Página 1 dos resultados de 736 itens digitais encontrados em 0.059 segundos

Entre a história e a economia: o pesamento econômico de Roberto Simonsen; Between history and economy: economic thought of Roberto Simonsen

Curi, Luiz Felipe Bruzzi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2014 PT
Relevância na Pesquisa
95.74%
Esta dissertação versa sobre o pensamento econômico de Roberto Simonsen. A partir de uma perspectiva de reconstituição histórica do pensamento econômico, busca-se compreender a formação do pensamento de Simonsen, levando em conta as instituições que frequentou e sua trajetória como empresário e político. Enfatiza-se a dimensão da participação de Simonsen na difusão internacional de ideias econômicas, adaptando ideias estrangeiras ao contexto brasileiro. Mostra-se que a interpretação que Simonsen dá para a história do Brasil, em seu livro clássico, é muito importante para a construção de seu pensamento econômico, estruturado em torno dos eixos do protecionismo e do planejamento.; This dissertation deals with the economic thought of Roberto Simonsen. From a perspective based on the historical reconstitution of economic thought, we seek to understand the formation of Simonsens economic thought, taking into account the institutions to which he belonged and his role as a businessman and as a politician. We emphasize Simonsens participation in the international diffusion of economic ideas, adapting foreign ideas to the Brazilian context. We show that Simonsens interpretation of Brazilian economic history, present in his classic book...

A economia dos bispos : o pensamento econômico da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil

Fuser, Cláudia Maria
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
65.73%
Aborda o pensamento econômico contido no discurso pastoral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB. Enfoca a evolução desse pensamento ao longo das três décadas qie se seguiram à fundação da instituição, procurando ressaltar a influência de dois elementos básicos na sua constituição: a tradição e a leitura que os católicos faziam do contexto social em que atuavam

O ciclo da dívida e a evolução das contas externas do Brasil de 1994 a 2009

Matos, Mirian da Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.58%
O presente trabalho objetiva analisar a evolução das contas externas do Brasil no período após o Plano Real, bem como as modificações ocorridas em sua composição ao longo dos últimos quarenta anos. Sob o referencial da Teoria do ciclo da dívida, pretende-se identificar a fase do ciclo em que se encontra a economia brasileira, e se está ingressando em novo estágio após recente anúncio de reversão da dívida externa líquida para crédito externo líquido. A expansão da industrialização brasileira nas décadas de 1970 e 1980 foi realizada com forte endividamento externo, predominantemente contratual e em moeda estrangeira. A estabilização econômica em 1994 também provocou aumento do endividamento externo, mas composto por diferentes elementos, que se somaram à expansão comercial entre 2003 e 2006, permitindo que em 2007 a dívida externa líquida fosse revertida. A elevação do saldo das reservas foi obtida pelo aumento das exportações nos anos recentes, mas também em grande medida pelo ingresso de investimento estrangeiro, não se enquadrando na mudança de fase do ciclo da dívida por não ser predominantemente de exportações e serviços.; The present work aims to analyze the evolution of Brazil’s external accounts in the post-real time...

A influência das matrizes institucionais no desenvolvimento econômico da Austrália e do Brasil : da colonização à substituição de importações

Buarque, Lísia da Costa Ribas
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.67%
A partir do século XX, as questões relacionadas aos motivos que podem explicar o desenvolvimento econômico começaram a ser mais analisadas pelos economistas e estudiosos de outras áreas. Durante esse período, surgiu uma nova teoria multidisciplinar que considera que a evolução dos arranjos institucionais é capaz de explicar os diferentes resultados socioeconômicos, a chamada Nova Economia Institucional. Considerando que existe diferença no desenvolvimento da economia da Austrália e do Brasil - mesmo sendo dois países relativamente novos, de colonização exploratória, com uma série de características semelhantes - este estudo se propõe a encontrar as causas desses distantes resultados através da análise comparativa das matrizes institucionais de cada país. Cinco resultados foram encontrados, sendo que a primeira causa é considerada o cerne dos diferentes desenvolvimentos econômicos.; From the twentieth century, issues related to the reasons that may explain economic development began to be further analyzed by economists and scholars from other areas. During this period, a new multidisciplinary theory that considers the evolution of institutional arrangements are able to explain the different socioeconomic results...

A América do Sul vista do Brasil : a integração e suas instituições na estratégia brasileira no governo Lula

Costa, Rogério Santos da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.6%
O objetivo geral deste trabalho é analisar a recente fase de integração da América do Sul a partir da estratégia da política externa brasileira no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com ênfase nas instituições desta integração, utilizando a análise dos discursos e ações, a comparação histórica a processos e períodos relacionados à integração na região e em outras regiões, bem como os condicionantes nacionais, regionais e internacionais. Partimos da premissa de que o sistema internacional está fragmentado em sua ordem, num movimento cíclico da economia capitalista com reestruturação científico-tecnológica de alta intensidade, forjando-se um cenário multipolar em blocos onde se destacam processos de integração regional. A estratégia de integração do governo Lula se dá a partir da conjunção de três principais vertentes: infraestrutura com a IIRSA, econômico-comercial com a ampliação do Mercosul, e política com a Unasul, que se desdobra em áreas sensíveis como a segurança e defesa. A OTCA recebe um tratamento especial por parte da diplomacia brasileira, objetivando não abrir espaços para o aparecimento de iniciativas de influência externa na região Amazônica, seja de Estados ou ONG. A estratégia de integração do governo Lula é solidária com objetivos de médio e longo prazo...

O empreendedorismo português na cidade do Recife na primeira metade do século XX

Mendonça, Luís Eduardo Carvalheira de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
65.71%
A tese analisa o empreendedorismo do imigrante português na cidade do Recife, Estado de Pernambuco, Nordeste do Brasil, durante a primeira metade do século XX. O foco da tese pode ser assim formulado: teria o imigrante português sido empreendedor nesse cenário de mudança econômica e cultural dos primeiros cinquenta anos do século XX, seja como grupo étnico, seja como pessoa de comportamento empreendedor? O corpus teórico principal é, portanto, derivado do campo do empreendedorismo. É uma pesquisa interdisciplinar, que se ampara nas áreas de história, estudos migratórios, econômicos e organizacionais. De acordo com a literatura consultada, esse tipo de abordagem não é incomum no vasto campo do empreendedorismo (Fillion, 1999 e Martinelli, 2007). À luz dessa visão interdisciplinar, a investigação debruça-se sobre o período referido, resgata a trajetória desse imigrante no país e no Recife e discute sua inserção na economia e sociedade locais. Identifica características do dinamismo econômico comercial existente no período e reconstrói a atmosfera de modernidade que a cidade atravessava no mesmo interregno histórico. Para seu desenvolvimento, a pesquisa se apóia em conteúdos de estudos migratórios, históricos e econômicos porque nesse interregno de tempo...

Anotações sobre a história do direito econômico brasileiro

Moreira, Egon Backmann
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.74%
Artigo publicado em duas partes.; Conteúdo parcial: Parte 1: 1930-1956 -- Parte 2: 1956-1964.; Aborda a evolução do relacionamento do Estado com a economia, estudando a progressão da ordem econômica brasileira. Demonstra que, “a partir da década de 1930, o Estado brasileiro passou de agro-exportador com uma configuração político-econômica fragmentada para semi-industrializado com um perfil político-econômico centralizador”.

Origem da intervenção econômica do Estado em Portugal : notas para uma história do direito público da economia

Otero, Paulo
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.69%
Centra-se numa pesquisa em torno dos vestígios da origem da intervenção econômica do Estado, tomando como referencial de análise os textos normativos integrantes do antigo Direito Português e cuja origem seja anterior às Ordenações do Reino.

Assimetria da informação: a qualidade não percebida do café do Brasil.

FERREIRA, A. M. F.; TEIXEIRA, S. M.
Fonte: In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 5., 2007, Águas de Lindóia, SP. Anais... Brasília, DF: Embrapa Café, 2007. Publicador: In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 5., 2007, Águas de Lindóia, SP. Anais... Brasília, DF: Embrapa Café, 2007.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.67%
O trabalho vem refletir sobre a importância da qualidade do produto café e a não percepção dessa qualidade entre os elos da cadeia produtiva, procurando compreender como as informações sobre a qualidade do produto fluem nessa cadeia, tendo em vista a complexidade desse sistema agroindustrial e seu peso econômico e social para o Brasil. Baseia-se no enfoque da economia dos custos de transação mais especificamente no pressuposto comportamental da assimetria de informação. Não se pretende exaustivo ao tratar o assunto e se inicia, sob o enfoque do estudo de um produto que faz parte da história econômica do Brasil, e é um dos únicos pelo qual o Brasil é identificado no mundo inteiro: o café.; 2007

Da patologização dos afetos à medicalização da tristeza : aspectos do discurso médico-científico sobre medicamentos antidepressivos no Brasil : 1959-1991

Socudo, Andréa Maria Carneiro Lobo
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 306 f. : il. algumas color.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
65.7%
Orientador : Prof. Dr. José R. Braga Portella; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em História. Defesa: Curitiba, 06/03/2015; Inclui referências : fls. 279-293; Resumo: O presente estudo aborda fatores associados às origens e à afirmação de determinado discurso no interior do meio psiquiátrico brasileiro, associado à pesquisa e à administração de psicofármacos, notadamente antidepressivos e ansiolíticos, como parte da estratégia de medicalização da depressão. Ampara-se na análise de artigos científicos publicados em revistas médicas nacionais entre o final da década de 1950 e o início da década de 1990 destacando a consonância desse pensamento para com pesquisas internacionais em psicofarmacologia bem como a concepção de uma origem química para as afecções mentais. Problematiza o fato de esse discurso conceber manifestações de sofrimento psíquico - as "noxias emotivas" - como sinais de futuras "afecções mentais" passíveis de serem tratadas quimicamente, relacionando essa tendência à história da institucionalização da psiquiatria no Brasil e reiterando a influência da psiquiatria biológica, da teoria da degeneração e da noção de higiene mental advinda da eugenia. Destaca a ampliação da ingerência psiquiátrica para além das instituições e dos indivíduos considerados afetados mentalmente...

Mariana , Pai contra mãe e O caso da vara : escravidão e chão histórico em Machado de Assis

Florence, Inês Macedo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
85.67%
Machado de Assis understood his time and brought his perception of Brazilian society in the 19th century, with its multiple aspects economy, politics, culture, amongst others - to the texts he wrote. Through the tensions lived in his novels and short stories, Machado displays Brazilian social reality and the changes it had been undergoing. Mariana and Pai contra mãe show the crisis of the slavery system, the relation of dependency, the treatment given to the captives and the lack of coherence of a country that intended to adopt Liberalism as an ideology, but which kept on living under the shadow of slavery and its consequences. A country where the priorities were given to the landlords, owners of slaves, in protection of their interests. O caso da vara tells about how the crias da casa little black girls who lived in the household and learned how to make spool embroidery were treated. What were the punishments for desobedience and how they were levelled out, how should be the behaviour of a child who lived as a social outcast. Thus, this paper aims at playing a game of mirrors between History and fiction. Not only to play it, but to analyze how Machado deals with the reflections of 19th century Brazil on his short stories; Machado de Assis captou seu tempo e projetou nos textos que escreveu sua percepção sobre a sociedade brasileira do século XIX e seus múltiplos aspectos economia...

Ignácio Rangel [manuscrito]: história, política e tecnocracia no Brasil (1930-1960); Ignacio Rangel: history, policy and Brazilian technocracy (1930-1960)

FERNANDES, Arissane Dâmaso
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em História; História Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em História; História
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.7%
Ignácio Rangel played an important role in the consolidation of so-called conditions of capitalist production in Brazil, mainly in the years 1950-1970. As economic adviser of President Getúlio Vargas (between 1952 and 1954), he participated in the elaboration of projects of Petrobras and Eletrobras, he also headed the Economics Department of the BNDES (which at the time, played the role that years later would be of the Ministry of Planning) and participated in the drafting of the Plan of Goals in government of Juscelino Kubitschek. However, he remains unknown by most historians (and academics in general). The intent of this study is precisely to rescue the historical aspect of the theory rangeliana, which, while presenting an interpretation of Brazilian reality had a specific goal: to intervene in reality through analysis that sought effective proposal of action. The central objective of this study is, thus, understand political-institutional performance and the significance of the trajectory of Ignacio Rangel to the history of Brazil.; Ignácio Rangel desempenhou um papel fundamental na consolidação das chamadas condições de produção capitalistas no Brasil, essencialmente nos anos 1950-1970. Como assessor econômico do presidente Getúlio Vargas (entre 1952 e 1954)...

História do povo Javaé (Iny) e sua relação com as políticas indigenistas: da colonização ao Estado brasileiro (1775-1960); Historia del pueblo Javae (Iny) y su relación con las políticas indigenistas: desde la colonización al Estado brasileño (1775-1960)

Pin, André Egidio
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Historia (FH); Faculdade de História - FH (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Historia (FH); Faculdade de História - FH (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.72%
Esta investigación trata de la relación entre el pueblo Javaé, habitante desde hace muchos siglos de la Isla del Bananal/TO, y los no indígenas, desde 1775, cuándo se tiene el primer registro escrito sobre los Javaé, hasta la década de 1960, cuándo ya existían las sedes Damiana de la Cunha y Canoanã del Servicio de Protección a los Indios (SPI), erigidas en las aldeas Barreira Branca y Canoanã, respectivamente. Se muestra como las políticas indigenistas llegaron a los Javaé. Se percibe un objetivo común en las diferentes políticas indigenistas: convertir a los Javaé en mano de obra. Puede notarse ese objetivo en tres momentos distintos: a finales del siglo XVIII en las aldeas indígenas de las que los Javaé formaron parte; en el siglo XIX cuando el gobierno provincial de Goiás intentó implementar entre ellos la industria agrícola y hacerlos trabajar en la navegación en el rio Javaés, periodo en el que, por otro lado, los Javaé tuvieron una actitud aislante de tal manera que la documentación escrita sobre ellos es muy escasa; y en el siglo XX cuando los representantes del SPI incentivaron la agricultura y la creación de ganado y descalificaron los conocimientos de los Javaé en torno de la agricultura para así justificar la realización de orientaciones técnicas con la mirada puesta en la producción agropecuaria con métodos considerados más modernos para la comercialización regional. Esos tres momentos distintos...

Disseminação do pensamento marxista durante a ditadura civil-militar : uma abordagem de história oral

Almeida, Ian Coelho de Souza
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 229f. : il., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
65.86%
Orientador : Prof. Dr. Marco Antônio Ribas Cavalieri; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciencias Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Ecônomico. Defesa : 26/03/2015; Inclui referências; Resumo: O estudo aqui apresentado visa compreender as possíveis formas como a ideologia anticomunista do golpe civil-militar brasileiro de 1964 pode ou não ter afetado o ensino de economia no país. Dado que a Doutrina de Segurança Nacional, que guiava as ações dos militares, intencionava abertamente o combate às ideias socialistas, nosso foco recai sobre a teoria marxista dentro das ciências econômicas. Para cumprir esse objetivo utilizamos a metodologia da História Oral e também uma análise dos currículos dos cursos de economia de algumas das principais instituições de ensino do país. Em um primeiro momento é feito um levantamento bibliográfico com relação ao comportamento do regime civil-militar frente à comunidade acadêmica, especialmente em algumas das universidades que analisamos mais profundamente a posteiori. Durante a análise das grades curriculares dos cursos de economia que vigoraram no período militar, não pudemos encontrar indícios de que o governo intervinha em suas estruturas...

Em busca na nação : interpretações da questão agrária brasileira em meados do século XX; Em busca na nação : interpretações da questão agrária brasileira em meados do século 20; Em busca da nação : interpretações da questão agrária brasileira em meados do século vinte

Silva, Ricardo Oliveira da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.85%
Nas interpretações de Caio Prado Júnior, Celso Furtado e Alberto Passos Guimarães sobre a história econômica brasileira, destaca-se uma organização econômica com origem no período colonial. No trabalho de Alberto Passos Guimarães isto é designado pela expressão sistema latifundiário, enquanto no caso de Celso Furtado sobressai subdesenvolvimento e em Caio Prado Júnior o termo sentido da colonização. Nestes pressupostos, nós identificamos a condição de Colônia do Brasil, o qual se revela por meio de ciclos e/ou dualismos que caracterizariam a história do país da época colonial até meados do século XX. No entanto, no momento em que estas interpretações apresentam significados sobre a história econômica do presente (1950/1960), e trazem conjuntamente projeções sobre o futuro do país, se perscrutam os caminhos na superação do sentido colonial da economia do país. Neste momento, se delineia os meios na busca da condição de Nação do Brasil, o que representa a organização de uma economia de caráter nacional, voltada primordialmente para o atendimento das necessidades internas do país e do conjunto de sua população. O horizonte da Nação se configura na defesa de um devir, particularmente na área rural...

Quatro séculos de história econômica brasileira

Cintra, Marcos
Fonte: McGraw-Hill do Brasil Publicador: McGraw-Hill do Brasil
Tipo: Livro
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.75%
O trabalho abrange o processo de desenvolvimento econômico brasileiro tendo como base de análise o produto principal. A abordagem envolve uma interpretação essencialmente histórica da economia. Assim, a história brasileira foi dividida em períodos que seguem a sequência cronológica dos ciclos de produtos principais e o impulso que esses produtos ocasionaram na geração de renda. A obra inicia-se tratando do período de ocupação do território brasileiro e o estabelecimentos dos primeiros fundamentos econômicos, segue abordando o ciclo do açúcar no século XVII como primeira grande alavancagem no processo de crescimento da economia nacional, passa pelo ciclo do ouro a partir do final do século XVII, para finalmente abranger o ciclo do café como um período de modernização e de preparação para uma economia de base industrial.

O desenvolvimento do marketing: uma perspectiva histórica; El desarrollo del marketing: una perspectiva histórica; The evolution of marketing: an historical perspective

Santos, Tatiani; Lima, Mayana Virginia Viégas; Brunetta, Douglas Fernando; Fabris, Carolina; Seleme, Acyr
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2009 POR
Relevância na Pesquisa
65.74%
Para entender melhor o Marketing, bem como a sua crescente importância dentro das organizações, este trabalho apresenta uma visão mais detalhada de seu desenvolvimento histórico, desde a época em que ainda não era considerado uma área específica do conhecimento até a atualidade. Para tanto, expõe-se a pré-história do Marketing, onde se identifica que suas atividades eram desenvolvidas somente como práticas do comércio. Mostra-se que é a partir de 1900 que suas atividades passam a ser diferenciadas das práticas do comércio, proporcionando o seu surgimento como uma área do conhecimento distinta. Em seguida, reconstitui-se e divide-se a sua história em décadas, a partir de 1900 até os dias atuais, no intuito de apresentar o surgimento das diferentes escolas de pensamento, o desenvolvimento de novas atividades, o Marketing dentro das organizações e a sua diferenciação em atividades específicas como o Marketing Societal e o Marketing Experiencial. Além disso, busca-se apresentar também a história do Marketing no Brasil, ressaltando seus principais marcos evolutivos. Por fim, são apresentadas algumas contribuições de outras áreas do conhecimento e de algumas ciências, bem como os problemas vivenciados pelo Marketing.; Para entender mejor el Marketing...

Debates sobre Cairu: política e historicidade em Raízes do Brasil

Sanches, Dalton
Fonte: Programa de Pós-Graduação em História Publicador: Programa de Pós-Graduação em História
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 22/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
75.6%
Buscaremos refletir sobre alguns aspectos constituintes da historicidade do livro Raízes do Brasil, de Sérgio Buarque de Holanda. Para tanto, privilegiaremos algumas modificações pontuais efetuadas entre a primeira (1936) e a segunda edição (1948) da obra, detendo-nos, mais especificamente, em uma interpretação que o seu autor faz de uma passagem em que José da Silva Lisboa, o Visconde de Cairu, traduz de Adam Smith a fim de respaldar suas argumentações sobre economia política nos Estudos do Bem Comum, livro de 1819. Segundo Sérgio Buarque, Cairu empreende essa tradução no sentido de adequar o liberalismo de Smith à situação brasileira (escravista). Ao problematizarmos esse diálogo com o seu interlocutor do XIX, ou melhor, sua tentativa de desideologização do discurso econômico daquele, veremos o modo como certas estratégias textuais e literárias vão ao encontro da crítica a uma dada recepção do pensamento do economista baiano no horizonte histórico da soleira da segunda metade do século XX. Recepção representada, no contexto de Raízes do Brasil, pelo intelectual católico Alceu Amoroso Lima, a qual se revela ainda – além de uma disputa sobre dimensões do passado nacional – como uma rivalidade ético-política que...

Ignácio Rangel e a categoria dualidade básica: uma interpretação do Brasil

de Malta, Maria Mello
Fonte: Nova Economia; Nova Economia Publicador: Nova Economia; Nova Economia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2014 POR
Relevância na Pesquisa
75.64%
Ignácio Rangel é autor de imensa originalidade; no entanto, seu trabalho vem sendo pouco explorado na história do pensamento econômico brasileiro. O objetivo deste trabalho é desenvolver um movimento que recupere a interpretação rangeliana do Brasil, destacando sua concepção da dualidade básica para reapresentar Rangel à lista dos grandes intérpretes brasileiros.

Colonos ervateiros: história ambiental e imigração no Rio Grande do Sul; “Ervateiros” settlers: environmental history and immigration in Rio Grande do Sul

Gerhardt, Marcos; Doutorando no Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Integrante do Laboratório de Imigração, Migração e História Ambiental (Labimha) da UFSC.
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/01/2012 POR
Relevância na Pesquisa
65.71%
The European immigrants that had colonized the south of Brazil have devoted themselves, mostly, to the agriculture and small livestock, but also on a smaller scale, to the extraction of natural assets. This research, which is part of a broader research, used the approach of Environmental History and studied the involvement of immigrants linked to colonization projects with the extraction and cultivation of erva-mate (Ilex paraguariensis, Saint-Hilaire) in Rio Grande do Sul state. The time frame from the century XIX into the beginning of XX, corresponds to a time that this product had strong presence in the southern economy. The search interpreted a variety of sources, such as official reports, images, oral testimonies and newspapers that circulated in the areas of colonization. The results indicate a considerable presence of European immigrants or their descendants born in Brazil, in interaction with the national peasantry, the forestry extraction of erva-mate and in the further cultivation of the plant.; http://dx.doi.org/10.5007/2175-7976.2011v18n25p73Os imigrantes de origem europeia que colonizaram o Sul do Brasil se dedicaram, na maioria, à agricultura e à pequena pecuária, mas também e em menor escala à extração de bens naturais. Esta pesquisa...