Página 1 dos resultados de 19 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Ruído sonoro no entorno de aeroportos: um estudo de caso no aeroporto de Ribeirão Preto; Noise in the vicinity of airports: a case study in Ribeirão Preto airport

Dinato, Antonio Carlos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
57.01%
Com o aumento do tráfego aéreo no aeroporto de Ribeirão Preto - SP e o conhecimento de várias reclamações sobre o incômodo sonoro junto ao Ministério Público é apresentada uma análise, através de simulação computacional, de como ficou as curvas de ruído deste aeródromo. O objetivo deste estudo foi verificar como a população, que está no seu entorno, é afetada pela operação das aeronaves e qual o percentual a ser encontrado após a simulação realizada com o programa INM (Integrated Noise Model). A simulação indicou que o aumento das operações no Aeroporto Leite Lopes SBRP não ocasionou um impacto maior na população afetada dentro da área definida pela curva de 65 dB(A), ficando este valor dentro de parâmetros aceitáveis pelas normas adotadas. A velocidade e a direção dos ventos locais contribuem para o aumento do impacto ambiental, sugerindo a necessidade de alterar as rotas das aeronaves conforme ocorrerem estas mudanças meteorológicas. O estudo indicou a necessidade de alteração das rotas de pouso e decolagem. Orientar os pilotos através dos controladores de voo que pousos e decolagens sejam efetuados pela cabeceira da pista 36 (trinta e seis), prolongando o eixo de decolagem em mais 2 milhas náuticas ou 2 km. Para mitigar o efeito do impacto produzido pelas operações das aeronaves no aeroporto...

Percepção sonora e térmica e avaliação de conforto em espaços urbanos abertos do município de Belo Horizonte - MG, Brasil; Sound and thermal perception and evaluation of comfort in open urban spaces in the city of Belo Horizonte - MG, Brazil

Hirashima, Simone Queiróz da Silveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.74%
Em espaços urbanos abertos, particularmente nas grandes cidades de climas tropicais, os pedestres estão expostos não somente a níveis sonoros elevados como também a elevadas cargas térmicas, situação que pode gerar tanto o desconforto acústico quanto o térmico. Entretanto, na maioria das vezes, a relação entre a exposição a condições acústicas e térmicas adversas e a percepção humana dessas condições são estudadas separadamente. Neste trabalho propõe-se, portanto, uma abordagem integrada para a avaliação do conforto acústico e térmico urbano e para o estudo de seus prováveis efeitos combinados. Esta pesquisa foi realizada em Belo Horizonte - MG, Brasil, cidade localizada em região de clima tropical de altitude, com verões quentes e úmidos e invernos frios e secos. Utilizou-se o método indutivo experimental na condução dos trabalhos. Dados acústicos e climáticos foram medidos simultaneamente à aplicação de formulários em dois dias representativos do verão (março/2013) e do inverno (agosto/2013), e em duas praças contrastantes em relação ao seu ambiente acústico e térmico bem como aos seus parâmetros morfológicos como o fator de visão do céu, o altura dos edifícios, o tipo de pavimento...

Fonte geradora de impacto padronizado : construção e qualificação; Generating source of standardized impact : construction and qualification

Roberto Mojolla
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
16.37%
Uma das queixas mais frequentes entre moradores de edifícios residenciais é o incomôdo causado por ruídos de impactos nos sistemas piso-teto decorrentes do caminhar ou quedas de objetos. Segundo as normas nacionais e internacionais, avaliar o desempenho acústico destes sistemas depende do uso de equipamentos normalizados e certificados. Para atender aos métodos de avaliação do desempenho acústico sugerido pelas normas, é necessário importar grande parte dos equipamentos recomendados, causando transtornos de diversas ordens. A avaliação da isolação acústica de pisos submetidos a impactos depende do uso de uma fonte de impacto padronizado (Standard Tapping Machine). Este é o equipamento padronizado para excitação de pisos na avaliação do nível de pressão sonora de impactos. A norma NBR 15575-3 (2013) indica a utilização do método de medição e avaliação do desempenho acústico de pisos com relação ao ruído de impactos proposto pela ISO 140-7 (1998) e ISO 717-2 (2013). No anexo A da norma ISO 140-7 (1998) são descritas as características e funções que a máquina de impacto padronizado deve cumprir. Esta pesquisa teve como objetivo construir e qualificar para uso uma fonte sonora de impacto padronizado. Para construção da fonte...

A incomodidade do ruído : relações com o nível de exposição sonoro e identidade de lugar

Bento, Eliana Fernandes Morais
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
26.96%
Tese de mestrado, Psicologia (Cognição Social Aplicada), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2011; Esta pesquisa pretende estudar o impacto dos níveis de exposição do ruído ambiente (Lnoite) na percepção de incómodo do ruído. Propõe, à semelhança de modelos doseresposta existentes, que existe uma relação positiva entre estes. Explora também o efeito da identidade de lugar e social na percepção de incómodo do ruído, agindo como variável moderadora. Sugere que, em níveis de ruído mais elevados, os habitantes com elevada identidade de lugar apresentam tendencialmente menor incómodo percebido; e que, habitantes com baixa identidade de lugar, de modo geral, têm uma maior percepção de incómodo e vice-versa. Em todas as condições se analisa a incomodidade para ruído de tráfego e, especificamente, rodoviário e aéreo. O estudo consiste na aplicação de inquéritos sócio-acústidos a 725 habitantes de 29 bairros do município de Lisboa, em três zonas diferenciadas de ruído (Ln baixo, médio e elevado). Para a determinação do local da aplicação é utilizado o mapa de ruído global nocturno da cidade de Lisboa. Os resultados revelam a existência de uma relação positiva significativa entre o nível de ruído ambiente (Ln) e a percepção de incómodo. Refutam-se as hipóteses do efeito de moderação da identidade de lugar e social...

Tratamento do zumbido com a trazodona

Dib,Gabriel Cesar; Kasse,Cristiane Akemi; Andrade,Tatiana Alves de; Testa,José Ricardo Gurgel; Cruz,Oswaldo Laércio M.
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
16.77%
O zumbido é um sintoma freqüente, definido como percepção sonora auditiva na ausência de estímulo sonoro. OBJETIVO: Avaliar se a Trazodona, antidepressivo modulador da serotonina nas vias neuronais centrais, atua positivamente no controle do zumbido. Forma de Estudo: Prospectivo, duplo-cego, randomizado, controlado com placebo. MATERIAL E MÉTODO: estudo realizado com pacientes com zumbido. Oitenta e cinco pacientes foram avaliados entre fevereiro e junho de 2005, sendo que 43 pacientes receberam droga e 42, placebo, pelo período de 60 dias. Os critérios de análise foram intensidade, efeito sobre a qualidade de vida e grau de incômodo devido ao zumbido, através de escala analógica com notas de 0 a 10 dadas pelos pacientes antes e após o uso da trazodona ou placebo. RESULTADOS: Em ambos os grupos houve melhora da intensidade, qualidade de vida e incômodo após o tratamento, porém não houve diferença significativa entre os grupos droga e placebo. Quando se avaliou os critérios clínicos na faixa etária maior ou igual a 60 anos, obteve-se melhora nos níveis de intensidade, incômodo e efeito sobre a qualidade de vida após o tratamento. CONCLUSÃO: A trazodona não foi eficiente no controle do zumbido dos pacientes avaliados na dose utilizada.

Ambiente urbano e percepção da poluição sonora

Lacerda,Adriana Bender Moreira de; Magni,Cristiana; Morata,Thais Catalani; Marques,Jair Mendes; Zannin,Paulo Henrique Trombetta
Fonte: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade Publicador: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.63%
A presente pesquisa avaliou a percepção da população de uma grande cidade em relação à poluição sonora (ruído urbano). Buscou-se identificar quais fontes sonoras são percebidas com maior freqüência pela população e quais reações psico-sociais relacionadas ao ruído urbano são identificados por ela. Foi utilizado um questionário composto de questões fechadas, abrangendo aspectos demográficos e aspectos psico-sociais referentes ao ruído ambiental. Oitocentos e noventa e dois (892) indivíduos participaram da pesquisa. As principais fontes de ruído citadas pelos moradores como causadoras de incômodo foram: 1) o tráfego de veículos (67 %), 2) os vizinhos (33%), 3) o barulho de sirenes (23%), 4) o barulho de animais (21%) e 5) o barulho gerado pela construção civil (21 %). As principais reações psico-sociais foram: 1) irritabilidade (55%), 2) baixa concentração (28%), 3) insônia (20%) e 4) dor de cabeça (19%). Os resultados obtidos coincidem com dados obtidos em pesquisas desenvolvidas na Europa, EUA e no Brasil, de que a poluição sonora ambiental influencia a qualidade de vida da população, gerando reações psico-sociais importantes, como: 1) irritabilidade e 2) insônia. Estes podem estar na base de outras doenças (disfunções cardiovasculares)...

Avaliação da exposição de passageiros ao ruído no interior de ônibus do transporte público do município de Itajubá

Silva,Luiz Felipe; Correia,Fábio Nogueira
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
16.37%
OBJETIVO: avaliar os níveis de exposição sonora no interior dos ônibus de transporte urbano na cidade de Itajubá - MG, contemplando conforto e risco à saúde. MÉTODO: uma amostra de itinerários foi determinada para que dosimetrias fossem empreendidas para avaliar a exposição. Os critérios de incômodo e de perda auditiva se referenciaram pelos estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS). RESULTADOS: em 15 linhas avaliadas, totalizando mais de 23 h de avaliação, o nível sonoro variou de 78 a 84 dB(A). A média aritmética dos valores obtidos foi de 81 ± 0,9 dB(A). Conclusão: os ônibus avaliados não oferecem conforto adequado no que concerne aos parâmetros acústicos. Há a necessidade de oferecer veículos mais bem projetados de modo a reduzir o nível de ruído emitido pelo veículo.

Hiperacusia em músicos de banda militar

Gonçalves,Maiara Santos; Tochetto,Tania Maria; Gambini,Caroline
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
16.37%
OBJETIVO: Identificar a presença de hiperacusia e investigar as características dos sons desconfortáveis e os comportamentos desencadeados pelo desconforto, em músicos de uma Banda Militar. MÉTODOS: Foram estudados 27 músicos da Banda Militar da Base Aérea de Santa Maria (RS), com idades entre 22 e 50 anos, com tempo de serviço militar entre quatro e 26 anos e com exposição diária ao ruído de trabalho de duas a oito horas. Todos foram submetidos à avaliação audiológica básica, teste do limiar de desconforto sonoro e aplicação de um questionário. Considerou-se presença de hiperacusia, quando a média dos valores obtidos no teste do limiar de desconforto em 250, 500, 1000, 2000, 4000 Hertz foi menor ou igual a 90 decibéis, associado à queixa de desconforto auditivo. RESULTADOS: Verificou-se hiperacusia em 37% dos músicos. Destes, 50% apresentaram audição normal e 50% apresentaram audição normal com presença de entalhe; 80% sentiam o desconforto diariamente e 20% após o trabalho com a banda de música; 70% já evitaram realizar alguma atividade, por acreditarem que o ruído ambiental é desconfortável; 70% faziam uso de protetor auricular regularmente e 90% referiram zumbido. Os sons considerados desconfortáveis pelos hiperacúsicos foram...

Incômodo causado pelo ruído a uma população de bombeiros

Sousa,Millena Nóbrega Campos de; Fiorini,Ana Cláudia; Guzman,Michelle Barna
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
26.86%
OBJETIVO: Identificar o incômodo causado pelo ruído e queixas relacionadas à saúde auditiva em uma corporação de bombeiros do município Santo André (SP). MÉTODOS: Tratou-se de um estudo epidemiológico transversal de inquérito na população de 72 bombeiros do 8º Grupamento, 28 do setor administrativo, 20 do centro de ocorrência e 24 do atendimento operacional. Foi aplicado um protocolo composto por 57 questões referentes a dados pessoais, queixas auditivas, não auditivas e de incômodo. Também foi realizado o mapeamento sonoro do local. RESULTADOS: Os níveis de pressão sonora no local da corporação ultrapassaram 67 dB (A), chegando a níveis maiores de 82 dB (A) na avenida. A maioria (83,3%) dos sujeitos relatou o cotidiano ruidoso no trabalho, sendo o ruído urbano citado como maior fonte. Quando vistos separadamente por área de atuação, a maior ocorrência foi para ruído urbano (73,9%), ruído da viatura (68,0%) e ruído do telefone (38,2%) para o setor administrativo, divisão operacional e atendimento de ocorrências, respectivamente. CONCLUSÃO: Os bombeiros analisados, além da exposição a ruídos provenientes da ocupação no ambiente de trabalho como viaturas, rádios de comunicação e telefones, também sofrem as consequências do ruído urbano...

Análise das principais métricas utilizadas no zoneamento acústico de áreas próximas a aeródromos

Carvalho Júnior,Edson Benício de; Garavelli,Sérgio Luiz; Smozinski,Felipe Vivian; Maroja,Armando de Mendonça; Melo,Wesley Candido de
Fonte: Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes Publicador: Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
47.01%
Esse trabalho possui por objetivo apresentar uma análise comparativa entre as principais normas e legislações que avaliam o ruído aeronáutico. A comparação buscou avaliar as metodologias e as métricas acústicas utilizadas no contexto brasileiro. Experiências internacionais também foram consideradas. Da análise realizada, verifica-se a existência de divergências entre as legislações, principalmente com relação às métricas empregadas para a monitoração e caracterização do nível de incômodo sonoro gerado pela operação de aeronaves. No Brasil, consolida-se o uso da métrica que indica o nível de pressão sonora dia - noite (Ldn). Destaca-se que os países estudados utilizam mais de uma métrica para avaliar o ambiente sonoro de regiões vizinhas a aeródromos. A realização de estudos com outras métricas, no contexto brasileiro, pode auxiliar no planejamento do uso e ocupação do solo no entorno dos aeroportos. Por fim, entende-se que essa pesquisa contribui para um melhor entendimento das métricas atualmente empregadas para a avaliação do ruído aeronáutico. Além disso, também pode contribuir para o aprimoramento dos planos de zoneamento de ruído em aeródromos.

Diagnóstico da poluição sonora na cidade do Recife-PE

Araujo, Karina Clementino de; Silva, Edvane Borges da (Orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
16.37%
O ruído é definido como um som indesejável, desagradável que, ao alcançar níveis prejudiciais à saúde e ao sossego público, passa a ser denominado de poluição sonora. Esse tipo de degradação ambiental ocupa lugar de destaque na sociedade moderna, atingindo um grande número de pessoas. É considerada a terceira maior forma de poluição do planeta e no Brasil é um grave e crescente problema de saúde e segurança pública. O presente trabalho teve como objetivo diagnosticar os níveis sonoros do ruído urbano na cidade do Recife no período 2010 a 2012, através de levantamento quantitativo no órgão fiscalizador municipal. As denúncias comunicadas pela população e encaminhadas por outros órgãos fiscalizadores foram registradas em formulário próprio da Secretaria de Meio Ambiente e posteriormente organizadas em planilhas eletrônicas. Foram estabelecidos roteiros por RPA para fiscalização das denúncias. Para aferição do ruído, foi utilizado o decibelímetro Type 2240 devidamente calibrado, no nível sonoro equivalente (Leq), curva de ponderação “A”, com circuito de resposta rápida, microfone afastado 1,50 m dos limites da propriedade onde se dá o incômodo e à altura de 1,20m do solo, conforme determina o Código Municipal de Meio Ambiente da Cidade do Recife. Foram registradas 1.876 denúncias em 2010...

A percepção dos praticantes de atividade física sobre a qualidade ambiental sonora dos parques públicos de Curitiba - PR

Szeremeta, Bani
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
17.09%
Resumo: Os parques urbanos são comumente utilizados para o lazer e a atividade física. Por meio da frequente utilização destes espaços os cidadãos podem ter muitos benefícios físicos, sociais e psicológicos proporcionados por estas atividades e/ou pelo simples contato com estas áreas verdes. Deste modo, estes espaços se revelam importantes para a saúde pública. Para isto devem apresentar adequadas estruturas e ambientes atrativos, permitindo uma percepção positiva dos seus usuários. No entanto, muitos parques urbanos estão localizados em áreas de grande saturação urbana, expostos a vários agentes de poluição ambiental, entre eles o ruído de tráfego de veículos automotores, principal fator de incômodo nas grandes cidades. Assim estas áreas podem se tornar menos atrativas para uma frequente utilização pela sociedade, descaracterizando as suas funções de promoção de atividade física e saúde. O objetivo desta pesquisa foi conhecer a percepção da qualidade do ambiente sonoro e os fatores individuais e ambientais dos usuários de parques urbanos, de modo a levantar informações que visem melhorar a qualidade ambiental destes espaços. Foram selecionados quatro parques da cidade de Curitiba-PR: três destes localizados muito próximos e/ou cercados por vias de intenso tráfego de veículos e um situado em região mais tranquila...

Quantificação do incômodo gerado pelo ruído aeronáutico por meio de modelos dose-resposta

Carvalho Júnior, Edson Benício
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
57.64%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2015.; Os conflitos entre os operadores aeroportuários, governos locais e comunidades próximas aos aeroportos, são devidos, principalmente, ao incômodo induzido pelo ruído aeronáutico. A determinação do incômodo é amplamente aceita como a base para se avaliar o impacto em populações expostas ao ruído aeroviário. No caso, relações dose-resposta possibilitam relacionar o incômodo percebido com um indicador de ruído aeronáutico. Esse estudo teve por objetivo avaliar o incômodo sonoro percebido por comunidades expostas ao ruído aeronáutico, por meio de relações dose-respostas, e determinar um modelo para a realidade brasileira. O método utilizado foi baseado em simulações de curvas de ruído, mapas acústicos, determinação da população exposta ao ruído aeroviário, avaliação do incômodo sonoro por meio de questionários, elaboração de curvas dose-resposta e avaliação do impacto sonoro causado pelo ruído aeronáutico no período noturno. Optou-se por uma aplicação de questionários on-line. Para tanto, foram obtidos banco de dados de e-mails de residentes no DF e no Goiás. 3.600 e-mails foram selecionados dentro da área do estudo e desse total...

Os templos religiosos como configuração de incomodo no âmbito do direito de vizinhança

Assis, Déborah Pereira de
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.37%
Pesquisa sobre a efetiva aplicabilidade das normas que instituiu O direito de vizinhança, bem como a análise dos seus aspectos processuais e materiais, com vistas à compreensão do verdadeiro alcance da lei frente às diversas questões práticas como o direito ao sossego e a poluição sonora decorrente dos templos religiosos. O sossego é um direito fundamental com preceitos na Lei, sua violação enseja sanções. Alguns julgadores se posicionam a favor de revestimento acústico nos templos religiosos, previsão feita em conformidade apenas com a lei orgânica das cidades que exigem acústico para concessão do alvará de funcionamento das igrejas. Elaborada como lei garantidora, o direito de vizinhança nada mais é do que limitações do poder de propriedade. Os direitos e deveres entre vizinhos vinculam o possuidor ou quem estiver na posição dele. Apesar da crítica no sentido de que as normas que regem ao sossego possam lesionar o patrimônio e a moral do individuo, elas são protetoras e se constituem como verdadeiro avanço quanto à proteção integral do direito à liberdade. A manifestação religiosa é permitida no Brasil, e os templos religiosos devem funcionar sempre com observância aos preceitos legais. A proteção dos direitos difusos deve estar em concordância com o princípio da dignidade da pessoa humana.; Investigación sobre la aplicabilidad efectiva de establecer las reglas a respeto del derecho de vecindad...

Análise das normas que avaliam o ruído aeronáutico no Brasil

Smozinski, Felipe Vivian
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.37%
O presente estudo teve por objetivo geral verificar possíveis contradições entre as várias normas que abordam o ruído aeroviário no Brasil. Para tanto, investigou-se as metodologias e recomendações previstas nas normas e portarias: NBR 10.151, NBR 10.856, NBR 11.415, NBR 12.859, NBR 13.368 e portaria nº 1.141/GM5/87. Também se analisou a resolução CONAMA nº 01/1990, que remete à NBR 10.151. Da análise dessas normas, conclui-se que a portaria 1.141/GM5 (1987) e as normas NBR’s 11.415, 10.856 e 12.859 constituem-se o melhor arcabouço teórico e metodológico a ser adotado para estudos relacionados a ruído aeronáutico, atualmente, no Brasil. Também se constata, da comparação do conjunto de normas específicas para ruído aeronáutico, com a legislação ambiental, uma incompatibilidade relacionada aos limites sonoros permitidos para áreas próximas a aeródromos.; Engenharia Ambiental

Proposta de classificação do incômodo sonoro induzido pelo ruído aeronáutico

Alves, Marina do Carmo
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.88%
Este trabalho teve como objetivo propor uma classificação para o incômodo sonoro em áreas no entorno do Aeroporto Internacional de Brasília. A metodologia consiste na elaboração de mapa de ruído, determinação do número de pessoas expostas ao ruído aeroviário e estimativa da porcentagem de pessoas possivelmente incomodadas com o barulho da operação dos aviões. A partir dos resultados, foi possível verificar que 273.595 pessoas são expostas, a diferentes níveis de ruído aeronáutico, nas Regiões Administrativas de Brasília, Candangolândia, Ceilândia, Guará, Lago Sul, Núcleo Bandeirante, Paranoá, Riacho Fundo, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião e Taguatinga. Sugere-se a análise do planejamento e ordenamento territorial juntamente com o mapa de ruído e o plano de zoneamento de ruído, objetivando a melhoria da qualidade de vida da população.; Engenharia Ambiental

Ruído aeronáutico e incômodo sonoro – instrumento de avaliação

Silveira, Juliana Augusto Bornéo da
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
57.11%
O presente trabalho teve como principal objetivo desenvolver um questionário que possa ser utilizado para a avaliação do incômodo sonoro provocado por algumas fontes de ruído, sobretudo aeroviário. O estudo dividiu-se, basicamente, em três etapas: desenvolvimento do questionário, com posterior validação e aplicação em um trecho do Núcleo Bandeirante. Para a validação, utilizou-se a análise fatorial, cujos resultados indicam que o instrumento de avaliação desenvolvido, de fato, mede o incômodo sentido pelas pessoas residentes na região de estudo. Da análise dos questionários obteve-se que a maioria dos entrevistados informou que se sente incomodada com o ruído emitido por aviões e que esse ruído interfere em suas respectivas atividades cotidianas. Além disso, uma parcela significativa relatou também se incomodar com o ruído emitido por outras fontes, como, por exemplo, carros de som e motocicletas. Por fim, recomenda-se que sejam elaborados estudos mais profundos sobre o tema, com a finalidade de embasar, cientificamente, a criação de políticas públicas que visem o bem estar da população residente perto de aeroportos.; Engenharia Ambiental

THE PERCEPTION OF PRACTITIONERS OF PHYSICAL ACTIVITY ON ENVIRONMENTAL SOUND QUALITY OF PUBLIC PARKS IN CURITIBA-PARANÁ; A PERCEPÇÃO DOS PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA SOBRE A QUALIDADE AMBIENTAL SONORA DOS PARQUES PÚBLICOS DE CURITIBA-PARANÁ

Szeremeta, Bani; Universidade Federal do Paraná - Laboratório de Acústica Ambiental, Industrial e Conforto Acústico; Zannin, Paulo Henrique; Universidade Federal do Paraná - Laboratório de Acústica Ambiental, Industrial e Conforto Acústico
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
16.62%
The aim of this study was to analyze the perception of the physically active people on the environmental sound quality of public parks of Curitiba - Paraná. We selected four parks: three of these are located in close proximity and/or pathways surrounded by intense vehicle traffic. The fourth one is situated in a more peaceful area, considered as the control area. Three hundred and twenty eight interviews were conducted with users of these areas (82 in each park), acoustic noise measurements and noise mapping were also conducted. Data confirmed the strong influence of traffic noise from vehicles in the sound environment of the parks, where most of the points and areas with noise levels that exceed the limit imposed by the municipal law of Curitiba (55 dB(A)) are on the perimeter parks, near major routes of movement. As expected, only the control park displayed sound pressure levels in accordance with local legislation and good environmental noise quality as perceived by its users. Other conditions and parameters of the environment, beyond the sound pressure levels and the surrounding urban form, were also taken into account, and which interfere on the soundscape of the parks and in its perception by patrons. These parameters were: the degree of nuisance caused by noise of traffic...

Impacto sonoro do aeroporto Santos Dumont/RJ: análise e medidas de controle

Neto, José R. de Lima; CARDOSO, Cláudio A.
Fonte: Paranoá: cadernos de arquitetura e urbanismo Publicador: Paranoá: cadernos de arquitetura e urbanismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por Pares / Peer Reviewed Formato: application/pdf
Publicado em 05/11/2014 POR
Relevância na Pesquisa
26.74%
A poluição sonora é parte cotidiana da vida nas grandes cidades. Dentre as fontes sonoras relevantes no contexto das cidades, tais como o ruído viário, uma que oferece desafios particulares é a relacionada ao sobrevoo de aeronaves, sejam aviões comerciais, jatos particulares ou helicópteros. Por se tratar de fontes intensas de ruído e das características das suas trajetórias (extensas e acima das habitações), tanto a avaliação do incômodo gerado, como eventuais medidas de mitigação são complexas e de difícil implementação.Dessa forma, o desconforto acústico gerado nas comunidades próximas as rotas de pouso e decolagem de grandes aeroportos tornou-se alvo de grandes reclamações por parte dos moradores que tem seu conforto ameaçado, o que reforça a necessidade de enfrentar estes desafios e atacar este problema.Assim, nesse trabalho, buscamos avaliar o impacto sonoro das aeronaves que possuem como destino ou são oriundas do aeroporto Santos Dumont/RJ (SBRJ), através de simulação computacional de ruído, em uma região próxima ao aeroporto com área de aproximadamente 39 km². A partir da quantificação e determinação das áreas efetivamente afetadas pelo ruído aeronáutico, e da comparação dos valores obtidos com as normas da legislação brasileira...