Página 1 dos resultados de 4693 itens digitais encontrados em 0.008 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Universidade Federal de Pernambuco

Ideologia e direito: uma pesquisa empírica sobre a Associação Juízes para a Democracia

de Melo Freitas, Lorena; Luciano Góis de Oliveira, José (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.09%
A AJD (Associação Juízes para a Democracia), movimento existente dentro do judiciário brasileiro, é nosso objeto de estudo com o fim de perceber se as idéias defendidas pela a AJD identificam-na com um movimento ideológico ou utópico nos termos de Karl Mannheim. A questão maior que impulsionou tal pesquisa foi a discussão da ideologia no direito, que se pode concentrar em torno do questionamento sobre a existência de ideologia na magistratura. Como delimitações o primeiro corte epistemológico foi quanto à ideologia, assim, o referencial teórico foi Karl Mannheim que didaticamente refina o trato do termo separando-o em dois âmbitos: a ideologia e a utopia. Outro corte foi quanto ao trato do objeto empírico, pois não era o objetivo discutir a ideologia na magistratura como um todo, mas pensar a problemática da ideologia no direito focando na magistratura que, por sua vez, foi também restringida com a AJD - PE. A dissertação, numa primeira parte, trata teoricamente do termo ideologia, seu desenvolvimento semântico para se entender as bases que influenciaram o sentido trabalhado por Mannheim. Após histórico da AJD passa-se a problematizar alguns dos seus propósitos. Estas questões críticas levantadas embasam a tese de que...

Globalização e ideologia: uma análise sobre a dimensão ideológica do processo de globalização

Lúcia Augusto Chaves, Helena; Salete Barbosa Cavalcanti, Josefa (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.06%
Esta tese trata do tema da ideologia no contexto da globalização, a partir de discussão teórica sobre os termos ideologia e globalização. O construto metodológico baseia-se na análise de discursos e o corpus da pesquisa constitui-se de reportagens sobre globalização, extraídas do Jornal Folha de São Paulo, referente ao período compreendido entre 1995 e 2004. O tratamento teórico dado ao tema limita-se ao âmbito de abordagem das Ciências Sociais e visa repensar a questão da ideologia na contemporaneidade, desde a sua importância teórica ao seu potencial analítico. Articulando globalização, ideologia e discurso no processo de investigação e análise, o entendimento de ideologia, como uma prática que se entrelaça às demais práticas sociais, constitui um dos pressupostos adotados e conduz a abordagem conceitual dada ao termo globalização, considerando seus principais aspectos conceituais, quais sejam o tecnológico, o político, o econômico, o cultural e o social. Este tratamento tem como objetivo demonstrar que a ideologia não se localiza em um espaço definido da estrutura social, posto que se configura nas práticas sociais, cuja expressão discursiva é ressaltada na construção conceitual do termo globalização. A identificação da característica da inevitabilidade atribuída ao processo de globalização e verificada no tratamento conceitual do termo é o elemento demonstrativo da construção ideológica presente nesse processo. Dos principais resultados obtidos...