Página 1 dos resultados de 187 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

O papel das instituições de crédito em tempos de crise: as cooperativas de crédito agrícola e caixas económicas como agentes impulsionadores do desenvolvimento económico e social

Cabo, Paula; Rebelo, João
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
46.42%
Esta comunicação questiona o papel das diferentes instituições de crédito portuguesas no desenvolvimento económico e social do país através da análise da sua conduta quanto à inclusão financeira, criação de emprego, responsabilidade social e envolvimento com a comunidade; e a eventual mudança comportamental em resposta à crise. Os resultados mostram um desempenho superior dos bancos que adotam “a visão stakeholder”. Os bancos cooperativos localizados preferencialmente em regiões de baixa densidade têm uma função crucial na inclusão financeira social e territorial dessas populações e essa função não foi afetada pela crise atual. Globalmente, os bancos mostraram estar conscientes das suas responsabilidades sociais, desenvolvendo esforços no sentido da sustentabilidade. O banco público é a instituição socialmente mais responsável. Os bancos de maior dimensão adotaram os princípios internacionais e têm boas performances quanto à proteção ambiental, pelo contrário, o banco cooperativo e caixa económica têm um melhor desempenho relativamente à conduta social.

O papel das instituições de crédito em tempos de crise: as cooperativas de crédito agrícola e caixas económicas como agentes impulsionadores do desenvolvimento económico e social

Cabo, Paula; Rebelo, João
Fonte: CIRIEC Espanha Publicador: CIRIEC Espanha
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
46.42%
Esta comunicação questiona o papel das diferentes instituições de crédito portuguesas no desenvolvimento económico e social do país através da análise da sua conduta quanto à inclusão financeira, criação de emprego, responsabilidade social e envolvimento com a comunidade; e a eventual mudança comportamental em resposta à crise. Os resultados mostram um desempenho superior dos bancos que adotam “a visão stakeholder”. Os bancos cooperativos localizados preferencialmente em regiões de baixa densidade têm uma função crucial na inclusão financeira social e territorial dessas populações e essa função não foi afetada pela crise atual. Globalmente, os bancos mostraram estar conscientes das suas responsabilidades sociais, desenvolvendo esforços no sentido da sustentabilidade. O banco público é a instituição socialmente mais responsável. Os bancos de maior dimensão adotaram os princípios internacionais e têm boas performances quanto à proteção ambiental, pelo contrário, o banco cooperativo e caixa económica têm um melhor desempenho relativamente à conduta social.

Educação financeira e preparo para o consumo: opiniões e vivências de alunos, pais e professores envolvidos num projeto em contexto escolar

Sena, Lívia Maciel
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.24%
As questões sobre Educação Financeira e Preparo para o Consumo têm ocupado grande espaço nas discussões e debates relacionados com a educação, suportados por contributos significativos de autores que se dedicam especificamente a essa temática. Um dos ambientes priviligiados para levar à prática este conjunto de pensamentos é a Escola, enquanto organização educativa que procura congregar e potenciar os interesses de diferentes agentes. Assim, o presente trabalho teve por objetivo, primeiro, problematizar os contributos teóricos e as opções políticas dominantes, depois, caracterizar e avaliar um projeto que incluía uma dimensão de Educação Financeira e Preparo para o Consumo vivenciado por alunos, pais e professores do Colégio Logosófico – Unidade Funcionários, de Belo Horizonte, tendo como princípio o processo educacional e a relação entre a escola, a família e todos os envolvidos nos momentos de transferência das aprendizagens relacionadas com esses conceitos específicos. Procuramos compreender e descrever como se dá a veiculação dos conhecimentos relacionados com essa temática a partir das opiniões e vivências dos agentes envolvidos. Observou-se que a inclusão desses conceitos nas atividades educativas promovidas pela escola...

Inovação financeira e consumo : a hipótese do rendimento permanente

Duarte, Joshua Dias
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.32%
Tomando em linha de conta a crescente importância de inovações financeiras nos últimos anos torna-se relevante explicar qual o impacto das mesmas sobre o consumo. Recorrendo à hipótese do rendimento permanente tentamos criar uma ponte entre a inovação financeira e o consumo através do efeito que esta exerce sobre as restrições de liquidez numa dada economia. A estimação inicial de um modelo por variáveis instrumentais não lineares permite-nos testar a existência de excesso de sensibilidade do consumo ao rendimento. Numa segunda fase incluímos nas nossas estimações uma variável representativa de restrições de liquidez e avaliamos em que medida a sua inclusão aproxima o comportamento do consumo daquilo postulado pela hipótese do rendimento permanente. Num último passo procuramos responder à questão central do nosso trabalho. Uma estimação de modelos com threshold é empregue com vista a clarificar qual o impacto que a inovação financeira pode ter ao iniciar uma mudança de regime quer no consumo quer na própria restrição de liquidez. Concluímos que a hipótese do rendimento permanente não se verifica para Portugal, Itália, Suécia e França. Encontramos também indícios de que o excesso de sensibilidade do consumo ao rendimento se fica a dever a restrições de liquidez...

Mobile banking no Brasil : eventos críticos, trajetória e cenários esperados

Cernev, Adrian Kemmer
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.25%
O fenômeno de Mobile Banking, emergente no Brasil, poderia ser caracterizado tanto pela magnitude das expectativas associadas a ele quanto por sua complexidade sócio-política e tecnológica. Por um lado, este fenômeno representa uma formidável estratégia para inclusão financeira de uma parcela significativa da população brasileira, bem como um canal potencialmente revolucionário para serviços bancários e financeiros inovadores. Por outro lado, este fenômeno ainda se encontra em uma fase inicial de desenvolvimento no país, contrariando expectativas, e vários eventos críticos são esperados antes de sua possível consolidação. Este trabalho teve por objetivo descrever e explicar os possíveis eventos críticos, trajetória e cenários relacionados ao fenômeno de Mobile Banking & Payments no contexto brasileiro, considerando-o como uma tecnologia-em-prática resultante da interação entre diversos agentes sociais. Com uma abordagem conceitual multi-nível focada em estudos na área de Tecnologia e Sistemas de Informação, orientada por uma postura epistemológica interpretativista e também crítica, buscou-se identificar os grupos sociais mais relevantes relacionados ao fenômeno analisado, avaliando as suas perspectivas e expectativas tecnológicas...

Economia solidária, microfinanças e pluralismo jurídico - um estudo de caso sobre a Rede Brasileira de Bancos Comunitários de Desenvolvimento

Ferreira, Vivian Maria Pereira
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.24%
Em 1998, a partir da iniciativa da Associação de Moradores do Conjunto Palmeira (ASMOCONP), foi fundado na periferia de Fortaleza o Banco Palmas, com a função de estimular a produção e o consumo no bairro, a fim de reorganizar e fortalecer o desenvolvimento da economia local. Iniciou-se, assim, a experiência com os bancos comunitários de desenvolvimento no país, que hoje já são mais de 100 distribuídos em 19 estados da federação, em comunidades de baixa renda e baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Trata-se de iniciativas sem fins lucrativos, integralmente geridas pelos membros da comunidade em que atuam, que oferecem serviços financeiros aos moradores do bairro, informadas pelos princípios da economia solidária, com o objetivo de gerar trabalho e renda. Para tanto, utilizam-se de mecanismos como o microcrédito e a emissão de uma moeda social circulante local, paralela ao Real. Os bancos comunitários de desenvolvimento geralmente não possuem organização jurídica formal. São projetos de microfinanças criados no âmbito de ONGs. Valem-se, portanto, do marco normativo do terceiro setor e não são submetidos à regulação financeira. Utilizando o método do estudo de caso, o presente trabalho busca descrever o fenômeno do surgimento e da multiplicação de bancos comunitários de desenvolvimento pelo país...

Inclusão de profissionais com deficiência na Instituição Financeira X

Rechenmacher, Naiara
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.54%
Este estudo aborda um tema de grande relevância que se estendeu para o ambiente empresarial, a partir de 1999, com a criação da chamada Lei de Cotas, assegurando os direitos específicos aos profissionais com deficiência e proporcionando, dessa maneira, a inclusão desses profissionais no ambiente corporativo. A pesquisa foi direcionada aos profissionais com deficiência, lotados no Rio Grande do Sul, de uma importante Instituição Financeira de Economia Mista. O objetivo geral deste estudo é descrever e analisar como ocorre o processo de inserção de profissionais com deficiência na Instituição Financeira pesquisada. Além de verificar e problematizar a forma como esses indivíduos estão percebendo a inclusão no ambiente de trabalho. A pesquisa realizada é do tipo descritiva, com a participação espontânea dos profissionais com deficiência e colegas que interagem diretamente com esse público que está lotado no estado do Rio Grande do Sul. da Instituição mencionada acima. O instrumento de coleta utilizado no referido estudo foi um questionário padronizado com 21 questões aplicadas aos funcionários com deficiência e 12 questões destinadas aos colegas que interagem diretamente com esse público. No decorrer do estudo...

Inclusão das mulheres como investidoras na bolsa de valores de São Paulo: limites e ambiguidades

Anselmo, Joyce
Fonte: Cultura Acadêmica Publicador: Cultura Acadêmica
Tipo: Livro
POR
Relevância na Pesquisa
36.27%
A educação financeira, tema constante de programas de TV de grande audiência, é analisada nesta obra como uma crença produzida pelo mundo das finanças, segundo a qual a financeirização é um processo que envolve valores morais, culturais, políticos, simbólicos e sociais presentes no mercado e que se configuram e se reconfiguram, colaborando assim para a transformação cognitiva da sociedade e do capitalismo contemporâneo. No Brasil o tema ganhou relevância durante o Governo Lula, com a criação da Estratégia Nacional de Educação Financeira, em 2007, e do Comitê Nacional de Educação Financeira, em 2010. As iniciativas foram seguidas pelo setor privado, com a instituição pela Bolsa de Valores de São Paulo, em 2011, do projeto Bovespa Vai Até Você, visando a democratização e popularização do mercado de capitais. É a partir desse programa, que a bolsa paulista institui o programa Mulheres em Ação, voltado para o público feminino. A autora observa que a criação de uma nova crença que esteja em consonância com o mundo das finanças é essencial para que o capitalismo se produza e se reproduza. E cita o sociólogo Roberto Grün: [...] o Brasil vive no início do século 21 a instauração de um modo de dominação financeiro. Mais que um simples money talks...

A inclusão financeira dos jovens e das mulheres : uma análise com base no FINDEX

Veríssimo, Eduardo Pereira da Costa
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.7%
Mestrado em Finanças; O acesso aos serviços financeiros é um instrumento importante de toda a população mundial. Para isso, é preciso que as instituições dotadas para tal ofereçam uma gama de produtos e serviços financeiros ao alcance da sociedade com custos acessíveis. A este fenómeno chamamos inclusão financeira. Serve o presente trabalho para estudar o grau de inclusão financeira do grupo populacional, dos jovens entre os 15 e os 24 anos, e das mulheres. A presente investigação será feita através de análise de indicadores determinantes para a inclusão financeira a um nível internacional com maior enfoque nos países da Zona Euro e usando informação do FINDEX /Banco Mundial. Conclui-se que tanto as mulheres como os jovens ainda não apresentam os níveis de inclusão social que a população em geral. Em particular, os jovens optam bastante por contrair empréstimo junto de familiar e não apresentam condições para junto das instituições financeiras contrair empréstimo para comprar casa. Um fator que pesa nesta situação são as taxas de desemprego jovem muito elevadas ao nível da Zona Euro. As mulheres nas economias da zona euro, apresentam em média para os indicadores da inclusão financeira valores semelhantes aos da população em geral ou ligeiramente inferiores. Este resultado contrasta com os obtidos a nível internacional para as mulheres quando são considerados os totais dos 140 países.; Access to financial services is an important tool for the entire world population. For this it is necessary that financial institutions have to provide for a range of financial products and services at accessible costs. This phenomenon is called financial inclusion. This work studies the degree of financial inclusion of the population group of young people between 15 and 24 years...

Influência dos créditos de carbono na viabilidade financeira de três projetos florestais

Nishi,Marcos Hiroshi; Jacovine,Laércio Antônio Gonçalves; Silva,Márcio Lopes da; Valverde,Sebastião Renato; Nogueira,Haroldo de Paiva; Alvarenga,Antônio de Pádua
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.3%
O presente trabalho teve como objetivo estudar a influência dos créditos de carbono na viabilidade financeira de três projetos florestais. Os projetos analisados foram: heveicultura, eucalipto e pinus para produção de borracha, celulose e resina, respectivamente. O Valor Presente Líquido (VPL), a Taxa Interna de Retorno (TIR), o Valor Esperado da Terra (VET) e o Valor Anual Equivalente (VAE) foram os indicadores utilizados na avaliação financeira, a uma taxa de desconto de 10% ao ano. Os resultados deste trabalho indicaram que, com esta taxa, os projetos de eucalipto e pinus foram viáveis sem os recursos adicionais dos CERs (Certificados de Emissões Reduzidas), ressaltando-se que a inclusão dos créditos de carbono propiciou aumento da viabilidade financeira destes. Já o projeto da heveicultura mostrou-se viável apenas com os Certificados de Carbono. A receita advinda da venda dos CERs aumentou consideravelmente a viabilidade financeira dos três projetos, mesmo considerando a tonelada de CO2 a US$3,00. Caso o Protocolo de Kyoto seja ratificado, haverá um incremento no preço pago pela tonelada de CO2, que ocasionará o aumento da contribuição dos CERs em projetos florestais.

A inclusão digital e o assessoramento no Legislativo

Vedana, Vilson
Fonte: Associação dos Consultores Legislativos e de Orçamento e Fiscalização Financeira da Câmara dos Deputados Publicador: Associação dos Consultores Legislativos e de Orçamento e Fiscalização Financeira da Câmara dos Deputados
Tipo: Artigo de revista; text
POR; PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.15%
Vilson Vedana; Inclui resumo.; Edição eletrônica disponível em : www.aslegis.org.br; Título do fascículo: II Seminário Internacional - Assessoramento Institucional no Poder legislativo.; "Não há, ainda, uma política pública que vise promover a inclusão digital da população brasileira [...]".

Educação na política pública de inclusão digital: programa telecentro - município de Porto Alegre

Tonidandel, Iara Teresinha Coelho
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.32%
Este estudo analisou o papel da educação no espaço de inclusão digital, Telecentro Lupicinio Rodrigues, promovido pela Política Pública Municipal de Inclusão Digital, em Porto Alegre. A pesquisa, ao investigar os aspectos que tangenciam e estruturam a referida política pública, o perfil do jovem que freqüenta o Telecentro Lupicinio Rodrigues, a concepção de educação e as práticas educativas realizadas nesse telecentro, a inclusão social e as transformações sociais à luz da inclusão digital, propôs ações almejando a continuidade dessa política. A abordagem adotada nessa pesquisa foi a de Estudo de Caso baseada em duas estratégias analíticas complementares: análise quantitativa e análise qualitativa. As técnicas utilizadas foram: pesquisa documental, observação direta, entrevista e aplicação de questionários e pesquisa bibliográfica. Foram aplicados 50 questionários e nove entrevistas com jovens que freqüentam o Telecentro Lupicinio Rodrigues. Além disso, ocorreram entrevistas com três gestores do Programa Telecentro e dois docentes e um monitor que atuam no referido telecentro. A análise dos dados foi realizada à luz dos princípios da técnica de Análise de Conteúdo. O estudo oportunizou a construção de conhecimento sobre três dimensões da política pública de inclusão digital: a conformação da política e seus fatores estruturantes e tangenciais...

Previsão de Informações para Avaliar Políticas Públicas: O Caso da Inclusão Financeira

Andrade,Marcelo Machado Teixeira de; Diniz,Eduardo Henrique
Fonte: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração Publicador: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.4%
Neste artigo, discute-se a importância de se prever a obtenção das informações necessárias para a avaliação de políticas públicas durante a fase de formulação. Entretanto, muitas vezes as políticas vão se redefinindo durante o processo de implementação. Essa característica se manifesta especialmente quando o Estado é o formulador e os implementadores são, em larga escala, agentes independentes, como é o caso da política discutida neste artigo: a inclusão financeira promovida pelo Banco Central do Brasil (BC). Assim como outras políticas do BC, a inclusão financeira foi sendo formulada internamente na instituição e implementada diretamente por agentes do sistema financeiro. Dadas essas características, investigamos o caso à luz de teorias que articulam formulação, implementação e avaliação de políticas públicas. Com base neste estudo concluímos que, apesar da impossibilidade de se fazer uma previsão completa das informações necessárias na fase de formulação, há ganhos para o processo de avaliação se ele for inserido na dinâmica de formulação/implementação das políticas públicas.

Engenharia didática : articulando um referencial metodológico para o ensino de Matemática financeira

Fantinelli, Ana Lúcia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.24%
O presente trabalho apresenta reflexões sobre uma prática pedagógica para o ensino de matemática financeira, focalizando o conceito e as aplicações dos juros compostos. Teve como objetivo o desenvolvimento de uma seqüência didática que buscou amenizar as dificuldades encontradas no processo de ensino-aprendizagem destes conteúdos, partindo do princípio de que a construção do conhecimento é determinada pelas ações mútuas entre o indivíduo e o meio. Para proporcionar um contato diferenciado com o tema, utilizou como recursos didáticos um vídeo sensibilizador, planílhas eletrônicas, além de problemas matemáticos contextualizados, relacionados à realidade dos alunos. A pesquisa foi desenvolvida em uma turma multisseriada, composta por alunos dos três anos do Ensino Médio, que participaram do curso de Iniciação Profissional em Eletricidade do Projeto Pescar no município de Cachoeirinha. Como metodologia de pesquisa, fundamentou-se nos princípios da Engenharia Didática para a concepção, implementação e análise de viabilidade desta proposta. Este estudo apontou para alguns elementos que nos direcionam para a dicotomia apresentada entre o que se pretende e o que se faz com relação ao ensino dos conteúdos de Matemática Financeira. Entretanto...

Ensino superior no Brasil e inclusão social: uma experiência concreta

Lima, Osni Keller
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.27%
Partindo da constatação do expressivo crescimento no ingresso de alunos nas universidades brasileiras ocorrido nos últimos anos, sobretudo de indivíduos com baixo poder aquisitivo e pertencentes à chamada minorias sociais, o presente estudo investiga os significados que a busca pelo diploma universitário tem para esses estudantes. Ele inicia com uma breve retrospectiva do ensino superior brasileiro, ressaltando as principais políticas de inclusão nessa modalidade de educação, sobretudo as implementadas pelo atual governo. A partir desse panorama, a pesquisa enfoca uma instituição universitária situada em Porto Alegre, que tem sido um dos agentes dessas políticas. No âmbito dessa instituição, foram entrevistados alunos de dois cursos de graduação, um da área da saúde – Fisioterapia –, e outro da área da educação – Pedagogia. Através desse estudo, podem-se compreender alguns dos aspectos envolvidos na tomada de decisão, por parte dos estudantes, de realizar um curso superior. Entre eles, são abordados fatores preponderantes, como, por exemplo: a condição sócio-financeira, a trajetória familiar e o projeto individual. São apresentadas as circunstâncias em que cada grupo de estudantes ingressa na academia e as implicações advindas da escolha por determinada profissão. O texto trata...

Avaliando a inclusão financeira dos correspondentes bancários - 2012

Zambaldi, Felipe
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Vídeo
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.25%
Pesquisa em foco: integração de serviços de correspondentes bancários e inclusão financeira - a realidade brasileira - 2011. Pesquisador: Professor Felipe Zambaldi

Literacia Financeira: o caso dos alunos dos cursos da área financeira da Escola Superior de Ciências Empresariais (ESCE) do Instituto Politécnico de Setúbal (IPS)

Santos, António José da Conceição
Fonte: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Ciências Empresariais Publicador: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Ciências Empresariais
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
56.5%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Contabilidade e Finanças; As atitudes, comportamentos e conhecimentos financeiros dos indivíduos têm ganho nos últimos anos uma importância crescente. Estes determinantes têm sido muito ligados à evolução das economias, associando-se os níveis de literacia financeira das populações ao desempenho económico de cada sociedade. Por isso mesmo existe uma crescente preocupação dos organismos internacionais, dos governos e dos bancos centrais em promover planos de ação junto das suas populações com o objetivo de aumentar o nível do conhecimento financeiro dos cidadãos. No caso especifico dos estudantes do ensino superior, têm sido efetuados estudos um pouco por todo o mundo com vista a identificar por um lado o seu nível de literacia financeira, bem como a adoção de medidas de promoção do conhecimento dos temas financeiros. O presente estudo tem como objetivo verificar junto de um cluster específico, que são os alunos dos cursos de licenciatura e mestrado da área financeira, ministrados na Escola Superior de Ciências Empresariais / Instituto Politécnico de Setúbal (ESCE/IPS), os seus níveis de conhecimento quanto à sua inclusão financeira...

O papel da tecnologia da informação e comunicação na inclusão financeira da população ribeirinha da Ilha de Marajó: o caso Agência Barco

Santos, Ricardo Paschoeto dos
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.72%
O desafio de ofertar infraestrutura de serviços públicos nas regiões menos desenvolvidas do Brasil, geralmente mais afastadas dos grandes centros urbanos, mobiliza setores da sociedade na busca de abordagens novas e criativas que possam diminuir as grandes disparidades inter-regionais. Uma das carências vivenciadas por parte da população brasileira é a falta de acesso ao sistema financeiro, comprometendo a capacidade de plena participação dessas pessoas na economia, dificultando a geração e acúmulo de riqueza, situação essa presente na Ilha de Marajó, no estado do Pará, cuja maioria de seus dezesseis municípios apresenta Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) baixo ou muito baixo. Para mudar essa realidade, uma iniciativa inovadora é a agência bancária itinerante instalada em barco, para atendimento a populações ribeirinhas de regiões com vasta extensão territorial, baixa densidade demográfica, dificuldades de transporte e limitações na oferta de tecnologia da informação e comunicação (TIC). Assim, essa pesquisa, com propósito exploratório e descritivo, tem como objetivo principal identificar, sob o ponto de vista das TIC, como os indicadores de inclusão financeira são influenciados pela atuação da Agência Barco na Ilha de Marajó. Além do estudo teórico...

BANKING STRATEGY AND FINANCIAL EXCLUSION: TRACING THE PATHWAYS OF GLOBALIZATION; ESTRATÉGIAS DOS BANCOS E EXCLUSÃO FINANCEIRA: DELINEANDO OS CAMINHOS DA GLOBALIZAÇÃO

Dymski, Gary A.
Fonte: Editora UFPR Publicador: Editora UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/05/2006 POR
Relevância na Pesquisa
46.3%
This paper argues that the current world-wide scenario of liberalized banking and financial exclusion has emerged because of two successive phases of financial globalization: a macro-scale globalization beginning in the late 1970s and persisting two decades; and a micro-scale globalization – that is, the movement across borders of banking firms and banking practices - beginning in the late 1980s and still gathering force. Contrary to those who view micro-scale globalization as shifting formerly sheltered national banking systems toward efficiency, this paper argues that micro-scale globalization is generating both financial inclusion for the privileged and financial exclusion for the poor or working poor. That is, the micro-scale globalization processes move not only along an efficiency/inefficiency axis, but also along an axis of wealth-equality/opportunity; and moves in the direction of efficiency may force a given economy further from the point of equality of opportunity and wealth.; Este artigo argumenta que o corrente cenário mundial de liberalização bancária e exclusão financeira surgiu em virtude de duas sucessivas fases de globalização financeira: uma globalização em macro-escala iniciada no fim dos anos 70 e que persistiu por duas décadas; e uma globalização em micro-escala – ou seja...

Financial inclusion and rural development: the importance of territorial organizations; Inclusão financeira e desenvolvimento rural: A importância das organizações territoriais

Cazella, Ademir Antonio; Universidade Federal de Santa Catarina; Búrigo, Fábio Luiz
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 06/10/2009 POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
In this article we analyze conditions for the construction of systems for financing processes of sustainable land development in rural áreas. In particular, we look at possibilities and dilemmas surrounding the financial inclusion of impoverished social segments and for increasing the participation of territorial organizations in the management of these systems. Based on these two issues, our work looks at empirical experiences that demonstrate progress made in this direction: the Crediamigo Program of the Banco do Nordeste and the cooperativism of the “solidarity” credit form that has sprung up in Brazil’s southern region. We conclude that both cases present innovative institutional arrangements that have generated results that have had a relevant impact on the volume of loans, the area that they reach out to and cover, the percentage of the population attended and systems of governing. Nonetheless, both must perfect their forms of action if they are to attend to intersectorial demands thatfocus on the development of the lands within which they are at work. Keywords: sustainable land development, financial inclusion, governing systems.; http://dx.doi.org/10.5007/2175-7984.2009v8n14p301 Neste artigo são analisados os condicionantes para a construção de sistemas de financiamento de processos de desenvolvimento territorial sustentável em zonas rurais. Em particular...