Página 1 dos resultados de 8794 itens digitais encontrados em 0.016 segundos

Um americano na metrópole [latino-americana]. Richard Morse e a história cultural urbana de São Paulo, 1947-1970; An american in the metropolis [Latin America]. Richard Morse and the urban cultural history of São Paulo, 1947-1970

Castro, Ana Claudia Veiga de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/05/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.24%
Esta tese analisa a obra do historiador norte-americano Richard Morse (1922-2001) sobre a história de São Paulo. Publicado pela primeira vez em 1954 nas comemorações do IV Centenário de São Paulo como De comunidade a metrópole: biografia de São Paulo, o trabalho é fonte importante dos estudos históricos urbanos sobre São Paulo ainda hoje. Editado em inglês em 1958 nos Estados Unidos, foi republicado no Brasil em 1970 - com algumas diferenças importantes - com o título Formação histórica de São Paulo: de comunidade à metrópole. Essa obra é examinada aqui por três perspectivas - como história urbana, como uma história cultural e como parte do debate sobre a urbanização das cidades na América Latina. Inserindo-a no campo dos estudos históricos urbanos norte-americano e brasileiro, no momento de sua constituição, pretende-se contribuir para o campo da história urbana preenchendo certas lacunas da historiografia da cidade de São Paulo. Ao retraçar os vínculos entre cidade, história e literatura que a obra parece conter, a tese contribui para a discussão de uma história cultural urbana de São Paulo. Reconhecendo o autor como personagem chave na constituição do debate sobre a cidade latino-americana entre as décadas de 1940 e 1970 - justamente o período em que se realizam as três edições -...

A tênue fronteira entre a saúde e a doença mental: um estudo de casos psiquiátricos à luz da nova história cultural (1937-1950)

Santos, Nádia Maria Weber
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.08%
Esta dissertação visa analisar, através de um exercício de interdisciplinaridade e de estudo de casos psiquiátricos, as representações simbólicas relativas à doença mental, pertinentes ao imaginário de um segmento da sociedade gaúcha, no período histórico que compreende os anos de 1937 a 1950. Através da relação de conceitos da Nova História Cultural e da Psicologia Analítica de C.G. Jung, lança-se luzes sobre os dados encontrados nas fontes, quais sejam, as representações encontradas no imaginário dos doentes, cotejando-as sempre com aquelas que determinam a terapêutica dentro de uma instituição psiquiátrica, mais especificamente no Hospital Psiquiátrico São Pedro de Porto Alegre.

El queso y los gusanos: un modelo de historia critica para el analisis de las culturas subalternas

Aguirre Rojas,Carlos Antonio
Fonte: Associação Nacional de História - ANPUH Publicador: Associação Nacional de História - ANPUH
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2003 ES
Relevância na Pesquisa
66.17%
El presente ensayo intenta reconstruir las lineas principales del modelo de historia cultural que el microhistoriador italiano Carlo Ginzburg ha venido desarrollando desde hace ya casi cuatro decadas, y que se han plasmado de una manera ejemplar en su hoy ya celebre libro EL QUESO Y LOS GUSANOS. Asi, tratando de reconstruir tanto las versiones de historia cultural que este libro y este modelo ginzburguianos tratan de criticar y de superar, como tambien las filiaciones de los autores y perspectivas que este modelo pretende prolongar y asumir como antecedentes, el ensayo trata de dar cuenta de la singular originalidad especifica de esta propuesta de historia cultural de Carlo Ginzburg, caracterizada en parte por tratar de rescatar los problemas desde "la perspectiva misma de las victimas" de los procesos historicos estudiados.

Max Weber e a história cultural da modernidade

Hübinger,Gangolf
Fonte: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.19%
Este artigo oferece um novo olhar sobre Weber como historiador. O fato de que a MWG reconstrói, de maneira bastante detalhada, o contexto histórico científico e intelectual torna mais evidente como os diferentes tópicos sobre os quais Weber trabalhou - a economia de mercado capitalista, as religiões do mundo ou o Estado moderno - foram abordados em última instância "do ponto de vista da história cultural". Diante desse quadro, meu artigo explora quatro aspectos principais: história econômica; ou mais precisamente o sentido cultural da ação econômica como ponto-chave para o pensamento histórico de Weber como um todo (I); a insistência de Weber na primazia de problemas analíticos e da escolha de perspectivas como pressupostos intelectuais do conhecimento histórico (II); a questão fundamental da história cultural em geral: como as ideias se atualizam em conflitos e constelações históricos e como a singularidade do desenvolvimento cultural europeu deve ser descrita em sua significação histórico-universal (III); a relevância da Primeira Guerra Mundial para os problemas e perspectivas de Weber: seu foco em uma teoria histórico-política do poder e da dominação e da gênese e estrutura do Estado moderno e da democracia (IV).

História cultural e história da educação

Falcon,Francisco José Calazans
Fonte: Editora Autores Associados Publicador: Editora Autores Associados
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.27%
O artigo analisa a separação entre a história cultural e a história da educação. Examinando obras a partir dos anos de 1970, verifica a importância crescente da história cultural e a ausência quase completa de trabalhos relativos à história cultural da educação. Aborda questões disciplinares e institucionais, mas também historiográficas, que concorrem para a exclusão de determinadas disciplinas, como a história da educação, do âmbito de trabalho do historiador. Durante a década de 1980, detecta maior interesse pela história da educação e por sua inserção nas perspectivas historiográficas. Focaliza algumas questões que interessam aos historiadores e aos historiadores da educação: as relações entre história e cultura; a tentativa de considerar a história cultural em duas perspectivas: uma que lhe atribui o recorte e análise de objetos culturais, e outra que privilegia os pressupostos metodológicos, abordando tanto as práticas sociais como as suas representações, de acordo com concepções das diversas teorias sociais. Conclui que a história cultural é um campo multi ou interdisciplinar, não apenas um tipo de abordagem, nem apenas um novo espaço ou dimensão do real, e enfatiza a necessidade de uma reflexão mais sistemática sobre a educação como um tema/objeto de investigação necessário à compreensão da formação cultural de uma sociedade.

A fé moldando comportamentos: história cultural dos presbiterianos de Fortaleza

Gadelha, Francisco Agileu de Lima
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.12%
Este trabalho de pesquisa objetiva reconstruir a memória cultural de idosos de uma coletividade, cujos protagonistas apresentam suas práticas religiosas diferentes das de outros atores pelos seus atos comportamentais, produzindo sentidos e significações particulares de suas existências. Exatamente nesta descrição se apresenta o presbiteriano de Fortaleza quando busca reorganizar os espaços sociais com os quais mantém contato, notadamente a sociedade cearense. A questão central da pesquisa encerra a problemática de conhecer como o presbiteriano de Fortaleza vem construindo as suas visões de mundo e sua convivência com outros atores, pertencentes ou não às diferentes religiões professadas na capital cearense. Para o presbiteriano, conhecer-se a si mesmo, sem ser apenas mais um a fazer parte de um todo, significa legitimar um projeto de vida, uma concepção de mundo apoiado exclusivamente no Evangelho. A reconstrução da memória cultural dos presbiterianos idosos oriundos de diferentes partes do Nordeste brasileiro, que por um motivo ou outro migraram para Fortaleza, na busca de melhores condições de vida pessoal e religiosa, se deu por meio de recursos metodológicos da História Cultural e das contribuições da Sociologia. Pela História Oral de vida...

Material educativo computarizado sobre la historia cultural del municipio Carlos Arvelo, estado Carabobo

Piñero Arvelo, Yileiwi Mayila
Fonte: Universidade de Carabobo Publicador: Universidade de Carabobo
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
ES_ES
Relevância na Pesquisa
66.1%
La intención de la investigación fue Proponer un Material Educativo Computarizado sobre la Historia Cultural del Municipio Carlos Arvelo, Estado Carabobo. El estudio se fundamentó en las teorías de Robert Gagné, además de las definiciones de Historia Cultural, en donde se pretende diseñar el material planteado. El estudio se enmarcó dentro de la modalidad de Proyecto factible de carácter Documental, de Campo, No experimental y Transversal. La modalidad esta formada por tres fases: Diagnóstico de necesidades, Factibilidad de la propuesta y por último Diseño de la misma. La población estuvo conformada por noventa y un (91) estudiantes cursantes de sexto grado de la U. E. Monseñor Jesús María Pellín del año escolar 2013 - 2014. Para la recolección de los datos se utilizó un cuestionario de trece (13) ítems, validados por juicio de expertos y cuya confiabilidad se calculó aplicando el coeficiente de Kuder Richardson. Finalmente, se analizaron los resultados obtenidos, los cuales demostraron la necesidad y la factibilidad de la propuesta, y se procedió a elaborar la misma.

Fuera de contexto: la hermenéutica Geertziana en historia cultural y arqueología. En: Avá, nº 17

Reynoso, Carlos
Fonte: Universidad Nacional de Misiones. Facultad de Humanidades y Ciencias Sociales. Secretaría de Investigación y postgrado. Programa de Postgrado de Antropología Social. Publicador: Universidad Nacional de Misiones. Facultad de Humanidades y Ciencias Sociales. Secretaría de Investigación y postgrado. Programa de Postgrado de Antropología Social.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:ar-repo/semantics/artículo; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em /06/2010 SPA
Relevância na Pesquisa
66.12%
Este ensayo trata de las apropiaciones de la historia en la antropología interpretativa, de la antropología por parte de la historia y de la interpretación antropológica y la historia cultural en la arqueología reciente. Se da seguimiento, particularmente, a las ideas hermenéuticas de la descripción densa y la metáfora de la cultura como texto cuando se aplican en un caso a fenómenos que ya son textos y en el otro a manifestaciones que no son del orden de la acción cultural observable sino claramente otra cosa. Se argumenta que en la mayoría de los casos el paso de las ideas discursivas de una disciplina a otra donde rigen otras reglas del juego ocasiona problemas metodológicos que no son tanto ocasionales como sistemáticos.

Reflexões a respeito da história cultural e a análise de documentos

Silva, Daiane Gaspareto da; Lemos, Flávia Cristina Silveira; Monteiro, Eline Freire
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em //2014 MUL
Relevância na Pesquisa
66.15%
Ao considerar as temáticas da história cultural e da análise de documentos, é importante ressaltar as práticas que forjam modos de ser, de pensar e de agir, no presente, e como elas atualizam um campo de possibilidades de existências. O presente artigo pretende problematizar algumas práticas historicamente fabricadas que, todavia, não são causais deterministas, pois são correlatas e imanentes. No intuito de refletir sobre aspectos da contemporaneidade, foi utilizado um trabalho de análise baseada nas contribuições da teoria da história para a Psicologia Social. Para tanto, empregamos alguns conceitos de Michel Foucault, de Michel De Certeau, de Roger Chartier e de Nietzsche, no campo dos estudos históricos. Com base na análise, foi possível interrogar as práticas que forjam a relação entre história cultural e documentos, propor um olhar pautado na filosofia da diferença como posição ética, estética e política, a fim de colocar em xeque a dualidade cultura popular e cultura erudita, além de problematizar os efeitos racistas e de discriminação que essa divisão enseja.; When considering the themes of culture history and analysis of documents is important to highlight the practices that forge ways of being...

Musicologia e história: Fronteira ou "terra de ninguém" entre duas disciplinas?

Chimènes, Myriam
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, D. História Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, D. História
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/12/2007 POR
Relevância na Pesquisa
66.17%
On one hand, few musicologists consider Music as a historical fact, and thus orientate their researches towards cultural history. On the other, historians have neglected Music thus far. Contrary to art history, which has attracted the interest of others (historians in particular), music is not coveted, and seems to be ignored. How can we explain why Music stays too often on the sidelines of historians studies? Although historians are interested in picture records, they systematically avoid Music, as if accessibility and legibility where too difficult. Conversely, musicologists put their object of study in context, but are not concerned with what Music could bring to the understanding of history. Are we to suggest to musicologists another reading of their sources, so that they may question Music in order to shed new lights on History?; Poucos musicólogos consideram a Música como um fato histórico e orientam suas pesquisas para a história cultural. Por outro lado, os historiadores têm negligenciado a Música como objeto. Ao contrário da história da arte, que tem atraído particularmente o interesse de vários historiadores, a música não os atrai e parece ser ignorada por eles. Embora os historiadores se interessem por registros da pintura...

Gênese "ateneísta" da história cultural latino-americana; The "Ateneísta" origin of Latin American cultural history

Myers, Jorge
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2005 POR
Relevância na Pesquisa
66.15%
In this article, the formation of a transnational network of intellectuals, that of the "Ateneístas" - a group which was originally constituted in Mexico through the double experience of the "Ateneo de la Juventud" and of participation in the various cultural initiatives promoted by the Revolutionary governments of Mexico (and especially in the creation of the Universidad Nacional de México) -, is analyzed; as is its role in the origins of the cultural history of Latin America. The intellectual trajectories of two of its most prominent members - which, through their agency, contributed to the formation of an intellectual network linking the national intellectual fields of Mexico, Argentina, Spain and Brasil - are examined in some detail: those of Pedro Henríquez Ureña and Alfonso Reyes. The purpose of this study is dual. It proposes an exploration, on the one hand, of the relationship between the international circulation of ideas and the conditions for the emergence of new cultural formations within national intellectual fields. It seeks, on the other hand, to analyze the specific process whereby a historiographical discourse with novel characteristics took shape in the region - through the agency of a confluence of specific works...

Max Weber and the cultural history of modernity; Max Weber e a história cultural da modernidade

Hübinger, Gangolf
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.25%
This article takes a new look at Weber as a historian. The MWG's detailed reconstruction of the scientific and intellectual historical context provides a clear insight into how all the different topics on which Weber worked - the capitalist market economy, world religions, or the modern state - were ultimately treated "from the view-point of cultural history." In response the article examines four aspects: Economic history; or more precisely, the cultural meaning of economic action as a key to Weber's historical thinking as a whole (I); Weber's insistence on the primacy of analytical problems and of choices of perspectives as intellectual presuppositions of historical knowledge (II); the cardinal question of cultural history in general: how ideas take effect in historical constellations and conflicts, and how the peculiarity of European cultural development is to be described in its universal-historical significance (III); the relevance of the First World War for Weber's problems and perspectives: his concentration on a historical-political theory of power and domination and of the genesis and structure of the modern state and democracy (IV).; Este artigo oferece um novo olhar sobre Weber como historiador. O fato de que a MWG reconstrói...

Historia de las mentalidades y historia cultural; História das mentalidade e história cultural

Nicolazzi, Fernando
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 04/01/2000 POR
Relevância na Pesquisa
66.2%
El artículo trata de dos modalidades de prácticas de la historiografía: la historia de las mentalidades y la historia cultural. Para eso, no delimita a los conceptos, comparaciones o áreas de actuación de cada una, pero explica ambas, tal como sus respectivas alteraciones en la historiografía tradicional, en la tentativa de tentar tornar inteligibles las prácticas e representaciones de las cuales haz uso el historiador.; O artigo trata de duas modalidades de prática da historiografia: a história das mentalidades e a história cultural. Para tanto, não se delimita a conceitos, comparações ou áreas de atuação de cada uma, mas sim explica ambas, tal como suas respectivas alterações na historiografia tradicional, na tentativa de tornar inteligíveis as práticas e representações das quais faz uso o historiador.

HISTÓRIA CULTURAL E SOCIOLOGIA: CONTRIBUIÇÕES DE BOURDIEU PARA UMA CIÊNCIA DA OBRA CULTURAL

Schneider, Claércio Ivan
Fonte: Programa de Pós-Graduação em História Publicador: Programa de Pós-Graduação em História
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 07/05/2011 POR
Relevância na Pesquisa
76.12%
Neste artigo busca-se enveredar no diálogo da História Cultural com a Sociologia de acordo com a perspectiva teórica proposta pelo sociólogo francês Pierre Bourdieu. As condições da compreensão, as apropriações simbólicas e os atos de instituição do objeto artístico/literário transformam-se em um método de análise para a compreensão da historicidade da obra cultural.

História Cultural: um panorama teórico e historiográfico

Barros, José D'Assunção; Universidade Severino Sombra - USS
Fonte: Textos de História. Revista do Programa de Pós-graduação em História da UnB. Publicador: Textos de História. Revista do Programa de Pós-graduação em História da UnB.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 06/01/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.15%
Este artigo busca elaborar uma visão panorâmica sobre a História Cultural, esclarecendo e discutindo alguns aspectos relacionados a esta modalidade da História. São discutidos diversos dos conceitos envolvidos na perspectiva de História Cultural a partir de uma produção historiográfica diversificada que se desenvolveu ao longo do século XX. O artigo remete a obra recentemente publicada pelo autor deste texto, cujo principal objetivo é o de elaborar uma visão panorâmica das diversas modalidades da História nos dias de hoje.

Fuera de contexto: la hermenéutica Geertziana en historia cultural y arqueología

Reynoso,Carlos
Fonte: Avá Publicador: Avá
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 ES
Relevância na Pesquisa
66.12%
Este ensayo trata de las apropiaciones de la historia en la antropología interpretativa, de la antropología por parte de la historia y de la interpretación antropológica y la historia cultural en la arqueología reciente. Se da seguimiento, particularmente, a las ideas hermenéuticas de la descripción densa y la metáfora de la cultura como texto cuando se aplican en un caso a fenómenos que ya son textos y en el otro a manifestaciones que no son del orden de la acción cultural observable sino claramente otra cosa. Se argumenta que en la mayoría de los casos el paso de las ideas discursivas de una disciplina a otra donde rigen otras reglas del juego ocasiona problemas metodológicos que no son tanto ocasionales como sistemáticos.

Filiación e historia cultural: confluencias y divergencias temáticas

Dipierri,José E.
Fonte: Cuadernos de la Facultad de Humanidades y Ciencias Sociales. Universidad Nacional de Jujuy Publicador: Cuadernos de la Facultad de Humanidades y Ciencias Sociales. Universidad Nacional de Jujuy
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2004 ES
Relevância na Pesquisa
66.22%
En este trabajo se examina el fenómeno jurídico del reclamo de la filiación con el propósito de evaluar el valor documental y empírico de estos expedientes para analizar algunos de los temas que constituyen los puntos de interés de la historia cultural, tales como las conexiones entre la cultura popular y de las elites, la historia de las mentalidades, la hegemonía cultural, etc. La información procede de los expedientes de demandas de filiación natural correspondientes al período 1900-1925 del Archivo de los Tribunales de la provincia de Jujuy y de los textos jurídicos del mismo período que comentan el Título V del Código Civil Argentino que legisla esta demanda. A partir de esta investigación preliminar y acotada temporalmente el tema de la filiación se revela como un campo fértil, tanto desde el punto de vista metodológico como teórico, para los intereses actuales de la historia cultural. En este trabajo se señalan algunos aspectos de la confluencias y derivaciones que se presentan en el abordaje del tema de la filiación desde la perspectiva social y antropológica de la historia cultural. Cada uno de ellos requiere una mayor profundización bibliográfica, teórica, analítica e interpretativa. En la provincia de Jujuy entre 1900 y 1925...

De la historia de las mentalidades a la historia cultural: notas sobre el desarrollo de la historiografía en la segunda mitad del siglo XX

Ríos Saloma,Martín F.
Fonte: Instituto de Investigaciones Históricas, UNAM Publicador: Instituto de Investigaciones Históricas, UNAM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 ES
Relevância na Pesquisa
66.1%
En el presente artículo se ofrece una síntesis sobre el desarrollo de las corrientes historiográficas a lo largo de la segunda mitad del siglo XX. Asimismo se hace énfasis en el quiebre del paradigma de la historia de las mentalidades y el surgimiento tanto del giro lingüístico como de la historia cultural cuyos postulados se exponen sucintamente.

"Dejando los restos del naufragio": Fragmentos para una historia cultural

González Esparza,Víctor Manuel
Fonte: División de Ciencias Sociales y Humanidades, UAM-Unidad Xochimilco Publicador: División de Ciencias Sociales y Humanidades, UAM-Unidad Xochimilco
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2013 ES
Relevância na Pesquisa
66.1%
El ensayo recupera el espíritu de cambio de Marc Bloch y Lucien Febvre como preámbulo para conocer el itinerario de la historia cultural, particularmente a través de la historia del arte y de la cultura, así como de la historia de género. Alternativas frente a la resistencia a cambiar y la fragmentación existente en la práctica histórica.

A HISTÓRIA CULTURAL E AS FONTES DE PESQUISA

Vieira, Alboni Marisa Dudeque Pianovski
Fonte: Revista HISTEDBR On-line Publicador: Revista HISTEDBR On-line
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 21/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.22%
Na primeira metade do século XX, a história “abriu-se” para as demais ciências, com uma proposta de diálogo interdisciplinar. O campo historiográfico, então, sofreu mudança significativa, obrigando os historiadores a reconsiderar o conceito de fontes, para além daquelas predominantemente documentais, na pesquisa em história. Sobre essas fontes de pesquisa incide a reflexão, considerando-se a contribuição que os avanços tecnológicos trazem à coleta de dados, em particular, na história oral. Do ponto de vista metodológico, trata-se de estudo de caso, com caráter bibliográfico, que traça uma retrospectiva da história cultural, enfatizando as possibilidades de uso da história oral. Como aporte teórico, foram consultados estudos de Ribeiro (2003), Pesavento (2005) e Alberti (2005). Os resultados apontam para possibilidades de utilização da história oral na pesquisa em história cultural.