Página 1 dos resultados de 1067 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

A ilustração na literatura para jovens: a imagem do outro

Tomé, Maria da Conceição; Bastos, Glória
Fonte: CIEC- Centro de Investigação em Estudos da Criança da Universidade do Minho Publicador: CIEC- Centro de Investigação em Estudos da Criança da Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
O estudo da imagem do Outro e a sua representação na literatura juvenil reveste-se de crucial importância tendo em conta a função de socialização cultural que a literatura assume. A literatura é, neste contexto, de alguma forma mediadora, porque permite o encontro dos leitores jovens com o Outro e o confronto com outras culturas, tornando-se relevante analisar as figurações que estão a ser veiculadas nas produções literárias portuguesas de potencial recepção juvenil. Nestas produções literárias, texto e ilustração, de forma inquestionavelmente estreita, cumprem funções importantes, ambos contribuindo para a figuração do Outro e de diferentes formas de viver e de pensar. Os leitores, em formação, apreendem pelas palavras, mas também pelas imagens, as representações que moldarão, de alguma forma, a tomada de consciência e o conhecimento social do Outro. Pretende-se, nesta comunicação, analisar o papel que a ilustração assume nas obras de potencial recepção juvenil no que diz respeito à construção da imagem do Outro, em particular a partir dos romances de aventuras e mistério de maior sucesso entre os leitores. Embora a ilustração tenha nesses livros uma posição por vezes marginal em relação ao texto...

Ilustração brasileira (1854-1855) e a ilustração luso-brasileira (1856, 1858, 1859): uma contribuição para o estudo da imprensa literária em língua portuguesa; 'Ilustração Brasileira' (1854-1855) and 'A Ilustração Luso-Brasileira' (1856, 1858,1859): a contribution to the study of the literary press in Portuguese language

Sant'Anna, Benedita de Cássia Lima
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.61%
A tese intitulada "Ilustração Brasileira (1854-1855) e A Ilustração Luso- Brasileira (1856, 1858, 1859): uma contribuição para o estudo da imprensa literária em língua portuguesa" teve por objetivo demonstrar que, no Brasil, a imprensa de ilustração foi inaugurada com a publicação da Ilustração Brasileira, visto que nenhuma publicação anterior deu tamanho destaque e foco especial ao "modelo de ilustração" quanto ela, o que pôde ser confirmado a partir do exame de periódicos brasileiros que a antecederam. Provou também que a publicação da revista A Ilustração Luso- Brasileira (1856, 1858, 1859) veio na esteira de uma tradição da imprensa ilustrada lusitana em ascensão. Discutiu ainda a relevância destas duas ilustrações para o estudo das literaturas românticas de Portugal e do Brasil, bem como a participação de cada uma no processo de desenvolvimento da imprensa literária e ilustrada em seus respectivos países. Traz, em volume separado, um índice por categorias de análise dos textos publicados em cada uma das revistas.; This dissertation entitled "Ilustração Brasileira (1854-1855) and A Ilustração Luso-Brasileira (1856, 1858, 1859): a contribution to the study of the literary press in Portuguese language" was carried out to demonstrate that...

Traduzindo com imagens: a imagem como reescritura, a ilustração como tradução; Translating with images: the image as rewriting, the illustration as translation

Pereira, Nilce Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.26%
Este estudo combina as áreas de Teoria da Tradução e Estudos da Imagem, propondo a análise da ilustração literária como um tipo de tradução (intersemiótica) do texto, nos livros ilustrados. Para tanto, a ilustração é primeiramente visualizada na sua relação com a literatura. São discutidos os tipos de associação em que a imagem pode incorrer com o texto, a maneira como os elementos imagéticos são utilizados na construção significativa, os princípios que regem a representação visual e a função da ilustração no livro ilustrado, para que se possam estabelecer os parâmetros para a sua consideração como tradução. Desse modo, na parte intermediária do estudo, as ilustrações são visualizadas essencialmente na condição de tradução e são sugeridos os fundamentos que a estabelecem como tal e as principais maneiras por meio das quais podem traduzir o texto. Na parte final, os resultados são aplicados às ilustrações em obras traduzidas do corpus de pesquisa, selecionadas entre os clássicos ilustrados da literatura em língua inglesa.; This study involves the fields of translation studies and visual studies, suggesting an analysis of book illustration as a form of (intersemiotic) translation of the text in illustrated books. Firstly...

Harry Clarke e a literatura: da pintura em vitrais à ilustração de livros

Takeuchi, Teresa Midori
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 289 f. : il. + 1 CD-ROM
POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Artes - IA; Esta pesquisa consiste na análise do aspecto literário na produção artística do artesão e artista irlandês do início do século XX, Harry Clarke, e a sua habilidade em lidar com suportes diferenciados ao interpretar plasticamente obras literárias; inicialmente com a pintura em vitrais e, depois, com a ilustração de livros, sem abandonar o trabalho com os vitrais. Partindo do pressuposto de que o artista não é apenas um artesão especializado, mas comprometido com os novos desafios que a sociedade contemporânea apresenta, este texto objetiva apreciar alguns conteúdos que permitam o diálogo próximo entre pintura e poesia, ilustração e diferentes gêneros de obras literárias clássicas, reforçando a idéia de que as artes plásticas e as artes gráficas, interagindo com o texto literário, é um exercício para a leitura do mundo de maneira significativa e ao mesmo tempo lúdica.; This research involves the analysis of the literary’s aspects of artistic production of the Irish artist and craftsman of the early twentieth century, Harry Clarke, and his ability to deal with different media to interpret plastically literary works; initially with the stained glass and then with the illustration of books...

Poesia infantil e ilustração : estudo sobre Ou isto ou aquilo de Cecilia Meireles

Luis Hellmeister de Camargo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/08/1998 PT
Relevância na Pesquisa
37.44%
Esta dissertação estuda a relação entre texto e ilustração, mais especificamente entre poesia infantil e ilustração, através da análise de três poemas do livro Ou Isto ou aquilo, de Cecilia Meireles, e suas respectivas ilustrações, em cinco diferentes edições. Inicialmente, situa o livro Ou isto ou aquilo no contexto da poesia infantil no Brasil e discute idéias sobre ilustração veiculadas a partir de 1891. Para o estudo da ilustração, propõe os seguintes conceitos: as funções da imagem, a denotação e a conotação, e a retórica da imagem; propondo, para o estudo da relação entre texto e ilustração, o conceito de coerência intersemiótica. Analisa os poemas "Colar de Carolina", ..o Mosquito Escreve" e "Ou Isto ou Aquilo", destacando aspectos relativos à visualidade, ao trânsito de motivos na obra ceciliana (não só poética) e às estratégias para estimular a empatia do leitor-alvo, a criança. Segue-se, a cada poema, a análise de suas respectivas ilustrações e o estudo comparativo das ilustrações para um mesmo poema. Conclui que o referencial teórico proposto pode ser útil para a compreensão da relação entre texto e ilustração; Not informed

A ilustração nas publicações periódicas portuguesas : 1820-1850

Mesquita, João Carlos de Vilhena e César
Fonte: Porto : [Edição de Autor] Publicador: Porto : [Edição de Autor]
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
Esta dissertação reune um levantamento exaustivo das publicações periódicas portuguesas no espaço cronológico compreendido entre 1820 e 1850, onde se estudou a ilustração, respectivas temáticas, artistas, locais de produção e distribuição geográfica. As publicações periódicas que mais ilustração apresentam são as de caracter literário. Os processos de gravar mais comuns são a litografia e a xilogravura. Constata-se grande disparidade entre Lisboa, que se assumiu como principal centro produtor e de criação artística, e o resto do país.

A ilustração enquanto processo e pensamento: autoria e interpretação

Quental, Joana Maria Ferreira Pacheco
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.47%
A ilustração como expressão, cumprindo o desígnio de comunicar visualmente, é reveladora de um modo específico de processo e pensamento. E pelo facto desse modo se constituir a partir do sentido implícito (do que não é dito), exigindo para se manifestar a participação cognitiva e afectiva do ilustrador, revela marcas de subjectividade e de poética portadoras de soluções narrativas, gráficas e plásticas originais. Essa transmutação entre as linguagens verbal e visual está impregnada de experiências, memórias e conhecimento; de tudo aquilo, enfim, que pelo corpo é percebido e sentido. Por isso se entende que configura, necessariamente, algo novo, já que não existem dois seres organicamente iguais. Tem-se como objectivo desta tese, reflectir sobre a ilustração ficcional enquanto construção de um autor na interpretação do texto de um outro, querendo, deste modo, contribuir para a afirmação do que é hoje a ilustração. Pretende-se, neste percurso, compreender os desígnios que cumpre a ilustração na actualidade e explicar o seu protagonismo no contexto presente do design de comunicação; quer-se ainda evidenciar que a prática da ilustração contamina ou influencia a prática do projecto de design; e que...

As letras capitulares na ilustração dos livros infantis em Portugal, nos séculos XIX e XX

Oliveira, Rosa Maria; Caetano, João Manuel
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
O presente trabalho tem por objecto o desenho de letras capitulares (ou capitais) nos textos destinados às crianças desde finais do século XIX até meados da década de 1970 e insere-se no âmbito da investigação em curso sobre a ilustração infanto-juvenil em Portugal. Longe de ser um estudo conclusivo sobre a matéria, o que propomos é um olhar descomprometido sobre certas particularidades (visuais e gráficas) assumidas por estes caracteres no contexto das obras infantis, algumas das quais são peças fundamentais da literatura infanto-juvenil em língua portuguesa. Os exemplos seleccionados (cerca de cinquenta) resultaram da escolha feita com base num leque muito alargado de publicações, entre jornais, revistas e livros, tendo em conta diversos géneros e formatos - do conto tradicional ao romance de aventuras, da revista em fascículo ao álbum ilustrado. Em termos metodológicos, optámos por uma exposição não cronológica dos exemplos, mas sim focalizada em aspectos formais e estéticos dos elementos em estudo. Optámos pela apresentação integral da página onde aqueles elementos foram impressos. Num primeiro momento, verificamos que a utilização das letras capitulares (pelo menos, no caso das obras destinadas à infância) não decorre de uma intencionalidade artística precisa...

Instrução e economia: as ideias económicas no discurso da ilustração portuguesa (1746-1820)

Vaz, Francisco António Lourenço
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
"Sem resumo feito pelo autor"; O ponto de partida para este trabalho foram os estudos efectuados no âmbito do Mestrado de História Cultural e Política, que culminaram com a apresentação de uma dissertação em 1993. Além de querer dar continuidade à nossa investigação, tal como dissemos no plano apresentado, pretendíamos também abordar uma nova temática, ainda que dentro da vertente pedagógica do movimento das Luzes. Deste modo, centramos a nossa pesquisa no estudo das ideias económicas na transição do século XVIII para o século XIX, tentando ver como a nossa Ilustração conjugou Instrução e Economia. Com a nossa pesquisa sobre as ideias pedagógicas, tendo como suporte documental a obra de Bento Farinha, constatamos que o movimento das Luzes provocou em Portugal, à semelhança do que aconteceu por toda a Europa, um intenso debate e confronto de ideias em todos os domínios do conhecimento. Nos países católicos a Ilustração procurou integrar "as novas ideias" na tradição, reconhecendo que razão e fé não eram antagónicas, ou que ciência e religião deviam e podiam coabitar. As Luzes assumiram, deste modo, um pendor nitidamente pedagógico e reformista: a instrução, entendida como ensino e divulgação...

Ilustração : diálogo entre arte e educação

Oliveira, Mónica; Silva, Brigite
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
37.34%
A ilustração atual desempenha um papel vital na construção da cultura visual, tendo adquirido uma preponderância através da pluralidade de imagens, temas, estilos, formas de representar que incitam a novas formas de interpretar e refletir visualmente o mundo em que vivemos. Na atualidade, o livro ilustrado, como meio de comunicação artística, torna-se um objeto educativo incontornável, quer pelo valor das experiências precoces que a capacidade da imagem proporciona à criança permitindo criar e recriar o mundo através dos sentidos, quer por colocar a criança como recetora da sua própria cultura, usufruindo assim do tempo em que vive, quer ainda pelo impacto visual das formas de representação, com influências da arte contemporânea, que possibilitam o desenvolvimento da sua sensibilidade estética e da sua representação gráfica. A ampliação do conceito artístico subjacente à ilustração atual produz efeitos presentes com impactos futuros na educação das crianças. Esta investigação pretende lançar novos olhares sobre a importância da ilustração atual enquanto recurso educativo multidisciplinar e inovador e perceber de que forma na educação pré-escolar se tem vindo a utilizar e potenciar a ilustração como recurso educativo.

Efeitos da ilustração do livro de literatura infantil no processo de leitura

Ramos,Flávia Brocchetto; Nunes,Marília Forgearini
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.34%
O livro de literatura infantil pode ser caracterizado pela presença da ilustração associada à palavra. No entanto, avaliar se essa ilustração possui um valor artístico-estético que, no processo de leitura, amplia as possibilidades de construção de sentido ou, se o trabalho do ilustrador serve somente para dar cor e forma ao verbal sem agregar-lhe sentido, são dúvidas que podem surgir na análise desse tipo de texto, diante da diversidade de obras infantis. Esse estudo busca responder a essa questão a partir da descrição e análise da capa de duas edições - publicadas em 1991 e 2003 - da obra Ah, cambaxirra se eu pudesse..., um conto popular adaptado por Ana Maria Machado, e ilustrado por Gerson Conforto e Graça Lima respectivamente. A partir dessa análise discutem-se os conceitos de arte e estética (CROCE, 2001; FIORIN, 1999; HUISMAN, 1994), bem como o processo de leitura a partir da relação ilustrador-leitor sob a perspectiva da experiência da leitura mediada (ISER, 1979) e da semiótica (GREIMAS; FONTANILLE, 1993; GREIMAS, 2002). Ao final, procura-se apontar caminhos para responder à pergunta que originou esse estudo, de modo que a ilustração do livro infantil seja avaliada a partir da construção de sentido decorrente da relação leitor-texto no processo de leitura da ilustração.

A revista e a propaganda: o projeto político-cultural do Estado Novo nas páginas da Ilustração Brasileira

Silva, Geanne Paula de Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.47%
Tomando a revista Ilustração Brasileira, especialmente as 104 primeiras edições de sua terceira fase de publicações — maio de 1935 a janeiro de 1944 ―, como fonte e, ao mesmo tempo, como objeto privilegiado de pesquisa, este estudo tem como principal objetivo examinar a propaganda política do Estado Novo brasileiro veiculada nas páginas do referido periódico. Ao privilegiar esse conteúdo propagandístico, a revista Ilustração Brasileira se apresenta como fonte de pesquisa, como o vestígio que tornará possível a construção de um conhecimento histórico acerca do período denominado Estado Novo na história do Brasil. À medida que se toma a própria revista como peça de investigação, ela torna-se também objeto de pesquisa. Nessa perspectiva, examino o conteúdo de propaganda política ― textos e imagens ―, buscando mostrar como apareceu formatado, nas páginas da Ilustração Brasileira, o projeto político-cultural estado-novista. Ao mesmo tempo, tomo a própria revista como objeto de estudo ― sua trajetória, projeto(s) gráfico(s), materialidade ―, na tentativa de evidenciar o lugar ocupado por essa publicação na história da imprensa ilustrada brasileira e no interior do projeto político-cultural do Estado Novo. ___________________________________________________________________________ ABSTRACT; Taking the magazine Ilustracao Brasileira...

Páginas singulares: propagandas de cigarro na revista Ilustração Brasileira

Lopes, Lara
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
Esse trabalho tem como objetivo analisar a construção das propagandas de cigarro que foram publicadas na revista Ilustração Brasileira. São páginas singulares, compostas de fotografias de mulheres segurando um cigarro e textos que tendem a associar o ato de fumar à beleza, à elegância e à “modernidade”. Ainda que promovam claramente o cigarro, nessas páginas não há menção a marcas ou anunciantes, fazendo com que se tornem parte integrante da revista, como qualquer outra seção, com periodicidade regular e formatação constante. Sendo assim, pretende-se compreender a construção dessas páginas através de duas vertentes: a relação entre a propaganda publicada na revista e o anunciante e a propaganda enquanto linguagem que busca instituir hábitos, gestos e atitudes por meio da integração entre textos e imagens. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT; This study aims to analyze the construction of cigarette advertisements that were published in Ilustração Brasileira magazine. These singular pages contains photographs of women holding a cigarette and texts that tend to associate the act of smoking to beauty, elegance and "modernity." Although they clearly promote cigarette...

Ilustrar-me : ilustração como meio de descoberta da expressão emocional

Maurício, Cláudia Helena Santos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
A acompanhar o desenvolvimento tecnológico atual na área editorial, assistimos a uma grande variedade de estilos de ilustrações. Considerando a ilustração infantil uma forma de expressão gráfica que acompanha e integra o desenvolvimento da personalidade da criança, interessou abordar esta temática, no âmbito de uma turma do 12º ano de escolaridade, de uma Escola Secundária do distrito de Aveiro, na disciplina de Expressão Plástica. O objeto deste estudo prende-se com a análise da importância na expressão artística, da identidade pessoal e das emoções e, como estas podem influenciar o trabalho da autoria. Paralelamente estudou-se a relação da narrativa oral com a narrativa visual. A metodologia da presente investigação teve início com uma pesquisa das referências bibliográficas pertinentes para o seu desenvolvimento. Optou-se por uma investigação qualitativa, cujos dados emergiram do trabalho prático realizado pelas alunas e da elaboração de dois questionários. Os questionários permitiram-nos aferir as referências às quais as alunas recorrem para comunicar visualmente, assim como analisar se as alunas foram influenciadas pelas emoções implícitas na narrativa oral dos seus contos infantis. Considerando as hipóteses de investigação e a abordagem metodológica utilizada...

A escultura ao serviço da ilustração científica. E a sua importância na comunicação das ciências

Guerreiro, Cláudia Pereira da Cruz Carvalho
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.34%
Em Portugal, o conceito de escultura científica é ainda ignorado, e embora a ilustração científica portuguesa seja já uma referência a nível mundial, a escultura científica tem ainda um longo caminho a percorrer. A dificuldade e os custos que a escultura acarreta provocam, nas artes plásticas, uma menor produção nesta área do que nas áreas de expressão bidimensional. Na vertente científica as razões não serão diferentes, sendo ainda acrescidas das dificuldades próprias desta técnica e de aquisição de materiais específicos, que têm muitas vezes que ser importados. Numa lógica de tridimensionalidade, vigente nos museus mais importantes do mundo, urge um despertar para a escultura também nos museus portugueses. Pensar a escultura científica como uma disciplina, será pois, objectivo desta tese. Hoje em dia a escultura científica está muito próxima das técnicas utilizadas no hiperrealismo, no entanto as preocupações são as mesmas da ilustração científica, ao contrário do hiper-realismo que apenas se dedica a fins artísticos. Por seu lado, a escultura científica deverá/poderá ser encontrada em museus de conhecimento científico, sejam de história natural, ciências naturais ou de outra ordem, servindo...

Leituras iluminadas: a promoção da leitura através da ilustração

Santos, Cláudia Sofia de Azevedo
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
O projeto “Leituras Iluminadas: a promoção da leitura através da ilustração” visa a promoção da leitura através da exploração (do texto e da imagem) consciencializando conhecimentos, em diversas áreas do saber, através da criação de produções plásticas. Considerando que uma boa leitura depende da compreensão do leitor, torna-se necessário construir um caminho que leve a criança à exploração e interpretação da informação contida nas suas leituras. Deste modo, a ilustração conquistou um vasto território, na atualidade, sendo fundamental que se percecione esta nova forma de ilustrar, para que as leituras sejam mais ricas e proporcionem um maior conhecimento nos leitores. Com a intenção de suscitar o gosto pela leitura, o presente projeto propôs um conjunto de momentos, debruçando-se numa exploração verbal e visual que culminaram com atividades plásticas. Estas atividades desenvolvem na criança estímulos variados que poderão facilitar uma fluidez de pensamento, estimulando a comunicação visual e a sensibilidade estética (Fróis, 2000). Também o desenvolvimento desta vertente educacional suscita na criança um novo olhar, orientando uma nova forma de ler e extrair informação que estas possam conter. A leitura de um livro já não se prende unicamente com a descodificação do significado das palavras...

Revista Sketch: ilustração em Brasília

Silva, Pedro Henrique de Sousa
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.34%
Este trabalho trata da criação e produção de uma revista sobre os ilustradores de Brasília – Revista Sketch. Na parte teórica, são observados alguns dos principais elementos que compõem o processo de produção gráfica, entre eles: tipografia, cor, forma e grid. São abordados também, o conceito de ilustração, seus tipos e técnicas, percebendo em quais situações são melhores empregadas. Na parte do produto, são colocados em prática os conceitos pesquisados no referencial teórico, realizando, assim a criação do projeto gráfico. Como conteúdo, a revista traz ilustrações dos artistas convidados, além de suas opiniões sobre o atual cenário da ilustração em Brasília. Traz também uma entrevista com Tiago Palma, dono do estúdio Bananazoo Design, que conta um pouco das suas experiências e conhecimentos na área da ilustração. O desenvolvimento desse trabalho possibilitou o contato com vários estilos e técnicas novas de ilustração e por meio do contato com ilustradores, além de permitir o exercício da diagramação, da paginação e do fechamento do arquivo para impressão. Esse projeto foi feito com o intuito de, futuramente, ser encaminhado para concursos abertos em editais públicos que possibilitem...

A ilustração narrativa: contando histórias com desenhos

Nazário, Camila Niero
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.26%
Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado para obtenção do grau de Bacharel no Curso de Artes Visuais da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; Quais as possibilidades de imaginação do espectador a partir de uma narrativa em desenho? Esta é a pergunta que deu origem a esta pesquisa. O seu objetivo é investigar a imaginação e suas possibilidades manifestadas em textos, que por sua vez tiveram suas origens a partir da observação de uma série de desenhos. Para a concretização do trabalho, foi feito um levantamento bibliográfico sobre arte, desenho ilustração e imaginação. Também foi realizada uma pesquisa de campo com um grupo com cerca de 20 pessoas, onde foi pedido que cada uma escrevesse uma história sobre os desenhos que compõem a minha obra. Além de produzir a obra que foi utilizada na oficina, outro objetivo deste TCC é o de ampliar os conceitos de desenho e ilustração. Os textos foram analisados e relacionados aos assuntos do referencial teórico. Assim pude perceber como se dá a leitura de imagens, e a importância de uma ilustração feita não somente com a intenção de decorar o texto, mas também estimular a imaginação para que o leitor vá além do que lhe é apresentado e crie suas próprias narrativas.

CASIMIRO DE ABREU: COLABORADOR D’A ILUSTRAÇÃO LUSOBRASILEIRA (1856); CASIMIRO DE ABREU: COLABORADOR D’A ILUSTRAÇÃO LUSOBRASILEIRA (1856)

Sant’Anna, Benedita de Cássia Lima
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/05/2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.34%
; A ILUSTRAÇÃO LUSO-BRASILEIRA (LISBON: 1859, 1858, 1859) IS THE PUBLICATION OF A JOURNAL IN PORTUGUESE IN WHICH CASSIMIRO DE ABREU OFFICIALLY BEGINS HIS LITERARY PRODUCTION AND, CONSEQUENTLY, ONE OF THE MAGAZINES WHICH MADE VIABLE HIS RECOGNITION AS ONE OF THE MOST WELL-KNOWN AND APPRECIATED BRAZILIAN POETS OF HIS TIME. IN THE PAPER “CASSIMIRO DE ABREU: COLLABORATOR OF “A ILUSTRAÇÃO LUSO-BRASILEIRA” WE PONDER ON THE COLLABORATION SENT BY THE BRAZILIAN POET TO THE EDITORIAL STAFF OF THAT PORTUGUESE MAGAZINE DURING 1856.

Miguel Covarrubias and Andrés Guevara: Cubism influences in the editorial illustration of the beginning of the XX century; Miguel Covarrubias e Andrés Guevara: a influência do cubismo na ilustração editorial do início do século XX

Bueno, Daniel; Universidade de São Paulo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 13/06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.34%
This article is dedicated to the analysis of the contributions of cubism for the editorial illustration of the early twentieth century. To this end, opted for a particular moment represented by the beginning of the career of Mexican illustrator and caricaturist Miguel Covarrubias in the American market in the early 1920, and by the beginning of the work of the Illustrator and caricaturist Andrés Guevara Paraguayan in Brazil around the same time. The text aims to address the issue of the influences and connections between modern artistic avant-garde of the beginning of the last century and the commercial art - customized works created for the publishing  market - of caricature and illustration: which would be the magnitude of this exchange of graphical information; which are the contributions to the illustration field; and what are the differences between the production of the avant-garde and the works of illustration influenced by them. It intends, too, to reflect about the peculiarities of the design for the editorial market, guided – often - by the hybrid artists and clients interests.; http://dx.doi.org/10.5007/2175-7917.2014v19n1p175Este artigo dedica-se à análise das contribuições do Cubismo para a ilustração editorial do começo do século XX. Para tanto...