Página 1 dos resultados de 1 itens digitais encontrados em 0.030 segundos

PEDAGOGIAS DA BOCA: EDUCAÇÃO, SAÚDE E PRODUÇÃO DE CORPOS SAUDÁVEIS (BRASIL E COLÔMBIA, 1918-1946)

Oliveira, Iranilson Buriti de
Fonte: Universidade Federal da Paraíba Publicador: Universidade Federal da Paraíba
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 31/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
96.29%
Este texto tem como objetivo estudar as aproximações e circulação de ideias educativas em torno da saúde bucal no Brasil e na Colômbia no período compreendido entre 1918 a 1946, colocando em suspeição os discursos que circularam no período supracitado, emitidos por médicos, cirurgiões dentistas, educadores e autoridades públicas que escreviam na história vários enunciados sobre as identidades dos sujeitos. Dialogamos com a teoria que repensa os conceitos de leitura e de apropriação de discursos construídos pela Nova História Cultural, como estratégia metodológica para problematizar os modos de prescrever o corpo higienizado. Como fontes, pesquisamos os jornais A União, A Voz da Borborema e o Jornal das Moças, a Revista de Odontologia e a Revista Era Nova (Brasil), bem como as revistas Oral Hygiene, Revista da Federação Colombiana de Odontologia, o Boletim Dental e a Revista de Odontologia, além dos jornais El Tiempo e El Espectador (Colômbia), bem como memórias ministeriais, decretos e leis voltados para a saúde pública e educação do corpo nos países e no período supracitados. Assim, em diversos reclames publicitários e artigos dos periódicos, a educação bucal é apresentada como fundamental para o homem moderno...