Página 1 dos resultados de 534 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

A cultura do lixo : horror, sexo e exploração no cinema

Lucio de Franciscis dos Reis Piedade
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.44%
o presente trabalho é uma investigação das relações entre o cinema de horror e o que se convencionou chamarfilmes exploítatíon- filão vasto e prolífico que se desenvolveu à margemda indústria principal. Através de uma retrospectiva histórica, pretendemos estabelecer os pontos em que se cruzam essas tendências, na exploração do horror explícito - o assim chamado "sangue-etripas" -, do sexo e da violência. Vamos destacar a evolução do modo de exibição desses elementos e os marcosdeterminantes que configuraram o período que compreende as décadas de 50, 60 e 70 como uma época de ouro para o horror e o exploítatíonno cinema, centralizando a pesquisa no eixo Inglaterra-EstadosUnidos, Europa e Brasil; Not informed

Medo de que? : uma historia do horror nos filmes brasileiros; A history of horror in the brazilian movies

Laura Loguercio Canepa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.7%
Neste trabalho, examinam-se as manifestações do gênero horror nos longas-metragens sonoros brasileiros realizados entre 1937 e 2007, elaborando-se um panorama histórico desses filmes, desde os primeiros registros cinematográficos deste gênero de ficção no cinema nacional até os mais recentes, e propondo-se um modelo descritivo para as configurações do horror ficcional no cinema brasileiro. Para isso, partiu-se dos estudos de gêneros cinematográficos, de história do cinema mundial e de história do cinema brasileiro, procurando-se desenvolver ferramentas de análise que permitam elaborar um panorama dos filmes, e explorando-se a possibilidade de falar-se de estilos especificamente brasileiros para o tratamento cinematográfico do horror; This thesis examines the manifestations of the horror genre in Brazilian movies made between 1937 and 2007, under a historical outlook, since the first cinematographic registries of this genre, to the later ones. The theoretical approach of this work starts from genre cinematographic studies, passes over cinema?s history and Brazilian cinema?s history, looking out for the development of analytical tools which allow elaborating an overview of the films, exploring the possibility of marking a specific Brazilian brand of horror films and a specific Brazilian approach on making horror films

Como pensar o horror no cinema brasileiro

Cánepa, Laura; Aragão, Rodrigo; Sá, Daniel de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Vídeo
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.16%
Mesa da VI Semana de Cinema sobre o filme de horror nacional

Witchcraft and ‘Bitchcraft’: A Portrayal of the Witch Character in American Horror Story: Coven

Lopes, Elisabete
Fonte: Inter-Disciplinary.Net / Inter-Disciplinary Press Publicador: Inter-Disciplinary.Net / Inter-Disciplinary Press
Tipo: Pré-impressão
Publicado em /05/2014 ENG
Relevância na Pesquisa
37.32%
American Horror Story: Coven (2013-2014) is an original TV series created by Ryan Murphy and Brian Falchuk that revolves around a group of witches who dwell in a private school owned and run by Cordelia. This teacher is the prototype of the good witch. She is also the daughter of Fiona Goode, the so-called ‘supreme’ among the witches’ community, meaning she is the most talented and powerful witch alive. This character, played on screen by Jessica Lange, is the most vivid embodiment of the evil mother that haunts traditional fairy tales: she is egocentric and her ultimate goal is to keep her physical appearance intact. Undoubtedly the universe within the series appears markedly feminine and overtly addresses gender issues which range from the traditional relation that femininity has with patriarchy to the way female characters are depicted in fairy tales. Within this framework, the purpose of this chapter is to examine how gender issues are dealt with in the series, namely the relation between peers, the bond between mothers and daughters, and the ways femininity develops taking into account the obstacles brought by the counter-power of patriarchy. In this context, it will be challenging to explore how the witch characters are grounded on female stereotypes and clichés...

O horror como performance da morte: José Mojica Marins e a tradição do Grand Guignol

Piedade,Lucio de Franciscis dos Reis; Cánepa,Laura Loguercio
Fonte: Programa de Estudos Pós-graduados em Comunicação e Semiótica - PUC-SP Publicador: Programa de Estudos Pós-graduados em Comunicação e Semiótica - PUC-SP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.32%
O artigo analisa aspectos da trilogia de Zé do Caixão, dirigida por José Mojica Marins (composta pelos filmes À meia-noite levarei sua alma, 1964; esta noite encarnarei no teu cadáver, 1967; encarnação do Demônio, 2008), sob a perspectiva da encenação do horror, originada na tradição do teatro francês do Grand Guignol (1897-1962). Discute-se, também, como os elementos gráficos do horror foram inseridos e reciclados nesses filmes, conforme mudanças de paradigmas do gênero no cenário internacional desde os anos 1960.

O gênero de horror nos quadrinhos brasileiros: linguagem, técnica e trabalho na consolidação de uma industria - 1950/1967

Silva, Luciano Henrique Ferreira da
Fonte: Curitiba Publicador: Curitiba
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.72%
The first publications of horror comics edited by La Selva Publishing since 1950, started an publishing tradition that would last nearly 40 years in the Brazilian consume culture. The popularity of the horror genre in the Brazilian comics allowed the proliferation, survival and growth of many small publishers, mainly allocated on the suburbs of São Paulo. By the methods of importation and adaptation of editorial matter from La Selva Publishing , or because the search for emancipation and development of Brazilian artists by Outubro Publishing, the horror comics becomes an important material source to theoretical research about work practices, organization forms and methodology of Brazilian publishers from the 50’s and 60’s. Focusing the commercial exploitation of horror genre in these two decades, we will make a socio-historical approach of labor relashionship, production and consumption, in view of intermediation between different social groups involved in these processes. Correlating the interferences between language and technical codes among the media, we intend to demonstrate influences of media products and cultural industry to form new professional skills, methods and formats. Investigating the inheritance of methods, techniques and language of the legacy from the pulp fiction in pulp magazines...

Horror cinematográfico e experimentação de Michael Jackson na música pop e no videoclipe

TEIXEIRA, Rafael Gonçalves
Fonte: Universidade Municipal de São Caetano do Sul Publicador: Universidade Municipal de São Caetano do Sul
Tipo: Tese ou dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.67%
Dissertação de mestrado apresentado ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação da USCS - Universidade Municipal de São Caetano do Sul.; Esta dissertação tem como objetivo analisar a utilização de elementos do gênero horror cinematográfico na obra de Michael Jackson como experimentalismo no videoclipe dentro do campo da música pop. Para estudar o tema, foram escolhidos dois trabalhos audiovisuais do cantor norte-americano Michael Jackson – Thriller (1973) e Michael Jackson’s Ghosts (1997). Para compreender os tipos de experimentação e inovação causados pela introdução de elementos do gênero na produção de videoclipes, partimos da seguinte pergunta-problema: de que forma o horror cinematográfico foi utilizado como campo de sentido para experimentação e inovação na obra audiovisual de Michael Jackson dentro da cultura da mídia? Para tanto, a pesquisa levantou exemplos do uso do horror (morte, sobrenatural, paranormalidade, medo e monstros) em produtos como filme, games e programas de televisão; observou o deslocamento dos elementos de horror dentre os limites dos textos que compõem a semiosfera na qual a canção e o clipe atuam; e buscou ampliar o entendimento sobre a música pop como importante fenômeno semiótico contemporâneo...

Agency mechanics: gameplay design in survival horror video games

Habel, C.; Kooyman, B.
Fonte: Routledge Publicador: Routledge
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 EN
Relevância na Pesquisa
37.32%
This article proposes the notion of ‘agency mechanics’ as an innovative design element of video games. It begins by exploring the well-documented interactive elements of horror cinema, and goes on to explore how strategies such as the sadistic/masochistic gaze and narrative perspective have been further developed in video games. It then explores work to date on the manipulation of interactivity in video games before closely analysing how agency and control are managed in the survival horror franchise Dead Space. It concludes with reflections on further research in the nexus between film and games, and further possibilities for game design through the explicit management of agency mechanics.; Chad Habel and Ben Kooyman

Living in Terror: Post 9/11 Horror Films

Alvarado, Amanda
Fonte: Universidade de Indiana Publicador: Universidade de Indiana
Tipo: Tese de Doutorado
EN_US
Relevância na Pesquisa
37.16%
Thesis (M.A.) -- Indiana University South Bend, 2007; The events of September 11, 2001 have changed the way Americans view terror and terrorism forever. The events of this one day made a type of destruction Americans had only read about previously a reality in our own home. Since then our culture has been one of fear. The media facilitates this terror with constant newscasts of bombings, random shootings, anthrax scares and plans for future terrorist attacks. Our country has been trained to understand a system of codes, which indicate the level of fear we should be experiencing. Thus our society constantly turns to the media to see if the current level is yellow, orange or red, as if we can somehow control or mediate the causes of fear. One way our society transmits and reflects the current beliefs, values and traditions is through art forms. Art forms, like literature and film, map the changes in our society's ideologies. Therefore, one can allegedly see art responding to the culture and adopting the ideologies of the culture. One of the most significant issues of our day and age is the reality of terrorism. Thus this paper seeks to map the changes our society has encountered through an art form that deals directly with the concept of terror. Film is a significant art form of the twenty-first century...

Rocky Horror Show ad, Sid Richardson College, Rice University

Fonte: Rice University Publicador: Rice University
Tipo: posters; Image
Relevância na Pesquisa
37.16%
Color poster for Sid Richardson College's production of Richard O'Brien’s "The Rocky Horror Show." The poster’s image is a close-up of a greenish-colored face, the lips parted and the tongue licking the corner of the mouth. Also included are dates, times, and ticket prices. Original resource is a color printed document.

O horror e o outro

Terêncio, Marlos Gonçalves
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 276 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.52%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Florianópolis, 2013.; Esta tese objetivou caracterizar a importância do artigo freudiano Das Unheimliche (1919) para a compreensão das teorias da angústia em Freud e Lacan. Com esse enfoque, o trabalho percorreu os principais textos freudianos sobre a angústia, assim como o décimo seminário de Lacan. Os vínculos entre o Unheimlich (aqui traduzido como ?o sinistro?) e a angústia foram desenvolvidos por meio de três grandes eixos que enfatizam a relação do sujeito com o outro especular, com a castração e com o desejo do Outro. Paralelamente, o trabalho dialogou com a ficção de horror na literatura e no cinema. As respostas encontradas demonstraram uma interpenetração dos campos da angústia e do sinistro, cujos conceitos esclarecem-se mutuamente. Em primeiro lugar, enfatizou-se a figura sinistra do duplo presente na ficção de horror como ilustração maior do caráter angustiante e ambivalente presente na relação do sujeito com o seu semelhante. Na sequência, demonstrou-se como o Unheimlich constitui um campo de provas privilegiado para a tese freudiana da fantasia de castração como motor fundamental da angústia. Finalmente...

La figura del monstruo en el cine de horror

Cuéllar Barona, Margarita Leonor
Fonte: Universidad Icesi; Facultad de Derecho y Ciencias Sociales Publicador: Universidad Icesi; Facultad de Derecho y Ciencias Sociales
Tipo: article; Artículo Formato: PDF; p. 227-246; Electrónico
SPA
Relevância na Pesquisa
37.16%
Por sus efectos, el cine de horror ha apelado a la idea del "otro" por medio de la figura del monstruo, algo o alguien que originalmente proviene de terrenos desconocidos para hacer realidad los temores y ansiedades que la "otredad", de antemano, genera en el orden establecido. En este artículo, la autora explora los cambios que esta recreación cinematográfica de la "otredad" ha asumido con el paso del tiempo y muestra cómo ha pasado de la dimensión de lo extraño a recrear nuestra cotidianidad.

O horror em Horácio Quiroga; The Horror of Quiroga

Camargo, Ailton Luiz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.63%
A proposta deste trabalho é refletir de que forma a construção do horror presente em alguns contos de Horácio Quiroga revela aspectos da dicotomia, civilização e barbárie do Facundo de Sarmiento. Trata-se de buscar entender os contornos que o horror recebe deste contista uruguaio, a partir do horizonte estético e temático das suas influências ou pressupostos, bem como discutir alguns aspectos possíveis do Estado Nacional Argentino em suas fantasmagorias, enquanto espaço de inclusão e exclusão de atores e cenários sociais e históricos.; The purpose of this paper is to reflect on how the construction of horror in some tales of Horacio Quiroga reveals aspects of dichotomy, civilization and barbarism of Facundo de Sarmiento. It seeks to understand the contours that receives this Uruguayan horror short story writer, from the aesthetic and thematic horizon of their influence or assumptions, as well as discuss some possible aspects of the Argentine Government in its phantasmagoria, for as much as an area of inclusion and exclusion of actors and social and historical settings.

Universos fantásticos de inspiración lovecraftiana en videojuegos survival horror : un estudio de caso de P.T (Silent Hills)

Fernández Ruíz, Marta; Puente Bienvenido, Héctor
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2015 SPA
Relevância na Pesquisa
37.44%
En este trabajo presentamos un estudio de los imaginarios de Howard Phillips Lovecraft en el videojuego de género de terror (survival horror), así como de los puntos de contacto y divergencia entre la experiencia fantástica en la literatura y la que se vive en un videojuego. Para ello realizamos un estudio de caso centrado en el "teaser jugable P.T."(2014). Mediante técnicas de observación participante contrastamos el nivel de presencia de distintos elementos definitorios de lo fantástico (basándonos en la teoría en torno a lo fantástico desarrollada por Tzvetan Todorov) y comparándolos con una tabla inspirada en los universos lovecraftianos. Los resultados de la investigación apuntan a una necesidad de reajustar la noción de lo fantástico ante la existencia de medios interactivos como el videojuego. Los recursos audiovisuales, así como las mecánicas de juego, se revelan como poderosas herramientas capaces de evocar la más aterradora de las experiencias de juego.; We present a study of Howard Phillips Lovecraft´s imaginary in horror the video game genre (survival horror), as well as points of contact and divergence between the fantastic experience in literature and experiences we live in a video game. To achieve this objective we carry out a case study focusing on the playable 'teaser P.T.' (2014). Through participant observation techniques and reception analysis we contrast the level of presence of different definitional elements of fantasy and compare them to a table inspired by the Lovecraftian uncanny universe. Results show an adjustment to the notion of the fantastic in video games. Audiovisual resources and game mechanics are revealed as a powerful tool capable of evoking the scariest of gaming experiences.

For an actantial model of the body in metamorphosis in horror film; Por um modelo actancial do corpo em metamorfose no cinema de horror

Silva, Odair José Moreira da
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.75%
There is no escaping the assertion that horror cinema postulates the hardships of fear in grotesque representation of the body. A subgenre of this type which emerges is the body horror, wherein the effect of sense of fear arises from the construction of a monstrous-horrendous body, whose identity was previously figurative designed as a model actancial body in metamorphosis. As a reference center of the flesh, the metamorphosis is grounded on four forces that generate pressures and impulses on the body-actant of the subject in construction, limiting it to a specific body system. These forces affect the body-actant and protrude out of his self reference, as it postulates the reverse as a new way of life. The subject is the reverse of the anti-subject horizon towards the grotesque. Projection of bodies in the filmic narrative, we can say that the body has characteristics disturbing horror, both design of bodies-actants immersed in fear and perception of a body that sets the discomfort of the supernatural as a grotesque form of spill over the anxieties of the world. Therefore, it is postulated here a model actancial body in metamorphosis, established in the statement of horror from four forces that shape a system body guiding the development of the narratives of fear: the modification...

Ecos do horror no humor: reflexões a respeito da noção de intericonicidade; ; Echos de l’horreur dans l’humour: réflexions à propos de la notion d’intericonicité

Kogawa, João Marcos Mateus
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 08/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
A questão da inter-relação, constituição e circulação das imagens é algo a que o analista do discurso não pode ignorar se ele quer compreender o funcionamento discursivo na atualidade. Com efeito, as novas materialidades discursivas nos colocam face a novas formas do político. Nesse sentido, como compreender determinadas formas que circulam na Internet e que têm, como princípio, a produção de um humor politizado, que se constrói a partir da denegação do “politicamente correto”? O site de animações Mundo Canibal permite-nos evidenciar, problematizar e mobilizar um conceito que começa a se mostrar bastante produtivo no interior do campo da Análise do Discurso de linha francesa. Trata-se do conceito de intericonicidade pensado por Jean-Jacques Courtine e por Clément Chéroux. A partir da perspectiva de que a realidade de uma imagem é marcada pelo entrecruzamento de várias imagens, bem como de algumas noções da teoria do riso bergsoniana (cômico das formas, cômico dos movimentos, rigidez mecânica e flexibilidade atenta), buscamos compreender a estrutura constitutiva do humor (representado pelas imagens do site de animações) por meio da recorrência de formas e gestos inerentes ao campo do horror (materializado nas/pelas figuras de Jason...

The Babadook, Vincent and the maternal horror: intertexts; Senhor Babadook, Vincent e o horror materno: intertextos

Canepa, Laura
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 06/08/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.75%
This paper investigates the intertextuality between the films The Babadook, by Jennifer Kent (Australia, 2014), and Vincent, by Tim Burton (USA, 1982). The connection between these two films will be examined from the idea of a narrative reconstruction of the Burton’s film by Kent’s by a procedure of reverse perspective. This procedure allows The Babadook to explore an important theme in horror stories that is only suggested in Vincent: the maternal horror (ARNOLD, 2013), a concept inspired by the authors as Julia Kristeva (1982) and Barbara Creed (1993).; Este trabalho se propõe a analisar a relação de intertextualidade entre os filmes Senhor Babadook, de Jennifer Kent (The Babadook, Austrália, 2014) e Vincent, de Tim Burton (EUA, 1982). Tal relação será examinada a partir da ideia de uma reconstrução da narrativa do filme de Burton pelo de Kent por um procedimento de inversão do ponto de vista. Tal procedimento permite a Senhor Babadook explorar um tema caro às histórias de horror que está apenas sugerido em Vincent: o horror materno (“maternal horror”, ARNOLD, 2013), conceito inspirado nas ideias de Julia Kristeva (1982) e Barbara Creed (1993).

The diegetic camera: narrative legibility and documental verisimilitude in found footage horror films; A câmera diegética: legibilidade narrativa e verossimilhança documental em falsos found footage de horror

Carreiro, Rodrigo
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 25/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.52%
Falsos documentários de horror codificados como found footage têm sido massivamente realizados nas últimas duas décadas. Filmar um roteiro de ficção com a textura estilística de um documentário exige restrições criativas, a fim de impor a imagens e sons o efeito de real presente em material filmado de forma amadora. Este ensaio examina padrões recorrentes de estilo usados para conjugar legibilidade narrativa e verossimilhança documental, combinação exigida pela presença de dispositivos de registros no diegese. ; ake found footage horror films have been massively made in the last two decades. To shoot a fictional script and give to it the texture of a documentary, a filmmaker has to deal with a number of creative restrictions in order to impose to images and sounds an effect of reality present in amateur footage. This essay examines recurring patterns of style, in this subgenre of movies, which have been used to combine narrative clarity and documental verisimilitude – a combination imposed by the presence of recording devices on the diegesis. 

Do horror artístico: conto de uma festa de Ano Novo;

Silva, Regina Coeli Machado e
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.58%
Tendo como objeto de análise a irrupção da violência em uma festa narrada no conto Feliz Ano Novo, de Rubem Fonseca, exploro algumaspossibilidades analíticas da antropologia, enfocando-o como um gênero privilegiado de condensação simbólica e um tipo de conhecimento que desvenda significados não imediatamente perceptíveis. Isto permite pensar esse conto como um gênero de horror artístico, considerando os elementos envolvidos no enredo: a invasão dos protagonistas a uma casa durante a festa de comemoração de Ano Novo, que provocou um encontro violento, assustador e “absurdo”. O horror é suscitado não só pelas sobreposições de desigualdades sociais e simbólicas entre os grupos em confronto, mas também porque une dessemelhantes pelo excesso vivido na festa, formando uma unidade tensa ao expor o valor da vida, ainda que precário, naquela excepcionalidade. Ao atingir indiferentemente os grupos em colisão, esse “Feliz Ano Novo” revelou-se como um momento aterrador da apreensão da angústia diante do “insacrificável” valor da vida.; Taking as the object of analysis the outbreak of violence at a party, as it is described in the short story “Happy New Year”, by Rubem Fonseca, I explore some analytical possibilities of Anthropology...

Aspectos da prática docente na revisão e reescrita de narrativa de terror; Aspects of the teaching practice in the horror narratives's revision and rewriting; Aspectos de la práctica docente en la revisión y reescritura de narrativa de terror

Gasparotto, Denise Moreira; Instituto Federal Catarinense; Menegassi, Renilson José; Universidade Estadual de Maringá
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Linguística - UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Linguística - UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; avaliado por pares; Formato: application/pdf
Publicado em 11/09/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.32%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-8412.2015v12n3p808Este texto enfoca a revisão e a reescrita de textos na prática docente junto a alunos de 4º e 5º anos do Ensino Fundamental I, na região Noroeste do estado do Paraná, a partir da produção, em sala de aula, do gênero discursivo Narrativa de Terror. Concebendo a reescrita como trabalho e pautados nos pressupostos dialógicos do Círculo de Bakhtin, no tocante ao dialogismo, a responsividade do discurso escrito, aos gêneros, e em trabalhos sobre revisão e reescrita de textos, a partir dos estudos da Linguística Aplicada, a pesquisa observou a prática orientada de uma professora sobre os processos de revisão e reescrita de textos de alunos nessa situação. A caracterização do gênero Narrativa de Terror foi o foco principal, demonstrando que os apontamentos para reescrita deveriam ser observados a partir desse pressuposto. A coleta de registros ocorreu no período do segundo semestre de 2012, após intervenção teórico-metodológica colaborativa realizada com a professora, oferecendo-lhe subsídios teóricos e discussões orientadas para subsidiar a compreensão da proposta de trabalho e avaliação das condutas em andamento. Os resultados das análises apontam que: a) a internalização de pressupostos teórico-metodológicos se efetiva quando um só gênero discursivo é enfocado; b) as orientações e o acompanhamento com a docente são práticas necessárias no processo de formação continuada; c) o aprimoramento no desenvolvimento da escrita dos alunos; d) a necessidade de desenvolver e aprimorar estratégias próprias de revisão e reescrita ao gênero investigado; e) o trabalho com a revisão e a reescrita de textos em gênero textual específico se mostra mais eficaz...