Página 1 dos resultados de 1042 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

O ensino da humanização nos currículos de graduação em enfermagem; The humanization teaching in graduation curricula of nursing

Almeida, Débora Vieira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.51%
O termo humanização tem sido recorrente na área da saúde e, geralmente, está relacionado à qualificação da relação entre o profissional da saúde e o sujeito que busca pelo serviço de saúde. Neste estudo, o termo humanização foi concebido como o encontro entre sujeitos no e pelo ato de cuidar, ou seja, o encontro de subjetividades. Sabendo-se disso e tendo como pressuposto que o conteúdo dos currículos da graduação em enfermagem exerce influência significativa no futuro exercício destes profissionais, o objetivo desta pesquisa foi investigar o ensino da humanização nas disciplinas que compõem os currículos de graduação em enfermagem da cidade de São Paulo. Participaram da pesquisa 13 IES (Instituição de Ensino Superior): uma federal, uma estadual e 11 particulares, totalizando 588 disciplinas. Estas foram classificadas em ciência básica (da área de humanas ou não) e ciência aplicada (à enfermagem ou não). Em seguida, foram selecionadas as disciplinas de ciência básica da área de humanas e de ciência aplicada à enfermagem que apresentavam pelo menos um termo relacionado à humanização. Posteriormente, verificou-se a compatibilidade entre a utilização deste termo pelas disciplinas e o conceito de humanização deste trabalho. Estes dados foram apresentados e trabalhados considerando as freqüências absolutas e relativas. Das 588 ementas investigadas...

A humanização em terapia intensiva na perspectiva da equipe de saúde; Humanization in intensive care from the perspective of the health team

Bolela, Fabiana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.51%
Construir mudanças é imprescindível no sistema de saúde atual e, mais especificamente, no contexto da terapia intensiva, na busca de contemplar a humanização do cuidado, envolvendo, dentre outros aspectos, o reconhecimento dos usuários como cidadãos, em sua integralidade e subjetividade. O objetivo deste estudo é apreender o que significa, para os profissionais da equipe de saúde que atua na terapia intensiva, a humanização do cuidado, ou seja, compreender sua percepção e experiências acerca do que seja, para cada um, no contexto do Centro de Terapia Intensiva (CTI), ações humanizadoras. Aproximando-me de algumas idéias do referencial da fenomenologia, foram realizadas entrevistas com profissionais das várias categorias que atuam no CTI de um hospital escola da cidade de Ribeirão Preto, no período de setembro de 2007 a janeiro de 2008, partindo da seguinte questão norteadora: "considerando seu trabalho no dia a dia, conte-me sobre as experiências que tem vivido neste CTI, em relação a situações que você considera "humanizadoras" e aquelas que considera "desumanizantes". Da análise das entrevistas, emergiram as seguintes temáticas: "Humanização implica reconhecer o paciente em sua singularidade e integralidade"...

A filosofia de Emmanuel Lévinas como fundamento para a teoria e a prática do cuidado humanizado do enfermeiro; The philosophy of Emmanuel Lévinas as a fundament for the theory and practice of the nurse humanization care

Almeida, Débora Vieira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.51%
O termo humanização tem sido freqüente na prática assistencial, na formação dos profissionais da saúde e nas políticas públicas. Entretanto, não percebemos o apoio do conceito do termo humanização (quando ele existe) em uma teoria ou filosofia, o que dificulta a discussão da temática da humanização em nível científico. Partimos, neste trabalho, do seguinte conceito de humanização: encontro de subjetividades no e pelo ato de cuidar. Considerando que há uma necessidade urgente em tratar a humanização cientificamente, os objetivos desta pesquisa foram: eleger um referencial filosófico que possa sustentar a teoria e a prática do cuidado humanizado; refletir sobre o conceito de humanização proposto neste estudo à luz do referencial teórico escolhido; definir categorias filosóficas que subjazem as relações de cuidado de enfermagem; construir uma articulação entre o recorte filosófico escolhido e os saberes da enfermagem. O referencial escolhido foi a filosofia de Emmanuel Lévinas. Esta escolha baseou-se na finalidade da enfermagem, na complexidade que envolve o saber e o fazer desta profissão e, também, na necessidade de incluir um referencial apropriado sobre humanização na formação do profissional enfermeiro. O método utilizado para a leitura das obras foi a hermenêutica. Após a leitura destas obras elegemos as categorias que subjazem as relações de cuidado entre um eu enfermeiro e um outro...

A humanização do cuidado pré e pós-natal em uma organização não-governamental; The humanization of antenatal and postnatal care in a non-governmental organization

Lima, Ana Paula Campos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.48%
A humanização do cuidado ao ciclo grávido-puerperal no Brasil é marcada por distintos sentidos e experiências. Diante de tal diversidade, um conceito de humanização foi elaborado no presente trabalho, a partir de uma análise de documentos do Programa de Humanização no Pré-Natal e Nascimento (PHPN), lançado pelo Ministério da Saúde em junho de 2000. Tal conceito norteou o estudo, que se constituiu em uma pesquisa qualitativa de referencial fenomenológico-existencial realizada, à luz do PHPN, no ambulatório de uma organização não-governamental que presta uma atenção pré e pós-natal autorreferida como humanizada. Teve como objetivos: observar, descrever e compreender como se dá a humanização de tal atenção, tendo em vista as inter-relações de alguns dos sujeitos envolvidos em sua produção (usuárias, colaboradores e coordenadores) e o cenário no qual tais inter-relações se dão; compreender de que forma os processos de acolhimento e de produção de vínculo estabelecem relações com a humanização do cuidado, caso tais aspectos se fizessem presentes no serviço estudado; e refletir sobre elementos que favoreçam a superação de algumas das contradições que permeiam o campo da humanização. A coleta de dados foi realizada a partir de observação participante...

Percepção de representantes da imprensa escrita de São Paulo a respeito da humanização dos servidores de saúde; Perception of representatives of the print media of São Paulo on the humanization of health services

Vicentini, Concilia Aparecida Ortona
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.44%
Introdução No Brasil, iniciativas de humanização no atendimento em saúde podem ser identificadas desde a década de 1990, mas ganham vulto por meio do Programa Nacional de Humanização da Assistência Hospitalar (PNHAH, de 2001), ampliado pela Política Nacional de Humanização (PNH, 2003), cujas metas incluem, entre outras, diminuição das filas, acolhimento ao usuário e melhora nos processos de comunicação. Objetivo geral Identificar e analisar, à luz da Bioética, a percepção de alguns representantes da imprensa escrita de São Paulo sobre a humanização dos serviços da saúde. Métodos Pesquisa qualitativa, de caráter exploratório, baseada em entrevistas semi-estruturadas. A interpretação do material coletado seguiu ensinamentos da análise de conteúdo, utilizando-se ainda técnica inspirada no discurso do sujeito coletivo. O referencial teórico de análise correspondeu a autores que escrevem sobre modelos bioéticos, em especial, Pellegrino e Thomasma (Ética das Virtudes e Beneficência) e Beauchamp e Childress (Principialismo). Resultados e Discussão /Considerações finais Na conceituação de humanização os participantes consideram relevantes aspectos como estrutura adequada para o atendimento...

Trabalho médico e alienação: as transformações das práticas médicas e suas implicações para os processos de humanização/desumanização do trabalho em saúde; Medical work and alienation: the transformations in medical practice and their implications on the humanization/dehumanization processes in health practice

Gomes, Rogério Miranda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.34%
O tema da humanização dos serviços e práticas de saúde vem sendo objeto atualmente de várias elaborações e pesquisas no campo da saúde coletiva em razão de sua importância para constituição de práticas e serviços centrados no cuidado e na integralidade da atenção. Esse estudo teve como objetivo a análise das transformações contemporâneas do trabalho médico e suas implicações para os processos de humanização/desumanização do trabalho em saúde. Optou-se pela metodologia de vertente qualitativa, sendo que a coleta de dados baseou-se na triangulação das técnicas de entrevista em profundidade sob a forma de seis histórias de vida profissional de médicos e de análise documental. A fim de analisar como as transformações em andamento nas práticas médicas e de saúde afetam a relação entre profissional de saúde e usuário de forma a caracterizá-la como desumanizante, nos valemos do substrato filosófico da dialética humanização-alienação. O estudo das transformações pelas quais passam o trabalho médico e em saúde demonstrou a conformação de dinâmicas potencializadoras de relações simultaneamente humanizadoras e alienantes entre seus sujeitos constituintes e destes com os demais elementos componentes dos processos assistenciais em saúde. Por um lado...

A arquitetura no processo de humanização dos ambientes hospitalares; The architecture in the process of humanization of hospitalar ambients

Ciaco, Ricardo José Alexandre Simon
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.57%
A questão da humanização hospitalar parece ser temática bastante recorrente hoje, nas ciências da saúde, bem como na arquitetura. Este estudo visa compreender, através de um olhar voltado para a arquitetura, a estruturação e as práticas dos processos de humanização nos ambientes hospitalares. Para tanto, realizam-se incursões teóricas para melhor precisar o conceito de humanização em uma abordagem arquitetônica, tanto na perspectiva do utente, quanto na do trabalhador da saúde, bem como se realiza uma revisão da legislação que trata do assunto, visando uma melhor compreensão do papel do Sistema Único de Saúde no processo de humanização hospitalar. Ainda a partir de uma abordagem teórica, procura-se estabelecer parâmetros que possibilitem avaliar se estabelecimentos assistenciais de saúde podem ou não ser considerados humanizados, tentado-se elencar os requisitos básicos para se desenvolver uma arquitetura eficiente quanto à humanização desse ambientes. A partir dos referenciais teóricos da humanização hospitalar nas suas relações com a arquitetura, parte-se para uma análise de campo que permita, a partir das práticas em curso nos hospitais, verificar se há efetivamente uma preocupação de desenvolvimento e implantação de uma arquitetura voltada para a questão da humanização...

A humanização do cuidado na formação dos profissionais de saúde nos cursos de graduação; Humanization of care in the training of health professionals in undergraduate programs.

Casate, Juliana Cristina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.59%
A temática humanização do cuidado vem sendo considerada na formação dos profissionais de saúde, nos cursos de graduação, tendo em vista que os alunos podem ser sujeitos implicados na transformação das práticas de saúde, incorporando novos valores que podem possibilitar a construção de modos de cuidar mais solidários em sua futura prática profissional. O objetivo deste estudo é conhecer e analisar a produção científica do campo da saúde, em periódicos nacionais, sobre o ensino da humanização do cuidado, nos cursos de graduação. O estudo foi elaborado seguindo os pressupostos da pesquisa bibliográfica, sendo realizado levantamento bibliográfico na Base de Dados da Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), em um período de dez anos, utilizando o termo humanização, com textos publicados a partir do ano de 2000 até 2010. Foram inicialmente encontrados 871 artigos e, tendo em vista o objetivo e foco de interesse centrado no ensino da humanização em saúde, foram selecionados 55 artigos. Foi realizada a leitura analítica, sendo determinados 42 artigos publicados, nos periódicos científicos nacionais, que de fato respondiam ao objetivo do estudo. Por meio da leitura interpretativa...

A estratégia de saúde da família em sua micropolítica: um estudo de caso sobre a Humanização nos processos de trabalho; Family Health Strategy in its micropolitics: a case study about Humanization in work processes

Campos, Lucas Vinco de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.44%
A temática deste estudo trata do trabalho cotidiano produzido em uma equipe de Estratégia de Saúde da Família (ESF), na perspectiva da humanização, como disposta da Política Nacional de Humanização (PNH). Foi desenvolvido junto a todos os trabalhadores de uma equipe de ESF do município de Ribeirão Preto - São Paulo, com os objetivos de mapear os modos de produção e captura dos movimentos de humanização que se constituem na micropolítica do processo de trabalho desta equipe, interpretar as práticas no trabalho da ESF considerando as dimensões constituídas nos temas fundamentais da PNH e analisar os modos de produção das realidades/subjetividades no contexto da ESF que podem ser incorporativas de humanização. Constituiu-se um estudo de abordagem qualitativa, caracterizado como estudo de caso, utilizando a cartografia como método de pesquisa. Optou-se pela observação participante como instrumento para a coleta de dados. Através das análises dos dados foi possível identificar que os processos de humanização ainda encontram resistências. As possibilidades de mudanças anunciadas pela PNH, no que tange à autonomia, criatividade, responsabilização e trabalho em equipe, encontram-se atravessadas por linhas de força historicamente instituídas...

A percepção de médicos e enfermeiros da Atenção Básica sobre a humanização nos serviços de saúde; The doctors and nurses perception on the Basic Attention about humanization on the Healthcare Service

Seoane, Antonio Ferreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.44%
O conceito de humanização é muito amplo e abrange um conjunto de conhecimentos, práticas, atitudes e relações. Envolve a efetiva participação de profissionais, gestores, usuários e movimentos sociais para que as experiências compartilhadas possam proporcionar melhorias na qualidade do atendimento na área da saúde. O objetivo foi analisar, à luz da bioética e políticas de humanização, a percepção de médicos e enfermeiros sobre humanização nos serviços de saúde. Optamos pela pesquisa qualitativa, de corte transversal, realizada mediante entrevistas com questões abertas, iniciada após prévia aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa. O critério de representatividade da amostra para o encerramento da coleta de dados foi o da saturação do discurso. A interpretação do material coletado seguiu os preceitos da análise de conteúdo. Os sujeitos foram médicos e enfermeiros de unidades com Estratégia Saúde da Família (ESF) e Assistência Médica Ambulatorial (AMA) da região da Capela do Socorro, município de São Paulo. De acordo com os resultados encontrados, os entrevistados apreendem a humanização em aspectos comuns como integralidade, direito dos usuários, dificuldades nas relações, valorização profissional e ambiência. Demonstram...

Humanização da assistência à saúde na percepção de enfermeiros e médicos de um hospital privado; Humanization of health care in the perception of nurses and physicians of a private hospital

Calegari, Rita de Cassia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/11/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.59%
Estudo exploratório, descritivo e de abordagem qualitativa que objetivou verificar o significado do termo humanização para enfermeiros e médicos de uma instituição hospitalar; conhecer como eles percebem a humanização na prática profissional e identificar os fatores que dificultam e facilitam a humanização da assistência. Após a autorização da instituição e aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa, foram entrevistados 19 profissionais, sendo nove enfermeiros e dez médicos de uma instituição hospitalar privada do Município de São Paulo. Para a coleta de dados, foi elaborado instrumento contendo dados referentes à caracterização dos participantes e as questões norteadoras: para você o que significa o termo humanização hospitalar?, como você percebe a humanização da assistência nessa instituição? e quais os fatores que dificultam e facilitam a humanização da assistência nessa instituição?. Após a transcrição das entrevistas, os dados foram analisados, conforme o método de Análise de Conteúdo de Bardin, emergindo as seguintes categorias e subcategorias: 1. Significado do termo humanização: 1.1 Respeito, 1.2 Acolhimento e 1.3 Empatia; 2. Fatores que facilitam a humanização: 2.1 Cultura organizacional...

A contribuição das relações públicas no processo de humanização nas organizações: estudo de caso do Grupo BIOFAST; The public relations can contribute in the organizations humanization process

Moura, Solange Aparecida de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.34%
O presente trabalho teve como objetivo identificar como as relações públicas podem contribuir no processo da humanização das organizações. A humanização é uma dimensão que propõe a construção coletiva de valores que resgatem a dignidade humana e o exercício da ética. As relações públicas têm como função social harmonizar os relacionamentos, e, portanto, têm papel importante na humanização para que a organização exerça na prática seu discurso organizacional. Foi realizado um estudo de caso no Grupo BIOFAST por meio de pesquisa por observação participante, documental, de campo com 133 funcionários e 25 entrevistas com os executivos da empresa. A análise dos resultados revelou que a organização tem ainda um longo caminho a percorrer, uma vez que as relações públicas são desconhecidas como função estratégica de relacionamento entre os públicos. Subsiste o conceito de comunicação como sendo uma ferramenta para a elaboração de instrumentos comunicacionais. Observamos que a dimensão da humanização necessita do apoio do processo de comunicação para que as interações sociais sejam verdadeiras trocas de significado.; The present work had as a goal to identify as the public relations can contribute in the organizations humanization process. The humanization is a dimension that proposes a collective construction of value that rescue the human dignity and ethics exercise. The public relations have as a social function to harmonize the relationships and therefore have important role in the humanization so that the organization perform in the practice its organizational speech. It was accomplished a study of a case in the BIOFAST Group by means of research by participating observation...

Humanização no processo de doação para transplante na perspectiva de enfermeiros de Unidades de Terapia Intensiva; Humanization in the process of organ donating for transplantation from the perspective of nurses in intensive care units.

Senna, Lúcia Piva Cabral
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.59%
Introdução: O processo de doação de órgãos envolve assistência aos potenciais doadores e aos seus familiares. A humanização nesse contexto requer o envolvimento dos profissionais que participam das diversas atividades desenvolvidas e, dentre eles, os enfermeiros de Unidades de Terapia Intensiva. Objetivo: Conhecer a percepção de enfermeiros de unidades de terapia intensiva sobre a humanização no processo de doação de órgãos para transplante. Método: Trata-se de um estudo exploratório, descritivo e de abordagem qualitativa. Para a coleta de dados, após a autorização da instituição e aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa, foram entrevistados 32 enfermeiros atuantes em Unidades de Terapia Intensiva e que possuíam experiência profissional com potenciais doadores de órgãos. Para a realização das entrevistas foram utilizadas as seguintes questões norteadoras: 1.O que você entende por humanização no processo de doação de órgãos?; 2.Como acontece a humanização no processo de doação de órgãos? e 3.O que você sugere para o aprimoramento da humanização no processo? Os discursos foram analisados segundo a análise de conteúdo proposta por Bardin. Resultados: Emergiram cinco categorias: 1) Significado da humanização no processo de doação de órgãos; 2) Percepção do processo de doação de órgãos; 3) Sentimento de não inserção no processo de doação de órgãos; 4) Fatores dificultadores para humanizar o processo de doação de órgãos e 5) Sugestões para aprimorar a humanização no processo de doação de órgãos. Foi evidenciado que os participantes percebem a humanização no processo de doação de órgãos como respeito ao doador e à família...

A construção do acolhimento através da arte no processo ativo de humanização dentro da lógica de trabalho de uma Unidade de Saúde da Familia; Qualifying interactions through art by a humanization active process following a Family Health Unit working principles

Sato, Mariana Eri
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.4%
A humanização tem sinalizado uma crise nas interações que ocorrem nas práticas de cuidado. Para superar esta crise, diversas estratégias têm sido propostas e a convocação da arte como um recurso para as ações de humanização na saúde tem sido frequente. O distanciamento imposto às relações entre profissionais de saúde e usuários pode ser uma exigência do método científico que se baseia em uma análise que pretende ser objetiva e imparcial. Segundo Gadamer, a experiência artística é potente em revelar que, além da razão sistemática, existem outras vias legítimas de prover conhecimento ao ser humano. Estaria a arte propondo, aos profissionais de saúde, outros modos de se colocar em relação com as pessoas? Este estudo visou investigar as potenciais contribuições das atividades artísticas para as a humanização da atenção desenvolvida nos serviços de saúde. Foi construída uma referencia teórica para iluminar as relações entre arte e humanização das práticas de saúde e foi estudado o caso do projeto Acolher, atividade vinculada ao projeto de humanização em uma Unidade de Saúde da Família quanto ao sentido nele adquirido pela arte na perspectiva de seus agentes. Este projeto de humanização e arte consistiu na mobilização dos profissionais para a transformação da ambiência da sala de espera e para a realização de intervenções artísticas. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas para investigar os sentidos construídos pelos participantes sobre o projeto. Este estudo revelou que a arte é potente em estimular percepções sensitivas capazes de produzir sentidos éticos mediados pela dialógica racional...

A humanização no ensino de graduação em medicina: construções sobre o olhar dos estudantes; Humanization in undergraduate teaching in medicine: buildings on the look out for students

Sirino, Caroline Braga
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.44%
Este estudo pretendeu compreender como alunos da graduação em Medicina percebem/interpretam a humanização nos cenários de ensino-aprendizagem da sua formação. Mais especificamente, o trabalho teve como foco a opinião do estudante de medicina a respeito de suas experiências relacionadas à humanização durante o período de graduação. Para tanto, optamos pela abordagem qualitativa, cuja metodologia é mais adequada para o estudo dos fenômenos da subjetividade envolvidos. Os dados empíricos foram obtidos em entrevistas com alunos do 6º ano da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), usando da técnica de entrevista em profundidade, orientada segundo roteiro de perguntas-chave. As entrevistas foram gravadas e posteriormente transcritas e conferidas. Foram levantados alguns documentos oficiais da Instituição nos quais estão descritas as diretrizes, normas, projetos e atividades pedagógicas referentes à temática em estudo. O material empírico obtido nas entrevistas foi submetido à análise com abordagem hermenêutica, buscando maior densidade interpretativa por referência a uma base teórica mais ampla e em conjunto com a análise documental. Com base neste contexto, a busca pela compreensão da humanização nos cenários de ensino-aprendizagem se apoiou na formação de quatro categorias analíticas - o Conceito de Humanização...

Humanização do cuidado no ambiente hospitalar: percepção de enfermeiros de um hospital universitário; Care Humanization in hospital settings: perceptions of nurses working at a school hospital

SANTOS, Nilde Resplandes dos
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Enfermagem; Cuidado em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Enfermagem; Cuidado em Enfermagem
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.34%
Humanizing healthcare assistance has become an emergent theme being discussed over decades, and in the most recent years such debates have become more intense regarding how to take more effective actions on care by valuing the human condition. Nurses are considered a key element to visibility of humanized care in the hospital setting due to their sensitivity to the perception of patient s subjectivity and for having the sense of care solidified under ethical humanistic values as the existential reason of their profession. This is a qualitative descriptive exploratory study aimed at analyzing the concept on humanized care the nurses working in hospital assistance have. It was conducted in a school hospital, located in Midwestern Brazil, with the participation of 27 nurses acting on inpatients direct assistance. Data was collected through semi-structured individual interviews and were submitted to the content thematic analysis.Thus, we have come up with four main categories and their subcategories revealing the respondents perception concerning care humanization in the hospital context, namely: conception of humanized care; caregivers conception under the humanized assistance perspective; the paradox of the humanized care in the hospital setting; echoes of the Permanent Education Project on relative practice and concepts to the humanizado care. By the end of this study...

Humanização em Gestão - percepção da equipe de enfermagem em uma maternidade escola; Humanization management - perception of the nursing staff a school maternity

Adorno, Alexandrina Maria Nogueira Guerra
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ensino na Saúde (FM); Faculdade de Medicina - FM (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ensino na Saúde (FM); Faculdade de Medicina - FM (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.4%
The humanization policy in the context of health constitutes a relevant actions sedimentary health care of the population direction and determines the reflection on the formative processes in human resources for health. Qualitative study, aimed at analyzing the humanization management of human resources, the perception of nursing staff in a public maternity hospital. Collecting data through semi-structured interviews with 29 respondents recorded, with 06 nurses and 23 nursing technique, the period February to May 2013 collection The material was literally transcribed and subjected to content analysis technique developed by five thematic categories: Humanization Policy of the SUS; Assistance and Processes promoters humanization of nursing services; Skills and managerial skills of the nurse; Quality of nursing care. It is understood that, in the view of the interviewed nurses to fit the humanization of nursing services, the development of managerial skills of staff. Humanizing nursing service in maternity is a complex process that requires professional expertise in health management, the institution must carry continuing education discussing actions based practices and clinical evidence hinged to technological advances...

The humanization of care in the education of health professionals in undergraduate courses; A humanização do cuidado na formação dos profissionais de saúde nos cursos de graduação; La humanización del cuidado en la formación de los profesionales de salud en los cursos de graduación

Casate, Juliana Cristina; Corrêa, Adriana Katia
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/02/2012 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
37.44%
A proposta desta pesquisa bibliográfica é conhecer e analisar a produção científica do campo da saúde, em periódicos nacionais, sobre o ensino da humanização do cuidado nos cursos de graduação. Realizou-se um levantamento bibliográfico na base de dados LILACS, utilizando o termo humanização, com textos publicados a partir do ano de 2000 até 2010, sendo analisados 42 artigos. Da análise dos artigos emergiram temáticas centrais: Humanização: algumas considerações sobre seus conceitos; Universidade e as Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação na Área da Saúde: relações com o ensino da humanização; Mudanças curriculares, conteúdos e estratégias de ensino-aprendizagem no cuidado humanizado e Sujeitos do processo ensino-aprendizagem: alunos e professores na aprendizagem da humanização do cuidado. Alguns elementos teórico-práticos vêm sendo construídos sobre o ensino da humanização no contexto de saúde, sendo imprescindível, todavia, maiores investimentos na construção efetiva de novos modos de cuidar.; Esta investigación bibliográfica propone conocer y analizar la producción científica del campo de salud, en periódicos nacionales, acerca de enseñanza de humanización del cuidado en cursos de graduación. Se realizó reseña bibliográfica en base de datos LILACS...

Humanização e voluntariado: estudo qualitativo em hospitais públicos; Humanización y voluntariado: estudio cualitativo en hospitales públicos; Humanization and volunteering: a qualitative study in public hospitals

Nogueira-Martins, Maria Cezira Fantini; Bersusa, Ana Aparecida Sanches; Siqueira, Siomara Roberta
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2010 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
37.34%
OBJETIVO: Analisar o perfil de voluntários e seu processo de trabalho em humanização hospitalar. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Foram utilizados como instrumentos questionário sociodemográfico e entrevista semi-estruturada, aplicados a 26 coordenadores de voluntariado e 26 voluntários, pertencentes a 25 hospitais da Região Metropolitana de São Paulo, entre 2008 e 2009. As entrevistas foram analisadas segundo os princípios da análise temática. ANÁLISE DOS RESULTADOS: Cinco temas principais foram formulados: perfil do voluntário (idade, sexo, faixa de renda); organização do trabalho voluntário (termo de compromisso, treinamento); relações voluntariado-hospital (relacionamento com a direção do hospital e com os funcionários); motivação (solidariedade, experiência anterior com doenças próprias ou de familiares, realização pessoal, resolução de conflitos) e beneficiários (individual, dual, coletivo); humanização e atividades dos voluntários (cuidados ao paciente, apoio logístico, apoio emocional, desenvolvimento de habilidades dos pacientes, recreação, organização de eventos comemorativos). CONCLUSÕES: Na atividade desenvolvida pelos voluntários há aspectos positivos (como a contribuição para a humanização hospitalar)...

Humanização na Atenção à Saúde do Idoso; Humanization in Elderly Health Care

Lima, Thaís Jaqueline Vieira de; Arcieri, Renato Moreira; Garbin, Cléa Adas Saliba; Moimaz, Suzely Adas Saliba
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.34%
O artigo discute as práticas de assistência, políticas, estratégias e ações governamentais formalizadas para a saúde do idoso, visto que, embora o tema "humanização" se faça presente em várias discussões e que, inclusive, tornou-se diretriz da tão aclamada Política Nacional de Humanização, esses pacientes enfrentam, ainda, vários obstáculos para assegurar alguma assistência à saúde. À desinformação e ao desrespeito aos cidadãos da terceira idade somam-se a precariedade de investimentos públicos para atendimento às necessidades específicas dessa população, a falta de instalações adequadas, a carência de programas específicos e de recursos humanos. Dessa forma, faremos uma reflexão sobre a humanização na assistência à saúde focada nessa população, primeiramente fazendo um resgate da humanização nos diversos cenários do setor saúde, considerando a valorização dos diferentes sujeitos implicados nesse processo, para que o cuidado dessa especial e crescente fatia da população seja realizado de forma humanizada, visto ser este um paciente especial que requer um atendimento diferenciado.; The article discusses the assistance practices, policies, strategies and actions that the Brazilian government has formalized for the elderly's health. Although the subject "humanization" is present in several discussions and has become the guideline of the much acclaimed National Humanization Policy...