulação de medicamento nos setores de líquidos e sólidos em três empresas farmacêuticas: uma pequena e uma média, ambas de capital nacional, e uma multinacional de grande porte. No que diz respeito às relações entre empresários e trabalhadores, foram efetuadas entrevistas com os representantes de cada categoria nas negociações coletivas, especialmente naquela que ocorreu em março de 2007.; The central focus of this study is to search for the connections established in recent years between the productive process and the labor-capital relation within the pharmaceutical industry in the State of São Paulo. The first chapter intends to analyze the beginning...

A internacionalização da P&D na indústria farmacêutica

Silva, Bruna Mara da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 86 f. : il., gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.71%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Economia - FCLAR; No presente trabalho, analisou-se o processo de internacionalização das atividades de P & D da Indústria Farmacêutica Mundial e foram identificados os principais condicionantes do processo de descentralização das atividades de P & D no setor. Desta forma, a metodologia utilizada foi a revisão das principais literaturas que abordam o assunto e a análise de dados de pesquisas recentes sobre o tema. Realizou-se um exame da estrutura da indústria farmacêutica mundial com a finalidade de estabelecer um panorama sobre o processo de desenvolvimento do setor e suas recentes transformações no âmbito da localização de suas atividades inovativas. Para concluir o trabalho, efetuou-se um diagnóstico da indústria farmacêutica brasileira, constatou-se que as mudanças recentes no âmbito das legislações influenciaram decisivamente para o novo quadro da indústria farmacêutica nacional nos anos 2000. Para finalizar, foi realizada uma breve comparação entre a indústria farmacêutica indiana e a brasileira, destacando suas principais características e fatores que levam à atração (ou repulsão) das atividades de P & D dos grandes laboratórios; In the present work was analyzed to the process of the internationalization of R & D activities of Pharmaceutical Industry and the main determinants of the decentralization of R & D of the sector were identified. Thus...

Estudo da relação entre as classes médica e farmacêutica com a indústria farmacêutica : experiência profissionalizante na vertente de farmácia comunitária, hospitalar e investigação

Cunha, Ana Sofia Fernandes
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.65%
O presente trabalho encontra-se divido em 3 Capítulos. O Capítulo 1 introduz uma visão muito sintética sobre a relação entre a Indústria Farmacêutica e o Profissional de Saúde. Descreve as iniquidades ainda existentes e em especial o facto das empresas da Indústria Farmacêutica despenderem elevadas somas em Marketing. Após uma breve caracterização do Mercado Farmacêutico Nacional, examina-se a orientação comercial das empresas farmacêuticas e as suas estratégias para promover a demanda dos seus produtos, sendo também abordadas práticas impróprias e medidas que procuram limitar os seus efeitos negativos. Finalmente explora o papel desempenhado pelos Médicos e Farmacêuticos como investigadores e guardiões do medicamento, considerando como o conhecimento médico e as suas práticas contribuem, ao invés de diminuir, para a expansão da Indústria Farmacêutica. A investigação empírica foi posta em prática através do preenchimento de um inquérito pelos Médicos e Farmacêuticos Comunitários, do Centro de Saúde de Mogadouro e Covilhã, respectivamente. O inquérito é composto por várias questões, apresentadas sob a forma de escala de Likert, escala dicotómica e escolha múltipla, esperando assim obter evidências que permitam a resposta aos objectivos colocados. Os dados foram analisados através de análises estatísticas...

Estratégias de avaliação de desempenho dos propagandistas de medicamentos utilizados pela indústria farmacêutica no nordeste do Brasil; Pharmaceutical industry strategies for drug propagandists performance assessment of the Brazil northeastern

Sousa, Kleber Cavalcante de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção; Estratégia; Qualidade; Gestão Ambiental; Gestão da Produção e Operações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção; Estratégia; Qualidade; Gestão Ambiental; Gestão da Produção e Operações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.79%
A Indústria Farmacêutica é uma das mais competitivas indústrias do mundo contemporâneo, e um dos seus principais desafios está na comercialização de seus medicamentos, que na sua maioria depende da prescrição médica. O objetivo deste estudo é identificar as estratégias de avaliação de desempenho utilizadas pela Indústria Farmacêutica de origem multinacional que atua no nordeste Brasileiro e o papel dos seus gerentes, para avaliar os propagandistas vendedores de medicamentos. Para tanto, buscouse reunir elementos para uma abordagem satisfatória que contemple a complexidade da temática pesquisada: Avaliação de Desempenho, Estratégias da Indústria Farmacêutica, Propaganda Médica e Competências dos Propagandistas de Medicamentos. A temática justifica-se em razão da importância estratégica dos propagandistas de medicamentos para a indústria farmacêutica, que é uma das indústrias que mais investe em pesquisa na atualidade, e contribui para melhorar a qualidade de vida e a saúde humana. A metodologia é caracterizada como um survey, de natureza quali-quantitativa. O objeto de estudo é composto pelas empresas farmacêuticas multinacionais de origem Americanas, Europeias e Asiáticas, associadas à INTERFARMA que atuam no Nordeste do Brasil. A coleta de dados foi realizada através de um questionário fechado (instrumento de pesquisa)...

Estrutura de mercado, estrategias de crescimento e de inovação e desempenho recente da industria farmaceutica no Brasil; Market structure, strategies of growth and innovation and the recent development of Brazilian

Luis Carlos Garcia de Magalhães
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.7%
o objetivo desse trabalho é avaliar o processo de reestruturação da indústria farmacêutica brasileira nos 90. Procura-se analisar em que medida as transformações de estrutura de mercado e nas estratégias empresarias de crescimento e de inovação estiveram associadas a mudanças no desempenho competitivo da indústria farmacêutica doméstica. Os resultados sugerem que muitos dos efeitos positivos esperados da política de abertura comercial, de mudança do padrão de regulação da indústria e do desmonte das políticas setoriais não se realizaram. Não há evidências que as alterações no ambiente concorrência, econômico e institucional, em razão das políticas adotadas nos anos 90, implicaram em mudanças significativas da estrutura da indústria farmacêutica em direção a uma configuração mais competitiva. A indústria farmacêutica doméstica continuou com uma estrutura de mercado concentrada, investimento de reduzida densidade tecnológica e com capacidade de inovação passiva. As estratégias empresariais de crescimento e de inovação não' induziram uma trajetória que levasse a indústria a uma configuração mais eficiente, com melhoria importante de seu desempenho competitivo; The main purpose of this work is to evaluate the process of reorganization in Brazilian pharmaceutical industry in the 90's. It is try to analyze how measured the market structure transformations in growth business strategies and innovation had been associates with the changes in the competitive performance of the domestic pharmaceutical industry. The results suggest that many of the waited positive effect in the opening commercial politics of standard change the regulation industry and the dismounting politics sectorial had not been become fullfilled. It does not have evidences that the alterations in the surrounding competition...

A industria farmaceutica brasileira na decada de 90 : mudanças na pesquisa & desenvolvimento, na produção de farmacos e de medicamentos

Alexis Jesus Velazquez Gonzalez
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/1999 PT
Relevância na Pesquisa
66.67%
Durante a década de 90, a indústria farmacêutica brasileira vem passando por transformações significativas, associadas a mudanças mais amplas ocorridas nos quadros econômico e institucional do Brasil Este trabalho objetiva examinar como tais transformações ocorreram em três dos quatro estágios que caracterizam o setor - a P&D de novos fármacos, a produção de fármacos e a produção de especialidades farmacêuticas -, bem como analisar seus determinantes. O estudo compreende os aspectos relacionados às características gerais da indústria farmacêutica, inclusive suas peculiaridades técnico-produtivas. São também analisados os principais elementos que influenciam o ambiente do setor farmacêutico - o mercado e a ação governamental -, os fatores relacionados ao novo quadro econômico e institucional - a abertura econômica, a liberação dos preços e a nova lei de patentes - e o quadro da evolução do setor farmacêutico nos anos 90. Os resultados obtidos mostram que o estágio de P&D de novos fármacos começa a apresentar um quadro de expansão gradual de investimentos nos anos 90. Embora tais investimentos venham crescendo em número e valor com respeito à década de 80, o crescimento é considerado modesto. Já a produção de medicamentos registrou um avanço expressivo em termos de modernização...

A competitividade das exportações da indústria farmacêutica portuguesa

Santos, José Manuel Novais de Magalhães
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.67%
Mestrado em Gestão/MBA; A evolução global da humanidade, tanto a nivel social como económico, coloca um imenso desafio e exige um grande progresso à indústria farmacêutica, responsável por desenvolver, produzir e comercializar medicamentos. A evolução social impõe novos padrões de actuação, pelo impacte que o medicamento tem no bem-estar da humanidade, seja na prevenção, seja no tratamento da doença; a globalização económica exige à indústria farmacêutica um crescente aperfeiçoamento empresarial, em domínios que vão desde a qualidade dos produtos, à investigação e desenvolvimento, ao marketing utilizado, e até aos preços praticados ou à capacidade de adaptação cultural e de regulamentação de mercados externos. No contexto presente, de globalização da economia e da saúde, este estudo procura identificar e analisar os factores e as estratégias que sustentam a competitividade internacional da indústria farmacêutica portuguesa, através da análise das suas exportações. No âmbito do trabalho realizou-se uma revisão da literatura conhecida e uma caracterização do sector farmacêutico. Complementou-se com um estudo descritivo, onde se retrata a evolução das exportações portuguesas de produtos farmacêuticos...

Estudo da relação entre as classes médica e farmacêutica com a indústria farmacêutica : experiência profissionalizante na vertente de farmácia comunitária, hospitalar e investigação

Cunha, Ana Sofia Fernandes
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.65%
O presente trabalho encontra-se divido em 3 Capítulos. O Capítulo 1 introduz uma visão muito sintética sobre a relação entre a Indústria Farmacêutica e o Profissional de Saúde. Descreve as iniquidades ainda existentes e em especial o facto das empresas da Indústria Farmacêutica despenderem elevadas somas em Marketing. Após uma breve caracterização do Mercado Farmacêutico Nacional, examina-se a orientação comercial das empresas farmacêuticas e as suas estratégias para promover a demanda dos seus produtos, sendo também abordadas práticas impróprias e medidas que procuram limitar os seus efeitos negativos. Finalmente explora o papel desempenhado pelos Médicos e Farmacêuticos como investigadores e guardiões do medicamento, considerando como o conhecimento médico e as suas práticas contribuem, ao invés de diminuir, para a expansão da Indústria Farmacêutica. A investigação empírica foi posta em prática através do preenchimento de um inquérito pelos Médicos e Farmacêuticos Comunitários, do Centro de Saúde de Mogadouro e Covilhã, respectivamente. O inquérito é composto por várias questões, apresentadas sob a forma de escala de Likert, escala dicotómica e escolha múltipla, esperando assim obter evidências que permitam a resposta aos objectivos colocados. Os dados foram analisados através de análises estatísticas...

Dilemas éticos en las relaciones entre la industria farmacéutica y los profesionales de la salud; Dilemas éticos en las relaciones entre la industria farmacéutica y los profesionales de la salud; Dilemas éticos en las relaciones entre la industria farmacéutica y los profesionales de la salud

Gómez Córdoba, Ana Isabel; Universidad del Rosario; Latorre Santos, Catalina; Universidad del Rosario; Carreño, José Nel; Universidad del Rosario
Fonte: Universidad de la Sabana Publicador: Universidad de la Sabana
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
66.77%
El siguiente documento expone reflexiones acerca de las tensiones que se presentan en la relación entre los médicos y la industria farmacéutica, generadas en los intereses y obligaciones inherentes a cada uno de ellos, los cuales son fuente importante de dilemas éticos en tres dimensiones: la prescripción de medicamentos, la educación médica y la investigación. Fundamentado el texto en la revisión de diferentes fuentes, posiciones y reflexiones de los autores, se parte de la premisa de que es posible y necesaria una relación ética entre la industria farmacéutica y los profesionales de la salud, la cual implica un continuo análisis de los riesgos y beneficios que esta genera, proponiendo a la autorregulación como alternativa de acción más constructiva.; This  article  puts  forward  the  tensions occurring  between  physicians  and  the pharmaceutical  industry  and  arising from  their  respective  inherent  interests and obligations as an  important  source of  three-dimensional  ethical  dilemmas: the  prescription  of  medicines,  medical education, and research.    The  text  being  well  grounded  in  the review of the authors’ different sources, and  personal  stands  and  reflections...

Estudios para la cualificación de un equipo HPLC en el Laboratorio de Control de Calidad de una industria farmacéutica

Acha Martorell, Marcela Paz
Fonte: Universidad de Chile; Programa Cybertesis Publicador: Universidad de Chile; Programa Cybertesis
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
76.49%
Unidad de práctica para optar al título de Químico Farmacéutico; No autorizada por el autor para ser publicada a texto completo en el Portal de Tesis Electrónicas; Actualmente, la industria farmacéutica nacional, debe cumplir con las exigencias contenidas en las Prácticas Adecuadas de Fabricación (PAF), de la OMS. Parte de estas exigencias, dice relación con la cualificación de los equipos que están involucrados en la fabricación y control de los productos. En el presente trabajo, se diseñó un protocolo de cualificación de un equipo HPLC y se llevó a cabo la cualificación de éste tomando en cuenta los parámetros de instalación, operación y desempeño del mismo. El protocolo desarrollado, se entiende como un conjunto de pruebas y actividades destinadas a verificar que el equipo cumple con los requerimientos mínimos que definirán su correcta operación y desempeño, lo que finalmente concluirá si el equipo es adecuado para realizar la tarea para la que está destinado. La cualificación del equipo se dividió en tres etapas: Cualificación de la Instalación: Permitió verificar que el equipo estuviera instalado correctamente y en el ambiente adecuado, para el óptimo desempeño del equipo. Cualificación de la operación: Se verificó mediante las pruebas seleccionadas...

Evolução, tendências e características das importações e exportações de farmoquímicos e medicamentos: análise da balança de comércio exterior da indústria farmacêutica brasileira, 1990-2000; Texto para Discussão (TD) 973: Evolução, tendências e características das importações e exportações de farmoquímicos e medicamentos: análise da balança de comércio exterior da indústria farmacêutica brasileira, 1990-2000; Chemicals and drugs: an analysis of the foreign trade balance of Brazilian pharmaceutical industry, 1990-2000

Magalhães, Luís Carlos G. de; Safatle, Leandro Pinheiro; Leal, João Carvalho; Áurea, Adriana Pacheco; Silveira, Fernando Gaiger; Tomich, Frederico A.
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
66.67%
O objetivo deste trabalho é analisar a evolução e as tendências da balança de comércio exterior da indústria farmacêutica na década de 1990. O estudo foi elaborado tanto para produtos farmoquímicos quanto para medicamentos prontos. No primeiro caso, a análise também foi apresentada por classe e subclasse terapêutica, o que possibilitou identificar algumas variações significativas no comportamento da balança comercial desse setor. Pode-se perceber que operou na indústria farmacêutica um círculo vicioso que manteve uma pauta de importação de fármacos e medicamentos, que não são majoritariamente de última geração, com preços desproporcionalmente altos. Essa tendência de “reprimarização” da pauta de comércio exterior, em razão do baixo conteúdo tecnológico da grande maioria de fármacos e medicamentos importados, provocou um aumento ainda maior no crescente déficit percebido nesse setor na última década. Dessa forma, uma política industrial e de regulação na indústria farmacêutica se faz necessária para romper esse cenário negativo.; 40 p. : il.

Estratégias empresariais de crescimento na indústria farmacêutica brasileira: investimentos, fusões e aquisições - 1988-2002; Texto para Discussão (TD) 995: Estratégias empresariais de crescimento na indústria farmacêutica brasileira: investimentos, fusões e aquisições - 1988-2002; Business growth strategies in the Brazilian pharmaceutical industry: investment, mergers and acquisitions - 1988-2002

Magalhães, Luís Carlos G. de; Leal, João Carvalho; Safatle, Leandro Pinheiro; Aurea, Adriana Pacheco; Tomich, Frederico Andrade; Silveira, Fernando Gaiger; Barbosa, Luiz Coimbra; Castro, Bruno Ribeiro de
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
66.64%
A dinâmica dos investimentos e das reestruturações patrimoniais da indústria farmacêutica brasileira, na década de 1990, é ilustrativa das “metamorfoses da dependência” em um contexto de abertura comercial, desregulamentação da economia e estabilização macroeconômica com câmbio apreciado. O processo de expansão e modernização da indústria de medicamentos ocorreu associado a uma estratégia de especialização da produção e à utilização de preços de transferências, o que ocasionou a desverticalização da produção e, consequentemente, o aumento da dependência externa de fármacos e mesmo de medicamentos prontos. Ou seja, as transformações ocorridas na indústria farmacêutica nacional, nos anos 1990, sugerem que houve a combinação de reconversão industrial, a modernização da tecnologia de produção e de gestão e o aumento da produtividade, com desindustrialização, desverticalização da produção e redução do conteúdo tecnológico do processo produtivo.; 39 p. : il.

Estudi de la Comunicació Corporativa a la Indústria Farmacèutica: cas Menarini

Vegas Fernández, Víctor
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Treball de recerca; info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; Text Formato: application/pdf
Publicado em //2015 SPA
Relevância na Pesquisa
66.67%
La Comunicació Corporativa s'ha convertit en un element estratégic dins de la gestió d'una companyia. Encara més a la Indústria Farmacéutica, que acostuma a aparéixer als mitjans de comunicació per notícies negatives. En aquest treball s'ha partit de models ideals de Comunicació Corporativa per analitzar els punts forts i febles de la companyia farmacéutica Grup Menarini Espanya.; La Comunicación corporativa se ha convertido en un elemento estratégico dentro de la gestión de una compañía. Más aún en la Industria Farmacéutica, que suele aparecer en los medios de comunicación por noticias negativas. En este trabajo se ha partido de modelos ideales de Comunicación Corporativa para analizar los puntos fuertes y débiles de la compañía farmacéutica Grupo Menarini España.; The Corporate communication has become an strategic element in the management of a company. Even more in the pharmaceutical industry, which usually appears in the media for negative news. This investigation has started with ideal models of Corporate Communication in order to analyse the strengths and weaknesses of the pharmaceutical company Menarini Group Spain.

Indústria farmacêutica

Cunha, Adriana Marques da; Araújo, Rogério Dias de; Mello, Carlos Henrique; Leite, Claudionel
Fonte: Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI); Núcleo de Economia Industrial e Tecnologia (NEIT/IE-Unicamp) Publicador: Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI); Núcleo de Economia Industrial e Tecnologia (NEIT/IE-Unicamp)
Tipo: Relatório de acompanhamento
POT
Relevância na Pesquisa
66.71%
18 p.; Este terceiro relatório setorial se inicia com uma revisão das principais características da indústria farmacêutica mundial e ressalta as transações recentes realizadas entre os grandes laboratórios e seu efeito de intensificação da concentração na indústria farmacêutica mundial. Em seguida, o relatório dedica-se à análise do desempenho recente da indústria farmacêutica brasileira, procurando destacar, mais especificamente, reflexos da crise mundial sobre a produção física, a criação de emprego e o comportamento do comércio externo brasileiro de produtos farmacêuticos no início do ano corrente.

Indústria farmacêutica

Cunha, Adriana Marques da; Araújo, Rogério Dias de; Mello, Carlos Henrique; Leite, Claudionel
Fonte: Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI); Núcleo de Economia Industrial e Tecnologia (NEIT/IE-Unicamp) Publicador: Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI); Núcleo de Economia Industrial e Tecnologia (NEIT/IE-Unicamp)
Tipo: Relatório de acompanhamento
POT
Relevância na Pesquisa
66.71%
35 p.; Este relatório de acompanhamento setorial está focado na indústria farmacêutica, busca em primeiro lugar, destacar suas principais características e tendências mundiais e, em segundo lugar, analisar tanto o desempenho recente quanto as perspectivas e os desafios competitivos a serem enfrentados pela indústria farmacêutica brasileira.

Médicos, advogados e indústria farmacêutica na judicialização da saúde em Minas Gerais, Brasil; Médicos, abogados e industria farmacéutica en la judicialización de la salud en Minas Gerais, Sudeste de Brasil; Doctors, lawyers and pharmaceutical industry on health lawsuits in Minas Gerais, Southeastern Brazil

Campos Neto, Orozimbo Henriques; Acurcio, Francisco de Assis; Machado, Marina Amaral de Ávila; Ferré, Felipe; Barbosa, Fernanda Loureiro Vasconcelos; Cherchiglia, Mariângela Leal; Andrade, Eli Iola Gurgel
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.77%
OBJETIVO: Descrever as relações entre médico prescritor, advogado e indústria farmacêutica em ações judiciais contra o Estado. MÉTODOS: Estudo descritivo retrospectivo com base nas informações dos expedientes administrativos dos processos judiciais com demandas por medicamentos contra o Estado de Minas Gerais movidos entre outubro de 1999 e outubro de 2009. As variáveis estudadas foram: sexo, idade e doença dos beneficiários das ações, origem do atendimento médico (público ou privado), médico prescritor, tipo de representação jurídica e medicamento solicitado. Foi realizada análise descritiva das variáveis com a distribuição de frequências. RESULTADOS: Foram analisadas 2.412 ações judiciais referentes a 2.880 medicamentos solicitados, com 18 fármacos diferentes. Entre esses, 12 são fornecidos pelas políticas de assistência farmacêutica do Sistema Único de Saúde (SUS). Os medicamentos mais solicitados foram adalimumabe, etanercepte, infliximabe e insulina glargina. As principais doenças dos beneficiários foram artrite reumatóide, espondilite anquilosante, diabetes mellitus e doenças pulmonares obstrutivas crônicas. Houve predomínio de representação por advogados particulares e atendimento por médicos do setor privado. Entre as ações representadas pelo escritório A...

Actitud de los médicos frente a las prácticas de promoción de la industria farmacéutica

Castresana,Leonardo; Mejía,Raúl; Aznar,Mireya
Fonte: Medicina (Buenos Aires) Publicador: Medicina (Buenos Aires)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2005 ES
Relevância na Pesquisa
66.67%
Hay evidencia de que las prácticas de promoción de la industria farmacéutica influyen en los patrones de prescripción de los médicos y en el consumo de medicamentos, pudiendo generar conflictos de intereses que alteren el juicio clínico. El objetivo del presente trabajo fue estimar la frecuencia con que los médicos reciben beneficios de la industria farmacéutica y su opinión acerca de este tipo de actividades de promoción. Se realizó un estudio multicéntrico, descriptivo, de corte transversal en el cual se aplicó una encuesta anónima, autoadministrada, a médicos/as clínicos, cardiólogos y dermatólogos que practican atención ambulatoria de adultos en la ciudad de Buenos Aires. De 96 cuestionarios entregados se recuperaron 78 (tasa de respuesta 81%). La edad promedio fue de 41 años, 44% fueron mujeres y 35% residentes. El 86% de los encuestados recibe muestras médicas con elevada frecuencia, 39% útiles de escritorio, 19% inscripciones a congresos y 12% invitaciones a comer. La mitad de los médicos opina que los beneficios de la industria farmacéutica influyen en la prescripción, pero sólo el 27% reconoce que modifica su propia prescripción. Los residentes consideran con mayor frecuencia que estas actividades los afectan (42% vs. 18% p = 0.007...

El surgimiento de la industria farmacéutica en México (1917-1940)

Godínez Reséndiz,Rogelio; Aceves Pastrana,Patricia
Fonte: Asociación Farmacéutica Mexicana A.C. Publicador: Asociación Farmacéutica Mexicana A.C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 ES
Relevância na Pesquisa
76.49%
Durante el periodo posrevolucionario, la aparición de la industria farmacéutica en México significó un proceso complejo en el que incidieron diversos factores tanto nacionales como internacionales. Este trabajo analiza las características principales de los inicios de la industrialización del medicamento en nuestro país, a partir de la revisión de documentos oficiales y publicaciones científicas de la época. Se busca mostrar que la indiferencia de los primeros gobiernos revolucionarios por este sector productivo, aunado a la falta de un plan de desarrollo a largo plazo para las compañías locales, provocó a la larga la dependencia económica y tecnológica del país con las empresas farmacéuticas extranjeras.