Página 1 dos resultados de 1833 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Imigração em Portugal e a comunidade angolana

Monteiro, Bento Miguel
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
A investigação foi organizada em três capítulos. O primeiro capítulo corresponde à análise teórica da temática da inserção dos imigrantes e das minorias étnicas essencialmente com base numa análise bibliográfica. Procurou-se, por um lado, apresentar os modelos teóricos mais frequentemente adoptados pelos Estados face à imigração e, por outro, identificar os principais tipos de factores que intervêm no processo de adaptação dos imigrantes ao país de acolhimento. Procedeu-se, por fim, a uma particularização desta teoria ao caso dos seus descendentes. No segundo capítulo analisa-se as politica de imigração seguidas por Portugal e a legislação nacional relativa a imigrantes e estrangeiros. Esta investigação privilegiou questões que mais directamente estão ligadas com o grupo em estudo-os descendentes de imigrantes e as minorias étnicas. É de referir que a legislação e as políticas, directa ou indirectamente relacionadas com a imigração e minorias étnicas, desenvolvidas por um estudo revelam muito sobre o seu posicionamento teórico face a estas matérias. Ao nível legislativo prestou-se especial atenção à questão da aquisição da nacionalidade portuguesa e à lei da imigração ou seja à regulação da entrada...

Imigração e identidade: processos que se cruzam

Pimentel, Paula Cristina Teixeira
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2006 POR
Relevância na Pesquisa
37.25%
Dissertação de Mestrado em Relações Interculturais apresentada à Universidade Aberta; Este trabalho consiste numa dissertação de Mestrado em Relações Interculturais e tem como tema: Imigração e Identidade – Processos que se Cruzam, com o objectivo de compreender a acção de Imigrantes Ucranianos no desenho e condução do seu projecto migratório à saída do país de origem e à chegada ao país de acolhimento, com base na visão interpretativa da realidade do ponto de vista dos próprios. Antes da explicitação do conteúdo das partes que integram este trabalho, interessa referir que a Introdução apresenta de uma forma geral em que consiste este estudo. Justifica-se o tema; apresenta-se o objectivo; o objecto; o método; a conclusão ultima que resultou da análise dos resultados e uma sinopse acerca da revisão bibliográfica no âmbito do tema da imigração e da identidade. Relativamente à sua estrutura, este trabalho de investigação integra três partes, que se apresentam: A primeira parte apresenta a delimitação conceptual e teórica, integrando a mesma três sub-pontos. No primeiro sub-ponto, e porque nos cingimos à problemática da imigração internacional, é apresentada uma elaboração acerca das teorias das migrações internacionais. O segundo sub-ponto...

Em busca de braços fecundantes: política, economia e preconceito no discurso da imprensa mineira sobre a imigração (1888-1898); Em Busca de Braços Fecundantes: política, economia e preconceito no discurso da imprensa mineira sobre a imigração (1888-1898)

Greco, Angelo Antonio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.19%
A imprensa foi e é um meio de tentativa de influências, principalmente em termos políticos. E a imigração, durante o século XIX, foi um tema que gerou grandes discussões nos jornais. Em Minas Gerais isto aconteceu com bastante intensidade. Os gastos do governo mineiro com a introdução de estrangeiros também foram altos. É interessante notar que Minas possuía a maior população do Brasil no período, com elevado número de trabalhadores livres e ex-escravos. O objetivo da dissertação é, então, observar as publicações da imprensa mineira a respeito da imigração, compreendendo o seu sentido em um local com disponibilidade de trabalhadores e de que forma elas visavam difundir interesses de grupos políticos que os periódicos representavam. Para isso, foram selecionados os jornais Correio de Minas e O Pharol, ambos de Juiz de Fora, cidade escolhida por ser a principal de Minas na época e centro da uma das regiões econômicas mais ricas do Brasil, graças principalmente à cafeicultura. O primeiro jornal era extremo defensor da República recém instaurada e pertencia a Estevam de Oliveira, fiscal do primeiro distrito de imigração do Estado e, portanto, um entusiasta da introdução de estrangeiros. O segundo criticava o novo regime de governo...

As políticas de imigração dos Estados Unidos: Entre o ativismo restricionista e o paradigma de enforcement imigratório contemporâneo; Immigration politics from United States: between restrictionist activism the migratory enforcement paradigm contemporary

Amaral Junior, Wellington Gontijo do
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.25%
O principal objetivo deste trabalho é compreender a dinâmica que promoveu uma possível securitização da imigração nos Estados Unidos após 2001. Para tanto, procuramos identificar e analisar as mudanças na formulação, orientação e condução da política de imigração nos Estados Unidos a partir da ótica do enforcement imigratório e das legislações de imigração, enfatizando a atuação dos grupos restricionistas para a evolução dessa política. Defendemos que a colocação da imigração como uma questão de segurança no pós-11 de setembro está inserida dentro de um processo mais amplo e resgata o papel importante do ativismo restricionista em especial, do nativismo - na promoção de conteúdos hostis ao imigrante. Além de ser fruto de uma trajetória de demonização do imigrante identificada desde o século XIX, o cenário pós-11 de setembro marca a consolidação da escalada do controle imigratório em curso desde finais dos anos 1980. Na conclusão, utilizamos parte do arcabouço teórico sobre segurança desenvolvido pela Escola de Copenhague para testar a hipótese proposta inicialmente, procurando também apontar os perigos concernentes ao alargamento do conceito de segurança e à produção de modelos de política imigratória como o norteamericano que...

O Estado-Nação e a migração internacional de trabalhadores : uma reflexão sobre a imigração argelina na França

Mahlke, Helisane
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
A importância da imigração no cenário internacional é grande não só pelo volume do atual fluxo migratório, mas também, pelo forte impacto sócioeconômico e cultural que causa nas sociedades envolvidas. Além disto, fenômenos transnacionais, como a imigração, trazem uma série de discussões acerca do papel que deve assumir o Estado no atual cenário internacional globalizado, pois questiona a atuação do mesmo a partir de sua base, ou seja, o exercício da soberania sobre seu território. Esta discussão se faz presente em um momento histórico em que a permeabilidade das fronteiras dos países e o impacto que acontecimentos externos exercem sobre a política interna de um país, demonstram existir uma discrepância entre a origem transnacional de determinados problemas e a capacidade que o Estado tem de resolvê-los internamente. Este estudo reflete sobre as transformações pelas quais o Estado-Nação atravessa nos dias de hoje, analisando o papel do fluxo migratório de mão-de-obra como um dos agentes que contribuem para a construção da identidade do Estado. Assim, partindo do princípio de que há uma modificação nas condições de soberania e territorialidade no atual sistema internacional, discute-se qual seria a postura política mais adequada ao Estado na administração da imigração. Para ilustrar como a imigração influencia as preferências do Estado...

A securitização Européia da imigração ilegal na fronteira Marrocos-Espanha

Pimentel, Caroline Carvalho
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
Dominada durante a Guerra Fria pelas dinâmicas de segurança determinadas pelo conflito bipolar, a Europa Ocidental experimentou uma guinada nas dinâmicas de securitização no cenário pós-muro de Berlim consubstanciada pelo surgimento da concepção de novas ameaças integrantes do novo panorama de segurança da União Européia. Uma teia difusa de problemas começou a ser objeto de discursos legitimadores de políticas de emergência que alçaram o topo da agenda no campo da Cooperação européia em Justiça e Assuntos Internos numa Europa Ocidental sem fronteiras internas, conforme os Acordos de Schengen. Assim, começou a ter espaço o redimensionamento da noção de segurança na Europa e uma europeanização da segurança nacional que se traduziu no aprofundamento da cooperação securitária interna. A imigração, como elemento integrante do campo de Justiça e Assuntos Internos, conheceu essa transformação em problema de segurança a partir da década de 1980. O fenômeno pode ser claramente observado nas fronteiras que separam Espanha do Norte da África, em especial o Marrocos. A porosidade das fronteiras espanholas, despreparadas para lidar com o fenômeno da imigração, provocou um aumento progressivo na entrada de marroquinos no país durante os anos 1980...

Imigração ilegal nos Estados Unidos : uma análise; Imigração ilegal nos Estados Unidos : uma análise conjuntural a partir de uma perspectiva histórica

Cunha, Filipe Brum
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
Um dos grandes problemas enfrentados pelos Estados Unidos hoje é a imigração ilegal. O país é a principal potência econômica de um mundo em que há uma grande diversidade de condições de vida entre os Estados ricos e os pobres. Desta maneira, a situação americana desperta o interesse em pessoas de diversos países de viver nos Estados Unidos com a expectativa de melhorar de vida. Muitos, contudo, não conseguem fazer isto de maneira legal, optando, então, por meios ilegais de entrar no território americano. O trabalho realiza uma análise deste tipo de migração. Inicia-se por um histórico da imigração ilegal no país, tratando desde as primeiras leis sobre nacionalização até os anos 2000. Faz-se também um levantamento da situação atual da migração, explorando a questão do subdesenvolvimento como fator fundamental na decisão de migrar. O trabalho discorre ainda a respeito dos primeiros anos da gestão do presidente Barack Obama no referente à imigração ilegal, bem como os recentes acontecimentos envolvendo o tema – notadamente, a lei SB 1070 do estado do Arizona.; One of the biggest problems faced by the United States today is illegal immigration. The country is the main political and economic power of a world in which there is a great diversity of life conditions between rich and poor States. Thus...

Imigração e médicos italianos em São Paulo na primeira república

Salles, Maria do Rosário R.; Santos, Luiz A. de Castro
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.25%
A imigração européia para a região sudeste do país, que foi responsável pela introdução da mão-de-obra assalariada, para atender às necessidades da cultura cafeeira, nas últimas décadas do século XIX e primeiras do século XX, tem sido suficientemente estudada pela historiografia da imigração. O que tem sido explorado em menor grau, é a inter-relação entre a imigração e a reforma sanitária que ocorreu no período. O estado de São Paulo, particularmente, foi palco de uma triste história de imigrantes italianos chegados e expostos à virulência das epidemias. Esse foi o ponto de partida para o início do movimento de reforma da saúde pública. Os fazendeiros consideravam a imigração uma necessidade vital para a economia cafeeira, havendo um consenso bastante forte entre as elites e o governo da necessidade de mostrar ao mundo que o Brasil estava disposto a combater sua má reputação em matéria de saúde pública. O pensamento reformista e a ação elegeramos imigrantes como principal alvo da política de saúde. Desta forma, o presente trabalho apresenta dados sobre essas ações e discute a maneira como os países estrangeiros – particularmente a Itália – enviaram ao Brasil agentes e inspetores, médicos...

Discurso e poder na política de imigração brasileira

Radhay, Rachael Anneliese
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
37.37%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Línguas Clássicas e Vernácula, 2006.; A relação entre o discurso e o poder na política de imigração brasileira é complexa, pois se trata de várias redes interligadas. Existe a esfera pública dos representantes de imigração do Estado e, ao mesmo tempo, existem os mundos de imigrantes. Nesse sentido, o discurso da imigração pertence à prática institucional e também ao mundo pessoal do(a) imigrante. Portanto, há percepções distintas da imigração. Essas percepções pressupõem relações e redes de poder, naturalizadas e construídas no discurso da imigração. Desse modo, nesta pesquisa procurou-se examinar a política de imigração brasileira em relação ao discurso e o poder. Com base em Fairclough (1999; 2003) e Wodak et al (1999), a pesquisa examinou como os elementos lingüísticos tais como nominalizações, escolhas pronominais, e processos que contribuem para construir pressupostos no discurso da imigração. Esses pressupostos servem para constituir argumentos que fortalecem a hegemonia do Estado em que o(a) imigrante é construído ora como ameaça à segurança nacional, ora como ameaça à mão-de-obra brasileira. Ao mesmo tempo...

Configurações da imigração e integração na sociedade de acolhimento : 1990-2007

Marinho, Elsa Clara Monteiro
Fonte: Porto : [Edição de Autor] Publicador: Porto : [Edição de Autor]
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
Nesta investigação abordam-se as configurações da imigração e suas variadas formas de integração na sociedade portuguesa. Num primeiro eixo tratam-se as questões de maior relevo com que os Estados se deparam hoje em dia no âmbito da imigração, nomeadamente as questões da segurança e do controle sobre as migrações. Por outro lado referem-se os estudos pioneiros sobre a imigração estabelecendo uma comparação entre teorias originais relativas a este campo e as teorias neo-clássicas modernas. Num segundo eixo relevam-se as questões políticas relativas à imigração. Para percebermos as dinâmicas dos temas políticos que foram abordados nos últimos anos em Portugal, referenciam-se vários autores portugueses que exprimem a sua opinião sobre os fluxos migratórios, nomeadamente questões relativas ao direito dos imigrantes enquanto pessoas, a sua participação política em Portugal e a possibilidade de obterem a nacionalidade portuguesa. Um segundo e último tema a abordar, relativamente às questões políticas, refer-se às principais medidas legislativas tomadas pelo Governo Português desde o início dos anos 90 até ao ano de 2007. Com esta análise pretendeu-se aferir as vantagens e direitos que os imigrantes foram adquirindo com as sucessivas mudanças à lei de imigração. Um terceiro e último eixo encontra-se sub-dividido em duas partes. Numa primeira parte estão expostos discursos de diversas figuras da sociedade que se questionam sobre vários problemas afectos aos fluxos migratórios...

Imigração da Europa de Leste no Minho : um estudo sociológico; Eastern Europe immigration in Minho : a sociological study

Ribeiro, Rui Alexandre Barreira
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.25%
Dissertação de mestrado em Sociologia (área de especialização em Desenvolvimento e Políticas Sociais); Nas últimas décadas, tem vindo a crescer o número de imigrantes em Portugal, contribuindo assim, para o crescimento de uma sociedade multicultural. Desses grupos, os imigrantes oriundos da Europa de Leste são o segundo mais numeroso a residir no nosso país. O fluxo da imigração do leste europeu em Portugal iniciou-se no final dos anos de 1990 do século passado e primeiros anos de 2000, período, aliás, onde a maior vaga de imigração deste grupo ocorreu. Foi, também, precisamente neste período em que foram implementadas reformas nas políticas de imigração portuguesas, no sentido de apoiar e facilitar a integração social de imigrantes. Com o decorrer dos anos, verifica-se que as oportunidades socio-laborais, que o mercado de trabalho português tinha prometido, no início da imigração, aos imigrantes de leste, modificou-se de forma generalizada. A situação de crise económica e financeira que Portugal enfrenta, teve, desde o início, grande impacto em vários estratos sociais e os grupos de imigrantes foram dos primeiros a sofrer os efeitos. Esta dissertação pretende compreender o percurso migratório...

Imigração e modelo gravitacional:evidência em Portugal

Costa, Isabel Maria Pereira Castro Rodrigo da
Fonte: Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 03/07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.25%
Dissertação, Mestrado, Gestão Pública, Instituto Politécnico de Santarém, Escola Superior de Gestão e Tecnologia, 2012; Esta investigação visa analisar o impacto da imigração no comércio bilateral entre Portugal e os países da UE 27 e os BRIC’s (Brasil, Rússia, Índia e China), avaliando até que ponto a imigração contribui para a diferenciação de produtos. Para concretização desta investigação iremos utilizar dados em painel, para o período de 2000 a 2010. A desagregação do comércio intra-sectorial horizontal e vertical é efectuada através da metodologia de Kandogan (2003) aplicado ao índice de Grubel e Lloyd (1975). A metodologia a utilizar será o modelo gravitacional onde se procurou testar o efeito da imigração no comércio bilateral. Em termos de variáveis independentes salientamos, o stock de imigração, a dimensão das economias, a distância geográfica, a diferença do rendimento per capita e as dotações de factores. Os resultados obtidos mostram que a imigração permite a redução dos custos de transacção, estando positivamente correlacionada com o comércio bilateral.

País de emigração ou país de imigração? : Mudança e continuidade no regime migratório em Portugal

Peixoto, João
Fonte: ISEG - SOCIUS Publicador: ISEG - SOCIUS
Tipo: Outros
Publicado em //2004 POR
Relevância na Pesquisa
37.25%
Durante muito tempo um país de emigração, Portugal viu-se confrontado, nas últimas décadas, com a nova realidade da imigração. A ideia de que o país se tornou um "país de imigração" foi anunciada em livro, pela primeira vez, no início dos anos 90. Algumas pesquisas posteriores acerca da reanimação e manutenção de fluxos emigratorios para o estrangeiro, ocorridos entre meados dos anos 80 e meados dos anos 90, vieram mitigar a versão unilateral da imigração. Porém, com o tempo, tanto a pesquisa científica como a opinião pública se têm de novo concentrado no fenómeno das entradas, esquecendo os sinais ainda visíveis da emigração, ou remetendo-os para o nível de comunidades já consolidadas. Este texto pretende discutir a actual situação de Portugal no panorama das migrações internacionais ou, sob outra perspectiva, as mudanças e continuidades no regime migratório português. São examinados, em primeiro lugar, os números disponíveis acerca da emigração nos últimos anos. São revistos, em segundo lugar, os principais dados conhecidos acerca da imigração estrangeira em Portugal. A comparação entre os fluxos é efectuada, tendo em vista uma avaliação da sua importância quantitativa e a compreensão dos seus mecanismos explicativos. É defendida a ideia de que existem razões estruturais que levam a que Portugal seja...

A investigação sobre imigração e etnicidade em Portugal: tendências, vazios e propostas

Machado, F. L.; Azevedo, J.
Fonte: ACIDI - Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, IP Publicador: ACIDI - Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, IP
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
47.03%
Este texto faz um balanço geral da produção científica sobre imigração e etnicidade em Portugal entre 2000 e 2008, identifica vazios e sugere linhas de investigação futuras. Aborda sucessivamente os seguintes pontos: quanto se estuda, porque se estuda tanto e quando se estuda? O que se estuda, em termos de temas e grupos? Quem estuda o quê? Como se estuda? O que não se estuda, devia estudar e porquê?

As fronteiras de Nord-pas-de-Calais: um estudo de campo sobre a securitização da imigração na França

Silva, Amanda Carolina da
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
Dissertação submetida como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Migrações Internacionais; A presente tese tem como objetivo analisar as políticas migratórias da França pelo prisma da teoria da securitização da imigração. Esta corrente teórica é proveniente da escola crítica de estudos da segurança, e possui como conceitos centrais segurança, ameaça, borders e boundaries. A securitização observa que a imigração é conceitualizada como uma fonte de insegurança para a comunidade política, por isso as fronteiras são erguidas para a proteção dos autóctones, onde discursos políticos (contra a imigração) e políticas migratórias (restritivas) são convergentes. As políticas de imigração e integração francesas são orientadas pelo modelo republicano universalista. A natureza deste modelo proporciona um problema estrutural para a implementação de políticas às minorias, que juntamente com os discursos políticos, contra a imigração, proporcionaram o aumento do nacionalismo. Existe uma facilidade de converter os refugiados em uma fonte de insegurança devido à concorrência entre segurança humana e segurança nacional. Os refugiados estão na gray zone das políticas migratórias...

A política de imigração europeia : instrumento da luta anti-terrorista?

Ferreira, Susana Raquel de Sousa
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /03/2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.32%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ciência Política e Relações Internacionais; A crescente importância das migrações internacionais na cena internacional traduziu-se no desenvolvimento de uma política europeia de imigração comum. A UE procura construir esta política numa base compreensiva, que tem como principais vertentes a imigração legal e ilegal, as relações com países terceiros e a integração dos migrantes. Os ataques terroristas de Nova Iorque em 2001 e, mais tarde, em Madrid e Londres, ao surgirem como ameaça transnacional, são muitas vezes associados às migrações e, de modo especial, à imigração. Neste contexto, a UE procura criar uma área de liberdade, segurança e justiça, ao qual são centrais a luta anti-terrorista e a política de imigração comum. Tendo por base o estudo da relação imigração-segurança, das novas percepções de segurança e do próprio conceito de securitização, este trabalho procura analisar o desenvolvimento da política de imigração europeia e perceber se houve uma securitização da mesma, bem como se esta é instrumento da segurança europeia.

Imigração e segurança em Cabo Verde: o papel da Direcção de Estrangeiros e Fronteiras

Veiga, Eugénio Nasolino Alves da
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /07/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ciência Política e Relações Internacionais - Especialização em Globalização e Ambiente.; Esta investigação insere-se na temática da Globalização e das Migrações Internacionais, tendo como pano de fundo a problemática da imigração vs segurança em Cabo Verde. O objectivo geral deste trabalho prende-se com o conhecimento das políticas de imigração e o papel da Direcção de Estrangeiros e Fronteiras (DEF) no controlo da entrada e permanência de estrangeiros em Cabo Verde. Para concretização deste objectivo, foi desenvolvido um trabalho de campo em Cabo Verde, socorrendo-se de entrevistas formais e informais, bem como de inquéritos aplicados aos imigrantes. Os resultados foram armazenados numa base de dados informática com recurso a folha de cálculo de Excel. A investigação permitiu afirmar que actualmente as migrações internacionais constituem uma das prioridades no quadro da agenda política internacional, tanto pelo seu volume quanto pelos crimes que arrastam consigo. As migrações implicam deslocação de pessoas, cujas assimetrias culturais são susceptíveis de, nalguns casos, traduzir em obstáculos à sua integração nas sociedades de acolhimento. O contexto imigratório cabo-verdiano não foge há regra. Por conseguinte...

A imigração polonesa para São Paulo no pós-Segunda Guerra Mundial no quadro das entradas dos "deslocados de guerra": 1947 a 1951

Bastos,Sênia; Salles,Maria do Rosário Rolfsen
Fonte: Associação Brasileira de Estudos Populacionais Publicador: Associação Brasileira de Estudos Populacionais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.25%
O presente trabalho se insere no âmbito da história social da imigração para São Paulo, focalizando especificamente o período comumente classificado como a retomada da imigração, no pós-Segunda Guerra Mundial, quando as entradas se dividem basicamente em dois momentos: 1947-1951, com o apoio da Organização Internacional das Migrações (OIR); e 1952-1980, com o apoio do Comitê Intergovernamental para as Migrações Europeias (Cime). O estudo enfoca a nacionalidade polonesa no quadro da imigração dos chamados "deslocados de guerra", provenientes dos campos de refugiados da Alemanha e da Áustria. Com base na documentação do Memorial do Imigrante, sistematizada em um banco de dados, e nos artigos publicados na Revista de Imigração e Colonização (RIC), procura-se contextualizar a discussão do período, sobre a necessidade e conveniência ou não da entrada desses imigrantes deslocados que foram introduzidos graças a acordos entre o Brasil e a OIR, além de traçar o perfil desses imigrantes, que formavam o maior grupo entre as nacionalidades entradas no período. O foco na imigração polonesa do pós-guerra ressalta a especificidade desse fluxo, cujo perfil se diferencia das levas anteriores num contexto marcado...

Imigração aos Estados Unidos da América : análise histórica e tendências no início do século XXI

Cunha, Filipe Brum
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.32%
A imigração aos Estados Unidos se tornou um dos maiores fenômenos globais durante o sécu-lo XX. Alguns fatores, entretanto, estariam indicando que, especialmente a partir da crise e-conômica de 2008, os fluxos migratórios ao país norte-americano poderiam estar diminuindo. Este trabalho busca analisar tal movimento recente de imigração aos Estados Unidos à luz do histórico das políticas migratórias adotadas no país, partindo da hipótese de que a aparente redução da imigração aos Estados Unidos se trata de uma questão temporária. Inicialmente, é examinado o histórico da imigração aos Estados Unidos desde os primeiros imigrantes do país até a década de 1970, em que são abordados os principais acontecimentos históricos desta fase e sua influência na imigração, com destaque às políticas migratórias adotadas no período. A seguir, analisa-se a maneira como os índices migratórios se elevaram fortemente ao final do século XX. São debatidos os motivos que levaram a este aumento e a forma como os Estados Unidos lidaram com a questão. Por fim, o trabalho aborda alguns fatores da década de 2000 que poderiam estar causando uma redução nos índices migratórios aos Estados Unidos. São eles a crise econômica de 2008; o aumento da segurança da fronteira americana com o Méxi-co; as políticas migratórias do final dos anos 2000 (com destaque à proposta da reforma do sistema migratório de Barack Obama e a lei SB 1070 do estado americano do Arizona); e as condições internas de alguns dos países de origem dos migrantes (México...

Imigração, 'Crimigração' e Crime Violento - Os Reclusos Condenados e as Representações sobre Imigração e Crime

Guia, Maria João
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.25%
As migrações, sendo movimentos de pessoas que se deslocam em determinada altura no tempo, procurando outros destinos, implicam alterações sociais, culturais e comportamentais e envolvem a transposição das heranças histórico-culturais dos migrantes para as sociedades dos países de acolhimento. Em Portugal, a imigração tornou-se mais visível a partir do início do século XXI, com os programas de regularização extraordinária de estrangeiros. Em outros países, de maior tradição migratória, e em que os estudos sobre imigração e crime trouxeram visões antagónicas sobre uma eventual correlação entre ambas variáveis, foram implementadas políticas que restringiram o acesso dos migrantes a direitos de cidadania. O exemplo mais paradigmático vem dos EUA, onde foram implementadas as políticas públicas da ‘Crimigração’, que fizeram convergir a aplicação do Direito Criminal e da Lei de Imigração ao serviço da exclusão dos imigrantes, quer através da segregação pela sua condenação e reclusão, quer pelo afastamento dos indivíduos daquele país. Procurei verificar a existência de políticas e práticas crimigratórias em Portugal, tendo verificado, pelo contrário, que Portugal se destaca como um dos países com mais medidas de integração de imigrantes...