Página 1 dos resultados de 3470 itens digitais encontrados em 0.040 segundos

Progresso temporal e padrão espacial de epidemias da podridão parda do pessegueiro; Temporal progress and spacial pattern of brown rot epidemics on peach

Souza, Davi Carvalho de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.15%
A podridão parda do pessegueiro é uma das principais doenças da cultura no Estado de São Paulo e na maioria das regiões produtoras do mundo. No Brasil, seu agente causal é o fungo Monilinia fructicola (Wint) Honey, que infecta ramos, flores e frutos tanto em pré como em pós-colheita. A compreensão do comportamento epidemiológico da podridão parda do pessegueiro em condições tropicais é fundamental para o estabelecimento de estratégias de controle mais eficientes nos pomares brasileiros. Neste contexto o presente trabalho teve como objetivo caracterizar o progresso temporal e a distribuição espacial da epidemia da podridão parda do pessegueiro, em pomares comerciais sob condições naturais de infecção. O estudo foi realizado em áreas comerciais não tratadas e tratadas com fungicidas, em dois pomares no Estado de São Paulo, em 2005 e 2006. Realizaram-se amostragens quinzenais de frutos durante 3 meses após o florescimento. Foram colhidos, pelo menos, 300 frutos por amostragem, os quais foram tratados com o herbicida gramoxone para detecção da infecção latente. A análise temporal dos dados foi realizada por regressão não-linear entre a incidência da doença e o tempo, enquanto a distribuição espacial de frutos doentes foi avaliada por meio do índice de dispersão (D) e da lei de Taylor modificada...

Progressão da aterosclerose coronária avaliada pela coronariografia, em portadores de doença multiarterial submetidos a tratamento clínico, cirúrgico ou angioplastia; The progression of atherosclerotic coronary disease assessed by coronary arteriography in patients with multivessel coronary disease undergoing medicine, angioplasty, or surgery treatments

Borges, Jorge Chiquie
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.03%
Introdução: Freqüentemente a progressão da doença coronariana aterosclerótica é observada por angiogramas seqüenciais e atribuída ao aumento da incidência de eventos coronarianos.O significado prognóstico desta progressão em pacientes randomizados e submetidos a diferentes formas terapêuticas ainda é pouco conhecido. Este estudo compara a progressão da aterosclerose nas artérias coronárias nativas de pacientes submetidos a tratamento clinico, cirúrgico ou através da angioplastia. Métodos: 611 pacientes portadores de DAC multiarterial estável com função ventricular preservada, foram estudados e submetidos de maneira randomizada, a três formas terapêuticas habituais. Após cinco anos de evolução, 392 pacientes (64%) foram submetidos à cinecoronariografia. A progressão da doença foi definida como surgimento de estenose de, pelo menos, 20% de obstrução em um segmento arterial, admitido previamente como normal. A progressão foi avaliada nas artérias nativas que correspondem a DA, CX, CD dos três grupos terapêuticos. Resultados: 392 pacientes estudados, 136 eram do grupo Cirúrgico, 146 do grupo Angioplastia e 110 do grupo Clínico. Os grupos eram homogêneos em relação às características basais. A análise de progressão entre os grupos terapêuticos mostrou maior progressão da doença na artéria DA do grupo angioplastia. Entre os fatores relacionados à progressão da doença a presença de HAS influenciou significativamente (p= 0...

Manifestações extra-intestinais em doença de Crohn e retocolite ulcerativa: prevalência e correlação com o diagnóstico, extensão, atividade, tempo de evolução da doença; Extra-intestinal manifestations in Crohn disease and ulcerative rectocolitis: prevalence and correlation with diagnosis, extension, activity, disease evolution time

Mota, Erodilho Sande
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.11%
INTRODUÇÃO: As doenças inflamatórias intestinais têm chamado a atenção da comunidade científica pela multiplicidade de manifestações no trato digestivo, manifestações extra-intestinais e pela sua incidência em ascensão. Existe uma grande prevalência de manifestações extra-intestinais em portadores de doença de Crohn e de retocolite ulcerativa, variando na literatura de 24 a 65%. Estas alterações podem surgir antes dos sintomas intestinais, concomitante ou ulteriormente, podendo ou não ter relação com a atividade da doença intestinal. O conhecimento destas manifestações extra-intestinais assim como seu quadro clínico, evolução e tratamento é importante, devido ao aumento da morbidade e mortalidade desencadeada por elas. OBJETIVO: Objetivou-se neste trabalho determinar a prevalência de manifestações extra-intestinais em retocolite ulcerativa e doença de Crohn, correlacionando com diagnóstico do tipo de doença inflamatória intestinal, extensão, tempo de evolução e aparecimento dos sintomas, sexo e atividade da doença. MÉTODOS: Os pacientes que participaram do estudo estão cadastrados no Ambulatório de Doenças Inflamatórias do Serviço de Cirurgia do Cólon, Reto e Ânus do Departamento de Gastroenterologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo de setembro de 1984 até setembro de 2004. Os dados para a pesquisa foram colhidos retrospectivamente de mil protocolos que foram preenchidos em caráter prospectivo na primeira consulta do doente e atualizados em consultas subsequentes. Foram estudadas as manifestações articulares...

Enfezamento da couve-flor: identificação molecular de fitoplasmas, evidência de potencial vetor e análise epidemiológica da doença; Cauliflower stunt: molecular identification of phytoplasmas, evidence of potential vector and epidemiological analysis of the disease

Rappussi da Silva, Maria Cristina Canale
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
75.92%
A couve-flor está entre as folhosas mais produzidas na região do Cinturão Verde de São Paulo. A planta apresenta alto valor nutricional para os consumidores e relevante importância econômica e social para os agricultores. Em campos comerciais, têm sido observadas plantas exibindo sintomas de enfezamento e deformação da inflorescência, além da necrose dos vasos condutores. A doença foi denominada de enfezamento e a sua incidência e severidade têm se tornado mais intensas nos últimos anos, afetando a produção e levando ao abandono do cultivo. O quadro sintomatológico levantou a suspeita de que a doença pudesse estar sendo causada por fitoplasmas. Desta forma, este trabalho teve como objetivos detectar e identificar os fitoplasmas associados às plantas doentes de couve-flor, demonstrar a sua patogenicidade, buscar possíveis insetos vetores do agente patogênico e analisar a distribuição espacial da doença no campo. Amostras de plantas coletadas na região do Cinturão Verde ou enviadas de outras localidades tiveram o DNA total extraído e submetido a reações de PCR. A amplificação de fragmentos genômicos de 1,2 kb evidenciaram a presença de fitoplasmas nos tecidos de 66% das plantas sintomáticas. A detecção de fitoplasmas em plantas assintomáticas revelou a ocorrência de infecção latente e que plantas sem sintomas aparentes podem ser portadoras do patógeno. O emprego de PCR com primers específicos...

Podridão floral dos citros: dinâmicas temporal e espacial, sensibilidade de Colletotrichum acutatum a fungicidas e controle da doença; Postbloom fruit drop: temporal and spatial dynamics, sensitivity of Colletotrichum acutatum to fungicide and disease control

Silva Junior, Geraldo José da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
85.99%
A Podridão Floral dos Citros (PFC), causada por Colletotrichum acutatum, foi observada em 1956/57 em Belize e relatada posteriormente em 1979. Neste mesmo ano a PFC também foi relatada no Brasil e, desde então, tem causado prejuízos todas às vezes nas quais o período de florescimento coincide com a ocorrência de chuvas. O controle da PFC é realizado principalmente por meio de pulverizações preventivas com fungicidas. O uso indiscriminado de fungicidas com o mesmo modo de ação pode selecionar indivíduos resistentes. O conhecimento da epidemiologia da PFC pode gerar informações precisas a serem utilizadas na elaboração de estratégias de manejo no campo, bem como melhorar a eficiência do controle químico da doença. Assim, foi proposto este trabalho com os objetivos de: i) caracterizar as dinâmicas temporal e espacial da PFC em pomares jovens de laranja doce; ii) avaliar in vitro a sensibilidade de isolados de C. acutatum a fungicidas e; iii) avaliar o efeito de diferentes fungicidas, intervalos de aplicação e programas de pulverização no controle da PFC no campo. A dinâmica temporal e espacial da PFC foi caracterizada em três talhões de 2 a 4 anos de idade com 500 plantas cada. Crescimento explosivo da PFC foi observado com altas taxas diárias de progresso (r) descritas pelo modelo logístico de 0...

Epidemiologia da dengue na cidade de Rio Branco - Acre, Brasil, no período de 2000 a 2007; Epidemiology of dengue in the city of Rio Branco- Acre, Brazil, from 2000 to 2007

Rocha, Ricardo da Costa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.06%
Objetivo Caracterizar a ocorrência de dengue na cidade de Rio Brando, estado do Acre, no período de 2000 a 2007, no tempo, no espaço e segundo infestação pelo Aedes aegypti e vari- áveis demográficas, socioeconômicas, ambientais e climáticas. Métodos Foi realizada uma descrição da incidência de dengue (CI) e da infestação predial pelo Aedes aegypti (IIP) no período de 2000 a 2007 a partir de dados secundários. Descreveu-se a incidência da dengue em relação ao sexo, faixa etária e escolaridade. O Coeficiente de Incidência e o Índice de In- festação Predial foram testados para aferição de correlações com variáveis climáticas, demo- gráficas, ambientais e socioeconômicas. Foi aplicada a técnica de geoprocessamento com o uso da estatística espacial de Moran Global e Local (LISA) para avaliar a autocorrelação es- pacial dos coeficientes de incidência de dengue entre as localidades urbanas da cidade. Resul- tados - A epidemiologia da dengue na cidade é caracterizada por elevada incidência e intensa infestação predial pelo Aedes aegypti. Não existe diferença na incidência de dengue entre ho- mens e mulheres e a faixa etária mais acometida compreende jovens e adultos de 15 a 49 anos e escolares que não concluíram o ensino médio. A distribuição da doença mostra um padrão sazonal com elevação da incidência nos períodos chuvosos e regressão nos períodos secos. O aumento de casos de dengue e da infestação predial mostrou associação significante (p<0...

Análise da Incidência de Mutações no Gene HEXA na População Judaica Brasileira - Avaliação da Importância de um Programa Preventivo da Doença de Tay-Sachs; Frequency of HEXA mutations among the Brazilian Ashkenazi Jewish population - Evaluation of the importance of a screening program for Tay-Sachs disease

Rozenberg, Roberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2000 PT
Relevância na Pesquisa
86.06%
A doença de Tay-Sachs (DTS) é uma doença neurodegenerativa, de herança autossômica recessiva, que se manifesta a partir do sexto mês de vida. Crianças afetadas desenvolvem degeneração física e mental intensa, levando à morte até os 5 anos de idade. Não há atualmente cura ou tratamento disponível. Na população judaica, 1 em cada 31 indivíduos é portador da DTS, e a incidência da doença (aproximadamente 1 em cada 4.000 nascimentos) é cerca de 100 vezes maior nesta do que em outras populações. O advento do diagnóstico pré-natal para a DTS e o concomitante desenvolvimento de programas de detecção e orientação de heterozigotos da DTS em populações de judeus Ashkenazitas, iniciados em massa desde 1970, levaram a uma diminuição de 90% da incidência da doença nesta população. Estes programas são realizados em Israel, EUA e no Canadá, na população francocanadense. Três mutações no gene HEXA, codificador da sub-unidade ? da enzima hexosaminidase A, são responsáveis por 98% dos casos da DTS na população judaica Ashkenazita. Esse fato possibilita a utilização de um teste de DNA para a identificação de portadores da DTS nesta população. Segundo o censo do IBGE de 1991, a população judaica no Brasil é de 86.416 indivíduos. Este trabalho visou analisar a necessidade e a aceitação de um programa de detecção e orientação de portadores da DTS nesta população. Em particular...

Aspectos epidemiológicos da doença meningocócica no Distrito Federal, 2000 a 2011; Epidemiological aspects of meningococcal disease in the Distrito Federal from 2000 to 2011

Tauil, Márcia de Cantuária
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.09%
Objetivos: Analisar o comportamento da doença meningocócica (DM) no Distrito Federal (DF), no período de 2000 a 2011, investigar fatores associados à gravidade da doença e avaliar o impacto da introdução, em 2010, da vacina conjugada contra o meningococo C. Métodos: Trata-se de um estudo com um componente descritivo e outro analítico, abrangendo os residentes no DF que apresentaram DM. Foram incluídos os casos confirmados de DM registrados nos sistemas de informação de notificação e/ou de mortalidade e/ou do laboratório. Para a investigação de fatores associados ao óbito por DM, a variável dependente foi evolução e as variáveis independentes foram sexo, idade, forma clínica e sorogrupo da Neisseria meningitidis. Na avaliação do impacto da introdução da vacina conjugada contra o meningococo C, foram comparadas as taxas de incidência do período pré e pósvacina, por grupo etário. Resultados: Foram analisados 490 casos confirmados de DM no período. A cepa que predominou antes de 2005 foi a B:4,7:P1.19,15 com 67,8 por cento (61/90) e, a partir desse ano, predominaram as cepas C:23:P1.14-6 com 40,9 por cento (61/149) e C:2a:P1.5,2 com 12,8 por cento (19/149). As taxas médias anuais de incidência e de mortalidade por DM...

Retinopatia da prematuridade : incidencia, detecção e fatores relacionados : Hospital de Clinicas - UNICAMP

Andrea Mara Simões Torigoe
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em //2005 PT
Relevância na Pesquisa
66.1%
A retinopatia da prematuridade (RP) é uma das principais causas de cegueira e morbidade visual na infância. Doença vasoproliferativa desenvolve-se a partir da vascularização retiniana imatura e sua detecção precoce e tratamento no estágio limiar ? estadio 3, diminui as seqüelas cicatriciais da doença e reduz o risco de perda visual. Doença freqüente com predominância pelos estadios menos avançados e regressão espontânea. Este estudo foi proposto para analisar a incidência e principais características da RP na população de crianças prematuras nascidas no Centro de Atendimento Integral à Saúde da Mulher- Caism - Unicamp, no período de janeiro de 1999 a dezembro de 2003, com vistas ao melhor conhecimento desta afecção. Realizou-se estudo longitudinal prospectivo, descritivo e analítico em coorte de 337 crianças prematuras. Observou-se incidência da RP em qualquer estadio de 28,19%, sendo que 66,67% da RP ocorreram em crianças nascidas com 1000g ou inferior e predominância dos estadios mais precoces da RP. Observou-se 7,37% de incidência para o estadio 3 limiar, sendo esta a freqüência de tratamento por meio de crioterapia para a RP, proporcionando 100% de resolução da doença. O seguimento oftalmológico iniciou-se entre 4 a 6 semanas de idade cronológica (IC) ou 31 a 33 semanas de idade pós-concepção (IPC) e a maturação vascular da retina...

Doença inflamatória intestinal

Raposo, Filipa Andreia Quina
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.02%
A designação de Doença Inflamatória Intestinal (DII) aplica-se essencialmente á doença inflamatória crónica intestinal idiopática, uma vez que existem outros contextos inflamatórios, nomeadamente infecciosos que não são abrangidos por esta entidade clínica. A DII inclui a Doença de Chron (DC) a Colite Ulcerosa (CU) e também a Colite Indeterminada, as quais em virtude de apresentarem aspectos epidemiológicos, genéticos, imunológicos, clínicos e terapêuticos comuns, são englobadas na mesma doença. A causa exacta desta doença contínua desconhecida, embora os avanços que se têm verificado nos últimos anos nos meios de investigação sugiram uma hipótese para o desenvolvimento desta doença. O facto de se tratar de uma doença cuja incidência tem vindo a aumentar, na qual ainda há muitos enigmas por resolver e com a qual contactei diversas vezes no decorrer da minha licenciatura, despertou o meu interesse para fazer sobre este tema a minha dissertação de mestrado. Para tal realizei uma revisão bibliográfica de artigos e livros publicados até 20 de Março de 2008. Os dados estatísticos demonstram um aumento acentuado da incidência da doença nos países do hemisfério sul, embora continue a ser mais prevalente nos países do hemisfério norte e nos estratos sócio económicos mais altos. O tabaco tem sido associado ao desenvolvimento de CU. Os estudos sobre outros factores como apendicectomia...

Influência do solo na incidência de cancro em Eucalyptus grandis.

AUER, C. G.; KRUGNER, T. L.
Fonte: Boletim de Pesquisa Florestal, Colombo, n. 34, p. 65-73, jan./jun. 1997. Publicador: Boletim de Pesquisa Florestal, Colombo, n. 34, p. 65-73, jan./jun. 1997.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.06%
Neste estudo procurou-se estabelecer relacoes entre a granulometria e a fertilidade do solo com a incidencia de cancros em talhoes de Eucalyptus grandis. Foram escolhidos sitios em Altinopolis e Moji Guacu, Estado de Sao Paulo, onde foram coletadas amostras de solo e quantificada a incidencia de cancros, em talhoes com 4 anos de idade. As analises fisicas e quimicas dos solos dos talhoes foram comparadas com as respectivas incidencias de cancros. O componente argila + silte apresentou correlacao inversa e altamente significativa com a incidencia da doenca. Somente os componentes quimicos pH, materia organica, P e K apresentaram correlacao altamente significativa com o numero total de cancros (p<0,01). A correlacao positiva ocorreu somente entre P e a incidencia de cancros. A maior incidencia da doenca em Altinopolis pode ter sido condicionada pelas condicoes climaticas e pelos baixos teores de argila mais silte e a fertilidade do solo, que, induzindo estresse fisiologico, predispuseram as arvores a doenca.; 1997

Incidência da murcha bacteriana em tomateiro orgânico sob diferentes sistemas de irrigação, níveis de água e coberturas de solo.

CABRAL, R. N.; MAROUELLI, W. A.; LAGE, D. A. da C.; LAPIDUS, G. A.; CAFE FILHO, A. C.
Fonte: Cadernos de Agroecologia, Porto Alegre, v. 6, n. 2, 2011. Publicador: Cadernos de Agroecologia, Porto Alegre, v. 6, n. 2, 2011.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.77%
Avaliou-se a incidência da murcha bacteriana (Ralstonia solanacearum) em tomateiro orgânico cultivado em diferentes sistemas de irrigação, níveis de água e coberturas de solo, nas condiçoes de Brasil Central.; 2011; Resumo 10688. Trabalho apresentado no 7. Congresso Brasileiro de Agroecologia, Fortaleza, 2011.

Controle alternativo da podridão radicular (Sclerotium rolfsii Sacc.) em feijão-caupi [Vigna unguiculata (L.) Walp.] (Fabaceae); Alternative control of Sclerotium rolfsii Sacc. In cowpea [Vigna unguiculata (L.) Walp.] (Fabaceae)

Santos, Inaura Patrícia da Silva
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Agronomia; Produção vegetal; Proteção de plantas; Programa de Pós-Graduação em Agronomia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Agronomia; Produção vegetal; Proteção de plantas; Programa de Pós-Graduação em Agronomia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.05%
The cowpea, Vigna unguiculata (L.) Walp., is known as feijão-de-corda and feijão-verde , among others, is one of the main cultures exploited by small producers of the Northeast region of Brazil. Among the phytopathogens that affects its productivity, Sclerotium rolfsii Sacc. is noteworthy, causing the stem rot in several cultures around the world. The objective of this work was to evaluate the alternative control of S. rolfsii Sacc. in saplings of V. unguiculata (L.) Walp. trough the biocontrol of antagonists, organic residues incorporation to the soil, utilization of essential oils, plant extracts and mineral nutrition. The work was developed in the Laboratory de Phytopathology and in the vegetation house of CECA/UFAL. The pathogen was obtained trough the isolations of cowpea with symptoms of the disease and, afterwards, it was cultivated in sterilized rice. For in vitro control, the antagonists isolates were matched with the pathogen in PDA medium, for the purpose of evaluating the reduction of growth and the hyperparasitism. For the biofumigations of the soil, the organic materials poultry litter, mussel, sugar cane bagasse, bean residue, cassava scuff were dehydrated in stove at 55ºC for 96h, grinded in the concentrations of 10% and 20% (v/v) and incorporated to the substrate...

Manejo do mofo branco (Sclerotinia sclerotiorum L.) em tomateiro industrial; Management of white mold (Sclerotinia sclerotiorumL.) in tomato industry

AGUIAR, Renata Alves de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Agronomia; Ciências Agrárias Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Agronomia; Ciências Agrárias
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.14%
Brazil ranks ninth in the world production of tomato (Solanum esculentum L.), while much of this production is destined for processing industries. The added value obtained with the fruit processing endorses this species as the vegetable with the greatest economic importance in the Cerrado region of Brazil, where the State of Goiás stands out as the largest producer. Despite the favorable soil and climatic conditions, several factors have hindered its production, especially diseases caused by soilborne pathogens, which had increased their importance with the adoption of intensive production systems. Among them, white mold caused by Sclerotinia sclerotiorum (Lib.) De Bary has caused serious problems in infested soils, under mild temperatures and high humidity. Concerning the large number of S. sclerotiorum hosts and the lack of resistant hybrids, chemical control has been chosen as the most common method for disease management, despite not always efficient, due to the difficulties to reach the pathogen s resistance structures in the soil. Therefore, the study aimed to evaluate the disease escape on different tomato hybrids, to compare the effectiveness of synthetic fungicides mixed or not to potassium silicate; evaluate the biological control of white mold...

Modificações teciduais e expressão de metalproteinases de matriz e do inibidor Reck na progressão da doença periodontal induzida em ratos; Tissue modifications and expression of matrix metalloproteinases and the inhibitor Reck in the progression of periodontal disease induced in rats

Marcio Lorencini
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
75.93%
A doença periodontal é a patologia crônica de maior incidência na dentição humana. A placa bacteriana é seu agente etiológico principal, embora uma resposta imune exacerbada seja apontada como fator preponderante para o agravamento das lesões. Já nos primeiros estágios da doença é possível notar uma grande degradação da matriz extracelular local, principalmente de fibras colágenas. Dessa forma, o envolvimento das metaloproteinases de matriz (MMPs), uma família de enzimas com atividade dependente de íons metálicos que degradam proteínas estruturais da matriz extracelular, tem sido amplamente estudado nesta patologia. Baseado nestas evidências, o objetivo deste projeto foi caracterizar as principais modificações teciduais associadas ao modelo de doença periodontal induzida em ratos com ligaduras durante três, cinco ou sete dias. Foi analisada a microbiota associada à progressão inicial da doença, a disposição de fibras colagênicas e reticulares no tecido gengival e o perfil de células inflamatórias migrantes. Também foi avaliada a expressão e atividade enzimática de MMP-2 e -9, além da expressão gênica de MMP-2, -7, -9 e -14, e do inibidor RECK. A indução da doença com ligaduras pennitiu a formação de placa bacteriana caracterizada pela substituição de microorganismos Oram-positivos por Oram-negativos. O tecido gengival apresentou uma diminuição na área ocupada por fibras colagênicas...

Contribuição do GDNF para a neuroprotecção exercida pelo estrogénio :; estudo num modelo animal da doença de Parkinson

Fonseca, Ana Paula da Silva
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
75.91%
A doença de Parkinson é a segunda doença neurodegenerativa mais comum, depois do Alzheimer, e caracteriza-se principalmente pela perda progressiva de neurónios dopaminérgicos na Substantia Nigra. Numerosos trabalhos reportaram a maior prevalência e incidência desta doença no sexo masculino, relativamente ao sexo feminino. Estudos envolvendo a reposição com estrogénios em ratos fêmea ovariectomizados, atribuíram esta diferença de incidências ao efeito neuroprotectivo do estrogénio. No entanto, o grau de protecção exercida por níveis fisiológicos desta hormona permanece desconhecido. Os estrogénios também têm sido implicados na regulação da expressão de factores neurotróficos, o que pode estar na origem dos seus efeitos neuroprotectores. O factor neurotrófico derivado de uma linha de células da glia (GDNF) é um dos factores neurotróficos regulados pelo estrogénio, que foi implicado na neuroprotecção e regeneração na via nigroestriatal, actuando como um potente factor de sobrevivência para os neurónios dopaminérgicos, que são alvo de degeneração na doença de Parkinson. De forma a esclarecer o papel dos níveis endógenos de estrogénio na protecção da via nigroestriatal, utilizámos como modelo da doença de Parkinson a 6-hidroxidopamina...

Epidemiologia da doença renal crônica em crianças

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Material interativo em formato HTML contendo imagens coloridas e botões de ação.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.86%
Este material compõe o Curso de Especialização em Nefrologia Multidisciplinar (Módulo 5, Unidade 3), produzido pela UNA-SUS/UFMA. Trata-se de um recurso educacional interativo que apresenta algumas informações referentes à epidemiologia da Doença Renal Crônica em crianças, como a incidência de casos, o perfil etiológico, dentre outros.; Ministério da Saúde

Análise epidemiológica da doença renal

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Recurso multimídia em HTML contendo textos, material interativo, imagens coloridas e vídeos.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.87%
Módulo 3 do curso de especialização em Nefrologia Multidisciplinar, produzido pela UNA-SUS/UFMA. Aborda a prevalência e incidência da Doença Renal Crônica (DRC) na população, os impactos causados pelo alto custo da terapia renal substitutiva e os prejuízos psicossociais gerados ao paciente, bem como os principais grupos e fatores riscos para a desenvolvimento da Doença Renal Crônica. Além disso, destaca o impacto das desigualdades sociais sobre o processo saúde-doença, com foco nas doenças renais.; Ministério da Saúde

Diferentes manejos de irrigação de adubação no progresso da ferrugem do cafeeiro

Barbosa Junior, Mauro Peraro
Fonte: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitopatologia; UFLA; brasil; Departamento de Fitopatologia Publicador: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitopatologia; UFLA; brasil; Departamento de Fitopatologia
Tipo: Dissertação
Publicado em 18/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
76.07%
Rust is an important disease for coffee. Its occurrence affects nutritional balance and water supply to plants. In certain cases, irrigation can impart greater resistance to the host. However, a provided microclimate can increase the progress rate of the disease. Poor or unbalanced mineral nutrition may predispose plants to fungus infection. Thus, the aim of this study was to evaluate the incidence of rust in coffee plantations with different irrigation and fertilization managements. The study was conducted with adult coffee of cultivar MGS Travessia, in an experimental area of the Department of Agriculture of the Universidade Federal de Lavras, in Minas Gerais, Brazil. Disease ratings were elaborated from March of 2012 to November of 2014. The experimental design was a completely randomized block design, with twelve treatments (3 fertilization managements) x (4 drip irrigated managements) and three replicates, in a total of 36 installments. The results for the average rate of disease incidence was graphically plotted in a disease progress curve for rust incidence (AACPDIF). We observed higher AACPDIF values (P<0.05) in no irrigation (NI) and treatment with suspended irrigation for 70 days (I70) throughout the study period. Plants that have suffered greater water stress were more susceptible to infection.; A ferrugem é uma das principais doenças do cafeeiro...

Estimativa de taxa de mortalidade e taxa de incidência de sequelas cardíacas e digestivas por doença de Chagas no Brasil, 2008

Mota,Jurema Corrêa da; Campos,Mônica Rodrigues; Schramm,Joyce Mendes de Andrade; Costa,Maria de Fatima dos Santos
Fonte: Ministério da Saúde do Brasil Publicador: Ministério da Saúde do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.09%
OBJETIVO:estimar a incidência de sequelas, nas formas cardíaca e digestiva, de doença de Chagas (DC) e descrever a mortalidade por DC no Brasil, no período 2007-2009.MÉTODOS:a estimativa dos casos com sequelas baseou-se na história natural da doença, utilizando dados de inquérito de DC realizado na década de 1990; taxas de mortalidade e incidência foram calculadas por 100 mil habitantes.RESULTADOS:a mortalidade por DC foi maior na macrorregião Centro-Oeste (9,7/100 mil no sexo masculino; 7,4/100 mil no feminino) e a incidência maior foi na macrorregião Sul (45/100 mil em ambos os sexos); a taxa de incidência de sequelas decresceu até a idade de 59 anos.CONCLUSÃO:em contrapartida ao decréscimo da taxa de incidência de sequelas até os 59 anos, observou-se aumento da taxa de mortalidade em idades maiores; a disponibilização e a análise de dados de morbimortalidade por DC podem subsidiar políticas públicas para seu diagnóstico e tratamento.