Página 1 dos resultados de 4693 itens digitais encontrados em 0.016 segundos

A "obra" da ideologia e a ideologia na obra de Claude Lefort; The "work" of ideology and ideology in the work of Claude Lefort

Schevisbiski, Renata Schlumberger
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
Esta tese realiza uma investigação da obra de Claude Lefort (1924-2010), com o objetivo de mostrar que a ideologia é central no entendimento, tanto do seu pensamento, como de sua teoria da democracia. Pressupõe-se que a ideologia não é simplesmente um objeto privilegiado de interpretação em seus escritos, pois o seu pensamento, seu trabalho sobre a obra de Maquiavel e de Marx, suas teorizações a respeito da democracia e do totalitarismo, fundamentam-se neste movimento de desvelar o significado das representações ideológicas, das certezas. Por meio da ideologia, podemos compreender o estatuto de seu discurso, o qual interroga e sabe ser habitado por ela, ao mesmo tempo que dela não se distancia e, estando nela enredado, busca a constância de uma interrogação acerca de seu conteúdo latente e das denegações por ela proferidas. Considera-se, por conseguinte, que, contrário a todo ponto de vista de certeza, o pensamento de Lefort aponta para uma reflexão sobre as ambiguidades da democracia, preocupando-se com aquilo que há de paradoxal nesta forma de sociedade e que a faz passar para o totalitarismo. Esta tese está estruturada em duas linhas de discussão: a primeira delas procura compreender a obra da ideologia na obra de Lefort...

Capitalismo tardio e ideologia: transformação qualitativa das formas de controle

Crocco, Fábio Luiz Tezini
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 126 f.
POR
Relevância na Pesquisa
37.09%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Filosofia - FFC; Este trabalho pretende analisar aspectos específicos da transformação da ideologia, elaborada inicialmente por Karl Marx em relação à abordagem promovida posteriormente no século XX pela Teoria Crítica. O trabalho está dividido em dois momentos, inicialmente analisamos a fundamentação e elaboração do conceito de ideologia na teoria marxiana. Procuramos analisar conjuntamente os principais pensamentos que influenciaram a teoria de Marx a fim de mergulharmos em suas reflexões sobre a ideologia. A ideologia é central em toda sua obra e possui várias implicações conceituais. Durante sua vida e produção, Marx abordou este conceito de formas distintas, provocando, em seu percurso teórico, diferentes leituras. A primeira parte será destinada ao estudo da concepção marxista tradicional sobre o conceito de ideologia e, posteriormente, sua elaboração na teoria da reificação de Lukács, em que são aprofundados certos questionamentos da teoria marxiana e possibilitadas novas abordagens da realidade social. O segundo momento deste trabalho consiste na elaboração e análise do conceito de ideologia para a Teoria Crítica...

A filosofia da linguagem de V. Voloshinov e o conceito de ideologia

Narzetti, Claudiana
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.03%
Este trabalho trata da concepção de ideologia que atravessa e constitui a filosofia da linguagem de V. Voloshinov, um dos membros do Círculo de Bakhtin. Ele tem por objetivo lançar novas luzes sobre alguns pontos complexos e delicados da concepção global de ideologia sustentada por Voloshinov, acerca dos quais os estudiosos do grupo russo ainda não chegaram a uma definição ou a um consenso. A exposição se organiza em torno de três pontos: 1) a ideologia enquanto elemento estrutural da sociedade; 2) a ideologia enquanto campo dos signos; 3) a ideologia enquanto representações do real. A reflexão centra-se nas formulações nas quais Voloshinov avança com base naquilo que suas fontes teóricas já haviam proposto, principalmente no que tange à articulação da ideologia com a linguagem. Espera-se que o trabalho possa chamar a atenção para a importância de uma recuperação desse conceito e de sua articulação com outros formulados ao longo da trajetória teórica do Círculo de Bakhtin, como o de diálogo, com vistas a um enriquecimento cada vez maior dos trabalhos de análise do discurso de orientação bakhtiniana.

De um discurso que não fosse ideologia : contribuições para uma teoria lacaniana da ideologia; On a discourse that might not be ideology : notes for a lacanian theory of ideology

Luigi Barichello
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
Este trabalho tem por objetivo observar a relação entre discurso e ideologia a partir da possibilidade de leitura e desnaturalização do axioma que assevera que "todo discurso é ideológico". A existência de tal axioma reafirma a coextensão da ideologia a todas as esferas do cotidiano, até mesmo à possibilidade de negação do referido axioma (a qual, em si, já seria portanto igualmente ideológica). Tal consideração e escopo podem vir a suscitar a crença de que já que lidamos apenas com ficções simbólicas e nunca com a "realidade ela mesma", poderíamos abrir mão, assim, da própria crítica da ideologia. Essa afirmação totalizante é então interpelada nesse trabalho como forma de se atualizar a pertinência e alcance da leitura e crítica da ideologia, propondo-se uma análise atravessada pela psicanálise de orientação lacaniana, tendo por objetivo sublinhar a importância e validade daquilo que "falha" na articulação significante. E, ousamos dizer, na própria interpelação ideológica. Ao registro da ideologia, então, é aproximada a noção de fantasia oriunda da teoria psicanalítica, cuja possibilidade de vínculo fora proposta pelo filósofo esloveno Slavoj ¿i¿ek. Por vislumbrar o [des]encontro do efeito e produto da cadeia significante - respectivamente o sujeito e o objeto - o matema da fantasia se mostra frutífero em uma leitura da ideologia que tencione fazer comparecer à teorização não apenas o jogo significante...

Ideologia e Serviço Social

Silva, Sabrina Aparecida da
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 89 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Serviço Social.; Este Trabalho de Conclusão de Curso tem como tema um estudo teórico da categoria ideologia a partir das principais matrizes do conhecimento no âmbito das ciências humanas e sociais e sua importância para o Serviço Social. Os objetivos foram: a) realizar um mapeamento bibliográfico acerca da categoria da ideologia nas principais matrizes do conhecimento; b) estudar a concepção da ideologia a partir de Marx e de Gramsci buscando identificar o caminho de ‘conservação/superação’ que ocorre entre todos os autores clássicos e c) estabelecer a importância do estudo da ideologia para o Serviço Social. Esse é um estudo bibliográfico e exploratório. Os procedimentos metodológicos adotados constaram de levantamento bibliográfico das principais concepções acerca da ideologia, principalmente nos estudos de Karl Marx e de Antonio Gramsci situados na perspectiva crítico-dialética. A importância desse estudo para o Serviço Social centra-se na sua contribuição tanto em relação ao fortalecimento do estatuto teórico do Serviço Social, quanto na qualificação das ações políticas e práticointerventivas que a profissão é desafiada a construir em resposta às manifestações das expressões da “questão social” na realidade brasileira contemporânea.

Fé e ideologia na compreensão psicológica da pessoa

Amatuzzi,Mauro Martins
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.03%
Estudo teórico que visa discutir fé e ideologia como dimensões psicológicas da pessoa influenciando sua ação. Segue os caminhos de uma reflexão fenomenológica sobre a experiência. Fé e ideologia aparecem como dimensões complementares e não opostas. A fé diz respeito à ligação com os fins visados mas não ainda experimentados, e a ideologia diz respeito à visão de mundo conseqüente a essa ligação com os fins. São examinados diversos âmbitos da experiência de processo: o individual, o de grupo, o social, o ecológico e o universal. Fé e ideologia manifestam-se em todos os âmbitos. A fé se torna religiosa, implicita ou explicitamente, quando se faz experiência da indagação pelo significado último. Daí se segue também uma ideologia abrangente. Ambas terão influência sobre todos os demais âmbitos da experiência. A psicologia não pode desconsiderar os estados da fé e da ideologia se quiser ser um conhecimento do humano.

A ideologia em Althusser e Laclau: diálogos (im)pertinentes

Motta,Luiz Eduardo; Serra,Carlos Henrique Aguiar
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.06%
A teoria política de Ernesto Laclau é uma das principais referências no campo da Ciência Política ao debate sobre o populismo e a democracia contemporânea, além de sua contribuição ao conceito de ideologia e na análise de discurso. Contudo, os estudos sobre este autor não têm explorado a influência do marxismo, sobretudo de Louis Althusser, em sua obra. O objetivo deste trabalho é resgatar essa influência e apontar o diálogo entre esses dois autores, tendo como elo os conceitos (que possuem certa ligação com a psicanálise de Lacan) de ideologia e sobredeterminação, além da questão da contingência que se tornou um dos aspectos mais relevantes na obra de ambos os autores a partir da década de 1980. Para compreendermos a contribuição de Althusser e Laclau ao conceito de ideologia, analisamos dois eixos: (i) o primeiro trata da inovação que Althusser dá a esse conceito ao situá-lo no plano das relações imaginárias e na definição de sujeito descentrado; (ii) em seguida, a contribuição de Laclau a partir dos pressupostos althusserianos, dando uma nova definição à ideologia populista-nacionalista, e a redefinição de sua teoria ao privilegiar o conceito de discurso em substituição ao de ideologia. Na conclusão apontamos que o conceito de ideologia de Althusser demonstra ter mais precisão conceitual por ser definido como uma prática articulada a outras práticas distintamente da concepção discursiva (e reducionista) defendida posteriormente por Laclau. Percebemos...

A filosofia da linguagem de V. Voloshinov e o conceito de ideologia

Narzetti,Claudiana
Fonte: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Publicador: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.03%
Este trabalho trata da concepção de ideologia que atravessa e constitui a filosofia da linguagem de V. Voloshinov, um dos membros do Círculo de Bakhtin. Ele tem por objetivo lançar novas luzes sobre alguns pontos complexos e delicados da concepção global de ideologia sustentada por Voloshinov, acerca dos quais os estudiosos do grupo russo ainda não chegaram a uma definição ou a um consenso. A exposição se organiza em torno de três pontos: 1) a ideologia enquanto elemento estrutural da sociedade; 2) a ideologia enquanto campo dos signos; 3) a ideologia enquanto representações do real. A reflexão centra-se nas formulações nas quais Voloshinov avança com base naquilo que suas fontes teóricas já haviam proposto, principalmente no que tange à articulação da ideologia com a linguagem. Espera-se que o trabalho possa chamar a atenção para a importância de uma recuperação desse conceito e de sua articulação com outros formulados ao longo da trajetória teórica do Círculo de Bakhtin, como o de diálogo, com vistas a um enriquecimento cada vez maior dos trabalhos de análise do discurso de orientação bakhtiniana.

Ideologia e direito: uma pesquisa empírica sobre a Associação Juízes para a Democracia

de Melo Freitas, Lorena; Luciano Góis de Oliveira, José (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.09%
A AJD (Associação Juízes para a Democracia), movimento existente dentro do judiciário brasileiro, é nosso objeto de estudo com o fim de perceber se as idéias defendidas pela a AJD identificam-na com um movimento ideológico ou utópico nos termos de Karl Mannheim. A questão maior que impulsionou tal pesquisa foi a discussão da ideologia no direito, que se pode concentrar em torno do questionamento sobre a existência de ideologia na magistratura. Como delimitações o primeiro corte epistemológico foi quanto à ideologia, assim, o referencial teórico foi Karl Mannheim que didaticamente refina o trato do termo separando-o em dois âmbitos: a ideologia e a utopia. Outro corte foi quanto ao trato do objeto empírico, pois não era o objetivo discutir a ideologia na magistratura como um todo, mas pensar a problemática da ideologia no direito focando na magistratura que, por sua vez, foi também restringida com a AJD - PE. A dissertação, numa primeira parte, trata teoricamente do termo ideologia, seu desenvolvimento semântico para se entender as bases que influenciaram o sentido trabalhado por Mannheim. Após histórico da AJD passa-se a problematizar alguns dos seus propósitos. Estas questões críticas levantadas embasam a tese de que...

Globalização e ideologia: uma análise sobre a dimensão ideológica do processo de globalização

Lúcia Augusto Chaves, Helena; Salete Barbosa Cavalcanti, Josefa (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.06%
Esta tese trata do tema da ideologia no contexto da globalização, a partir de discussão teórica sobre os termos ideologia e globalização. O construto metodológico baseia-se na análise de discursos e o corpus da pesquisa constitui-se de reportagens sobre globalização, extraídas do Jornal Folha de São Paulo, referente ao período compreendido entre 1995 e 2004. O tratamento teórico dado ao tema limita-se ao âmbito de abordagem das Ciências Sociais e visa repensar a questão da ideologia na contemporaneidade, desde a sua importância teórica ao seu potencial analítico. Articulando globalização, ideologia e discurso no processo de investigação e análise, o entendimento de ideologia, como uma prática que se entrelaça às demais práticas sociais, constitui um dos pressupostos adotados e conduz a abordagem conceitual dada ao termo globalização, considerando seus principais aspectos conceituais, quais sejam o tecnológico, o político, o econômico, o cultural e o social. Este tratamento tem como objetivo demonstrar que a ideologia não se localiza em um espaço definido da estrutura social, posto que se configura nas práticas sociais, cuja expressão discursiva é ressaltada na construção conceitual do termo globalização. A identificação da característica da inevitabilidade atribuída ao processo de globalização e verificada no tratamento conceitual do termo é o elemento demonstrativo da construção ideológica presente nesse processo. Dos principais resultados obtidos...

Ideologia pós-moderna e educação física: uma análise teórico-crítica

SOUZA, Luís César de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.06%
We proposed at this text to discuss the post-modern ideology as a result of the contradictions of the contemporaneous industrial society of capitalist production, and how the education is inserted on this context, and, mainly, to analyze the influence of this ideology at the physical education (based on a negative and critical theory of the established society). In that sense, this text is characterized by the theoretical-philosophical debate, which we resort to the bibliographic research in order to understand the reasons that lead the post-modern ideology to announce the crisis of the principles and values constructed along the modernity. With an idea of crisis, the post-modern ideology refuses the theories that intend to understand the reality since the dialectical relation between universality and particularity, besides to despise the historical questions that allow us to comprehend the development of the productive forces and the production relations at the industrial society as factual action of the man. We run over to some concepts of Marx and Marcuse that wanted to understand critically the industrial society and the capitalism of their time -, important elements to the reflection of the contemporaneous society, with the purpose of justifying that the actual society is not ...

A crítica da ideologia no cinema brasileiro: desengano, pragmatismo, cinismo; The critique of ideology in Brazilian cinema: disillusion pragmatism, cynicism

OLIVEIRA, Rodrigo Cássio
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Comunicação; Ciências Sociais Aplicadas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Comunicação; Ciências Sociais Aplicadas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37%
In the 1960 s, the New Brazilian Cinema questioned the import of the production model of the classic narrative movies. The rejection of the classical conventions accompanied the statement of an ideological fight against the status quo. In relationship with the nationalist left, the films thought about the critical intervention in the society. When begin the military government (1964), against the expectations of the left, the aesthetic-political project of the New Cinema have a decisive reversion. This moment is a cause of the 'disappointment films'. They revised the purposes and the difficulty of a criticism of the ideology: the conservative modernization would found the late capitalism in the Brazilian society. This work analyzes two films of the recent Brazilian cinema, O Príncipe (Ugo Giorgetti, 2002) and Cronicamente Inviável (Sérgio Bianchi, 1999), and relate them to the moment of the 'disappointment'. Reflecting the present conditions of the Brazilian social experience, the two films expose the criticism of the ideology in face of new problems: the exhausting control of the cultural industry and the cynicism of the contemporary ideology. The films discourse about the transformation of the criticism of the ideology in the Brazilian movies between the 1960's and the recent decades. Step by step...

Análise ideológica e utopia : elementos para a compreensão do conceito de ideologia de Fredric Jameson; Ideological analysis and utopia : elements to understanding the Fredric Jameson's concept of ideology

Eduardo Azanha Rangel
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/11/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.06%
Esta pesquisa busca apresentar a construção do conceito de ideologia em Fredric Jameson, discutindo as principais referências teóricas utilizadas pelo autor e as especificidades de sua análise, como a dialética da ideologia e da utopia. A partir destes objetivos, retomamos, primeiramente, a distinção entre ideologia e utopia feita por Karl Mannheim, na tentativa de pensar os conceitos em relação à sociologia enquanto prática analítica e ao historicismo enquanto método e as influências da ideologia na cognição e na epistemologia. Posteriormente, há o resgate do conceito de pós-modernismo em Jameson, com o intuito de fixarmos seu diagnóstico da contemporaneidade e refletir sobre suas relações e críticas às concepções de ideologia de Louis Althusser e Theodor Adorno. Por fim, abordaremos as principais temáticas jamesonianas relativas à ideologia, como os limites estruturais da produção simbólica, as formas de mediação entre indivíduo e sociedade e a ideologia enquanto consciência de classe, para apoiar a necessidade teórica de Jameson de fundar uma hermenêutica positiva em sua análise ideológica, a perspectiva da utopia.; The purpose of this research is to present the construction of the concept of ideology in Fredric Jameson...

Decifra-me enquanto te devoro : um estudo da ideologia como força social; Decipher me while I devour you : a study on ideology as a social force

Nara Roberta Molla da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.06%
A presente dissertação desenvolve um estudo teórico no qual se busca explicar como, segundo as proposições de Karl Marx, a ideologia pode se constituir enquanto um elemento que exerce influência no movimento das formações sociais e no decurso da história - agindo, então, como uma força social. Com a ausência de sistematização da concepção de ideologia pelo próprio Marx, procuramos responder ao nosso questionamento considerando a obra do mesmo através da unidade interna que a esta julgamos ser característica e por nós apreendida a partir do alinhamento a uma específica interpretação de seus textos. Desse modo, seguindo a tradição lukácsiana, buscamos traçar o fenômeno em contornos gerais e distinguimos a ideologia através de sua função social - mais especificamente: a ideologia diz respeito aos aspectos de organização em sociedade e emerge em meio à totalidade social conformada pela atividade humana (ou trabalho) com vistas a intervir nas questões, conflitos, impasses etc. existentes somente na vida em coletivo. Entendida sua peculiar inserção, colocamos, ao prosseguimento da discussão, que para que a ideologia efetivamente aja, é necessário que atinja os sujeitos viventes na formação social...

The Ideology of Gender in Colombian Law; La ideología de género en el derecho colombiano; A ideologia de gênero no direito colombiano

Campillo-Vélez, Beatriz Eugenia; Universidad Pontificia Bolivariana
Fonte: Universidade La Sabana Publicador: Universidade La Sabana
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
37.03%
The ideology of gender is addressed in this paper by identifying its principal tenets and risks. Several laws and sentences that have attempted to legitimize this discourse are examined by way of example, and the political strategies used to introduce the ideology of gender into the Colombian legal system are described.; Este artículo hace un acercamiento a la ideología de género al identificar sus principales postulados y peligros. Se analizan, a manera de ejemplo, algunas leyes y sentencias que han pretendido legitimar este discurso. Se ponen a disposición las estrategias políticas mediante las cuales ha entrado la ideología de género en el ordenamiento jurídico colombiano.  ; Este artigo faz uma aproximação à ideologia de gênero ao identificar seus principais postulados e perigos. analisamse, como exemplo, algumas leis e sentenças que pretenderam legitimar esse discurso. Põemse à disposição as estratégias políticas mediante as quais a ideologia de gênero tem entrado no ordenamento jurídico colombiano.

The Problem of Ideology. In Praise of Fantasies; El problema de la ideología. Elogio de las fantasías; O problema da Ideologia. Elogio das fantasias

González-Montero, Sebastián Alejandro; Universidad de La Salle
Fonte: Universidad de la Sabana Publicador: Universidad de la Sabana
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
37.03%
In regards to Ideology we redeem two issues for the formulation of the problem on political subjection, and the role that language plays on it — without reduction to the exploitation in the production and without resource of the authority legitimacy. The first issue refers to the question for an ideological interpellation, having already set the concern to characterize the effects of language. Intuition comes from the idea of ideological State’s apparatuses in the suggestion that there is a power of the language concerning the promotion of practices in individuals and groups. The theme of an ideological interpellation connects with the spectrum of procedures by which it is achieved that people reproduce socially characterized behaviors (a ritual interaction that corresponds to the way in which beliefs are ideologically furthered in the individuals that are manifested in acts). The second aspect has to do with the presumption that it is possible to narrow the difference in nature between language and reality in remission to a complex materialistic perspective. The ‘speakable’, that which can be uttered or expressed with sense and effectiveness, is located between the reality of the outside world and the inter-subjective behavior in what would be the real encounter of the individuals and the field of the words and signs that circulate among us (Ideology). It does not state that that which is speakable is exactly real...

Razão, consciência e ideologia: algumas notas; Razón, conciencia y ideologia: agunas notas; Reason, consciouness and ideology: some notes

Crochík, José Leon
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2007 POR
Relevância na Pesquisa
37.06%
O objetivo deste ensaio é apresentar algumas das relações entre os conceitos de razão, consciência e ideologia. Nele serão destacadas relações entre ideologia liberal e razão, e entre o fetichismo e a (falsa) consciência; também ser ão associadas a razão instrumental e a razão objetiva, tais como definidas por Horkheimer, respectivamente com o narcisismo e o amor objetal, conforme são compreendidos pela psicanálise. Por fim, serão discutidos três tipos de ideologia que se apresentam em nossos dias - a liberal, a tecnicista e a que se refere à mentira manifesta - e suas relações com necessidades psíquicas.; El objetivo de este análisis es presentar algunas de las relaciones entre los conceptos de razón, conciencia y ideología. En él, las relaciones entre la ideolog ía liberal, la razón, el fetichismo y la (falsa) conciencia serán discutidas; tamben son asociadas la raz ón instrumental e la razón objetiva, tales como definidas por Horkheimer (data), respectivamente con el narcisismo e con el amor objectal, conforme comprendidos pela psicoanálisis. Finalmente, son discutidos tres tipos de ideología que se presentan en nuestros días - la liberal, la tecnicista y la que se relaciona con la mentira manifiesta - y sus relaciones con las necesidades psíquicas.; The objective of this essay is to present some of the relations between the concepts of reason...

Consumerism and enjoyment: An ideology understanding between T.W. Adorno and J. Lacan; Consumismo y gozo: una comprensión de ideología entre T. W. Adorno y J. Lacan; La consommation et la jouissance: une compréhension d’idéologie entre T.W. Adorno et J. Lacan; Consumismo e gozo: uma compreensão de ideologia entre T.W. Adorno e J. Lacan

Ramos, Conrado
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.09%
This study questions the possibility of investigating relations between the cultural industry and the dynamics of the satisfaction with consumption in the contemporaneous world, based on the conception of individual taken as the particular reach of the consciousness subject affected by the unconsciousness dimension. The study proposes to redirect to the unconsciousness subject conception, which can be assigned a universality of structure and the subjection of social links to the historical objectivity. This change of focus allows to consider the imperative of enjoyment as the consumption society’s ideology: the ideology power, when losing pretension to autonomy and adapting to the material reality (Horhkeimer and Adorno), shifts from characteristic “persuation” and “self-deceiving” to a concrete and corporal dimension of compulsivity and drive. For being supported by alienating fixations of the subject, the ideology states and supports the neurotic and compulsive condition of the consumerism and the search of particular satisfaction as a norm.; Se cuestiona la posibilidad de investigar las relaciones entre la industria cultural y la dinámica de la satisfacción con el consumo en el mundo contemporáneo a partir de la concepción del individuo comprendido como ámbito particular del sujeto de la conciencia afectado por la dimensión del inconsciente. Se propone la redirección para la concepción del sujeto del inconsciente...

Teoría y crítica de la ideología en Luis Villoro

Ramírez,Mario Teodoro
Fonte: UAM, Unidad Iztapalapa, División de Ciencias Sociales y Humanidades Publicador: UAM, Unidad Iztapalapa, División de Ciencias Sociales y Humanidades
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 ES
Relevância na Pesquisa
37.03%
En este artículo se presenta una exposición sistemática del concepto de ideología que Luis Villoro construye a lo largo de su trayectoria filosófica, como base para plantear la crítica de las ideologías y la crítica de la forma-ideología en tanto tarea práctico-social del pensamiento filosófico, en particular, considerando sus relaciones con el contexto sociocultural y político del país. De esta manera, expongo 1) el concepto epistemológico de ideología trabajado por Villoro en las décadas de 1970 y 1980; 2) el concepto ético-político de ideología, desarrollado por el filósofo mexicano en la década de 1990; y 3) en retrospección, el concepto histórico-cultural de ideología, presente implícitamente en los estudios que Villoro dedicó, en los inicios de carrera intelectual (1950), al análisis histórico de la realidad de México. De esta manera, el ensayo se desarrolla en torno a, y concluye con la tesis de que, el sentido completo de la concepción y la crítica de la ideología que el filósofo mexicano propone no puede entenderse como un asunto puramente conceptual y teórico, sino que se relaciona con su postura como pensador comprometido con la problemática social y política de nuestro país.

La ideología y su inserción / proyección en el discurso pedagógico no teórico

VALDIVIESO ARCAY,Eyra
Fonte: Escuela de Educación, Facultad de Humanidades y Educación, Universidad Central de Venezuela Publicador: Escuela de Educación, Facultad de Humanidades y Educación, Universidad Central de Venezuela
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2004 ES
Relevância na Pesquisa
37.03%
El artículo presenta un trabajo de investigación en el que se plantea la relación de interdependencia o la relación dialéctica entre Ideología y el Discurso Pedagógico No Teórico. El objetivo de esta investigación tiene una doble vertiente. Por un lado está la exploración y aproximación a un concepto de Ideología, mediante la revisión de algunos autores clásicos y actuales que tratan este concepto. Por el otro lado, observar cómo lo ideológico se proyecta en el campo particular del discurso pedagógico, es decir, corroborar cómo la ideología moldea y orienta el discurso. Solamente un análisis crítico y detallado fundamentado en categorías de análisis y en criterios previos establecidos pone al descubierto la Ideología que subyace en los discursos pedagógicos. Sobre todo, es interesante percibir cómo la Ideología del autor del discurso se hace presente en los enunciados que él plantea, bien sea para criticar, para argumentar o para hacer propuestas. Es necesario aclarar que la aceptación de un enfoque, de una perspectiva, de una postura, significa una opción y un compromiso que es ideológico en sí mismo. Se examina un grupo de autores reconocidos en el área del lenguaje como vehículo social y también en el campo de la ideología; todo lo cual apoya el estudio que nos guía. Entendemos por Discurso Pedagógico No-Teórico aquel tipo de pensamiento del ser humano...