Página 1 dos resultados de 431 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Análise dos índices de produtividade pecuária exigidos pelo INCRA para as microrregiões de Avaré e Bragança Paulista, e sua relação com relevo; Analysis of the cattle productivity rates demanded by INCRA for the Microregions of Avaré and Bragança Paulista, and its relation with the relief

Castanho, Leonardo Rodrigues Arruda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.38%
Este trabalho é um estudo comparativo entre as Microrregiões de Avaré e Bragança Paulista, duas regiões do Estado de São Paulo situadas em diferentes unidades geomorfológicas, mas com iguais exigências de produtividade pecuária pelo INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária). Tem como objetivo verificar se estes índices de produtividade pecuária são compatíveis com a potencialidade agropecuária das regiões, definida por suas características físicas, particularmente o relevo. A presença de índices de produtividade não apropriados às características das terras pode penalizar os produtores rurais, que muitas vezes não tem como atingir o grau de produtividade exigido pelo Governo, ou, por outro lado, pode causar graves problemas sócio-econômicos, possibilitando a presença de áreas improdutivas que poderiam ser desapropriadas para a criação de assentamentos rurais de trabalhadores sem-terra.; This work is a comparative study between the Microregions of Avaré and Bragança Paulista, two regions in the State of São Paulo located in different geomorfological units, but with the same productivity demanded from INCRA (The National Institute of Colonization and Agrarian Reform). Its objective is to verify if these rates of cattle productivity are compatible with the potencial in terms of cattle and agriculture of the regions...

A comunicação pública face ao dever estatal de informar. Pra não dizer que não falei das flores: estudo de caso do Incra-SP

Koçouski, Marina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.21%
Esta dissertação toma como ponto de partida o conceito de comunicação pública, ainda em desenvolvimento no Brasil, em diálogo com autores estrangeiros (França, Itália e Colômbia) e nacionais, para destacar, dentre os possíveis agentes de comunicação pública, o próprio Estado, uma vez que este tem o dever de informar (art. 5º, inciso XXXIII da CF) e de dar publicidade a seus atos. Com isso, alia Direito e Sociologia aos estudos da comunicação, em conformidade com dois princípios constitucionais da administração pública brasileira: a publicidade e a impessoalidade (art. 37). Este estudo constata que, a partir da redemocratização brasileira, houve uma transição, no âmbito do Estado, do conceito de "comunicação governamental", entendida aqui como aquela voltada à construção da imagem de governos e governantes, para a comunicação pública, que é aquela cujo olhar volta-se aos interesses da coletividade, auxiliando no acesso e conhecimento das políticas públicas, no acompanhamento da aplicação dos recursos públicos e na garantia de maior participação da sociedade nos assuntos do Estado. Assim, a partir de um estudo de caso - a Superintendência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária de São Paulo (Incra-SP) -...

Execução de levantamento georreferenciado para certificação no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária - INCRA

Pinho, Cristiano Brum
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.38%
A regularização fundiária no Brasil e no mundo é de vital importância para o desenvolvimento da sociedade e do próprio indivíduo, o qual utiliza a terra, muita vezes, para o seu sustento. Determinar a quem pertence cada fração de terra, rural ou urbana, depende de várias etapas, principalmente do levantamento do imóvel e análise da documentação. Os métodos de levantamento evoluíram significativamente nas últimas décadas, de um simples teodolito, passando por estações totais com leitura sem prismas e robóticas, até o uso de satélites artificiais para determinar as coordenadas dos vértices definidores dos limites dos imóveis. Com a introdução de novas tecnologias também surgiram novas regulamentações, exigindo o aperfeiçoamento técnico dos profissionais envolvidos na regularização fundiária e a introdução de novos profissionais no mercado de trabalho. Para regulamentar o levantamento de imóveis rurais surgiu a Norma Técnica para Georreferenciamento de Imóveis Rurais, primeira edição em novembro de 2003 e na segunda edição, publicada em março de 2010, que trata dos procedimentos técnicos que devem ser seguidos para garantir a precisão mínima dos vértices de cada imóvel levantado. O presente trabalho abordará os procedimentos envolvidos na 2ª edição da referida norma...

Clientelismo e brokerage na reforma agrária : a ascensão das novas elites

Mello, Paulo Freire
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.73%
O assentamento Viamão, localizado no município de mesmo nome, foi o local escolhido para compreender as estratégias de ascensão social de determinados grupos de assentados. Partimos da hipótese de que o espaço de mediação entre o INCRA e os assentamentos está permeado de relações do tipo patrão-cliente, o que possibilita o controle dos recursos públicos por parte do segmento dos assentados que dirigem ou estão vinculados ao MST e, com isso, promovem a ascensão de uma elite política nos assentamentos, com os correlatos prejuízos por parte daqueles que não se enquadram às novas hierarquias. Para dar conta desta tarefa, acompanhamos o desenrolar das ações dos mediadores e as disputas internas pelo controle dos recursos públicos (terra, água para irrigação do arroz, recursos financeiros e até a possibilidade de definição daqueles que devem ser ou não punidos pelo INCRA, órgãos de controle e justiça) entre as duas principais facções internas. Para além das vicissitudes típicas de assentamentos brasileiros, este contou com algumas peculiaridades – grande presença de várzeas, ausência de demarcação por logo período e limitações relacionadas à presença de reservas ambientais – que conformaram uma fraca institucionalização interna e contribuíram para engendrar modos de vida adaptativos. O principal deles foi representado por uma combinação de pluriatividade com arrendamento das várzeas para plantio do arroz por outros assentados. Este processo foi viabilizado por coalizões informais...

As práticas internas de responsabilidade ambiental em uma superintendência do INCRA

Conti, Elenice Helena Fracasso
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.21%
O Instituto de Colonização e Reforma Agrária, INCRA, ao realizar sua missão de implementar a política de reforma agrária busca assegurar-se de que os assentamentos rurais, garantam além do desenvolvimento social e econômico o ambiental, e consequentemente que os assentamentos sejam sustentáveis. Para tanto, os projetos de assentamentos prevêem várias práticas de gestão ambiental. Sendo assim é de esperar-se que os órgãos executores da reforma agrária, as Superintendências Regionais, realizem também no seu ambiente interno, práticas que traduzam a responsabilidade ambiental dos seus servidores. A questão ambiental interna de uma organização pública que tem como missão o desenvolvimento rural sustentável também tem que fazer parte de seu regimento, de seus projetos e programas. Esta pesquisa procurou identificar se as práticas de responsabilidade ambiental preconizadas pela legislação ocorrem na Superintendência Regional do Rio Grande do Sul, as que deveriam estar implantadas e sugestões para melhorar a gestão ambiental. Este estudo foi realizado por meio de uma abordagem qualitativa e exploratória com o auxílio de entrevistas e observação. Os resultados indicam que os entrevistados, de maneira geral...

Conexões e controvérsias no Incra de Marabá: o Estado como um ator heterogêneo

Castro, Camila Penna de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
37.57%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, 2013.; O tema desta tese é o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), autarquia fundiária responsável por executar políticas de reforma agrária, colonização e desenvolvimento rural no Brasil. Os objetivos iniciais da pesquisa foram compreender como o órgão trabalha, e como ele se relaciona com os movimentos sociais rurais no processo de implementação das políticas de reforma agrária. A investigação foi conduzida a partir de observação etnográfica, realizada entre outubro de 2011 e maio de 2012, na Superintendência Regional do Sul e do Sudeste do Pará (SR-27), localizada na cidade de Marabá. Com base na teoria do ator-rede (Latour, 2005), busquei traçar os agentes e as conexões que conformam a Superintendência de Marabá, intentando compreender seus efeitos para o trabalho da regional. Foi possível concluir que a SR-27 é um órgão caracterizado por grande heterogeneidade de posições e de opiniões entre seus servidores, envoltos em múltiplas conexões que atravessam seu dia a dia de trabalho – o que têm efeitos na forma pela qual as políticas são executadas. A pesquisa também revelou que o cotidiano do órgão é marcado por controvérsias em torno de temas centrais...

A contribuição para o Incra e a jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça

Camargos, Luciano Dias Bicalho
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.21%
Trata da evolução do posicionamento do STJ sobre as contribuições devidas ao Incra, defendendo a tese de que "a jurisprudência se erigiu sobre um pressuposto teórico equivocado, maculando as decisões de forma insuperável".

Intercâmbio de informações entre o Incra e os serviços notariais e registrais

Carneiro, Andrea F. T.
Fonte: Revista dos Tribunais Publicador: Revista dos Tribunais
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.38%

[Assinatura do contrato entre a FJP e o INCRA]

Autoria desconhecida
Fonte: Fundação João Pinheiro Publicador: Fundação João Pinheiro
Tipo: Fotografia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.21%
Assinatura do contrato entre a Funda????o Jo??o Pinheiro (FJP) e o Instituto Nacional de Coloniza????o e Reforma Agr??ria (INCRA), para levantamento dos recursos naturais da ??rea do Projeto Sagarana, no Vale do Urucuia. V??-se Bernard Gastelois, coordenador da equipe de fotointerpreta????o; Waltern??men Coelho dos Santos, Superintendente da Funda????o; Luis de Oliveira Castro, presidente da Funda????o Jo??o Pinheiro (FJP), e Cristiano Machado Neto do INCRA.

Reestrutura????o do Incra

Brasil. Minist??rio do Desenvolvimento Agr??rio (MDA). Instituto Nacional de Coloniza????o e Reforma Agr??ria (Incra)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Relato de Experi??ncia
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
37.38%
O Programa de reestrutura????o visa a constru????o de uma nova filosofia de gest??o para o Incra, evoluindo de uma concep????o organizacional baseada na vis??o verticalizada, com hierarquia r??gida para uma nova l??gica que incorpora a vis??o do processo, tudo isso objetivando adequar a institui????o ao atual cen??rio pol??tico, social e econ??mico do pa??s, tornando uma autarquia mais moderna, produtiva e eficiente, tendo-se em mente o atendimento ao cliente/ cidad??o com agilidade e qualidade. O novo modelo organizacional do Incra resultante do Programa de Reestrutura????o re??ne um conjunto amplo de a????es que j?? permitiram os seguintes resultados: 1 - ampla integra????o entre as ??reas, com aumento da amplitude de comando e revis??o de conceitos arcaicos decorrentes da vis??o segmentada do processo. O processo de reforma agr??ria est?? sendo visto agora como um todo, desde a obten????o da terra ?? consolida????o do Projeto de Assentamento; 2 - maior velocidade na tramita????o dos processos de reforma agr??ria; 3 - processos de trabalho simplificados reduzindo a burocracia e a dispers??o de esfor??os; N??mero de p??ginas: 8 p.; Classifica????o::Administra????o P??blica. Teoria Geral da Administra????o::Desenvolvimento Gerencial::Inova????o; Iniciativa premiada no 6?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal sob responsabilidade de Luiz Carlos Everton de Farias; A????es premiadas no 6?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal - Pr??mio H??lio Beltr??o - 2001; ??reas tem??ticas: planejamento e gest??o estrat??gica; planejamento...

A reforma agr??ria na boca do povo

Instituto Nacional de Coloniza????o e Reforma Agr??ria (Incra)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Relato de Experi??ncia
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
37.38%
A reforma agr??ria no Acre n??o ?? mais uma mera distribui????o de terras a algumas fam??lias em lugares isolados da Amaz??nia Ocidental. Reformou-se tamb??m a comunica????o. O Instituto Nacional de Coloniza????o e Reforma Agr??ria-INCRA reconheceu que n??o bastava apenas distribuir terra. Era preciso igualmente disseminar informa????o. E assim chegou A Reforma Agr??ria na Boca do Povo. Com palestras, performances, pe??as teatrais e teatro de bonecos, um grupo de servidores transp??s os muros da institui????o e invadiu escolas, igrejas, universidades, associa????es e sindicatos, divulgando a reforma agr??ria a milhares de pessoas. O p??blico alvo s??o os trabalhadores rurais com terra e sem terra e outros segmentos sociais. Durante as apresenta????es, desapropria????es, arrecada????es, assentamentos e financiamentos, de simples estat??sticas, transformam-se em criativas historinhas de humor. O objetivo do projeto, que j?? tem um ano e meio de atua????o com quase dois mil espectadores, ?? ver A Reforma Agr??ria na Boca do Povo, provocando debates, colhendo sugest??es, avaliando cr??ticas e opini??es e esclarecendo d??vidas. Enquanto reforma o ch??o, o INCRA descobre a comunica????o; N??mero de p??ginas: 4 p.; Classifica????o::Administra????o P??blica. Teoria Geral da Administra????o::Desenvolvimento Gerencial::Inova????o; Iniciativa premiada no 3?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal sob responsabilidade de Francisco Jos?? Nascimento; A????es premiadas no 3?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal - Pr??mio H??lio Beltr??o ??? 1998; ??reas tem??ticas: gest??o participativa; atendimento ao cidad??o

O INCRA com o p?? na estrada; Reforma agr??ria: o INCRA com o p?? na estrada

Brasil. Minist??rio Extraordin??rio de Pol??tica Fundi??ria. Instituto Nacional de Coloniza????o e Reforma Agr??ria (INCRA)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Relato de Experi??ncia
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
47.57%
O projeto mostra a sa??da encontrada pela Superinted??ncia Regional do INCRA para resolver o problema da conserva????o de estradas nos assentamentos do Acre. Ao inv??s de abrir licita????o para recuperar e conservar as estradas, o INCRA optou pela compra dos equipamentos necess??rios e fez parceria com o governo estadual e municipal para realizarem conjuntamente a tarefa. Com a implanta????o da experi??ncia, verificou-se uma redu????o de 90% nos custos. Outro aspecto positivo foi o engajamento dos assentados nesta atividade e a melhoria no escoamento da produ????o; N??mero de p??ginas: 1 p.; Classifica????o::Administra????o P??blica. Teoria Geral da Administra????o::Desenvolvimento Gerencial::Inova????o; Iniciativa premiada no 2?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal sob responsabilidade de Francisco Jos?? Nascimento. A????es premiadas no 2?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal ??? 1997. ??reas tem??ticas: parcerias e gest??o participativa; arranjos institucionais para coordena????o e implementa????o de pol??ticas p??blicas

A inform??tica de ???p??s no ch??o???: um suporte ?? reforma agr??ria

Brasil. Minist??rio Extraordin??rio de Pol??tica Fundi??ria. Instituto Nacional de Coloniza????o e Reforma Agr??ria (INCRA). Superintend??ncia Regional do Acre
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Relato de Experi??ncia
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
37.57%
Fazia algum tempo que o Incra via, na informatiza????o, um instrumento eficiente e eficaz para a obten????o do seu prop??sito final. Al??m disso, a Divis??o de Recursos Humanos da Superintend??ncia Regional do Incra no Acre enxergava, na informatiza????o, a oportunidade de melhorar o atendimento ao p??blico interno e externo da institui????o. Entretanto, entre os diversos obst??culos ?? generaliza????o do uso dos recursos de microinform??tica na institui????o, destacavam-se o alto custo e o tempo dispendido para o treinamento dos servidores.Para solucionar o problema, a Superintend??ncia Regional do Incra no Acre montou, em suas pr??prias instala????es, um Centro de Treinamento de Inform??tica. A iniciativa resultou no treinamento de 115 servidores no per??odo de um ano, com uma economia de custos financeiros de mais de 400%, elevado aproveitamento entre servidores que nunca tinham tido contato com computadores, surgimento de pelo menos treze novos treinadores entre os servidores, elabora????o de novas t??cnicas, que s??o incorporadas ao cotidiano de atividades do Incra, contribuindo para um padr??o de trabalho cada vez mais preciso e amplia????o do acesso ao treinamento em microinform??tica aos servidores de outros ??rg??os p??blicos na regi??o; N??mero de p??ginas: 2 p.; Classifica????o::Administra????o P??blica. Teoria Geral da Administra????o::Desenvolvimento Gerencial::Inova????o; Iniciativa premiada no 1?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal sob responsabilidade de Francisco Jos?? Nascimento e Maria do Socorro Silva. A????es premiadas no 1?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal ??? 1996. ??reas tem??ticas: capacita????o profissional e gest??o de recursos humanos;gest??o e desenvolvimento de pessoas

Estado, movimentos e reforma agrária no Brasil: reflexões a partir do Incra

Penna,Camila; Rosa,Marcelo C.
Fonte: CEDEC Publicador: CEDEC
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.49%
Neste artigo, procuramos analisar um dos actantes centrais nos processos de reivindicação por terras no Brasil contemporâneo: o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Debatendo com a literatura que analisa as relações entre Estado e movimentos sociais por meio da constituição de políticas públicas, trazemos dois estudos de caso realizados no Incra, nos estados do Pará e de Pernambuco, na última década. Em ambos, a relação entre Estado e movimentos altera a forma e o tamanho do Instituto, transformando as funções e rotinas de seus servidores. Nossa principal conclusão é de que a heterogeneidade das conexões que formam o Incra tornam o Estado permeável simultaneamente na produção, distribuição e aplicação das políticas de reforma agrária, reforçando simultaneamente o papel do Estado e dos movimentos sociais nesse processo.

O papel do INCRA na regularização dos territórios de remanescentes de quilombos

Carvalho, Ivete Guidão de
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.49%
Os descendentes de escravos, de acordo com o art. 68 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias – ADCT, possuem o direito fundamental de propriedade das terras ou territórios tradicionalmente ocupados pelas chamadas comunidades remanescentes de quilombos, também denominadas “comunidades quilombolas”. Tais comunidades são constituídas por grupo étnico formado por aqueles que se auto-definem como “quilombolas”. Além da previsão constitucional (art. 68, ADCT), a Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho (OIT) também reconhece esse direito aos remanescentes de quilombos. Para efetivação do disposto no art. 68 do ADCT, foi atribuído ao INCRA o importante papel de regularização das terras tradicionalmente ocupadas pelas comunidades de remanescentes de quilombos, utilizando-se, para tanto, do instituto da desapropriação e também da compra e venda de imóveis rurais. A titulação das terras quilombolas tem caráter coletivo e pró-indiviso, com inserção obrigatória de cláusula de inalienabilidade, imprescritibilidade e impenhorabilidade, outorgada, como dito, pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA, que detém a competência para identificar, reconhecer...

SisSuporte: Sistema de Controle de Equipamento - INCRA

Penna, Marcelo Bastos
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.49%
O presente documento é o resultado do trabalho realizado para o desenvolvimento do sistema de controle de equipamentos – SisSuporte, para o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária - INCRA. Para o levantamento dos requisitos/restrições e delimitação do escopo do projeto, foram realizadas reuniões com a equipe de suporte da autarquia, que disponibilizou todas as informações necessárias para o desenvolvimento do projeto. Após a conclusão do processo de análise das necessidades e identificação dos problemas, concorda-se pela realização de um sistema para plataforma web, que suporte as atividades solicitadas, com intuito de aprimorar e automatizar o processo de gerenciamento de equipamentos da autarquia. No desenvolvimento do projeto, utilizou-se a orientação a objeto como metodologia de desenvolvimento de software, tendo em vista a grande aceitação dessa tecnologia no mercado e da orientação do curso de análise de sistemas. Como o sistema será utilizado exclusivamente pelo INCRA, toda a metodologia de desenvolvimento do projeto seguiu o molde já existente no órgão, e por isso, não acarretou custos para o INCRA.

Curso Superior para asentamientos de la reforma agraria: agronomía con énfasis en agroecología y sistemas rurales sustentables, una propuesta INCRA-PRONERA/UFSCar; Special college course for settlements from land reform: agronomy whit emphasis on agroecology and sustainable rural systems, an INCRA_PRONERA/UFSCar proposal.; Curso superior especial para assentamentos da reforma agrária: agronomia com ênfase em agroecologia e sistemas rurais sustentáveis, uma proposta INCRA-PRONERA/UFSCar

Schlindwein, Marcelo Nivert
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2007 POR
Relevância na Pesquisa
27.73%
El presente documento resulta de un trabajo desarrollado por profesores e investigadores de la Universidad Federal de São Carlos – UFSCAR, representaciones técnicas del INCRA (Instituto Nacional de Colonización y Reforma Agraria) y líderes y asesores de cuatro Movimientos Sociales Campesinos en el estado de São Paulo (Federación de los Empleados Rurales Asalariados del Estado de São Paulo – FERAESP, Federación de los Trabajadores en Agricultura Familiar del Estado de São Paulo – FAF, Movimiento de los Trabajadores Rurales Sin Tierra del Estado de São Paulo – MST-SP, y Organización de Mujeres Asentadas y Quilombolas del Estado de São Paulo – OMAQUESP). Desde la demanda presentada por el INCRA para un curso de agronomía dirigido a la formación de agricultores beneficiados por la Reforma Agraria, fue planteado un Curso de Agronomía con énfasis en Agroecología y Sistemas Rurales Sostenibles, en carácter temporario y especial. El curso, basado en los conceptos de agroecología y de agricultura sustentable, fue iniciado en enero de 2009 en la Escola Popular Rosa de Luxemburgo l municipio de Iaras, SP, tras la dirección del campus de UFSCar de Sorocaba.; The present document is a product of the work developed by teachers and researchers from Federal São Carlos University – UFSCAR...

; Georreferenciamento de imóveis rurais: Análise do cálculo de área.

Prina, Bruno Zucuni; Trentin, Romario; Sá, Renato Giovani Chaves de; Carvalho, Luiz Felipe Díaz de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 17/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
27.38%
Neste trabalho foi desenvolvida uma metodologia para análise do cálculo de área, com coordenadas localizadas em três regiões do fuso UTM (k=1, k>1, k<1). Dessa forma, objetivou-se em realizar a conversão de coordenadas geográficas para locais e, ainda, comparar as áreas obtidas em coordenadas UTM e locais. Para confecção da metodologia, criaram-se dois aplicativos, por meio da linguagem de programação Visual Basic, a fim de formatar as coordenadas originais e salvá-las em um banco de dados para que assim, posteriormente, as mesmas fossem convertidas (de geográficas para locais) e, posteriormente, realizar o cálculo da área da poligonal (em local). Notou-se que o cálculo de área a partir das coordenadas UTM mostra-se incoerente para com a realidade topográfica local, pois, dependendo de sua localização espacial no fuso UTM, as variações tendem a serem maiores ou menores. Ainda, constatou-se que, apesar da pequena variação de área constatada, é importante salientar que as precisões posicionais (para um vértice) estabelecidas pelo INCRA são mínimas, logo, é importante analisar e discutir as pequenas variações superficiais, as quais discriminam diferenças na área da poligonal.; In this paper we develop a methodology for analyzing the area calculation...

Identidades e representações do espaço na construção de territórios num assentamento do INCRA em Paraty

Gaviria, Margarita Rosa; CPDA Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Antropolgia Social da UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Antropolgia Social da UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2004 POR
Relevância na Pesquisa
27.21%
Neste trabalho, apresento algumas reflexões elaboradas sobre o processo social vivenciado pelos agentes sociais que integram num assentamento do Incra (Taquari) em Paraty (RJ).No assentamento do Taquari convivem, além dos beneficiários do Incra, diversos atores sociais com formas de inserção social diferente. Neste cenário, observam-se confrontos que resultam da disputa pela forma de utilização do espaço e pelo controle de instâncias decisórias da vida local. Eu procuro demonstrar de que forma as diferentes formas de utilização do espaço se sustentam em simbologias culturais em torno do ambiente natural e social.

O cultivo de Melão no Assentamento São Romão em Mossoró/RN: determinação dos indicadores de sustentabilidade através da metodologia MESMIS; Sustainability of melon cultivation in São Romão settlement in Mossoró/RN: determination of indicators by the MESMIS methodology

Formiga Júnior, Ivanildo Martins; Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA; Cândido, Gesinaldo Ataíde; Universidade Federal de Campina Grande – UFCG; Amaral, Viviane Souza do; Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UF
Fonte: Editora de Livros IABS Publicador: Editora de Livros IABS
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/2015 POR
Relevância na Pesquisa
27.21%
A agricultura é um dos temas mais discutidos atualmente dentro do campo conceitual da sustentabilidade. Os debates são cada vez mais recorrentes e colocam em questão o modelo adotado a partir do pós-guerra, denominado de revolução verde. No Estado do Rio Grande do Norte, o potencial agrícola reside principalmente na fruticultura irrigada, onde se destaca o agropolo Açu-Mossoró, como uma das principais regiões produtoras de melão do Brasil. O cultivo dessa olerícola, antes dominado por grandes empresas agrícolas, atualmente, é desenvolvido por agroecossistemas de gestão familiar, inclusive em assentamentos rurais criados pelo Incra. Com o objetivo de avaliar a sustentabilidade desse tipo de cultivo, foi aplicada a metodologia MESMIS no assentamento São Romão, em Mossoró – RN, que tem como principal atividade o cultivo de melão irrigado. Foram determinados sete pontos críticos e selecionados 23 indicadores que afetam diretamente a sustentabilidade da área pesquisada.; Currently, agriculture is one of the most discussed topics in the theoretical field of sustainability. Debates regarding this issue are increasingly recurrent and put in question the model adopted from the post-war, the so-called green revolution. In the state of Rio Grande do Norte...