Página 1 dos resultados de 620 itens digitais encontrados em 0.035 segundos

Tradição e modernidade: desanexação da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EEUSP); Tradition and Modernity: detaching the School of Nursing from the University of São Paulo (EEUSP)

Santiago, Emiliane Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
55.92%
O presente estudo teve o objetivo de analisar o processo histórico da desanexação da Escola de Enfermagem de São Paulo - EEUSP - da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo FMUSP. Para tanto, pretendeu-se apontar alguns antecedentes assim como descrever sumariamente a conjuntura da enfermagem no país e a fundação dessa Escola. Este estudo qualitativo descritivo tem como interesse a garantia da memória da profissão de enfermagem e da EEUSP, incentivando a concretização da identidade desta profissão, através da análise de diversas fontes encontradas sobre o processo de desanexação da EEUSP. Entre essas, o Boletim do SESP, imagens fotográficas, cartas de Miss Tennant e Sr. Sopper da Fundação Rockefeller, edições da Revista Médico-Social, documentos e relatórios da fundação Rockefeller sobre a criação da Escola de Enfermagem de São Paulo, as Atas do Conselho Técnico e Administrativo Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e da Congregação da mesma instituição, assim como também as Atas da Associação Brasileira de Enfermagem, Seção de São Paulo (ABEn - SP), Conselho Técnico Acadêmico da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EEUSP) e no arquivo da Reitoria...

A medicina de adolescentes no Estado de São Paulo de 1970 a 1990: uma dimensão histórica; Adolescent Medicine in the State of São Paulo from 1970 to 1990: a historical dimension

Queiroz, Ligia Bruni
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
55.96%
Observa-se relativa escassez de trabalhos especializados a respeito da reconstrução histórica da institucionalização da Medicina de Adolescentes e da Atenção à Saúde Integral dos Adolescentes, no Estado de São Paulo. Esta lacuna mostra-se ainda maior quando se trata de examinar a implantação desses serviços pioneiros no âmbito das universidades e a maneira como os profissionais responsáveis por esse pioneirismo se posicionavam diante das dificuldades e embates no contexto de suas instituições de ensino, à luz daquele momento histórico: meados da década de 1970, marcado pela ditadura militar no país. O presente trabalho tem como objetivo recuperar as origens da Medicina de Adolescentes em São Paulo, entre as décadas de 1970 a 1990. Trata-se de um estudo qualitativo, orientado pela análise dos documentos históricos produzidos ao longo das mencionadas décadas acerca da institucionalização da Medicina de Adolescentes e da construção histórico-cultural do adolescente, e pela obtenção de depoimentos dos responsáveis pela implantação dos primeiros serviços de atenção à saúde dos adolescentes no Estado de São Paulo, seja no âmbito da Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia e Psiquiatria, seja na área da Saúde Coletiva. Foram realizadas entrevistas...

Fatores associados ao estabelecimento da medicina tradicional chinesa na cidade de São Paulo; Factors Associated with the establishment of Traditional Chinese Medicine in Sao Paulo

Roland, Maria Inês de França
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2012 PT
Relevância na Pesquisa
65.83%
A acupuntura é uma estratégia da medicina chinesa que teve introdução no ocidente por meio de ondas orientalistas, a partir do século 18, quando foi associada à cirurgia, por se tratar de terapêutica externa. Durante a primeira metade do século 19, foi objeto de interesse científico, perdendo impacto na segunda metade daquele século, quando identificada como etnomedicina, de interesse apenas histórico. Não obstante, a investigação científica sobre esta terapêutica não foi encerrada. No início do século 20, estudos sobre acupuntura buscavam uma explicação para sua dinâmica nas teorias da eletricidade animal. Nos anos 1960, nova onda da terapêutica, mística e esotérica, acompanhou o movimento de Contracultura no ocidente, fora do ambiente acadêmico. A partir dos anos 1970, sua admissão formal em meio acadêmico foi facilitada pela reaproximação do ocidente com a República Popular da China. Desde então, a acupuntura vem ganhando espaço nas investigações científicas, estabilizando sua explicação pela teoria neurofisiológica, visando a identificar padrões terapêuticos para situações de saúde classificadas pelo núcleo conceitual da Medicina Ocidental Moderna (MOM). O presente estudo de caso descreve o estabelecimento da acupuntura científica na Faculdade de Medicina na Universidade de São Paulo (FMUSP). Utiliza a teoria ator-rede de Bruno Latour e colaboradores. Identifica as redes de conexão utilizadas pelos doutores Hong Jin Pai...

História da fisioterapia em Portugal: da origem a 1966

Fonseca, João Pedro da
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
75.73%
Mestrado em Fisioterapia.; Em 1851, Gleich usa pela primeira vez o termo de Fisioterapia. Surge num momento em que a arte de curar o campo médico, procurava corresponder à necessidade que a sociedade tinha de cuidados de saúde mais eficazes. A área médica procurou a exclusividade da ginástica, da aplicação da mecanoterapia, da electroterapia, da massagem e da hidroterapia. O termo Fisioterapeuta surge em Portugal em 1918 e Serviço de Fisioterapia em 1917 num Instituto da Casa Pia de Lisboa e em 1918 no Hospital de São José. O movimento Higienista do fim do seculo XIX reconheceu a qualidade de agente terapêutico à fisioterapia conferindo-lhe estatuto, através do desenvolvimento de um saber teórico, contudo abstracto próprio da Universidade. O percurso histórico da Fisioterapia em Portugal é analisado até 1966, data da criação oficial da Escola de Saúde de Alcoitão; dá-se também ênfase ao Laboratório de São José e ao contexto do seu aparecimento. O desenvolvimento da Fisioterapia em Portugal ocorre em períodos históricos semelhantes a diversos países da Europa.; ABSTRACT - In 1851, Gleich employs for the first time the word Physiotherapy it appears in moment in which the medical field, search to answer the needs of the society for more efficient care. In this way...

Traços da medicina na azulejaria de Lisboa

Pina, Madalena Esperança
Fonte: Faculdade de Ciências Médicas. Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Médicas. Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
65.83%
RESUMO: A presente abordagem procura estabelecer uma relação entre a Medicina e a Azulejaria. Um conjunto de composições produzidas entre o século XVII e a década de 90 do século XX, localizado na área de Lisboa e seus arredores, organiza-se em torno de oito vectores que ilustram a presença de alusões à Medicina na Azulejaria da referida área. São estes, aspectos relacionados com a higiene, marcos da história da assistência, ciclos temáticos relacionados com os quatro elementos primordiais e com os cinco sentidos, representações ligadas à ideia de morte, episódios bíblicos, referências hagiográficas e elementos ligados à acção médica, como objectos, patologias, instituições ou acontecimentos, associados à Medicina, que atestam esta relação entre Arte e Ciência, de forma geral, e entre a Azulejaria e a Medicina, de forma particular. À análise destes vectores, antecede uma resenha histórica relativa à ligação entre Arte e Ciência e um apontamento histórico acerca da história da Azulejaria. Pretende-se demonstrar esta conexão interdisciplinar e reforçar a importância da vertente humanista da Medicina, na sua história, na sua aprendizagem e na sua prática.-------------------------------------ABSTRACT: The present approach aims at establishing a relation between Medicine and Tile Art. A group of compositions produced between the 17th century and the 1990s...

Fundamentos da medicina tradicional chinesa : elementos para uma comparação com as bases filosóficas da medicina da antiguidade clássica

Torres, Lia de Sousa
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
65.86%
O objectivo desta dissertação é estudar a hipótese de que a Medicina Tradicional Chinesa se baseia em modelos conceptuais semelhantes aos das medicinas naturalistas da cultura greco-romana, tal como são conhecidos desde os filósofos pré-socráticos e se mantiveram sem alterações na sua essência até ao renascimento. A Medicina Tradicional Chinesa fundamenta-se em conceitos filosóficos que englobam uma força ou corrente vital (o qi), o equilíbrio entre duas forças vitais que se opõem e complementam (o yin e o yang), e na teoria de que todas as coisas são compostas por cinco elementos. Como factores de doença aparecem causas externas, como o vento ou a humidade, e factores internos que produziriam desequilíbrios entre as forças que constituem o universo, desequilíbrios esses que se traduziriam na doença. O papel da medicina seria o de restaurar os equilíbrios perdidos, no quadro de um ser humano visto como inserido num cosmos. O estudo que fizemos sobre o pensamento da antiguidade clássica, a sua influência sobre o exercício da medicina e a forma como ambos perduraram durante séculos na sua essência, quando não mesmo nos seus aspectos acidentais, nas culturas do Ocidente, parecem-nos constituir suporte para a tese de que a medicina tradicional chinesa e as medicinas ocidentais de fundamento naturalista anteriores à modernidade têm muito em comum. Também no Ocidente...

A Bioética e a psicologia da saúde: reflexões sobre questões de vida e morte

Torres,Wilma da Costa
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
65.73%
O presente trabalho focaliza os fatores impulsionadores do surgimento da Bioética, destacando: a) a revolução científica e tecnológica, e b) a revolução social dos anos 1960. Descreve o desenvolvimento histórico da Bioética desde sua definição inicial como ciência da sobrevivência humana até seu estágio atual - o da Bioética Global, e suas fronteiras com os vários campos do saber. A psicologia da saúde integra esse contexto multidisciplinar principalmente por sua reflexão sobre temas desafiadores da Bioética, entre os quais são aqui discutidos aqueles decorrentes da medicina intensiva (eutanásia e distanásia) e aqueles derivados da medicina substitutiva (transplantes). Questões básicas como definição de morte, consentimento livre e informado são analisadas como ainda polêmicas e controvertidas. Conclui-se com as indagações sobre as quimeras da ciência para triunfar sobre a doença e os problemas da ordem canibal que se espera diminuam na medida em que as terapêuticas etiológicas e fisiológicas progridam

Uma abordagem histórica da trajetória da parasitologia

Mascarini,Luciene Maura
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
65.91%
O texto relata os caminhos trilhados pela parasitologia, uma ciência que emergiu no século 19 com o surgimento e o estabelecimento de várias áreas da medicina, entre elas, a medicina tropical. Essa ciência, segundo o sumário bibliográfico, foi indicada inicialmente como um ramo da história natural, sendo construída com a descoberta e posterior descrição de vários agentes patogênicos, responsáveis por alguns processos mórbidos, até então não atribuíveis a organismos externos ao indivíduo. Alguns parasitologistas ao redor do mundo começaram a descrever, além dos agentes patogênicos, os vetores e os mecanismos de transmissão das diversas doenças causadas pelos parasitas. No Brasil, o histórico da parasitologia margeia o trajeto da medicina tropical, com o constante embate entre os médicos da Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro e da Escola Tropicalista Baiana. Já em 1900, renomados médicos parasitologistas surgem no cenário brasileiro: Oswaldo Cruz e Carlos Chagas que, através de suas descobertas, impulsionaram a parasitologia até os dias atuais.

Procurando bem todo mundo tem pereba: práticas e recursos de cura a partir da cultura material na Porto Alegre do século XIX (1815-1898)

Company, Zeli Teresinha
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
55.87%
Esta tese discute a cultura material relacionada às artes de curar. Procura demonstrar de que forma ela contribui para as discussões a respeito da história da medicina, entre os anos 1815-1898. A partir do contexto histórico do Rio Grande do Sul e Porto Alegre, procura inserir essa cultura material no cotidiano da cidade de forma a captar seus diferentes significados, respeitando as peculiaridades e seus limites de alcance. A cultura material desta pesquisa é proveniente de cinco sítios arqueológicos históricos: Santa Casa de Misericórdia e Centro Histórico-Cultural Santa Casa (RS-JA-29), Casa da Riachuelo (RS-JA-17), Paço Municipal (RS-JA-20); Mercado Público Central (RS-JA-05) e Solar da Travessa Paraíso (RS-JA-03).; This dissertation discuss the material culture related to the cure‟s arts. Try tho show how it contribute to the discussions about medicine history, between 1815-1898. Since the historic contexto of Rio Grande do Sul and Porto Alegre, try to insert this material culture in the ordinary life of the city letting capture its different meanings, respecting its peculiar and limits range. Material Culture of this research is from five historic archaeological sites: Santa Casa de Misericórdia e Centro Histórico-Cultural Santa Casa (RS-JA-29)...

Lembranças de alunos, imagens de professores: narrativas e diálogos sobre a formação médica

Silva, Lenina Lopes Soares
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.04%
Se trata de una incursión histórica por el pensamiento y por la enseñanza médica, discutiéndose la formación médica de manera contextualizada, con el objetivo de comprenderla para interpretarla a través del recuerdo que haya sido fijado por los alumnos. Se dará un enfoque a la mediación pedagógica de esa formación, intentando proporcionar el diálogo entre la historia social de la Medicina y los recuerdos de alumnos, ubicándolas en un contexto histórico-social y cultural, al mismo tiempo en que se ha buscado sujetar las imágenes de los profesores que hayan dejado huellas significativas en la vida de los alumnos, en cuestiones profesionales, sociales y culturales. Se configura, asimismo, una memoria de la formación médica de la Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), desde su creación en el 1955, como Faculdade de Medicina de Natal, hasta el 1963, como Faculdade de Medicina da UFRN. Los recuerdos han sido recolectados por medio de entrevistas temáticas con alumnos ya formados de las tres primeras turmas concluyentes, de los años del 1961, 1962 y 1963, de la referida Facultad y fueron interpretadas utilizándose la cartografía como técnica que envuelve la construcción de cuadros interpretativos...

Fundamentos da medicina tradicional chinesa : elementos para uma comparação com as bases filosóficas da medicina da antiguidade clássica

Torres, Lia de Sousa
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
65.86%
O objectivo desta dissertação é estudar a hipótese de que a Medicina Tradicional Chinesa se baseia em modelos conceptuais semelhantes aos das medicinas naturalistas da cultura greco-romana, tal como são conhecidos desde os filósofos pré-socráticos e se mantiveram sem alterações na sua essência até ao renascimento. A Medicina Tradicional Chinesa fundamenta-se em conceitos filosóficos que englobam uma força ou corrente vital (o qi), o equilíbrio entre duas forças vitais que se opõem e complementam (o yin e o yang), e na teoria de que todas as coisas são compostas por cinco elementos. Como factores de doença aparecem causas externas, como o vento ou a humidade, e factores internos que produziriam desequilíbrios entre as forças que constituem o universo, desequilíbrios esses que se traduziriam na doença. O papel da medicina seria o de restaurar os equilíbrios perdidos, no quadro de um ser humano visto como inserido num cosmos. O estudo que fizemos sobre o pensamento da antiguidade clássica, a sua influência sobre o exercício da medicina e a forma como ambos perduraram durante séculos na sua essência, quando não mesmo nos seus aspectos acidentais, nas culturas do Ocidente, parecem-nos constituir suporte para a tese de que a medicina tradicional chinesa e as medicinas ocidentais de fundamento naturalista anteriores à modernidade têm muito em comum. Também no Ocidente...

Educação a Distância

Núcleo de Educação em Saúde Coletiva da Medicina - UFMG; Núcleo de Tecnologias e Educação a Distância em Saúde - UFC
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Arquivo compactado em formato .zip contendo texto em versão .pdf e .html, material complementar, atividades pedagógicas (tema para discussão em fórum e questionários para auto-avaliação). Contém vídeos.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.62%
Discute sobre tecnologias de informação e comunicação (TICs) e suas transformações na sociedade, nos mais diversos sistemas: educacional, de comunicação, de saúde etc., alterando até mesmo o significado de espaço e tempo. Apresenta um histórico da Educação a Distância (EaD), seu conceito e as gerações que a compõem.; Versão 2.0; Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS)

A codificação moral da medicina: avanços e desafios na formação dos médicos

Luiz d'Avila,Roberto
Fonte: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Publicador: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
65.76%
O presente artigo objetivou discutir a codificação moral da prática médica, mostrando a necessidade de ampliar a formação tecnicista com elementos humanitários. Neste sentido, abordou primeiramente a Medicina como ciência e arte pautada em princípios morais. Posteriormente, revisou o contexto histórico da codificação moral médica, enfocando a realidade brasileira. Por fim, discutiu-se o código médico vigente, destacando a importância de não considerá-lo como ferramenta estritamente punitiva, mas de orientação para a promoção do bem-estar dos pacientes e melhoria da sociedade. Concluindo, indicou-se a necessidade de as escolas médicas oferecerem, além de formação técnica, uma preparação contínua em temas humanitários, promovendo o desenvolvimento moral dos estudantes e futuros médicos.

Knowledges, practices on Work and Health and the approaches on social medicine and labour medicine in Brasil: end of XIX century up to fifties-sixties of XX century; Conhecimentos, práticas em Trabalho-Saúde e as abordagens da medicina social e da medicina do trabalho no Brasil: final do século XIX até os anos 1950-60

Lacaz, Francisco Antonio de Castro
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2007 POR
Relevância na Pesquisa
55.95%
The article deals with the historic-institutional trajectory of the approaches on work and health in Brazil, from the late Nineteenth Century up to the 1960s'. It is a qualitative study, with documental analysis and interviews, in wich is adopted the approach by Foucault on social medicine, and the Archeology as methodology. The historic-institutional trajectory in the interfaces between work and health starts by the approach of urban social medicine untill medicine of work force, and discuss replacement of the public health by the work sectors in the actions of the State, at the industrialization post-1930. It points at many ways to conceive the referred relationships influenced by the paradigm of the rational organization of work, the hegemonic way of work management. It traces back the industrial hygiene, the infortunistica, the psychotecnique and the behaviourial medicine as important tools of workforce-control, emphasising the effect of the industrial hygiene and its “dispute” with the occupational health and labor medicine in the 1950-60s. During consolidation of the brazilian industrialization process, in the fifties, the medical services in the enterprises crops up, as strategy, based in the OMS/OIT concept of labor medicine...

Historical of Forensic Medicine; Histórico da medicina legal

Coêlho, Bruna Fernandes
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Direito Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Direito
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2010 POR
Relevância na Pesquisa
65.87%
The assertive “there is no way to understand how exquisite the forensic medicine without first analyzing your history” already demonstrates p purpose of this matter that traces the trajectory of this fascinating Chair in the right area, since antiquity in times of priests who ruled in the manner of divine strength and evocation, passing by the Egyptian universe when corpses were stuffed into complex rituals, arousing attention of archaeologists from all over the world, in primate to understand and decipher the history of mankind. And corpses, in Egypt, were considered sacred and are still, today. The story continues narrating about the laws of Menes, Hammurabi’s code that will be the oldest criminal legislation that has news, the law of the XII boards, of the Roman Empire, other add-ons added: the history of forensic medicine.; A assertiva “não há como compreender de forma primorosa a Medicina Legal sem antes analisar o seu histórico” já demonstra p propósito dessa matéria que traça a trajetória desta fascinante Cadeira de Direito, desde a Antiguidade em tempos de sacerdotes que governavam à maneira da força e da evocação divina, passando pelo universo egípcio época em que cadáveres eram embalsamados em rituais complexos...

Historical development of epidemiology and of the concepto of risk; Desenvolvimento histórico da epidemiologia e do conceito de risco

Ayres, José Ricardo de Carvalho Mesquita
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 06/09/2009 POR
Relevância na Pesquisa
65.94%
A utilização do raciocínio probabilístico nas práticas de saúde foi originalmente introduzida pela epidemiologia e é hoje amplamente utilizado em todas as áreas da medicina. O objetivo deste trabalho foi revisitar o desenvolvimento histórico da epidemiologia e a formalização de seu elemento epistemológico nuclear, o conceito de risco, responsável pela emergência da probabilidade como parte do raciocínio causal nas ciências da saúde. O estudo situa-se na fronteira entre as disciplinas de medicina preventiva e social, história e filosofia das ciências, caracterizando-se como uma epistemologia histórico-crítica. O período de estudo abrangeu os anos de 1872 a 1965 e sua base documental foi constituída por trabalhos de periódicos científicos relacionados à construção do campo epidemiológico, em particular o American Journal of Hygiene, livros, anais de congressos, brochuras científicas etc. Foram identificadas e discutidas três etapas de desenvolvimento da epidemiologia: epidemiologia da constituição, epidemiologia da exposição e epidemiologia do risco, apontando-se aspectos epistemológicos e sócio-culturais relacionados a cada uma delas. Destacou-se a importância da reflexão crítica sobre a ciência epidemiológica...

Ayurveda – a medicina clássica indiana; Ayurveda – the classical indian medicine.

Deveza, Antonio Cesar Ribeiro Silva
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
65.8%
O objetivo do presente artigo é apresentar de forma sucinta as bases da Medicina Clássica Indiana, o Ayurveda. A palavra sânscrita Ayurveda significa literalmente o conhecimento (veda) da longevidade (ayus). Apresentamos um histórico das principais influências de outras medicinas ancestrais que conviveram com o Ayurveda, principalmente graças às várias invasões que o território indiano sofreu ao longo de toda sua história. Diferenciamos o Ayurveda de caráter experimental e de refinada observação de sintomas e sinais das doenças de outras formas de medicina mística praticadas no mesmo território indiano por sacerdotes brâmanes ritualistas. São delineados os princípios fundamentais do Ayurveda, desde a Filosofia Samkhya que oferece suas bases metafísicas, passando pela doutrina dos três humores (tridosha vidya) e dos cinco elementos básicos, pela fisiopatologia com a descrição das várias etapas evolutivas das doenças e seus prognósticos e pela funcionalidade dos sete tecidos corporais, tanto na sua forma saudável como patológica. Descrevemos também os canais de circulação (srotamsi) com suas respectivas funções de conduzir materiais densos como o sangue, a transpiração, as fezes e a urina, bem como os canais de energia sutil responsáveis pela condução dos pensamentos e das funções mentais. As técnicas de diagnóstico são também apresentadas em conjunto com as variadas formas de tratamento...

Símbolo da medicina; Medicine symbol

Nascimento, Clarissa Nóbrega Gambarra; Ramos, Moara de Oliveira; Lichtenstein, Arnaldo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo de convidado Formato: application/pdf
Publicado em 21/06/2006 POR
Relevância na Pesquisa
75.75%
Este artigo aborda os aspectos histórico e mitológico do símbolo da medicina e a errônea difusão do caduceus de Hermes.; This article is about the mitologic and historicals aspects of the medicine symboland the wrong spread of Herme’s Caduceus.

Historical moment of a specialty; Momento histórico de uma especialidade

Muñoz, Daniel Romero; Muñoz-Gianvecchio, Daniele; Gianvecchio, Victor A. P.
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ART.; Formato: application/pdf
Publicado em 07/12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
65.87%
Os autores fazem um breve relato histórico da Medicina Legal ressaltando que é, como especialidade médica, uma das mais antigas e que vive um momento de grande relevância histórica: a fusão de duas sociedadesmédicas que disputavam o direito de emitir certificado de área de atuação para os médicos que a exercem. Os pontos principais dessa disputa são destacados, incluindo a alteração do nome da especialidade que passou a ser Medicina Legal e Perícia Médica, não se tratando de nova especialidade, apenas uma pequena mudança de denominação da antiga.  ; This article presents a brief history of Forensic Medicine in Brazil and emphasizes the current relevantmoment the specialty is facing: fusion of two medical societies which disputed the right to issue specialty certification for forensic medical doctors working in the area. The main dispute points are discussed, including the change in denomination of the specialty with the addition of Perícia Médica to the original name (Medicina Legal).   

Uma abordagem histórica da trajetória da parasitologia

Mascarini,Luciene Maura
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
65.91%
O texto relata os caminhos trilhados pela parasitologia, uma ciência que emergiu no século 19 com o surgimento e o estabelecimento de várias áreas da medicina, entre elas, a medicina tropical. Essa ciência, segundo o sumário bibliográfico, foi indicada inicialmente como um ramo da história natural, sendo construída com a descoberta e posterior descrição de vários agentes patogênicos, responsáveis por alguns processos mórbidos, até então não atribuíveis a organismos externos ao indivíduo. Alguns parasitologistas ao redor do mundo começaram a descrever, além dos agentes patogênicos, os vetores e os mecanismos de transmissão das diversas doenças causadas pelos parasitas. No Brasil, o histórico da parasitologia margeia o trajeto da medicina tropical, com o constante embate entre os médicos da Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro e da Escola Tropicalista Baiana. Já em 1900, renomados médicos parasitologistas surgem no cenário brasileiro: Oswaldo Cruz e Carlos Chagas que, através de suas descobertas, impulsionaram a parasitologia até os dias atuais.