Página 1 dos resultados de 7410 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

A colocação dos pronomes clíticos em O Patrocínio: periódico da imprensa negra de Piracicaba; The placement of clitic pronouns in O Patrocínio: journal of the black press of Piracicaba

Calindro, Ana Regina Vaz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.96%
Esse trabalho baseia-se no estudo da colocação pronominal, pois este já é reconhecidamente um fator crucial na identificação de diferenças gramaticais entre PE e PB, verificadas desde o século XVIII.O objetivo deste trabalho é verificar se há alguma característica na linguagem dos jornais de imprensa negra que os diferencie dos da imprensa de circulação mais ampla e de outros documentos da época. E, assim, confirmar a diferença entre as variantes brasileira e europeia da língua portuguesa não é apenas superficial, mas gramatical, uma vez que enquanto o PE se tornou uma língua de colocação enclítica dos pronomes átonos, o PB tornou-se a mais proclítica das línguas românicas. Sendo assim, foram analisados dois jornais: O Patrocínio (1925- 1930), um periódico da imprensa negra da cidade de Piracicaba; e, a título de comparação, A Gazeta de Piracicaba (1882-1937), um exemplar da imprensa majoritária da época. Os jornais são constituídos de textos de diversos gêneros que trazem, portanto, dados que possuem características distintas e particulares em um mesmo periódico. Nesse contexto, o interesse pela imprensa negra surgiu da possibilidade de analisar textos escritos majoritariamente por negros e para negros. Devido a fatores sociais ligados à escolarização da população negra do período...

Língua e sociedade nas páginas da Imprensa Negra paulista: um olhar sobre as formas de tratamento

Balsalobre, Sabrina Rodrigues Garcia
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 136 f.
POR
Relevância na Pesquisa
36.96%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR; Esta pesquisa tem, como objetivo principal, a análise da inter-relação entre fatores de ordem linguística e social a partir de um corpus jornalístico: a Imprensa Negra paulista – movimento realizado por negros e destinado a essa população no período posterior à abolição da escravatura no Brasil. A formação dessa imprensa se deu pela necessidade de veicular as reivindicações por melhores condições de vida e as propostas de inserção na sociedade brasileira. Para cumprir o objetivo desse trabalho, de se estabelecer relações interdependentes entre usos linguísticos e fatores sociais, foram analisados três periódicos da Imprensa Negra: O Kosmos, O Alfinete e O Clarim d’Alvorada. Essa escolha se justifica por uma combinação de fatores, entre eles a disponibilidade desse material, o período e local de produção (primeiras décadas do século XX / cidade de São Paulo) e o propósito de cada um desses periódicos. Para atingir esse propósito, optou-se por analisar o sistema de formas de tratamento empregado nos jornais...

Portugal e Brasil: a imprensa literária e o início da imprensa ilustrada Portugal and Brazil: from literary

SANT’ANNA, Benedita de Cássia Lima
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.91%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Neste artigo, refletimos sobre a imprensa portuguesa a partir de 1807 e sobre a imprensa brasileira a partir do ato real de 31 de maio de 1808, contextualizando o momento político, histórico e literário que propiciou o surgimento da imprensa literária nacional e o desenvolvimento da imprensa literária lusitana, bem como o aparecimento da imprensa ilustrada romântica, nos dois países.; This paper deals with reflections on the Portuguese press from 1807 on and on the Brazilian press from the enactment of the Royal Act on May 31, 1808, providing the political, historical and literary context which furthered the beginning of the national literary press and the development of the Portuguese literary press, as well as the emergence of the Romantic illustrated press in both countries.

Enviado especial a : uma analise antropologica da cobertura da imprensa brasileira das guerras na ex-Iugoslavia (anos 90)

Andrea Carolina Schvartz Peres
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/05/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.91%
A desagregação da antiga República Federativa da Iugoslávia e as quatro guerras que então se sucederam - as guerras na Eslovênia, na Croácia, na Bósnia-Herzegóvina e no Kosovo - foram objeto da mídia em todo o mundo, inclusive no Brasil. Nesta dissertação, analiso a cobertura dessas guerras pela imprensa escrita brasileira, particularmente a realizada pelos jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo, tendo em vista algumas hipóteses iniciais de pesquisa: (a) há uma mudança significativa na abordagem dos conflitos do período da guerra fria para o período seguinte, pós-guerra fria, que abandona progressivamente um vocabulário predominantemente "estratégico" por um crescentemente "culturalista"; (b) a imprensa passa a enfatizar supostas diferenças ontológicas entre as populações em conflito, afirma a existência de nós x eles, e aponta para uma crescente naturalização e apolitização dos conflitos; (c) a imprensa atualiza uma tradição discursiva de representação dos Bálcãs. Para tanto, procurei compreender o modo como funcionam os jornais, como se dá a produção da notícia e como trabalham os jornalistas, particularmente, os enviados especiais brasileiros que foram à ex Iugoslávia fazer a cobertura. Ao longo da pesquisa...

Identidade, etica e linguagem : uma analise pragmatica das praticas discursivas na imprensa (ou como fazer um "Bom" jornalismo com palavras)

Sandra Helena Dias de Melo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.98%
Com o objetivo de investigar os "valores", "opiniões" e "conceitos" evidenciados e constituídos na e sobre a linguagem, este trabalho pretendeu ser uma pequena contribuição àqueles interessados nas discussões sobre identidade, ética e linguagem na imprensa. Partindo do pressuposto de que a língua oferece um leque de possibilidades interpretativas e de que a identidade não é encontrada in natura, fundamentei minha reflexão sob o entendimento de língua como performativa e ao mesmo tempo constitutiva do discurso da história. Para refletir sobre a relação criada entre linguagem e ética na imprensa, a partir do construto que a identifica como "neutra", recorri aos estudos de discurso, política e identidade da análise crítica do discurso. O levantamento do que se considera "bom" ou "ruim" no comportamento da linguagem e da imprensa foi feito a partir da análise de três manuais de redação e estilo de jornais brasileiros. Além desses aparelhos de referência para a "boa" imprensa, foram analisados textos jornalísticos e livros técnicos, em especial, aqueles que trazem um discurso sobre linguagem e Imprensa. A tese central de que a linguagem é performativa e não informativa, como quer a imprensa, mobilizou uma discussão sobre a representação política que é feita pelos manuais...

A liberdade de imprensa e a sua relação com a Constituição Brasileira de 1988

Corrêa, Itaguaci José Meirelles
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 130 f.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.91%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas; A presente dissertação aborda a liberdade de imprensa e os abusos por ela cometidos. Trata da questão da liberdade de pensamento, comunicação e expressão que teve início muito antes da imprensa e encontra-se plasmada na Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão de 1789. A comunicação é o meio através do qual a imprensa (rádio, televisão, jornais, revistas, etc.) se utiliza para propagar a informação e como tal necessita da fonte (órgão ou emissora de rádio ou televisão); da mensagem (informação a ser transmitida) e do destinatário (pessoa ou pessoas que captarão a mensagem). A comunicação encerra importante papel no conjunto social, pois através dela é possível influenciar a mente do receptor da mensagem e informá-lo, além de possibilitar as transformações no cotidiano das pessoas. Com o advento da Constituição Brasileira de 1988, restou assegurada a liberdade de imprensa (direito à integridade intelectual), e juntamente com ela a liberdade moral (direito à liberdade política, à liberdade civil, de religião), assim como o direito do indivíduo à vida privada, à intimidade, à honra...

A Infância na imprensa escrita em Chapecó - 1939-1979

Lazarotto, Aline Fátima
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 176 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.96%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Florianópolis, 2010; A presente investigação tem como objetivo analisar a infância entendida como condição social de ser criança, na imprensa escrita em Chapecó no período de 1939 a 1979. A imprensa chapecoense será o espaço desta investigação buscando, nas entrelinhas da história, perceber de que maneira os discursos enunciados pelos veículos de informação constituíram e legitimaram um ideal de criança como #futuro homem para a nação#. Este trabalho busca compreender as representações sociais de criança e infância na imprensa escrita, tentando compreender de que forma essas manifestações reveladas pela imprensa estão articuladas a discursos e práticas sociais orientados por ideologias. As representações sociais concebidas aqui terão como referencial, entre outros, os estudos indicados por Minayo (1995). Para buscar as representações sociais de criança e infância na imprensa escrita levantaram-se as seguintes questões: como a ideia de criança e infância vinculada pela imprensa está relacionada a aspectos políticos e ideológicos? Em que medida a imprensa escrita contribui e promove um ideal de criança e infância? Como...

Discurso da imprensa sobre os militares

Martins, André Ricardo Nunes
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.91%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, 1992.; Esta dissertação analisa o discurso da imprensa sobre os militares no período da “Nova República”. Na perspectiva da linguagem como espaço privilegiado de exercício do poder – segundo os pressupostos da Análise do Discurso Crítica – observa-se como a imprensa trabalha sentido do papel dos militares e o desempenho destes na cena política brasileira. Por meio da análise das marcas linguísticas e dos implícitos dos textos da imprensa – reportagens editoriais e artigos assinados – mostra-se como o discurso da imprensa reforça o papel de tutela que os militares tem desempenhado na política brasileira. A análise revela assim como a imprensa se engaja na formação de um consenso e como esse consenso imprime uma orientação determinada na construção do discurso sobre os militares. Percebe-se. Finalmente, como esse engajamento da imprensa contribui para a manutenção status-quo na medida em que impede um debate mais amplo sobre a democratização na sociedade brasileira. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT; This thesis analyses the discourse of the press about the armed forces during the period called “New Republic”. Considering language as a favoured space for the exercise of power – according to assumptions of Critical Discourse Analysis – it is seen how the press produces meanings of the role of the armed forces in the Brazilian political scene. By means of the analysis of linguistic traces and implicits in texts of the press – reports...

A polêmica construída : racismo e discurso da imprensa sobre a política de cotas para negros

Martins, André Ricardo Nunes
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
36.91%
Tese(doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Classicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2004.; Esta tese investiga o racismo discursivo de que são vítimas os afrodescendentes no Brasil, cerca de 45% da população brasileira, por meio da análise do discurso da imprensa sobre a política de cotas para negros nas universidades. Com base na Análise de Discurso Crítica e, especialmente, nas contribuições teórico-metodológicas de N. Fairclough, T. A. van Dijk e R. Fowler, examinamos textos de seis principais gêneros discursivos – reportagem, editorial, artigo, coluna, entrevista e carta ao (à) editor(a) – provenientes de três importantes jornais brasileiros, Folha de S. Paulo, Jornal do Brasil e A Tarde, selecionados entre janeiro de 2002 e dezembro de 2003. Identificamos e analisamos o modo pelo qual a seleção vocabular, os títulos, o uso da negação, o emprego da modalidade, a argumentação e o uso da metáfora e da ironia manifestam-se nos textos, construindo sentidos a serviço de um determinado projeto ideológico. É uma operação ideológica, portanto, que determina a mobilização de sentidos nesse processo discursivo, fazendo com que uns prevaleçam em detrimento de outros. Os textos são vistos como produtos de um processo dinâmico e sua análise é ancorada na análise das práticas discursivas e sociais. Nessa perspectiva...

O público de imprensa na era digital: hábitos de consumo e necessidades quanto aos produtos de imprensa

Fernandes, Filipe Lopes
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.91%
Mestrado em Informática Aplicada à Sociedade da Informação e do Conhecimento; Desde que a Internet se assumiu como um meio preferencial para a transmissão de informação, que a imprensa se tentou adaptar e delinear um meio de divulgação dos seus conteúdos editoriais no mundo online. Mas o desenvolvimento das tecnologias da informação, causa e efeito da Internet, levou a uma série de transformações a nível da sociedade, e na forma como a informação é consumida, que conduziu ao paradigma da Sociedade em Rede. O desafio da imprensa tem sido como manter a sua predominância como órgão de comunicação, perante um público com novas aptidões, acesso a novas tecnologias e sobretudo a um leque mais vasto e dinâmico de fontes de comunicação alternativas. Este estudo baseia-se no princípio de que a solução para uma estratégia sustentável e atraente para a imprensa, parte da compreensão do modo como o seu público vê os produtos disponibilizados pelos periódicos, das suas necessidades quanto a consumo de informação, bem como da familiaridade que este tem com as tecnologias da informação e do conhecimento. Com recurso a um inquérito por questionário online a 330 indivíduos, foram recolhidas informações acerca dos seus hábitos de leitura de jornais e revistas...

Representações das leis da pesca lúdica e das populações do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina na imprensa

Teixeira, Roberto Filipe de Nóbrega
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.91%
Dissertação submetida como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Psicologia Social e das Organizações; Com a presente dissertação pretendeu-se analisar a caracterização das novas leis da pesca lúdica e da população do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina por parte da imprensa nacional e regional. Procurou-se ainda analisar como essa caracterização mudou ao longo do tempo em função das mudanças nessas mesmas leis e políticas ambientais. A imprensa é considerada um sistema mediador na circulação de informação entre diferentes níveis, uma vez que apresenta novas leis a diferentes audiências influenciando assim a sua apropriação. Considerada ideal para o estudo da imprensa, a Teoria das Representações Sociais é o suporte teórico desta dissertação. Esta teoria aborda as relações entre mudança e estabilidade nas sociedades, capazes de absorver as inovações e ao mesmo tempo manterem-se estáveis durante longos períodos. Foram analisadas 118 notícias da imprensa regional e nacional tendo como assunto principal a pesca lúdica, no período entre 2006 e 2014. Este período corresponde à nova regulamentação da pesca lúdica em Portugal e no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina em específico...

Cenários da liberdade de imprensa e opinião pública em Hegel

Bavaresco,Agemir; Konzen,Paulo Roberto
Fonte: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG Publicador: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.96%
Constroem-se, atualmente, os novos cenários para a comunicação tendo, de um lado, as grandes corporações de mídia televisiva, radiofônica, impressa e on-line e, de outro, o papel da imprensa independente/ alternativa, entendida como não vinculada a uma empresa privada, pública ou estatal, ou algum grupo econômico. Configura-se, aos poucos, a constituição da oposição entre a mídia tradicional e a imprensa independente/alternativa, tendo como suporte material as novas tecnologias da informação. Como a nova tecnologia da informação associada aos novos cenários da liberdade da imprensa e do fenômeno da contradição da opinião pública na era da internet pode realizar a mediação da opinião numa sociedade globalizada? Ou ainda, partindo do pressuposto da liberdade de imprensa, como garantir que a sociedade resolva a contradição da opinião pública? O fenômeno da opinião pública é contraditório, porque contém em si, ao mesmo tempo, a universalidade dos princípios constitucionais, do Direito e da Ética, junto com a particularidade dos direitos e interesses dos cidadãos. Ora, esta contradição encontra a sua solução através da mediação da liberdade da própria imprensa dentro de um quadro de legalidade democrática. Esta é a força da contradição: efetivar a mediação da tensão dialética entre os polos opostos do universal e do singular na liberdade de imprensa...

A Liberdade de Imprensa como Limite ao Poder do Estado

Corrêa, Fernando Luís Silveira
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 124624 bytes; application/pdf
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.94%
Discorre sobre a definição de limites, tanto para o exercício do direito de expressão e pensamento quanto do poder do Estado em reprimir a liberdade de imprensa. Analisa o episódio em que o Ministério Público Federal ajuizou ação civil pública contra o jornalista Diogo Mainardi e suas empregadoras com pedido de indenização por dano moral coletivo, sob o fundamento de que publicações de artigos de opinião do jornalista revelaram preconceito contra nordestinos e cuiabanos. Assegura que mesmo que se parta da conclusão da ação civil pública, de que as manifestações do jornalista são preconceituosas e discriminatórias, ainda assim, há que se decidir se o ordenamento jurídico possibilita a produção da conseqüência jurídica pretendida na ação. Defende que não se pode ignorar a norma de interpretação e aplicação dos direitos fundamentais pela qual há que se adotar as medidas menos gravosas possíveis ao limitar o exercício de direitos, bem como a necessidade de não se esvaziar o núcleo fundamental do direito ponderado. Reflete tanto a questão se o jornalista abusou do seu direito de falar, como se o Estado não corre o risco de abusar do seu poder de silenciá-lo. Comenta a função social da liberdade de expressão e o papel essencial da imprensa na formulação de reivindicações...

Violência sexual doméstica contra crianças e adolescentes na imprensa

Silva, Josenita Luiz da
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.91%
O presente estudo consiste numa análise qualitativa, através do método da análise de conteúdo, sobre a forma como a imprensa escrita publiciza as notícias de violência sexual doméstica contra crianças e adolescentes (VSDCCA) do sexo feminino e os valores ideológicos que estão ocultos nas notícias. A hipótese fundamental que orientou a nossa pesquisa parte do princípio de que a forma como a imprensa publiciza estas notícias não obedece aos princípios éticos em defesa dos direitos humanos das crianças e adolescentes, naturalizando a prática da violência sexual. O trabalho teve como objetivo geral: analisar a forma como a imprensa escrita (jornal) no Estado de Pernambuco publiciza notícias de VSDCCA, e, em que medida a imprensa trata a questão de forma parcial e sensacionalista. O documento selecionado para análise consiste nos jornais: Diário de Pernambuco e Jornal do Commércio do Estado de Pernambuco. A comunicação analisada que compõe o corpus da pesquisa, consiste em 15 (quinze) notícias publicadas no período de 2002 a 2005, específicas sobre a violência sexual doméstica contra crianças e adolescentes do sexo feminino. Os resultados encontrados apontam para uma característica predominante da imprensa no Brasil que é publicizar esse tipo de notícia apenas como crime tendo como principal fonte de informação a polícia. Assim como nos títulos das matérias...

A importância da assessoria de imprensa para a representação e qualidade da democracia

Rodrigues, Fabyanne Nabofarzan
Fonte: Câmara dos Deputados do Brasil Publicador: Câmara dos Deputados do Brasil
Tipo: monografia, dissertação, tese Formato: 63 f. : gráfs.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.91%
Analisa a relação entre a qualidade da democracia e as ferramentas comunicacionais utilizadas pelas assessorias de imprensa dos representantes que atuam no Poder Legislativo. A análise parte de uns dos elementos essenciais para a consolidação de um estado democrático, o papel da assessoria de imprensa para a participação cidadã e para a prestação de contas. Analisam-se ainda os aspectos importantes da conexão eleitoral presentes no trabalho das mesmas. Para avaliar a importância dessa estrutura de serviço, o estudo fez um levantamento nos gabinetes da Câmara dos Deputados que verificou a quantidade de parlamentares que possuía assessoria de imprensa e ainda, se as mesmas eram realizadas por profissionais especializados, jornalistas. Aliado aos dados, o estudo avaliou a estrutura de duas assessorias de imprensa de parlamentares de diferentes regiões e trajetórias, para então examinar como as ferramentas de trabalho desses profissionais influenciam em uma sociedade democrática de qualidade. Na pesquisa quantitativa, observou-se que a maioria dos deputados utiliza a assessoria de imprensa em seus mandatos e que as mantém em seu estado de origem (base eleitoral). Já na análise qualitativa, observou-se que há aspectos da conexão eleitoral presentes na rotina de trabalho desses assessores de imprensa e que...

Treinamento dos gerentes da Imprensa Nacional para preven????o e administra????o do alcoolismo e drogadic????o no trabalho

Brasil. Minist??rio da Justi??a (MJ). Imprensa Nacional (IN)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Relato de Experi??ncia
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
46.69%
Este projeto refere-se ?? implementa????o de um programa de preven????o do alcoolismo/ drogadic????o destinado aos servidores da Imprensa Nacional. Foi definida uma pol??tica institucional para lidar com a quest??o, capacitando os gerentes para melhor administrar as situa????es relacionadas ao uso abusivo do ??lcool. A avalia????o de desempenho passou a ser utilizada como instrumento na detec????o de casos de alcoolismo; N??mero de p??ginas: 2 p.; Classifica????o::Administra????o P??blica. Teoria Geral da Administra????o::Desenvolvimento Gerencial::Inova????o; Iniciativa premiada no 2?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal sob responsabilidade de Cleusa Maria Teixeira Gon??alves. A????es premiadas no 2?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal ??? 1997. ??reas tem??ticas: capacita????o profissional e gest??o de RH; gest??o e desenvolvimento de pessoas

Imprensa escrita e imprensa on-line: concorrentes ou complementares? um estudo do comportamento dos leitores brasileiros da imprensa on-line

Paes, Daysedecarla Gonçalves
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.94%
O aumento acelerado de publicações de notícias na Internet e sua consequente popularização em larga escala, têm levantado uma questão interessante entre jornalistas, estudiosos do assunto, leitores de imprensa on-line e escrita: O impresso irá desaparecer? Para alguns a Internet não representa uma ameaça às publicações impressas e nenhuma tecnologia, por mais avançada que seja, vai superar a comodidade e o conforto que o impresso oferece aos leitores e consumidores. No entanto, outros afirmam que o impresso está com os dias contados e no futuro tudo será digital. Perante estas modificações tecnológicas nascem questionamentos sobre relação da imprensa escrita e sua versão on-line- Será que estas duas formas de imprensa tendem a canibalizar-se ou a complementar-se? O presente trabalho procurou contribuir para a avaliação do comportamento e hábitos dos leitores brasileiros e consumidores de jornais on-line, examinando o comportamento deste público e comparando as suas percepções das duas mídias: escrita e on-line. Esta investigação foi baseada em pesquisas bibliográficas e em informações angariadas por meio do inquérito on-line dirigido aos leitores de imprensa on-line e/ou escrita. A análise dos dados foi consubstanciada em métodos estatísticos não paramétricos. Conforme as questões exibidas no questionário on-line desta pesquisa...

Fórum: A etnicização da imigração na imprensa portuguesa; Fórum: A etnicização da imigração na imprensa portuguesa; Fórum: A etnicização da imigração na imprensa portuguesa; Fórum: A etnicização da imigração na imprensa portuguesa

Pires, Sónia; Universidade Fernando Pessoa
Fonte: Fundação Fernando Pessoa/Edições Universidade Fernando Pessoa Publicador: Fundação Fernando Pessoa/Edições Universidade Fernando Pessoa
Tipo: article; Peer-reviewed Article; Artículo revisado por pares; Article évalué par des pairs Formato: application/pdf
Publicado em 19/07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
É hoje sobejamente conhecido o papel preponderante dos meios de comunicação social na formação, estruturação e perpetuação de estereótipos que perfazem parte dos processos cognitivos organizadores de uma sociedade. Para podermos obter, entre outras coisas, uma imagem da receptividade da sociedade portuguesa face a grupos sociais que não se encontram no seu “mainstream”, a análise crítica dos discursos da imprensa averiguou-se de uma pertinência metodológica fundamental. Foi, por conseguinte, efectuada uma análise da imprensa portuguesa entre os anos 1993-1996, nomeadamente de três suportes jornalísticos, o Público, o Correio da Manhã, o Expresso; e seus discursos e temáticas face aos Africanos provenientes dos PALOP e face aos portugueses de etnia cigana. O que este artigo nos sugere è aexistência de um processo de etnicização de grupos minoritários na imprensa portuguesa, que de um processo de narrativa jornalística factual centrada nalguns tópicos/estereótipos se reorganizou num processo de tratamento dos grupos considerados como um problema social.; É hoje sobejamente conhecido o papel preponderante dos meios de comunicação social na formação, estruturação e perpetuação de estereótipos que perfazem parte dos processos cognitivos organizadores de uma sociedade. Para podermos obter...

A presença na Internet : diferenças entre os principais órgãos nacionais da imprensa, rádio e televisão

Sousa, Ivo Dias de
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2003 POR
Relevância na Pesquisa
37.06%
Tese de Doutoramento em Gestão na especialidade de Gestão de Informação apresentada à Universidade Aberta; Esta dissertação centrou-se, prioritariamente, na presença na Internet dos principais órgãos nacionais da imprensa, rádio e televisão, e, secundariamente, na sua actuação fora dela. O objectivo central da dissertação foi investigar a seguinte hipótese: a forma e intensidade da presença na Internet dos órgãos da comunicação social tradicional são influenciadas pelo sector dos meios de comunicação a que estão ligados à partida. Foi realizada uma revisão de literatura com o fim de melhorar a investigação que está na base desta dissertação. A revisão está dividida em duas partes: contexto geral e contexto específico. Na primeira parte, o objectivo central foi fornecer uma visão geral para perceber de uma forma mais adequada o seu posicionamento face aos temas maiores onde a dissertação se enquadra; os assuntos abordados são o processo de investigação; a evolução da comunicação humana e dos respectivos meios de comunicação, a Internet (evolução e as suas características), e, finalmente, os conceitos de hipertexto e hipermédia. No contexto específico, os assuntos estão mais próximos do problema de pesquisa; as matérias abordadas são...

A Contribuição do Observatório da Imprensa como Instrumento de Crítica da Mídia no Brasil

Rocha Neto, Manoel Pereira; Barreto, Laís Karla da Silva; de Carvalho, Isabel Cristine Machado; Morais, Gabriel Rodrigues
Fonte: Revista Observatório Publicador: Revista Observatório
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 26/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.94%
O presente artigo visa analisar a contribuição do Observatório da Imprensa, um dos principais instrumentos de Crítica da Mídia no Brasil. Observatório foi originalmente desenvolvido pelo Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (LabJor) da Universidade de Campinas (Unicamp/SP), fundado, em 1996, e organizado como uma entidade civil, não-governamental, não-corporativa e não-partidária. Para a realização desta pesquisa desenvolvemos uma pesquisa exploratória por meio de uma revisão da literatura sobre a crítica da mídia e a trajetória do Observatório, observando também o conteúdo do site. Podemos concluir que o Observatório é um fórum permanente, no qual os usuários da mídia - leitores, ouvintes, telespectadores e internautas- podem manifestar suas opiniões sobre a atuação da mídia no Brasil.PALAVRAS-CHAVE: Crítica da Mídia, Imprensa, Jornalismo. ABSTRACTThis article aims to analyze the contribution of the Press Centre, one of the main tools of media criticism in Brazil. Observatory was originally developed by the Laboratory for Advanced Journalism Studies (Labjor), University of Campinas (UNICAMP / SP),. founded in 1996 and organized as a civil non-governmental non-corporate entity, and non-partisan. For this research we developed an exploratory research through a literature review on the media criticism and the history of the Observatory...