Página 1 dos resultados de 3752 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Os impostos diferidos no balanço: estudo de caso

Lopes, Magui dos Anjos
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.94%
Este estudo desenvolve-se em torno da problemática dos Impostos Diferidos (ID), mais concretamente no “como” e “porquê” dos ID no balanço. Porque o reconhecimento de ID se faz depender do tipo de relação entre contabilidade e fiscalidade, mais concretamente da influência desta no momento da definição e seleção das políticas contabilísticas, a resposta ao porquê dos ID carece ser estudada numa dupla perspetiva, a normativa e a empírica. Para tanto, a investigação foi delineada a partir de um estudo de caso do tipo descritivo e explicativo, com base num conjunto de empresas especialmente selecionadas. O trabalho realizado permitiu concluir que a razão dos ID está nos diferentes objetivos da contabilidade e fiscalidade e que os ID potencialmente identificados são em número muito superior aos efetivamente reconhecidos. Das empresas analisadas apenas sete reconheçeram, no período observado, ID no balanço e destes, os Passivos por Impostos Diferidos (PID) surgem em maior número e com um peso relativo significativamente maior comparativamente aos Ativos por Impostos Diferidos (AID). No que respeita às razões que os originaram, os resultados mostram que os PID são justificados pelos subsídios ao investimentos e excedentes de revalorização enquanto os AID encontram a razão de ser em prejuízos fiscais reportáveis...

Custos de bem-estar dos impostos sob risco de default soberano; Welfare costs of taxation under sovereign default risk

Rizzi, Renata
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.85%
Esta dissertação apresenta um modelo de equilíbrio geral dinâmico, com serviço contingente da dívida soberana, construído para analisar os impactos dos impostos sobre o bem-estar. Neste modelo, variações na estrutura tributária (oriundas de reformas) afetam o bem-estar dos agentes de forma direta, em decorrência de distorções alocativas, e também por meio de seus efeitos indiretos sobre o risco de default da dívida soberana. Avalia-se, quantitativamente, para o caso brasileiro, os custos de bem-estar associados a cada tipo de imposto. Obtém-se que a perda total de bem-estar devida aos impostos vigentes no Brasil é próxima de 19% do consumo de longo-prazo. O ranking dos tipos de imposto mostra-se robusto, seja em termos de custos de bem-estar por unidade de receita arrecadada (sob a tributação vigente), seja em termos de custos de bem-estar adicionais por unidade de receita adicional. Do mais eficiente para o menos eficiente: imposto sobre consumo, imposto sobre a remuneração do trabalho, imposto sobre a remuneração do capital. Observa-se que um aumento de receitas tributárias por meio da elevação do imposto sobre o consumo ou do imposto sobre a remuneração do trabalho pode gerar custos negativos de bem-estar. Esta possibilidade existe em economias nas quais a elasticidade da probabilidade de default da dívida com relação às receitas governamentais é suficientemente elevada...

Distorções de impostos em uma pequena economia aberta : uma análise para o caso brasileiro

Damico, Andrea Bastos
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Relevância na Pesquisa
37.09%
O presente trabalho procura identificar e mensurar as distorções causadas por diferentes tipos de impostos, mas de uma perspectiva analítica em uma pequena economia aberta habitada por consumidores com horizonte de vida infinito. O referencial teórico neoclássico permite apontar as distorções intratemporais e intertemporais no consumo e lazer e suas conseqüências sobre a balança comercial, a conta corrente e o nível de endividamento da economia. Será considerado como dado o nível de gasto público e serão analisadas as alternativas possíveis de impostos em relação ao caso lump-sum. Serão trabalhados os seguintes tipos de impostos: imposto sobre consumo, imposto sobre ativos financeiros, imposto sobre a renda do trabalho e do capital e imposto sobre a produção que, em linhas gerais, representam os principais impostos adotados no Brasil.

O princípio da capacidade contributiva e a aplicação da progressividade nos impostos reais

Adami, Morgan
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.94%
O estudo do princípio da capacidade contributiva é privilegiado na doutrina jurídica. Não são poucos os autores que se dedicaram ao tema, de forma organizada, já há mais de dois séculos. No Brasil, o debate acerca do princípio, sua natureza e alcance ganhou forças com a sua constitucionalização – passou a se prever, sempre que possível, a pessoalização dos impostos e sua graduação conforme a capacidade econômica do contribuinte. Ligado a outros princípios constitucionais como o da igualdade e da solidariedade, e atrelado à própria noção de justiça, está consagrado hoje no art. 145, §1º, da Constituição Federal, muito tendo herdado do histórico art. 202, da Carta de 1946. Sua interpretação, no entanto, divide a doutrina. Por muitos anos, o que norteou a exegese do dispositivo foi uma classificação doutrinária dos impostos, que os dividia em duas categorias – os que possuiriam natureza real, e os pessoais. Apenas com estes últimos, segundo entendimento por muito dominante no Supremo Tribunal Federal, seria compatível a graduação por meio da progressividade de alíquotas. Essa interpretação restritiva da norma, calcada no pressuposto de que o imposto real não mediria capacidade contributiva...

Informality and tax revenue in Ghana = : Informalidade e arrecadação de impostos em Gana; Informalidade e arrecadação de impostos em Gana

Charles Ocran Kofi Thompson Junior
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
O setor informal em Gana é muito grande e emprega a maior parte da força de trabalho do país tanto nas atividades agrícolas quanto nas demais, mas ainda assim contribui muito pouco em termos de receita tributária. O objetivo de todo país em desenvolvimento é o crescimento de sua economia através do uso de suas receitas internas e a minimização do uso de empréstimos e subvenções que trazem dificuldades para o país. A maneira mais importante de tornar isso possível é através do uso da receita fiscal, ferramenta fundamental para a construção e sustentação das economias nacionais. Uma das áreas que exigem atenção nesse sentido é o setor informal. De uma população estimada de 1.5 milhão de ganenses que pagam impostos diretos, o setor informal representa menos de 5% desse número. O ponto central dessa tese é o potencial de contribuição do setor informal para os cofres públicos, uma vez que esse apresenta grande potencial de crescimento e geração de receita, especialmente se for levada em consideração a parcela de população que obtém altos rendimentos e tem condições de pagar impostos, mais ainda não o faz. Para que o governo possa aumentar sua receita fiscal sem recorrer ao aumento das taxas é necessário ampliar a rede fiscal para nela incluir todos aqueles que deveriam pagar impostos. Gana utiliza o sistema progressivo de impostos...

Impostos Ambientais e o Duplo Dividendo: experiências europeias

Alves, Margarita; Palma, Catarina
Fonte: Departamento de Economia, Gestão e Engenharia Industrial Publicador: Departamento de Economia, Gestão e Engenharia Industrial
Tipo: Trabalho em Andamento
POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
Actualmente discute-se em muitos países europeus a diminuição dos impostos distorcivos sobre actividades que devem ser encorajadas – como o trabalho, a poupança e o investimento – e em contrapartida o aumento dos impostos correctivos sobre actividades que devem ser desencorajadas – como a sobre-exploração de recursos, a poluição e o congestionamento. Por exemplo, a União Europeia sugere que se financie uma redução das contribuições para a segurança social com as receitas de um imposto sobre a energia. Uma acção deste tipo dá origem a um “duplo dividendo”, uma vez que promove a melhoria das condições ambientais e ao mesmo tempo gera novos postos de trabalho, reduzindo o desemprego. Pretende-se com este trabalho fazer um resumo da experiência europeia ao nível dos impostos ambientais e do “duplo dividendo”, bem como uma resenha da literatura teórica e das simulações de reformas fiscais ecológicas (RFE’s) realizadas para países europeus. Uma vez que em Portugal os instrumentos económicos de política ambiental estão praticamente no início e a taxa de desemprego começa a ser preocupante, faz-se também uma caracterização do país nesta matéria, com vista a ser analisada a implementação de uma RFE em Portugal.; There is currently a debate in many European countries on the reduction of inefficient taxes on activities that should be encouraged - like work...

O sistema fiscal cabo-verdiano: os impostos sobre consumo

Moreira, Aleida da Conceição Borges
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.09%
Este trabalho pretende analisar os impostos sobre o consumo em Cabo Verde - Imposto sobre o Valor Acrescentado, Imposto sobre o Consumo Especial e Direitos de Importação – desde o início do século XX até ao seu atual estado, identificando os pontos fortes e fracos, para os quais apresentamos sugestões de melhoria. A evolução do sistema fiscal de Cabo Verde pode ser entendida em três etapas, desde a sua implementação em 1901 até à presente data. Para o momento presente pretendemos perceber as traves mestras deste tipo de impostos, pelo facto de representarem uma parcela expressiva na receita fiscal de Cabo Verde. Por isso, na elaboração da dissertação utilizamos uma metodologia qualitativa e de base documental - análise de conteúdo. O sistema fiscal cabo-verdiano segue muito de perto o sistema fiscal português, com adaptação à realidade nacional. Os impostos indiretos acima referidos têm mantido maior peso do que os impostos diretos e tem-se verificado um crescimento gradual desde 2008 até 2013 (período de estudo), com exceção de algumas oscilações nos anos intermédios. Entre os impostos indiretos, o IVA é o que apresenta maior receita fiscal arrecadada pelo Estado relativamente ao ICE e DI. A tributação dos impostos sobre o consumo tem como objetivo não só aumentar receitas fiscais...

O reconhecimento e a divulgação dos impostos diferidos em Portugal: Análise às entidades cotadas no PSI geral durante os anos de 2009 a 2011

Pereira, Eduardo Jorge dos Reis
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.06%
Mestrado em Fiscalidade; A temática dos impostos diferidos vê a sua génese na dicotomia por vezes existente entre a Contabilidade e a Fiscalidade, sendo o motivo para tal divergência a prossecução de fins e propósitos distintos. Este estudo tem por objetivo analisar a problemática do reconhecimento e divulgação dos impostos diferidos por parte das entidades com ações cotadas na Euronext de Lisboa e verificar a influência que determinados fatores explicativos têm neste domínio. Os dados foram recolhidos a partir da análise de conteúdo às demonstrações financeiras das entidades cotadas anteriormente referidas, sendo examinadas as contas individuais e consolidadas durante o período de 2009 a 2011, resultando, assim, na identificação de uma população variável entre 38 e 40 entidades, consoante o período e o estudo efetuado. Na sequência, os dados foram submetidos a análises baseadas em testes bivariados não paramétricos, nomeadamente os testes de Spearman, de Wilcoxon e de Mann-Whitney-U. Os resultados deste estudo identificaram a influência mais decisiva da dimensão empresarial no contexto do reconhecimento e divulgação de impostos diferidos, o mesmo não sucedendo relativamente ao endividamento e à rendibilidade. Pretende-se que os resultados desta investigação contribuam para a identificação dos elementos que se encontram na base do reconhecimento de ativos e passivos por impostos diferidos e da divulgação em matéria de impostos diferidos nas demonstrações financeiras das entidades cotadas.; The theme of deferred taxes see its origins in the dichotomy between Accounting and Taxation...

Impostos diferidos:análise exploratória às sociedades cotadas nas praças financeiras de Amesterdão, Lisboa, Londres e Paris

Simões, Fábio Alexandre Cardoso
Fonte: Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 02/02/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.94%
Dissertação, Mestrado, Contabilidade e Finanças, Instituto Politécnico de Santarém, Escola Superior de Gestão e Tecnologia, 2015; Esta dissertação verifica o impacto da aplicabilidade da IAS 12, sobre o reconhecimento e divulgação de ativos e passivos por impostos diferidos. O objetivo específico desta investigação prende-se, em evidenciar aspetos de convergência e divergência no relato financeiro apresentado pelas sociedades cotadas nas praças financeiras de Amesterdão, Lisboa, Londres e Paris. Procurando identificar a magnitude dos impostos diferidos reconhecidos nas demonstrações financeira, e analisar eventuais associações estatisticamente significativas. Numa primeira abordagem será feita um enquadramento normativo e uma revisão da literatura, a fim de situar a problemática dos impostos diferidos, com o nosso estudo empírico, confrontando assim os nossos resultados obtidos com os estudos já previamente elaborados. Na segunda fase procedemos à caraterização da população em estudo, tendo por base os seus setores de atividade, a população total são de 185 sociedades cotadas, mas serão excluídas dessa população as sociedades do setor financeiro, seguradoras, sendo que estas têm um regime de contabilização diferente dos outros setores de atividade.Serão excluídas também sociedades cotadas que participam em mais de um índice bolsista...

Impostos diferidos: a sua aplicação e os seus impactos nas demonstrações financeiras

Oliveira, Pedro Nuno Gomes de
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.17%
Mestrado em Contabilidade Avançada e Fiscalidade; O presente caso pedagógico foi desenvolvido sobre a temática de impostos diferidos e pretende explicitar aos seus leitores quais os impactos que poderão existir nas Demonstrações Financeiras em virtude da aplicação de diferentes cenários que originem o reconhecimento de Impostos Diferidos. Adicionalmente, pretende-se demonstrar quais as divulgações necessárias serem efectuadas pelas empresas com a aplicação dos impostos diferidos. O contexto do tecido económico português, caracterizado por pequenas e médias empresas origina que não exista uma maior aplicação de impostos diferidos por parte das empresas portuguesas. Adicionalmente, no actual contexto de crise económica internacional irá se verificar um maior enfoque por parte das empresas nas suas divulgações com o intuito de atrair novos capitais de investidores e accionistas, pelo que é expectável que exista um maior investimento/desenvolvimento nos próximos anos no processo de reconhecimento, mensuração e divulgações por parte das empresas portuguesas em matérias que se referem a impostos diferidos, hoje ainda não muito desenvolvidas pelas empresas portuguesas. O presente caso pedagógico foca a sua análise num enquadramento teórico-prático. O enquadramento teórico resulta da análise das normas contabilísticas que visam as matérias de Impostos Diferidos...

Impacto nos impostos diferidos da alteração da taxa de IRC: o caso da Beautiful People

Parreira, Maria Odete da Cunha
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
Mestrado em Contabilidade; Os impostos diferidos reflectem as diferenças temporárias entre o montante dos activos e passivos para efeitos de reporte contabilístico e os seus respectivos montantes para efeitos de tributação. Os activos por impostos diferidos são reconhecidos unicamente quando existem expectativas razoáveis de lucros fiscais futuros suficientes para a sua utilização, ou nas situações em que existam diferenças temporárias tributáveis que compensem as diferenças temporárias dedutíveis no período da sua reversão. No final de cada exercício é efectuada uma revisão desses impostos diferidos, com base nas taxas de tributação (e legislação fiscal) que esteja formal ou substancialmente emitida à data do relato. Este estudo tem como objectivo quantificar e analisar os impactos decorrentes do aumento da taxa de tributação do Imposto sobre o Rendimento de Pessoas Colectivas (IRC), utilizando o caso de um grupo empresarial internacional do sector da cosmética, o Grupo Beautiful People. Devido ao plano de redução do défice público, o Governo Português aumentou a taxa de IRC para as empresas com lucro tributável superiores a 2.000.000 Euros. Esta nova taxa vai incidir sobre os lucros tributáveis do exercício em análise...

A Incidência Final dos Impostos Indiretos no Brasil: Efeitos da Tributação de Insumos

Siqueira,Rozane Bezerra de; Nogueira,José Ricardo; Souza,Evaldo Santana de
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2001 PT
Relevância na Pesquisa
37.06%
Devido à multiplicidade de impostos e alíquotas e à incidência sobre insumos, o efeito final do sistema brasileiro de impostos indiretos sobre os preços está longe de ser transparente. Usando um método que incorpora os efeitos multissetoriais dos impostos indiretos, este artigo calcula, para o Brasil, a incidência efetiva destes impostos sobre os diferentes componentes da demanda final. Os resultados mostram que atividades para as quais existe uma política explícita de desoneração de impostos são de fato significativamente tributadas, indicando que a incidência final pode ser bem diversa daquela defendida pelos formuladores de políticas tributárias ou desejada pela sociedade.

O princípio da capacidade contribuitiva [sic] frente aos tributos vinculados e aos impostos reais e indiretos

Ferreira, Abel Henrique
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.94%
Grafia correta do título: O princípio da capacidade contributiva frente aos tributos vinculados e aos impostos reais e indiretos; Estuda o princípio da capacidade contributiva no tocante à sua aplicação aos impostos reais e indiretos, e quanto aos tributos vinculados, de forma a visualizar se esse princípio afeta ou não todos os tributos constantes do sistema tributário brasileiro.

Fatos geradores confrontantes : colisões entre o ipi - icm – iss e outros impostos

Carro Rodríguez, Juan José
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.01%
Dissertação de mestrado apresentada a Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo; Verifica, a partir de uma sistemática a nível constitucional e das leis complementares, os fatos geradores dos impostos federais, estaduais e municipais, que de alguma forma se apoiam num único substrato econômico-jurídico, com especial realce dos que se referem a circulaçao e à produção de mercadorias, bem como a prestação de serviços. Examina as características do imposto de circulação de mercadorias e do imposto sobre a prestação de serviços, bem como, no direito comparado, o imposto sobre o valor agregado, da Comunidade Econômica Européia. Examina a jurisprudência dos tribunais superiores de casos que evidenciavam a inconformidade dos contribuintes frente ao entendimento das autoridades fiscais, dos vários níveis de imposição tributária que evidenciavam a ocorrência de imposição confrontante. Verificou-se a exigência de imposiçoes inconstitucionais por parte das autoridades fiscais em operações realizadas por comerciantes, industrias e por prestadores de serviços, que recorreram aos tribunais onde, na maioria das vezes, encontraram satisfeitas suas pretensões contra o fisco. Aborda a rígida discriminação tributária trazida pela reforma de 1965...

Análise Socioeconómica do Distrito da Guarda: Sua relação com os Impostos sobre o Património

Cardoso, Germano
Fonte: Instituto Politécnico da Guarda Publicador: Instituto Politécnico da Guarda
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
36.94%
Este Projecto Aplicado tem um duplo objectivo. Por um lado, a obtenção do grau de Mestre em Gestão, Especialização em Contabilidade e, por outro lado, a produção de um documento que apoie a reflexão dos agentes envolvidos na problemática da obtenção de receitas para os Municípios, em geral, e para os do Distrito da Guarda, em particular. Face à profunda alteração ocorrida ao nível da tributação sobre o património em Portugal na última década, com a introdução do Imposto Municipal Sobre Imóveis (IMI), que veio substituir a Contribuição Autárquica, e do Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT), que substituiu o Imposto Municipal de Sisa, em conformidade com o Decreto-Lei nº 287/2003, de 12 de Novembro, a presente investigação procura evidenciar a relação entre os impostos sobre o património e o contexto socioeconómico em que os mesmos se aplicam, tendo por referência o Distrito da Guarda, dado que as receitas destes impostos são do município onde se localizam os imóveis, e que o mesmo pode alterar as taxas a aplicar, ajustando-as à realidade socioeconómica do seu concelho. Com a limitação à capacidade de endividamento dos municípios imposta pelo Governo, estes encontram nas receitas fiscais uma fonte de financiamento que não negligenciam. Por esse facto...

Impacto da redução de impostos sobre o trabalho, capital e consumo no crescimento económico da União Europeia dos 15; The impact of tax reduction on labor, capital and consumption in EU15’s economic growth

Castro, Conceição
Fonte: ISCTE-IUL Business School Publicador: ISCTE-IUL Business School
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.94%
Este artigo tem por objectivo averiguar se uma redução nos impostos sobre o trabalho, capital e consumo poderão afectar permanentemente o crescimento económico, validando o paradigma do crescimento endógeno ou, se pelo contrário, afectam apenas o nível de output (teoria do crescimento exógeno). Recorrendo às taxas efectivas de impostos sobre as funções económicas estimadas por Martinez-Mongay (2000) e à estimação de modelos dinâmicos de séries temporais, que permitem estudar os efeitos de curto e de longo prazo, os resultados obtidos para 14 Estados-Membros da União Europeia dos 15, no período 1970-2000, sugerem a validação do paradigma de crescimento endógeno. Em particular, a redução dos impostos sobre o trabalho e o capital poderia estimular o crescimento económico de longo prazo.; This article aims to investigate whether a reduction in taxes on labor, capital and consumption can permanently affect economic growth, validating the endogenous growth model or, by contrast, affect only the level of output (exogenous growth theory). Using the effective tax rates by economic functions, estimated by Martinez-Mongay (2000) on a time-series dynamic model, which allow studying short and long term effects, the results for 14 Member States of the EU15...

O impacto da introdução de impostos proporcionais nas receitas fiscais e performance económica: as experiências de novos estados membros da UE27; El impacto de la introducción de impuestos proporcional en los ingresos fiscales y el desempeño económico: las experiencias de los nuevos estados miembros de la UE-27

Castro, Conceição; Nunes, Pedro
Fonte: Universidad de Chile. Instituto de Asuntos Públicos Publicador: Universidad de Chile. Instituto de Asuntos Públicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.06%
Nos últimos anos tem-se debatido o regresso a sistemas de impostos proporcionais em muitas economias europeias. Apesar do sistema de impostos proporcionais puro nunca ter sido introduzido em nenhuma economia, alguns aspectos deste sistema foram postos em prática em cerca de trinta países. Neste artigo analisam-se algumas das experiências dos Novos Estados Membros da União Europeia que implementaram impostos proporcionais, averiguando o seu impacto sobre as receitas fiscais, saldo orçamental, crescimento económico e desemprego. A análise estatística permite concluir que as receitas fiscais aumentaram na maior parte daquelas economias e que observaram taxas de crescimento económico muito mais elevadas do que os restantes Novos Estados Membros com sistemas de impostos progressivos.; En los últimos años se ha debatido sobre el retorno a los sistemas de impuesto proporcional en muchas economías europeas. A pesar de que el sistema fiscal proporcional puro nunca fue introducido en ninguna economía, aspectos de este sistema se llevaron a cabo en unos treinta países, algunos de los que forman la Unión Europea. En este artículo se analizan algunas de las experiencias de los nuevos estados miembros de la Unión Europea que han implementado impuestos proporcionales mediante el examen de su impacto en los ingresos fiscales...

Impostos diferidos: uma análise à sua contabilização mediante a dimensão das empresas

Ferreira, Hugo Alexandre Leite
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.15%
Dissertação de Mestrado Apresentado ao Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto para obtenção do grau de Mestre em Contabilidade e Finanças, sob a orientação de: Orientador: Doutor José Campos Amorim Coorientadora: Doutora Albertina Paula Monteiro; Numa época de novos paradigmas económicos, onde os efeitos das crises financeiras não se cingem a fronteiras geográficas, a contabilidade atravessa um período de grandes mudanças. Neste período de convulsões financeiras junta-se uma procura por uma harmonização contabilística à escala global e que se reflete nos normativos nacionais, que procuram acolher internamente sistemas contabilísticos aceites internacionalmente. Desde a entrada em vigor do Sistema de Normalização Contabilística (SNC) vários estudos surgiram de modo a estudar de uma forma consistente e aprofundada esta nova realidade. Este trabalho versa sobre uma norma do SNC que tem sido debatido amiúde, os impostos diferidos. Regra geral, os impostos diferidos são um dos tópicos mais debatidos a nível mundial, na área da contabilidade. As opiniões sobre o tema são díspares e os principais organismos de normalização contabilística mundiais sentem dificuldade em chegar a uma harmonização. Neste sentido...

A contabilização dos ativos por impostos diferidos nos EUA e Europa e o efeito no investidor

Costa, P.; Pais, C.
Fonte: UALg ESGHT Publicador: UALg ESGHT
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.09%
A contabilização dos ativos por impostos diferidos é diferente, consoante se usem as normas do International Accounting Standards Board (IASB) ou as do Financial Accounting Standards Board (FASB), apesar das diversas tentativas de convergência. Assim, analisamos qual o conjunto de normas, no que respeita aos ativos por impostos diferidos é que tem maior valor relevante para o investidor, como também, quais os ativos por impostos diferidos que têm maior valor relevante, dependendo da sua origem. Tendo por base o modelo de Ohlson (1995), conclui-se que os ativos por impostos diferidos são valor relevante para o investidor. Também se conclui, que a contabilização dos ativos por impostos diferidos usando as normas do FASB, tem maior valor relevante do que usando as normas do IASB. Finalmente conclui-se que os ativos por impostos diferidos decorrentes de diferenças temporárias dedutíveis estão positivamente relacionados com o preço, o que não acontece com os que decorrem de perdas e créditos fiscais, que o estão negativamente.; The accounting of the deferred tax assets is different whether it is used the International Accounting Standards Board (IASB) standards or it is used the Financial Accounting Standards Board (FASB) standards...

Impacto da redução de impostos sobre o trabalho, capital e consumo no crescimento económico da União Europeia dos 15

Castro,Conceição
Fonte: ISCTE-IUL Business School Publicador: ISCTE-IUL Business School
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.94%
Este artigo tem por objectivo averiguar se uma redução nos impostos sobre o trabalho, capital e consumo poderão afectar permanentemente o crescimento económico, validando o paradigma do crescimento endógeno ou, se pelo contrário, afectam apenas o nível de output (teoria do crescimento exógeno). Recorrendo às taxas efectivas de impostos sobre as funções económicas estimadas por Martinez-Mongay (2000) e à estimação de modelos dinâmicos de séries temporais, que permitem estudar os efeitos de curto e de longo prazo, os resultados obtidos para 14 Estados-Membros da União Europeia dos 15, no período 1970-2000, sugerem a validação do paradigma de crescimento endógeno. Em particular, a redução dos impostos sobre o trabalho e o capital poderia estimular o crescimento económico de longo prazo.